Viajando com bebês: a primeira viagem do pequeno

9
Primeira Viagem

O pequeno chegou, e chegou chegando! E para comemorar essa chegada tão especial e as primeiras 6 semanas do pequeno resolvemos fazer uma pequena viagem pela Costa da Califórnia!  (Yep! Quem me conhece sabe que eu não consigo ficar muito tempo parada e nada como uma viagenzinha -ainda que curta – para renovar os ânimos, não é mesmo?) Com vocês a primeira viagem do Antonio, um post em Tom pessoal e com algumas boas dicas para quem vai para Carmel.

Viajando com bebês: a primeira viagem do pequeno

O destino escolhido para a primeira viagem do baby foi Carmel, na Costa da Califórnia e cerca de 1 hora e meia de onde moro. Nada muito longe para não espantar o pequeno. Minha companheira de viagem, a infalível vovó – um anjo que veio passar estas primeiras semanas conosco e nos guiar pelos caminhos tortuosos e maravilhosos da paternidade. O papai ficou de fora da viagem, mas por uma boa causa, ele teve um compromisso de trabalho e foi passar uma semana na Irlanda, e para não ficarmos com muita inveja fomos viajar também.

Primeira Viagem

Passeando pelo Pebble Beach Resort

Planejando uma viagem de último minuto

Agosto, alta temporada na Califórnia e preços surreais de caros, assim a única forma de viabilizar a viagem foi arriscar uma promoção de último minuto. Como sou macaco velho passei uma semana acompanhando os preços no Hotel Tonight um app de reservas de última hora que já usei algumas vezes e funciona HIPER bem aqui nos Estados Unidos (se você nunca usou, baixe o aplicativo com o código MVIDIGALBRANDILEONE e você ganhará $25 de desconto na sua primeira reserva – e eu tbm ganho $25  para usar numa dessas escapadas pela Cali! ;)) assim percebi que o melhor dia para nossa escapada era na terça, quando as diárias estavam mais baratas que nos outros dias. Acertamos em cheio!

Nosso raciocínio:

Carmel é perto o suficiente para um bate-e-volta, ou seja, dava para arriscar a viagem sem reserva mesmo durante a alta temporada sem grandes medos, no pior cenário, voltaríamos para casa no mesmo dia.

Quantos dias?

Nossa ideia era passar 1 ou duas noites fora, tudo dependeria do humor do pequeno, do tempo e do preço dos hotéis. Muito pouco? Sem dúvida, mas bom o bastante para eu perceber que viajar com o baby é mais tranquilo do que eu esperava. Será a primeira de muitas!

Malas

Fizemos malas para duas noites, uma mochilinha pequena para mim e para minha mãe e um monte de coisa do baby: entre pacote de fraldas, roupas extra, basinete do bebê (sim o hotel tem berço, mas o meu é tão portátil que nem quis arriscar trocar o pequeno de cama) e coisinhas do carrinho, enchemos um porta-malas. Para mim essa foi a mudança de hábito mais chocante de todas. Estou acostumada a viajar sem quase nada e carregar tanta coisa foi um tremendo choque.

A viagem

A viagem de carro

O Baby Antonio não é muito fã da sua cadeirinha, assim nossa grande apreensão era dirigir uma hora e meia com o baby chorando. Para evitar esse cenário, saímos as 10:00 da manhã, depois do horário do rush e depois de dar uma bela mamada para o Baby, sabemos que depois de uma mamada caprichada ele dorme entre 1 e 2 horas, e era o que precisávamos para chegar em Carmel sem que ele se acordasse. Quase conseguimos, ele acordou faltando 5 minutos para chegarmos na cidade. Ok. Viagem superada e sem grandes traumas.

E falando em viagem, começamos bem, entramos em Carmel pela 17 Mile drive, uma estrada cênica que adoro.

17 Mile Drive

A 17 mile Drive é uma rota que liga Monterey a Carmel, uma viagem especialmente bonita para quem tem tempo e pode curtir as paisagens com calma. Esse era nosso caso. Começamos escolhendo um mirante bem bonito e amamentando o Antonio que logo se acalmou e voltou para sua cadeirinha sem reclamar.

Primeira Viagem

Paisagem da 17 Mile Drive

Como sair e entrar no carro, tira e põe cadeira é algo que incomoda o pequeno, íamos parando nos mirantes e nos revezando para descer, primeiro desce uma e depois desce outra.

Almoço em Pebble Beach

Quando a fome bateu fomos até o Hotel The Lodge at Pebble Beach e almoçamos no Still Water Bar & Grill, um restaurante hiper bacana de frente para os campos de Golf e com vista para o mar.

Primeira Viagem

Vista do Still Water Bar & Grill

Primeira Viagem

O ambiente

Com o “mode férias on” comemos cheese burguer, Fish & Chips e de sobremesa uma torta de maçã, tudo lindo e gostoso! Uma dica é que o valor do pedágio de entrada da 17 Mile Drive $9,75 pode ser usado como crédito no restaurante e descontado do valor da conta.

Primeira Viagem

Burguer com fritas

Primeira Viagem

Fish & Chips

Primeira Viagem

Torta de Maça

Durante o almoço acessei o App do Hotel Tonight e fiz minha reserva no Carmel Mission Inn. Queríamos um hotel com piscina para aproveitar um pouquinho caso fizesse sol e a opção com piscina mais bem avaliada dentro do nosso budget era essa. O hotel custou $175,00 se tivéssemos reservado com antecedência teria saído muito mais caro.

Para almoçar com o bebê, coloquei ele penduradinho no Sling e mamando. Pronto: ele come, nós comemos e fica todo mundo feliz, no final do almoço o garçon até elogiou o pequeno “UAU, já vi muito adulto se comportando pior que seu bebê récem nascido! É… vantagens do leitinho materno!

Antes de voltar para o carro, demos uma voltinha pelo complexo de lojinhas – que é lindo – e pelos campos de golf. Pena que o tempo estava fechado porque o lugar é lindo!

Primeira Viagem

Complexo de lojas com mini campo de Golf no centro

Primeira Viagem

De volta a 17 Mile Drive demos uma passadinha por algumas das praias mais bonitas da estrada e pelo sempre fotogênico Cipreste Solitário. Para parar sem medo de ser feliz, fizemos aquele esquema de revezaste: desço eu, depois desce mamãe e foi tudo ótimo.

Primeira Viagem

Uma das praias da 17 Mile Drive

Primeira Viagem

A caminho do Cipreste Solitário

Primeira Viagem

O Cipreste Solitário

O nosso hotel

Carmel Mission Inn fica há cerca de 2 Km do centro de Carmel e bem pertinho de dois complexos comerciais bem legais. Ou seja, dá para sair para tomar café da manhã a pé e até passear pela região. A piscina – o grande motivo da nossa escolha – acabou não sendo usada, mas gostamos bastante do quarto e recomendamos o hotel.

Primeira Viagem

Piscina do nosso hotel

Fomos recebidos com um chá de boas vindas hiper especial repleto de frutas, frutas secas, champagne, queijos e outras gostosuras. Infelizmente com o pequeno no colo passei reto e acabei não fotografando, mas estava bacana.

Nosso quarto era ótimo, grande, espaçoso, com cama king size bem confortável, travesseiros do jeito que eu gosto (grandes, nem muito moles e nem muito duros) e a parte que mais gostei, uma poltrona super confortável e com um braço bem largo, ótima para amamentar o Tom. O banheiro era apertadinho, com banheira e amenidades perfumadas. Passou no teste mas não impressionou.

Primeira Viagem

Hotel Carmel Mission Inn

Fizemos check in por volta das 3 da tarde e dormimos uma siesta caprichada antes de sair para passear.

Passeio pelo centrinho de Carmel

O frio tava bravo e o jeito foi passear de carro. Passamos pela famosa Missão de Carmel, demos uma volta  gostosa pela rua da praia, uma rua estreita repleta de ciprestes, uma paisagem muito única e que é a cara de Carmel, passamos por ruas residenciais pequeninas repletas de casas fofas e pequenos chalés… É, Carmel é realmente um charme, um desses cantinhos que não me canso de voltar.

Primeira Viagem

Missão de Carmel

Primeira Viagem

Rua da praia repleta de Ciprestes em Carmel

Primeira Viagem

Cripreste fotogênico

Jantar na Cantinetta Lucca

Quando cansamos do passeio fomos até a Cantinetta Lucca, (Dolores St & Ocean Ave) um restaurante que já recomendei algumas vezes aqui no blog, e que fazia tempo que não visitava. O lugar continua ótimo, pãozinho quentinho e crocante de entrada, atendimento impecável e comidas ótimas. Pedimos a Pizza Capricciosa de entrada, uma pizza com cogumelos, presunto, tomate e alcachofra. Estava gostosa mas não impressionou, podia ter um pouco mais de queijo.

Primeira Viagem

Pizza Capricciosa

De qualquer forma, a massa estava bem crocante e acima da média para o padrão americano. Para comer, dividimos um Tagliatelle a bolonhesa de carne, porco e vitelo. A bolonhesa estava bem gostosa, molho na medida – nem muito ralo e nem muito espesso, com a carne bem temperadinha e numa boa proporção. Testado e aprovado. A conta saiu por volta de 50 dólares + gorjeta (deixamos 20% por que o serviço foi excelente).

Primeira Viagem

Tagliatelle a bolonhesa de carne, porco e vitelo

Entramos no restaurante com o Tom dormindo na cadeirinha, e assim que ele chorou coloquei ele no sling mamando a vontade, mais uma vez comemos tranquilas sem ele que ele notasse que estava em um lugar diferente.

A primeira noite fora de casa

De volta ao hotel, tratamos de colocar o pequeno para dormir. E nesse hora me agradeci por ter levado o basinete, ele dormiu que nem um anjo, sem estranhar a cama. Uma belezura. Tivemos uma noite tranquila e com as mesmas acordadas de casa. Yay!

Café da manhã no From the Scratch

Acordamos cedinho e fomos tomar um café da manhã HIPER caprichado no From the Scratch (Barnyard Shopping Villag – Highway 1). Anote essa dica!

O From the Scratch é um desses lugares que poucos turistas descobrem e que os locais amam de paixão. Brunch gostoso, bem servido e baratíssimo. O único problema é que vive cheio e que se não fosse terça feira é muito provável que esperássemos um bocado. Mas por sorte chegamos a tempo de pegar a última mesa.

Dividimos ovos beneditinos com caranguejo (pensa num treco bom) e panquecas com blueberry, os pratos já vieram divididos, ou seja, essa é a foto de meio prato!

Primeira Viagem

Ovos Beneditinos

Primeira Viagem

Panquecas de Blue Berry

Passeio pelo centrinho de Carmel

Depois da comilança fomos dar uma volta pelo centrinho de Carmel, cada vez que vou para lá descubro um cantinho novo,e especial. Nessa viagem me apaixonei por dois lugares:

The Pasta Palate (San Carlos St com a 7a avenida): uma fábrica de massas frescas pequenina que produz massas deliciosas desde 1984. Essa é uma dica legal para quem alugou casa pela região. Eu como moro pertinho comprei 1 libra de pappardelle fresco com molho ao pesto. De comer de joelhos de tão gostoso.

Primeira Viagem

Decoração charmosa da The Pasta Palate

Primeira Viagem

Massa fresquinha da The Pasta Palate

Eco Carmel (San Carlos St, entre as ruas 7 e 8): Uma loja linda e toda ecológica, repleta de produtinhos garimpados de marcas hiper bacanas e responsáveis, uma dessas lojinhas que dá vontade de passar horas xeretando e de comprar tudo.

Primeira Viagem

Eco Carmel: loja fofa e mascote de estimação

Saindo do centro demos uma passadinha rápida na praia, o tempo estava feio e o vento estava forte, não quisemos ficar muito tempo, mas foi gostoso colocar o pézinho na água (gelada) do pacífico.

Primeira Viagem

Vovó esperando com o pequeno enquanto a mamãe fotografava a praia

Primeira Viagem

Primeira Viagem

Primeira Viagem

E pra adoçar a vida

Primeira Viagem

Nothing Bundt Cakes em Carmel

Voltamos para o hotel, fizemos o check out e antes de voltar pra casa passamos na Nothing Bundt Cake uma loja bem linda, que tem bolos gostosos (os bolos são estilo doce americano, se você não é muito fã, não vai gostar – eu que já moro aqui faz tempo acostumei e gosto.) Nós pedimos o de Limão com framboesas e estava uma delícia!

Primeira Viagem

E olha só que lindos os doces!

Volta pra casa

A volta não foi tão tranquila, o pequeno chorou uns 15 minutinhos antes de cair no sono e dormir (quase) o resto do caminho. Foi uma delícia de vagem, amei passar um tempinho com a mamis, passear por Carmel e acima de tudo, descobrir que viajar com o pequenino não é nenhum bicho de 7 cabeças.

E que venham as próximas!!!!

Veja também:

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

9 comments

  1. Marília 7 maio, 2017 at 17:34 Responder

    Oi Mari! Estou amando suas dicas. Amei suas dicas quando fui para o Japão e agora estou com bebê pequeno e estou com muitas dificuldades… O meu bebê também chora na cadeirinha e ele cansando ficar na mesma posição e começa a chorar, quase não saio com ele…. Será que agora aos três meses ele acostuma com o sling? Eu reservei um restaurante para o dia das mães, mas estou morrendo de medo do chororô. E tenho uma viagem marcada para junho, estou com medo da estrada, são duas horas e meia de viagem, eu pensava em fazer paradas para amamentar porque fico com medo dele engasgar mamando com o carro em movimento…. Aiiii quantos medos….

    • mari vidigal 11 maio, 2017 at 02:48 Responder

      Oi Marília!
      Feliz premio dia das mães adiantado pra você!
      Olha eu também tinha um monte de medos no começo, mas aos poucos fui desencanando e sendo uma mãe mais relaxada! Juro que no final dá tudo certo e que eu sou até um pouco relax de mais! Rs
      O Restaurante no dia das mães eu iria sem pensar. Se chorar, chorou. Bebê chora mesmo. E se olharem feio, finja que não viu. É o que eu faço.
      O Sling é questão de costume, quanto mais você colocar, melhor o baby irá ficar.
      E quanto ao carro, MUITA paciência. Hoje eu já não paro mais quando ele chora muito, e de uma forma ou de outra ele aprendeu que é melhor dormir!
      Boa sorte e qq coisa, passe aqui pra contar.
      Beijos

      • Marília 15 maio, 2017 at 00:14 Responder

        0brigada! Feliz dia das mães para você também! Ontem eu segui uma dica sua e deu certo… Voltei com meu bebê para casa e estava trânsito, eu dei mamadeira para ele no caminho e ele veio dormindo 🙏🏻🙏🏻🙏🏻
        Sobre hoje, ahhhh pensei várias vezes:”o que estou fazendo aqui?” Rs Eu tinha pensado em levar o carrinho, mas pensei que seria ficar levando coisas demais para o restaurante cheio, então levei apenas o bevê conforto e no primeiro momento que tentei colocá-lo, ele já começou a querer chorar…. Então tirei…. Dei mamadeira para ele enquanto fazíamos os pedidos e assim que ele terminou já ficou inquieto.., Ele gosta que fiquemos em pé… Então eu o levava para ver o espaço Kids, voltava, passava para o colo da vovó, do papai, voltava para o meu e no final, quando chegou meu prato ele fez cocô kkkkkk mas tudo bem comi rapidinho, pedimos a conta rapidinho e por sorte escolhi um restaurante bem pertinho de casa uns 5 minutos daqui…. Fiz a troca em casa mesmo….. Mas achei tão tenso 😩😩😩😩 bom, agora minha próxima experiência será na primeira viagem dele em Junho….

        • mari vidigal 16 maio, 2017 at 04:17 Responder

          Vai tentando, e mais importante, vai acostumando o pequeno a SUA rotina! Ele vai se acostumar e aos poucos as viagens e passeios serão mais divertidos.
          Beijos

Post a new comment

Veja também