Um dia no Grand Canyon

14
Grand Canyon

Tá indo passar um dia no Grand Canyon? Confira este roteiro de 1 dia no parque, um post repleto de dicas incríveis para aproveitar seu passeio ao máximo!

Um dia no Grand Canyon National Park

 

Nono dia de #Roadtripnodeserto, e adivinhe só, estamos no Grand Canyon, um dos destinos mais esperados da nossa viagem.  Hoje faremos um roteirinho passando pelos mirantes mais lindos do parque e m pedaço da famosa trilha Bright Angel. Vamos nessa?!

Um dia no Grand Canyon

Trilha Bright Angel

Nosso dia começou numa das trilhas mais lindas e populares do Grand Canyon. Se você não é muito chegado em caminhadas, pule para a segunda parte do roteiro, o passeio pelos mirantes.

Se passear pelos mirantes do Grand Canyon (Desert View road & Hermit Road) é incrível, imagine só a sensação de descer pela trila lateral (uma trilhazinha estreita que contorna o abismo baixando lentamente) e ver imensidão do Canyon mudando constantemente? Optamos por fazer somente as duas primeiras partes da trilha, e na real nos arrependemos muito. Quanto mais caminhávamos, maior era nossa vontade de chegar lá embaixo, só que infelizmente havíamos combinado com meu pai – nosso companheiro de viagem – de voltarmos as 11 da matina, então com muita dor no coração decidimos voltar.

Primeira parte: Um pedacinho da trilha Bright Angel 

Bright Angel é uma das trilhas mais populares do parque, é um dos lugares por onde descem as mulas,  como estávamos no auge do inverno – finalzinho de dezembro – a trilha estava bem congelada e mesmo com nossas botas parrudas de trilha escorregamos várias vezes (havia uma gringa descendo de tênis e a coitada não parava de cair, não sei como a menina não desistiu na segunda curva, e na real é perigoso, se cair você corre o risco de rolar duas ou três sacadas da trilha e se machucar legal). O ideal, pra quem quer fazer a trilha no inverno é alugar grampos.
Um dia no Grand Canyon

Bright Angel trail: Olhem só a trilha como é estreita

Um dia no Grand Canyon

Um dos túneis da Bright Angel Trail

Descemos numa velocidade bastante baixa, e para subir – por incrível que pareça – levamos metade do tempo. Uma pena, dava para ter caminhado um pouco mais. Caminhamos uns 5 Km, foi bem gostoso para sentir o mood da trilha e para decidir que voltaremos em breve!
Um dia no Grand Canyon

Mulas na Bright Angel – Grand Canyon

Um dia no Grand Canyon

Grand Canyon visto da Bright Angel Trail

Segunda parte: passeio pelos mirantes da Hermit Road

De volta ao camping, tomamos um café da manhã caprichado na nossa Motor Home e voltamos para a Hermit Road onde visitamos alguns dos principais mirantes do parque. (No dia anterior, percorremos um pedacinho da rodovia. Veja aqui nossa chegada ao Grand Canyon)

Hermit Rest

Começamos pelo último mirante, que é o mais sem graça de todos o Hermit Rest, que também é um dos pontos de partida de uma das trilhas do parque. Como era inverno fizemos o trajeto na nossa Motor Home. Durante as outras estações a estrada fica fechada para carros particulares e as única formas de trafegar é usar os shuttles gratuitos do parque ou contratar um tour.
Um dia no Grand Canyon

Hermit Rest

Um dia no Grand Canyon

Vista do Hermit Rest

Pima Point: um dos mirantes mais caprichados do parque

Dai fomos voltando, passamos pelo Pima Point, o lindo mirante de onde assistimos o pôr do sol do dia anterior.
Um dia no Grand Canyon

Mirante Pima Point

Um dia no Grand Canyon

Pima Point

Mohave Point: vista caprichada do Rio Colorado

 Também visitamos o Mohave Point que tem uma vista bacana do rio…
Um dia no Grand Canyon

Mohave Point

Um dia no Grand Canyon

Mohave Point

E terminamos o passeio no Hopi Point.

Uma caminhada pequena e inesquecível

A tarde fizemos um outro passeio que foi um dos pontos altos da nossa parada no Grand Canyon e que considero IMPERDÍVEL.  Estacionamos o nosso carro no Mather Point, que é lindo, e fizemos uma caminhada de pouco menos de um 1km até o Yavapai point. A caminhada é super tranquila, reta e pavimentada e que caminhada!
Um dia no Grand Canyon

Vista do Mather Point

Enquanto andávamos nos sentíamos rodeados por grande parte do Canyon, impossível parar de fotografar. Chegando no Yavapai point, visitamos o museu de Geologia, que é bem interessante para quem quer aprender sobre as formações rochosas.
Um dia no Grand Canyon

Vista do Mather Point

Um dia no Grand Canyon

Vista do Mather Point

Um dia no Grand Canyon

A trilha, super tranquila

Um dia no Grand Canyon

Vista do Yavapai point

Rumo ao Yaki point

Nosso último passeio foi no Yaki Point, para chegar lá pegamos um shuttle do Yavapai point. A única maneira de chegar no Yaki point é de shuttle, que obviamente vai lotado até a boca mesmo em baixíssima temporada. E para falar a verdade, depois de conhecer todos os outros mirantes, achamos o mirante ok, eu se fosse você, nem perderia o seu tempo :O).
Um dia no Grand Canyon

Yaki Point – Grand Canyon

Nos despedimos do Grand Canyon com um churrasco caprichado no nosso camping com direito a por do sol!
Motor Home

Motor Home no Grand Canyon

Foi uma viagem linda! Amanhã nossa #Roadtripnodesert continua para o Petrified Forest National park!

Sobre a viagem

#Roadtripnodeserto é uma viagem de trailer (Motor home)  de mais de 3500 Km percorrendo partes da California, Nevada, Utah e Arizona. Foram 14 dias de estrada passando por alguns dos principais cartões postais norte americanos. Nosso ponto de partida e chegada é Berkeley, pertinho de São Francisco, Califórnia.

Veja também:

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

14 comments

Post a new comment

Veja também

Magritte - Chicago

Magritte no Art Institute of Chicago

Image credit : www.moma.org  Art Institute of Chicago, um dos meus museus preferidos, está com uma exposição incrível do pintor belga Surrealista Rene Magritte: Magritte: The ...