#Roadtripnodeserto: descobrindo Page, Arizona.

4

Antilope Canyon, Page - ArizonaAntilope Canyon, Page – Arizona

Estamos no sétimo dia de #Roadtripnodeserto, hoje sairemos do Bryce Canyon National Park rumo a Page no Arizona, bem na fronteira com Utah, um ponto estratégico para quem planeja visitar os parques nacionais de Utah (Zion, Bryce Canyon, Arches e etc…) e o Gran Canyon na mesma viagem e de quebra conhecer maravilhosos canyons avermelhados (Antilope Canyons), o grandioso Lake Powell e o ponto onde o rio Colorado faz uma maravilhosa curva, o Horseshoe Bend.

A viagem entre Bryce e Page

O percurso entre Bryce e Page é de quase 3 horas, sendo tivemos que voltar parte da estrada da vinda para chegar ao caminho certo. Tudo bem, tudo bem, voltar pela Floresta Dixie e rever as formações vermelhas foi quase tão especial quanto na vinda.  O trecho do Red Canyon na floresta Dixie, é lindo e se não estivesse fechado pela neve, com certeza teríamos feito uma parada.

Floresta Dixie, Utah
Floresta Dixie, Utah 
Chegando em Kanab, uns 100 km a diante, a estrada começa a ganhar cara de Grand Canyon com algumas formações vermelhadas e uma reta que parece não ter fim.
Montanhas vermelhas em Kanab
Montanhas vermelhas em Kanab
Há pouca menos de 50 milhas de Page, um enorme conjunto de montanhas começou a surgir no horizonte. São montanhas vermelhas que estão quase totalmente pintadas de branco e decoradas com árvores verdinhas. Será mais um sinal de que estamos nos aproximando do Grand Canyon? (Sim, sim, sim… essa é a nossa parada de amanhã, mas por enquanto, vamos aproveitar o que Page tem para nos oferecer!
  No caminho de page,AZ
 No caminho de page,AZ
Mas o trecho branco durou pouco e logo em seguida o vermelho voltou a dominar. Viva, teríamos um dia bem mais quente que ontem.
IMG_5011

 

#ROADTRIPNODESERTO: DESCOBRINDO PAGE, ARIZONA

Page fica a 246 km (2h 40 de viagem)  do Bryce National Park em Utah, e a 214 quilômetros do Grand Canyon National Park e é uma cidade relativamente grande, com uma boa estrutura de hotéis, campings e supermercados. Page é uma boa parada para quem já esta viajando há dias e precisa se reabastecer, como é o nosso caso.

Veja aqui o percurso: http://goo.gl/maps/iZogP 

O que fazer em Page?

Ver a cidade do alto do mirante Wahweap

Lago Powell visto do alto do WahweapLago Powell visto do alto do Wahweap

Começamos nosso passeio no mirante Wahweap, que fica bem alto de um morro e tem uma vista privilegiada da cidade. Reparem que lindo o Lago Powell visto lá do alto. As montanhas lá no fundo são o Grand Canyon.

Vista do mirante Wahweap,PageVista do mirante Wahweap,Page

 A única parte feia  da vista é a fumaça da usina que não para de soprar. Um monstro feio num lugar tão lindo.

Vista do mirante Wahweap, Page

Conhecer o Horseshoe Bend: a incrível curva do rio Colorado.

Saindo do mirante, cruzamos a ponte da usina – quem quiser parar para visitar a barragem e tirar umas fotos, é só parar no estacionamento que fica um pouquinho antes da ponte, mas na real, nem nos interessamos muito. Nossa próxima parada foi o Horseshoe Bend,  um ponto muito lindo onde o rio Colorado faz a curva.

Trilha do Horseshoe BendTrilha do Horseshoe Bend

O mirante fica numa saída da estrada 89 há 40km (25 milhas) sul de Page. Ali  há um grande estacionamento, e uma trilha de pouco menos de 1km até a beira do rio. A trilha é relativamente tranquila, mas tem uma boa subidinha que fica um pouco chata por ser na areia fofa. Não há nada de estrutura, nem trilha pavimentada, nem banheiro e nem nada (então venha preparado)

Horseshoe Bend, ArizonaHorseshoe Bend, Arizona

 A vista  do rio é maravilhosa, e se você for no meio do dia, pegará o sol no alto e menos sombra do quem pegamos. Ainda com a sombra feia, gostei bastante de conhecer o Horseshoe Bend.

Curva do rio Colorado, Horseshoe Bend - ArizonaCurva do rio Colorado, Horseshoe Bend – Arizona

Detalhe: não há nada de grade, é chão e abismo, então é um pouquinho perigoso chegar muito perto, e tem uma galera absolutamente sem noção. Para tirar uma foto um pouquinho mais completa, e com segurança, suba na pedra que fica do lado direito na trilha. ;o)

 

Babar nas cores e curvas do Antilope Canyon

Saindo do Horseshoe Bend fomos até o Antilope Canyon, um canyon avermelhado esculpido pelas força das águas da chuva que inundam a região.

O canyon é dividido em duas partes, Upper Antilope Canyon e Lower Antilope Canyon. Depois de muito pesquisar, descobri que ambos os canyons eram bem parecidos e que não valia a pena visitar os dois. Acabei optando pelo Lower Antilope Canyon, que por ter um acesso um pouco mais complicado acaba sendo menos popular. Uma segunda vantagem é poder ir de carro até a beira do Canyon e poder contratar o tour na hora sem reservar com antecedência (tá, tá, tá… a galera que organiza, ou melhor DESorganiza, o tour, é extremamente mal preparada, mas o passeio é tão bonito que vale o perrengue e a paciência.

Entrada do Antilope CanyonEntrada do Antilope Canyon: Quem vê essa rachadura no chão não imagina que ela é a entrada de um lindo Canyon

A descida é bem bacana, o canyon se abre do nada em plena planície, e você começa a afundar em um buraco, muito maior e mais profundo do que imagina. O canyon é repleto de curvas e cada curva uma nova forma parece brotar.

Curvas do Lower Antilope CanyonCurvas do Lower Antilope Canyon

Amei o passeio e fiquei alucinada fotografando o Canyon. Esse, foi sem dúvida nenhuma o ponto alto da nossa parada em Page. Recomendo e muito.

Lower Antilope Canyon

As “listras” do Antilope Canyon formam formadas pelas inundações relâmpago que encharcam a região algumas vezes por ano. Em um curto espaço de tempo o Canyon se transforma em um verdadeiro rio.

Lower Antilope Canyon

Lower Antilope Canyon Formação rochosa diferente no Lower Antilope Canyon

Lower Antilope Canyon

Lower Antilope Canyon

Passagens estreitas e escadas íngremes fazem com que o Lower Antilope Canyon seja menos visitado que o Upper Canyon. O lugar, que é sem dúvida nenhuma 50 vezes mais lindo que as fotos, compensa o esforço

O passeio custa 26 dólares, e é na base de chegou pegou, não rola reservar com antecedência e nem visitar por conta própria. Quem quiser visitar o Antílope Canyon tem que visitar com tour.

Lower Antilope CanyonFinal do passeio, reparem como as montanhas escondem bem o Canyon

***

Terminamos o dia mais cedo do que o planejado e aproveitamos para fazer um churrasco e descansar. Amanhã iremos para o Grand Canyon. Acompanhe!

SOBRE A VIAGEM:

#Roadtripnodeserto é uma viagem de trailer (Motor home)  de mais de 3500 Km percorrendo partes da California, Nevada, Utah e Arizona. Foram 14 dias de estrada passando por alguns dos principais cartões postais norte americanos. Nosso ponto de partida e chegada é Berkeley, pertinho de São Francisco, Califórnia.

Veja também:

Conheça o roteiro da nossa viagem

#Roadtripnodeserto: Entre São Francisco e Mammoth Lakes

#Roadtripnodeserto: Entre Mammoth Lakes e Death Valley

#Roadtripnodeserto: Explorando o Death Valley

 

Fotos da viagem:

Instagram: Marividigalb | Hashtag #roadtripnodeserto

 

 

 

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

4 comments

  1. Natália M Gastão 14 outubro, 2015 at 14:46 Responder

    Oi Mari,
    Esse seu post, ótimo por sinal, me fez escolher o Lower Antelope Canyon para visitar, pois pelo que entendi tem menos gente e ainda é mais barato, certo?
    Sua #roadtripnodeserto tem sido a base para o meu roteiro, pena que terei beeeem menos tempo que você, ou seja, precisarei desapegar de alguns lugares lindos que você postou! 🙁
    Beijão!

    • mari vidigal 23 outubro, 2015 at 01:45 Responder

      Sorry que demorei horrores para responder! Desapegar dos, né?! Mas melhor faz com calma do que correr correr e não ver nada, não?
      Feliz que a #Roadtripnodeserto ajudou nos planos de vcs e ansiosa para ler os relatos da sua viagem!
      Beijos,
      Mari

  2. Um roteiro pelo deserto americano | Ideias na mala 25 agosto, 2015 at 18:57 Responder

    […] Distância: 171 milhas | 244 Km Tempo de viagem: 2h 40 Acordamos cedinho e tocamos direto para Page no Arizona. Passando a  Floresta Dixie  (na entrada do Bryce), a estrada é bem ok até os últimos 80 Km, quando Canyons enormes começam a tomar conta da paisagem. Aí sim fica bonito! Já em Page, vistamos o mirante Wahewap, que tem uma linda vista da cidade com destaque para o Lago Powell e as lindas curvas do rio Colorado. De lá seguimos para o Horseshoe Bend, um lindo mirante onde o rio faz uma curva incrível. Fechamos nosso dia com um passeio pelo Lower Antilope Canyon, um canyon avermelhado com curvas e cores de tirar o fôlego.  Veja este dia em detalhes aqui.  […]

Post a new comment

Veja também