Transporte: caindo na (des)graça do horário indiano

4

Essa viagem para Índia serviu, entre outras coisas, para desmistificar uma série de mitos e descobrir que viajar pela Índia não é tão difícil quanto parece, só que dá trabalho e exige paciência. E uma das coisas mais desagradáveis é não poder contar – de jeito nenhum com horário. O mito é verdadeiro, as coisas na Índia atrasam de verdade, especialmente os meios de transporte – e os atrasos vão bem além do limite do razoável.

Transporte: caindo na (des)graça do horário indiano

Durante estes últimos 30 dias, viajei a Índia de todas as formas possíveis, foram trens noturnos, trens diurnos, vans compartilhadas, ônibus de longa distância, as distâncias são imensas e por causa da falta de agilidade e falta de organização as viagens demoram bem mais do que deveriam.

congestionamento de tuk tuk

Veja também: Índia em dez experiências caóticas porém divertidas

Trem no horário é motivo de festa

A viagem começou bem, nosso trem chegou a estação de Nova Delhi, limpinho da Silva já que era ponto inicial e com apenas 15 minutos de atraso. Seriam pouco menos de 10 horas até a próxima parada – Bikaner no Rajastão – só que o trem foi tão devagar e parando para esperar outros trens fora de horário, que supostamente eram mais velozes, que a viagem durou 2 horas e meia mais do que o planejado. Como era viagem noturna e eu estava dentro do trem, esperar não foi um problema.

trem na Índia

E daí a coisa foi piorando, pegamos um festival de trens e ônibus que quase nunca saiam no horário, mas fazer o que, o jeito é aceitar o “horário indiano” e se conformar com o que aparecer. O chato é que nem sempre pegávamos o trem na estação inicial, e que esperar na plataforma é bem mais chato do que esperar dentro do trem. Aqui as coisas atrasam tanto que um trem que sai na hora é motivo de festa!

E o turista desavisado dança

Para os Indianos e turistas conectados, atrasos grandes são previsíveis e podem ser controlados pelo celular. Um site relativamente atualizado avisa o andamento dos trens e se você tiver conexão, dá para controlar tudo online.

trem na India

Quando nosso trem atrasou DO-ZE horas para chegar em Agra, tivemos o “privilégio” de esperar na recepção do hotel (depois de 5 horas de atraso quebrei o pau com o guia e fiz ele providenciar alguns quartos para a galera e para mim). Só que grupos de turistas desinformados chegaram na estação às 6:00 da tarde, e o trem só saiu às 6:00 do dia seguinte. Tinha muita gente esperando e eu fiquei morrendo de dó de um grupo de senhores que passou a noite em claro e no frio na estação esperando um trem que nunca chegava.

Tuk Tuk na India

Piada de mal gosto

O fato é que 12 horas de atraso é inaceitável e pode detonar os planos de muita gente. Se o nosso trem entre Varanasi e Agra tivesse atrasado tanto assim, pelo menos metade do grupo teria perdido o vôo de volta. Mega piada de mal gosto, não?

Trem na Índia

O fato é que não dá para contar com NENHUM horário na Índia, então é sempre bom viajar com tempo e planejar tudo com o maior espaço possível entre as conexões. No nosso caso, perdemos apenas uma noite de hotel pago e não usado em Varanasi e um dia inteiro de passeio “perdido” dentro do trem, mas teria sido muito mais chato se tivéssemos perdido nosso único dia no Taj Mahaj (criei um situação hipotética, porque tinhamos dois dias) ou algo grandiosos assim. Na dúvida, é sempre bom adicionar espaço, MUITO espaço.

A desorganização é geral…

Moto na Índia

Achei que o problema dos horários e mudanças de horários fossem só com os trens e ônibus. Só que não. Fiz apenas um vôo interno (ida & volta), e vi meu horário sendo mudado três vezes. Comprei um vôo de ida que saia as 13:30 e dois dias antes fiquei sabendo que o vôo havia sido antecipado para as 11:30 (Oi? Pode adiantar vôo assim sem mais nem menos e avisar com um simples email? Aparentemente pode!). No final das contas ele saiu as 11:50 e achei bom. O vôo da volta que era às 12:30 mudou para às 14:00 e dois dias antes da partida mudou para às 17:30. Só que que o vôo só saiu às 19:00. #MegaSacanagem

Transporte coletivo na India

Resultado

Tinha planejado de passar um último final de tarde maravilhoso em Delhi, jantar bem e tomar pelos menos uns dois lassis com amigos, só que com todo o atraso, acabei me ferrando. Cheguei em Delhi às 8:00, até desembarcar 8:30. Meu próximo vôo é às 4:10 da matina. Sair do aeroporto, ir para a cidade e voltar em 5 horas e com mochila nas costas é furada, não é?! Tive que passar. Estou aqui no aeroporto esperando o check in abrir para me livrar da mochila. Ela é pequena, mas como são dois vôos vou despachar para não precisar carregar #PuraPreguiça. Programão de Índio TOTAL e mais um soco no estômago do horário indiano!

Veja também:

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

4 comments

  1. Gabriela Moniz 7 março, 2016 at 14:07 Responder

    Wow, Mari! Sabia que a Índia era bagunça total, mas até os horários dos voos? Afff…
    Lá em Myanmar, a moça da agência onde compramos as passagens aéreas nos disse para chegarmos mais cedo porque os voos poderiam sair antes. Loucura, né?
    Ainda não tenho planos pra lá, mas confesso que fico irritada só de pensar na dor de cabeça de não sair tudo conforme o planejado.

    • mari vidigal 7 março, 2016 at 17:25 Responder

      Oi Gabi,
      Não, não vai sair conforme o planejado. Mas isso é parte do jogo. Hoje dou risada dos perrengues, e já morro de saudades e vontade de voltar.
      Beijos

Post a new comment

Veja também