#IdeiasnaAsia: a viagem dos meus sonhos tomando forma

28

Tá chegando! Faltam menos de 20 dias para eu embarcar na aventura das aventuras, quer dizer, para os meus parâmetros de viagem, e para o meu mundinho, viajar dois meses pela Ásia é um passo de gigante e que estou feliz da vida de conquistar. Serão dois sonhos antigos e outros tantos ítens da minha bucket list tomando forma em uma única viagem! Espero ter vocês comigo, acompanhando e dando pitacos na viagem.

#IdeiasnaAsia: Uma viagem pela India, Tailândia, Laos e Camboja

#IdeiasnaAsia é uma viagem de dois meses pela Ásia. No primeiro mês rodarei parte India, e no segundo mês, Tailândia, Laos e Camboja. E como a regra do “o avião parou eu desço” continua valendo, passarei dois dias em Dubai. 🙂

Dois sonhos em uma mesma viagem:

Índia:

Índia é um sonho antigo que vem dos tempos do meu intercâmbio (2003-2004) no Japão. Fiquei tão fascinada com as diferenças culturais, com as histórias que ouvi e com as pessoas que conheci, que preciso ver tudo isso de perto. E claro que com um pouquinho de Yoga aqui, uma meditaçãozinha acolá esse desejo só cresceu.

Preciso ver a India de perto e desmistificar essa terra de contrastes fortes, barulhos ensurdecedores, pimentas picantes, cheiros marcantes, saris coloridos, vacas soltas na rua com o carinho que ela merece. India I am coming!!!

Tailândia:

Não sei se são os templos dourados de Bangkok ou o azul quase gritante das praias que me fizeram grudar a Tailândia no topo da minha bucket list e fazer listas intermináveis de perguntas para todos os meus amigos que ousaram espetar o pé no país. (Ser amigo de blogueira de viagem não é fácil… rs.) Tentei espetar Tailândia na minha Lua de mel, mas as monções não deixaram, tentei encaixar durante os breaks do mestrado, mas o bom senso, quer dizer o Gustavo, vetou. E finalmente não teve nem jeito e nem escape. Passagens compradas e dessa vez estou indo mesmo!

Mais algumas filustrias: Laos & Camboja

E como toda viagem para o Sudeste asiático que se preze, tive que dar um jeitinho de encaixar mais umas paradinhas. Depois de matutar um monte, quebrar a cabeça umas quantas vezes e encher a caixa de mensagens da Mirella (Viajoteca) Mary (Hotel Califórnia), meninas do #198livros (Camila do Viaggiando, Carla Portinho do Idas e Vindas, Lu Malheiros do Dividindo a Bagagem e Carlinha Z), do grupo de viagens do Facebook e das queridas amigas Vera Oliveira e Karen Rozenbaum decidi dar uma esticadinha até o Laos (Monges de vestidos laranja, me aguardem que levarei um arrozinho campeão pra vocês) e uma esticada um pouquinho maior para o Camboja (Angkor Wat, tô chegando!). Obrigada pessoas queridas por todas as dicas!

Deixando um pedaço pra trás

Mas é claro que não conseguirei visitar metade do que eu queria e foquei num roteiro BEM mais enxuto do que eu esperava. Nada que se possa chamar de Slow Travel, de jeito algum, mas também não vai rolar uma correria enlouquecida porque esse negócio de visitar 25 cidades em 12 dias não é e nem nunca será comigo.

Assim, com muita dor no coração, Vietnam, Miamar e Nepal foram cortados do roteiro. Vietnam caiu por causa de tempo. Pra conhecer o país do jeito que eu gostaria eu precisaria de uns 10-15 dias, o que era absolutamente inviável nos dois meses de viagem que combinei com o Gustavo. Sim o Vietnam é o preferido de muita gente, mas no meu caso ficará para uma próxima.

Miamar também caiu pela falta de tempo e pelo excesso de burocracia para entrar no país, comprar o vôo e tirar o visto. Que deve ser o máximo, deve, mas por outro lado Tailândia, Laos e Camboja estão bem mais fáceis de visitar e tenho certeza que vou amar.

Nepal foi cortado por dois motivos: encareceria a viagem em pelo menos 30% (Asia é barato, mas não para quem viaja por dois meses) e o Gu morre de vontade de conhecer. Assim, deixarei o Nepal com a incrível base do Everest e milhares de templos incríveis para uma próxima viagem.

Atualização:

Chegando na Tailândia, decidi esticar a viagem em 20 dias e incluir Vietnã & Cingapura! Foi uma das melhores decisões da viagem. Me apaixonei pelo Vietnã e achei Cingapura o Máximo!

Viajando no Mapa:

Mapa | Ideias na Ásia

Roteiro (quase final) #IdeiasnaAsia

Dubai:

The Address Dubai

  • 2 Dias inteiros e uma noite

Índia: 30 dias

Ideias na Ásia: cidades da India

  • Tour de 20 dias (Delhi, Rajastão e Varanasi)
  • 10 dias: Retiro de Yoga e Meditação em Rishkesh e talvez uma escapadinha pra conhecer a região.

Tailândia: 15 dias

Templo em Bangkok - Tailandia

Imagem: Karen Rozenbaum

  • Bangkok (6 dias com bate-e-volta pra Ayutthaya + mercado Maeklong & Amphawa)
  • Praias: (6 dias: Phi Phi Island e Koh Lanta ou Railay Beach (Tá dificil decidir…rs))
  • Chiang Mai (3 Dias)

Camboja: 9 Dias

Ta Prohm - Em Angkor

  • Phnom Penh
  • Siem Reap (Templo Angkor)
  • Sihanoukville
  • Koh Rong Saloem

Laos: 4 dias

Luang Prabang - laos

Imagem: Karen Rozenbaum

  • Luang Prabang
  • Vientiane

Vietnã: 15 dias

  • Ho Chi Minh
  • Hoi An
  • Hue
  • Hanoi
  • Halong Bay
  • Sa pa

Cingapura:

  • 3 dias e meio

Sudeste asiático no Mapa

Sudeste Asiático

Porque dois meses de viagem?

Dois meses foi o tempo que nos pareceu razoável para fazer o meu sonho acontecer sem nos matarmos de saudades. (O Gu só conseguirá me acompanhar por uma semana na Tailândia.)

E sim já estamos acostumados as minhas viagens longas e a períodos zero agradáveis de distância, mas agora que moramos longe da família, deixar ele completamente sozinho por tanto tempo me parece cada vez menos razoável. Não pretendo abrir mão das minhas viagens solo, mas pretendo encurtá-las um pouquinho.

E antes que eu me esqueça: Fevereiro seu infeliz! Graças aos seus míseros 28 dias perdi dois dias importantíssimos de viagem. Combinado é combinado, mas que tive que cortar meu Liveaboard na Tailândia por sua causa, é fato!

Atualização:

Com a inclusão do Vietnã e Cingapura, a viagem passou a ter dois meses e três semanas.

A melhor tripulação do mundo:

Dobradinha de sucesso na Índia:

Mari & Fabi

#IdeiasnaAsia será uma viagem quase-solo. Nos primeiros 20 dias de India contarei com a presença ilustríssima da Fabi Cerqueira (amiga querida, madrinha de casamento e uma doida que topou encarar a Índia no meu esquema e aceitar um convite maluco de viagem via Whatsapp). Devido a sua fama de super precavida e mega organizada, a Fabi ficou responsável por todos os itens de primeiros socorros do mundo, se alguém passar mal em um raio de 20Km de distância, a Fabi certamente terá os suprimentos necessários para resgatar o coitado.

Brincadeiras a parte, ela é 200 vezes mais precavida e mais cuidadosa que eu. Certamente uma boa companhia pra garantir que eu não coma o que não devo e nem me meta em enrascada. Isso sem falar na dobradinha certeira: bom papo & muitas risadas que vem com ela na bagagem.

E falando em bagagem, vou colocar uma regra aqui por escrito: Fabi querida, não carregarei sua mala em hipótese alguma por menor que ela esteja (algo improvável…rs). #PiadaInterna

Tailândia com a melhor das companhias

Mari & Gu

E mais legal do que realizar um sonho é realizá-lo com que você ama. O Gu não só topou minha escapada de 2 meses, como passou a viagem na frente da fila europeia dele inteira (uma fila braba com vários concorrentes de peso). O Gu só tem duas semanas de férias por ano e topou investir uma semana inteirinha na Tailândia comigo. [Obrigada querido!]

Minha responsabilidade, escolher um pedaço incrível da Tailândia para ele visitar. Meu desafio, fazer com que ele se apaixone tanto, mais tanto pela Ásia, que eu consiga furar essa fila europeia mais algumas vezes. 😉

E pra você que aguentou meu lero-lero um tanto quanto sentimental, obrigada por ler o post, e acompanhar os passos do Idéias na Mala! Espero ter você comigo durante a viagem!

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

28 comments

  1. Anita Gouveia 18 dezembro, 2016 at 13:06 Responder

    Oi Mari, vou em Janeiro para Asia (India, Tailandia, Laos e Camboja. Vc pode me dar dicas de compra de passagens? Vc comprou na Ásia?

  2. Sonia Fernandes 21 junho, 2016 at 15:52 Responder

    Olá
    Gostava imenso de fazer algo semelhante mas para além de não ter experiencia em viagens do genero tenho tantas duvidas que nao sei por onde começar…

  3. Um pedacinho do #IdeiasnaAsia na sua casa | Ideias na mala 24 abril, 2015 at 18:50 Responder

    […] #IdeiasnaAsia foi a realização de vários sonhos em uma única viagem, tirei Índia e a Tailândia do topo da minha bucket list de viagens e de quebra ainda visitei Laos, Camboja, Vietnã, Dubai e Cingapura. Foram muitos lugares diferentes, culturas incríveis, paisagens de cair o queixo, desenvolvimento pessoal e espiritual, pessoas maravilhosas e um choque cultural continuo (e brutal). Voltei pra casa com a bagagem cheia de memórias, zilhões de fotografias e… [Calma, juro que a blogueira não pirou] […]

  4. Nívia 7 janeiro, 2015 at 13:09 Responder

    Olá Mari, este post caiu como uma luva, pois pretendo ir ao Sudeste Asiático em dezembro e só tenho 15 dias. Estava em dúvidas sobre que países colocar, mas acho que com o tempo que tenho será Camboja e Laos, com pernoites em Dubai ou Abu Dhabi (dependendo das passagens). Ou Vietnã e Camboja, ai meu deus, asia é muito dificil de escolher, rsrs. Vou acompanhar sua trip bem de pertinho! Beijao

    • mari vidigal 7 janeiro, 2015 at 17:33 Responder

      Oi Nivia,
      Obrigada pela visita!
      Bota difícil de escolher nisso! Levei meses brincando de por e tirar país. Rs
      Mas agora tá tudo QUASE pronto!

Post a new comment

Veja também