Madri: um dia de museu, tapas e flores

6
Tapas em Madri

Este é um roteiro esperto que combina dois dos maiores atrativos de Madri: tapas e museus com uma surpreendente visita ao jardim botânico. Calce um sapato confortável, carregue a bateria da sua camera e prepare-se para desvendar alguns segredos dessa encantadora cidade.

Madri: um dia de museu, tapas e flores

Começaremos o dia no Paseo del Prado onde estão quatro dos melhores museus de Madri: O Museu del Prado, O Reina Sofia, o Thyssen-Bornemisza eo Caja Forum, o ideal é que você selecione um ou dois deles. Eu se fosse você escolheria apenas um e visitaria com bastante calma, mas entendo que talvez você tenha pouco  e opte por ver apenas as peças principais e queira visitar dois museus num só dia.

Fachada do museu do PradoFachada do museu do Prado

Escolhendo um museu em Madri:

Dicas para você escolher o seu museu:

  • Museu do Prado: para quem gosta de arte antiga e quer ver artistas como Velazquez, Goya, El Greco, Rubens…
  • Reina Sofia: para quem gosta de arte moderna e quer ver artistas como Picasso, Dali, Miró…
  • Thyssen Bornemisza: para quem quer ver de tudo um pouco, arte moderna e arte antiga.
  • Caja Forum: Um centro cultural mega moderno que costuma ter exposições temporarias fantasticas, dê uma olhada na programação e veja se tem algo que você gosta rolando.

(Para quem ainda sim ficou na dúvida, este post pode te ajudar um pouquinho mais).

Entrada nova do Reina Sofia

Entrada nova do Reina Sofia

O Jardim Botânico Real de Madri

Depois de percorrer as galerias e babar com as obras do seu museu escolhido (tenho certeza que independente da escolha você vai se impressionar e/ou até se emocionar com algumas das pinturas mais famosas do mundo como o Guernica de Picasso no Reina Sofia ou Las Meninas de Velazquez e O jardim das delícias de Bosch no Prado) chegou a hora de visitar o não tão famoso mas não menos especial Jardim Botânico Real de Madri (Plaza Murillo, 2  |  Aberto das 10:00 as 18:00 (inverno) e até as 21:00 no verão | entrada: 2 euros) que fica literalmente ao lado do museu do Prado.

Jardim Botânico Real de Madri

Jardim Botânico Real de Madri

 Mapa do Jardim Botânico Real de Madri

Para que mapa se a graça é se perder no meio das flores?

Inaugurado em 1781 pelo Rei Carlos III o jardim botânico real de Madrid tem mais de 30,000 espécies de plantas diferentes é um senhor descanso e prazer, especialmente para quem esta com os olhos cansados de tanto ver planta – e apesar dos meus amigos entendidos de flor me dizerem que a crise deixou o jardim pobrinho e mal cuidado, preciso constatar que para os não entendidos de plantão o jardim parece estar muito bem cuidado. Perdi a conta de quantos quarteirões diferentes repletos de flores diferentes. Adorei!

corredor no Jardim Botânico Real de Madri

Um dos muitos corredores de plantas do jardim botânico

Escolha algum dos muitos corredores de flores e comece a sua visita, que não tem nem lugar de começar e muito menos lugar de terminar. Mas parentes, MENINAS: num dos corredores tem um jardim que fala especialmente das plantas usadas em nossos shampos, sabonetes e cremes preferidos. IMPERDÍVEL! Brincadeiras a parte, caminhe tranqüilo, tire fotos e relaxe um pouquinho curtindo o cheirinho de natureza em pleno centro de Madri.

flor no Jardim Botânico Real de Madri flor no Jardim Botânico Real de Madri

Imagino que os canteiros e a floração mudem bastante conforme as estações do ano, durante minha visita em meados de maio, o jardim estava repleto de Irís de vários tamanhos e cores diferentes, gostei tanto que tive que tirar pelo menos uma foto de cada….rs

íris no Jardim Botânico Real de Madri
íris no Jardim Botânico Real de Madri
íris no Jardim Botânico Real de Madri

íris no Jardim Botânico Real de Madri

Algumas das “n” íris que eu tive que fotografar :O)

Mas além das íris, vi muita coisa linda…

flores no Jardim Botânico Real de Madri

flores no Jardim Botânico Real de Madri

flores no Jardim Botânico Real de Madri

flores no Jardim Botânico Real de Madri

flores no Jardim Botânico Real de Madri

flores no Jardim Botânico Real de Madri

flores no Jardim Botânico Real de Madri

flores no Jardim Botânico Real de Madri flores no Jardim Botânico Real de Madri

 

Tapas no bairro das Letras

Quando você cansar de tanto ver flor (ou for vencido pela fome) é hora de sair do jardim, atravessar o paseo del Prado e virar na Calle de las Huertas (que é uma das melhores ruas de Madri  para começar a noite e tomar uns shots, mas que na hora do almoço fica bem mortinha). Suba a rua devagar (a subida é pequena, prometo) e não deixe de reparar nas diversas frases de livros gravadas no chão . É amigos… estamos no famoso bairro das Letras onde durante o século XVII residiram alguns dos maiores nomes literários espanhóis.

bairro das letrasVire a direita na Calle de Jesus, uma das boas ruas de Madri para comer tapas (petiscos) e escolha um ou alguns bares para tapear, eu geralmente visito dois ou três e provo uma tapa diferente em cada bar, para escolher sigo o bom e velho critério da lotação. Entro nos bares mais cheios que encontrar e com muita paciência (já que serviço definitivamente não está entre as melhores qualidades da Espanha) escolho minhas tapitas (ai não tem segredo amigo, é só olhar com carinho para a vitrine e pegar o pratinho ou canapézinho que piscar para você).

Na minha última visita entrei no Taberna La Dolores (Plaza De Jesús, 4) e abri meu apetite com uma deliciosa tapa de salmão (2,50 Euros). O Taberna Dolores é um bar bem tradicional decorado com azulejos e com mil tapas amontoadas no balcão onde os espanhóis se empoleiram  para tomar cañas (cervejas) geladinhas não é dos bares mais lindos que já visitei, mas fui bem atendida e gostei da experiência.

Plaza de Jesus - Madrid

Fachada do La Dolores, Madri

tapa de salmão no La Dolores

Minha tapa de salmão no La Dolores

Bar de tapas em Madri

Dali pulei  para o Los Gatos (Cales de Jesús 2) que fica na mesma rua tem uma decoração mega autentica inspirada nas touradas espanholas com direito a bonecos vestidos de toureiro em tamanho real e quadros super coloridos. Confesso que entrei ali mais pela decoração que pela quantidade de pessoas mas no fim das contas valeu a pena Ali comi uma salada de batata com maionese e um pouco de atum deliciosa por 3,50.

decoração do Los Gatos em Madri

decoração do Los Gatos em Madri

Olha só a decoração do Los Gatos

Santa na decoração do Los Gatos em Madri

 

Salada de maionese - Los Gatos, Madri

Salada de maionese – Los Gatos, Madri

DETALHE IMPORTANTE para quem sai de tapas pela primeira vez: talvez você se assuste com a sujeira do chão de alguns dos bares, mas PASME, na Espanha bar com o chão sujo (geralmente de cascas de amendoin e guardanapos usados) é sinônimo de bar bom, então os Espanhois só varrem o chão – independente da imundice – no final do expediente. Resumo do resumo…rs.. se o bar tiver sujo pode entrar!

Daqui você pode seguir até a Plaza de Santa Ana (que fica ali pertinho) e terminar o dia bebericando e tapeando no Lateral (http://www.lateral.com) que tem tapas super gostosas e sofisticadas. Essas tapas sim valem a viajem e toda a caminhada do dia.  Ou para quem quiser esticar o passeio e provar a melhor tortilla espanhola que já comi na vida, o Txirimiri (Calle Humilladero , 6) um barzinho basco que fica no animado bairro La Latina é uma super opção. O caminho para chegar lá é bem bacana e passa por dentro da Plaza Mayor. Veja aqui o LINK com o caminho certinho no Google: http://goo.gl/maps/CUXRz.

Plaza Mayor  - Madri

A tortilla de batatas do  Txirimiri

O Txirimiri é moderninho, estilo e famoso pelas tapas caprichadas, a tortillas de batatas é tão especial que já ganhou alguns prêmios. Para quem quer arriscar um pouco mais, a  tapa de abobrinha com camarão pedida pelo meu amigo, estava ótima! As tapas nesse bar são maravilhosas e hiper incrementadas (pena que depois das tapas que descrevi anteriormente só sobrou lugar para a tortilla no meu estômago).

Famosa tortilha de batatas do Txirimiri

Famosa tortilha de batatas do Txirimiri

 Txirimiri em Madri

E depois de algumas tapas e espero que muitas cervejas,termina o nosso passeio. Espero que curtam e quem tiver outras sugestões é só enviar!

Veja também: 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

6 comments

Post a new comment

Veja também

Londres e arredores (Parte II)

A Amanda acabou de voltar de uma incrível cruzeiro pela Europa. O cruzeiro saiu de Londres percorreu alguns países escandinavos como Dinamarca, Suécia e Finlândia e chegou até ...