Irlanda: o que ver e fazer em Cork

5
Ponte de St. Patricks - Cork

Cork, IrlandaLocalizada há 250 Km de Dublin, Cork é uma cidade universitária, com muita vida e alguns bons pubs, uma cidade grande para os padrões Irlandeses, mas sem nenhum atrativo histórico ou natural realmente relevante. Quer ver o que achamos?

Chegamos na cidade pouco antes das 5 da tarde e saímos para dar uma volta. Nossa ideia era passear até escurecer, e deixar um ou outro passeio para o dia seguinte. Mas em duas horas percebemos que a cidade era bem sem sal e que definitivamente não haveria dia seguinte.

O que ver e fazer em cork na irlanda | roteiro de 1 dia.

Ficamos hospedados há duas quadras do North Channel do River Lee (o rio que corta a cidade), e ali iniciamos o nosso passeio. Atravessamos a ponte St. Patricks, demos um breve passeio pelo centro (na real o centro era típico de cidade grande, sem nada especial. Alguns pubs, muitas lojas, mas nada que me chamasse atenção).

Ponte de St. Patricks - CorkPonte de St. Patricks – Cork

 Holly Trinity church & Nano Bridge

Dali partimos para o South Channel que é a parte mais bonita de Cork. Passamos em frente ao City Hall e continuamos a caminhada pelas margens do rio até a charmosa Holly Trinity church (Igreja de Santa Trinidade).

City Hall, Cork - IrlandaCity Hall, Cork – Irlanda

Atravessamos a Nano Bridge e de lá caminhamos até o campus da Universidade de Cork (que fica fora do centro mas vale a caminhada).

Holly Trinity church, Cork

Holly Trinity church, Cork

Cork, Irlanda Passando a Nano Bridge havia um barzinho pra lá de animado e na praça central, um monumento que lembra torre de igreja.

Cork, Irlanda

 A Universidade de Cork, Irlanda

Universidade de Cork, Irlanda

Universidade de Cork, Irlanda

O Campus da Universidade de Cork é bem bonito (não, não vá até lá só por causa do Campus, é furada com F maiúsculo, mas se você estiver por ali, não deixe de visita-lo) com alguns prédios antigos e jardins bem cuidados. O prédio principal lembra um antigo castelo, seu jardim quadrado é conhecido como “The Quadrangle”.

Universidade de Cork, Irlanda The Quadrangle, Universidade de Cork

Universidade de Cork, Irlanda

E para fechar o dia, na melhor que uma cervejinha da boa!

E para chegar lá passamos por um trecho bem interessante de cidade que fica bem na saída da universidade.

Cork, Irlanda Cork, Irlanda Cork, Irlanda

 Conhecendo a cervejaria local

Franciscan Well, CorkFranciscan Well, Cork

Saindo do Campus, voltamos para o Canal do Norte onde tiramos mais um par de fotos do rio e visitamos a  Franciscan Well (http://www.franciscanwellbrewery.com/brewery.html) uma cervejaria SUUUPER bacana onde encerramos nossa noite bebendo pints caprichados. Ali decididos que não passaríamos nem meia manhã em Cork, essa voltinha foi mais que o suficiente para entender que a cidade não era bem o que pensávamos.

E para fechar o post, deixarei alguns grafites bacanas que encontramos durante o nosso passeio por Cork.

Grafites em Cork, irlanda Grafites em Cork, irlanda Grafites em Cork, irlanda Grafites em Cork, irlanda

 Resumindo:

Cá entre nós, Cork foi a única parada de toda a nossa viagem pela Irlanda que não achamos muita graça e nem recomendamos. Os pubs são bacanas, sim, mas nada que você não encontre em Dublin ou outras cidades irlandesas. Mas sim Cork pode ser estrategicamente interessante para quem pretende visitar o castelo de Blarney ou fazer o incrível Ring of Kerry começando por Killarney. Se der para pular Cork, pule. Se não, faça como fizemos, passe rapidinho!

 

Veja também:

Roteiro de um dia em Dublin

Dublin: um passeio pelo Trinity college

 

 

 

Roteiro

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

5 comments

  1. Nadine 23 maio, 2015 at 20:54 Responder

    Olá Mari, tudo bem? Cheguei em seu blog através desse post e acabei ficando por aqui.
    Fiquei triste de ver seu descontentamento com Cork 🙁 Foi a cidade da Irlanda que escolhi para morar, rs!
    Realmente a cidade é minuscula e atrativos grandes (fora esses que vc citou como Ring of Kerry e Blarney Castle), o lugar pouco oferece para o turismo mesmo. Mas estou encantada com o lugar. Estou aqui há quase 3 semanas, não estou morando no centro e sim no suburbio.
    Também comecei um blog para mostrar a minha jornada, gostaria muito que me acompanhasse e que eu conseguisse transformar esse conceito seu (com tempo, é claro!) hahahahahahaha
    Adorei seu site e suas dicas, já anotei várias!!!!!

    Obrigada!
    Nadine
    proximacurva.com

    • mari vidigal 26 maio, 2015 at 04:59 Responder

      Oi Nadine,
      Quer dizer que Cork merece uma segunda chance? Rs. Que bom saber!
      Acho que o conceito de cidade para morar x cidade para visitar é bem diferente né? Eu moro numa cidade bem pequenina no Vale do Silício, boa de morar, porém terrível de visitar. Aqui não tem nada, e não tem nem universidade bonita e nem castelo de Blarney para salvar a patria. E quer saber? Amo onde moro, mas para visitar… tsc tsc tsc!
      Obrigada por passar seu blog, vou aos poucos acompanhando sua jornada! Boa sorte com a nova vida na Irlanda e com o blog.
      Beijinhos,
      Mari

    • Luciana Veras do Nascimento 14 abril, 2017 at 00:21 Responder

      Olá Nadine! Tudo bem?

      Cheguei aqui porque Cork é minha primeira opção de cidade para morar. Também me encantei rsrs
      Você ainda mora em Cork? Como foi ou como está sendo sua experiência?

      Obrigada
      Luciana

Post a new comment

Veja também