Blogagem Coletiva: Volte Sempre ou nunca mais

4

Hoje foi um dia de blogagem simultânea . Tudo começou num papo por Twitter entre a Claudia Beatriz, a Natalie, a Carina, a Patricia, a Carmem e a Marcie. As meninas começaram a conversar sobre lugares em que uma vez só basta; lugares “viu-tá-visto”. Logo a coisa evoluiu para lugares onde nunca se vai o suficiente; lugares para voltar sempre. E então pensaram: por que não convocar todo mundo para fazer suas listas?

E foi assim que fiquei sabendo da MEGA postagem e resolvi participar…

Começo então mais um post para esta blogagem coletiva:

Confesso… tenho um problema com repetição, ou melhor não tenho o menor problema em repetir, adoro mostrar as pessoas lugares incríveis, nem que isso me “custe” uma segunda  ou terceira visita. E foi esse vai e vem, somado a vontade  de mostrar e revisitar os lugares que amo uma das razões que me motivou em criar o Idéias na mala.

Parto da teoria que existem lugares e lugares, viagens e viagens …

Tem cidades que são tão especiais, que uma única visita só serve para te deixar com gostinho de quero mais… sabe aquele que pena que não deu tempo? Quem é que nunca saiu de Paris dizendo “nossa, queria tanto ter ido/ ter feito/ ter comido”. 

Consegui essa proeza quatro vezes, e terei o prazer de conseguir outras 57, 78, ou quantas vezes a vida me levar. É engraçado, que nunca fui a Paris por escolha própria, o problema é que os vôos conspiram para haja uma escala em Paris antes do meu destino final. E óbvio, essa não é uma escala que se recuse, certo?! Eu nunca recusei!

Mas outras cidades além de Paris também merecem minha menção honrosa:

– Kioto (foto) e Hiroshima no Japão:

Kyoto pela cultura milenar, pelo jeito educado e receptivo das pessoas. Pelas tradições milenares que passam de geração para geração. Pelos milhares de templos espalhados pela cidade. E pela beleza das quatro estações. Primavera das cerejeiras, verão do sol de rachar, outonos das folhas coloridas e inverno do frio de verdade.

Hiroshima pela história de superação pós guerra, o museu da bomba nuclear vale mais de uma visita. E a ilha de Miajima… ah, essa vale pelo menos umas oito!

– Bordeaux e Saint Emilion na França pelo bom vinho e pela arquitetura de cair o queixo.

– Sidney e a Grande barreira de corais na Australia:

Sidney por ser uma das cidades mais legais que já visitei. Legal pelas pessoas, pela praia, pela energia, pela vida ao ar livre. Pela mistura culinária com influencias asiaticas e aborígenes.

A Grande Barreira de Corais por que os 11 mergulhos que fiz só serviram para me deixar com mais vontade de mergulhar em outros pontos.

Madrid, Barcelona, Salamanca, Segóvia e toda a Andaluzia na Espanha:

Ah Espanã…adoro tudo, a comida, a lingua, o mal humor, as maluquisses de Gaudí. A geníalidade de Alhambra. Museus como o Reina Sofia e o Prado merecem pelo menos umas 50 visitas!

– Roma e Florença na Itália:

Com sorte meu próximo repeteco, cidades tão românticas que merecem uma segunda visita!

– Bath e Londres na Inglaterra.

Bath pela Arquitetura e Londres, simplesmente porque é Londres e isso já é d+!

– Boston e Nova Yorque no Estados Unidos:

(Apesar do frio de lascar no inverno). As duas cidades são um máximo e me deixaram ótimas lembranças. Adoria revisitar os museus de NY, caminhar no central Parque e ver o belíssimo entardecer em Boston.

Agora pensando em viu-tá-visto, essa é uma tarefa super complicada para uma repetidora de carteirinha, mas dado o dasafío colocaria:

-Nantes e La Rochelle na França

-Delft na Holanda

-Alice Springs, Brisbane e Gold  Coast na Austrália

-Auckland na Nova Zelândia

Acho que essa cidades conseguem contar um boa história em uma única visita. Viu tá visto, e pronto!

E você que lugares estão na sua lista?

Participam dessa blogagem:

Abrinco o Bico 

Aprendiz de Viajante 

Agora vai mesmo 

Área de Jogos da Adri

Básico e Necessário 

Big Trip 

Boa Viagem.org 

Cadernos da Tia Helô 

Colagem 

Cozinheiros de Primeira Viagem 

Cozinheiros de Primeira Viagem 

Cozinheiros de Primeira Viagem 

De volta outra vez 

De uns tempos pra cá

Dicas e roteiros de viagens 

Dividindo a Bagagem 

Donde ando por aí 

Dri Everywhere 

Filigrana

Flashes por Si 

Guardando memórias 

Inquietos 

J.R. Viajando

Mala de Rodinha e Nécessaire 

MauOscar 

Mikix 

O Descobrimento da América+ 

Olhando o Mundo 

O que eu fiz nas férias 

Pelo mundo 

Psiulândia 

Rosmarino e outros temperos

Sambalelê 

Turomaquia 

Uma Malla pelo Mundo 

Uno em Cada Lugar 

Viagem pelo Mundo 

Viaggiando 

Viajar e Pensar

Viaje na Viagem

Vida de Turista 


About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

4 comments

Post a new comment

Veja também