Tailândia: o que ver e fazer em Railay Beach

29

Com formações rochosas imponentes, águas verde esmeralda e areias brancas, Railay é a praia mais linda da região de Krabi, um paraíso para os alpinistas de plantão e um must pra quem vem para essas bandas e pretende curtir uma boa praia.

Tailândia: o que ver e fazer em Railay Beach

Amor a primeira vista

Railway Beach west - Tailândia

Depois de me apaixonar pelas formações rochosas e pelo mar azul de Koh Phi Phi, e aproveitar as praias quase desertas de Koh Lanta achei que não me surpreenderia muito com Railay. Que engano! Bonita é pouco para descrever essa praia. Adorei passar o dia lá e gostaria ter passado mais uns dois pra curtir tudo com calma. Pra quem puder, super recomendo!

Railay Beach tem quatro praias diferentes:

Railay East: Onde chegam os barcos que vem de Krabi

Railway Beach East - Tailândia
A mais sem graça das praias de Krabi é SUPER fotogênica e uma belo portão de entrada para o que vem a seguir. É de Railay esta que sai a trilha para o mirante de Railay e para a Lagoa azul. Ambas imperdíveis pra quem curte caminhar.

Railay West: A mais bonita de todas

Railway Beach west - Tailândia

A praia mais linda de Railay é um senhor cartão postal. A praia tem muitas árvores fazendo sombra, alguns restaurantes e muito espaço para quem quer se refrescar nas águas esverdeadas da praia.

Ton Sai Bay: boa pra escalar e pra fugir das multidões

Tong Sai Bay em Railay

Esta praia é separada de Railay West por uma montanha. Para chegar lá você precisa pegar um barco que sai de Railavy West (50 bahts por pessoa) ou fazer uma pequena trilha montanha acima. A trilha é bem fácil, mas durante a maré alta você terá que molhar boa parte do corpo ou subir uma parte de pedra que merece um bom tênis. Até dá para fazer de chinelo, eu fiz e não recomendo.

Tong Sai Bay em Railay

Ton Sai Bay é uma praia de areias estreitas rodeada por paredes lindíssimas de pedra. É aqui que os alpinistas vem praticar escalada e que as pessoas vem fugir das multidões de Railay West. Gostei de Ton Sai, mas fiquei incomodada com a quantidade de lixo (garrafas plásticas, latas e embalagens deixados por turistas descuidados) na beirada da praia. Tinha muita coisa espalhada, uma mega dó em um lugar tão bonito. Fiquei uma horinha por lá e voltei pra Railay, que apesar de mais lotada, estava bem mais cuidada.

Phranang Cave Beach

Acabei priorizando as trilhas e não tive tempo de visitar esta praia. Se alguém aí foi, conte pra nós o que achou para eu incluir suas opiniões no post. #Maisumarazãoparavoltar

Nem vazia e nem lotada

Railay Beach não é tão calma quanto Koh Lanta, mas pelo menos umas dez vezes menos muvucada que Koh Phi Phi. Isso não quer dizer que a praia estará vazia, mas quer dizer que você poderá curtir bastante sem tropeçar em pessoas a cada passo. Adorei a vibe, amei a energia do lugar, e não vejo a hora de voltar.

O que fazer em Railway Beach

Curtir a praia

Railway Beach west - Tailândia

Com um visual desses, nada melhor que relaxar e curtir o mar. Certo?!

Alpinismo

Escalada Railway Beach

Railway tem vários pontos de escalada tanto para iniciantes como para alpinistas experientes. Várias agências oferecem programas de um dia de escalada. Fiquei morrendo de vontade de tentar.

Explorar cavernas

Caverna - Railay Beach

Railway Beach tem várias cavernas bacanas outras bem chinfrim, pra quem curte caverna, vale a pena explorar e quem sabe até encontrar uns macacos no caminho, ou descobrir algumas esquisitices.

Macacos Railay Beach

Mirante de Railay Beach: Imperdível!

Mirante - Railay Beach

Railay tem dois mirantes diferentes para não alpinistas. Visitei o mirante que fica pertinho de Railay East. A trilha é maravilhosa, mas a subida é um pouquinho chata e exige preparo físico e PRINCIPALMENTE tênis, já que em alguns pontos é preciso semi escalar pedras com ajuda de cordas. (Fiz a trilha descalça e foi uma péssima ideia. Meu pé tá até agora reclamando do percurso). A vista é incrível e vale cada segundo da subida.

Mirante - Railay Beach

A lagoa

Lagoa - Railay Beach

A trilha que leva ao mirante também é o ponto de início para a Lagoa. Para chegar lá é preciso descer (e depois subir) três paredões de pedra SUPER íngremes. Não é para qualquer um, mas juro que vale a pena. Chegando lá embaixo, é só curtir e nadar nas águas super azuis. Amei o passeio.
Dica: Leve tênis. Fiz a trilha descalça, e esse pedaço é ainda pior que o pedaço do mirante. Algumas pessoas se machucaram mesmo de tênis, e meu pé tá mega dolorido das rochas pontudas.

Onde se hospedar

Railay tem poucos hotéis e nenhum deles muito barato para os padrões tailandeses. O legal de dormir por lá é poder aproveitar a praia sem o horário dos barquinhos e curtir alguns momentos mais exclusivos e menos lotados. Pra quem pensa em se hospedar por lá, Railway West (que é o lado mais bonito da praia, é a melhor opção).

Railway Beach west - Tailândia

Piscina de um dos hotéis em Railway West. Sensacional, não?!

Pra quem não se incomoda em ir e voltar todos os dias, Krabi Town tem n opções de hotéis para todos os bolsos e gostos, e alguns bons hostels pra galera mais jovem. Além disso, Krabi Town é a forma mais eficiente de se conectar com o aeroporto local sem grandes perrengues. Pra quem tem um vôo de manhã cedinho, recomendo sem dúvida dormir em Krabi na última noite (com a estrada que liga Railay a Krabi interditada ficar na mão dos barqueiros para fazer a travessia de madrugada pode ser bem desagradável, não provei desse perrengue e nem quero. 🙂

Infraestrutura da praia

Railway Beach East - Tailândia

Railay West e Railay East tem alguns restaurantes na beira da praias, e uma ruazinha com algumas poucas lojinhas e restaurantes. A comida em Railay não é super barata (e nem uma atrocidade de cara) e o preços entre as comidas do hotel e dos restaurantes feiosos da ruazinha é bem parecido (na dúvida, escolha um lugar bonito). Use e abuse dos shakes de fruta natural (Um misto entre suco e raspadinha delicioso) que são deliciosos e baratíssimos ($50 Bahts).

Não espere encontrar cadeiras e nem guarda sol para alugar. Por sorte a praia tem muita sombra e o guarda sol faz pouca falta.

Como chegar

Ferry entre Krabi e Railay

Railay fica pertinho da cidade de Krabi e a um ferry de distância de Ao Nang, e Koh Phi Phi. Pra quem vem de Krabi, é só pegar um barquinho coletivo no pier da cidade entre 8:00 da matina e 5 da tarde. O barco custa 150 Bahts (+-5 dólares) por pessoa por viagem e a travessia é linda!

Veja também:

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

29 comments

  1. Daniela Rosa 17 abril, 2017 at 09:26 Responder

    Olá Mari,
    Dia 27 de Outubro chego a Krabi às 6:25Pm e vou-me embora a 31 às 21h40.
    Como recomendas que aproveite ao máximo estes “4 “dias…
    27 e 28 em Railay Beach 29 e 30 nas PhiPhi? Ou só aproveitar Railay e a partir daí vou fazendo excursoes a outras ilhas (Phiphi)?
    Obrigada,
    Bjnhs

    • mari vidigal 17 abril, 2017 at 14:50 Responder

      Ficaria 2 dias em Railay e 2 em Phi Phi. A única forma de aproveitar bem Phi Phi é dormindo na cidade, durante o dia a ilha fica LOTADA de excursões.
      Beijos

        • Daniela Rosa 18 abril, 2017 at 09:23 Responder

          E não fica muito corrido 2 dias para um lado 2 pro outro? Tipo sempre a saltitar e depois ja vou embora para casa snif 🙂 Não é preferivel fazer excursao a partir de Ralai (das que param em Phipphi?
          Obrigada,
          Dani

          • mari vidigal 18 abril, 2017 at 21:22

            A excursão para Phi Phi é terrível, você pegará todos os lugares cheios. Para curtir a ilha de verdade é preciso dormir lá. Eu faria isso sem pensar 2 vezes.
            Beijos

      • Daniela Rosa 18 abril, 2017 at 22:29 Responder

        Na cidade como? Nao percebi. No centro da ilha? Mas é aí que tem mais bagunça.
        Detesto muita bagunça… :/
        Obrigada,
        Daniela

          • Daniela Rosa 20 abril, 2017 at 22:32

            Só há um probleminha que é chego a 27 a Krabi às 6:25 pm ou seja esse dia já vai pro teto.
            Dia 31 regresso às 21h40 (Krabi-Bangkok) por isso nao vai dar para aproveitar grande coisa de Phiphi :/ Só se fizer 27 (noite) e 28 – Railay; 29, 30 – Phiphi; 31 ->Railay->Krabi. Alguma sugestão?
            Muito obrigada!

  2. Isabel Veloso 30 setembro, 2016 at 01:11 Responder

    Oi, Mari!!
    Vou fazer uma viagem pela Tailândia, Malásia, Cingapura e Camboja.
    Na Tailândia pensei em ficar com Bagkok (4 noites) e Koh Phi Phi (4 noites). Estava pensando em incluir Raylay Beach no meu roteiro. Você acha que passar 2 noites lá e 3 em Koh Phi Phi seria bom? Dá para fazer bate e volta de Koh Phi Phi para Raylay Beach?
    Consigo ir de uma ilha para a outra sem voltar em Krabi?
    Muito obrigada!

  3. Renan 12 setembro, 2016 at 20:34 Responder

    Oi,

    Estou indo para a Tailândia em Março e estou na duvida se fico em Railay ou Ao Nang.

    Por tudo que já li a primeira é uma das mais bonitas praias porem sem agito a noite. Já a segunda tem praia razoável e com mais opções de bares e restaurantes.

    É tranquilo se hospedar em Railay e ir e voltar a noite de Ao Nang? Tem barcos fazendo essa travessia a noite/madrugada?

    Parabens pelo blog!

    • mari vidigal 13 setembro, 2016 at 17:32 Responder

      Oi Renan,
      Que delícia de viagem!
      Eu não fui para Ao Nang, então não sei te dizer e dei uma busca rápida na internet e tbm não encontrei nada assim de bate-e-pronto. O que eu faria se fosse você? Escolheria um hotel/hostel em Ao Nang e antes de reservar mandaria um email com essa pergunta para eles.
      Beijos

  4. Aline Rolim 23 agosto, 2016 at 19:04 Responder

    Olá!

    Tem mesmo pier em Railay Beach? Vi uma foto de pessoas andando com água no jeolho depois de desembacar em railay Beach, carregando a mala! Ficamos preocupadas com isso! Pois nossas malas não serão tão leves! Será que pegando o transfer oferecido pelo hotel alguém carrega? Como funciona?

    • mari vidigal 25 agosto, 2016 at 18:04 Responder

      Oi Aline,
      Em Março de 2015 havia sim uma belo píer e desembarcar não era um problema.
      Quanto a carregar maas, precisa checar de hotel em hotel e ver quem oferece o serviço.
      Abraços

  5. Camila Martines 3 maio, 2016 at 18:06 Responder

    Olaaa Mari….

    Eu estou pensando em ficar em railay 2 noites, porém no terceiro dia pela manhã seguiremos para Langkawi e temos que pegar um ônibus que sai as 6 da manhã,( li em outro blog!) porém falaram pra comprar um dia antes e não sei de onde é a saída, possivelmente no centro de Krabi certo?? Encontro agências ali em Railay para ver sobre esse trajeto????

    Outra dúvida: acha que seria possivel chegar ao centro de krabi (Caso a saida do onibus seja lá) as 6 da manhã saindo de Railay??? Temos que pegar um barco particular? combinar com o barqueiro para sair bem cedo? como funciona? A partir de que horas já tem barqueiros disponíveis? Quanto tempo até krabi?

    Estaremos com malas de rodinha e não mochila, é tranquilo para chegar nos hotéis em Railay? tem pier para desembarcar?

    Varias dúvidas hahaha

    obrigado

    • mari vidigal 3 maio, 2016 at 18:40 Responder

      Oi Camila,
      Você vai ver na Ásia que quase todos os hotéis funcionam como mini-agências (e muitas vezes acabei comprando coisas de hotéis que não eram o meu pois havia variação do preço). Vá tranquila que você conseguirá comprar esse bilhete nos dias anteriores sem perrengues.
      Quanto ao barco as 6:00 da manhã, acho que seria MUITO mais vantajoso dormir essa ultima noite no centrinho de Krabi – que tem várias opcnoes de hotel. Não sei como funciona o barco particular, mas combine BEM e fique esperta por que os barcos são velhos e volta e meia quebra um (o meu quebrou no trajeto Krabi-Railay e o cara levou uns 35 minutos para arrumar).
      Dependendo de onde for seu hotel em Railay vc terá que puxar a mala na areia. Tem pier para desembarcar, mas não tenho certeza se a parte asfaltada cobre todos os pedaços até seu hotel (meu marido teve que carregar a mala dele em Koh Phi Phi, o que não foi um problema pq ela estava com 7-8 quilos)
      Beijos

  6. sandra 25 novembro, 2015 at 21:05 Responder

    Ola, muito bom o seu blog.

    Quero perguntar sobre os passeios que saem de Railey para as outras ilhas, pelo que pesquisei as agencias de Aonang cobram 500 bath pra passar em Railey, vc passou por isto?
    Tem agencias em Railey?
    ME parece que negociar os passeios de Aonang ficam mais baratos , por ter muita agencias la
    aguardo sua dica

    obrigada

    • mari vidigal 4 dezembro, 2015 at 20:53 Responder

      Oi Sandra,
      Veja tudo na Tailandia e na hora que sai bem mais barato.
      Do centro de Krabi os barquinhos para Railway são mega baratos, de Ao Nang você fica mais limitada em termos de opções.
      De Railay você pode fechar passeios para vários outros lugares.
      Beijos

    • Anna Carolina 3 maio, 2016 at 15:54 Responder

      Oi!!!!!! Primeiramente gostaria de parabenizar pelo trabalho!! Incrível!! Fiquei louca no blog!!!
      Vou pra Tailandia em Agosto e estou com muitas duvidas… Mandei um comentário aqui no blog mas não foi enviado, vou tentar mandar de novo por aqui..
      É que vou ficar por 15 dias lá.. E estou com mt duvida no roteiro… Pensei em ficar 10 dias na Tailandia (ficando 3 dias em Bangkok, 2 dias em Chiang mai, 2 dias em Krabi – railay e 3 dias em phi phi) e depois os 5 dias seguintes sao as maiores duvidas… Porque estamos na duvida de ir pra Camboja e Vietnã… Será que daria tempo de fazer em 5 dias os dois? E eu vi que vc foi.. É legal??? Vale a pena?? Porque não vi post sobre esses lugares…
      O meu namorado pensou tb nesses cinco dias ficar em Bali… Mas não sei.. Não vi muitas coisas la pra fazer…
      Sei la.. Estou mt na duvida… Queria mt sua opinião!
      Será que vc poderia me ajudar?
      Desde ja agradeço mt!!!!

      • mari vidigal 3 maio, 2016 at 18:08 Responder

        Oi Anna Carolina,
        Com 5 dias apenas, escolha um lugar só. Vc não está considerando o tempo de deslocamento entre as cidades, na Ásia as coisas atrasam, e o roteiro assim apertado pode te complicar. Acho, por exemplo, 2 dias em Chiang Mai muito pouco.
        O que eu faria se fosse você: aumentaria 1 dia em Chiang Mai (reserve o Elephant Nature Park que é fantástico) e 4 dias ou no Camboja (Siem Reap) ou no Laos (Luang Prabang). Com 5 dias acho muito perrengue ir até o Vietnã.

        Beijos

Post a new comment

Veja também