Valley of Fire: Um parque lindo pertinho de Las Vegas

24
Valley of Fire State Park

Rochas avermelhadas, trilhas incríveis, pinturas rupestres e muita natureza são alguns dos atrativos do Valley of Fire State Park, um parque maravilhoso e uma opção de bate e volta incrível para quem está em Las Vegas. Nesse post dividirei com vocês todos os detalhes desse passeio lindo. Vem comigo?

Valley of Fire: Um parque lindo pertinho de Las Vegas

O parque Valley of Fire  (em português Vale de Fogo) é uma dica incrível para quem quer fazer algo diferente, curtir as paisagens do deserto ou fugir um pouquinho da loucura de Las Vegas. Pertinho de Las Vegas, o parque tem uma variedade incrível de atrações que vão de pinturas rupestres (petróglifos), árvores petrificadas, montanhas avermelhadas, rochas multi-coloridas e até um slot canyon. Pra quem curte natureza, trilhas ou paisagens desérticas taí um passeio inesquecível.

Nesse post você encontra:

[Clique aqui para ir direto ao ponto, ou se preferir, leia o posto todo]

Highlights do passeio:

  • The Wave of Fire
  • White Domes
  • Elephant Rock
Valley of Fire

Cores da The Wave of Fire, uma das trilhas mais lindas do parque

O que visitar no Parque Valley of Fire State Park

Uma visita ao Valley of Fire combina dirigir por estradas cênicas lindas (a graça é dirigir devagar e parar para fotografar as diferentes paisagens) com pequenas trilhas e caminhadas. A dica é deixar a preguiça de lado e explorar as lindezas do parque. Abaixo uma descrição das paradas e trilhas mais bonitas do parque.

Principais paradas do Valley of Fire

Valley of Fire Road:

Essa é a estrada principal do parque que liga as entradas leste a oeste. São 16 Km de paisagens lindas. Para mim, o auge do passeio foi a estradinha tortuosa logo na entrada oeste do parque. Um verdadeiro choque de paisagem para quem vem de Las Vegas.

Valley of Fire State Park

Valley of Fire Road logo na entrada oeste do parque

As duas principais paradas são:

Beehives: Uma formação rochosa de arenito que lembra muito colmeias de abelhas fica logo na entrada do parque. Taí uma parada bem rápida e que rende fotos lindas.

Elephant Rock:A Elephant Rock fica na entrada leste do parque e é uma formação rochosa linda e hiper interessante. Para tirar fotos lindas a dica é subir até a parte de trás do elefante (e fotografar-lo do alto).

Valley of Fire

Elephant Rock – um dos principals cartões postais do Valley of Fire State Park

Outras paradas na Valley of Fire Road: Árvore petrificadas (Petrified Logs, há duas áreas com árvores petrificadas uma nos leste e outra no oeste do parque), Cabins (uma parte histórica do parque) e Seven Sisters (sete rochas irmãs).

Scenic Loop Road

Uma estradinha de 3,2 Km que liga a estrada central aos campings do Valley of Fire (as reservas devem ser feitas com antecedência) e tem algumas das formações rochosas mais lindas do parque. A graça é parar ao longo da estrada para fazer fotos e ir curtindo os pedaços mais lindos.

As duas principais paradas são

  • Arch Rock: Um arco natural lindo e bem pertinho da estrada. Para preservá-lo, é proibido subir no arco.
  • Atlatl Rock: uma rocha repleta de petróglifos interessantes. Um dos desenhos mais bacanas mostra o Atlatl, um pau que era usado pelos povos primitivos para atirar flechas, o Atlatl foi um percursores do arco e flecha. Pra quem curte pinturas rupestres taí uma parada incrível!

White Domes Road

A White Domes Road é onde estão as principais trilhas do parque e alguns dos cartões postais mais lindos do Valley of Fire. São pouco mais de 19 Km de paisagens lindas – vá devagar, curta as vistas e se tiver pique, faça as trilhas. Vale falar que além do ponto de início de cada trilha, a estrada tem dois estacionamentos adicionais (P1 e P2) que podem ser usados de contingência caso o parque esteja cheio. Quanto mais cedo você chegar, maiores as chances de conseguir estacionar na frente da trilha que você deseja fazer.

Valley of Fire State Park

Erosão fotogênica na trilha White Domes

Fire Canyon Road

Essa é uma estradinha bem pequena que leva até o mirante do Fire Canyon Road. Desse ponto você terá vistas bem bonitas das montanhas coloridas (Rainbow Mountains) e do Lake Mead. É algo tão rapidinho que vale a pena incluir no seu itinerário.

Valley of Fire

Lake Mead visto do Fire Canyon Road

Principais trilhas do Valley of Fire:

Fire Wave:

  • Distância: 2,4 Km
  • Tempo médio de trilha: 1 hora
  • Dificuldade: Fácil
  • Ponto de partida: Estacionamento P3 (do lado oposto da rodovia)
  • Atenção: Comece cedo! A trilha não tem sombra e por isso não é recomendada em dias de sol intenso.

The Fire Wave (a onda de fogo) é um conjunto de rochas com tons avermelhados e que formam figuras onduladas, um verdadeiro playground pra quem curte fotografar.

Valley of Fire State Park

The Fire Wave

Para chegar a onda você percorrerá um trajeto lindo repleto de montanhas coloridas e uma vegetação bem especial. Essa foi a trilha que me trouxe ao parque, fiquei encantada com as fotos da Alê Fratus do Tô pensando em viajar e tive que inclui-lo no roteiro da viagem. E quer saber? Adorei o que vi e recomendo a caminhada.

Valley of Fire State Park

A caminha do Wave of Fire

White Domes:

  • Distância: 2 Km
  • Tempo médio de trilha: 45 minutos
  • Dificuldade: Fácil
  • Ponto de partida: Estacionamento do White Domes – ponto final da rodovia
  • Estrutura: Esse estacionamento tem banheiros químicos e mesas de piquenique

Não sei se gostei mais da Fire Wave, ou do White Domes, um circuito delicioso de caminhar, repleto de rochas multi coloridas (aqui, além de rochas avermelhadas você encontrará tons de amarelo e roxo), e um slot cânion.

Valley of Fire

Rochas coloridas do White Domes

As pedras do início da trilha são fáceis de escalar e rendem fotos lindas. Depois disso há uma descida bem fotogênica que leva até um antigo set de filmagem, o Valley of Fire serviu de cenário para a gravação de uma série de filmes antigos, e o que sobrou do set virou um belo pedaço da trilha.

Valley of Fire State Park

Antigo set de filmagem

A próxima parada interessante é o Slot Canyon (um cânion estreito formado pela força das águas da chuva, sabe os famosos Antelope Canyon? Mesmo conceito!).

Valley of Fire State Park

Slot Canyon

E pra fechar tem esse pequeno arco natural que rende fotos lindas. Curti muito a trilha.

Valley of Fire

Pequeno arco natural na trilha White Domes

Rainbow Vista

  • Distância: 1,6 Km
  • Tempo médio de trilha: ~25 minutos
  • Dificuldade: Fácil
  • Ponto de partida: Estacionamento do Rainbow Vista

Esse é um ponto lindo para ver e fotografar o parque e as montanhas coloridas. Tive que escolher entre Rainbow vista e Mouse Tank e acabei optando pelo Mouse Tank.

Valley of Fire

Rainbow Mountains visto do Fire Canyon Road

Mouse Tank

  • Distância: 1,2 Km
  • Tempo médio de trilha: ~25 minutos
  • Dificuldade: Fácil
  • Ponto de partida: Estacionamento do Mouse Tank

Uma trilha fácil, rápida e que combina rochas repleta de petróglifos bem conservados com uma pequena bacia natural que recolhe água da chuva. Uma espécie de pequena piscina no deserto. A trilha tem esse nome estranho em homenagem a um criminoso que usava a área de esconderijo em 1890, total coisa de velho oeste, não? Essa é uma trilha bem família, criançada estava se divertindo brincando de procurar os petróglifos e de subir nas pedras.

Valley of Fire

Reservatório de água na trilha Mouse’s Tank

Valley of Fire

Petróglifos

E pra fechar a trilha há esse pequeno arco natural vermelhíssimo!

 Valley of Fire

Arco em Mouse’s Tank

E antes que você me pergunte…

 O Valley of Fire é parecido com o Grand Canyon?

Não. Apesar dos dois parques serem desérticos, eles são completamente diferentes. Quem comparou os dois parque – e infelizmente vi essa comparação uma uma dezenas de blogs de viagem – certamente não conhece os parques.

Valley of Fire

O Valley of Fire não tem nada a ver com o Grand Canyon, mas não dá pra negar que é lindo!

Mas vale a pena visitar?

Sem dúvida, o parque é maravilhoso, e muito mais perto de Las Vegas. Tenho certeza que você vai curtir muito o seu dia e tirar fotos lindas!

Sugestão de roteiro de 1 dia pelo Valley of Fire

Essa é uma sugestão de roteiro para quem planeja passar o dia no Valley of Fire. Se você tem menos tempo, veja a distância das trilhas e opte pela que você gostar mais.

Chegando pela West Entrance comece percorrendo o Scenic Loop e faça paradas estratégicas no Arch Rock (um arco natural lindão e que fica coladinho na estrada) e na Atlatl Rock (uma rocha repleta de petróglifos).

Dali siga para o centro de visitantes (aberto das 8:30 às 16:30) que além de banheiros limpos e rangers bem informados tem uma exibição rápida sobre a fauna, flora e a geologia do local.

Valley of Fire

Chegada no centro de visitantes do Valley of Fire

Vale falar que as rochas em frente ao centro de visitantes esburacadas merecem ser escaladas e rendem fotos divertidas!

Valley of Fire

Brincando na rocha em frente ao centro de visitantes

A primeira trilha do dia é a The Fire Wave (2,4 Km), uma formações rochosa avermelhada e super fotogênica que lembra ondas de fogo. Um dos cantinhos mais incríveis do parque.

Valley of Fire State Park

The Fire Wave

Nossa segunda trilha, no final da estrada é a White Domes (2 Km) um loop bem bonito com rochas coloridas, um slot cânion e ruínas de um antigo set de filmagem.

 Valley of Fire State Park

Trilha White Domes

 Valley of Fire

Slot Cânion

Para tirar algumas fotos bem lindas da paisagem e das montanhas coloridas de Rainbow Vista (sem precisar caminhar) a dica é percorrer a Fire Canyon Road. O trajeto é rapidinho e vale pelas fotos.

Aguenta mais uma trilha? Tanto Rainbow vista (1,6 Km) quanto Mouse’s Tank (800 metros) são boas pedidas. Pra quem tem que escolher um deles, Mouse’s Tank repleto de petróglifos é uma opção mais diferente do que você já viu.

Valley of Fire

Trilha Mouse’s Tank

E pra fechar o passeio vale dar uma passadinha no Elephant Rock, um dos principais cartões postais do parque e que fica na saída Leste do parque. (Essa saída fica há 10Km do Lake Mead, uma opção bacana pra quem quiser continuar o passeio).

Valley of Fire

Elephant Rock

Vai voltar para Las Vegas e tem tempo sobrando? Dê uma paradinha nas Beehives (rochas lindas que lembram colmeias) e nas árvores petrificadas (Petrified Logs).

Como chegar?

O Valley of Fire State Park fica há pouco menos de uma hora de Las Vegas. Para chegar ao parque você precisa alugar um carro ou contratar um tour.

Pra quem planeja dirigir: Pode ir tranquilo que a estrada é ótima e a mudança de paisagem é bem interessante. Chegando no parque prepare a câmera pois as paisagens são lindas desde a chegada.

Detalhes da viagem:

  • Distâncias de Las Vegas: 78 Km
  • Tempo de viagem: 52 Min

Veja o trajeto no Google Maps

Dicas para visitar o Valley of Fire

Horários de funcionamento

  • Horários de funcionamento do parque: O parque funciona todos os dias do ano do nascer ao pôr do sol | locais de camping acessíveis 24 horas por dia
  • Horários do centro de visitantes: 8:30 às 16:30

Ingresso no parque

  • Entrada: $10 por carro | O passe de parques nacionais não é válido nos parques estaduais de Nevada

Quando visitar?

Como todo parque desértico o Valley of Fire State Park é um lugar de extremos. Os invernos frios (no ápice do inverno as temperaturas podem chegar a zero), verões escaldantes com temperaturas que geralmente ultrapassam os 38 graus (nos dias mais quentes, a temperatura chega aos 49 graus – e acredite, você não quer estar por lá nesses dias ;)) e outonos e primaveras muito agradáveis. Assim, os melhores meses para visitar o Valley of Fire State Park são abril, maio, setembro e outubro.

Vale falar também que a variação de temperatura do manhã para a tarde é imensa e que independentemente da estação do no é sempre bom levar um casaco. Vai que esfria!

Valley of Fire

Vegetação do Valley of Fire

Sinal de Internet

O sinal de internet é BEM limitado no parque. As áreas com mais chance de recepções são as duas entradas do parque e na área do White Domes. De qualquer forma, esteja preparado para passar o dia sem sinal de internet.

Comida & Bebidas

O centro de visitantes do Valley of Fire State Park tem um bebedouro e uma máquina de refrigerantes. Não há nenhum tipo de comida a venda. Leve um lanche reforçado e capriche na quantidade d’água.

Vá preparado: roupas, calçados

Tênis reforçado (de preferência um próprio para trilha), chapéu e protetor solar são itens indispensáveis para curtir sua visita ao máximo. Leve a câmera (ou o telefone celular) carregados porque você vai querer tirar muitas fotos. E não se esqueça de beber muita água!

Chegue cedo

Devido a distância de Las Vegas, o Valley of Fire é um parque bem popular. Para aproveitar as trilhas e atrações sem muita gente (e antes do sol ficar forte pra valer) a dica é sair de Las Vegas BEM cedo e curtir o parque sem muvuca! Quanto antes você chegar, mais você irá aproveitar!

Valley of Fire

Paisagem do Valley of Fire

Outros bate e voltas incríveis pra quem está em Las Vegas

A região de Las Vegas tem um montão de opções de parques bacanas, e viagens interessantes de uma dia:

Pertinho de Las Vegas

Hoover Dam - Las Vegas

Hoover Dam – Las Vegas

Opções lindas um pouquinho mais longe

Death Valley - Califórnia

Death Valley National Park

E o Grand Canyon? A borda sul do Grand Canyon fica um pouco longe de mais de Las Vegas, são 8 horas de viagem (4 pra ir e 4 pra voltar), a viagem é muito pesada e eu não recomendo faze-la em um dia só (até escrevi um post sobre isso chamado que dá, dá, mas será que precisa?) Se você quiser muito ir ao Grand Canyon vale cacifar um vôo de jatinho ou se contentar com a borda Oestem que fica bem mais perto de Las Vegas e pode ser acessada de carro ou de helicóptero.


Já reservou hotel em Las Vegas

Alguns hotéis que recomendamos:

Hotéis com bom custo benefício em Las Vegas

  • MGM GrandO maior hotel de Vegas tem um custo benefício excelente
  • The Linq: Novinho e com um centro de entretenimento descolado
  • Flaminco: Bacana, reformadinho e em frente ao centro de entretenimento do The Linq.
  • Monte Carlo: Um ótimo custo benefício e muito bem conectado.

Vale ficar ligado

Dois hotéis que eu adoro a vibe são o Paris e o New York New YorkEles geralmente custam um pouquinho mais caro que os hotéis acima, mas são bem divertidos.

Quer um hotel top?

E pra quem quer um hotel incrível, Mandarin OrientalWynnBellagio e Aria são excelentes opções.

Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!


O Valley of Fire State Park já estava na minha lista há algum tempo, mas depois de ler os relatos da Ale Fratus do blog Tô Pensando em Viajar, tratei de logo incluí-lo no roteiro! Obrigada Alê querida pelos posts lindos e pela dica acertadíssima!


About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

24 comments

  1. Klécia 10 fevereiro, 2017 at 13:25 Responder

    Essa região ao redor de Vegas é um arraso! Não canso de olhar as paisagens, as fotos, e cada vez mais me dá um desespero do “tenho que ir aí, urgente!’ hahah Mais um post incrível de vocês sobre essa região e eu tô anotando tudo pra quando chegar minha vez 😀

    • mari vidigal 10 fevereiro, 2017 at 18:28 Responder

      Total Klécia,
      Vale MUITO a pena explorar os desertos norte americanos. Já fizemos duas viagens grandes (e várias pequenas) e toda vez que volto sinto que faltou conhecer algo. 🙁
      Beijos e obrigada pela visita

  2. Simone Hara 10 fevereiro, 2017 at 06:04 Responder

    Nas duas vezes que estive em Las vegas cogitamos ir nesse parque mas acabamos desistindo e encaixando outros passeios. Agora vendo tuas fotos me arrependo um bocado. É lindo! Mas nada que uma terceira visita à Las Vegas não resolva, né? hahaha Olha eu inventando desculpa pra viajar!

Post a new comment

Veja também