Japão: a lista das cidades imperdíveis

289
Ise - Japão

Kioto, Japão

Este post começou com uma conversa de Whatsup, o Marcos e a Vera estão planejando uma viagem para o Japão e querem dicas de como montar um roteiro bacana. E para isso me perguntaram: “quais as cidades imperdíveis?”

Como a pergunta é bem interessante, resolvi responder em forma de post ao invés de simplesmente enviar um e-mail!

Japão: a lista das cidades imperdíveis

Lembrando que tudo que eu vou escrever aqui é bem pessoal, estou simplesmente citando as cidades que acho que merecem uma visita – dentro de um roteiro de duas ou três semanas. Quem quiser pular na conversa e dar pitacos, é muito bem vindo!

Veja aqui um roteiro de 14 dias pelo Japão.

 Kioto, Japão

Kioto – parada obrigatória em qualquer roteiro

Um passeio bem feito por Kioto é como mergulhar em um livro de história antiga. Visitar Kioto é caminhar por ruas estreitas repletas de templos milenares, é topar com uma gueisha acompanhando um cliente pelas ruas do Gyon, tomar chá verde em um loja centenária, ver pessoas vestidas de quimono e estudantes caminhando de uniforme.

Quantos dias em Kioto

Em três dias dá para conhecer relativamente bem a cidade, mas 5 dias é um número ótimo. Reserve um dos dias para fazer um bate e volta para Nara.

O que fazer em Kioto

Aqui depende um pouco do que você gosta. Para quem se interessa por cultura, eu recomendo um dia visitando o templo Kiomizudera e Arredores, um dia passeando por Fushimi e nos outros dias você pode escolher entre Uji, Norte de Kyoto Kinkaku-ji (Templo de Ouro) + Nina-ji, Arashiyama ou conhecer o Monte Hiei.

Dica: Se der, se hospede em um Ryokan: hotel no estilo japonês. Isso tornará sua experiência ainda mais autêntica.

 

Nara, Japão

Nara – Um bate e volta mais que especial!

Nara fica a cerca de 40 minutos de Kioto de trem e é uma gracinha! Imagine uma cidade repleta de parques verdes e de bambis que andam soltos.

Tem ainda o Todai-ji, um templo enorme onde fica o maior buda do Japão: um pacifico gigante de madeira.

Quantos dias passar em Nara

Nara fica pertinho de Kioto e um bate e volta de um dia inteiro é  mais do que suficiente para conhecer bem a cidade.

O que fazer em Nara

Veja todas as sugestões nesse post.

 

Hiroshima

Para quem se interessa por história, Hiroshima é um das paradas mais interessantes do Japão. Entenda um pouco da história do pré e pós bomba atômica. Não deixe de conhecer Miyajima que é linda e fica lá pertinho!

Miyajima, Japão

Quantos dias passas em Hiroshima

Uma noite e dois dias. Na ida, se tiver pic, pare em Himeji e conheça o castelo.

O que fazer em Hiroshima

de uma olhadinha nos posts:

Hiroshima

Miyajima

Osaka, Japão

Osaka

Uma das maiores e mais agitadas cidades do Japão. Para quem não vai para Tóquio, vale a pena passear pelo menos um dia em Osaka. Para quem gosta de balada, a vida noturna de Osaka é a melhor e mais agitada da região de Kansai.

 Quantos dias passar em Osaka 

Pelo menos um dia e uma noite, mas dá para ficar uns três fácil.

O que visitar:

O castelo de Osaka (se você for para Himeji ou Hikone, pode pular esse), Ski tower, e ai depende do seu gosto e do seu roteiro. A cidade tem um aquário bacana, um Universal Studios, vários templos fantásticos, uma vida noturna relativamente agitada… e muitas outras coisas.

 

Himeji, Japão 

Himeji

O maior e mais lindo castelo do Japão. Parar na ida a Hiroshima em poucas horas dá para ver tudo. (Atualmente o castelo está reformando, mas ouvi dizer que ainda assim vale a pena)

Quantos dias passar em Himeji:

Nenhum, pare, visite e continue viagem

O que visitar em Himeji:

O castelo de Himeji e os MARAVILHOSOS Jardins

ISE, Japão

Ise:

Culturalmente falando, Ise é uma das cidades mais importante para os japas, um dos locais de peregrinação que eles deveriam visitar pelos menos três vezes na vida já que é considerada uma cidade sagrada. O templo xintoísta é bem bonito e importante. E o centrinho da cidade FOFÍSSIMO.

Quantos dias passar em Ise.

Em um dia dá para visitar os templos, o centrinho e aproveitar o melhor da cidade.

O que visitar em Ise

Os templos, o centrinho da cidade e para quem gosta de pérolas tem muitas lojas especializadas por ali.

 

Takayama, Japão

Takayama

Quantos dias passar em Takayama

Pelo menos dois dias. Se você tiver três, melhor!

O que fazer em Takayama?

Passear pela cidade, visitar os museus e claro… entrar e sair das lojinhas… Experimentar o saquê local, e no Segundo dia, não deixe de visitar Shiragawa-go (foto abaixo).

Shiragawa-go - Japão

Não muito longe de Takayama, esta Kurobe – conhecida por ser a região dos Alpes Japoneses. No verão Kurobe (foto) tem algumas das trilhas mais lindas do Japão.

Kurobe, Japão

Hakone, Japão

Hakone – para quem quer ver o monte Fuji

Hakone é uma das cidade próximas do Monte Fuji e um dos melhores lugares para quem quer ver a montanha de perto, fazer passeios pelos lagos e cachoeiras  e curtir a natureza 

Quantos dias passar em Hakone.

Ui, aqui depende do seu gosto por trilhas e natureza. Passei um final de semana, mas ficaria mais fácil!!!

O que fazer em Hakone

Caminhadas pelos lagos e cachoeiras, passeios, picnic e porque não escalar o Monte Fuji? (Mount Fuji, só abre no verão e dá para subir um bom pedaço de carro :O) ) A vista é bem bacana!

Nagano:

uma excelente pedida para quem gosta de esquiar. Nagano foi sede das olimpíadas de inverno e tem uma estrutura invejável e impecável. O templo budista principal da cidade, também vale a visita!

Quantos dias passar em Nagano?

Aqui depende do quanto você quer esquiar.

 O que fazer em Nagano

Ski, Ski, Ski e nas horas livres passear pelas simpáticas e turísticas ruas da cidade.

 

Tóquio, Japão

Tóquio:

Uma das cidades mais caóticas e agitadas do planeta, Tóquio tem um pouquinho de tudo.

 Quantos dias passar em Tóquio?

Em 3 dias dá para ter uma bela ideia do que é a cidade, se você tiver mais tempo melhor. Aproveite e faça bate e volta pelas cidades ao redor.

 O que fazer:

Alguns dos meus passeios preferidos:

 

 

Nikko, Japão

Nikko:

Uma das cidade mais lindas do Japão. Foi lá que surgiram os três macacos: o macaco que não vê, o que não escuta e o que não fala.

 Quantos dias passar em Nikko

Um dia (bate e volta de Tóquio), mas quem quiser ficar mais vai aproveitar bem!

O que fazer em Nikko

Visitar o complexo de templos – lindos e coloridos. Visitar a cachoeira Kegon e tomar um banho japonês em um Onsen (Banho termal).

 

Yokohama, Japão

Yokohama

Pertinho de Tóquio, Yokohama é uma cidade bem moderna que tem a maior e mais conhecida Chinatown do Japão,  um Mercado de peixes , um shopping super bacana e muito mais! Foi em Yokohama que o Brasil ganhou a copa do mundo. O estádio de futebol é lindo e vale a visita!

Quantos dias:

Um dia (bate e volta de Tóquio)

O que fazer:

Visitar o bairro chinês, a casa vermelha – um galpão que foi reformado e transformado em uma área de shopping bem bacana e o mercado de peixes.

E essa é a lista das minhas cidade preferidas do Japão. E as suas quais são?

Para quem ainda não conhece o Japão,espero ter te inspirado!

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

289 comments

  1. Alice 29 maio, 2017 at 02:01 Responder

    Olá, pretendo fazer uma viagem com meu marido para Hokkaido, pois ainda não conheço essa região. Tenho encontrado poucas dicas de roteiros, em que cidades devo montar base e fazer bate-voltas. Será que alguém tem dicas dessa região ou poderia indicar quem tenha?
    Obrigada!

    • christian du v penteado 28 junho, 2017 at 23:22 Responder

      Oi Mari, tudo bem? Eu e um amigo estamos indo pro Japão em outubro pra ficar 19 dias. Estávamos pensando em passar 8 dias em tokyo e o resto em Kyoto, de onde faríamos Day trips para Hiroshima, Osaka, Nara e Miajima. O que você acha da ideia de usar Kyoto como base? Vale a pena ou é melhor explorar outra cidade neste tempo?

      • mari vidigal 2 julho, 2017 at 04:23 Responder

        Oi Christian,
        Kioto é uma delicia de base, e vocês vão adorar.
        Como você tem tempo, eu pernoitaria uma noite em Hiroshima para conhecer a região com calma.
        Beijos

  2. Carolina 4 maio, 2017 at 17:24 Responder

    Oi Mari, tudo bem? Estou indo para o Japão semana que vem !!! Viajo sozinha e por isso queria dicas de onde ficar em Tokyo! Estou com 3 opções parecidas , porem em áreas muito diferentes – una é em Asakusa, muito perto do templo sesoji e da estação de metrô. Você acha fora de mão ficar hospedará nessa região ? A redondeza é tranquila e segura para uma mulher viajando sozinha?
    A mesma pergunta faço para um hostel na beira do parque Ueno e outra em shinjuku-ward.
    O que você me recomenda?
    Onde você se hospedou?

    • mari vidigal 5 maio, 2017 at 05:29 Responder

      Fiquei duas vezes em Asakusas – em Hostels e foi HIPER tranquilo. Adoro a vizinhança.
      Tem fiquei mais no centro preto de Akasaka, é mais caro, mas tem é bacana!

  3. Isabela Tolentino 11 abril, 2017 at 14:05 Responder

    Oi Mari, tudo bem?
    Ouvi relatos de que agosto é um péssimo mês para visitar o japão. É verdade? me falaram também que é muito cheio de insetos.
    Qual é sua opinião sobre isso? Obrigada.

    • mari vidigal 12 abril, 2017 at 02:15 Responder

      Oi Isabela,
      Agosto é um calor do cão. Calor mesmo, quente e úmido.
      Agora, quanto a insetos, isso não é algo que eu lembre não. Lembro do calor e da necessidade de me abanar com leques o tempo todo.
      Não é a melhor época do ano, mas é melhor que a época das chuvas 😉

    • mari vidigal 7 fevereiro, 2017 at 03:34 Responder

      Oi Antonio,
      Infelizmente nõ tenho uma estimativa de custos para o Japão. Como moei lá fui fazendo essas viagens aos poucos.
      Abraços

    • mari vidigal 2 janeiro, 2017 at 06:14 Responder

      Oi Thiago,
      Não conheço Okinawa, acredita?! sei que é incrível, mas não consigo recomendar nada que não conheço!
      Quer escrever un post com dicas aqui pro Ideias na mala?
      Abraços

  4. Li 3 setembro, 2016 at 20:50 Responder

    Ola Mari…Muito Legal o Post e inspirador. Já me emocionei me imaginando lá..rsrs.. porque finalmente chegou a hora. Passagens compradas para abril/17 para tentar pegar as cerejeiras. Gostaria de compartilhar e claro tenho algumas dúvidas:
    03 – Chegada
    04-Tokyo
    05-Tokyo
    06- Tokyo
    07-Tokyo-Shirakawa-Go(Dormir Ryokan)
    08- Shirakawa-Go – Takayama-Ida a noite to Kyoto
    09-Kyoto
    10-Kyoto
    11-Kyoto
    12-Kyoto(IDay trip to Nara)
    13-??
    14-??
    15- Voo sai 6.pm de Narita

    Esses 2 dias aí que “sobraram”, gostaria de conhecer o Jardim Kawachi Fuji na cidade de Kitakyushu. Pelo que Li, a melhor época para ir é no final de Abril e meados de Maio….a dúvida é: Você não mencionou aqui a cidade, mas somente compartilhando a minha dúvida: Será que eu indo na 2a week de Abril, valera a pena o deslocamento até lá para ver as glicinias?

    2. A 2a dúvida é quanto a ir a cidade de Hakone. Gostaria de tirar belas fotos do Monte Fuji, mas sera nessa epoca valera a pena?
    3. Eu sei que cada lugar é um lugar, mas como eu já fui em templos na China e na Coreia do Sul, não sei se valeria a pena ir a Nikko….

    Na sua opinião, o que deveria fazer? Que dica você daria para eu fechar meu roteiro?

    Obrigada,
    Li

    • mari vidigal 7 setembro, 2016 at 20:57 Responder

      Oi Li,
      Não mencionei a cidade pois infelizmente não tive a chance de conhece-la.
      Mas se fosse você, não deixaria de ir para Hiroshima (no caminho pare no Castelo de Himeji, récem reformado ficou MARAVILHOSO), 2 dias é o tempo ideal para conhecer Hiroshima e Miyajima.
      Beijos

  5. Mariana Carla Falcochio 11 agosto, 2016 at 01:00 Responder

    Mari, meus planos pro Japão estão só começando, mas por mais que pesquise não consigo decidir qual cidade eu início minha viagem. Nagoya, Tokyo ou Osaka. Poderia me ajudar?

    • mari vidigal 12 agosto, 2016 at 19:12 Responder

      Quer saber de verdade o que eu faço? Vejo qual a passagem mais barata entre Narita e Kansai e começo por lá.
      Ao menos que você tenho alguém para visitar em Nagoya, não é um destino que recomendo para a primeira ida ao Japão. Beijos

  6. Fabio 3 agosto, 2016 at 00:37 Responder

    Olá Mari!
    Tudo bem?

    Parabéns pelo site!
    Meu nome é Fábio e vou com a minha namorada no dia 20 de março para o Japão.
    Vamos ficar no total, 21 dias.

    Se você tivesse 21 dias, qual roteiro você faria? Gostamos de andar bastante, contato com a natureza, conhecer bem a cultura local e etc.

    O que você sugeriria?

    obrigado!!!

    • mari vidigal 3 agosto, 2016 at 03:38 Responder

      Oi Fabio,
      Td be,?
      Infelizmente não consigo te sugerir um roteiro personalizado, mesmo porque precisaríamos de umas 5 Mari’s para dar conta de tantos leitores, mas para te ajudar, segue minha sugestão de 15 dias neste post.
      Aproveite muito a viagem, e se tiver mais perguntas é só mandar!
      Beijos

  7. Ana Martha 7 junho, 2016 at 11:42 Responder

    Mari, bom dia!
    Meu marido e eu ficaremos no Japão de 10 a 19/Julho e conciliaremos turismo com trabalho. O que torna conhecer as cidades bem apertado no cronograma. De 10 a 13 teremos uma convenção em Fukuoka. Tem alguma dica do que podemos fazer nessa região?
    Gostaria muito de conhecer Shiragawa mas pelo que percebi é longe. Qual o melhor ponto de partida para chegarmos lá? E a melhor forma de condução? Ônibus ou trem?
    Pensei em fazer uma parada em Hiroshima e seguir para Kyoto dias 14 e 15. Se possível seguir para Nara.
    E o restante em Tóquio até nossa partida no dia 19 a noite.
    Poderia me dar alguma orientação?

    • mari vidigal 8 junho, 2016 at 22:06 Responder

      Oi Ana,
      Tudo bem?
      Infelizmente não conheci Fukuoka, mas sei que de trem bala é bem perto de Hiroshima, né?
      Shiragawa é longe (e infelizmente BEM fora de mão), vc precisa chegar lá via Takayama, e o principal ponde de acesso é Nagoya.
      Eu se fosse você ficaria 2 dias em Tóquio (acredite, dá para ver o básico) e concentraria o resto em Kioto, Nara e Hiroshima.
      Para o transporte, recomendo o Jp Rail Pass
      Abraços.

  8. luciana 4 abril, 2016 at 02:58 Responder

    Olá Mari

    Estou indo para o Japão em outubro, chego lá dia 4 as 1050 , ainda não pensei em nada. Vai eu, minha filha de 14, meu sobrinho e meu namorado. A viagem é para meu sobrinho, que ama o japão.
    Ele querer conhecer sem falta tokyo, Kioto e Osada.
    Pensei em alugar apartamento pelo airbnb, gostaria de sugestão de roteiro e bairros para ficar em tokyo.

    Obrigada,

  9. Danilo 2 abril, 2016 at 23:08 Responder

    Oi mari, estou no japao. Realmente é tudo incrível ja passei por osaka, hiroshima e estou em kyoto. Depois nagoya, yokohama e fecho com toquio.

    Dei uma paradinha pra lembrar o quanto suas dicas ajudam e muito!!!!!

    Beijao

    • mari vidigal 2 abril, 2016 at 23:17 Responder

      Oi Danilo,
      Que delícia de viagem!!!
      Super obrigada por passar por aqui contando!
      Na volta quero saber mais detalhes, aproveite MUITO.
      Beijos

  10. Silvia 23 março, 2016 at 13:23 Responder

    Oi, Mari! Que maravilha achar esse post e esse blog. Amei! Parabéns pelo trabalho.

    Estou indo para o Japão com o meu pai por uma semana e estou meio perdida com tantas opções de roteiro. Chegamos dia 24 de maio em Tóquio e saímos dia 31 por Osaka. Nesse meio tempo não sei bem o que fazer com o velho 🙂 Fico com medo de pingar em muitas cidades e cansá-lo demais. Ouvi bem de Hiroshima, Ise, Kyoto, Nara, Naoshima… O que você recomenda?

    Um abraço e obrigada!

    • mari vidigal 23 março, 2016 at 21:19 Responder

      Não conheço Naoshima mas recomendo todas as outras.
      Já fui para o Jp com o meu pai que tem mais de 60 e é muito pesado. Ele aguentou SUPER bem a viagem, fez tudo o que eu queria 🙂
      Vai positiva que dá certo!!!
      Beijos

  11. Walter Pfeilsticker 6 março, 2016 at 20:20 Responder

    Oiiiii!! Mari! Tudo bom!!!?
    Vc me ajuda ! To aki louco ??
    Minha dúvida principal é : compro ou não o jr pass? Seria 14 dias..
    Vou te mandar meu roteiro , vc pode dar ideias e dicas??
    Os hotéis são : tokyo ( park hotel tokyo em ginza)(BASE1)
    Osaka( universal )(BASE2)

    ROTEIRO TERRESTRE – 15 DIAS / 14 NOITES 

    07.ABR. 2016(Qui): TÓQUIO
    chegada a aeroporto , Transfer hotel park Toquio
    Dia livre para conhecer bairro Ginza, Mitsukoshi ou a Takashimaya (jantar) !

    08.ABR.2016 (Sex): TAKAYAMA – TÓQUIO 
     Museu do Festival de Takayama Yatai Kaikan e Rua Kamisannomachi. Término do tour na Estação de Takayama e prosseguimento à Estação de Tóquio (utilizar Japan Rail Pass). Chegada na Estação de Tóquio e custo aproximado de JPY 1.600).
    
09.ABR.2016 (Sáb): TÓQUIO 
    visita a Torre de Tóquio, experiência de cerimônia do chá. Almoço em restaurante local. Visita a Praça do Palácio Imperial e passeio de barco no Rio Sumida. Visita ao Templo Sensoji e seu centro comercial Nakamise. Passagem por Ginza. Término do tour na Estação de Tóquio. 
    10.ABR.2016 (Dom): TÓQUIO 

    Livre Omotesando( shopping)
    Fuji-Q Highland( montanha russa )

    11.ABR.2016 (Seg): TÓQUIO – MONTE FUJI & HAKONE – TÓQUIO 
    07h50 – Saída do tour regular de dia inteiro a Monte Fuji & Hakone, visitando: 5a Estação do Monte Fuji. Cruzeiro de barco pelo Lago Ashi e subida ao Monte Komagatake em bondinho. Almoço em restaurante local. Término do tour no bairro de Ginza 
    12.ABR.2016 (Ter): TÓQUIO

    Parque Disney

    13.ABR.2016 (Qua): TÓQUIO

    Parque Disney

    14. Abril 2016 (quinta ): TOQUIO – OSAKA – HIMEJI – OSAKA
    Café da manhã Toquio
    
pegar trem com destino a Estação de Himeji. Chegada em Himeji e caminhada até o Castelo de Himeji. Almoço em restaurante local e prosseguimento até a Estação Maiko para visita ao Maiko Marine Promenade.
    O tour se encerra na Estação de Osaka (entre 16h30/17h00). Prosseguimento ao hotel por conta própria 

    15.abr.2016(sex):OSAKA
    Universal
    16.abr.2016 (sab): OSAKA 
    Universal   

    17.abril.2016 (dom): OSAKA 
     caminhando até a Estação Higashi – Umeda para pegar trem com destino à Estação Tenmabashi. Caminhada até o Castelo de Osaka e passeio de barco Aqua Liner. Caminhada até a Estação Osakajokoen para pegar trem com destino a Estação de Osaka. 
    Retorno TÓQUIO, fim do dia livre

    18.abr.2016 (seg): TÓQUIO  

    Dia livre para conhecer QUIOTO ou outra cidade próxima NARA
    retorno Tóquio
    Hitachi Seaside Park

    19.abril.2016( ter): TÓQUIO . 

    Conhecer cidade próxima a TOQUIO ( livre)- YOKOHAMA (aquário) kAMAKURA ( Buda )

    
20.abril.2016( ter): TÓQUIO . 

    Conhecer cidade próxima a TOQUIO (livre) Jigokudani Snow Monkey Park

    21.abril.2016( ter): TÓQUIO .
    Aeroporto narita – Brasil

    Segue meu e-mail : [email protected]

    Mari me ajudaaaaaa????????kkkkkk
    Obrigado ?
    Walter Pfeilsticker

    • mari vidigal 9 março, 2016 at 21:02 Responder

      Oi Walter,
      Com tantos deslocamentos o Japan Rail Pass deve fazer sentido no seu roteiro. O que vc pode tentar fazer para baratear é concentrar os deslocamentos mais largos na primeira semana e concentrar a segunda na região de Tóquio e se virar com o transporte local. Sempre faço isso, mas geralmente concentro minha segunda semana em Kioto, que eu pessoalmente gosto mais.
      Alguns comentários:
      A) Tóquio é MUITO longe de Takayama, eu se fosse vc dormiria por lá e colocaria Shirakawa-go na jogada.
      B) Eu faria cerimonia do chá nos arredores de Kioto que é muito mais autêntico que Tokyo. Veja Uji aqui.
      C) Senti falta de pelo menos 2 dias para Kioto + 1 para Nara no seu roteiro. Vc já conhece as cidades? Se não, acho que vale a pena.
      D) De resto tá fazendo bastante sentido.
      Beijos

  12. Danilo 12 fevereiro, 2016 at 13:58 Responder

    Nao quero ser chato, mas queria mais uma ajuda =]

    A viagem vai chegando e o coração acelara…. acabei de solicitar o visto japones. faltam 6 semanas para a viagem e as duvidas ainda estao na minha cabeça!!!!!!

    Quero mais uma opinao sua!! por favooor!!!

    vou para as cidades nesta ordem: Osaka, Hiroshima,Kyoto ,Nagoya ,Yokohoma,Tokyo .

    O JRAILL esta muito caro, chega a ficar em torno de 2.500 reais, eu teria que comprar um de 21 dias e outro de 07 dias.

    Com isso pensei no seguinte:

    Ir de trem bala de Tokyo (onde chego de aviao) até Osaka e de Osaka até Hiroshima, que sao os maiores trechos.
    Depois de: Hiroshima para Kyoto para Nagoya para Yokohoma e para Tokyo ir de onibus de viagem normal, assim iria vendo um pouco mais da cidade.

    Optei por ir de Tokyo para Osaka, para passar um final de semana em osaka que tem a vida noturna mais agitada e depois sigo rumo a hiroshima que teoricamente/pelo que li, é mais tranquila em termos de balada.

    o que acha ? será que financeiramente compensa ?!

    Ah, as cidades que listei sao as que irei durmir, me planejei para quando estiver nas cidades que irei dormir ir conhecer as cidades vizinhas….

    • mari vidigal 15 fevereiro, 2016 at 17:57 Responder

      Já viu o quanto custaria fazer essas viagens de trem bala x o custo do JR pass? – O que eu fiz quando fui pro Japão em época de dólar a 4 para 1 foi concentrar todas as minhas viagens longas em uma única semana e foi a melhor forma de viabilizar a viagem. Na época o ticket Kioto-Tóquio-Kioto de trem bala custava quase o preço do JR pass. Faça as contas!
      O que dá para fazer é pegar o ônibus noturno Tóquio – Kioto e outro de Kioto para Hiroshima. Não existem muitos ônibus diurnos mas existem muitas boas opções noturnas.
      Beijos e boa sorte com o planejamentos.

  13. Danilo Maranini 5 fevereiro, 2016 at 14:53 Responder

    Oie,
    Duvida: Em Yokohama, vou ficar em um hotel-capsule para experimentar.
    vc sabe como funcionam ?

    em toquio pensei em ficar em um também, porém serão 07 dias em toquio, nao sei se é muito tempo para ficar em uma capsule kkk

    o que acha?

    bjsss

    • mari vidigal 5 fevereiro, 2016 at 16:46 Responder

      Acho que uma ou duas noites pode ser divertido. 7 acho d+.
      A capsula funciona como uma cama privada, banheiro e outras coisas ficam do lado de fora.

  14. Danilo Maranini 5 fevereiro, 2016 at 14:51 Responder

    Mari, estou nos ajustes finais.

    Ja reservei todos os hoteis exceto em toquio, pelo preço e por nao saber onde ficar.

    Estou em duvida se me hospedo no bairro de shinjuku ou de shibuya

    Consegue me ajudar ?!
    A vida noturna me agrada porém durante o dia quero ver lojas, conhecer pontos turisticos e andar sem ter q depender toda hora de TAXI ou metro.

    Pensei até em akibahara.

    me ajuda?!
    bjinhus

  15. Iris Odo 13 janeiro, 2016 at 14:49 Responder

    Eu gostaria de fazer um roteiro para ficar 4 dias em Okinawa. O que devo fazer em cada dia? Devo dormir todos os dias em Naha? Você poderia me ajudar, por favor? Muito obrigada!! 🙂

    • mari vidigal 14 janeiro, 2016 at 17:35 Responder

      Oi Iris,
      Infelizmente não poderei te ajudar com essa :(. Não conheço Okinawa!
      Mas se quiser passa aqui na volta e dividir a dica com outros viajantes, seria o máximo!

  16. Lipe Pimenta 9 janeiro, 2016 at 20:45 Responder

    Oi, Mari.
    Eu também fiz intercâmbio pelo Rotary e quando estava planejando minha viagem para o Japão lembrei de você (principalmente por causa do Rotex) e também lembrei dos meus amigos de intercâmbio.
    Estou anotando as dicas, colocando nas minhas anotações… De repente, levo o maior susto quando vejo que você é a autora dos posts.
    Muito bem escritos. Valeu pela ajuda e parabéns pelo trabalho.

    Beijos,
    Lipe Pimenta (ex-intercambistas na Bélgica)

    • mari vidigal 10 janeiro, 2016 at 17:33 Responder

      Oi Felipe!!!
      Quanto tempo!
      Que delícia ver voce aqui no Ideias na mala e super obrigada pelo comentário!
      Qoandoe a viagem?
      Se tiver dúvidas ou precisar de qq ajuda com o roteiro é só perguntar!
      Tenho certeza que você vai adorar o Japão!!
      Beijos

  17. Tiago 3 novembro, 2015 at 23:36 Responder

    Olá Mari. Excelentes suas dicas sobre o Japão!
    Estou planejando viagem para lá em JUNHO/2016 e pretendo ficar praticamente o mês todo. Mas ouvi vários conselhos negativos sobre o clima nessa época do ano: extremamente chuvoso. Qual a sua opinião? Pode ser um fator que chega a comprometer a viagem?
    Obrigado e mais uma vez parabéns pelo conteúdo.

  18. D 14 outubro, 2015 at 16:36 Responder

    Oi Mari tudo bem ?

    Vou para o japão ano que vem (março/2016) ficarei 30 dias.

    Procurei por varios sites informações sobre o mundo gay no japão…. mas nao encontrei.

    Nao quero te comprometer e nem sei se este assunto é legal, mas, você teria informações de como é o mundo gay no japao ?!

    bjssssss

    • mari vidigal 23 outubro, 2015 at 01:56 Responder

      Oi Danilo,
      Cara boa pergunta! Não tenho a menor ideia, e imagino que vários leitores adorariam ter informações sobre o mundo Gay no Japão.
      Você passaria aqui para me contar na volta?
      Beijos

      • Danilo 29 outubro, 2015 at 09:10 Responder

        Pode deixar, está tudo certo já!
        Quando voltar em abril passo aqui para contar tudo, afinal seu blog, suas respostas e suas materias sobre o japao me ajudou e me inspirou mais ainda para ir conhecer.
        parabens pelo incrivel trabalho !!!

        bjs

  19. Soraya 1 setembro, 2015 at 15:19 Responder

    Olá!!
    Achei incrivel td que vc postou!
    Estamos organizando nossa viagem para Toquio em dez e jan.
    Todas estas cidades que vc citou tem acesso fácil de Toquio?
    Podemos reservar hotel em Toquio e passar o dia e voltar?
    O custo de trem é muito caro?

    Estamos perdidos sem sabe onde ir para aproveitar o máximo mas com economia! Achei os hoteis quarto triplo muito caros em Toquio

    Muito obrigada
    Soraya

    • mari vidigal 2 setembro, 2015 at 01:03 Responder

      Oi Soraya,
      Para o trem, a melhor dica é comprar o JR Pass que te dá 7 ou 14 dias (dependendo do ticket que você comprar) de trem do tipo JR (o que inclui tem bala) ilimitado por todo o Japão.
      Todas as cidades são fáceis de chegar, mas algumas ficam bem longe de Tóquio. Aconselho montar base pelo menos em Tóquio e Quioto.
      E pra quem quer economizar, sair de Tóquio, a cidade mais cara do Jp, é uma excelente pedida.

      Abraços e qualquer coisa é só gritar.
      Mari

  20. Marília Puyssegur 1 setembro, 2015 at 02:02 Responder

    Olá Mari, tudo bem? Pretendo viajar ao Japão no ano que vem, eu gostaria de dicas sobre onde ficar em Tóquio… Quais os bairros legais que eu possa me deslocar bem? Poderia sugerir? Obrigada!!! Marília

    • mari vidigal 2 setembro, 2015 at 01:06 Responder

      Oi Marília,
      Tudo bem?

      Meu bairro preferido é Shibuya, mas também gosto muito de ficar em Akasaka ou em Roppongi. Para quem está com budget limitado, Asakusa tem hotéis e hostels com ótimo custo benefício.
      Se deslocar em Tóquio geralmente é bem fácil, a malha de metrô da cidade é mega ampla. Você vai ficar confusa no começo, mas logo acostuma!
      Beijinhos e qq coisa é só gritar!

      • Marília Puyssegur 4 janeiro, 2016 at 00:59 Responder

        Olá Mari, muito obrigada pela resposta. Antes da sua resposta eu tinha reservado hotel em Shinjuku porque penso que seja bom para as compras e também soube que era bom ficar na linha Yamanote porque chega direto do aeroporto de Narita, sem precisar fazer conexão e este hotel é ao lado da estação de Shinjuku, por outro lado eu já soube que lá é bem agitado, até meio bagunçado rs, realmente fiquei em dúvida. Será que é tão ruim assim? Obrigada! Marília

        • mari vidigal 4 janeiro, 2016 at 20:07 Responder

          Oi Marília.
          Shinjuko é ótimo e bem central. Eu não conheço tanto a região, mas não teria medo de me hospedar lá não.
          Beijos e boa viagem

  21. Guilherme 31 agosto, 2015 at 00:58 Responder

    Oi Mari, tudo bem?
    Estou aqui “pirando” e fazendo planos para meu fim do ano no Japão.. Estamos indo eu, esposa e um casal de amigos…
    31/12/15 – 12/01/16
    Já li quase todos os seus posts e estou chegando em um primeiro plano:

    31/12/2015 Tokyo – chego as 16:00
    01/01/2016 Tokyo
    02/01/2016 Tokyo
    03/01/2016 Tokyo
    04/01/2016 Tokyo (monte Fuji?/)
    05/01/2016 Tokyo – sair cedo para Kyoto
    06/01/2016 Kyoto
    07/01/2016 Kyoto (sair no almoço ) para Hyroshima
    08/01/2016 Hyroshima para alguma cidade???
    09/01/2016 ???
    10/01/2016 ??? sair para Tokyo depois do almoço
    11/01/2016 Tokyo (saída de Narita as 10:00) – USA

    O que acha? alguma ajuda, dica ou algo do genero?!?!

    Valeu 😉
    Guilherme

    • mari vidigal 31 agosto, 2015 at 16:27 Responder

      Oi Guilherme,
      Td bem?
      Que delícia de viagem! Vou dar uns pitacos tá?!
      A) Monte Fuji: ao invés de escolher uma data especifica, deixe um dia em aberto e faça um bate e volta no primeiro dia azul. No inverno, suas chances de ver a montanha inteira, não são muito altas, mas deixando a data em aberto, você tem maiores chances.\
      B) 1,5 dias em Kyoto é MUITO pouco. Ficaria pelo menos 3 dias inteiros.
      C) Senti falta de Nara no seu roteiro. Talvez da volta de Horishima?
      D) 4 dias em Tókio é bastante, vc pode pensar em fazer um bate-e-volta a Nikko ou Yokohama.

      Beijos e aproveite a viagem!

  22. Carla 28 agosto, 2015 at 01:31 Responder

    Ola Mari, adorei seu post, realmente muito detalhado !
    Embarco com meu marido para o Japao em meados de setembro/2015, temos 20 dias inteiros la.
    Chegamos por Narita, dormimos a primeira noite num hotel no aeroporto. No dia seguinte com o JR PASS vamos para Kyoto (3 dias), depois Osaka (3 dias), estando em Osaka, passaremos 1 dia em Nara.
    Depois vamos pra Tokyo, onde ficamos 7 dias em Shibuya e 6 dias em Minato.
    Estando em Tokyo vamos fazer viagens para 1 dia emYokohama, Nikko, Odaiba.
    O que acha do nosso roteiro ?

    • mari vidigal 30 agosto, 2015 at 07:20 Responder

      Oi Carla,
      Td bem?
      Que delicia de viagem!
      Não conheço Minato então, não tenho como opinar, mas vou palpitar sobre as outras cidade, tá?!
      Acho 3 dias em Osaka muito, eu trocaria um deles por Hiroshima ou Ise. 7 dias em Tóquio também é bastante coisa, considere incluir Kamakura. Odaiba é um passeio de no máximo meio dia.:)
      Beijos e aproveite a viagem!

      • Mara 9 outubro, 2015 at 01:42 Responder

        Oi Mari,

        Passei três meses no Japão e morei em Minato, que é uma das 23 prefeituras de Tokyo. Só pra você se situar Roppongi, Akasaka, Omotesando, Odaiba, Zojo-ji e Tokyo Tower ficam em Minato. Um local que eu adorei e que senti falta na sua relação em Tokyo é Shinjuku, lá fica o parque Gyoen National Parque, que é um oásis de verde e tranquilidade no meio da selva de pedra.
        Outra sugestão é fazer o bate-volta para Nara a partir de Osaka, deixar o tempo de Kyoto para conhecer a cidade mesmo.

        Beijos
        Mara

        • mari vidigal 28 outubro, 2015 at 04:32 Responder

          Oi Mara,
          Td bem?
          Acredita que não conheci o Gyoen! Boa dia e já tá na minha lista para a próxima. Obrigada!
          Coloquei o bate-e-volta para Nara saindo de Kyoto, porque a maioria dos Brasileiros não vai para Osaka, e quando vai, vai só para passar o dia 😉
          Beijos e adorei as sugestões!
          Mari

  23. graciele 25 agosto, 2015 at 22:51 Responder

    Oi Mari. Eu e meu marido vamos para o Japão em Março do ano que vem. Estava na dúvida entre comprar um pacote pronto ou faz meu próprio roteiro. Nunca viajei para um país tão diferente assim. Mas em compensação os pacotes para lá são muito caros.
    Lendo seu post, tomei coragem de fazer meu próprio roteiro. Muio obrigada.
    Tenho uma dúvida apenas. Posso ir de Tóquio para Shirakawa-go direto (pernoite). De Shirakawa ir para Kanazawa (pernoite). E depois, de Kanazawa ir para Takayama (pernoite)?

    • mari vidigal 2 setembro, 2015 at 01:31 Responder

      Oi Graciele,
      Que bom que te ajudei, fico mega feliz quando recebo um comentário como o seu 🙂
      De Tóquio para Shiragawa é uma pernada meio grande, eu se fosse você dormiria em Takayama antes (mesmo porque nem sei se tem onde dormir em Shiragawa). No dia seguinte Faça Takayama – Shirakawa -Kanazawa e na volta Kanazawa-Takayama.
      Beijos e qualquer coisa, grite!
      Mari

  24. Marcel Maia 22 agosto, 2015 at 22:03 Responder

    Prezada Mari (xará da minha esposa),

    Gostaria de sua ajuda, heheh. Eis o que fiz:

    Dia 06/02 (sábado): Chegada em Tóquio (13:30hs).
    Dia 07/02 (domingo): Tóquio
    Dia 08/02 (segunda): Tóquio
    Dia 09/02 (terça): Tóquio
    Dia 10/02 (quarta): Kyoto
    Dia 11/02 (quinta): Kyoto
    Dia 12/02 (sexta): Kyoto
    Dia 13/02 (sábado): Hiroshima
    Dia 14/02 (domingo): Saída de Hiroshima 12hs. Volta para Tóquio (estação Shinagawa pega o Narita Express). Vôo de volta 19:30hs.
    Dúvidas:
    1) Pelo tempo que ficaremos em Tóquio, vale irmos à Nikko ou Yokohama ou fica comprometido Tóquio?
    2) Qual a melhor área para Tóquio considerando os dicas que ficaremos? Próximo à Tóquio Station, em Shibuya ou outro?
    3) Pelo tempo que ficaremos em Kyoto, vale irmos à Nara ou fica comprometido Kyoto?
    4) Na sexta, acha interessante irmos à tarde logo para Hiroshima e dormimos lá?

    Esse é meu primeiro esboço de roteiro, essas três cidades são as mais desejadas! Tentei otimizar ao máximo o tempo. Estou totalmente aceito a suas sugestões, muito obrigado e parabéns por demonstrar tanta ajuda a todos!

    • mari vidigal 2 setembro, 2015 at 01:25 Responder

      Oi Marcel,
      Com um nome desses sua esposa deve ser mega gente boa! 🙂 Brincadeira!
      Parabéns pelo roteiro SUPER bem montado. Vou responder suas perguntas abaixo, e qq coisa é só gritar, tá?

      1) Acho que dá para ir para uma delas sim. Dois dias em Tóquio é um tempo bom para começar.
      2) Eu amo Shibuya, Roppongi e Akasaka. Caso queira economikzar, tem muita coisa com bom preço em Asakusa. Antes de reservar, veja bem o tamanhos dos quartos, muitos são minúsculos 🙂
      3) Dois dias em Quioto é pouco, mas acho Nara ímperdível. Eu faria essa “loucura’.
      4) Não, como seu roteiro está apertado, fique em Quioto e saia no dia seguinte bem cedo.

      Abraços,
      Mari

  25. Sheila 31 julho, 2015 at 14:26 Responder

    Adorei seu blog….estarei indo novembro 2015 com meu marido . Ficarei em Tokyo 6 dias gostaria de saber se vc me indica alguma empresa pra eu contratar pra fazer city tur e quais os locais que não poderei deixar de visitar nesses breve dias.

    Abs

    • mari vidigal 31 julho, 2015 at 17:30 Responder

      Oi Sheila,
      Td bem?
      Infelizemnte fiz tyodos os meus passeios e Tóquio sozinha, então não tenho recomendação de empresas. Mas tenho muitas dicas bacanas do que ver e fazer aqui no blog. Este post poderá te ajudar bastante!
      Beijos e qq coisa é só gritar!

  26. Warlley Freitas 16 julho, 2015 at 02:15 Responder

    Olá Mala Pronta .
    Pretendo viajar para Tóquio no natal, é a minha primeira viajem por isso estou totalmente perdido, preciso saber os aspectos geográfico, econômicos, sociais, políticos e culturais.
    Orçamento detalhado, passagem, estadia, alimentação e passeio, cardápio: cafe da manha, almoço e jantar, roteiro de passeios turístico com atrações locais e os meios de transportes utilizados. Quanto mais detalhado possível melhor pois será minha primeira viajem internacional.
    Obrigado.

  27. Carlos 1 julho, 2015 at 15:59 Responder

    Prezada Mari,
    Início de outubro é bom para visitar o Japão? Sei da temporada dos tufões, mas eles podem realmente atrapalhar a viagem?
    Agradeço a atenção

    • mari vidigal 2 julho, 2015 at 15:45 Responder

      Oi Carlos,
      Outubro costuma ser uma boa época para visitar o Japão sim, especialmente no final do mês quando as árvores ganham um colorido de outono.
      A temporada de tufões, que sim pode atrapalhar, costuma ser um pouquinho antes disso.

      Abraços,
      Mari

  28. Carlos Frederico 18 junho, 2015 at 15:44 Responder

    Oi Mari Legal o seu post! Das suas sugestões, só não conheço Ise. Ano que vem pretendo fazer Tokyo e Osaka e de repente desvio do meu caminho e passo por Ise. É muito difícil encontrar um post com lugares diferentes para se visitar no Japão. Mal comprando, é como um estrangeiro que vem ao Brasil e só indicam para ele Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Bahia…
    Se você encontrar tempo (se encontrar me diz onde, por que está raro…rsrs) te pediria para escrever um post sobre lugares pouco visitados no Japão e que valem a pena. Já sugiro dois nomes para sua lista, a pequena e linda cidade de Atami, uma Copacabana dos anos 50, entre o mar e a montanha. E a charmosa cidade de Otaru, pertinho de Sapporo, com seus canais.
    Um abraço.
    Carlos Frederico.

    • mari vidigal 19 junho, 2015 at 03:57 Responder

      Oi Carlos,
      Td bem?
      Não conheço nem Atami e nem Otaru, então se você quiser escrever um post para publicarmos aqui no blog, será um prazer!
      Duas cidades fora da rota e que já estão no Ideias na Mala são: Kotohira e Awaji. Vou tentar escrever posts sobre outras cidades. As fotos são um pouco antigas (e a câmera não era grade coisa) mas acho que vale a pena.
      Beijos e obrigada pela visita,
      Mari

  29. ~Rosana Boccia 9 junho, 2015 at 20:22 Responder

    Oi Mari!
    Que delícia, já entrei no ritmo do Japão… Quantas informações!!!!!!
    Eu e meu marido vamos viajar no dia 07 de outubro, voltando dia 31, 22 dias!!! Chegaremos por Osaka. Pensamos em ir direto para Kyoto, ou seria melhor ir para Hiroshima? Se começássemos por Kyoto nosso roteiro ficaria dessa forma:
    – Kyoto fazendo bate-voltas para Nara e Osaka, 6 dias.
    – Kyoto para Hiroshima, passando por Himeji, ainda está em reforma?
    – Hiroshima, 2 dias.
    – Hiroshima para Tókyo,
    – Tókyo, fazendo bate-volta para Nikko, Hakones e Yokohama, 5 dias.
    – Total: 13 dias
    Se chegássemos por Osaka, fossemos direto para Hiroshima e depois para Kyoto e Tóquio ficaria melhor?
    Vamos comprar o JRPass e gostaríamos de usá-lo da melhor forma possível, o que você nos sugere? Indicaria outras cidades?
    Pode dar quantos pitacos quiser!!!!!!
    Os dias que sobram, 9 dias, iremos gastá-los em Seoul. Você já foi pra lá? É muito tempo num lugar só?
    Nosso voo sai de Seoul dia 31 de outubro para o Brasil.
    Sei que está meio confuso, mas com suas dicas vai dar tudo certo e vai ser uma viagem maravilhosa!!!!!
    Obrigada, beijos

    • mari vidigal 25 junho, 2015 at 04:46 Responder

      Oi Rosana,
      Que delicia de viagem!!! Fiquei animada só de olhar seu roteiro.
      Já viu minha sugestão de 14 dias pelo Japão? É bem parecido com isso que você propôs. Veja o roteiro aqui.
      Não conheço Seul, mas 9 dias para única cidade me parece bastante tempo sim. A parte boa é que você não terá que correr.

      Gostei do seu roteiro do jeito que você planejou, fica um pouco mais leve do que ir para Hiroshima direto, mas ambas alternativas funcionam bem.
      Beijos e qualquer coisa grite,
      Mari

  30. Alexandre 4 junho, 2015 at 12:25 Responder

    Mari,
    Bom dia!
    Obrigado por suas dicas!
    Uma duvida, por favor, vale a pena comprar o JP Rail Pass?
    O tkt comprado na hora e muito mais caro?
    Ficarei 20 dias viajando por varias cidades.
    obrigado,
    Alexandre

    • mari vidigal 8 junho, 2015 at 05:09 Responder

      Oi Alexandre,
      O JR pass vale MUITO a pena. Os tickets de trem no Japão (especialmente os trens balas, são extremamente caros).
      Abraços,
      Mari

  31. Helga 20 abril, 2015 at 14:19 Responder

    Oi Mari, amei seu blog! É a primeira vez que vejo tantos roteiros maravilhosos pelo Japão! Estou planejando minha viagem de 27 dias e ainda pensando nas cidades mas tive uma dúvida, Okinawa vale a pena? Eu e meu marido estamos discutindo se vale a pena ir até lá ou não nesse tempo. Iremos em Agosto então estará quente e pensamos em subir o Monte Fuji além de termos um congresso escoteiro em Yamaguchi que nos tomará 2 dias, então pensei que pode ficar apertado ir até lá. O que acha?

    • mari vidigal 20 abril, 2015 at 16:13 Responder

      Oi Helga, Td bem?
      Com 27 dias de viagem dá para ver o melhor do Japão e incluir Okinawa sem dó. Não conheço Okinawa e morro de vontade de visitar. Eu se fosse você, não perderia por nada, especialmente no Japão!
      Aproveite muito a viagem e qq coisa grita!

  32. Gisele 14 abril, 2015 at 23:12 Responder

    Oi Mari!
    Estou amando o seu post. Estou planejando minha viagem para o Japao e queria muito ver a Wisteria no Ashikaga Flower Park em Tochigui e, também, no Kawachi Fugi Gardens em Kitakyushu. Minhas perguntas são:
    1) Você acha que vale a pena ver a Wisteria nos dois parques?
    2) Quando são exatamento os melhores dias para o pico da floração?

    Meu roteiro ate agora é o seguinte: Miyako Jima – Ishikaki – Nara. À partir dai não sei se faço Takayama antes ou depois de Kitakyushu e Tochigui. Sei que é meio zigue-zague, mas para a ver a alta floração nos dois parques teria que ser assim. Vale a pena? O que indica?

    Beijo e obrigada!

    • mari vidigal 20 abril, 2015 at 16:16 Responder

      Oi Gisele, td bem?
      Infelizmente não conheço nenhum dos dos parque então não consigo te ajudar muito nas respostas. Pelo que vi nas fotos no Google, ambos os lugares são maravilhosos.
      A data da floração varia um pouco de ano para ano e os japoneses costuma ser bem precisos na previsão. Assim, vale a pena dar uma pesquisadinha no Google na prisão para este ano.

      Programe seu roteiro mais preocupada em não perder a floração do que fazer a rota mais lógica, caso o zigue-zague seja necessário, faça!
      Se der tempo, não deixe de visitar Shiragawa go que é MARAVILHOSA.
      Beijos, Mari Vikdigal

  33. Luis 12 abril, 2015 at 20:40 Responder

    Bom Dia Pessoal!
    Planejo fazer um mochilão ao Japão, e gostaria de saber como é a relação deles com Campings?
    Eles aprovam? Existe bastante lugar para se acampar por la? compensa?
    Gosto muito da Cultura Japonesa, e tive o prazer de morar la por 1 ano, em 1998, porem tinha apenas 6 anos quando estive la.
    Queria saber as cidades mais tradicionais, alem dessas, mas no sentido de Historia do Japão mesmo.
    Nao me interesso muito por Tokyo, e cidades com MUITA tecnologia, como ja disse, meu roteiro, gostaria que fosse em lugares mais exóticos, e diferentes. (Templos, Hiking, restaurantes, religião, rituais)
    Também gostaria de saber, qual seria a melhor data para ir?
    Gratidão a todos!
    Grande Abraço
    Luis

  34. Thiago 10 abril, 2015 at 14:39 Responder

    Estou impressionado com a qualidade das informações.
    Parabéns.
    Minha pergunta é: tenho 30 dias de férias em julho 2015.
    Vale a pena conhecer o Japão em julho?
    Obrigado

    • mari vidigal 13 abril, 2015 at 12:13 Responder

      Oi Thiago,
      Tudo bem?
      Você aguenta bem o calor? Se sim, dá pra ir tranquilo.
      O duro de ir pro Japão em julho é que é o mês mais quente e úmido do ano e acredite, a umidade é de matar!

  35. Danilo Maranini 29 março, 2015 at 18:29 Responder

    Estou montando meu roteiro, gosto de fazer com calma. Planejo ir no começo do ano que vem. Lendo sua matéria, que esta muito esclarecedora, montei o seguinte roteiro (aberto a sugestoes e mudanças rsrsr).

    O que acha do roteiro inicial?

    Pretendo ficar de 20 a 30 dias no japão..

    Hiroshima (dois dias)
    Himeji (parada na ida para hiroshima)

    Kyoto 4 dias
    Nara ( bate e vota de um dos dias em Kyoto)
    Ise (bate e volta)

    tokyo (principal rota , 15 dias — visitar cidades vizinhas)
    Tokyo Disney
    Nikko (bate volta qdo estiver em tokyo.)
    Yokohama (bate volta qdo estiver em tokyo.)
    KamaKura
    Hakone
    Monte Fuji

    Osaka (3 dias – baladas e vida noturna agitada)

    sapporo (similar a tokyo + longe teria que pegar um aviao)

    • mari vidigal 7 abril, 2015 at 11:38 Responder

      Oi Danillo,
      Que delicia de viagem!
      Alguns pitacos no seu roteiro:

      Himeji: você sabe que o castelo esta reformando? Talvez Hikone seja uma melhor opção
      Fique pelo menos 3 dias em Kyoto. Menos que isso é pouco.
      Tokyo: acho 15 dias um exagero. Dá pra fechar em 8 ou dez fácil. Se o tempo estiver bom, vale a pena dormir em Hakone e aproveitar o Monte Fuji com carinho.

      Abraços,
      Mari

      • Danilo Maranini 13 outubro, 2015 at 16:14 Responder

        OIe!!!
        Mari obrigado pela reposta.
        Refiz o roteiro, divindo os dias…. queria sua opiniao novamente.

        Osaka 4 dias de 25/03/2015 até 29/03/2015
        Hiroshima 3 dias de 29/03/2015 até 01/04/2015
        Okayama 01/04/2015 até 01/04/2015 Parada no caminho para Kyoto
        Kyoto 3 dias de 01/04/2015 até 04/04/2015
        Hikone 04/04/2015 até 04/04/2015 Parada no caminho para Nagoya
        Nagoya 3 dias de 04/04/2015 até 07/04/2015
        Hakone 2 dias de 07/04/2015 até 09/04/2015
        Yokohama 6 dias de 09/04/2015 até 15/04/2015
        Tokyo 7 dias de 15/04/2015 até 22/04/2015

        opitei por começar por osaka, para pegar um final de semana lá e depois desço para hiroshima e vou subindo.
        removi algumas cidades.

        mto obrigado !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  36. Rita 29 março, 2015 at 13:15 Responder

    Oi Mari!!
    Pretendo ir no final desse ano e provavelmente vou seguir o seu roteiro.
    Tenho duas perguntas:
    1 – Você fez a viagem toda despachando a mala direto de um hotel para o outro? Se não qual tamanho de mala levou?
    2 – Como é no Japão durante as festas de final de ano? Tudo fecha no dia 24 e 25/30 e 31?
    Obrigada e parabéns adoro ler seus post.

    • mari vidigal 13 abril, 2015 at 12:29 Responder

      Oi Rita,
      Tudo bem?
      Respondendo suas perguntas:
      1-Costumo viajar com mala pequena e quase nunca despacho. De qq forma no Japão existe um serviço de despachar malas entre um hotel e outro que é infalível e funciona que é uma beleza.
      2- Dia 24 e 25 são dias normais. Comércio aberto e agitado vendendo os “tradicionais” bolos de natal. Não tenho certeza sobre o ano novo, já que este é comemorado pelos japoneses.

      Aproveite muito a viagem!
      Abraços,
      Mari

  37. Natália 28 março, 2015 at 14:04 Responder

    Oi, Mari!! Parabéns pelo site, adorei esse post! Ele serviu pra me abrir os olhos de como tem lugares incríveis para visitar no Japão!
    Vou em dezembro e terei 17 dias lá. Pretendemos começar em Quioto e terminar em Tóquio.
    Vamos chegar dia 09/12 e ir direto para Quioto. Por enquanto só decidimos isso:
    09 a 14/12 Quioto, incluindo Nara
    14 a 17/12 Osaka, incluindo Universal Studios
    17 a 20/12 ?????
    20 a 27/12 Tóquio, incluindo bate-volta em Nikko, Yokohama e Hakone.
    Nesse meio do roteiro gostaríamos de incluir o castelo de Himeji (talvez Hiroshima), Shirakawa-go e Ise, mas acho muito difícil. Vc sabe dizer se é possível incluir isso tudo ou me sugerir de que forma é melhor fazermos isso? Estou perdida em relação a tempo de estadia em cada lugar e a ordem das cidades, de onde partir e para onde ir de cada uma delas.

    Obrigada!!!

    • mari vidigal 20 abril, 2015 at 16:25 Responder

      Oi Natália,
      td bem?

      Acho 4 dias muito tempo para Osaka. Eu trocaria por Hiroshima (sem dúvida nenhuma) e ISE ou Takayama sem dúvida nenhuma. Como você tem dias sobrando você pode explorar o sul do país (Dá uma olhadas nos vulcões na ilha sul -Ako San – e veja o que acha). A região de Kanazawa também é super bonita e fica linda durante o inverno.

      Abraços, e aproveite a viagem,
      Mari

  38. Cristiane Fernandes 23 março, 2015 at 18:53 Responder

    Oi Mari ! QUERO MUITO ir para o Japão, mas não tenho muito tempo 🙁 🙁 🙁 Meus 3 “lugares Desejo” são Tokyo, Kyoto e a Ilha Naoshima. Acha que vale viajar tudo isso para 3 locais ?? beijo e muito obrigada ! Cris

  39. andrea 19 março, 2015 at 22:10 Responder

    AMei esse site e estou desesperada, talvez tu possa ajudar! AMo o Japao mas estou tendo dificuldade em achar alguem que monte meu roteiro! Vou em MAIO desse ano! Queria saber em quais cidades devo ficar.. porque as atracoes que quero ver eu sei, mas nao sei onde fica cada uma

    – disney sea
    – Túnel Wisteria (Túnel de glicínias no jardim de Kawachi Fuji) (Ashikaga Flower Park)
    – Tomamu Unkai Terrace (ate setembro apenas!)
    – campos de flores de Hokkaido (fazenda Tomita – junho a agosto .. e colina Shikisai no Oka.. e Colina Zerubu, e Furano lavenders)
    – aoike em Hokkaido
    – Parque de Flores Hitachi Seaside Park
    – Floresta de bambu
    – Campos rosados de (parque) Takinoue
    – universal
    – Parque Fuji Q Highland

    • mari vidigal 21 março, 2015 at 14:36 Responder

      Oi Andrea,
      Td bem?
      Infelizmente não conseguirei te ajudar a montar o roteiro, mas posso te dar uma dica de como eu faria.
      1) Jogue seus destinos no Google Maps e marque com uma estrela a localização de cada um dos lugares (Ex: Universal Studios, Osaka – Disney, Tóquio e assim por diante)
      B) Pesquise na Internet o jeito mais fácil de fazer os transportes (para chegar em Hokkaido, muito provavlemente você terá que voar)
      C) Veja se vc tem tempo de ver tudo o que quer, ou se terá que priorizar.
      D) Monte seu roteiro de um jeito que faça sentido!

      Tenho certeza que você vai amar o japão.
      Abraços,
      Mari Vidigal

  40. Marina 17 março, 2015 at 02:45 Responder

    Oi Mari! Fantástico o seu blog, adorei!
    Vou ficar 15 dias no Japão agora em maio e pensei no seguinte roteiro:
    Dia 1- Chegada em Osaka.
    Dia 2 – Osaka – Hiroshima
    Dia 3 – Hiroshima – Jardim de Kawachi-fuji – Miyajima – Hiroshima
    Dia 4 – Hiroshima – Kyoto
    Dia 5 – Kyoto
    Dia 6 – Kyoto (bate e volta para Nara)
    Dia 7 – Kyoto
    Dia 8 – Kyoto – Takayama
    Dia 9 – Takayama – Shirakawa-go – Kanazawa
    Dia 10 – Kanazawa
    Dia 11 – ?
    Dia 12 – Tokyo
    Dia 13 – Tokyo
    Dia 14 – Tokyo (bate e volta para (Nikko)
    Dia 15 – Tokyo (bate e volta para Yokohama)
    Dia 16– Tokyo – Dubai

    Como você pode ver, o dia 11 ainda está em aberto. Pensei em dormir 1 noite em Hakone ou Kawaguchi-ko para ver o Monte Fuji, mas não sei se vale a pena, porque não pretendo escalá-lo e também ouvi dizer que o tempo é meio imprevisível e nem sempre se tem uma boa vista do Monte… O que você acha? Tem alguma outra sugestão?

    • mari vidigal 17 março, 2015 at 09:29 Responder

      Oi Xará!
      Que delicia de viagem!! Amo muito e Japão e espero q vc goste tanto como eu.
      Hakone é lindo e eu super recomendo, o único problema é que se o tempo fechar vc dança. De qq forma o museu de Hakone é o máximo mesmo com o tempo feio e é sempre um plano B.
      Em que mês você vai?
      Outra ideia é ter mais uma noite em tóquio eo primeiro dia que amanhecer atual, vc vôa pra Hakone (é mais cansativo, mas dá!)

      Outra ideia de cidade legal é ISE.
      Beijos

      • Marina 19 abril, 2015 at 01:24 Responder

        Obrigada pela ajuda!!
        Outra coisa: você por acaso sabe de algum guia que fale português no Japão? Queria fazer algumas visitas guiadas, principalmente em Kyoto, que parece o lugar com mais história e tradição.
        BJs!

  41. Cintia 16 janeiro, 2015 at 12:22 Responder

    Mari, quantas dicas maravilhosas!!!
    muito obrigada.. Estamos planejando uma viagem para o Japão no inicio do ano que vem, com a família toda!
    primeira duvida que surgiu, qual eh a melhor região de Tóquio para se hospedar? Não estamos em estilo de mochileiros.. Queremos um pouquinho de conforto, mas tudo ao preço razoável..
    tem algum hotel para indicar?
    muito obrigada!!!

    • mari vidigal 16 janeiro, 2015 at 19:16 Responder

      Oi Cintia. Minha região preferida é Roppongi Hills. Fiquei num hotel muito gostoso, mas não consigo lembrar o nome de jeito nenhum, era confortável e não tinha um preço exorbitante. Lembro que deu trabalho de achar pq fui com meu pai que é gigante e nosso pré requisito era ter duas camas twin, e garantir que meu pai coubesse no quarto e no chuveiro…rs
      Boa sorte com a procura!

    • Alexandre Louzada 14 fevereiro, 2015 at 14:59 Responder

      Parabéns pelas excelentes dicas Maria, muito obrigado. Em Maio de 2015 irei ao Japão pela primeira vez, 18 dias no total, vou comprar o JR Pass para 14 dias, a ideia é usar somente 1 hotel em Tokyo e em dias alternados usar o shinkansen para conhecer as outras cidades.

      • mari vidigal 1 março, 2015 at 17:15 Responder

        Oi Alexandre,
        Td bem?
        Não vale a pena fazer isso não! Tóquio fica central, mas nem tanto. Eu se fosse você, dividiria sua estada em pelo menos Tóquio e Kyoto. Ai sim dá para fazer bate e voltas sem passar horas no trem.
        Aproveite muito a viagem!
        Abraços
        Mari

    • Noah 8 março, 2015 at 03:55 Responder

      Olá Mari!!
      muito boa as dicas!!

      Estou indo pro japao ficar somente 8 dias, chegando por Tokio.

      que cidades voce me indicaria como imperdíveis?
      beijosss, obrigadoo

      • mari vidigal 8 março, 2015 at 13:46 Responder

        Tokyo (3 dias + Bate e volta em Nikko)
        Kyoto (3 dias + 1 dia de Bate e volta em Nara.

        Aproveite MUUUITO a viagem, você vai amar o Japão.
        Beijos,
        Mari Vidigal

  42. Camila 5 janeiro, 2015 at 01:24 Responder

    Oi Mari! Adorei seu post >< tive a oportunidade de conversar com mais outras duas pessoas que já visitaram o Japão, mas receber dicas/opiniões de mais uma pessoa seria muito ótimo. Novamente, adorei seu post e ele foi de grande ajuda para mim 🙂
    Grata, Camila <3

      • Camila 5 janeiro, 2015 at 21:10 Responder

        Estou muito feliz que você respondeu meu comentário ^^ Muito Obrigada! Mas parece que o site comeu um bom pedaço do meu comentário >< Se tiver lugares que você recomenda visitar durante essa época do ano eu agradeceria muitíssimo.
        Muito Obrigada novamente pela sua atenção.

        • mari vidigal 5 janeiro, 2015 at 22:42 Responder

          Oi Camila,
          Vi seu comentário por email e vou te responder amanhã ou depois com calma, pode ser?
          No inverno Japonês, esquiar é uma excelente pedida! As montanhas são lindas e boas para esquiar.

  43. Filipe Tomé 17 dezembro, 2014 at 00:41 Responder

    Oi Mari, tudo bom?
    Primeiro gostaria de lhe parabenizar pelo site que contém ótimas dicas e informações ,ele está simplesmente genial! Me ajudou bastante no meu roteiro!

    Gostaria, se possível, que você desse uma olhada nesse roteiro (ainda não fechado) que elaborei:

    10.03 = Tokyo
    11.03 = Tokyo
    12.03 = Tokyo – Nikko – Tokyo
    13.03 = Tokyo
    14.03 = Tokyo – Hakone (saindo de manhã)
    15.03 = Hakone – Takayama (saindo de tarde/noite)
    16.03 = Takayama
    17.03 = Takayama – Shirakawa – Takayama
    18.03 = Takayama – Kanazawa – Takayama
    19.03 = Takayama – Kyoto (saindo de manhã)
    20.03 = Kyoto – Nara – Kyoto
    21.03 = Kyoto
    22.03 = Kyoto – Tokyo
    23.03 = Tokyo – Brasil (viajo 00:15 saindo de tokyo)

    Gostaria de saber se ele está coerente.
    Estou viajando com um grupo de amigos, inclusive teremos que ficar até dia 13.03 em tokyo esperando alguns amigos chegar para iniciar a viagem juntos. O grupo gosta de trilhas e natureza/paisagens

    Estou em dúvida em alguns pontos:

    -Se dará pra aproveitar legal Hakone, pelo tempo que deixei. Gostariamos ao menos de fazer um passeio pro monte Fuji, será que dá?
    -Se no dia 18.03 vou à kanazawa ou à kurobe?
    -Realmente gostaria de incluir Hiroshima e principalmente Miyajima, mas acredito que ficará muito apertado encaixar nos dias 21 e 22, tendo em vista que o voô de volta para o Brasil sai no dia 23.03 às 00:15 horas, o que você acha?

    No mais se você tiver alguma observação ou indicação por favor me fale ^^. Principalmente em tokyo, ainda não fechei direito o que fazer lá, apenas esse bate e volta em Nikko.

    • mari vidigal 17 dezembro, 2014 at 16:27 Responder

      Oi Filipe,
      Td bem?
      Que delícia de viagem!!!
      Hakone: Não tenho absoluta certeza, mas acho que em Março o Monte Fuji (parte de escalada ainda não estará aberto, mas de carro deve dar para chegar). Cheque isso. De qualquer forma, com um dia em Hakone dá para aproveitar bastante coisa.

      17.03 – Passe o dia em Shirakawa e pegue o ultimo ônibus sentido Kanazawa. Não faz sentido voltar até Takayama, para depois ir até Kanazawa.
      18.03 – visitar Kanazawa (você pode pegar o ultimo ônibus da noite de volta para Takayama, e ver se ainda tem trem para chegar o mais perto possível de Kyoto nesse dia.
      Você tem apenas um dia inteiro em Kyoto, o que é pouco. Então, eu se fosse vc não iria para Hiroshima.
      23.03 Pegue o trem para Tóqui nesse dia e não no anterior, assim você consegue curtir dois dias inteiros de Kyoto, o que continua sendo pouco.

      Em Tóquio: tem um monte de opções de bate e volta bacanas, como por exemplo Yokohama. De uma olhadinha aqui no blog em dicas do que fazer em Tóquio.

      • Filipe Tomé 17 dezembro, 2014 at 19:04 Responder

        Fiz algumas mudanças aqui e acho que agora vai!!!!

        10.03 = Tokyo – Nikko – Tokyo
        11.03 = Tokyo – Hakone – Tokyo
        12.03 = Tokyo
        13.03 = Tokyo – Takayama (saindo de manhã)
        14.03 = Takayama – Shirakawa – Kanazawa
        15.03 = Kanazawa – Takayama (saindo de noite)
        16.03 = Takayama – Hiroshima (saindo de tarde/noite)
        17.03 = Hiroshima – Miyajima
        18.03 = Miyajima – Kyoto (saindo de manhã)
        19.03 = Kyoto – Nara – Kyoto
        20.03 = Kyoto
        21.03 = Kyoto
        22.03 = Kyoto – Tokyo (saindo de tarde)
        23.03 = Tokyo – Brasil (viajo 00:15 saindo de Tokyo)

        Os meus amigos vão chegar dia 12.03 e não dia 13.03!! daí ganhei um dia aí!

        Decidi fazer um bate volta pra Hakone de Tokyo. Com essas duas mudanças deu pra incluir hiroshima e miyajima com direito à uma noite num ryo-kan! e consegui deixar 3 dias em kyoto, sendo dois inteiros e dois pela metade!

        Não tem como ir dia 23.03 para Tokyo, pois nosso voô para o brasil sai às 00:15 do dia 23.03, então teremos que estar de volta em Tokyo dia 22.03.

        Outra pergunta que acabei não fazendo.. Você acha melhor levar dólar ou Yen? Esse aumento do dólar ta quebrando minhas pernas, e ta melhor comprar yen..

        Mari, MUITO OBRIGADO mais uma vez pelas dicas e pela atenção dada!! bjs!!!

        • mari vidigal 18 dezembro, 2014 at 19:09 Responder

          O roteiro ficou bem mais redondo agora. Sua única dificuldade será o trajeto longo entre Takayama e Hiroshima. No dia 17.03, eu se fosse você, dormiria já em Kioto.
          Dica: o Monte Fuji é timido e se escondo com o menor sinal de neblina, eu se fosse vc deixaria o dia 10/11 em aberto, se dia 10 amanhecer ensolarado, vá primeiro para Hakone. Niko nublado ou chuvoso é menos problemático que o contrário.

  44. GUSTAVO 10 dezembro, 2014 at 22:01 Responder

    OI Mari tudo bem ! Eu estou indo para o Japao pela primeira vez por 20 dias.
    Meu roteiro é muito simples, 20 dias em Tokio ! O que vc acha ?
    É q eu sou do tipo mega preguiçoso para viajar !!!
    obrigado
    G

    • mari vidigal 11 dezembro, 2014 at 05:31 Responder

      Acho que se você quer ser MUITO simplista no roteiro, tem que ficar metade em Tóquio e Metade em Kioto. Passar 20 dias em Tóquio e não conhecer Kioto é um pouco triste!

      Abraços

  45. Erick 5 dezembro, 2014 at 19:21 Responder

    Olá Mari, tudo bem?

    Parabéns pelo site! As informações são preciosas, acho que dá até para você escrever um guia rsrs…
    Bom, tenho algumas dúvidas também… Se você tiver um tempinho para responder, agradeceria muito.

    Sou descendente de japonês, mas nem pais e nem eu, nunca fomos para lá, será a primeira vez. Optamos por ficar mais livres e não comprar nenhum pacote, além de termos parentes lá para visitar, não gostamos muito de seguir horários rsrs…
    Será uma viagem a três, meus pais e eu e é claro, como filho sobrou o papel de guia de viagem… e realmente, apesar de eu fazer alguns mochilões afora, o Japão pareceu para mim um grande desafio também (não falo japones.. rsrs)

    Programei o seguinte roteiro para nós, você pode me dizer se faz sentido?
    30/01 – Chegamos em Haneda – Tokyo
    31/01 – Descanso (?) –> Viagem de 31horas 🙁
    01/02 – Tokyo
    02/02 – Tokyo -> Nikko
    03/02 – Tokyo –> Hakone (mt. Fuji)
    04/02 – Tokyo -> Yokohama > Hiroshma
    05/02 – Hiroshima –> Miyajima
    06/02 – Hiroshima –> Saga –> Kumamoto –> Nagasaki
    07/02 – Hiroshima >> Osaka
    08/02 – Osaka –> Kyoto
    09/02 – Osaka – Nara
    10/02 – Osaka >> Nagoya
    11/12 – Nagoya –> Katayama
    12/12 – Nagoya >> Tokyo
    13/12 – Tokyo
    14/12 – Tokyo
    15/12 – Tokyo –> Aeroporto de Haneda

    Com esse roteiro, surgiram algumas dúvidas:
    1) E as malas? Você sempre as transportava quando deslocava-se de cidade?
    2) E o frio? Meus pais já tem um pouco de idade, é muito frio mesmo? Vamos entre janeiro e fevereiro.
    3) Compensa trocar tanto de cidade? Pensei em algumas “cidades-sede”, que seriam Tokyo, Hiroshima, Osaka e Nagoya. Faz sentido?

    Obrigado desde já! Um abraço!

    • mari vidigal 7 dezembro, 2014 at 15:07 Responder

      Oi Erick,
      Que delicia de viagem.
      Tenho alguns comentarios:
      A) 1 só dia em Takayama não compensa nem o trabalho que vc terá para chegar até lá. Pense em ficar pelo menos dois dias para incluir Shiragawa-go.
      B) Você programou menos de um dia em Kioto, para conhecer a cidade, o que eu considero MUITO pouco. Vale a pena ficar hospedado em Kyoto e não Osaka, por pelo menos uns 4 dias (sendo um deles para o bate e volta até Nara).
      C) Vc planeja fazer Hiroshima e Miyajima no mesmo dia?
      D) De Yokohama até Hiroshima em uma dia é longe pra caramba, ainda mais se vc tbm planeja conhecer Hiroshima nesse dia.
      E) Acho que esse dia Hiroshima – Saga (etc) tá MEGA pesado, durma em Nagasaki em em algum lugar no sul.

      Malas: você pode despachar de um hotel para o outro pelo serviço de Kukobin (tipo um correio deles) que é super confiável.
      Frio: Dependendo do ano pode estar frio a beça. Vá preparado.
      Idade dos seus pais: Desculpe a sinceridade, mas seu roteiro esta bem legal para um esquema mais mochilão. Acho que tá um pouco intenso para os seus pais de mais idade. Fiz algo bem menos intenso com meu pai de 60 anos, e depois de dez dias de viagem ele tava mortinho da Silva.

      Cidades sede: Faz sentido ter cidades sede, mas eu escolheria Kioto e não Osaka, e seria um pouco mais cuidadosa com o numero de lugares que vc planeja visitar em um dia e distancia a ser percorrida.

      De resto, seu roteiro está MUITO bacana, a escolha das cidades está ótima!
      Abraços

  46. Aline 28 novembro, 2014 at 16:05 Responder

    Olá, tudo bem?
    Incríveis as suas dicas!! Acabei de comprar minha passagem para o Japão. Primeira vez por lá! Vou agora, já no fim do ano! rs Pouco tempo pra programar… E muitas dúvidas!! rs Chego em Tóquio dia 24/12/14 à tarde e volto tb de Tóquio dia 09/01/15, no fim da tarde (17 hs), sempre de Narita. São 15 dias inteiros, descontados os dias da ida e da volta. Estou bem confusa e ansiosa rsrs. Viajo com meu marido, ambos com 34 anos e ávidos por novas experiências! Como é nossa primeira vez no país, tudo será interessante. Pretendemos dar preferências aos locais imperdiveis, só não sabemos quais ainda…rsrs A única certeza que temos é que queremos esquiar por uns três dias, no lugar com melhor custo-benefício.
    Bem, se não for pedir demais, qual roteiro vc faria com 15 dias inteiros, considerando que é a primeira visita ao Japão? E tb que é inverno…
    Desde já, agradeço pela disponibilidade!
    Ah! No final, voltarei aqui para contar minha experiência!
    Um grande beijo.
    Aline

    • mari vidigal 30 novembro, 2014 at 01:35 Responder

      Oi Aline,
      Tudo bem?

      Dá uma olhada nesse roteiro de 14 dias que eu montei pensando em marinheiros de primeira viagem. http://ideiasnamala.com/2014/11/25/japao-dicas-viagem/

      Para acrescentar o esqui, você terá que abrir mão de alguma cidade. Talvez a parte de Takayama?!
      Para esquiar, tanto Nagano, quanto Niigata são excelentes! Leve roupas quentinhas e prepare-se para se apaixonar pelo Japão.

      Abraços

  47. Caio 21 novembro, 2014 at 17:08 Responder

    Olá, muito bacana seu site, estou dúvida em relação ao JPRail Pass, como funciona, valor, onde compramos, estarei embarcando dia 16/12/2014 e retorno dia 07/01/2014. Eu e minha esposa, tenho 26 anos e ela 25, sou muito fã de Samurais e toda cultura oriental no geral, quais dicas me da neste sentido. Abraços

  48. Guilherme 15 novembro, 2014 at 17:31 Responder

    Bom Dia ou Boa Noite,

    Socorrooo rsrsrs
    Acabei de fechar a minha passagem para o Japão e não tenho ideia do roteiro … Posso ser muito folgado e te pedir para montar comigo :0( ? Chegamos (eu e minha namorada!) dia 05/01/2015 (21hs) em Nagoya e volto dia saída de Haneda 15/01/2015 (23:30hs).

    Temos 36 anos e queremos conhecer bem a cultura local.

    … nos ajude por favor !?

    Obrigado desde já ;0)

  49. Márcia Lu 9 novembro, 2014 at 23:47 Responder

    Boa Noite Mari, achei muito legal seu site.
    Pretendo ir em 2015 para o Japão com a minha família (4 pessoas), tenho muitas duvidas. A respeito da língua Inglesa é falada pelo interior do país? é possível conhecer o país sem a ajuda de guia turístico? Pelas tuas informações é mais fácil escolher uma cidade como referência e apartir dela ir e vir para outros lugares, mas em relação ao transporte, não se torna mais caro?
    Muito Obrigada
    Abraço Márcia

    • mari vidigal 10 novembro, 2014 at 00:01 Responder

      Oi Márcia,
      Tudo bem?
      Lingua Inglesa: Em Tóquio e nas cidades maiores, dá para se virar bem em inglês. Nas cidades menores, você terá um pouco mais de dificuldade, mas não esquente. Os Japoneses são super receptivos e vão fazer de tudo para te receber bem e te entender. Conheço muita gente que viajou de forma independente sem problemas.

      Transporte: A única maneira viável de visitar o Japão é com o Japan Rail Pass, que te dá direito a transporte ilimitado no Jp por uma ou duas semanas. Dessa forma fica fácil de fazer bate e voltas.

  50. Christina 4 outubro, 2014 at 22:59 Responder

    Oi Mari td bem? gostei do seu roteiro, já fui pro Japão 2 vezes, no ano 2000 e em 2011, e estamos querendo ir agora em Dezembro 2014, vou passar o Natal em Ishikawa por 7 dias na casa de parentes, e o ano novo vamos pra Hiroshima, queria saber se no ano novo tem algum festival por lá, ou se tiver algo em Miyajima tb seria legal! Obrigada

    • mari vidigal 6 outubro, 2014 at 03:31 Responder

      Oi Christina, o ano novo no Japão é bem mais caminho do que o nosso e o pessoal costuma acordar cedo para ver o primeiro nascer do sol do ano. Em relação ao festivais, precisa dar uma pesquisada.

      Abraços

  51. Adhemar 24 setembro, 2014 at 02:01 Responder

    Cara Mari,

    viajarei para o Japão no próximo dia 31 de dezembro, via Doha. Estaremos em um casal e uma criança de 9 anos. Chegarei no dia 01 de janeiro, bem tarde da noite. Então, planejei dormir próximo ao aeroporto de Haneda.

    Pensei em adquirir o passe de 14 dias, acionando já no dia 02 para poder viajar a Kyoto. A partir daí, a ideia seria a seguinte:

    dias 02 a 06 – Kyoto (um dia bate e volta para Nara);
    dias 06 a 07 – Hiroshima
    dias 07 a 09 – Osaka (usaria o dia 08 para visitar Himeji)
    dias 09 a 10 – Ise
    dias 10 a 12 – Takayama (usaria o dia 11 para visitar Shirijawa-go)
    dias 12 a 17 – Tokyo (gastaria os últimos dias de passe para visitar Yokohama e Nikko).

    No dia 17 eu pagaria o transporte até o aeroporto Haneda.

    As minhas dúvidas são: 1) o roteiro está lógico? 2) os locais visitados são interessantes para criança (ela gosta de visitar museus e castelos)? 3) consigo pegar o shinkansen para Kyoto desde o aeroporto de Haneda?

    Agradeço pelas dicas!

    Adhemar

    • mari vidigal 25 setembro, 2014 at 16:49 Responder

      OI Adhemar, Tudo bem?
      Gostei do seu roteiro e acho que tudo faz sentido. Sobre a perna Ise -Takayama, você precisa checar bem qual a melhor forma de fazer isso.
      De Haneda você provalmente precisará fazer baldeação para Tóquio central ou alguma outra estação grande para troca para o Shikansen sentido Kioto.
      Dá para voce parar em Himeji na volta de Hiroshima sem gastar seu dia de Osaka.
      Como o Japão é super diferente as crianças costumam gostar bem. Uma ideia é comprar livros de historia de samurai para despertar o interesse nessas visitas.

      Aproveite a viagem

      • Adhemar 27 setembro, 2014 at 20:42 Responder

        Mari,

        muito obrigado pela resposta.

        Minha filha adorará ler sobre os samurais. Adorei a sugestão.

        A única preocupação que tenho em relação a Himeji são as malas. Há algum tipo de guarda volume na estação de trem?

        Adhemar

        • mari vidigal 28 setembro, 2014 at 21:56 Responder

          Puxa Adhemar, fui sem malas então realmente não reparei. Uma dica super legal do Japão é que existe um sistema de despacho de malas SUPER confiável. Você envia de um hotel para o outro sem nenhum problema. Pode ser uma opção para vc!

        • Adriano 3 outubro, 2014 at 17:04 Responder

          a maioria das estações de trem possuem armários pra se guardar objetos e malas ,variam de tamanhos ,as maiores voce consegue colocar uma mala de viajem,os preços variam de acordo com o tamanho,uma pequena que se guardaria bolsas voce ira pagar em torno de ¥300 ,uma grande saíra em torno de ¥500 ,o preco e por 24hs de uso apartar do momento que for colocado,ultrapassando as 24hs sera cobrado mais uma diaria,

  52. Renata Hit 22 setembro, 2014 at 23:59 Responder

    Boa noite Mari!
    Vou para o Japão ano que vem, saio de SP dia 15/05/2015 chegando em Narita, e volto dia 14/06/2015. Tenho 1 mês inteiro pra passear e eu estou totalmente perdida em como montar um roteiro. Achei suas indicações excelentes, porém, nos dias 29,30 e 31 de maio, eu comprei entradas para assistir ao Campeonato Mundial de Kendo que será no Budokan (Tókyo). Poderia me dar uns toques quanto da logística de ir de um lugar para o outro? Porque não sei como aproveitar o meu JRailPass. Gostaria muito de poder visitar Okinawa. Estou indo meio que estilo mochilão, para economizar. Ouvi dizer que existem cápsulas onde as pessoas podem dormir, saem mais barato? Também gostaria de saber se é melhor ir com reserva de local para dormir ou consigo arranjar local barato na hora? Estou perdidona!!!

    • mari vidigal 23 setembro, 2014 at 01:49 Responder

      Oi Renata,
      Como você está indo com o budget meio curto, vc terá que ser inteligente na hora de programar sua viagem e aproveitar o Japan Rail pass da melhor forma possível. Escolha uma cidade de base para passar um tempo mais largo. Eu geralmente uso Kioto de base, e concentre os deslocamentos mais largos ao longo da validade do seu Rail Pass.
      Para dormir: compare o preço das capsulas com o dos hostels, o Japão tem hostels super bons e bem mais comfortáveis que capsulas. Eu prefiro sair com tudo reservado, mais vai de você e sua cara de pau/ coragem pra se virar em um lugar estranho.
      Não conheço Okinawa, mais morro de vontade. Se você for, a dica é reservar o vôo com antecedência e tentar ser espertar com o local de saída e chegada do vôo. De repente você pode comprar um vôo que sai de Tóquio-Okinawa e pegar um de volta Okinawa-Kansai e acionar o seu JR em Kansai para ir subindo até Tóquio. Veja se vale a pena economicamente.
      Espero ter ajudado

  53. Maira 17 setembro, 2014 at 19:33 Responder

    Oi Mari,

    Li que o Japan Rail Pass vc ‘pre compra’ e lá vc troca pelo passe normal, o que inclui filas enormes e preenchimentos de formulários. Ou seja, vi que é saco e que vc tem que se preparar para gastar um bom tempo fazendo isso. Gostaria de saber se é isso tudo mesmo é se essa troca pelo passe pode ser feita em qualquer estação? Chego por Haneda.

    Obrigada mais uma vez!

    • mari vidigal 18 setembro, 2014 at 17:35 Responder

      Oi Maira,
      Td bem?
      Comprei o passe duas vezes e nas duas fiz a troca lá em Kyoto. Tive que preencher um papelzinho bem pequeno, nada que me incomodou, e não peguei fila nenhuma em nenhuma das duas vezes. A troca pode ser feita em grande parte das estações, como Haneda esta preparada para receber turistas, vc deve trocar sem problemas.
      Como Haneda é um aeroporto e que tem fluxo grande de turistas, imagino que a demanda seja maior que Kyoto, mas ainda sim os benefícios do passe são tão fantásticos, que meia horinha de espera não deveria te desanimar. Aproveite muito o Jp.

      • Maira 20 setembro, 2014 at 09:55 Responder

        Estou anotando as suas dicas! Adorei a idéia de baixar os mapas. Li esse artigo sobre a troca do rail pass e achei bem burocrático pelo que estava escrito. Mas sem problemas.

        Ah, qual é a sua próxima viagem?

        Beijo e obrigada 😉

        • mari vidigal 21 setembro, 2014 at 20:27 Responder

          Oi Maira,
          Minha próxima grande viagem é India + Tailandia, Laos e Camboja em Janeiro de 2015. Antes disso tenho alguma viagens pequenas pela Califórnia já planejadas.

  54. Luiza 12 setembro, 2014 at 12:02 Responder

    Nossa!! Seu site é show!!! Procurando sobre informações para fazer uma viagem ao Japão e o site ajudou mtoooo!!!! Obrigada!!! Li tudo!!

    Se você puder, teria como olhar o meu roteiro? Tenho alguma dúvidas do roteiro que fiz… você acha que vale a pena ir a Kobe? E gostaria de saber se no roteiro que fiz, dá tranquilamente para ir de uma cidade para outra de trem… Obrigada!!! 🙂

    Rio – Dubai
    Dubai
    Dubai– Tokyo
    Tokyo
    Tokyo
    Tokyo – Kamakura – Tokyo
    Tokyo – Nikko – Tokyo
    Tokyo – Hakone
    Hakone – Takayama
    Takayama – Shirakawa-go – Takayama
    Takayama – Kyoto
    Kyoto
    Kyoto
    Kyoto – Nara – Kyoto
    Kyoto – Osaka
    Osaka
    Osaka – Kobe
    Kobe
    Kobe – Himeji – Hiroshima
    Hiroshima – Miyajima – Hiroshima
    Hiroshima – Tokyo
    Tokyo – Dubai – Rio

    • mari vidigal 12 setembro, 2014 at 16:33 Responder

      Gostei muito do seu roteiro, está detalhado e espaçado.
      Algumnas considerações: O castelo de Himeji esta reformando, não sei o quanto esta coberto, mas pode te atrapalhar um pouco.
      Dá pra chegar de Hakone a Takayama trocando em Nagoya, mas vc terá que ficar esperta nas conexões.
      Fique ligada nos horários entre Shiragawa – Takayama (ônibus)
      De Hiroshima a Tóquio numa tacada só é um pouco longe. Fique ligada nos horários.

      Abs
      Marina

      • mari vidigal 18 setembro, 2014 at 17:36 Responder

        Eu adoro Kobe. Uma cidade gracinha e bem arrumada com um porto fofo. Kobe esta longe de ser uma prioridade mas pode ser um “nice to add” legal.
        Uma das graças de Kobe é visitar as antigas casas dos embaixadores, que são bem bonitas, mas para nós que somos do ocidente, bem ok.

  55. Maira 4 setembro, 2014 at 20:55 Responder

    Oi Mari!

    Vi em vários posts que vc recomenda apenas 3 noites em Tokyo. Meu roteiro está assim:
    Tokyo-3 noites
    Kyoto – 5 noites
    Tokyo- 4 noites (incluindo bate-volta/ pensei em Nikko e Samakura)

    Vc acha que é mto tempo em Tokyo? Sendo que no último dia eu volto pra casa de manha cedinho. E vc acha que seria interessante tirar uma noite de Kyoto para ir até Hiroshima?
    Você teria alguma sugestão de hotel e área para se hospedar em kyoto?

    Poxa, obrigada pela paciência em responder tantas perguntas! Um beijo x

    • mari vidigal 4 setembro, 2014 at 21:46 Responder

      Você não pode tirar um noite de Tokyo e incluir Hiroshima? Se não, faça uma bate e volta desde Kyoto.
      Tóquio é uma cidade grande, tem sempre on que fazer, e se sobrar tempo vc pode fazer um bate e volta até o Mt. Fuji.
      Inclua um bate e volta a Nara no seu roteiro ;o)

  56. Marcelo Taniguchi 28 agosto, 2014 at 23:33 Responder

    Olá Mari!
    Tudo bem?

    Cheguei a seu blog graças a uma pesquisa no Google, estava procurando justamente sobre quais lugares imperdíveis para se visitar no Japão!

    Esse post foi fantástico e está ajudando muito a decidir meu roteiro também com base nas suas recomendações.

    Tenho aproximadamente 20 dias para conhecer o Japão em Junho/2014.
    Fiz um roteiro, gostaria que se possível se você consegue avaliar e ajustar.

    Tokyo (3 dias)
    Yokohama (1 dia bate-volta de Tokyo)
    Nikko (1 dia bate-volta de Tokyo)
    Hamamatsu (1 dia) ????
    Nagoya (1 dia) ????
    Kyoto (3 dias)
    Nara (1 dia bate-volta de Kyoto)
    Osaka (3 dias)
    Himeji (parada a caminho de Hiroshima)
    Hiroshima (2 dias)
    Miyajima (1 dia)
    Fukuoka (1 dia e vôo para Okinawa)
    Okinawa (3 dias e vôo para Tokyo)
    Tokyo (volta pro Brasil)

    Perguntas:
    1 – É possível deixar comprado o JR Pass agora em dezembro e só utilizar em junho do ano que vem?

    2- Que outras cidades você tiraria/incluiria nesse caminho?

    3- Onde parar no caminho de Tokyo para Nagoya?
    Shizuoka e Hamamatsu tem algo muito interessante pra se ver?

    Parabéns pelo blog e pelas dicas inspiradoras!!
    Vou ler todos os posts sobre Japão pra me inteirar e conhecer mais de cada cidade recomendada!

    bjos!
    Marcelo

    • mari vidigal 2 setembro, 2014 at 03:05 Responder

      Oi Marcelo,
      Td bem?
      Que delícia de viagem!
      Alguns comentários no seu roteiro:
      A) Ficaria 4 dias em Kyoto e no máximo 2 em Osaka (que é uma cidade grande, e bacana, mas nada de outro mundo).
      b) O que você quer ver em Hamamatsu? O castelo? Se sim, eu trocaria por Hikone (que tem uma vista linda de Biwako) Se não, pule.
      c) Eu ficaria pelo menos uns 5 dias em Okinawa.

      Sua perguntas:
      1 – É possível deixar comprado o JR Pass agora em dezembro e só utilizar em junho do ano que vem? Porque você faria isso? Deve dar, nunca ouvi falar em validade de JR pass que só começa a valer a partir do momento que você valida ele no Jp.

      2- Que outras cidades você tiraria/incluiria nesse caminho? Achei seu roteiro completo, eu talvez acrescentasse Takayama (shiragawa-go é linda) e Koya San (para dormir em um templo budista) e tirasse hamamatsu e Nagoya.

      3- Onde parar no caminho de Tokyo para Nagoya? No mente fuji se o dia estiver bonito. Se for de trem bala, pode ir direto que é perto.

      Shizuoka e Hamamatsu tem algo muito interessante pra se ver? Shizouka tem lagos incríveis, bonitas cachoeiras e o Mt. Fuji nos fundos.

  57. ANDREA 12 agosto, 2014 at 10:17 Responder

    Oi Mari;
    Meus parabéns pelo BLOG…Não tem ideia do quanto você já ajudou a mim e a tantas outras pessoas… PARABÉNS…
    Bem, moro atualmente com minha filha e mãe na Itália (Cittadella) e nas ferias do Natal e Ano Novo (deste ano) gostaria muito de leva-las para o Japão….A passagem daqui eh bem mais barata.
    Eh o sonho das duas…e poder oferecer isso a elas me deixa muito feliz.

    Minha filha (14 anos) inexplicavelmente ama o Japão.
    Tem estudado Japonês sozinha (pela internet) e quer colocar em pratica para ver se aprendeu, pelo menos, um pouquinho….rsrsrs – Vai ter que ser ela mesmo a nos guiar…Não falo NADA de Japonês… Com Inglês, conseguimos ir tranquilas?

    O amor da minha filha pelo Japão começou com os MANGAS, VOCALOIDES e a banda MOON MOON (acho que eh isso… Vou perguntar para a Vi)… Por isso, gostaria de encaixar em meu roteiro alguma cidade onde possa, TALVEZ, ter shows, museus e etc sobre esses assuntos…

    Acho que teremos tempo suficiente… Estou pensando em ficar no pais por pelo menos 30 dias (DE 06/12 a 04/01 – chegando por TOKYO)… Mas, de verdade, não sei nem por onde começar…

    Adorei ver alguns roteiros onde as pessoas colocaram DIA APOS DIA…
    Posso copia-los… E se você ainda puder me indicar um (de todos publicados), seria de muita ajuda…

    Enfim, sera que poderia nos ajudar?

    1 – Qual seria o melhor tipo de transporte….Percebi que existem passes que podemos comprar com antecedência – Onde e o que comprar?
    2 – Como achar o melhor hotel (mais econômico)… DECOLAR FUNCIONA?
    3 – Quanto de dinheiro (por pessoa) levar para os 30 dias? – HOTEL A PARTE
    4 – Onde poderíamos passar o NATAL e ANO NOVO?
    5 – Não quer vir com a gente??? rsrsrsrs

    Não quero te dar trabalho e por isso quero que saiba que já nos ajudou “muiiiiiiito” só por estar proporcionando a todos nós este cantinho tao agradável para trocarmos experiencias… Mas se puder me dar alguma dica, eu lhe seria muito grata…
    Muito obrigada desde já… MUITO OBRIGADA MESMO… DE CORACAO…

    • mari vidigal 12 agosto, 2014 at 20:06 Responder

      Oi Andrea,
      Td bem?
      Vou começar respondendo algumas perguntas rápidas e enquanto isso vou pensando nas outras, pode ser?

      A) Com inglês, paciência e mímicas, dá para ser virar bem. De qualquer forma, os conhecimentos básicos da sua filha vão ajudar bastante! Quem sabe ela não se apaixona de vez e resolve estude a fundo. ;o)
      B) Em tóquio tem MUITA coisa legal relacionada a Animes. Ela vai amar.
      1) O Japan Railway Pass é imbatível – Veja todos os detalhes aqui: http://www.japanrailpass.net
      2) Veja aqui os sites/ apps que uso para reservar hotéis: http://ideiasnamala.com/2013/10/15/sites-e-aplicativos-que-vao-deixar-sua-viagem-mais-barata-e-mais-interessante/
      3) Essa é a pergunta mais dificil de todas e depende muito de vocês e o que vocês pretendem ver e fazer.
      4) Natal é zero celebrado no Japão, talvez em Tóquio você encontre algumas coisas divertidas. Para ano novo, não espere nada no estilo Brasil.
      5) Adoraría, pena que não terei férias este ano.

      Abraços

  58. tamires 28 julho, 2014 at 02:32 Responder

    ola, mari!!!
    que blog otimo, parabens!!!
    pra quem chega em haneda de madrugada nao tem transporte publico disponivel, eh isso mesmo? achei bem complicado isso, sendo que taxi eh caro!!!! alem disso, vc tem alguma recomendacao de hotel em toquio? como estarei de casal, queremos uma coisa mais confortavel, mas nao tao cara…e central tb! perto da estacao, pontos mais agitadfos etc!
    desde ja, muito obrigada!

    • mari vidigal 28 julho, 2014 at 14:26 Responder

      Oi Tamires, td bem?
      Nunca pousei em Haneda, sempre cheguei por Kansai (Osaka). Na minha última ida fiquei num hotel super agradável, o quarto era pequeno para os padrões ocidentais, mas bom para Tóquio e mega bem localizado (Roppongi). Vou tentar achar o nome e te envio.

  59. Lucas 15 julho, 2014 at 20:21 Responder

    Olá Mari,
    Muito boa sua lista!

    Estou indo pro Japão dia 28 e queria saber se você poderia me dar algumas dicas, de onde comprar o JR Pass e também se você for de SP, conhece alguma boa casa de câmbio para trocar real por yen?

    Obrigado

    • mari vidigal 15 julho, 2014 at 22:36 Responder

      Oi Lucas,
      Td bem?
      Vc tem que comprar o JR passa ANTES de chegar no Jp. Comprei o meu duas vezes em uma agencia da Liberdade indicada no próprio site da JR. Na ultima vez fui com um cartão pré pago e saquei dinheiro chegando lá. O cartão pré-pago tem o mesmo IOF, mas te dá a segurança da cotação.

      Aproveite muito o Jp

  60. Simone 10 julho, 2014 at 17:35 Responder

    Oi, Mari! Tudo bem?

    Estou planejando minha viagem para setembro e tenho algumas dúvidas. Veja se consegue me ajudar:

    roteiro:
    5 noites em Tokyo, considerando bate-volta pra Hakone e Nikko
    1 noite em Takeyama
    1 noite em Shirakawa-go
    1 noite em Hiroshima (2 dias) com bate-volta para Miyajima
    3 noites em kyoto com bate-volta pra Nara
    2 noites em Tokyo com bate-volta para Yokohama ou Kanagawa

    Montei dessa forma para conseguir usar o JR apenas por sete dias e usar o bilhete diário em Tokyo e arredores. Esta ideia eh boa? Ou não vale a pena?
    Tem mais algum lugar imperdível que dê para encaixar nesse roteiro?

    Muitooo obrigada! 🙂

    • mari vidigal 11 julho, 2014 at 20:52 Responder

      Oi Simone,
      Td bem?

      Eu tbm sempre faço isso de usar o JR pass só por uma semana ;o)
      7 noites é muito tempo em Tóquio, talvez valha a pena pensar em dormir 1 ou 2 noites em Hakone (se vc gostar de natureza). Talvez uma noite a mais em Nara fosse uma boa. Não conheço Kanazawa, mas morro de vontade, iria com certeza.

      Abraços

      • Simone 12 julho, 2014 at 01:31 Responder

        Mari,

        Obrigada pela ajuda. Tava aqui pensando e se incluir uma noite em Nara estouraremos os 7 dias do JR. Já Hakone pode ser uma boa opção! 🙂

        Só mais uma duvida: o one day pass de Tóquio pode ser usado pra ir pras cidades vizinhas?

        Bjs e mto obrigada!

        • mari vidigal 13 julho, 2014 at 01:34 Responder

          Boa pergunta Simone, não me lembro. Dá uma perguntada na hora!
          Ah e fica esperta que tem dis tipos de day pass em Tóquio, tem um que é bem mais barato, mas só te dá direito a um pedaço da linha – e que na maioria das vezes é suficiente ;o).

          Aproveite a vinhae!

        • Adriano 3 outubro, 2014 at 17:21 Responder

          JR one-day pass in Tokyo
          FARE: ¥730 (Child: ¥360)
          – You can take JR trains (except JR express trains) running within the 23 wards of Tokyo as many times as you want.
          -Available at JR stations and JR travel agency “View Plaza.”

          tokyo one day pass ,so pode ser usado nas 23 cidades que pertencem a tokyo
          se voce pretende usar de tokyo-yokohama, tokyo-chiba,tokyo-omyia não poderá ser usado

  61. Maria 10 julho, 2014 at 06:14 Responder

    Primeiramente, parabéns pelo blog! Creio que ajuda muitas pessoas com suas viagens 🙂
    Bom, é o seguinte: farei intercâmbio de idioma no Japão, mais precisamente em Tóquio, e a minha ideia era a de, nas últimas três semanas, viajar por algumas das cidades turísticas japonesas. O problema é que sou menor de idade, e não sei se teria como fazer reservas em hotéis ou ryokans. Encontrei um site chamado couchsurfing, que ajuda a encontrar pessoas que te hospedam em casas, será que é uma boa saída? O que fazer?

    • mari vidigal 10 julho, 2014 at 17:25 Responder

      Oi Maria, Td bem?
      Eu tbm fiz intercambio no Japão! Só que fiquei em Kyoto.
      Couch Surfing é um máximo!!! Outra ideia é o hostelworld.com, e para não ter problemas ove uma dezena de cópias de autorizações dos seus pais para viaje sozinha. Na ultima vez que fui ao Japão, levei minha irmã menor e não tive problemas para a reserva e nem para hospedagem, mas tive q mostrar a cópia da autorização dela algumas vezes.

      Aproveite muito e Gambatte Kudasai

  62. Bruno 2 julho, 2014 at 03:21 Responder

    Olá Mari!

    Estou indo para o JP em setembro para ficar 12 dias completos.
    Pensei em passar por Okinawa, Toquio, Hiroshima, Yamanashi (monte Fuji) e Kioto, mas fiquei com muita vontade de tentar ir a Nagano e região (Korube e Shiragawa-go) Será que dá?? Não tenho muita ideia de qtos dias ficar em cada local. Será que vc pode me ajudar?

    Abraços e obrigado!

    • mari vidigal 2 julho, 2014 at 04:41 Responder

      Oi Bruno,
      Sinceramente, acho muito lugar para pouco tempo. Vc está falando de 5 grandes paradas sendo que Kyoto e Tóquio merecem pelo menos três dias cada. Eu se fosse você repensaria no roteiro.

      Abraços

      • Bruno 3 julho, 2014 at 00:48 Responder

        Oi Mari,

        pois é, imaginei mesmo. Minha namorada está morando em Yamanashi ha 1 mês e estamos olhando qual o melhor roteiro pra esses dias. Gosto de natureza e ela também, então priorizamos Okinawa e o monte Fuji. Vi também que Korube pode ser bem bacana né? Nagano gostaria de ir pra esquiar, mas será que em setembro tem neve?? Quanto a Tóquio, pensei em 2 dias no máximo e Kioto só 1. Hiroshima fica distante, mas diz que é parada obrigatória né? Quantos dias mais ou menos vc acha que devo dedicar por lá?

        Obrigado novamente!

        • mari vidigal 3 julho, 2014 at 23:19 Responder

          Hiroshima é obrigatório depois de conhecer BEM kyoto. Kurobe, é excelente para quem gosta de natureza.
          1 só dia em Kyoto, vocês vão sair de lá tristes.

          Abraços

  63. Danae Chilomer 11 junho, 2014 at 15:08 Responder

    Olá Mari,

    Obrigada pelo post. Eu estava com um pouco de dificuldades em montar o roteiro, não sabia nem por onde começar, mas você fez tudo ficar muito mais fácil.

    Estou pensando ficar uns 18 dias. Vou tentar encaixar o máximo possível de lugares indicados no seu post!

    Bjo

  64. Elton 24 maio, 2014 at 22:16 Responder

    Olá, Mari
    Muito bom mesmo o post, está me ajudando bastante a montar meu roteiro.
    Mas tenho uma dúvida… veja se pode me ajudar.
    Vou em outubro para o Japão e minha intenção é terminar o mochilão voltando de Soul, Coreia do Sul. Então estou pensando em descer de Tokyo até Fukuoka e de lá pegar uma balsa até a Coreia do Sul, onde eu iria para Seoul de trem bala. Ficaria uns 3 dias lá e então retornaria ao BR.
    Vc já ouviu falar desse bote? O que acha da minha idéia?
    Só acho que vou gastar muito.. pretendo ficar 15 dias no Japao e mais 5 na Coreia. Talvez eu devesse ir pra Europa viu… hahhahaah!

    Vlw!

    • mari vidigal 27 maio, 2014 at 04:08 Responder

      Oi Elton, ouvi falar do Ferry, mas não sei bem como funciona. Eu teria que pesquisar!
      Achei sua viagem e sua ideia UM MÁXIMO!!! Talvez saia um pouquinho caro, mas viagem sempre vale a pena, afinal das contas…. trabalhamos para que? :O)
      Aproveite muito e na volta passe aqui para contar!

      • Elton 4 junho, 2014 at 16:50 Responder

        Mari, mudei de idéia e vou ter que tirar a Coreia do Sul do roteiro, pois iria gastar muito, muito mesmo, rsrs. (Por conta do alto preço do Japão)
        Em contrapartida, consegui uma passagem baratíssima pela Quatar e estou indo no dia 04/10. 🙂

        Dá uma olhada no meu roteiro, acha que ficou bom? Incluiria algo mais?
        Fiz a reserva da passagem, mas vou efetivar a compra depois de amanhã, então ainda posso adicionar uns 4 dias a mais no roteiro, totalizando uns 20 ou 21 dias de viagem.
        Eu quero descansar um pouco antes de voltar ao trabalho, rs. Mas não coloquei mais dias na viagem porque não sei ao certo o que fazer… acho que já inclui as principais cidades no meu roteiro. Ajuda aeeee! rsrsrs

        05/10 = Chegada a Tokyo
        06/10 = Tokyo
        07/10 = Tokyo (bate e volta em Hakone)
        08/10 = Tokyo (bate e volta em Nikko)
        09/10 = Kyoto
        11/10 = Kyoto
        12/10 = Kyoto
        13/10 = Kyoto (bate e volta em Nara)
        14/10 = Osaka
        15/10 = Osaka
        16/10 = Himeji (Himeji Castle fica no caminho entre Kyoto e Hiroshima)
        17/10 = Hiroshima
        18/10 = Hiroshima (bate e volta em Miyajima)
        19/10 = Tokyo
        20/10 = Tokyo (bate e volta em Yokohama)
        21/10 = Tokyo (Volta ao Brasil)

        • mari vidigal 4 junho, 2014 at 17:01 Responder

          Se tiver mais dias vc pode descer para a ilha Sul do Japão, que não conheço, mas que ouvi falar super bem.
          Outra parada bacana na sua viagem seria incluir uma noite num templo budista em Koya San.
          De qq forma, seu roteiro esta MUITO bacana! Q delicia de viagem.
          Abs

          • Elton 5 junho, 2014 at 20:46

            Mari,
            Consegui uma passagem hoje pelo mesmo preço de ontem, MAS voltando de Seoul! \o/
            Muito obrigado pela ajuda, monte meu roteiro do Japão só com dicas do seu blog! 😉
            Agora vou detalhar ele e também o roteiro da Coreia do Sul, que ainda está beeeem superficial.

            Vou colocar aqui pra caso alguém se interesse.
            05/10 = Chegada a Tokyo
            06/10 = Tokyo
            07/10 = Tokyo (bate e volta em Yokohama)
            08/10 = Tokyo (bate e volta em Hakone)
            09/10 = Tokyo (bate e volta em Nikko)
            11/10 = Kyoto
            12/10 = Kyoto
            13/10 = Kyoto
            14/10 = Kyoto (bate e volta em Nara)
            15/10 = Osaka
            16/10 = Osaka
            17/10 = Himeji (Himeji Castle fica no caminho entre Kyoto e Hiroshima)
            18/10 = Hiroshima
            19/10 = Hiroshima (bate e volta em Miyajima)
            20/10 = Fukuoka
            21/10 = Embarcar para Busan de barco
            (15 dias)
            22/10 = Busan
            23/10 = Jeju
            24/10 = Jeonju
            25/10 = Changwon
            26/10 = Seoul
            27/10 = Seoul
            28/10 = Incheon (Embarcar para o Brasil)
            (7 dias)

          • mari vidigal 6 junho, 2014 at 05:15

            Que show!!!!
            Na volta passa aqui para contar!
            E se vc quiser escrever sobre a viagem, é só avisar!

  65. Seikiti 19 maio, 2014 at 20:55 Responder

    Oi Mari, Tudo bem?
    Estou planejando ir ao Japão no ano que vem, mas o meu problema é o período, pois meus filhos estão na Faculdade e só poderei viajar em janeiro.
    Escolhi janeiro, pois acho que julho é muito quente…
    Já estive no Japão, mas foi no mês de maio e foi muito bom.
    O que você acha? É muito frio? Dá para passear?
    Abraços

    • mari vidigal 20 maio, 2014 at 03:00 Responder

      Depende do ano e dá sorte mas em geral faz frio! De qq forma, concordo com vc, janeiro é sem dúvida melhor que julho! Passear, sempre dá. Basta estar com a roupa certa!
      Abraços

  66. Charles 29 abril, 2014 at 05:36 Responder

    Oi! Parabéns pelo blog! Não sei se já responderam isso aqui…. Mas vamos lá: vale a pena visitar o JP a partir da segunda quinzena de junho até julho? Qual o melhor período entre esse intervalo? Estou com receio, pois li q chove muito no Japao nesse período!

    • mari vidigal 29 abril, 2014 at 16:31 Responder

      Oi Charles,
      Entre o final de maio e junho costuma chover sim, mas julho é quente e úmido, mas com bem menos perigo de pegar uma semana toda de chuva.
      Visite sem medo, mas bem preparado pra passar um calor do cão!

  67. Heloisa 23 fevereiro, 2014 at 18:58 Responder

    Olá Mari!
    Te parabenizo pelo excelente blog de viagens, que sem dúvida ajuda muitos viajantes!
    Queria te pedir duas dicas, se você puder me ajudar, claro!
    Acho que a experiência de se hospedar num Ryokan nem que seja por um dia deve ser imperdível, assim como aproveitar uma boa onsen! Você pode me indicar um bom Ryokan, que tenha preço razoável e as melhores onsens do Japão?
    Sei também que em Nagano há macacos lindos que ficam de molho nas onsens, principalmente no inverno. Você tem alguma informação, como chegar, valores, vale a pena, quantos dias? Vou passar três semanas do mês de março lá!
    Arigatô gosaimasu!

    • mari vidigal 23 fevereiro, 2014 at 23:42 Responder

      Oi Heloisa,
      Tudo bem?

      Infelizmente não gosto de recomendar hotéis que eu não tenha me hospedado recentemente e como minha última experience com Ryokan foi há mais de cinco anos, prefiro não palpitar…
      De qq forma, a região de Takayama tem muitos Ryokans com preço razoável.
      Para Onsens, Nikko também tem um lugar com macacos, mas os mais incríveis na minha opinião são os da região do Monte Fuji, tomar um banho com o Monte Fuji no fundo foi uma sensação fantástica e inesquecível!
      Para você que gosta de experiencias, um outra que considero incrível é se hospedar em um templo Budista. A região de Koya San tem um monte de opções legais.
      Três semanas é um tempo excelente, vc vai aproveitar bastante!
      Abraços
      Marina

  68. Paulo A. Kanashiro 14 fevereiro, 2014 at 02:25 Responder

    Olá Mari blz! Eu e minha namorada cutimos muito seu blog e suas trips !!! Moramos aqui mo japao e no feriado de agosto gostariamos muito de viajar pra fora ! Temos em mente EUA ou europa gostaria de umas dicas qual desses dois lugares vc aconcelharia!? Na alemanha ela tem uma conhecida da tia dela neh ! Tenho mais ou menos uns 10 a 14 dias pra fazer essa trip qual sua dica!?

    • mari vidigal 14 fevereiro, 2014 at 15:48 Responder

      Oi Paulo,
      Td bem?
      Depende muito do que vcs querem ver!
      A vantagem da Europa é não precisar de visto. Com 14 dias dá para conhecer várias cidades lindas.
      US, também é bacana. Com 14 dias dá para vc fazer um bom pedaço da California, que é um máximo!
      Abraços

  69. Camila 10 fevereiro, 2014 at 03:48 Responder

    Oi Mari.
    Vou p narita que era o mais barato.
    Cm certeza vou incluir Miyajima.
    So mais uma duvida, em Toquio usa-se mais o JR ou é melhor comprar os tickets por dia?
    Nao sei se deixo p ativar o JR em toquio ou qndo for p Kioto (am kioto pode usar?

    Muito obrigada pela ajuda 🙂

  70. Claudio 6 fevereiro, 2014 at 16:47 Responder

    Oi Mari,
    acabei de encontrar este teu post enquanto surfava atrás de infos sobre o Japão. Estou a com maior dificuldade em montar meu roteiro e vou viajar em menos de um mês :S
    Terei 12 dias inteiros (chegando e saindo por Tokyo), mas ainda não sei quantos dias devo ficar em Tokyo e nem Kytoto. Além disso, não consegui infos suficientes para dizer se vale incluir cidades como Nagoya e Okinawa na visita. Vc teria uma sugestão para fazer?

    abs
    Claudio
    ps. parabens pelo blog. Adorei o layout e a navegacao!

    • mari vidigal 7 fevereiro, 2014 at 05:59 Responder

      Oi Claudio, com 12 dias eu não iria para Okinawa pq esta meio fora da rota. Sim é maravilhoso, mas acho que com 12 dias inteirinhos nas ilhas principais vc pode aproveitar bem.
      Sempre recomendo 3 dias em Tóquio e pelo menos 3 em Kyoto + 1 para fazer um bate e volta. Nagoya esta no caminho e se vc tiver muita vontade de conhecer, acho ok. Não está na lista das mais mais 🙂
      Hiroshima é imperdível. e Takayama é um encanto.
      Se o tempo tiver bom, o que no inverno é loteria, a região das cachoeiras do Monte Fuji é linda.
      Nikko pertinho de Tóquio, tbm vale o bate e volta.

      Ajudei ou confundi mais?
      qq coisa grita!
      Abraços

      • Claudio 7 fevereiro, 2014 at 13:42 Responder

        haha não sei…continuo em dúvida…
        Acho que vale incluir:
        – Hiroshima + Himeji
        – Shiragawa-go
        – Kyoto
        – Nara
        – Tokyo

        A minha esposa quer mto ver o Monte Fuji (eu já acho que daria pra passar…), entao ainda tem coisas para ajustar quanto aos dias. Eu sempre achei que Tokyo fosse uma cidade para ficar de 5-7 dias. Não é assim?

        abs

        • mari vidigal 9 fevereiro, 2014 at 01:07 Responder

          Oi Claudio,
          Tokyo é uma metropole e assim como NY, Londres ou até mesmo SP, dá para passar o tempo que vc quiser sem se aborrecer. Maaas… o lado mais diferente, tradicional e interessante do Japão – na minha opinião – está fora de tóquido.
          Himeji está reformando, veja se vale ou não a pena visitar.
          Shiragawa é um sonho, especialmente no inverno.

          Kyoto, Nara e Tóquio, nem se fala!
          Tenho vários posts de tóquio no blog, de uma fuçada e se tiver mais dúvidas nos falamos, blz?

          Abraços

          • Claudio 9 fevereiro, 2014 at 14:24

            Já li seus posts todos 🙂
            mas agora acho que consegui organizar um roteiro ficou assim:

            1 dia – Chegada Tokyo – 17h20
            2 – tokyo
            3- tokyo
            4 – tokyo
            5- tokyo 17h00 – hiroshima 21h00
            6- hiroshima
            7- hiroshima-kyoto (a definir horário)
            8- kyoto
            9- kyoto
            10 – nara
            11 – kyoto
            12- kyoto – tokyo
            13- tokyo -19h00 – Narita airport
            14- chegada no Brasil

            E daí se por acaso durante a viagem sentir que estou tempo demais em Kyoto ou Tokyo, posso incluir um bate-volta e um dia para alguma cidade próxima.
            De qq forma, super obrigado pelas dicas. Ajudaram bastante
            abs

          • mari vidigal 11 fevereiro, 2014 at 04:07

            Ficou ótimo!
            Nikko pertinho de Tóquio vale a parada.
            Em um dia azul, Arashiyama em Kyoto é linda para passar o dia. O passeio de barco é um pouquinho caro, mas é um show.

            Abs

  71. Camila 5 fevereiro, 2014 at 11:16 Responder

    Oi Mari,
    Estou lendo suas dicas para a minha viagem p Japão em abril.
    Como temos só 10 dias, optei por:
    4 dias em Tóquio (Hakone e Fuji)
    1 dia em Hiroshima
    1 em Takayama
    4 em Kyoto (indo a Nara e Nikko).

    Oq vc acha?
    A minha duvida é qual fazer primeiro? Pq terei 10 dias mas vou comprar o JR para 7 dias só.

    Muito obrigada
    Camila

    • mari vidigal 7 fevereiro, 2014 at 06:00 Responder

      Oi Camila, Tudo bem?
      A ordem tanto faz, vc vai voar para Kansai ou Narita? Eu geralmente compro a passagem mais barata e planejo mina viagem desse prisma.
      Nikko fica mais perto de tóquio do que de Kyoto.
      Amei sua escolha de cidades e não deixe de visitar Miyajima.

      Abraços

      • Camila 7 fevereiro, 2014 at 10:14 Responder

        Td bem Mari.
        Vou p narita que era o mais barato.
        Cm certeza vou incluir Miyajima.
        So mais uma duvida, em Toquio usa-se mais o JR ou é melhor comprar os tickets por dia?
        Nao sei se deixo p ativar o JR em toquio ou qndo for p Kioto.

        Muito obrigada pela ajuda 🙂

  72. Camila 5 fevereiro, 2014 at 07:05 Responder

    Oi Mari,

    Adorei todas as informações :))
    Tenho algumas duvidas. Sera q vc pode me ajudar?
    Estou indo p Japão em abril por 11 dias.
    Quero comprar o JP pass para 7 dias so. Eles sao dias corridos? Ou posso usar durante 7 dias os dias que eu quiser?
    Em quioto e toquio vc usou esse jp pass?

    Muito obrigada,
    Camila

  73. Monica 31 janeiro, 2014 at 22:40 Responder

    Olá Mari,

    Achei seu post por acaso e gostei das várias dicas que você postou .
    Também gostaria de uma ajuda sua , pois, montei um roteiro mas acho que poderia ficar melhor.

    Chegada 16/4 Narita ( 03 dias em Tóquio)
    20/4 Hakone ( 02 dias)
    22/4 Quioto ( 4 dias)
    26/04 Takayama ( 02 dias)
    29/04 Osaka ( 02 dias)
    1/5 Hiroshima ( 02 dias)
    3/5 Kumamoto ( 4 dias )
    7/5 Tóquio ( 10 dias)
    Vou comprar o JR ,fui informada que no final de Abril e início de Maio tem um feriado japonês prolongado , consigo reservar do Brasil as viagens que farei nesse período?
    Desde já obrigada

    • mari vidigal 2 fevereiro, 2014 at 01:33 Responder

      Oi Monica,
      Tudo bem?
      Não sei se da para reservar do Brasil pq sempre fiz minhas reservas do Japão e nunca tive problemas.
      Quanto ao Roteiro, Takayama tem que entrar depois Hakone pq antes não faz sentido. (A logística vai ficar melhor :O) )
      Senti falta de Nara no seu roteiro, talvez tiraria um dia de Kumamoto para colocar Nara.
      13 dias em Tóquio? Achei muito.

      Abraços

  74. Tatiane 26 janeiro, 2014 at 21:51 Responder

    Oi Mari! Parabéns pelo blog! Está me ajudando bastante a definir meu roteiro pelo Japão!
    Estou com uma dúvida sobre a localização dos endereços. Li que as ruas não possuem nomes e que são divididas por quarteirões, então estou super preocupada sem saber como vou fazer pra encontrar um ponto turístico ou um restaurante…
    Por favor me ajude!!!
    Obrigada!

    • mari vidigal 27 janeiro, 2014 at 06:40 Responder

      Oi Tatiane,
      Tudo bem?
      Vc tem um smartphone? se sim, baixe o mapa do google no seu celular e marque o lugar com estrelinhas. Depois que o mapa estiver baixado, o GPS funciona mesmo sem conexão.
      Abraços

  75. Kim 23 janeiro, 2014 at 11:43 Responder

    Oi mari, to programando de ir pro japao en junho! Como seria o clima por la nessa epoca?
    Meu roteiro peguei muito do seu site, fantastico!!
    Kioto – 3 dias
    Nara – 1 dia bate e volta de kioto
    Koyadan ? Vale a pena? Da pra fazer bate e volta de kioto?
    Hiroshima e miyajima 2 dias
    Nagano ainda to na duvida****
    Tokyo 2
    1 dia hakone – fuji ( dia de sol?)
    1 nikko
    1 yokohama
    Takayama, to perdido mais é perto de onde?
    E osaka qvc tem pra falar pra mim!?
    Agradecido 🙂

    • mari vidigal 25 janeiro, 2014 at 03:50 Responder

      Oi Kim,
      Tudo bem?
      Infelizmente não conheço Koyasan, mas ouvi falar super bem.
      Nagano vale a pena se for para esquiar!
      Monte Fuji vale e muito a pena no sol. Se tiver chovendo ou nublado, nem vá.
      Takayama, fica meio longe de tudo…rs… Nagoya é um bom ponto de partida…rs
      Osaka é bacana, mas é uma cidade grande, com tudo o que um metrópole tem direito, se essa for sua pegada, vai fundo.

      Respondi todas as perguntas?

      Abraços

  76. JACKIE 7 janeiro, 2014 at 13:23 Responder

    Oi Mari

    Não conhecia seu blog, que post mais lindo!!!!!!!! Amei de todas as formas possíveis… Estou planejando viajar para o Nihon em 2015, queria MUITO ir em abril para ver as cerejeiras mas talvez meu serviço não permita!!! Você sabe se vale a pena ir em Julho???

    Beijos e obrigada por toda essa rica informação!!!

    • mari vidigal 7 janeiro, 2014 at 15:31 Responder

      Oi Jackie, se for em julho prepare-se para um calor do cão!
      Fora isso, vale a pena sim! O jp é maravilhoso o ano todo!

  77. Rafael Coelho 30 dezembro, 2013 at 15:51 Responder

    Oi, Mari! Eu e a minha mulher estamos fazendo uma viagem de volta ao mundo desde o dia 25 de novembro. Ficaremos um ano na estrada e, no próximo dia 9 de janeiro, chegaremos ao Japão. Curtimos mais natureza, lugares históricos e contato (ainda que via sorrisos) com a população local. Não queremos correr muito também… O que você acha do roteiro abaixo?

    Tokio – 3 dias
    Kioto – 5 dias
    Nara – 1 dia
    Hiroshima – 2 dias
    Nikko – 1 dia
    Tokio – 2 dias

    Beijos e obrigado!

    • mari vidigal 3 janeiro, 2014 at 07:19 Responder

      Que delicia de viagem Rafael!
      Acho 5 dias em Tokyo muita coisa, mas de resta tá perfeito!
      Se precisar de qq outra dica do Japão grita!

      Abraços

  78. Milton Takada 10 dezembro, 2013 at 03:24 Responder

    Mari,

    Seu blog está me ajudando muito na hora de decidir o roteiro da minha viagem. Obrigado mesmo!

    Tenho algumas perguntas:
    – Queria ver um castelo. O Himeji eu não quero já que está totalmente coberto e em reforma. Estou na dúvida do Hikone ou Osaka Castle. Qual que vc recomendaria mais? E como se chega no Hikone? É um day trip pra ele ou ele fica no meio do caminho entre 2 cidades turísticas?

    – Você acha ok sair de Hiroshima e ir para Takayama, ou acha muito longe e que eu deveria fazer algo no meio? Kyoto eu já teria ido antes de Hiroshima, junto com o bate-volta em Nara. Não to muito animado para Osaka, a não ser pelo castelo.

    Obrigado!!!
    Mikio Takada

    • mari vidigal 10 dezembro, 2013 at 04:01 Responder

      Hikone sem dúvida. O de Osaka foi muito reformado e está longe de ser original.
      Dá para chegar em Hikone de trem normal ou trem bala, agora quanto a rota, dá uma olhadinha no Google maps e veja se encaixa com algum dos seus planos.

      De Hiroshima a Takayama é MUITO longe, não acho que vale a pena fazer direto :O(.

      Abraços

      • Milton Takada 14 dezembro, 2013 at 22:59 Responder

        Mari,

        Depois de muito pesquisar e ponderar, acho que cheguei ao meu roteiro. Tenho 17 dias. Ainda tenho dúvidas claro, mas fiquei satisfeito com esse!

        Você poderia dar uma olhada e vê o que acha, please? Se tiver alguma sugestão, só falar!

        Dia 3 – Chego de tarde em Kyoto
        Dia 4 – Kyoto
        Dia 5 – Kyoto
        Dia 6 – Kyoto
        Dia 7 – Kyoto (bate e volta em Nara)
        Dia 8 – Koyasan (dormir no mosteiro budista)
        Dia 9 – Hiroshima/Myajima (chego na parte da tarde)
        Dia 10 – Hiroshima/Myajima (Passo a manhã lá e a tarde vou para Takayama). Durmo num hotel normal em Takayama
        Dia 11 – Takayama (dormindo num Ryokan)
        Dia 12 – Shirakawa-go (dormindo num Gassho-zukuri)
        Dia 13 – Matsumoto (Para ver o castelo que achei incrível nas fotos e a noite indo para dormir já em Tokyo)
        Dia 14 – Tokyo
        Dia 15 – Tokyo
        Dia 16 – Tokyo
        Dia 17 – Tokyo (bate e volta em Hakone)
        Dia 18 – Tokyo (bate e volta em Nikko)
        Dia 19 – Tokyo (talvez ir pra Disneyland caso ache que já vi bastante de Tokyo, senão fico em Tokyo mesmo)
        Dia 20 – Tokyo (pegar o voo para o Brasil no fim da tarde)

        Muito obrigado!!

        • mari vidigal 16 dezembro, 2013 at 17:37 Responder

          Oi MIlton,
          Ficou sensacional!
          Não conheço nem o Koya San e nem o Matsumoto Castle. Na volta, passe aqui para contar o que achou!
          Para baratear o transporte, vale a pena comprar o Japan Rail Pass pelo menos para a semana do dia 7. Em Kyoto do dia 3 ao 7, não faz muito sentido ter o passe, e em Tokyo vc pode comprar bilhetes diários do metro.

          Abraços

          • Milton Takada 18 dezembro, 2013 at 00:56

            Vou comprar o passe sim, só estou pesquisando se vale mais a pena o de 7 ou 14 dias.

            Que bom que gostou do roteiro! Voltarei aqui para comentar da viagem!

            Obrigado pelas dicas e pelo blog que estão me ajudando bastante!

  79. Diogo Campos 24 novembro, 2013 at 21:40 Responder

    Oi Mari, tudo bem? Cheguei no seu site procurando dicas sobre o Japão e gostei muito dos posts. Estou montando um roteiro pro ano que vem, em novembro, que está mais ou menos assim:

    SP – Dubai
    Dubai – Tokyo
    Tokyo
    Tokyo
    Tokyo – Nikko
    Nikko – Kyoto
    Kyoto
    Kyoto
    Kyoto
    Kyoto – Nara
    Nara – Koyasan
    Koyasan – Hiroshima
    Hiroshima
    Hiroshima – Miyajima
    Miayajima – Hiroshima – Tokyo
    Tokyo – Dubai – SP

    Ainda tenho um ou dois dias sobrando, vc tem alguma sugestão? Vc tem ideia se consigo conhecer Nara e ir pra Koyasan ainda no mesmo dia, ou fica corrido??

    • mari vidigal 25 novembro, 2013 at 01:24 Responder

      Oi Diogo,
      Tudo bem?
      Um dia inteiro em Nara é o suficiente. Saia de Kyoto cedinho, e dá fácil.
      Com esses dois dias de sobra eu incluiria Himeji, que apesar de estar reformando – vale a pena e merece a visita. Himeji é o castelo mais lindo do Jp e fica entre Kyoto e Hiroshima. Caso vc prefira visitar um castelo que não esteja em reforma, Hikone é uma boa pedida.
      Outra cidade que eu AMO de paixão é ISE. Linda, e não fica muito longe de Nara.

      Abraços
      Mari

      • Diogo Campos 25 novembro, 2013 at 11:00 Responder

        Oi Mari, obrigado por responder. Himeji estava no meu roteiro, mas vi que a reforma vai até 2015, e que o castelo está todo coberto, então desanimei. Vou ver então uma dessas três cidades. Abraços, e muito obrigado!

  80. Felipe 12 novembro, 2013 at 01:09 Responder

    oi mari!

    descobri seu site pelo google, resolvi procurar por “onde ir no japão” e gostei muito do seu post!

    estou pensando em ir no final de janeiro ficar 10 dias por lá!
    gostaria da sua opinião sobre onde ficar 🙂

    obrigado!

    • Felipe 12 novembro, 2013 at 22:01 Responder

      desses 10, baseado nas suas dicas, pensei em ficar em kyoto 3 dias e tokyo 2! mas nas demais cidades nao sei! nem quais…o que acha?

      obrigado!

      • mari vidigal 12 novembro, 2013 at 22:21 Responder

        Oi Felipe,
        Tudo bem?
        Com dez dias no Japão eu ficaria:
        -3 dias em Kyoto
        -no quarto, faça um bate e volta até Nara
        -1 noite em Hiroshima (Se vc for rápido dá para conhecer Himeji na volta)
        – Você terá que subir até tóquio – esse dia é praticamente perdido – mas dá para passear a noite pela cidade.
        – 3 dias em tóquio (se vc se cansar da cidade, faça um bate e volta até Nikko)

        Deixei 2 dias em aberto, vai depender para onde vc vai voar, mas dá para encaixar alguma coisa se vc organizar bem seus deslocamentos.
        Abraços
        Mari

  81. Patricia 27 agosto, 2013 at 02:24 Responder

    boa noite Mari,Parabens pelo post.Inspirador.Estou querendo viajar com a familia pro Japao em janeiro e aproveitar pra esquiar.O que vc recomenda?
    7 dias de turismo e 7 de esqui.Estou bastante perdida quanto ao roteiro,vc poderia me dar alguma dica?Desde ja agradeço.

    abçs,

    Patricia Lobo

    • mari vidigal 28 agosto, 2013 at 05:21 Responder

      Oi Patricia,
      Tudo bem?
      Já escolheu onde quert esquiar?
      Nagano onde rolou a olimpiadas de Ski, Nigata Ken e Hokkaido são boas pedidas.
      Assim que vc decidir o Ski, fica mais fácil pensar no resto.
      De qq forma, para os outros dias recomendo 3 em Kyoto, 1 em Nara, 1 em Hiroshima e o resto em Toquio. Caso vc ache muito picado,corte Hiroshima e fique mais em Kyoto.
      Vc está viajando com crianças? Se sim, incluir algum parque (os Disney ou Universal) pode ser uma boa pedida.
      Abraços,
      Mari Vidigal

  82. Deborah Palma 28 julho, 2013 at 23:22 Responder

    Olá Mari, estou gostando muito de seu blog e cada vez estou lendo mais. Iremos para o Japão dia 19/12 e ficaremos 21 dias por lá. Pensamos em fazer (não necessariamente nessa ordem):
    – Osaka (Himeji bate e volta, Universal Studios)
    – Hiroshima e Myiajima(dá para fazer bate e volta?)
    – Kyoto (Nara)
    – Tokyo (Yokohama bate e volta ?, Disney, Nikko bate e volta?)
    além dos pontos turísticos habituais.

    Temos algumas dúvidas:
    1. Dá para ir próximo ao Monte Fuji no inverno?
    2. Podemos incluir alguma outra cidade. O que recomenda?
    3. Pensamos em virar o ano em Tokyo. Onde recomenda em Tokyo
    4. Apesar da cultura diferente, onde vale a pena para o Natal?
    5. Com passe de trem, tudo isso?

    Obrigada

    • mari vidigal 29 julho, 2013 at 01:18 Responder

      Oi Débora,
      Tudo bem?
      Vou tentar responder todas as suas perguntas e se eu esquecer de algo, vc me avisa? Se surgirem mais dúvidas, pode perguntar.

      A) Monte Fuji no inverno: eu se fosse vc faria um bate e volta de Tóquio. Acho furada se hospedar lá pq vc corre um risco bravo de nem ver o Monte Fuji de tanta neblina. Aumente seus dias em Tóquio e caso haja um dia super ensolarado, toca para lá de manhã cedo.

      B) Acabei de pensei em um bate e volta saindo de Kioto que eu adoro e que se chama Monte Hiei. De uma olhada na internet e veja se te interessa. É bem lindo.

      C) O ano novo no Japão é bem tranquilo para os padrões Brazucas. Posso tentar procurar algo, mas imagino que Shibuya seja uma boa pedida.

      D) Natal no Japão: vc verá muitas luzes e bastante arvore de natal, mas é só isso mesmo, nada de especial, para muitos japoneses o natal se resume a um belo bolo de natal. (os bolos são lindos). Em Tóquio não deixe de ver o show de luzes em Roppongi, há dois anos atrás eles montaram um sistema solar de natal que estava absurdo. Em Kioto a pedida é a estação de Kioto com sua grande arvore de natal.

      E) Para tudo o que vc planeja viajar o passe vale a pena sem dúvida, só não sei se pelo periodo inteiro. Vc precisa pensar um pouquinho e fazer umas continhas.

      F) Mais cidades: Takayama é linda mas precisa de pelo menos dois dias pq vc não pode deixar de ir a Shiragawa-go (dá uma olhada no post… lindo)

      G) Eu se fosse você dormiria uma noite em Hiroshima, vale a pena fazer Miyajima com calma.
      Esqueci de algo?

      Abraços

  83. Lidi 11 julho, 2013 at 11:20 Responder

    Bom, então lá vai….. o que vc acha de Kamakura, Kobe e Okayama?
    E qual é a sua opinião nos alpes (Fora Nagano) e na região de Sapporo?
    Essa parte não vai ser nesta viagem, mas vi que as ilhas na região de Okinawa são lindas, será que é difícil se locomover de ilha para ilha lá?
    Desde já agradeço sua ajuda.
    Grande abraço.

    • mari vidigal 11 julho, 2013 at 16:24 Responder

      Oi Lidiana,
      Vamos lá:
      Kobe é muito bacana, mas só recomendo se vc tiver muitos no Japão e já tiver visto o resto. Se for a Kobe, visite o porto que é bonito e o Ijikan, uma área no alto da cidade onde antigamente residiam os gringos… veja o link: http://www.japan-guide.com/e/e3550.html
      Kamakura não conheço por mega casualidade, sempre que pensei em ir na última hora acabei trocando por algo. Ouvi Falar super bem da cidade.
      Os Alpes japoneses são lindos, adorei Tateyama e Kurobe. Para quem quer esquiar a região de Nigata é um máximo.

      Infelizmente não conheço nem Okayama e nem Hokkaido.
      Para chegar em Okinawa, vc precisará de um vôo. E entre a as ilhas suponho que haja ferry. Tbm não conheço Okinawa, mas esta está na inha lista para a próxima ida ao Japão.
      Abraços

  84. Lidi 9 julho, 2013 at 05:26 Responder

    Vou colocar separado pois sei que você pode ou não postar o que escrevem e derrepente seja muito interessante isso aparecer.
    Seria abusar muito da sua boa vontade pedir a sua opinião em outras cidades que vc não comentou, mas que eu estava pensando em conhecer?
    Se vc não tiver tempo, entendo, não tem problema.
    Agradeço desde já.
    Abraços
    Lidi

  85. Lidi 9 julho, 2013 at 05:23 Responder

    Bha guria….. adorei o seu relato. (Sou do Sul, acho que dá pra notar)
    Direta e clara.
    Estou planejando conhecer o Japão, já tenho o roteiro quase pronto, pretendemos ir em abril de 2014. E vou adicionar duas cidades por causa do seu blog.
    Você morou lá?! Que máximo.
    Parabéns pelo blog, muito tri.

  86. Simao 4 julho, 2013 at 23:04 Responder

    Olá,
    Obrigado pelas suas dicas que estão dando um jeitão no meu planeamento!
    Mas tenho uma dúvida. Estou indeciso em comprar ou não o JR Pass, isto porque pelas minhas contas não compensa só para as grandes viagens entre os principais sítios que vou fazer. Então a questão é: Dentro de Tóquio e Kyoto (onde vamos passar mais dias) qual é a melhor e/ou mais barata maneira de se deslocar? Também tem trem útil para andar visitando que dê para usar o JRP? Esse passe também dá para metro e ônibus?
    Obrigado

    • mari vidigal 6 julho, 2013 at 02:05 Responder

      Oi Simão,
      Tudo bem?
      Tóquio dá para fazer bem com o JR quase sem precisar gastar nada adicional.
      Caso vc não compre o JR pass pode comprar o passe de um dia de metro (geralmente vale a pena) e custa entre 710 yens e 1000 yens (em conversão bem arredondada, entre 7 e 10 dólares por dia). De uma olhadinha no link: http://www.tokyometro.jp/en/ticket/value/1day/

      Em Kyoto o transporte é um pouco mais complicado e você terá que combinar trens e ônibus. Dê uma olhadinha no site: http://www.city.kyoto.jp/koho/eng/access/transport.html

      Qualquer coisa grite!
      Abraços

      • Michelle 11 julho, 2013 at 18:11 Responder

        Olá Mari, adorei suas dicas!
        Já pesquisei bastante mas não achei quanto seria a passagem de trem bala de Kyoto para Tokyo, pode me ajudar?
        Infelizmente vamos ficar apenas 6 dias e gostaria de fazer esse cálculo sem o JR Pass.

        Obrigada!
        Michelle Cunha

        • mari vidigal 11 julho, 2013 at 18:24 Responder

          Oi Michelle,
          Tudo bem?
          De acordo com o site seat 61: http://www.seat61.com/Japan.htm#Train%20times
          Tokyo – Kyoto | ¥13,720 (£101, $161) | Saídas a cada dez minutos

          Chequei preços em três outros sites e é bem parecido… ou seja, deve estar bem próximo do preço real, mas eu não colocaria minha mão no fogo…
          Espero ter ajudado.
          Abraços

  87. Mara 26 maio, 2013 at 00:01 Responder

    Oi..muito boa sua página
    Estou com passagens compradas pro japão no mês de agosto.Fiz reserva em hotéis(mas posso mudar os dias ),gostaria de umas dicas se está bom assim a programação:
    Chego em toquio e vou visitar uma amiga ( 3 dias na casa dela,cidade de Kofu )
    -1 dia em Hiroshima (vou dormir em hotel hiroshima)e no dia seguinte 2 dias em Kyoto(hotel)
    -4 dias em toquio
    o que vc acha?
    Uma dúvida ,me falaram que turista tem direito de comprar um pacote de passagens que podem serem usadas em ônibus e metro em todo o japão,só não sei se pode ser usada em trem bala,vc sabe onde compro quando chegar em toquio?
    Abraços

    • mari vidigal 26 maio, 2013 at 19:52 Responder

      Oi Mara,
      Tudo bem?
      Dois dias em Kyoto, é muito pouco. Eu se fosse você tiraria um dia (pelo menos) de tóquio para ficar mais em Kyoto e quem sabe pensar em fazer um bate e volta a Nara.
      Prepare-se para um mega calor.

  88. Carlos Frederico 23 maio, 2013 at 21:27 Responder

    Gostei da lista e das sugestões, mas eu tenho que sugerir mais um luga, que sempre é um ponto alto nas viagens que fiz ao Japão e fica bem pertinho de Hakone, caminho para quem vai visitar o Fuji.
    A cidade se chama Atami, é uma espécie de Copacabana dos anos 50, charmosa, cheia de banhos quentes e antigamente, um ponto de parada obrigatório para os recem casados. Hoje está um pouco decadente, mas é linda.
    Durante o Hanami, então, é irreal, um cenário de fantasia.
    http://fredzila.wordpress.com/2012/04/07/atami/
    Um passeio noturno pela orla, em noite de lua cheia, é sem palavras. Depois, uma esticada no único bar mexicano em 500 quilômetros, sem igual!!

  89. J 21 maio, 2013 at 21:04 Responder

    Oi mari, muito legal suas dicas. Estou indo para o Japão em setembro pra ficar 13 noites, e minha programação até agora é a seguinte:

    3 dias em Tokyo
    1 dia bate-volta Tokyo->Nikko
    Tokyo->Takayama (dorme lá)
    Takayama->Kyoto
    2 dias em Kyoto
    1 dia bate-volta Kyoto->Hiroshima
    1 dia bate-volta Kyoto->Nara

    Ainda me sobram 3 dias, o que você sugere? Pensei em ficar esses 3 dias em Tokyo.

    Takayama vale realmente a pena? A viagem de 4.5 horas de Tokyo é puxada!

    Obrigado.

    • mari vidigal 22 maio, 2013 at 18:36 Responder

      Se você tem três dias sobrando, coloque mais um em Takayama. Se vc for até lá tem que ir a Shiragawa-go… se não não vale tanto a pena.
      Coloque mais um dia em Kyoto, dois é muito pouco.
      E para fechar mais um em Tóquio… ou dormir em Hiroshima é uma ótima pedida!
      Abraços

  90. Camila Nishio 19 maio, 2013 at 17:29 Responder

    Olá, vou para o Japão agora em Julho, apenas 09 dias. Pensei em fazer o seguinte roteiro:
    Tókio (1 dia), pois voltarei no final da viagem
    Hakone (2 dias)
    Kyoto (2 dias)
    Osaka (1 dia) (ou émelhor pular e ficar mais um dia em Kyoto)
    Tokio (3 dias) e um bate e volta para Himeji.
    O que vc acha?
    Obrigada

    • mari vidigal 20 maio, 2013 at 06:29 Responder

      Oi Camila,
      Tudo bem?
      Se eu puder dar uns pitacos:
      A) troque Osaka por Nara ou mais um dia em Kyoto.
      B) Himeji tá MUUUUUITO longe de Tokyo, o Bate e volta teria que ser feito de Kyoto, mas com o seu schedule apertado, não acho que valha a pena. Se quser fazer algo bonito, troque por um Bate e volta em Nikko que é perto de Tokyo e é linda.

      Abraços

  91. Katia 19 maio, 2013 at 12:05 Responder

    Oi Mari!

    Tenho que super te agradecer! Enquanto vc se aventurava pelo caminho de Santiago, seu blog foi nosso guia no Japão! Ficamos duas semanas e suas dicas foram essenciais para conhecer cidadezinhas e vários cantinhos das cidades, com todos os detalhes que você coloca, de alguém que conhece e gosta muito do país! E isso é realmente um diferencial!

    Parabéns e obrigada!!

    Qual o seu email? Queremos mandar alguns updates!

    Bjs Kay e Michel
    Depois da uma olhada no que vamos postar no nosso blog (vai demorar um pouco pq estamos na China e é bloqueado). http://www.rtwexperiences.blogspot.com

  92. Leilian 10 maio, 2013 at 13:43 Responder

    Oi…Estarei no Japão em Dezembro, vi que as temperaturas são bem baixas nessa época, mas gostaria de fazer um passeio agradável, vou ficar em torno de 15 dias e infelizmente não posso ir em uma data com o clima mais agradável…
    Que dica você me daria?

    • mari vidigal 10 maio, 2013 at 15:05 Responder

      Se você tiver sorte não estará tão frio assim. :o)
      Fui há 2 anos atrás e estava bem razoável (entre 7 e 12 graus)
      Leve um bom casaco!
      E aproveite muito a viagem!

  93. Aline Kochemborger 23 abril, 2013 at 20:06 Responder

    Olá Mari!!!
    Nossa adorei seu blog… e essas dicas são o máximo… sou apaixonada pelo Japão.. e minha dream travel e para conhecer os lugares incríveis que o Japão tem… gostei muito de saber essas coisas para que na minha futura viajem possa me prepara para aproveitar o máximo possível.
    Parabéns!!!
    Que Deus abençoe!!!
    Bjss

  94. Ligia 10 abril, 2013 at 00:17 Responder

    Oi Mari, Tudo bem por ai?
    Espero que sim 🙂
    O Fran finalmente vai tirar as tão esperadas férias no trabalho e vai passar 10 dias no Japão, tentei pegar as dicas no post que vc fez para o Marcos e Vera, mas me atrapalhei, please resume para mim qts dias ele o Fran, deveria ficar e em quais cidades, já que ele tem menos tempo que seu irmão 😉
    Ficaremos aguardando ansiosamente 🙂
    Bjão

    • mari vidigal 10 abril, 2013 at 05:27 Responder

      Oi Ligia,
      Tudo bem?
      Com dez dias eu faria:
      2 dias em hiroshima 4 em kyoto (sendo um deles bate e volta em nara) e 4 em tóquio sendo um bate e volta ao monte fuji (na ida) e outro em Nikko.
      Veja se é mais barato voar para Kansai (osaka) ou Tóquio.
      E para economizar, não deixe de comprar o Japan Rail Way pass.
      Beijos

  95. Bianca 6 abril, 2013 at 05:32 Responder

    Olá Mari!

    Moro no Japão e fiquei curiosa para saber onde fica esse mercado de peixes em Yokohama. Já fui no Tsukiji em Tokyo, mas nunca ouvi falar de um mercado em Yokohama. Obrigada pela atenção.

  96. Yuri 18 março, 2013 at 05:08 Responder

    Olá Mari. Tudo bem? Estou apaixonado pelo teu blog, é uma dica melhor do que a outra. Estou chegando no Japão dia 5/5 por Osaka o de fico dois dias. Depois passo por praticamente todas as cidades que vc citou e ainda Kobe e Nagoya. Gostaria muito de fotografar os jardins floridos, achas que consido? Outra duvida, estou louco para conhecer o Hitachi Seaside Park e o Ashikaga Flower Park mas não sei se em meados de maio ainda encontrarei flores. Volto do Japão lá pelo dia 26/5/13 e depois quero deixar minhas dicas aqui. Obrigado por dividir dicas tão preciosas. Abraço. Yuri – Porto Alegre

  97. Marico 7 fevereiro, 2013 at 00:39 Responder

    Oi Mari.. adorei seu post. Meu marido e eu estivemos no Japão entre 28 de março a 16 de abril de 2010. Fizemos vários locais que vc cita e adoramos tudo!!! Gostaria de responder ao Rodrigo, pois ficamos 2 dias na região de Hakone ….. a-do-ra-mos!!!!! Existem vários roteiros, e nós escolhemos o seguinte: Chegamos de shinkansen em Odawara – nesta estação adquirimos o Hakone Free Pass (http://www.japan-guide.com/e/e2358_008.html) Existe a opção para sair de Tokyo- Shinjuku, mas como estávamos em Gifu, optamos por comprar em Odawara(3900 yens para 2 dias) Este Free Pass permite uso ilimitado da Hakone Tozan Railway (Odawara-Gora), o teleférico Souzan e Hakone Ropeway entre a Togendai Gora, a Hakone Sightseeing Barcos no Lago Ashi, Hakone Tozan Autocarros dentro da área livre e Tozan Numazu Tokai Autocarros entre Mishima e Moto-Hakone)
    . Após isso, seguimos viagem até Hakone Yumoto onde nos hospetamos no Hotel Senkei Plaza Inn (Hakone Yumoto) – fizemos a reserva pelo site agoda.com. Gostamos muito do hotel que fica num lugar maravilhoso ao lado de um lindo riacho.
    Após check in voltamos à estação de Hakone Yumoto e tomamos o trem para Gora. Da estação de Gora tomamos o cable car até Sozan. De Sozan até Togendai usamos o ropeway que passa por cima do Owakudani (apesar da fumaça e do cheiro de enxofre que brota do chão entre a neve, a vista é maravilhosa, e dá pra fazer uma parada pra ver o preparo e comer o ovo cozido preto).Na estação intermediária UBAKO dá pra se admirar o monte Fuji. Seguindo o passeio, embarcamos no navio Hakone Sighteeng Boat e cruzamos o Lago Ashi e outra vez avistamos o Monte Fuji durante o passeio, agora de outro angulo. Na manhã seguinte, refizemos o trajeto até Togendai, porque queríamos ver o Fuji outra vez. De Togendai, subimos em um ônibus e nos dirigimos até Gotemba. Na descida avistamos o monte Fuji em frente ao Hotel Golf e Onsen Kaikan Mae. A partir de Gotemba o transporte não é mais coberto pelo ticket, então tomamos o onibus que nos levou até Kawagushi ko .Aqui pegamos outro onibus que nos levou até a 5ª estação do Monte Fuji. Tinha muita neve ainda (09 de abril), mas a sensação de estar no Monte é algo indescritível. A partir desta estação estava proibida a subida- somente no verão -junho- é aberta a temporada para subir até a 10ª estação. Mas simplesmente adoramos o passeio. Foram 2 dias intensos, de muita emoção. No próximos meses de março e abril, vamos repetir esta viagem, só que desta vez estamos planejando fazer a subida até o Monte Fuji pelo outro lado. Rodrigo, se vc precisar de mais algum detalhe, pode me enviar um e-mail, ok? Espero ter contribuído….

  98. Rodrigo 27 janeiro, 2013 at 02:53 Responder

    Oi Mari, estou indo para Asia mês que vem saindo da Australia… Você ficou hospedada em que hotel em Hakone, e lá da para ver o Fuji bem?

  99. Rodrigo 26 janeiro, 2013 at 02:29 Responder

    Olá Mari, tudo bem? Muito bom seus posts, estou indo para Japão final de Abril e estou pensando fazer, Tokyo, Hakone, Kyoto, Nara e Osaka. Você poderia me dizer onde ficou em Hakone e Kyoto? O melhor lugar para ver o Mt Fuji é de Hakone? Eu vou começar minha viagem por Tokyo e vou descer até Osaka. Queria ter uma noção de preços de hotel/hostel e do resto em geral por dia. Vou fazer um mochilão saindo da Australia. Muito obrigado.

    • mari vidigal 28 janeiro, 2013 at 16:49 Responder

      Oi Rodrigo, td bem?
      Como morei no Japão, na maior parte das cidades que visitei, fiquei hospedada em casa de amigos e portanto não consigo te ajudar tanto.
      Em tokyo já fiquei hospedada tanto em hostel como hotel e paguei entre 20 e 25 doláres por hostel e 150 dolares por noite em hotel.
      Abraços

  100. Vera 11 novembro, 2012 at 14:48 Responder

    Mari,

    Super obrigada pelo post!! Adorei e já fiz uma tabela com todas as informações que vc postou e que as pessoas comentaram para começar a planejar a viagem….Vai ser mais que útil! Muito obrigada! bj Vera

  101. Nós no Mundo 2 novembro, 2012 at 18:45 Responder

    Oi Mari!!!
    Voltei do Japão agora e passo aqui para dizer que adorei todas as dicas!!! Sem dúvida, foram muito inspiradoras e me acompanharam durante a viagem toda.
    Também adorei a sua listinha!!
    Eu incluiria Shirakawa-go e Kanazawa. Fiquei apaixonada pelas casinhas de teto de palha e plantações de arroz do pequeno vilarejo de Shirakawa-go. Também o jardim Kenrokuen, em Kanazawa, considerado um dos 3 jardins mais belos do Japão. O castelo samurai de Kanazawa também é lindo!!
    Quanto a Himeji, o castelo está em fase de reconstrução e me aconselharam a não ir lá por agora… Uma pena!
    Super bjo e muiiito obrigada pelas dicas!!!
    Anna

    • mari vidigal 4 novembro, 2012 at 06:32 Responder

      Oi Anna,
      Tudo bem?
      Desculpe a demora para responder.
      Troquei o Host do blog, e todos os meus posts tiveram os links trocados… quase surtei!
      Problema resolvido!
      Eu ameeei o jardim do Kenrokuen, mas o castelo infelizmente não conheci…
      To louca para ler seus novos posts do JP, quem sabe não me inspiro e desatraso alguns 🙂
      Beijos,
      Mari Vidigal

  102. Deb 26 outubro, 2012 at 07:31 Responder

    Ola Mari, seu post me deu uma saudade! Passei um tempo no Japão e realmente é demais!!!
    Eu ficaria mais tempo em Kioto – uns 4 dias pelo menos – para aproveitar ao máximo essa cidade incrível. Quando estive la aluguei uma bicicleta e fui indo de templo em templo, rodei a cidade toda e passeei pelo Caminho dos Poetas… foi uma experiencia unica! Eu ficaria mais la ao invés de ir a Osaka.
    Recomendo também passar um dia em Nagasaki, que é meio fora de mão mas para quem estiver no sul do Japão vale a pena pela historia da influencia cultural holandesa, portuguesa (como o tempura!) e chinesa e os memoriais da bomba atômica.
    Assino embaixo de Nara, Himeji e, se for em julho/agosto, escalar o monte Fuji! Ver o nascer do sol la do topo vale todo o perrengue.
    Abraços,
    Deb

    • mari vidigal 27 outubro, 2012 at 12:40 Responder

      Oi Deb,
      Tudo bem?
      Puxa obrigada pela recomendação 🙂
      Para mim é especialmente difícil sugerir o número de dias para Kioto, como morei lá, não tenho tanta noção de número de dias, mas alguns amigos fizeram em quatro e gostaram… de qq forma, concordo com vc… pelo menos quatro dias, mas quanto mais melhor.
      Não conheço Nagasaki, mas morro de vontade… quem sabe na próxima ida ao Japão!
      Abraços

Deixe uma resposta para Bruno Cancelar resposta

Veja também