Dez experiências inesquecíveis na Índia

11

A Índia é um universo a parte e uma experiência única no diário de qualquer viajante. Um mundo de cores coloridas, de gente pra todo lado, de vendedores insistentes, de currys perfumados e pãezinhos deliciosos. Um mundo de contrastes, de templos e de palácios.  Nesse post divido com vocês experiências inesquecíveis na Índia que marcaram o #IdeiasnaAsia. Vem comigo?

Dez experiências inesquecíveis na Índia

1- Se perder nos mercados de Delhi

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Mercado em Old Delhi

Chandni Chowk, um dos mercados mais antigos e movimentados de Delhi, é um labirinto de possibilidades e o maior exemplo de que na Índia todo caos é organizável. São centenas de vielas estreitas com lojinhas quem vendem desde saris e objetos super dourados para decoração de casamento até comidinhas rápidas e especiarias. Uma combinação maluca de rua das noivas com feira livre, que funciona que é uma beleza. Amei caminhar pela região e adoraria repetir a experiência.

Dicas Práticas pra se dar em nos mercados de Delhi

A forma mais emocionante de transitar pelo mercado é contratar um Rickshaw desses com bicicleta (negocie o preço com antecedência) e peça para ele passar pelas vielas mais bacanas. Pra quem preferir caminhar, a experiência também é fantástica (vá de sapato fechado porque o chão é imundo!) e tenha cuidado com as motos e Tuk Tuks que dividem as vielas avidamente com os pedestres. E antes de comprar, pechinche (e muito!)

Veja aqui nosso passeio pelos mercados de Old Delhi

2- Contemplar o Taj Mahal vazio

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Primeira a chegar no Taj Mahal! YAY!!

Fui a primeira a entrar no Taj Mahal e parecia um louca correndo e tirando fotos de todos os possíveis lugares antes que outros turistas chegassem. Ver o Taj, todo lindo e todo branquinho, com seus detalhes simétricos sem ninguém pra perturbar, foi inesquecível. Tive uns 20 minutos de Taj vazio, tempo para tirar todas as fotos que quis e curtir a imensidão daquele lugar.

Dicas Práticas:

Na teoria o Taj Mahal abre as 7:00 da matina, mas na prática, só abre as 7:40. Para ser uma das primeiras da fila, chegamos as 6:40 da manhã. Vá de roupas confortáveis e não leve bandeiras, nem cruzes ou outros objetos religiosos pois nada disso pode entrar e a revista é bem exigente. Tripés também, não são permitidos. Ao entrar, vire a direita e siga direto para o Taj, como eu era a oitava da fila e corri rápido, fui a primeira a chegar no patio central, pude tirar todas as fotos que quis e sem absolutamente ninguém. Foi especial

Veja aqui: Taj Mahaj só pra mim.

3- Se batizar nas águas do Rio Ganges

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Banho nas águas do Rio Ganges | Foto Maykol Richter

Tido pelos locais como uma Deusa, o Rio Ganges é um dos maiores mistérios e um dos maiores exemplos de fé e adoração da Índia. Jamais achei que tomaria um banho no rio até chegar em Rishkesh, lá águas são tão lindas e limpas que você se sente tragado. Me banhar nas águas no ganges foi como me livrar de um montão de pesos desnecessários e me abrir para todos os ensinamentos que a Índia poderia me proporcionar. Não encontro palavras para descrever a gratidão que senti ao mergulhar nas águas geladas. Dizem que a Deusa Ganga é das mais sabias, e na real, não dá nem pra descrever o tanto que aprendi.

Dicas Práticas:

Quanto mais afastado do centro de Rishkesh você estiver, mais limpas serão as águas. Ao menos que você queira aparecer em todas as páginas de facebook da Índia, nem pense em entrar de bikini, e muito cuidado com a correnteza braba.

Veja aqui: Como é se hospedar em um Ashram em Rishkesh

4- Ver o nascer do sol do alto de Pushkar

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Amanhecer em Puhkar

Eram 5 e pouco da matina e a cidade ainda estava escura quando começamos a subir o Savitri Temple, também conhecido como templo da esposa de Brahma, para ver o pôr do sol. Fazia um frio danado, e levamos casacos pesados e cobertores para nos esquentar. A caminhada morro acima não foi das mais complicadas, e a vista lá do alto é especial. Com um chai quentinho nas mãos, vimos a cidade ganhando cor, as luzes acendendo, e o dia tomando forma nos mais lindos tons de vermelho. Me senti energizada da cabeça aos pés. Que experiência!

Dicas Práticas:

Veja o horário do nascer sol, e saia pelo menos uns 30-40 minutos antes para ter tempo de subir a montanha sem pressa. Calce um bom sapato e leve um cobertorzinho ou uma pashimina parruda para não congelar.

Veja aqui: O nascer do sol do Savitri Temple

5- Se apaixonar pelos fortes e palácios de Jaipur

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Forte de Jaipur – Índia

Jaipur é uma verdadeira jóia, uma cidade grande, alegre, viva e bonita! Me apaixonei pelo forte Amber, e por suas muralhas impressionantes. O forte é um verdadeiro espetáculo e esta recheado de detalhes arquitetônicos lindíssimos. Outro passeio incrível é o City Palace, deixei um pedacinho do meu coração, e um pedaço considerável do meu cartão de memória no forte.

6- Andar de camelo e acampar no deserto

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Deserto de Bikaner – Índia

Ficar horas sentadas no lombo duro de um camelo não foi a experiência mais divertida da minha vida, mas sem dúvida nenhuma está entre as mais diferentes. Adorei percorrer os vilarejos da região de Bikaner, ver a vida local de perto e me segurar forte quando o guia resolveu me mostrar o potencial de corrida do bichinho! Acampar no deserto, comer a comidinha preparada pelos locais (que estava impressionantemente boa) e ver o sol nascendo das dunas pedregosas foi pra lá de diferente. Curti a experiência.

Dicas Práticas:

Pra quem quer ver um deserto de verdade com direito a dunas de areia branquinha, Jaisalmer é um pedida bem melhor que Bikaner. O Legal de Bikaner é o contato com as vilas locais.

Veja aqui: Safari de Camelos na Índia

7- Ver a vida de perto em Tordi Sagar

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Tordi Sagar: Mãe costurando e menina estudando

E falando em contato com locais, nada melhor que um vilarejo pequenino para tomar um belo choque de realidade e ver de perto os contrastes da Índia de verdade. Em Tordi Sagar pudemos ver as heranças que o antigo sistema de castas ainda impõem na sociedade e bater um papo com os locais. Foi muito bacana.

Veja aqui: Um passeio fotográfico por Tordi Sagar

8- Explorar a cidade azul em Jodhpur

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Dentro de uma das casas da cidade azul

Outra experiência bem local que ocorreu quase que querer foi entrar na casa de uma família de indianos no bairro azul de Jodhpur. Jodhpur é conhecida como cidade azul, mas poucas pessoas visitam o bairro azul (e se contentam apenas ao ve-lo do alto do forte de Jodhpur).

Chegando no bairro tratamos de explorar as ruas e vielas, subimos e descemos escadas e nos brincamos de nos perder em um emaranhado de ruas minúsculas e pra lá de fotogênicas. Nesse meio tempo, fomos convidados por uma família de indianos para visitar sua casa, e que experiência legal. A casa tinha três andares (e servia de residencia para mais de 16 pessoas) e tinha uma vista espetacular da cidade.

Veja aqui: Um passeio pelo bairro azul de Jodhpur

9- Vivenciar o caos de Varanasi

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Banho nas águas no rio Ganges

Varanasi foi pra mim uma bomba de emoções. Do nascer do sol mais perfeito que já vi, as provas de fé nas margens de um Ganga não muito limpo. Corpos sendo queimados, uma profusão de cheiros diversos e emoções contraditórias, panos coloridos, danças diferentes, meditações e o melhor Lassi que já provei. Uma experiência intensa e absolutamente surreal, Varanasi não é um lugar para qualquer um, mas quem sabe aprecia-la terá visões de uma Índia inigualável.

Dicas Práticas:

Deixe Varanasi por último, a cidade é um pouco intensa de mais pode ser too much para quem ainda não tomou seu choque de realidade com a Índia de verdade.

10- Se encontrar em Rishkesh

Dez experiências inesquecíveis na Índia

Cerimônia do fogo no Ashram Parmath Niketan

Rishkesh é minha paixão e a cidade que eu mais quero voltar. Um lugar repleto de almas divinas, pessoas maravilhosas e MUITA energia bacana. Em Rishkesh tive o prazer de assistir a Satsangs com gurus ban ban bans como Mooji, Pre baba e outros menos conhecidos. Conheci gente pra lá de interessante e vivenciei um retiro espiritual transformador. Uma experiência pra lá de maravilhosa.

Veja aqui: Como é se hospedar em um Ashram em Rishkesh

 Veja os lugares no mapa

Índia

E ai, se animou em ir pra Índia? Eu super recomendo!

Veja também:

Blogs que me ajudaram a planejar a trip para a Índia:


Índia sem perrengues | Pra viajar FELIZ ? 

✅ Reserve seus hotéis na Índia


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

11 comments

  1. Sandra Oliveira 18 junho, 2015 at 05:15 Responder

    Obrigada Tati 😉
    Sim, escreve mais 😉
    Parece que esse India on a Shoestring não está disponível.
    ah, queria saber com quanto tempo de antecedência você aplicou para o visto de turista e se te deram 3 ou 6 meses? Sempre leio que é up to 6 months, mas uma amiga que foi ano passado, conseguiu 3 meses. Pergunto isso, pq como o visto vem com a data de quando foi aplicado e eu só vou poder ir lá para metade de agosto e queria dar uma viajada pelo sudeste da Ásia e possivelmente voltar pela Índia, então pode ser que se me dessem 3 meses, não desse, entendeu?rs Queria pedir logo para garantir, pq em julho vou viajar para um casamento e já aproveitaria para comprar passagens saindo de lá.
    beijos e mais viagens 😉

    • mari vidigal 18 junho, 2015 at 13:55 Responder

      Oi Sandra,
      Entrei no site e o tour continua existindo. Dá uma olhada aqui. Meu visto foi de 6 meses. Como índia foi meu primeiro destino, pra mim não fazia diferença 3 ou 6 :/. Beijos

      • Sandra Oliveira 18 junho, 2015 at 22:26 Responder

        Hey Mari, obrigada 😉 não tinha achado antes!!
        O seu visto, você colocou os hotéis que ia ficar ou só preencheu o campo de referência na Índia com os dados da agência do seu tour?
        Desculpe tanta pergunta
        beijinhos

        • mari vidigal 19 junho, 2015 at 03:51 Responder

          Depois de fechar o tour, eles te passam os dados de contato para o visto. Foi bem tranquilo o visto e saiu rapidinho!
          Beijos

  2. Sandra 17 junho, 2015 at 04:53 Responder

    Namastê Mari! Tô devorando todos os posts sobre a Índia 😉 que sensação boa, obrigada!
    Queria saber qual foi a agência tour que você comprou? Li em algum post que vc foi com um tour. Queria ir sozinha, mas os perrengues de deslocamento e a segurança em relação a ser mulher, me intimidam um pouco.
    Obrigada 😉
    Sandra

    • mari vidigal 17 junho, 2015 at 05:11 Responder

      Oi Sandra,
      Obrigada pela visita e p[elo elogios. Tem mais posts da Índia vindo por ai.
      Fiz o tour “India on a Shoestring” com a G Adventures. Foi bacana (um pouco corrido, mas não dá para ser perfeito, certo?!) e eu recomendo.
      Beijinhos,
      Mari

Post a new comment

Veja também

Photo Safari - Nova York

Safari fotográfico em Nova York

Tá indo para Nova York e quer melhorar suas habilidades fotográficas? Então você precisa conhecer a New York City Safari, uma empresa especializada em tours ...