#Roadtripnodeserto: Zion e o lindo percurso até Bryce

19

Zion National ParkHoje é o quinto dia da nossa #Roadtripnodeserto, uma viagem de 2 semanas por alguns dos parques mais incríveis dos Estados Unidos.  Hoje visitaremos o Zyon National Park na parte da manhã e a tarde iremos até o Bryce Canyon.

#ROADTRIPNODESERTO: ZION E O LINDO PERCURSO ATÉ BRYCE

O Zion é um parque nacional encantador e sem dúvida, um dia é pouco para conhecer as maravilhas do parque, mas é melhor que nada e é um belo aperitivo para quem pretende voltar.

Um dia Zion National Park

Zion National ParkEmpolgada com as trilhas acordei a galera do trailer um pouco mais cedo do que eles gostariam, o despertador tocou as 6 da matina, mas só consegui tirar os marmanjos da cama as 7, ok, estava dentro da minha margem de erro. Tomamos café da manhã e partimos para a primeira trilha do dia, uma trilha moderada chamada Kayenta Trail que se conecta como uma outra trilha chamada Upper Emerald pool.

Dentro do Zion National Park Dentro do Zion National Park

Primeira alegria da nossa trilha - ZionPrimeira alegria da nossa trilha

Detalhe que viemos para o parque com a ideia de fazer uma outra trilha chamada “observation point” uma dessas dificieis, 6 horas de pura piramba (claro que tudo que sobre tbm desce) e com vistas arrasadoras. Só que o lindo gelo que deixou os canions vermelhos com aparência de dálmata também deu uma detonada na trilha e a única forma de subir seria alugando grampos para neve. Como ainda não conhecia o parque e pretendo voltar no verão para fazer o trecho do “The Narrows” resolvi optar por trilhas mais tranquilas e sem gelo.
Kayenta Trail - Zion National Park
Kayenta Trail – Zion National Park

Kayenta Trail & Emeral pool

A Kayenta é bem bonita, o ponto forte é a subida inicial com vista para as curvas do rio com o Watchman Canyon no fundo. Um vermelho infinito cortado pelas curvas do rio.
IMG_3929
Bem bonito. Chegando no Emerald Pools, que obviamente estava congelado, mas que também é bem interessante, brincamos de pisar no lago congelado e tiramos um par de fotos antes de retornar trilha abaixo.
Emerald Pools - Zion National Park Emerald Pools - Zion National Park Emerald Pools - Zion National Park Emerald Pools - Zion National Park
O final da Emerald trail… super linda. Detalhe o lago congelado.
Emerald Pools - Zion National Park

Os mirantes do Zion

Dali, dirigimos o parque inteiro parando em cada um dos recuos para tirar fotos e babar nos canyons que são incríveis, tivemos a mesma sensação de UAU que tivemos em nossa primeira visita ao Yosemite National Park, na California, é muita beleza em um só lugar.
Canyons do Zion National Park Canyons do Zion National ParkCanyons do Zion National Park
Canyons do Zion National Park
Fica a dica: mesmo para quem detesta andar, vale a pena vir até o Zion nem que seja apenas para percorrer o parque de carro parando nos mirantes. Óbvio que quem caminhar terá vistas ainda melhores. 🙂

River Side Trail

A estrada termina na boca de uma trilha chamada River Side, que vair seguindo o rio por 3.2 Km, a trilha é plana, bem fácil e bem bonita, uma caminhada gostosa para curtir a natureza, mas que devido a facilidade da trilha, costuma ficar bem cheia (como fomos bem cedinho e estavamos no dia 24 de dezembro a trilha estava mais vazia do que o usual, mas na volta havia muita gente chegando).
River Side Trail - Zion National Park River Side Trail - Zion National Park
O final da nossa trilha foi marcado por um senhor pedaço de gelo que bloqueou tudo.
River Side Trail - Zion National Park
A river side tbm é a porta de entrada para a trilha mais famosa do parque “o The Narrows” uma trilha que passa por dentro do rio e vai contornando Canyons aquáticos. Mesmo sabendo que dá para alugar todo o equipamento impermeável, a ideia de entrar na água quando a temperatura ambiente esta 5 graus não me anima nada nada.
River Side Trail - Zion National Park River Side Trail, The Narrows - Zion National Park

O Túnel do Zion National Park

Terminado o passeio, voltamos até a entrada do parque onde fomos agendar a nossa escolta pelo túnel – como estamos num trailer, e o veiculo excede o tamanho máximo, para passar por ali sozinho, precisamos que o túnel seja fechado para os outros veículos. Essa “operação” só pode ser feita entre as 8:30 e 16:30 e custa 15 dólares (com direito a ida e volta escoltado).
Zion National Park Zion National Park
Para chegar no túnel percorremos uma parte mais alta do parque que é super linda, a cada curva da estrada éramos surprendidos com novas formas e cores de vermelho cobertas com pontinhos de neve. Esse finalzinho me fez pensar que ninguém deve vir até o Zion sem passar pelo túnel. Seria um total desperdício.
A viagem entre Zion e BryceSaindo de ZionA viagem entre Zion e Bryce

A viagem entre Zion e Bryce

A distancia entre o Zion e o Bryce é de 135 quilômetros, sendo que tanto a saída do Zion quanto a entrada do Bryce são especiais. Veja aqui o trajeto: http://goo.gl/maps/QQgbU

Viagem entre Zion e Bryce

Assim que cruzamos o túnel passamos por três animais chifrudos, em inglês, os Big Horn, eles são bem típicos da região. Dali pra frente a paisagem começou a  mudar um pouco e a quantidade de neve começou a aumentar. E pode até parecer exagero, ou clichê, mas nos três no carro não parávamos de nos surpreender a cada instante e parar o carro sempre que possível para fotografar a diversidade dessa linda região.
A viagem entre Zion e Bryce A viagem entre Zion e Bryce A viagem entre Zion e Bryce
Uma dica importante: gasolina. Os parques como tem poucos postos de gasolina e que costumam ser bem mais caros que a estrada, sempre que possível rode com o tanque cheio! Isso vai te salvar altos trocados.

A chegada no Bryce National Park

A entrada do Bryce é feita pela Dixie National Forest que tem um montão de paredões e arcos vermelhos na entrada, alguns são tão rebuscados que até parecem de mentira. O vermelho das pedras e arcos, o branco da neve e o verde da vegetação deixaram a estrada com a cara do nosso dia, cara de natal!
Dixie National Forest Dixie National Forest
Entrada da Dixie National Forest
Dixie National Forest IMG_4380
Túnel na Dixie National Forest
E depois de muita estrada linda e pelo menos uma centena de fotos chegamos no Bryce, um parque MARAVILHOSO. O Gu ficou tão impressionado com as formações dos canyons que disse que é o lugar mais lindo que ele já visitou na vida.
Bryce Canyon
Anfiteatro do Bryce Canyon

O pôr do sol no Bryce Canyon

O fato é que o Anfiteatro do Bryce é único e imponente, as pedras são todas diferentes uma das outras, um verdadeiro exercito de sentinelas vermelhos que ficaram lindos decorados de neve branca.
Chegamos para o por do sol, que teoricamente é o ponto fraco do parque já que o verdadeiro show de cores acontece durante o nascer do sol… de qualquer forma, adorei o show de cores e passeio um frio danado. 4 graus positivos, com muito vento = sensação térmica de 5 graus negativos. Para tirar minhas fotinhos, quase congelei a mão. (FELIZ da vida, é claro!) Amanhã visitaremos o parque com calma e na volta conto o que descobri para vcs!
Por do Sol no Bryce Canyon
Por do Sol no Bryce Canyon
Por do Sol no Bryce Canyon Por do Sol no Bryce Canyon
E as cores no céu do Bryce ….
E as cores no céu do Bryce

Nosso Camping de hoje

Dormimos num camping que fica nos jardins congelados do Ruby Inn, a estrutura é ok. Chuveiro quente, mas apenas um chuveiro e energia elétrica para ligar o trailer.
A vantagem aqui foi ter acesso a toda estrutura do hotel que tem uma bela piscina aquecida e um restaurante BBB.
Havia uma torneira para ligar a RV, só que o inverno já tratou de congelar os canos.  No verão a estrutura deve sem bem melhor. A noite custa 29 dólares + taxa.

 

SOBRE A VIAGEM:

#Roadtripnodeserto é uma viagem de trailer (Motor home)  de mais de 3500 Km percorrendo partes da California, Nevada, Utah e Arizona. Foram 14 dias de estrada passando por alguns dos principais cartões postais norte americanos. Nosso ponto de partida e chegada é Berkeley, pertinho de São Francisco, Califórnia.

Veja também:

Conheça o roteiro da nossa viagem

#Roadtripnodeserto: Entre São Francisco e Mammoth Lakes

#Roadtripnodeserto: Entre Mammoth Lakes e Death Valley

#Roadtripnodeserto: Explorando o Death Valley

 

Fotos da viagem:

Instagram: Marividigalb | Hashtag #roadtripnodeserto

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

19 comments

  1. Juliana Oliveira 24 setembro, 2015 at 09:31 Responder

    Oi Mari! Estou adorando suas dicas! Vamos passar pelo Zion National park dia 30/11, vc acha que já estará muito frio? Teremos um dia todo lá, que trilhas recomenda? Tb passarei por Sfo, tem algum email pra eu te fazer algumas perguntas? Bjos e muito obrigada!

    • mari vidigal 24 setembro, 2015 at 13:53 Responder

      Oi Juliana,
      Td bem?
      As trilhas que fiz (e recomendo) são essas aqui do post: “Kayenta Trail que se conecta como uma outra trilha chamada Upper Emerald pool” & Riverside Trail.
      Para San Francisco, já viu este post? Ele resume todas as dicas de viagem do Ideias na mala! Para as perguntas, por favor me envie no próprio post.
      Beijos

  2. Um roteiro pelo deserto americano | Ideias na mala 26 junho, 2015 at 20:55 Responder

    […] Distância: 85 Milhas | 136Km Tempo de viagem: 1h 45 Passamos a manhã no Zion National Park e fizemos duas trilhas, uma moderada e uma de nível fácil. Depois do almoço tocamos nossa viagem rumo ao Bryce Canyon. A saída de Zion pelo túnel foi um dos meus trechos preferidos da viagem, fiquei apaixonada com o contraste entre o vermelho dos canyons altíssimos, o verde das árvores e os pontinhos brancos de neve. [Sim, estava frio pra caramba!] A chegada no Bryce, pela Dixie National forest e suas formas avermelhadas estranhas também é um máximo. Chegando no Bryce, assistimos o por do sol no sunset point. Veja este dia em detalhes aqui. […]

  3. Janice 18 maio, 2015 at 22:46 Responder

    Olá, Mari! Tudo bem?
    Sei que isso é muito pessoal, mas preciso escolher entre Zion e Bryce…
    Dúvida cruel.
    Você me ajuda?
    Obrigada!!!

  4. Laura 24 março, 2015 at 16:05 Responder

    Oi Mari!! Tudo bem?
    Estamos planejando uma viagem super parecida com a sua, e estou amando as dicas do blog!! Queria te fazer duas perguntas: nós estamos pensando em fazer o percurso inverso: las Vegas, grand Canyon, page, zion e depois las Vegas de volta. Você acha que faz alguma diferença, do que começar por zion e terminar no grand canyon?
    E outra perguntinha, nós não teremos muito tempo, então optamos por deixar Bryce de fora, já que é um pouco fora do caminho. Você acha imperdível?
    Super obrigada e um beijaaoo!!
    Laura

    • mari vidigal 25 março, 2015 at 12:56 Responder

      Oi Lau,
      Que delicia de viagem!
      Acho que a ordem não faz muita diferença, mas foi legal deixar o Grand Canyon de Grand Finale.
      Se tiver que deixar algo de fora, eu deixaria Page e não o Bryce que é INCRÍVEL. Isso sem falar na estrada que liga Zion a Bryce, que é sensacional. Vcs tbm vem para SF? Se sim, me avisa que vou adorar tomar um café com vcs!
      Beijos

      • Laura 26 março, 2015 at 23:06 Responder

        Ai, super obrigada, Mari!!
        Vou pensar com carinho sobre o roteiro então! São tantas coisas legais para fazer, vamos ver o que a logística permite hahaha : )
        Infelizmente não vamos para a Califórnia, não vai dar tempo dessa vez! Venham logo para o Brasil fazer uma visitinha!!
        Um beijão para você e para o Gu!

Post a new comment

Veja também

Zoológico de San Diego

O zoológico de San Diego

4 de cada 5 amigos que haviam visitado San Diego me recomendavam um passeio pelo Zoológico e confesso que fiquei morrendo de dúvidas. Primeiro porque eu tinha só 4 ...