Columbia Icefield Glacier Adventure: uma aventura pela geleira Athabasca

2
Icefields Parkway

Veja todos os detalhes da Columbia Icefield Glacier Adventure, uma aventura pela geleira Athabasca a bordo do Ice Explorer. Uma oportunidade incrível de pisar numa geleira, e andar num ônibus pra lá de especial. Vamos nessa?

Columbia Icefield Glacier Adventure: uma aventura pela geleira Athabasca

O passeio: Glacier Adventure + Glacier Skywalk

O passeio começa a bordo de um ônibus comum que irá levar os passageiros do Centro de visitantes ao pé da geleira. Chegando na geleira é hora de trocar para o Ice Explorer, um ônibus gigante com rodas parrudas especialmente projetadas para aguentar o gelo e os 34 graus de inclinação do trajeto. Ao chegar na geleira os visitantes podem caminhar, tirar fotos e os mais corajosos até experimentam uns goles de água direto de geleira. Depois do passeio é hora de voltar ao Ice Explorer até o ponto de início, e de lá seguir de ônibus até a passarela do Skywalk.

Além da experiência na geleira o passeio inclui a Glacier Skywalk, uma passarela de 1 Km com vistas lindas da região. O pedaço mais especial dessa passarela é todo de vidro e as vistas são realmente especiais. De uns anos pra cá não dá mais para comprar a experiência no geleira sem levar o Skywalk junto, quem quiser pode até optar por não fazer o passeio na passarela, mas quer saber? Já que você já está por lá, vale dar um giro rápido!

A experiência:

O Columbia Icefield Glacier Adventure começa  no centro de visitantes do Columbia Glacier (52.219781, -117.228220), um conjunto de 6 geleiras, sendo que a mais famosa delas, a geleira Athabasca pode ser visitada. O centro de visitantes tem uma lanchonete/café com opções sem graça e um terraço com vistas lindas do conjunto de geleiras, vale tirar um ou duas fotos de lá antes do início da visita.

Icefield Glacier Adventure

Uma das geleiras do Columbia Ice Fields

Icefield Glacier Adventure

Geleira Athabasca vista do centro de visitantes

Columbia Icefield Glacier Adventure

Aproveitando a espera pra fotografar

Do centro de visitantes ao pé da montanha

Cerca de 10 minutos antes do passeio, começa o embarque aos ônibus comuns que levam os passageiros do centro de visitantes ao pé da geleira. A motorista simpática usa os 15 minutos de viagem para descontrair e contar algumas curiosidades sobre a região. Ao chegar no pé do Geleira o ônibus estaciona numa vaga com números, e poucos minutos depois chegam os Ice Explorers e estacionam do outro lado dessas vagas, o ônibus chega cheio, desembarca e os passageiros já sobem no ônibus correspondente: ou no Ice Explorer ou no ônibus comum. A organização é ótima e super eficiente.

Hora de embarcar no Ice Explorer

Depois de três minutos de frustração por descobrir que nosso ônibus era o único totalmente branco no pedaço (todos os outros tinham estampas lindas do Canadá) tratei de me concentrar na parte bacana da experiência: “Olha só o tamanho das rodas” – apontei para uma das rodas gigantes do busão, e me senti pequena diante da gracinha. Cada uma dessas rodas custa cerca de 50 mil dólares, e que saber? Na hora de descer uma super ladeira com 34 graus de inclinação no gelo, ficou bem claro porque cada uma delas era TÃO importante.

Columbia Icefield Glacier Adventure

Rodas gigantes do Ice Explorer e eu

Para subir no Ice Explorer é preciso encarar 4 degraus estilo aeronave (sabe essas escadas que entram e saem, e são super inclinadas?) e o motorista dá uma forcinha pra quem não dá conta do recado. O lado interno no ônibus tem um monte de janelas, o que é bem bacana na hora de subir e descer pra geleira e deixa a experiência bem especial.

Columbia Icefield Glacier Adventure

Escadinha do Ice Explorer

A subida e a descida

Todos sentados, hora de embarcar. O motorista engraçadinho logo perguntou: Querem ver o quanto essa gracinha corre? Os mais animados concordaram e ele botou o Ice Explorer para “correr” – 15 Km por hora! Com tanta estrutura e tanto pedem para encarar as condições adversas da geleira, não era de se esperar que o ônibus fosse lento. A viagem começa com uma grande subida, nesse ponto vimos algumas cabras da montanha que segundo o nosso motorista são muito comuns por lá. Ele nos contou que poucos animais conseguem suportar as condições adversas da vida na geleira, e que a cabra é o mais social delas. Elas parecem não se incomodar com os humanos e muitas vezes chegam incrivelmente perto, ele também nos contou que os primos “Bodes da montanha” eram mais anti-sociais e que dificilmente teríamos a sorte de ver um deles de perto.

Columbia Icefield Glacier Adventure

A descida, não sei se dá pra reparar na inclinação, mas é bem impressionante

Columbia Icefield Glacier Adventure

E olha só o visual da geleira

Chegou a hora de descer a geleira, o motorista nos mandou apertar o cintos de segurança ( E que disse que tem cinto no Ice Explorer?) e em seguida começou a descer a geleira vagarosamente. Fiquei de olho na janelinha e fui curtindo a paisagem: pilhas de neve dos dois lados da estrada, e muita neve degelando dos dois lados. Ver o degelo tão de perto é muito impressionante e ao mesmo tempo um pouco triste, cada ano que passa o Athabasca Glacier fica um pouco menor. Não dá pra acreditar que tem gente que ainda não acredite em aquecimento global!

Icefields Parkway

Marcas de roda na geleira derretendo

Columbia Icefield Glacier Adventure

Rio de neve derretida, no auge do verão fica ainda maior

Columbia Icefield Glacier Adventure

E olha só a pilha de gelo em relação ao ônibus

Columbia Icefield Glacier Adventure

Chegando na geleira, uma mar de tonalidades de gelo azul

Columbia Icefield Glacier Adventure

Geleira vista de pertinho

Pisando na Geleira

Momentos depois chegamos a geleira, e tivemos 15 minutos para caminhar por lá. Fiquei um pouco desapontada que a área de caminhada era muito, mas muito pequena e estava toda esburacada pela presença dos Ice Explorerers, acho que para ter o contato que eu esperava com uma geleira terei que ir para a Patagônia ou para a Nova Zelândia, mas não dá para negar que é legal pra caramba, e que as cores do gelo são maravilhosas.

Icefields Parkway3

Nosso ônibus branco durante a parada na geleira

Columbia Icefield Glacier Adventure

Gu, Tom e a Geleira

A volta

Passeamos um pouco, tiramos um par de fotos e voltamos para o ônibus, dessa vez fui esperta e peguei um lugar na primeira cadeira, o que foi bacana para vermos o Ice Explorer trabalhar de verdade. De volta ao pé da geleira, trocamos para os ônibus comuns se seguimos para o Glacier Skywalk, demos a sorte de ver uma ursa mãe e seu filhote passeando pela beira da estrada (e um monte de turistas sem noção bem mais perto do urso do que deveriam. Por mais que seja muito legal tirar um foto do urso de perto, isso é algo perigoso tanto para você quanto para o urso. O urso que acaba se acostumando com humanos eventualmente se torna perigoso e precisa ser morto pelos rangers. A dica é respeitabilidades-los como animais selvagens e olha-los do carro mesmo.

Icefields Parkway

Mãe ursa na beira da estrada. Como ursos não são comuns nessa região, a coitada provavelmente estava perdida

Glacier Skywalk

Confesso que tinha um pé SUPER atrás com o Glacier Skywalk e que só fui porque estava incluído no pacote, e não é que gostei? O trajeto tem 1 Km e quer quiser pode pegar um audio guia que conta um pouco de curiosidades locais, ao longo do trajeto você verá as geleiras (de longe), uma cachoeira e a vegetação daquela região que é toda linda.

Glacier Skywalk

Glacier Skywalk 1 Km de paisagens lindas

Glacier Skywalk

E olha só o visual

Glacier Skywalk

O principal pedaço de passarela é de vidro, e quem tem medo de altura não vai achar tanta graça da experiência – O Gu, por exemplo, evitou olhar pra baixo.

Icefields Parkway

Parte de vidro da Glacier Skywalk

Columbia Icefield Glacier Adventure

Pra tentar te dar uma dimensão da passarela e do penhasco

Eu que amo altura fiquei curtindo as vistas e quase virei uma cambalhota de alegria quando me mostraram uma dupla de Bodes da montanha (Mountain Goat) passando lá por baixo.

Glacier Skywalk

Curtindo a altura do Glacier Skywalk

Eu estava louca para ver um Goat de perto, e fiquei encantada com a experiência.

Icefields Parkway3

Mountain Goat: uma das emoções do dia

[As pessoas levam em torno de meia hora passeando por ali, nós fizemos em 15 minutos e foi mais que suficiente!]

De volta ao centro de visitantes do Columbia Icefield, pegamos o carro e seguimos para Jasper com poucos paradas. Já era tarde e queríamos chegar na cidade e dar algo para o Tom comer antes dele ficar hiper cansado.

E vale a pena fazer o Columbia Icefield Glacier Adventure?

Nós achamos o passeio super diferente e amamos pisar em uma geleira. Não classifico o passeio como o momento mais especial da Icefields Parway, mas gostei muito da experiência e faria de novo. Em resumo: gostei e recomendo o passeio, mas também recomendo que você se planeje um pouco melhor do que nós e reserve seus horários com antecedência para não ficar um tempão esperando como nós esperamos. E claro, o Skywalk foi um belo bônus ao passeio e superou nossas expectativas.

E vale a pena fazer somente o Glacier Skywalk?

Muita gente que não tem tempo, ou não consegue ingresso para o Columbia Icefield Glacier Adventure opta por fazer somente o Glacier Skywalk, e eu confesso que não faria. Achei o passeio bonito e amei a chance de ter visto os Goats, mas acho que a Icefields tem paradas infinitamente mais interessantes que a passarela, e que não investiria meu tempo alí. Mas pra quem compra o combo, acho que vale a pena dar uma passadinha sim!

Icefields Parkway

Parte de vidro do Glacier Skywalk

Dá para fazer esse passeio com crianças pequenas ou bebês?

Sem dúvida! Nós fizemos o passeio com o baby Antonio que na época da viagem tinha 11 meses e dormiu durante quase todo o trajeto, mas as crianças um pouco maiores ficam loucas pelo ônibus gigante do passeio, o Ice Explorer, e super animadas com a aventura e a chance de pisar na geleira.

O que vestir?

Minha grande dúvida antes da viagem era: será que faz muito frio na geleira? Empacotei o pequeno com gorro e casaco de esqui, e o GU e eu colocamos um casaco mais grossinho, mas nada especial pra neve. Chegando no centro de informantes nós perguntamos se era muito frio da geleira e a moça nos explicou que a variação da temperatura da geleira para o centro de visitantes era de 3 ou 4 graus, nada que um casaquinho a mais não resolva, ela explicou. E foi exatamente o que fizemos.

Vá com um bom tênis ou bota de trilha

Agora uma dica importante para quem fazer este passeio é o calçado: Vá com algo fechado (afinal, você vai pisar em gelo) e de preferência com um bom solado. Durante a parada na geleira, eu que estava com botas caprichadas de trilha, sem querer pisei num buraco e afundei todo o meu pé no gelo. Gelado pacas, mas a bota me salvou de uma eventual torção no pé.

Planeje sua viagem

Reserve com antecedência

O Columbia Icefield Glacier Adventure é uma das aventuras mais disputadas da região e por isso costuma lotar rápido. Se você viaja durante a alta temporada: Junho, Julho, Agosto e finais de semana de setembro, a dica é comprar seu passeio e reservar horário com antecedência. Nós não reservamos e por muito pouco não ficamos sem o passeio. Isso sem falar na hora inteirinha que tivemos que esperar no centro de visitantes, uma perda de tempo danada! Eu se fosse você, se planejaria melhor e reservaria.

Vá com tempo

O Passeio completo: Passeio na geleira Athabasca de Ice Explorer + passeio pelo Glaciar Sky Walk leva cerca de 3 horas. A dica é ir sem pressa, e curtir cada segundo do passeio como ele merece ser curtido. Para nós as 3 horas no final do dia foram um pouco pesadas por causa do horário de dormir do Tom, mas assim que ele capotou no colo do Gu respiramos aliviados e curtimos o passeio. Como nosso passeio ficou para o final do dia, tivemos que seguir para Jasper direto e com poucas paradas na Icefields Parkway, o que foi uma pena, mas ainda assim achamos que valeu a pena.

Como chegar?

A Columbia Icefield Glacier Adventure começa no centro de visitantes do Columbia Ice Field, cerca de 2 horas e meia de Banff e 1 hora de Jasper pela Icefields Parway, uma das estradas mais lindas do Canadá. E como essa é uma viagem pra fazer devagarinho e sem medo de ser feliz, a dica é reservar seu ingresso para depois do meio dia.

Veja localização exata no mapa:

Quanto custa? (Preços de 2017)

  • Adultos 16+: 94 dólares canadenses
  • Crianças 6 – 16 anos : 47 dólares canadenses
  • Menores de 5 anos: grátis

Confira os preços atualizados aqui.

Dica: 10% de desconto para ingressos comprados com 48 horas de antecedência!

Horários de funcionamento (2017)

O Glacier Adventure é uma aventura sazonal e funciona apenas nos meses mais quentes do ano, em geral de maio à meados de outubro

  • De maio à 3 de setembro: 9:00 às 18:00
  • De 4 de setembro à 1 de outubro: 10:00 às 17:00
  • de 2 à 15 de outubro das 10:00 às 16:00

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

2 comments

Post a new comment

Veja também

Ideias na mala no Flipboard

Você sabia que o Ideias na Mala tem uma revista no Flipboard? Com ela você poderá acompanhar todas as novidades, compartilhar seus posts preferidos e ...