Tivoli: um bate e volta incrível de Roma

27

Conheça Tivoli, pertinho de Roma e se apaixone pelas construções e fontes da Villa D’este e pelas incríveis ruínas da Villa Adriana. Neste post, te contarei tudo o que você precisa saber para organizar seu bate e volta e se encantar por Tivoli.

Tivoli: um bate e volta incrível de RomaFonte de Neptuno em Tivoli

Como chegar:

Tivoli fica a pouco menos de 30 km de Roma e é bem acessível tanto de carro, quanto de ônibus. Chegando lá, existem algumas opções de passeio, minha sugestão é que você escolha umas duas ou no máximo três paradas, sendo que a Villa d’Este é imperdível.  Para decidir que passeio tem mais a sua cara, passe no escritório de turismo da cidade, que fica do lado da parada do ônibus e pegue um mapinha grátis. Abaixo vou contar um pouco sobre os dois passeios que escolhi e que gostei muito: Villa d’Este e Villa Adriana.

De Roma a Tivoli de ônibus de linha:

Pegue a linha B (azul) do metro sentido Rebibbia e desça na penúltima estação: Monte Mammolo. Ainda no subsolo, numa espécie de café bar, compre seu bilhete para Tivoli da Companhia de ônibus Cotral por dois euros. (Se quiser ganhar uns minutinhos na volta, você já pode comprar também o bilhete de volta.)
Suba as escadas rolantes para o térreo e procure a plataforma de Tivoli. Os ônibus saem de 15 em 15 minutos. A viagem leva cerca de uma hora e Vila D’este é uma das ultimas paradas.

A ecnantadora Villa d’Este

Fonte da Villa D'este em Tivoli

Construída pelo cardinal Ippolito d’Este e projetada por Pirro Ligorio em 1550. A Villa d’Este é um verdadeiro festival de fontes e águas que vem direto do rio Aniene por meio de canos subterrâneos que atravessam as ruas da cidade medieval.
O passeio começa com uma visita ao antigo palácio cujas paredes estão repletas de pinturas eo teto coberto de afrescos coloridos. Da para ver que o tempo eo o flash de turistas descuidados castigaram um pouco as cores das paredes que estão consideravelmente mais pálidas que o teto, mas nem assim deixaram de ser muito belos. A quantidade de detalhes e de cores é incrível.

Parte interna do Palácio - Villa d'Este

Parte interna do Palácio - Villa d'Este

Parte interna do Palácio - Villa d'Este

Parte interna do Palácio – Villa d’Este

Depois de visitar alguns aposentos, um viajante atento percebe que o silêncio do palácio é quebrado por um forte e delicioso cantos de águas caindo. Mais alguns passos e uma porta te leva ao jardim. Do alto do jardim a intensidade do som aumenta, o verde dos ciprestes se mistura com o amarelado do outono formando um lindo cenário.

Jardins da Villa d'Este em TivoliDescendo cuidadosamente os muitos lances de escada você terá muitas opções de caminho, cada um deles te levará a pelo menos uma fonte diferente.

Fontes nos Jardins da Villa d'Este em Tivoli O jardim também merece um destaque, e fica especialmente bonito na primavera e no outono. Aproveite para caminhar devagarzinho e desvendar cada um dos detalhes escondidos na fonte do Órgão, que a cada duas horas abre suas Portinhas para um mundo musical.

Jardins da Villa d'Este em Tivoli

estátua no Jardins da Villa d'Este em Tivoli Jardins da Villa d'Este em Tivoli Aproveite para desvendar as diferentes faces das 100 fontes, para curtir a grandiosidade da Fonte de Neptuno, se ver refletido em meio a natureza no espelho d’água, descobrir os encantos da Fonte dos dragões e da Fonte de Rometta ou pequena Roma, com alusões a Tiberina, a Romulo e Remo e a coluna de Trajano.

Fonte de Netuno em TivoliFonte de Netuno

100 fontes - Tivoli

100 fontes

Fonte de Rometta na Villa D'este

Fonte de Rometta

Separe pelo menos uma manhã ou uma tarde inteira para curtir esse espetáculo. Afinal, quem viajou uma hora para chegar aqui, não pode ter pressa. Certo?

A Villa d’Este fica na Piazza de Trento e a entrada custa 8 euros.
Aberto de Terça a domingo das 09:00 até uma hora antes do por do sol.

Villa Adriana

Terminado o passeio pela Villa d’Este chegou a hora de conhecer as incríveis ruínas da Villa Adriana. Chegar lá é um pouco mais chapinho, mas juro que vale a pena.

Como chegar a Villa Adriana de ônibus

Pegue o ônibus número 4 sentido Roma. E esteja preparado para caminhar 1 km entre o ponto de ônibus e a entrada da Villa Adriana. E na volta mais 1 km entre a Villa Adriana e o ponto de ônibus.

Ruínas da Villa Adriana - TivoliConsiderada pela magnitude de sua arquitetura um mais importantes resquícios de Roma ancestral, a Villa Adriana esta localizada aos pés da cidade de Tivoli, a seis quilômetros do centro (onde ficam a Villa d’Este, a Villa Gregoriana e outros locais de importância histórica.)
Para quem gosta de história e de ruínas eu diria que é uma parada e tanto. O lugar é enorme e o que sobrou dos prédio é incrível.

Villa Adriana - Teatro Marítimo

Villa Adriana - Teatro Marítimo Teatro Marítimo 

Pessoalmente fiquei encantada com o Teatro Marítimo e com os resto do antigo palácio como a biblioteca e o salão do filosofo.

Villa Adriana - Tivoli

Ah, como o lugar tá bem mal sinalizado, esse é o tipo do passeio que merece, sem nenhuma dúvida, um audio guia.

Mais Informações:

A Villa Adriana fica na Via di Villa Adriana e a entrada custa 8 euros.
Aberto das 09:00 até uma hora e meia antes do por do sol.

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

27 comments

  1. Adriana 5 junho, 2017 at 17:06 Responder

    Olá Mari, boa tarde !!! Tenho planos de visitar Tivoli através do ônibus Cotral. Durante a minha estadia em Roma, pretendo comprar aquele bilhete cuja duração é de 7 dias (CIS) o qual permite locomoção de metrô, tram e ônibus. A minha dúvida é se esse bilhete também pode ser utilizado para o ônibus Cotral que leva até Tivoli.

    Até mais,
    Adriana (São Paulo)

  2. Tatiana 16 março, 2017 at 23:58 Responder

    Ola Mari, eu comprei uma passagem pela Trenitalia (Termini x Tivoli), mas nao tenho certeza se ele vai me deixar proximo da Vila D’este. Sera que deveria ter comprado a passagem de onibus? Obrigada!

    • mari vidigal 20 março, 2017 at 03:30 Responder

      Oi tatiana,
      Dê uma olhada no Google Maps onde fica a estação de trem de Tivoli. Lembro que quando pesquisei a alternativa mais simples era o ônibus.
      Abraços

  3. Michele Borba 13 março, 2017 at 18:20 Responder

    Boa tarde Mari,
    amei seu roteiros, vou viajar para lá agora no final do mês. Queria dicas de roteiro para 3 dias em Roma, 1 na Costa Amalfitana e 1 em Veneza. O que achas?
    Obrigada!

  4. sonia de alkimim ferreira 17 fevereiro, 2017 at 21:53 Responder

    Boa noite Mari,
    Estarei em Roma com uma amiga, entre os dias27 e 30 de junho. Quero muito fazer um tour a Tivoli, mas em uma excursão, e somente a Villa dEste. Você me indicaria uma empresa? Excursão guiada particular sairia muito caro. Te agradeço e um abraço

    • mari vidigal 18 fevereiro, 2017 at 00:46 Responder

      Oi Sonia,
      Infelizmente não conheço nenhuma.
      Dâ uma olhada no blog da Lu, o Roma para você, quem sabe ela não tem alguma boa dica?
      Beijos

  5. fernanda 9 janeiro, 2016 at 14:09 Responder

    Eu tinha visto essa matéria uns 2 anos atrás e me encantei por tivoli. Acho que graças ao seu blog eu tive a iniciativa de ir para lá quando fui para roma, voltei aqui hoje porque bateu uma saudade haha foi um dos lugares mais incríveis que já conheci 😀

    • mari vidigal 10 janeiro, 2016 at 17:35 Responder

      Oi Fernanda,
      Obrigada pelo comentário fofo!
      Tivoli é um dos lugares preferidos do meu pai, fazer essa viagem com ele, e saber que estou inspirando muita gente a fazê-la é algo muito especial.
      Beijos

  6. Maria Teresa Borges Spìnola 2 agosto, 2014 at 20:06 Responder

    Olá,
    Visitei Roma e Villa d’Este (com visita de demorada aos Jardins de Tivoli) em 1979! Apesar de ter nessa data 20 e poucos anos nunca me esqueci desta 8ª maravilha do mundo.Sempre que alguém diz que vaio a Roma falo logo nesta visita a não perder, Ogrigada por me ter feito reviver este paraíso.
    Teresa Spínola

  7. Sabrina 9 julho, 2014 at 22:08 Responder

    Na verdade tenho uma dúvida e quem sabe vc consegue me ajudar…e necessário fazer reserva para visitar a vila d’ este? Obrigada pela ajuda com seu blog….ele está fantástico…sabrina

Post a new comment

Veja também