Duomo de Milão e a subida nos telhados

O Duomo de Milão é uma das igrejas mais lindas do mundo. Nesse post, detalhes da subida aos telhados da catedral com vistas privilegiadas das estátuas e da cidade de Milão. Vem comigo?

Minha segunda “passada” por Milão

Milão entrou no meu roteiro por acaso, mais uma vez. Seria minha segunda visita a cidade, uma passagem rápida para cruzar a fronteira rumo à Suíça. Cheguei sabendo duas coisas: a primeira é que eu PRECISAVA revisitar o Duomo (a lindíssima catedral de Milão) e a segunda é que eu sairia de Milão com muita pena de não ter ficado mais tempo (#EscolhasDessaVidadeViajante).

Duomo de Milão
Fachada do Duomo de Milão

Vista a catedral

Tive uma manhã para explorar a cidade, e como meu hotel ficava bem pertinho da Piazza del Duomo, deu para aproveitar bastante. A Catedral de Milão (Catedral de Santa Maria Nascente) abre às 8:00 da matina, mas os telhados e os museus abrem às 9:00 da manhã. Assim, cheguei na catedral às 8:15 fiquei uns dez minutos admirando a fachada que é linda e é a cara de Milão e comprei meu ingresso (Catedral de elevador + telhados +museu = 15 Euros – veja outras opções de ingresso no final desse post).

Duomo de Milão
Detalhe do Duomo de Milão

Lá dentro, fiquei meia horinha admirando a parte interior do Duomo de Milão – que apesar de um pouco escuro a primeira vista, é ornamentada do teto ao chão e está repleto de detalhes impressionantes. Destaque para os vitrais coloridos – retirados do Duomo para não sofrerem bombardeios durante a segunda guerra mundial, e para a luzinha vermelha na parte superior do altar marcada por um arco, é ali que a grande relíquia da igreja, uma das unhas de Jesus Cristo fica guardada.

Duomo de Milão
Parte Interna do Duomo de Milão
Duomo de Milão
Relevos no teto do Duomo
Duomo de Milão
Vitral principal do Duomo de Milão

E como curiosidade…

O Duomo de Milão é a quinta maior igreja do Mundo e a que possui a maior quantidade de estátuas: são  3,400 estátuas 135 gárgulas e 700 figuras. O Duomo começou a ser construído em 1386 e terminou quase 500 anos mais tarde, as pressas, para receber a nada modesta auto-coroação de Napoleão.

Veja mais detalhes sobre o Duomo de Milão (em inglês) neste site.

Os telhados do Duomo de Milão

Depois de namorar a parte interna do Duomo de Milão e tirar dezenas de fotos, segui para o foco do passeio, e um dos lugares que eu mais tinha vontade de revisitar: Os telhados do Duomo de Milão. Nos parágrafos à seguir descrevo de forma bem visual como é a visita aos telhados, e porque você deveria incluir esse passeio em seu roteiro de Milão. Vem comigo?

Duomo de Milão
Telhados do Duomo de Milão

A subida

A subida nos telhados do Duomo de Milão é feita pela lateral esquerda externa do prédio. Há duas entradas separadas, uma para quem sobe de escada e outra para quem sobe de elevador. Como a subida de escada é toda fechada e sem vista nenhuma, só recomendo pra quem estiver muito curto de budget (a diferença no preço é de apenas 3 euros) ou caso a fila do elevador esteja muito grande. De elevador a subida leva menos de 1 minuto e quando você menos perceber chegará em um dos cantinhos mais especiais de Milão.

Ornamentos e detalhes, um show visual

Após a subida, siga pelo pequeno corredor apertado que liga a parte maior superior das varandas, de onde você terá as vistas mais bonitas. No caminho repare na composição dos degraus e no conjunto de elementos que formam cada uma das extremidades e pontas da igreja. O nível de detalhes e a perfeição de cada uma das esculturas é inacreditável.

Duomo de Milão
Ornamentos & estátuas no Duomo de Milão
Duomo de Milão
Impressionante a quantidade e o nível de detalhes
Duomo de Milão
Flores esculpidas por todos os cantos

Repare nas gárgulas magrelas acompanhadas de pequenos soldados e nas flores e folhas que formam as colunas. E por fim, perca-se nas pontas e mais pontas e nos pequenos santos espalhados por todos os lados. É lá do alto a catedral de Milão mostra toda sua elegância, e que você finalmente terá a chance de contemplá-la como ela merece ser contemplada.

Duomo de Milão
Gárgulas
Duomo de Milão
Estátuas dividem a cena com gárgulas
Duomo de Milão
E lá no alto, dezenas de santinhos
Duomo de Milão
Corredor nos telhados do Duomo
Duomo de Milão
E é só olhar pro alto que mais detalhes e mais cenas lindas aparecem

Duomo de Milão

Passado o primeiro corredor hiper mal sinalizado, um conjunto de portas seguido de uma escada te leva a parte mais alta dos telhados. Essa parte do telhado está sendo reformada, mas não chega a atrapalhar a vista (mas sim atrapalha um pouquinho as fotos).

Duomo de Milão
E olha só quem eu encontrei no caminho!

Madonnina di Perego

A santinha dourada na parte mais alta da igreja é uma das aparições de virgem Maria, ” Madonnina di Perego” ou Santa Marina Nascente, a padroeira da cidade. É aqui que os habitantes vem bater um papo com a santa, agradecer e fazer pedidos. Na extremidade oposta a santa há uma espécie de uma escadinha de concreto. Aproveite para sentar um pouquinho, relaxar, pensar, e se você quiser, agradecer pela chance de visitar um lugar tão lindo.

Duomo de Milão
No alto em dourado a Madonnina di Perego
Duomo de Milão
Curses decoram a parte mais alto do Duomo
Duomo de Milão
Aqui da para ver bem que parte da igreja está sendo restaurada

Esculturas modernas

Lembra que eu falei no começo do post que essa é a minha segunda visita aos telhados? Desses 10 anos que intercalaram as visitas muita coisa mudou. Várias áreas que eram abertas foram cobertas com grades feias (talvez para evitar impulsos suicidas?), e uma série de esculturas modernistas – que cá entre nós tem ZERO a ver com o estilo e a arquitetura da igreja – foram colocadas nos telhados. Achei uma péssima ideia, mas já que não dá para tirar essas esquisitices de lá, o jeito é aproveitá-las e transformá-las em fotografias. A última grande mudança que notei foi a no skyline da cidade, vários prédios novos no pedaço!

Duomo de Milão
Escultura moderna no alto do Duomo
Duomo de Milão
Contraste entre velho e novo
Duomo de Milão
Reflexos na escultura moderna

Vistas de Milão

E falando em Skyline, outro ponto alto da subida é a vista da cidade, especialmente da galeria Victorio Emmanuele e da Praça do Duomo. Lá do alto você terá uma panorâmica bem interessante da cidade e seus arredores. Adoro.

Duomo de Milão
Terraços do Duomo e a cidade de Milão
Duomo de Milão
Galeria Victoria Emmanuelle vista do alto do Duomo
Duomo de Milão
Piazza do Duomo vista do alto

A Galeria Victoria Emanuelle tem um passeio panorâmico chamado The High Line, uma passarela suspensa com vistas da cidade. Achei a vista bem parecida com a do Duomo, e os 12 Euros salgados por “mais do mesmo”. Mas fica a dica para quem quiser visitar.  Veja os relatos com fotos do pessoal do Guia de Milão nesse post.

E para terminar minha visita.

Como ainda tinha um tempinho antes da saída do meu trem, ignorei o museu da igreja (que já estava pago, mas fazer o que?!) e fui direto pra o Castelo de Milão. Tive meia horinha para passear e bater fotos, na próxima ida a Milão, prometo que farei uma visita mais completa.

Detalhes práticos da subida ao Duomo de Milão:

Ingressos:

  • Telhados do Duomo de elevador + Museu + Catedral: 15 Euros
  • Telhados Duomo de escada + Museu + Catedral: 11 Euros
  • Somente os Telhados de elevador: 13 Euros
  • Somente os telhados de escada: 8 euros
  • Catedral + Museu: 2 Euros

Horários de funcionamento:

  • Catedral: Das 8:00 às 19:00
  • Terraços: 9:00 às 19:00 (Bilheteria fecha às 18:00)
  • Cripta (dentro da catedral): Das 9:30 às 17:30
  • Museu & igreja de San Gotardo: Das 10:00 às 18:00

Dica: Para curtir os telhados vazios e tirar fotos mais caprichada, chegue às 9:00 da matina.

Atenção: Não é permitida a entrada n0a Catedral de shorts ou regata.

E aí curtiu a dica?

Alguém aí já visitou o Duomo de Milão e quer dividir com a gente o que achou?

Veja também – Outros posts do Ideias na Mala na Itália

Milão:

Florença

Roma

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!
[instagram-feed]

Planeje sua viagem

Comentários (14)

[…] com o Duomo pela primeira vez. Já havia visto e me encantado com o Vaticano, me apaixonado pelo Duomo de Milão e pela catedral de San Marco em Veneza, mas não estava preparada nem para as cores e nem para o […]

Ola, mari.

Quanto tempo durou a sua visita a Duomo?
Terei apenas a parte da manha, antes que o meu trem parta para Verona.

Adorei as dicas.

Beijos

Oi Stephanie,
Com uma manhã dá fácil para fazer!
Beijos

[…] com o Duomo pela primeira vez. Já havia visto e me encantado com o Vaticano, me apaixonado pelo Duomo de Milão e pela catedral de San Marco em Veneza, mas não estava preparada nem para as cores e nem para o […]

Mari, adorei a visita aos telhados do Duomo. Obrigada por essa oportunidade de rever tão de pertinho todos os detalhes. Beijos.

Oi Isa,
Obrigada pela visita!
Eu tbm amo o Duomo de paixão!
Aliás, adoraria publicar o roteiro e as dicas de vcs aqui no blog. Topam uma entrevista?
Beijos

Deixe o seu comentário