Canyonlands: guia completo para organizar sua viagem

1
Canyonlands

Nesse guia você encontra todos os detalhes para explorar o Canyonlands National Park, um parque nacional maravilhoso em Utah. Pronto para se encantar com o parque?

Canyonlands: guia completo para organizar sua viagem

O Canyonlands é um parque nacional gigantesco e repleto de possibilidades. O parque tem 4 distritos diferentes: Isles in The Sky, The Needles, The Maze e Rivers. Essas quatro áreas não estão conectadas entre si, e algumas delas exigem um carro (ou bug) 4×4 ou um barco para acessa-las. Abaixo explicarei detalhadamente cada uma das áreas e em seguida dividirei com vocês detalhes valiosos para visitar as duas áreas mais acessíveis do parque: Isles in the Sky e The Needles.

O que você encontrará nesse post:

[Clique no link acima para ir direto ao ponto, ou se preferir, leia o post todo porque tem muita dica boa! :)]

Canyonlands: conhecendo os distritos do parque

Isles in The Sky: vistas maravilhosas bem fáceis de visitar

Isles in The Sky, o mais acessível, fica há pouco mais de 50 km de Moab e combina uma série de mirantes fotogênicos com  opções bacanas de trilhas curtas. Para quem tem tempo e disposição, há também trilhas mais longas. Os highlights do Isles são as vistas maravilhosas do Great View e o Mesa Arch, um arco lindo envolto por um deserto colorido.

Isles In The Sky é de longe a melhor pedida para marinheiros de primeira viagem, ou pessoas que não estão dispostas a acampar e se aventurar em áreas remotas. Para quem só tem 1 dia, essa é a melhor opção! 

Roadtrip pelos parques nacionais de Utah e Arizona

Mesa Arch no Isles in the Sky

The Needles: trilhas radicais & caminhadas mais longas

O The Needles fica ha cerca de 1 hora e meia de Moab de carro. Por ser um pouco mais afastado de Moab você precisará se planejar melhor. O The Needles combina trilhas radicais para fazer de 4×4 com caminhadas mais longas. Esse distrito é famoso pelos Hoodoos, formações rochosas ponteagudas e fotogênicas. Uma das caminhadas mais procuradas do The Needles é a “confluence” onde os rios Colorado e Green se encontram.

Se você curte fazer caminhadas mais longas ou está com um veículo 4×4 taí uma ótima opção de passeio.

The Maze: aventura & um visual espetacular

The Maze é o Canyonlands dos iniciados. O típico lugar que merece ser explorado com calma, e que exige planejamento prévio. Para chegar lá você precisará de um veículo 4×4, comida e todo o equipamento de acampamento e trilha. O perrengue da chegada faz com que 3 dias seja o mínimo necessário para aproveitar o lugar, mas muita gente vai pra passar a semana toda. Para chegar ao The Maze você precisa solicitar um Permit com antecedência no site parque.

Como o The Maze é um local mais remoto – e que ainda não tive chance de visitar, focarei nas outras áreas do parque. Mas deixo aqui alguns links úteis para quem planeja visita-lo.

The Rivers: a parque aquática do Canyonlands

O Canyonlands é cortado pelos rios Colorado e Green. Os rios foram dois cânions profundos e fotogênicos que num determinado ponto chamado Confluence se encontram. Tanto os rios Colorado quanto o Green tem águas calmas (ideais para a prática de caiaque) até o ponto de confluência, após o encontro há uma série de pequenas quedas d’água ideais para a prática de rafthing.

Excursões e passeios para The Rivers

O jeito mais conveniente de conviente de explorar The Rivers é contratar um tour em Moab. Existem diversas agências que oferecem tours váriados. (Como não testei nenhuma, infelizmente não tenho nenhuma recomendação certeira. mas recomendo que você olhe a lista e confira as avaliações no Trip Advisor.) Veja aqui a lista de empresas autorizadas a operar no The Rivers

Por conta própria

Para quem deseja explorar o rio por conta própria, os principais pontos de partida são:

Quer saber mais sobre a região? 

O que você precisa saber antes de viajar

Entrada no parque

A entrada no Canyinlands custa 25 dólares e é válida por 7 dias. Quem for visitar muitos parques nacionais pode optar pelo passe de 80 dólares que é válido por um ano em todos os parques nacionais Norte Americanos.

Canyonlands

Rochas avermelhadas no Caminho do parque.

Quando visitar?

O deserto de Utah é uma terra de extremo com verões quentes e molhados (a quantidade de água é tanta que muitas vezes ocorrem as enchentes relâmpago que deixam grandes áreas embaixo d’água em pouco tempo) e invernos gelados. Embora não costume nevar muito na região de Canyonlands (nas montanhas altas ao redor neva!) uma nevasca surpresa pode deixar algumass áreas do parque inacessíveis.

Assim, as melhores épocas para visitar o parque são durante a primavera (abril e maio) e outono (setembro e outubro). Junho é um mês bem lotado devido as férias escolares, e com temperaturas não tão quentes como Julho e Agosto.

Nossa visita

Visitamos o parque no finalzinho de outubro e foi sensacional. Temperatura agradável e pouca gente apesar da cidade de Moab estar bem cheia, e o Arches National Park (que fica ali do lado) também.

Canyonlands

Isles in the Sky

Como visitar?

A melhor forma de visitar qualquer um dos distritos do Canyonlands é com um 4×4 ou bug. O parque tem várias estradas que são acessíveis apenas para 4×4. Para quem vai de carro normal ou motorhome, o Isles in the sky é o mais acessível dos distritos. Nós visitamos o parque de Motorhome e com um baby pequeno e por isso focamos em Isles in The Sky. Até pensamos em visitar o The Needles no caminho para o Monument Valley, mas achamos que era muita estrada para encarar com o pequeno num só dia e acabamos desistindo.

Canyonlands

Isles in the Sky – Uma das trilhas de 4×4 vista do alto

Passeios e excursões:

Quem não se sente a vontade para dirigir um 4×4 mas gostaria de ter uma experiência nas áreas mais remotas do parque pode contratar um tour na cidade de Moab. Veja aqui a lista das operadoras que oferecem tours em Canyonlands 

Comida & Gasolina

Não há restaurantes, nem lanchonetes e nem posto de gasolina no Canyonlands. Vá com o tanque cheio e leve comidinhas com você!

Canyonlands: conhecendo os distritos do parque

Quanto tempo?

Isles in The Sky: em meio dia dá para ver o básico

Os mais apressadinhos podem dar um giro rápido pelos principais mirantes do parque em um par de horas, destaque para a Great View – bota great nisso – e para a linda vista do Mesa Arch (para chegar lá você terá que fazer uma caminhadinha básica).
Com meio dia dá para ver todos os mirantes e ainda fazer as trilhas para o topo da Whale Rock (as vistas do parque são lindas) e para Upheaval Dome, uma cratera enorme possivelmente formada por um meteorito.

Roadtrip pelos parques nacionais de Utah e Arizona

Vistas da Whale Rock no Isles in the Sky

Quem tem o dia todo pode visitar o parque com calma e ainda emendar o Deadhorse State Park (que tem vistas incríveis para o Canyonlands).

Dead Horse State Park

Vista do Dead Horse Point State Park

The Needles: 1 dia inteiro para a viagem valer a pena, mas em meio dia dá para apertar

Considerando que o The Needles fica bem afastado, recomendo um dia inteiro para fazer a viagem valer a pena. Até dá para fazer em meio dia (o pessoal do Pegadas na Estrada fez), mas fica bem corrido viu?! Nós tinhamos pensado em fazer em meio dia e acabamos desistindo. Achamos que seria um mega desvio sair da estrada para aproveitar só um pedacinho do parque, ficou para a próxima (e voltaremos de 4×4 ;)). Vale falar também que as trilhas

Segundo os rangers do parque a chegada no The Needles é tão linda que sim vale o desvio na estrada. Eles recomendam fortemente a estradinha não pavimentada Elephant Hill (que tem uma vista distante das agulhas que dão nome ao parque) a trilhas Slickrock (4km) ou Chesler Park (18 Km, mas se caminhar o comezinha já tem uma visão bem legal) para ver as agulhas de perto. Mas quer saber mesmo? Meu sonho de consumo é a The Confluence (16,5 Km) que chega ao ponto onde os rios River e Colorado se encontram.

Como chegar ao Canyonlands

Esse é o tipo da viagem que merece ser feita de carro. Sim, até dá para fazer um sambarilove combinando trem + van ou ônibus + van, mas como o parque não tem um sistema de transporte interno você ficará completamente dependente de excursões.

Vale falar que também não existe nenhum transporte público que te leve até o parque. Não faria e não recomendo, mas quem quiser muito pode olhar as instruções n0 site oficial do Canyonlands.

O que eu faria se fosse você:

Voaria para Grand Juction em Colorado (cerca de 2 horas de viagem) ou Salt Lake City (aeroporto grande mais próximo – cerca de 4 horas de viagem) em Utah, alugaria um carro e tocaria para lá. Para otimizar a viagem e combinar outros parques, estude a viabilidade de devolver o carro em Las Vegas e pegar o vôo de volta de lá.

Localização no mapa:

A) Island in the Sky: 53 Km de Moab na UT 313

B) The Needles: 119 Km de Moab ou 78 Km de Monticello on UT 211

Veja localização exata no Google Maps

Lembre-se: Não existem estradas conectando os distritos. Você terá que visitar cada um deles separadamente.

Onde se hospedar ? Dicas de hotéis e campings na região

Dentro do parque

A única forma de se hospedar dentro do Canyonlands é acampar. O parque tem dois campings com estrutura um no distrito Island in The Sky (o campina não possui água) e outro no The Needles (com água) e algumas opções mais selvagens para quem tiver permissão e disposição para fazer backpack camping.

Todos os campings funcionam no esquema first-come, first-served (vulgo chegou – pegou) e tem vagas limitadíssimas são 12 lugares no Island e 26 no The Needles. Durante a temporada (de Março a Junho e de Setembro a Meados de outubro) as chances de conseguir vaga são mínimas, madrugue e reze um pouquinho para ter chance.  Fora de temporada as chances são bem maiores, de qualquer forma, vale sempre ter um plano B em Moab (ideal para explorar o Isles) ou Monticello (ideal para explorar o Needles).

Fora do parque

Moab:

A cidade de Moab é super desenvolvida e é uma boa base para explorar o Isles in The Sky e o Arches National Park, que é MARAVILHOSO e fica alí do lado, a cidade tem restaurantes animados, uma ruazinha principal repleta de lojas, operadores turísticos e muitas opções de hotel.

Sugestões de hotel em Moab

Red Cliffs Lodge

Um hotel fazenda com vistas MARAVILHOSAS, estábulo com cavalos, academia e piscina. Os quartos são simples com muitos detalhes em madeira, e a sede do hotel é toda estilosa e bonitona. Um pouquinho afastado do centro da cidade, mas sem dúvida uma das opções de hospedagem mais especiais de Moab. Veja aqui ofertas para o Red Cliff

Canyonlands

Red Cliffs Lodge | Foto: divulgação

Canyonlands

Quartos | Foto: divulgação

Canyonlands

Vista do hotel | Foto: divulgação

Cali Cochitta Bed and Breakfast

Esse Bed & Breakfast charmosos fica no centrinho de Moab e tem um jardinzinho lindo e quartos aconchegantes. Uma opção legal para quem quer uma hospedagem estilosa na cidade. Veja aqui ofertas para o Cali Cochitta.

Canyonlands

Cali Cochitta Bed and Breakfast | Foto: divulgação

Canyonlands

Foto: divulgação

Canyonlands

Quarto | Foto: divulgação

Best Western Plus Canyonlands

Um hotel de rede com padrão acima da média da cidade, hiper bem avaliado e muito bem localizado. Quartos espaçosos, vistas bonitas, complexo de piscinas aberto durante os meses quentes e jacuzzi aberta o ano todo. Oferece café da manhã grátis. Veja aqui ofertas para o Best Western Plus Canyonlands

Canyonlands

Best Western Plus Canyonlands | Foto: divulgação

Canyonlands

Piscina | Foto: divulgação

Holiday Inn Express

Hotel bem típico de rede. Quartos padrão executivo, confortáveis mas sem muitas mordomias. Piscina, duas jacuzzis e uma fogueira hiper gostosa durante os meses mais frios. Vistas bonitas para as montanhas da região. Café da manha e Wifi grátis. Fica perto do centro da cidade mas não dá para ir a pé. Veja aqui ofertas para o Holiday Inn Express

Canyonlands

Quarto do Holiday Inn | Foto: divulgação

Canyonlands

Foto: divulgação

Gonzo Inn

Com um jeitão descolado e todo colorido, o Gonzo Inn tenta se destacar do padrãozão business e dos motéis americanos bem comuns na cidade com um pouco de personalidade na decoração. Área de lazer com piscina, café da manha e Wifi grátis. Super bem localizado no centrinho da cidade. Veja aqui ofertas para o Gonzo Inn

Canyonlands

Quarto do Gonzo Inn | Foto: divulgação

Canyonlands

Foto: divulgação

Aarcheway Inn

Um dos melhores custo-benefício da região, com vistas lindas das montanhas, piscina, quadras de basquete e mesas de piquenique. Fica há cerca de 3,5 Km do centro de Moab, o que é um pouco mais afastado do que o ideal. Veja aqui ofertas para o Aarcheway Inn. 

Canyonlands

Aarcheway Inn | Foto: divulgação

Canyonlands

Foto: divulgação

Quer mais opções?

Veja aqui ofertas para outros hotéis em Moab

Sugestões de Camping em Moab

Vai fazer a viagem de Motorhome? Aí vão duas boas dicas de Camping com boa estrutura em Moab:

Monticello:

Monticello é menor e bem menos turística que sua “irmã” Moab, mas tem opções de acomodação para quem deseja explorar o The Needles

Veja aqui ofertas de hospedagem em Monticello

Isles in The Sky: Saiba o que fazer, principais mirantes, trilhas e outros passeios

Chegou a hora de explorar o Isles in The Sky. A dica é chegar cedo, encher o tanque de gasolina em Moab, levar sanduíches ou um picnic caprichado e preparar as câmeras para um dia maravilhoso. Na entrada do parque sempre recomendo uma paradela rápida no centro de visitantes, adoro pegar as dicas dos rangers e conferir a programação especial (sempre tem coisa legal rolando), mas se preferir siga este guia e mande ver!

Dica esperta: Deixe o Mesa Arch por último 

Os pontos mais bonitos do Canyonlands são o Grand View e o Mesa Arche, deixe-os para o final do dia! Esses lugares ficam mais ainda lindos (e a luz para fotos é melhor) no final do dia.

Canyonlands

Mesa Arch: um dos principais cartões postais do Isles

Dirigir pelo parque:

O Isles in The Sky é um parque execelente para quem curte dirigir e ir parando de mirante em mirante para fotografar. Um passeio delicioso mesmo para quem detesta caminhar.

Canyonlands

Grand View Overlook

Principais mirantes do Canyonlands:

  • Shafer Canyon Overlook: A primeira bifurcação, logo na entrada do parque conecta a estrada principal a uma estrada não pavimentada (essa é para quem vai de 4×4) com vistas BEM caprichadas da região. Eu confesso que passei reto pelo mirante na chegada e na saída fiquei morrendo de preguiça de parar. #Ooops
  • Green Canyon Overlook: Desse mirante você terá uma vista bonita do Green River (nada parecido com o Deadhorse State Park, mas já rende boas fotos).
  • Buck Canyon Overlook: Uma vita caprichada para a lateral do Canyon, o paredão de terra é impressionante.
  • Grand View Overlook: O momento UAU do dia, esse mirante é SIMPLESMENTE maravilhoso e fica LINDO no pôr do sol. O mirante tem uma série de Canyons profundos e Hoodos (rochas pontiagudas que parecem sentinelas.)
Canyonlands

Vista do Buck Canyon Overlook

Canyonlands

Buck Canyon Overlook

Canyonlands

Grand View Overlook

Além desses mirantes há uma série de paradas menores porém especiais. Vá com o olho atento e sempre que ver algo diferente, pare sem medo de ser feliz!

Isles in The Sky de 4×4

O Canyonlands tem muitas opções de trilha para quem dirige um 4×4, uma das mais tranquilas e populares do parque é a White Rim Road, uma viagem de 2 ou 3 dias (são 100 Km de trilha) por toda a part baixa do Island in The Sky. Para fazer essa viagem é necessário tirar uma permissão com antecedência. Veja detalhes da trilha aqui.

Trilhas do Canyons Lands

Mesa Arch:

1,1 Km | dificuldade: fácil | Tempo de trilha: 30 min

Canyonlands

Mesa Arch

A trilha mais popular do Canyonlands é um pouco mais lotada do que você gostaria, mas é um trilha relativamente fácil e com um final bem interessante. A trilha é bem sinalizada, as subidas são fáceis de encarar e o tal do Mesa Arch tem uma vista lindona para os Canyons.

Já falei mas vou repetir, quanto mais no final do dia, melhor a luz do Mesa Arch para suas fotografias. Pra quem puder ficar até mais tarde, o pôr do sol de lá é bem bonito.

Canyonlands

Detalhe da trilha para o Mesa Arch

Whale Rock:

1,28 Km | dificuldade: moderado| Tempo de trilha: pouco mais de uma hora

Canyonlands

Vista da Whale Rock

 

Whale Rock é uma pedra bem fotogênica com vistas bem interessantes do parque. A trilha é toda caprichada com pequenas flores e cactos, a subida é íngreme mas nada de outro mundo. Meus sogros fizeram sem nenhum problema em metade do tempo estimado.

Canyonlands

Whale Rock: sublinha fácil e vistas lindas

Upheaval Dome

1,6 Km (até o primeiro mirante) | dificuldade: moderado| Tempo de trilha: 45 min

Canyonlands

Upheaval Dome

 

Upheaval Dome é uma cratera enorme que não se sabe bem como foi formada. A cratera tem diversas camadas de minérios diferentes e bem bonitos. Essa é uma trilha bem democrática, quem quiser pode ir até o primeiro mirante (1,6 Km de caminhada) ou dar a volta inteira na cratera (a trilha muda de nome e passa a se chamar Syncline, a volta completa tem 13,3 Km e inclui pedaços mais difíceis de trilha primitiva. Nós fomos até o primeiro mirante, gostamos do que vimos e fomos embora felizes da vida ;).

Saiba mais sobre o Upheaval Dome aqui.

Grand View Point

3,2 Km (até o primeiro mirante) | dificuldade: fácil | Tempo de trilha: 1 hora e meia

Canyonlands

Hoodoos na Grand View Trail

Curtiu a vista do Grand View Point e quer continuar caminhando pela borda? Então essa trilha é para você. São 3,2 Km ida e volta com algumas das vistas mais marcantes do parque.

Gooseberry Canyon

8,6 Km  | dificuldade: difícil | Tempo de trilha: 4-6 horas

Pra quem tem disposição para caminhar bastante a graça é se aventurar canyon abaixo e curtir algumas das vistas mais lindas do parque. Gooseberry Canyon é uma das possibilidades (o parque tem algumas outras trilhas difíceis e lindas) e é um paredão vermelho e íngreme com vistas pra lá de especiais.

Veja aqui mais opções de trilhas no Canyonlands

Mountain Bike

Se você curte pedalar, vá preparado! O Canyonlands é um dos melhores lugares do mundo para fazer Mountain Bike. A maioria dos ciclistas se organiza em grupos e faz viagens de vários dias que incluem um carro 4×4 para dar suporte, mas passeios de um só dia também são comuns. Vale falar que as fontes de água no parque são bem limitadas e que é importante ir bem preparado.

Veja mapas das trilhas e mais detalhes sobre Mountain Bike no Canyonlands aqui.

A cidade de Moab oferece várias operadoras que alugam bicicleta e organizam pacotes de Mountain Bike. Veja aqui a lista dos operadores autorizados.

Outras atividades no Canyonlands:

Escalada: Os blocos de arenito do Isles in The Sky atraem vários grupos de alpinistas. Não é necessário nenhuma permissão especial para fazer escalada no Canyonlands, mas é preciso seguir a regras do parque. Veja mais detalhes aqui.

Observar estrelas: O Canyonands tem um dos céus mais bonitos dos Estados Unidos continental. Durante o verão, rangers do parque fazem um programa conjunto com o Dead Horse State Park e com o Arches National Park, e fazem noites de observação de estrelas guiadas com direito a telescópio. Veja detalhes e a programação aqui.

Dead horse Point State Park, uma vistas incrível do Canyonlads

Dead Horse State Park

Canyonlands visto do Dead Horse State Park

Bem pertinho do Canyonlands só que do outro lado do rio, há um parque estadual chamado Dead Horse Point (Ponto do cavalo morto), a entrada custa 10 dólares por carro e não está inclusa no passe de parques nacionais.

Qual a graça do Dead Horse? A vista! O parque fica bem em frente ao rio Colorado, num ponto lindo onde o Rio faz a curva. Em pouco mais de 1 hora (tem gente que faz em menos tempo) dá para visitar os principais mirantes do parque e se encantar com as vistas do deserto, dos canyons e do rio.

Dead Horse State Park

Vista do Dead Horse Point

Sugestão de roteiro

Eu se fosse você começaria pelo Dead Horse State Park, chegue cedo e você terá o parque vazio, vistas caprichadas e nenhuma dificuldade para estacionar. Terminada a visita siga para o Isles in the Sky. Comece fazendo a trilha Whale Rock. Se tiver disposição faça também a Upheaval Dome e na volta vá parando em cada um dos mirantes do parque. A última parada do seu dia deverá ser o Mesa Arch.

Canyonlands

Vistas do Grand View

Terminou cedo?

Encerre o dia com um drink gostoso em Moab ou aproveite o pique para curtir um pôr do sol no Arches National Park.

The Needles: Posts que podem te ajudar a programar a viagem

Como contei o The Needles acabou caindo da minha programação, achei que a volta era imensa para passarmos apenas meio dia no parque. Acho que fiz bem e sem dúvida nenhuma voltarei logo. Abaixo alguns posts que podem te ajudar a programar sua visita:

A) Site Oficial do Canyonlands: Aqui você encontra tudo sobre o The Needles.

B) Trilhas no The Needles: Veja todas as trilhas do parque aqui.

Enquanto pesquisava sobre a viagem fiquei com vontade de fazer a Slickrock (4Km – cerca de 2 horas) que deve ser uma delícia tanto a pé quanto de Mountain Bike. Eu também daria uma passadinha rápida na Cave Springs (1km – menos de 1 hora)para ver as pinturas rupestres (algo que eu SUPER curto). Outra trilha espetacular é a Big Spring to Squaw Canyon (12 Km) que te leva ao começo das agulhas que deram nome ao distrito. Mas quer saber mesmo meu “sonho de consumo”? Confluence Overlook (16,5 Km) o ponto onde os dois rios se encontram.

Ah, e na chegada ao parque, não deixe de parar na Newspaper Rock, para ver pinturas rupestres bonitonas

Enfim, trilha linda é o que não falta por lá.

C) Relatos que quem já foi:

Ideias de roteiro incluindo o Canyonlands

Roadtrip por Utah e Arizona

O Canyonlands pode ser combinado com uma Roadtrip pelos parques de Utah e do Arizona. Veja aqui meu roteiro completo.

Roadtrip pelos parques nacionais de Utah e Arizona

Nosso motorhome durante a passagem pelo Grand Canyon

Algumas das principais paradas desse roteiro:

Esticada em Moab

Moab é uma cidade bem gostosa para passar as férias, e usar de base para Explorar o Canyonlands e o Arches National Park e pode ser encaixada numa viagem de Ski por Salt Lake City (verique a condição das estradas).

Roadtrip pelos parques nacionais de Utah e Arizona

North Window no Arches National Park

E aí, curtiu o post?

Alguém aí já visitou o Canyonlands e quer dividir com a gente o que achou?

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

1 comment

Post a new comment

Veja também

A chegada em Hanoi, Vietnã

Texto e imagens: Karen Rozenbaum A chegada em Hanoi, no Vietnã, foi quase um choque cultural. De uma cidadezinha tranquila em Laos passo a uma ...