Califórnia: Roteiro de 1 dia em Berkeley

8

Universidade de Berkeley - CalifórniaEscola de Administração da U.C. Berkeley | Haas

Localizada pouco mais de meia hora de São Francisco de trem (BART), Berkeley é uma cidade super jovem, cheia de personalidade e casa de uma das mais famosas universidades americanas, U.C. Berkeley que é exatamente o ponto de início do nosso roteiro de 1 dia em Berkeley.

Pegue o BART até a estação Downtown Berkeley e suba a Center ou Addison Street sentido o campus da universidade.

U.C. Berkeley e arredores

Sather Tower, a Torre de BerkeleyO campus da Universidade de Berkeley é lindo e enorme. Para não se perder muito, vale começar pela entrada principal e ir seguindo a rua principal, sempre subindo.

Repare que do lado direito da placa “Universidade da California” há uma escultura em formato esférico. Quem viaja bastante e é antenado em arte deve saber que a escultura se chama “esfera dentro da esfera” e é do artista Italiano Arnaldo Pomodoro, Cópias dessa esfera  e que estão presentes em vários lugares do mundo: do museu do Vaticano em Roma a Universidade de Dublin na Irlanda (Trinity College).

IMG_3572

O que visitar

Suba pela rua principal e você passará  por uma floresta de eucaliptos, pelo bonito e imponente prédio branco da psicologia e a linda biblioteca central.
Universidade de BerkeleyPrédio da biblioteca a direito e a torre de Berkeley no fundo

A biblioteca de Berkeley

Antes de chegar na torre, entre na biblioteca central que é maravilhosa, e explore as três lindas salas que estão abertas para visita. Como a mais linda delas não pode ser fotografada, para conhecer você terá que visitar.

Biblioteca central de Berkeley Biblioteca central de Berkeley Biblioteca central de Berkeley

Biblioteca central de BerkeleyCom tanto lugar bacana para ler dentro da biblioteca, tem malucos que preferem ler do lado de fora do prédio e literalmente sentados de frente para o abismo.

South Hall

Do lado da biblioteca está o South Hall, o prédio mais antigo da universidade ( de 1873) e o único que restou da construção original. Uma graça.

IMG_3592Sather Tower, a torre do relógio de Berkeley

O south Hall fica de frente para a torre do relógio, que na verdade se chama Sather Tower e foi construída graças a doações generosas de ex. alunos. Aos pés da torre você terá uma vista bacana da cidade com direito a ponte Golden Gate no fundo em dias sem neblina…

Golden Gate Bridge - U.C. Berkeley…E para quem quer ter uma vista 100 vezes melhor, nada melhor do que subir a torre.

DSC03926

Subindo na torre de Berkeley

A torre fica aberta de segunda a sexta das 10:00 as 15:45 e a subida custa 2 dólares com direito a elevador… VIVA! Lá de cima você verá a cidade de Berkeley, o campus e a linda baia de São Francisco.

Vista do alto da torre de Berkeley Vista do alto da torre de Berkeley Vista do alto da torre de BerkeleyOutra oportunidade bem bacana para quem visita Berkeley é escutar os carrilhões do relógio tocando. São 65 sinos diferentes que fazem uma melodia maravilhosa. Os sinos tocam todos os dias as 7:50 AM, 12:00 e as 18:00 e aos domingos às 14:00.

Sinos da torre de Berkeley

Mais detallhes no site da torre: http://visitors.berkeley.edu/camp/index.shtml

O Estádio de Berkeley

Descendo da torre suba em direção ao estádio. Dali do alto da para ter uma boa dimensão do tamanho da faculdade e dá para tirar fotos com o urso que é mascote da escola. Se você estiver com sorte vai encontrar algum time ou melhor, a banda de U.C. Berkeley ensaiando.

Millennium Stadium - BerkeleyMemorial Stadium – Berkeley

U.C BerkeleyDaqui sairemos da universidade, mas quem tiver um pouquinho mais de tempo pode brincar de se perder e descobrir alguns prédios bacanas….

faculty club - U.C Berkeley

Predinho de madeira na frente do faculty club

U.C. BerkeleyPrédio de “memorial mining”

Biblioteca - Berkeley Biblioteca de música

Haas - BerkeleyHaas – Escola de negócios e administração

O ginásio de esportes

E para quem curte esportes, vale a pena tentar visitar o ginasio da faculdade (que muitas vezes fica com as portas abertas)

Ginasio esportivo - Berkeley

Desça pela Bancroft Street, a sua esquerda, e você verá o  BERKELEY ART MUSEUM/PACIFIC FILM ARCHIVE (http://www.bampfa.berkeley.edu) que é um dos maiores museus universitários dos Estados Unidos e conta com um montão de de objetos saídos dos filmes. Bem legal para quem curte cinema e pode dedicar um par de horas ao museu.

E Saindo da faculdade…

Telegraph Avenue – a rua mais hippie de Berkeley

Para quem não quer saber de museu, a dica é virar a esquerda na Telegraph Avenue e conhecer a rua mais alternativa da cidade onde muitos dos movimentos sociais e políticos da região tiveram inicio. Aproveite o clima universitário para tomar um café em alguns dos muitos cafés de estudantes da rua. E não se assuste com a enorme quantidade de hippies.

Telegraph Street - Berkeley…E para quem topa uma boa fila, outra boa pedida é tomar um sanduíche de sorvete (servido no cookie quentíssimo) na sorveteria Cream. O sorvete é ok, mas o cookie (biscoito) é absolutamente sensacional, e a combinação vale mega a pena e é baratíssima. Por dois dólares você tomar um sorvetão.

Sorveteria Cream, Berkeley

Cookie Sandwich na Cream em Berkeley

Ainda na Telegraph, não deixe de visitar a Rasputin Music, uma loja de música super bacana com um acervo de discos de Vinil incríveis. E a Berkeley Hat, um loja de chapéu com todo o tipo de chapéu que se possa imaginar.

Rasputin Music - Berkeley Rasputin Music - Berkeley Loja de Chapéus - Berkeley Hat

Terminado o passeio, que tal aproveitar para conhecer um dos incríveis restaurantes da cidade? Tem muita opção gostosa. Nesse post vou detalhar alguns dos meus restaurantes preferidos.

ONDE COMER EM BERKELEY

Chegou a hora de desfrutar um pouco da famosa gastronomia local. Tem muitas opções que variam desde o premiadissimo e não muito barato Chez Panisse, um restaurante conceito que combina ingredientes locais em receitas super diferentes, ao Top Dog uma casa de hot dogs com linguiça alemã muito frequentado por estudantes. Gostoso e barato. Abaixo farei uma listinha com alguns dos meus preferidos.Nem pense em sair de Berkeley sem comer…

Café Gratitude: Um restaurante vegano MARAVILHOSO, você come folhas com a mesma alegria que comeria uma picanha. Divino.

Café Gratitude - Prato VeganoChez Panisse,: o restaurante que colocou Berkeley no roteiro gastrônomico americano é delicioso e deve ser reservado com pelo menos três meses de antecedência. Quem quiser tentar a sorte e não se encomoda em esperar, há um  bar no segundo piso que vive cheio e é bem bacana.

Chez Panisse - BerkeleyCheese Board: Uma das pizzarias mais famosas da região (não dá nem para comparar com a redonda brazuca, mas quebra o galho). A pizzaria serve apenas um sabor por dia, vegetariano, e é operada num sistema de cooperativa. Bem interessante.

Crepe Vine: Esse é uma opção excelente para quem quer comer depressa. Os pratos são bem servidos. Tanto os crepes quanto os sandubas são bem bons.

Crepe Vine - Berkeley

Jupiter: Um bar barulhento que vive lotado mas que é um bom exemplo da cultura da cidade.

La Note: um restaurante francês gracinha. O café da manhã é delicioso, experimente as panquecas ou omeletes. Para almoçar, os sandubas são uma boa opção.

La Note, Berkeley

Piramide: a mais famosa das cervejarias da cidade, tem uma cerveja muito gostosa e alguns petiscos americanos (Hamburgers, Fritas, Costelinha com molho barbecue) para ninguém botar defeito.

Top Dog: O dogão mais famoso da cidade é muito gostoso e barato e com direito a salsicha alemã. Adooro.

Top Dog - Berkeley Salsichas alemãs no Top Dog - BerkeleyPara quem estiver em dúvida de onde ir, o Gourmet Ghetto, que fica na Shattuck Ave tem “n” opções bacanas.

 

Espero que tenham gostado do passeio.

Veja também:

As arvores gigantes de Muir Woods

Um passeio pelo aquário de Monterey

Route 1: Carmel e Monterey

 

 


Roteiro

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

8 comments

Post a new comment

Veja também

Lua de mel: um cruzeiro no Havaí

Já pensou conhecer o Havaí e curtir algumas das praias mais lindas do mundo?Nesse post entrevistei Renata Betti que conta para nós sua incrível Lua ...