O que fazer em Las Vegas – Guia completo para aproveitar a cidade

Saiba o que fazer em Las Vegas, um guia completo para você conhecer as principais atrações turísticas de Las Vegas e aproveitar cada segundo da sua viagem. Neste post você encontrará dicas detalhadas do que fazer em Las Vegas, além de outras dicas importantes para planejar um roteiro perfeito: saiba onde ficar em Las Vegas, conheça os principais pontos turísticos, saiba onde comer, que shows assistir em Las Vegas e muito mais! Pronto para se encantar?

Para te ajudar a navegar, criei um menu inicial (com um resumo dos tópicos do post) e alguns submenus ao longo do texto. Sentiu falta de alguma informação? Deixe sua dúvida na caixa de comentários!

Neste post você encontrará:

O que fazer em Las Vegas e principais pontos turísticos:

Planejando sua viagem para Las Vegas:

Motivos para visitar Las Vegas

Welcome to the Fabulous Las Vegas, diz o letreiro que adorna a entrada da Strip (Las Vegas Boulevard), a principal rua da cidade, desde 1959. Eu diria que é uma placa no mínimo intrigante, afinal são poucas as cidades no mundo que tem a pretensão de promover como fabulosas. Não é mesmo? Antes de qualquer julgamento precipitado, continue pela Strip e veja com seus próprios olhos a materialização de um mundo a parte. Algo absolutamente surreal. O maior play ground de adultos do planeta, uma terra que te possibilita subir a torre Eiffel, fazer um passeio de gôndola aos moldes de Veneza, pular de Bungee jump do alto de um prédio e comer em alguns dos mais premiados restaurantes do mundo. Tudo aos seus pés e o melhor, e a poucos passos de distância.

O que fazer em Las Vegas

Welcome to Fabulous Las Vegas – Placa no início da região hoteleira da Strip

Quer bons motivos para visitar Las Vegas?

Las Vegas é uma das poucas cidades do mundo onde você pode hospedar se em um hotel cinco estrelas que é realmente cinco estrelas, onde você pode fazer suas apostas em alguns dos melhores cassinos do planeta, pode fazer compras nas melhores lojas do mundo – bem mais vazias do que Nova Iorque ou Miami – e alguns bons outlets, pode assistir a ótimos shows e musicais, pode andar de limousine, de helicóptero… É amigo, em Las Vegas pode tudo! Pode até casar sem aviso prévio. ;o)

Quer mais um motivo para visitar Las Vegas?  Conhecer e se apaixonar pelos arredores! O estado de Nevada (e os vizinhos Arizona, Utah e Califórnia) estão recheados de parques nacionais maravilhosos, Las Vegas é a base ideal para começar ou terminar uma viagem dos sonhos pelo deserto dos Estados Unidos (e pode deixar que no finalzinho deste post darei várias ideias boas para você montar um roteiro perfeito).

Quantos dias ficar em Las Vegas?

Quatro dias (e quatro noites) é um tempo bacana para explorar e conhecer os principais pontos turísticos de Las Vegas, mas se você tiver tempo e quiser esticar a viagem, melhor! Acredite ou não, já fui a Las Vegas 5 vezes e ainda não conheço tudo. Tem muita coisa legal para fazer na cidade, e mil e um bate e voltas interessantes para quem quer conhecer a região.

Falando nos arredores de Las Vegas, vale dedicar outros 2 dias para explorar a região do Grand Canyon. A borda sul do parque – que é a mais visitada e a pedida mais interessante para quem visita o parque pela primeira vez – fica há 3 horas de Las Vegas, e eu não recomendo o bate e volta de jeito nenhum!

Seja qual for a sua escolha de número de dias, separe 2 dias para fazer nosso Roteiro de 2 dias pelos hotéis de Las Vegas.

Transporte: Como se locomover em Las Vegas

Quem aterrisa em Las Vegas pela primeira vez tem a falsa ilusão de proximidade, vista do alto a Strip parece pequenina e o trajeto de mais de 6 Km entre o Mandalay Bay e o Stratosphere parece tranquilíssimo. Mas não se engane, as distâncias são grandes e para conhecer a cidade de verdade você terá que caminhar bastante.

Vale a pena alugar carro em Las Vegas?

Se você chega em Las Vegas vindo da Califórnia e já está com o carro, vale a pena ficar mais uns 2 dias com ele para conhecer os pontos mais distantes e fazer compras no outlet (que graças aos impostos camaradas de Nevada tem precinhos bem mais amigáveis que os da Califórnia. Se você voo direto em Las Vegas, a minha opinião é que não vale a pena (pelo menos para os primeiros dias). Primeiro porque o Uber/ Lyft na cidade é barato e ULTRA eficiente, segundo porque grande parte dos hotéis -desde 2016 – começaram a cobrar estacionamento a partir da segunda hora, acabando com a festança do troca-troca de hotel.

Nunca ouviu falar no Lyft?
Lyft é um concorrente descolado do Uber que eu ADORO. Baixe o aplicativo e use o código MARINA780037 você ganha $5 para usar na sua primeira corrida (e eu também ganho $5 pra usar nas minhas viagens! Um ótimo ganha-ganha).

Quer mais um motivo para não alugar carro? Bebida e direção não combinam, e Las Vegas é uma das cidades mais legais do mundo para tomar drinks caprichados e beber nos maiores copos que você já viu. Estar sem carro te dá a liberdade de provar drinks variados sem correr riscos de dirigir alcoolizado (e claro, de ser parado pela polícia).

Transporte público que funciona bem a beça

Além do Uber eficiente Las Vegas conta com outros 3 meios de transporte bem práticos:

Monorail: Conecta boa parte dos hotéis do lado direito da Strip ao centro de Las Vegas e ao centro de convenções. Muito prático para quem se hospeda no MGM Grand, The Linq e Flamingo. O bilhete simples custa $5, e o de 24 horas $13.

Tram: Alguns dos hotéis do grupo MGM (lado esquerdo da strip) estão conectados por linhas de Tram. A principal linha de tram liga o Bellagio, Aria e Park MGM. Essa linha é gratuita e acaba sempre fazendo parte das minhas viagens (amo me hospedar neste miolinho). Há uma segunda linha de tram que conecta os hotéis Luxor, Excalibur e Mandalay Bay.

RTC: Os ônibus da RTC são confortáveis, frequentes (funcionam 24 horas e passam de 15 em 15 minutos) e cruzam a Strip de ponta a ponta parando nos principais hotéis, centro de Las Vegas e outlets. Há duas linhas diferentes, o Deuce (ônibus de dois andares que para em absolutamente todos os pontos) e o Express (que para em apenas alguns pontos). O bilhete do RTC custa $6 (válido por 2 horas) ou $8 para 24 horas. Quem quer economizar pode comprar o passe de 3 dias por $20. Crianças de até 5 anos não pagem.

Aluguel de carro em Las Vegas

Alugar carro em Las Vegas é uma boa pedida para quem planeja fazer bate-e-voltas pelas redondezas (tem tanta cisa linda para fazer por lá, compras no outlet ou shoppings (ninguém merece voltar de ônibus correndo sacolas até o pescoço), os esticar a viagem para outros destinos (California e os parques nacionais de Utah combinam maravilhosamente bem com Vegas). Nas minhas últimas duas viagens a cidade aluguei carro pela Rentcars, e consegui uma tarifa bem melhor do que a da locadora. Minhas dicas para quem vai reservar carro em Las Vegas:

  • Escolha uma locadora conhecida: Mesmo que seja mais caro, as grandes locadoras oferecem um melhor suporte. O que faz toda a diferença quando dá algum problema na viagem. Já tive muito problema com locadora pequena e carro meia boca. Passo longe.
  • Verifique a cobertura de seguro do seu cartão black: meu cartão oferece seguro grátis no mundo todo, e aqui nos Estados Unidos eu sempre viajo com o seguro de automóvel do cartão (para seguro viagem não! Contrate um a parte – já já falo mais disso) que funciona super bem em Nevada.
  • Verifique o ponto de retirada do automóvel: Sabe aquele barato que sai caro? Las Vegas é uma cidade GRANDE e as locadoras mais distantes oferecem preços bem mais competitivos, só que você provavelmente irá gastar a economia no táxi/Uber para chegar até o local de retirada.
  • A carteira de motorista Brasileira é válida por até 3 meses nos Estados Unidos, mas sempre recomendo a carteira internacional. Ela fará toda a diferença caso voce seja parado na estrada (e aqui ninguém para ninguém por precaução, se você foi parado é porque fez algum bobagem!)
  • Compare os preços: Eu sempre comparo os preços da Rentcars com os da locadora para ter certeza que estou fazendo um bom negócio. Em geral a Rentcars tem um excelente caso x benefício e aceita pagamento parcelado sem juros.

Melhores passeios de Las Vegas (e o que você precisa comprar com antecedência)

Atrações gratuitas:

Grande parte das minhas atrações preferidas de Las Vegas são gratuitas. Adoro o show de fontes e os jardins do Bellagio, as apresentações de música no The Venetian, o lago e os jardins do Wynn, o vulcão do mirage, e passear pelos hotéis, um programa tão divertido que boa parte deste post é destinada a dividir com vocês as melhores atrações em cada um deles.

Atrações pagas:

E claro que Las Vegas também tem atrações pagas – e na maioria das vezes caras – porém sensacionais. Minhas duas pedidas preferidas para quem vai a Las Vegas pela primeira vez são os passeios de Helicóptero pelo Grand Canyon (compre com antecedência para conseguir um bom desconto) e os shows do Cirque du S’oleil (compre com antecedência porque os shows costumam lotar)

Outras atrações pagas que valem a pena são passeio de Gôndola do Venetian (chegue cedo porque a fila é grande e não dá para reservar), a High Roller (Roda Gigante do The Linq – quem quiser comprar parcelado pode comprar com antecedência), as tirolesas da Fremont e The Linq (para não esperar compre com antecedência) e o aquário do Mandalay Bay (na alta temporada compre com antecedência).

O que fazer em Las Vegas
Passeio de helicóptero no Grand Canyon

Em resumo: atrações que vale a pena comprar com antecedência em Las Vegas


O que visitar em Las Vegas & Principais pontos turísticos

Chegou a hora de detalhar cada uma das nossas dicas do que fazer em Las Vegas. E para isso criamos um roteiro de 2 dias pelos principais hotéis da cidade com dicas do que fazer em cada um deles. A entrada nos hotéis é grátis e muitas atrações incríveis, como por exemplo o jardim de inverno de Bellagio ou as fontes dançantes também.

Passear pelos principais hotéis de Las Vegas – Roteiro de 2 dias

Um dos programas mais divertidos para quem visita Las Vegas pela primeira vez é percorrer o pedaço principal da Las Vegas Boulevard (vamos chamar de Strip, tá?) começando pela placa “Welcome to the Fabulous Las Vegas” e terminando no Stratosphere. O trajeto é bem longo então o ideal é dividir o passeio em 2 ou 3 dias (eu já fiz em dois e acho que dá SUPER bem). Para te ajudar deixei a divisão em dois dias.

Roteiro de 2 dias em Las Vegas

Dia 1: Do sul ao centro da Strip

Dia 2: Do centro ao norte da Strip

Do sul ao centro da Strip 

Placa Welcome to Fabulous Las Vegas

Nosso passeio começa na “Las Vegas Sign” (5100 S Las Vegas Blvd), a placa famosa que indica o início da parte turística da Strip, e uma parada muito legal para tirar fotos divertidas!

O que fazer em Las Vegas
Carol nossa leitora arrasando no clique | Foto: Carol Pereira

Para chegar a placa você precisará pegar um Uber/ Lyft (Se você nunca usou o app, o código MARINA780037 vai te dar um descontinho na sua primeira corrida) ou ônibus. Quem está de carro pode ir dirigindo sem preocupações porque é bem fácil estacionar por lá! Saindo de lá você precisará caminhar 1,2 Km  ou pegar um ônibus/Uber até a nossa primeira parada, o Mandalay Bay.

Mandalay Bay: Inspirado no fundo do mar

O Mandalay Bay, um hotel cuja temática é o fundo do mar é o primeiro hotel da Strip para quem vem do aeroporto e uma parada bem interessante para quem viaja em família. As principais atrações do Mandalay Bay, são o Shark Reef Aquarium – Recife dos tubarões (um aquário lindo, e como o nome já da a pista, repleto de tubarões), o espetáculo Michael Jackson One (falarei dos melhores espetáculos de Las Vegas mais adiante) e o Parque Beach – Mandalay Bay (um dos melhores parques aquáticos de Las Vegas e aberto para não hospedes de segunda à quinta feira).

O que fazer em Las Vegas
Praia do Manday Bay vista do alto do Helicóptero

Prepare-se para caminhar (bastante) dentro dos hotéis

Se é a sua primeira vez em Las Vegas, você ficará surpreso com a dimensão dos hotéis e a quantidade de atrações (pagas e gratuitas) em cada um deles. No Mandalay Bay, por exemplo, você terá que cruzar todo o cassino e um corredor gigantesco para chegar no aquário, mas vale a caminhada.

O que fazer no Mandalay Bay:

  • Visitar o aquário Recife do Tubarões
  • Beach – Mandalay Bay
  • Galeria de Fotografia do Peter Lik
  • Espetáculo do Cique de S’oleil – Michale Jackson One

Aquário Shark Reef (o Recife de Tubarões)

O Recife de Tubarões é um programa bem legal tanto para adultos quanto para crianças e superou minhas expectativas. Enxuto porém bem organizado e com uma quantidade impressionante de tubarões de diferentes especies. Para pegar o aquário mais vazio, vá cedinho (mesmo porque a grande maioria das pessoas acorda tarde em Las Vegas) e compre seu ingresso antecipado.

Que fazer em Las Vegas
Tubarão branco no Shark Reef, o aquário de Las Vegas

Destaque absoluto para o tubarão pente (a foto não saiu grande coisa), mas ele é tão bonito. Foi a primeira vez que vi um de perto e fiquei encantada pelo bicho.

Shark Reef Aquarium

Horários de funcionamento:

  • De quinta à domingo: 10h às 20h
  • Sextas e sábados: 10h às 22h

Ingressos:

  • Adultos: $25.00
  • Melhor Idade (65+): $23.00
  • Crianças (4 – 12 anos): $19.00
  • Menores de 3 anos: grátis

[Dica: Durante as férias, feriados e finais de semana, compre o ingresso antecipado pois as filas são grandes.]

Beach – Mandalay Bay

O Mandalay Bay tem um dos melhores parques aquáticos de Las Vegas com direito a piscina de ondas com areia de verdade, rio de correnteza e bares divertidos para você curtir um drink enquanto se refresca nas piscinas. Taí um passeio bem gostoso para adultos e crianças e uma alternativa bem legal para fugir do sol de Las Vegas.

Horários de funcionamento:

  • Todos os dias das 8h às 18h
  • Aberto para não hospedes de segunda à quinta – Exceto na semana de 2 à 8 de  julho

Ingressos:

  • Adultos $20.00
  • Crianças (4 – 16 anos): $10.00
  • Menores de 3 anos: grátis

Galeria de Fotografia do Peter Lik (Entrada gratuita)

Se você curte fotografia e natureza, taí uma parada especial! Peter Lik é conhecido ser autor da foto mais cara já vendida no mundo (um fotão do Antelope Canyon com os raios de sol), e nas galerias de Las Vegas (são 3, uma no Mandalay, outra no Venetian e outra no Forum) você terá a chance de ver – e se apaixonar – pelas fotos do cara. Taí uma parada rápida e que eu recomendo muito.

Horários de funcionamento: todos os dias das 10h às 23h

Luxor: o hotel em formato de pirâmide

O que fazer em Las Vegas
Fachada do Luxor

Próxima parada: Luxor, e para chegar lá, você pode caminhar ou pegar o monorail (que desse lado da rua é grátis). Cuidado para não pegar o express ou você irá direto para o Excalibur.

O que fazer em Las Vegas
Parte interna da pirâmide do Luxor

Sairemos do fundo do mar diretamente para um releitura do Egito Antigo com direito a formato de pirâmide e esfinge na porta, essa é uma das graças de Las Vegas: a possibilidade de caminhar 200 metros de mudar completamente de perspectiva. Falando em perspectiva, olha só que legal a parte interna do hotel e como os andares foram projetados em formato de varandas que vão subindo e afinando.

O que fazer no Luxor:

O Luxor é casa de duas exibições bem interessantes: Artefatos do Titanic que conta curiosidades sobre o navio e os artefatos retirados do fundo do mar e a Exposição Bodies que mostra o corpo humano de uma perspectiva super diferente (há alguns anos atrás a Bodies esteve em São Paulo, e eu achei incrível. Para quem é da área de biológicas, ou curte o assunto, eu recomendo muito). Ambas as exibições custam $32 e funcionam diariamente das 10:00 às 22:00.

Terminando o giro pelo Luxor pegue o Tram rumo ao Excalibur.

Excalibur:  o castelo medieval da Strip

A próxima parada é o Excalibur, um hotel cuja arquitetura lembra um castelo medieval com uma coloração um tanto quanto adaptada a Las Vegas. Uma grande releitura dos Castelos da Disney só que nas proporções megalomaníacas da Strip. E como castelo encantado e o universo de Las Vegas são coisas que não combinam tanto, o Excalibur acaba ficando um pouco deslocado do resto da cidade, mas ainda assim vale uma passadinha bem rápida.

O que fazer em Las Vegas
Hotel Excalibur

O que fazer no Excalibur

O interior do Excalibur é decorado com armaduras e guerreiros, o e principal show da casa, o Tournament of Kings (ingressos a partir de $69.75 + taxas de serviço) é uma mistura de show e jantar que envolve cavalheiros duelando e porções generosas de comida servida em utensílios típicos. O show é bem divertido (mais ainda para quem viaja com crianças a partir de 8 anos e jovens) e acontece numa arena circular. A noite o hotel tem uma programação rotativa com performances no estilo clube das mulheres, e shows de bandas locais.

New York New York: um dos mais divertidos hotéis de Vegas

Atravesse a passarela para mudar completamente a vibe e chegar no burburinho de NYC. Esse é o New York New York, um dos hotéis mais jovens e divertidos da cidade, começando pela decoração no estilo Manhatatn com direito a Estátua da liberdade, Ponte do Brooklyn e Times Square. A atração principal do New York New York é uma montanha russa bem radical, a The Big Apple Coaster, que dá a volta em torno do edifício com direito a muitos loopings.

O que fazer em Las Vegas
New York New York e a The Big Apple Coster

O hotel está conectado com o mais novo parque urbano de Las Vegas, o The Park, o que torna a parte externa do hotel hiper agradável para passear tanto e dia quanto de noite. Mas não é só isso não, o New York New York tem tanta coisa legal que eu recomendo que você visite o hotel duas vezes, uma de dia para curtir a montanha russa (que é bem legal) e outra a noite para aproveitar a programação noturna que conta com um Bar Irlandês animado, um dos melhores duelos de piano de Las Vegas e o show Zumanity do Cirque D’Soleil.

O que fazer no New York New York

  • Montanha Russa The Big Apple Coaster & Arcada de jogos;
  • Passear pela Brooklyn Bridge;
  • Hershey’s Chocolate World;
  • Show Zumanity do Cirque D’Soleil;
  • Duelo de Pianos;
  • Barzinho Irlandês Nine Fine Irish Men.

Montanha Russa The Big Apple Coaster & Arcada de jogos

A atração mais famosa do New York New York e um dos passeios que adoro repetir em Las Vegas é a montanha russa The Big Apple Coaster,  que começa na parte interna do cassino – a montanha sai de dentro da arcada de jogos – e dá um giro completo pelo hotel com direito a descidas emocionantes e loopings. Recomendo muito pra quem curte montanha russa. Além da montanha russa o hotel têm uma arcada de jogos caprichada com direito a Air Hockey, Pimball, fliperamas e muito mais! As atrações da arcada são pagas a parte e cada uma delas tem um preço diferente.

The Big Apple Coaster

  • Ingressos:  $14 por pessoa
  • Horários de funcionamento:
    • De domingo à quinta das 11 às 23h
    • Sextas e sábados das 11 às 23h

Passear pela região da Brooklyn Bridge 

New York New York tem uma das áreas externas mais gostosas de Las Vegas com uma programação animada ao ar livre (volta e meia tem banda tocando) e muitos bares com mesas externas na região da Broklyn Bridge. Neste pedacinho você encontrará alguns bons lugares para comer como o Nine Fine Irish Man que serve cerveja Guiness geladinha com pratos irlandeses gostosos, a noite rolam performances de sapateado espetaculares; o Tom’s Urban é uma pedida bem gostosa para tomar um drink ao ar livre e ver a galera passando, a comida típica americana não decepciona; e o sempre infalível Shake Shack uma rede de hamburguerias Nova Yorquina com preços bem acessíveis e sanduíches gostosos (a fila costuma ser IMENSA). A Broklyn Bridge está conectada com o The Park, uma área deliciosa para caminhar, bebemorar e relaxar.

Noite do New York New York

O New York New York é tão divertido que merece ser visitado pelo menos duas vezes, uma de dia para aproveitar a vibe gostosa da Broklyn Bridge e as vistas da montanha russa (eu prefiro de dia que de noite, mas deixo para você escolher) e outra a noite para curtir as possibilidades divertidas do hotel. Vamos começar pelo Cassino? Não sou fã de cassinos, mas por sorte tenho amigos entendidos e volta e meia me pego passeando e assistindo as apostas deles. Além de mesas com preços mais acessíveis que os hotéis tradicionais, o NY NY tem uma vibe meio balada com dançarinas no topo das mesas e um entra e saí de dois dos meus bares preferidos de Las Vegas o irlandês Nine Fine Irish Man e o Bar at Times Square.

Barzinho Irlandês Nine Fine Irish Man

Comida irlandesa gostosa, vibe típica de pub irlandês e um show de sapateados tão bom mais tão bom que consegue silenciar o bar todinho. O Nine Fine Irish Man é uma pedida gostosa para jantar, ficar e emendar com outros bares do NY NY.

The Bar at Times Square

Dois pianos de cauda e dois pianistas espetaculares comandam as noites no The Bar at Times Square, o melhor duelo de pianos de Las Vegas e um programa que tenho certeza que você vai gostar. De música em música os pianistas conquistam a animação da galera e promovem um verdadeiro show interativo, é divertido, é animado (você vai cantar muito) e é engraçado!


Continuando o passeio, agora você pode tomar algumas decisões diferentes: atravessar a rua e visitar o Grand MGM, a fantástica loja do M&M’s e a loja da Coca Cola ou continuar rumo ao The Park um parque bem gostoso com restaurantes ao ar livre. Nesse roteiro, vou atravessar a passarela, visitar o MGM Grand e em seguida voltar e continuar sentido The Park. Como sempre em Las Vegas, será um boa caminhada, mas vai valer a pena!


MGM Grand: o maior hotel de Las Vegas

Grande não, imenso. MGM Grand, o maior hotel de Las Vegas oferece dezenas de possibilidades de entretenimento, shows, baladas e restaurantes. O MGM Grand tem uma arena de espetáculos gigantescas e recebe lutas de Boxe, UFC (para quem curte, vale mega a pena assistir) além de shows variados e baladas.

O que fazer em Las Vegas
Leão dourado na recepção do MGM

Veja como é se hospedar no MGM Grand

Durante o dia, há pouco o que ver no hotel, ainda assim, acho que vale uma explorada rápida! Comecemos pela fachada que conta com uma escultura de leão de 15 metros de altura (45 pés), todinha de bronze (esta é a maior escultura de bronze dos Estados Unidos.) Em seguida passearemos para o lobby que tem uma estátua linda de um leão dourado (símbolo da marca MGM), e fecharemos o passeio no dragão chinês que fica na porta de entrada do Teatro do Kà do Cirque de S’oleil.

O que fazer no MGM Grand

  • CSI: The Experience
  • The Hunger Game Experience (Exibição dos Jogos Vorazes)
  • Espetáculo Kà – Cirque du S’oleil

CSI: The Experience

Fãs da série CSI podem bancar o perito criminal neste jogo eletrizante e cheio de efeitos especiais. Assim como no seriado você terá que investigar uma morte com base nas pistas, fazer testes de DNA, examinar vestígios de bala e procurar pistas como fios de cabelo. Há um tempo para resolver o enigma e encontrar o criminoso e no final você receberá um certificado. Não precisa entender bem inglês pois as instruções são básicas e também estão escritas em espanhol.

The CSI Experience:

  • Ingressos:  $28 + Impostos
  • Horários de funcionamento: Todos os dias das 9 às 21h

De volta ao outro lado da Avenida, nossa próxima parada é no Park MGM (antigo Monte Carlo)

The Hunger Game Experience (Exibição dos Jogos Vorazes)

O Distrito 13, Hall da justiça, o escritório do Presidente Snow, o trem dos tributos, uma experiência interativa com arco e flecha e 30 das roupas mais legais do filme são alguns dos destaques da exibição interativa do filme jogos Vorazes no MGM, uma exibição que convida os expectadores a integrarem o time da rebelião dos distritos para conquistar a capital. Uma experiencia divertida e muito bem avaliada, especialmente para fãs da trilogia.

The Hunger Game Experience

  • Ingressos:  Adultos: $35 | Crianças de 4 -11 anos: 25 | Menores de 4 anos: grátis
  • Horários de funcionamento: Todos os dias das 10h às 21h

Park MGM: o mais novo hotel da Strip

Descolado, o mais novo hotel da Strip exibe uma programação animada com shows incríveis e uma localização espetacular. O Park MGM fica coladinho no New York New York, e está conectado a linha de tram que conecta o Aria e o Bellagio. Isso sem falar do Eataly Las Vegas, uma pedida sempre infalível para quem quer comer bem. Fique ligado na programação especial, tem sempre coisa boa rolando no Park MGM Theater e quando digo coisa boa, tô falando de artistas da pesada como Lady Gaga, Bruno Mars e Aerosmith!

 O que fazer no Park MGM

  • Comer bem no Eataly Las Vegas
  • Assistir aos shows no Park MGM Theater
  • Curtir a vibe deliciosa do The Park

Comer bem no Eataly Las Vegas

O Eataly é uma mistura de empório, praça de alimentação e restaurante que difunde os sabores da Italia pelo mundo todo. Cada Eataly tenta absorver um pouco da cultural local para criar uma loja-conceito que tenha tudo a ver com a cidade. É por isso que o Eataly de Las Vegas tenta absorver um pouco da cultura boêmia da cidade e oferecer diversos espaços para drinks especiais e happy hours. Falando em Happy Hour, o espaço de queijos é uma pedida sempre infalível para quem quer comprar algo gostoso e levar para o quarto. E claro que também há pães divinos, sorvetes, pizzas, massas e muito mais.

O que fazer em Las Vegas
Eataly Las Vegas

Para comer nós provamos um sanduíche de Prim Rib DIVINO da La Rosticceria, acompanhado de uma bola gorducha de muçarela búfala, e um par de pizzas do La Pizza e La Pasta que estavam boas, mas nada espetacular. De sobremesa nos comemos chocolates da Venchi e sorvetes da gelateria! 

Assistir aos shows no Park MGM Theater

O Park MGM Theater é o mais novo espaço para shows e concertos de Las Vegas e a programação é espetacular. Já falei e repito, fique de olho na programação porque sempre tem coisa boa rolando em Las Vegas


Depois de visitar o Park MGM você pode pegar o Monorail e ir direto para o Bellagio, ou fazer uma rota mais longa passando pelo Cosmopolitan e pelo Aria, dois hotéis BEM legais de visitar e fotografar.


Cosmopolitan

O Cosmopolitan é um dos poucos hotéis deste lado da Strip que não fazem parte do grupo MGM, e é sem dúvida um dos lugares mais bacanas passear em Las Vegas. Aqui as principais atrações são curtir e fotografar a decoração espalhafatosa do hotel, tomar um drink com estilo no Chandelier Bar, ver as vistas da piscina do hotel, e devorar as delícias do Wicked Spoon, um dos meus buffets preferidos de Las Vegas.

Dica para quem está de carro: O Cosmopolitan tem um dos poucos estacionamentos grátis de Las Vegas! Aproveite!

O que fazer em Las Vegas
Chandelier Lounge em Las Vegas

O que fazer no Cosmopolitan

  • Curtir os displays coloridos (e mutantes do lobby)
  • Tomar um drink no Chandelier Lounge
  • Subir até a piscina para curtir as vistas da cidade
  • Provar as delícias do Wicked Spoon – um dos melhores buffets de Las Vegas

Curtir os displays coloridos (e mutantes do lobby)

A decoração do Cosmopolitan é a cara de Las Vegas, grandiosa, espalhafatosa e super fotografável. Comece o passeio pelo lobby para ser inundado por doses generosas de estilo visual em formato de telões de led. O jogo de cores é lindo e ultra moderno.

Tomar um drink no Chandelier Lounge 

Dali, iniciaremos os trabalho com estilo. Minha sugestão é tomar um drink no estiloso Chandelier Lounge, bar que tem este nome graças ao lustre grandioso que atravessa três andares. O drink secreto é uma delícia!

Wicked Spoon: um dos melhores buffets de Las Vegas

Quer provar um dos melhores buffets de Las Vegas? Minha dica é o Wicked Spoon (e sim! Vá preparada para esperar na fila durante os finais de semana). A seleção gastronômica é impecável, e as sobremesas são excelentes!

Subir até a piscina para curtir as vistas da cidade

Antes de sair do Cosmopolitan, não deixe de subir até a piscina – que no inverno se transforma em pista de patinação no gelo – curtir uma perspectiva interessante da cidade!

Aria: Luxo e vistas espetaculares da Strip

Terminado o passeio pelo Cosmopolitan, seguiremos para o Aria, um hotel excelente e que foge um pouco do padrão “hotel temático” de Las Vegas e entregando uma experiência luxuosa e especial. Quem chega ao hotel pelo Crystals Shopps (um dos shoppings mais badalados da cidade) logo se impressiona com a arquitetura moderna e o contraste entre luzes e formas. O Aria segue o mesmo padrão bacanudo com um detalhe que pouca gente sabe: todas as obras de arte que compõem a decoração do Aria são de artistas renomados! 

O que fazer em Las Vegas

O que fazer no Aria:

  • Caminhar pelas áreas comuns (o hotel é lindo);
  • Se impressionar pela coleção de arte ao ar livre.

Caminhar pelas áreas comuns

O Aria é um desses hotéis que merece um passeio detalhado, tanto pelo lobby (as entradas de carro estão recheadas de obras de arte famosas) quanto pela área dos cassinos que é super moderna e bem iluminada.

Se impressionar pela coleção de arte ao ar livre

Pouca gente sabe (ou nota) que as obras de arte que compõem as áreas comuns do Aria são de artistas renomados como Henry Moore, Maya Lin, Nancy Rubins, James Turrell e Richard Long. Grande parte das obras de arte estão na parte de fora do hotel (especialmente na rotatória do Aria Place) e do Harmon Circle (dividido entre os hotéis Aria e Vdara). Alguns dos destaques da coleção do Aria são:

  • Lumia (Entrada principal): Uma fonte que tem uma iluminação tão potente que as cores podem ser vistas mesmo durante o dia. Além de Lumia há 3 outras esculturas de água espalhadas pelo Aria e pelo shopping Crystals.
  • Reclining Connected Forms – Henry Moore (Lobby Principal): Escultura bem característica de Moore sobre os fundamentos da existência humana.
  • Silver River – Maya Lin (no fundo do Lobby do Aria): Escultura de prata que faz alusão as curvas do Rio Colorado.

Bellagio

Chegamos ao Bellagio, um dos hotéis mais famosos e tradicionais de Vegas, e um must na lista de qualquer visitante. Além de imponente o Bellagio conta com duas das melhores atrações gratuitas e Las Vegas, o show das fontes dançantes (tão lindo e especial que merece ser vista várias vezes durante sua hospedagem) e o jardim de inverno que a cada estação apresentações uma decoração diferente e especial todinha feita com flores vivas. Além disso o Bellagio também tem uma galeria de arte que recebeu obras de artistas do mundo todo (vi uma exposição do Monet linda na minha primeira ida a Las Vegas).

Se você chegou vindo do Aria, provavelmente pegou o Tram e entrou pela lateral do hotel, na saída, não deixe de passar pelo lobby e ver o teto colorido todo decorado com flores de vidro do artista Dale Chihuly, é muito diferente e muito lindo.

Que fazer em Las Vegas
Fonte de fontes do Bellagio

O que fazer no Bellagio:

  • Fotografar o teto do Lobby com flores de vidro do Chuhuly
  • Se encantar pelo show das fontes dançantes
  • Se apaixonar pelos jardins inverno
  • Visitar a galeria de arte do Bellagio
  • Espetáculo O – Cirque du S’oleil

Fotografar o teto do Lobby com flores de vidro do Chuhuly

Dale Chihuly é um verdadeiro gênio do vidro, um cara que faz instalações coloridas, peças de arte diferentonas, e cria universos paralelos e lindíssimos. Uma das maiores criações de Chihuly fica no lobby do Belaggio e é sensacional. Um teto todinho de vidro, em tonalidades coloridas e que ganha uma iluminação bem especial. Entre, contemple e fotografe!

[E se você algum dia for para Seattle, não deixe de visitar o Museu Chihuly!]

O que fazer em Las Vegas

Se encantar pelo show das fontes dançantes

Um estalo aquático discreto indica o início do espetáculo das fontes dançantes, um show que acontece várias vezes ao dia e que conta com 33 músicas diferentes (tem The Beattles, Frank Sinatra, Michael Jackson, Pavarotti) e uma perfeição nos movimentos impressionante. São mais de 1200 propulsores de água que se movem em todas as direções e lançam jatos de água até 140 metros de altura, a música é alta, os movimentos são impecáveis (programados por computador e coordenados por uma equipe de coreógrafos e dançarinos) e a a iluminação noturna é especial (yep! são mais de 4500 lamparinas para dar conta do recado).

O show é tão lindo que eu se fosse você se programaria para ver o espetáculo pelo menos duas vezes durante sua viagem por Las Vegas, uma de dia e outra de noite!

Horário de funcionamento:

  • Segunda à sexta-feira:
    • De 15 às 19h – apresentações a cada 30 minutos;
    • De 19 às 24h – apresentações a cada 15 minutos
  • Sábados, domingos e feriados:
    • De 12 às 19h – apresentações a cada 30 minutos;
    • De 19 às 24h – apresentações a cada 15 minutos.

Entrada é grátis, e não é preciso (e nem possível) reservar lugares.

Se apaixonar pelos jardins inverno

Os jardins inverno de Bellagio se transformam a cada estação, e são um verdadeiro show! Esculturas todinhas feitas com flores (a manutenção é feita diariamente) criam cenários perfeitinho. Aí vai um pedacinho da decoração de natal com ursos polares:

O que fazer em Las Vegas
Jardins do Bellagio: um tema diferente a cada estação

E olha só essa decoração em homenagem a primavera:

O que fazer em Las Vegas
Decoração japonesa em homenagem ao início da primavera.

Visitar a galeria de arte do Bellagio

A pequena galeria de arte do Bellagio é uma bom exemplo de quem nem tudo em Las Vegas é grandioso. A galeria, na verdade, é bem pequena e é uma prova real e que quando o assunto é arte, tamanho não quer dizer nada. Na minha primeira viagem a Las Vegas estava rolando uma amostra de Monet com direito a várias ninféias vindas de Paris, na segunda visita tava rolando Andy Warhol, e na última havia uma exposição SUPER concorrida de Yayoi Kusama. Resumindo: fique de olho que sempre tem arte boa rolando por lá.

[Horário de funcionamento e preços variam conforme a exibição. Veja detalhes no site da galeria.]

Paris Las Vegas

Saindo do Bellagio atravesse a avenida para chegar ao Paris Las Vegas, uma tentativa de trazer para Vegas um pouquinho de Paris com direito a Torre Eiffel (sim, dá para subir e tem até restaurante no topo), arco do triunfo e um cassino com jeitão Parisiense (repare no traje das meninas que servem bebidas no cassino (Ah, se você ainda não descobriu isso, em Las Vegas a bebida para quem está jogando é grátis, basta dar pelo menos dólar de caixinha para que a mocinha continue enchendo seu copo sempre que você esvaziar. E sim, espera-se que entre uma rodada e outra de bebida, você gaste um dinheirinho jogando no casino.

O que fazer em Las Vegas
Torre Eiffel do Paris Las Vegas

O que fazer no Paris Las Vegas

  • Passear pelo interior do Cassino
  • Ver Las Vegas do alto da Torre Eiffel

Passear pelo interior do Cassino

O Cassino do Paris é um dos meus preferidos no quesito decoração e vale uma visita ainda que jogo não seja a sua praia. O que tem de legal? Colunas que imitam postes parisienses, pés falsos da Torre Eiffel e o teto pintado de céu (veremos vários tetos pintados de céu nas próximas paradas e acho eles muito legais!)

Ver Las Vegas do alto da Torre Eiffel

A Torre Eiffel do Paris Las Vegas é uma das principais opções para quem quer ver Las Vegas do alto, ver os hotéis lá de cima, e de quebra curtir os show das fontes dançantes do Bellagio. Essa subida tá na minha lista faz tempo mas pelo que vi nas fotos a vista da um pau nas vistas do Stratosphere – que é legal, porém, longe pra caramba – e está melhor posicionada que a High Roller (que já fui duas vezes e é uma experiência bem legal).

O restaurante da Torre Eifel 

E para quem quer jantar – ou fazer um brunch- com uma vista especial, o Eiffel Tower Restaurant é sempre uma pedida romântica. A comida não é a melhor de Las Vegas (tenho amigos que amaram a experiência e outros que acharam apenas “ok – nós ainda não provamos – mas a chance de curtir o espetáculo das fontes do Bellagio do alto é ultra especial.

Reserve com antecedência: E para garantir uma mesa com vista reserve para o primeiro horário 16:30.

Caesars Palace

Vamos atravessar a rua de novo? Dessa vez a nossa parada é o Caesars Palace o hotel assinatura da rede Caesars, e um hotel que vale muito a pena visitar. O Caesars é inspirado em Roma e tem um jardim de estátuas bem legal, uma imitação Fontana de Trevi, uma casa de espetáculos chamada Colisseu e um dos shoppings mais legais da cidade: o The Forum Shops (não deixe de entrar e ver a decoração porque é muito legal).

O que fazer em Las Vegas

Continuando nosso passeio pela “parte europeia” de Vegas, saímos de Paris e entramos em Roma e logo iremos para Veneza.

O que fazer no Caesar’s Palace

  • Passear pelos jardins de estátuas
  • Visitar o pequeno templo budista dedicado ao Deus Brahma
  • Jogar uma moedinha na Fontana di Trevi
  • Visitar o The Forum Shops (que por sinal é ótimo para fazer compras)
  • Ver o show The Fall of Atlantis – Forum Shopps
  • Visitar Galeria de Fotografia Peter Lik

Passear pelos jardins de estátuas

Vamos começar no passeio no Caesars pelo jardim de estátuas, com olhos afiados você verá muitas replicas de estátuas romanas – é claro que tem Caesar na jogada – fontes, cavalos e muitos canteiros floridos.

Visitar o pequeno templo budista dedicado ao Deus Brahma

E não é que no meio de toda a loucura e de todas as referências romanas há um pequeno Oasis de tranquilidade? Um pequeno templo budista dedicado ao Deus Brahma (o criador do mundo – Deus de 4 faces) e sempre decorado com flores. O local destoa tanto do resto de Las Vegas que acaba passando desapercebido por muita gente, mas a energia é tão gostosa que não posso deixar de recomendar a parada. Vá lá dar um alôzinho para Brahma e na volta passe aqui para me contar o que achou.

O que fazer em Las Vegas
Templo do Deus Brahma em Las Vegas

Jogar uma moedinha na Fontana di Trevi

Ainda na parte externa do hotel, mas agora pertinho do Forum Shops, há uma réplica – até que muito bem feitinha – da Fontana di Trevi. Há quem pare para jogar uma moedinha, eu pararia para tirar uma fotinho.

Depois deste passeio completo pela área externa vale dar um passeio pelo cassino que tem mesas ótimas e preços bem mais baratos que o vizinho Bellagio. Depois de visitar o hotel, dê uma passada no Forum Shops (falarei dele mais adiante na seção de “Compras em Las Vegas”.).

O que fazer em Las Vegas
Fontana di Trevi no Forum Shopps

Visitar Galeria de Fotografia Peter Lik

Essa é a primeira galeria de arte do fotógrafo australiano Peter Lik. Por lá, você vai encontrar imagens incríveis de natureza e paisagens panorâmicas. Vale a visita!

Horário de funcionamento:

  • Domingo à quinta-feira:De 10 às 23h
  • Sextas e sábados: De 10 às 12h

The Flamingo

Desde a abertura do Promenade do The LINQ, um espaço ao ar livre bem gostoso para caminhar, o The Flamingo entrou na minha lista de lugares legais para se hospedar (e o hotel acabou de passar por uma super reforma, o que o deixou ainda mais atraente). A principal atração do hotel é The Flamingo Wildlife habitat, um viveiro de aves exóticas como Flamingos (claro), pelicanos, patos Ring Teal, gansos, peixes e tartarugas. A entrada é grátis e o jardim é bem bonito, mas a parte dos viveiros acaba caindo no quesito exploração animal: Yep, estamos falando de aves confinadas em um espaço bem pequeno e asas obviamente cortadas. Há algumas aves providas de projetos de resgate animal, como os pelicanos, araras e papagaios. Mas qualquer justificativa “bem intencionada” vai por água abaixo quando uma das atrações do habitat é oferecer fotos com os animais. 

The LINQ

Nossa próxima parada é o The LINQ, uma hotel super novo e um centro de entretenimento divertido com direito a restaurantes gostosos, bares, e atrações bem bacanas como a roda Gigante High Roller e a tirolesa Fly LINQ. Gosto do jeitão moderno do the LINQ desde o cassino e barzinhos internos, a promenade que é para um um dos grandes destaques da visita. Vale colocar no seu roteiro!

  • Curtir a Vibe da The LINQ Promenade
  • Dar um giro na The Roller – a roda gigante de Las Vegas
  • Voar com a tirolesa Fly LINQ
  • Viver uma aventura Tri Dimensional no VR experiences
O que fazer em Las Vegas
Fachada moderna do The Linq

O que fazer no The LINQ

Curtir a Vibe da The LINQ Promenade

A Promenade do The LINQ é um desses cantinhos gostosos para curtir de dia e de noite. De dia a vibe é um mix de pessoas caminhando, grupos de amigos tomando brunch e os mais animados iniciando a rodada de cerveja do dia. A noite, a vibe é mais balada com muitas opções divertidas para curtir.

Ver Las Vegas do alto da High Roller

Amo ver cidades do alto, e não ia perder a chance de andar na High Roller, a roda gigante mais alta do mundo (título que será quebrado muito em breve). Fiz esse passeio duas vezes com meus filhos e adorei a experiência!

O que fazer em Las Vegas
High Roller: a roda gigante de Las Vegas

O que a Promenade do The LINQ tem de legal?

Para comer, uma pedida bem descontraída e deliciosa é o Fish and Chips do cheff Gordon Ramsay, que vem bem fritinho e acompanhado de molhinhos deliciosos. A fila costuma ser grande mas o custo x benefício é ótimo.

Quer algo mais barato? A dica é o In-N-Out uma hamburgueria Californiana bem casual, o menu é super básico e os sanduíches são feitos na hora (e são gostosos), a carne é orgânica e produzida de forma sustentável, a batata frita é contraditória, há quem ame, há quem deteste, pra mim parece isopor. Dá para incrementar seu pedindo animal style: O que significa burguês grelhados com mostarda, e incrementados com molho thousands islãos e cebola grelhadinha; as batatas animal style vem com um molho de queijo (que na real é melhor que a batata em si). E antes que você se empolgue, vale falar que In-N-Out é um Mc Donald’s mais moderninho, não espere nada além disso.

Há duas boas opções de sobremesa, os sorvetes da Ghirardelli Square (uma chocolateria Californiana bem tradicional e que serve sorvetes deliciosos). Entre na loja para conhecer e provar uma amostrinha do chocolate quadradinho na faixa. Depois da visita, peça um sorvetão. As taças são gigantescas (dá fácil para dividir)e eu nunca provei nenhuma ruim. Quer uma sugestão? Vá de “Lands End – Salted Caramel Brownie Sundae” um Sunday gigante com sorvete de baunilha, calda de caramelo e brownie de chocolate.

A segunda opção é minha queridinha no quesito Cup Cakes: A Sprikles. Os bolinhos são macios e a cobertura é bem gostosa. Tá, talvez você me diga que depois de tantos anos nos Estados Unidos meu paladar para doce está americanizado, mas este cupcake está entre os melhores, e foge daquela coisa terrível que é pura gordura sem sabor. Prove e me conte o que acha, combinado?

Voar com a tirolesa Fly LINQ

A tirolesa do LINQ transporta até dez pessoas simultaneamente em uma velocidade de 35hm/h. Você pode escolher entre duas modalidades e os preços variam conforme o horário que você escolher. Dica: de dia é mais barato!

  • Sentado (a partir de $25): você percorre todo o percurso da tirolesa sentado.
  • Super-herói (a partir de $35): aqui, você vai na tirolesa deitado, como se fosse um super-herói voando por Las Vegas.

Viver uma aventura Tri Dimensional no VR experiences

Se você gosta de videogames e realidade virtual, você precisa conhecer a VR Adventures. Basta colocar um óculos especial para entrar em uma experiência imersiva. São diversas salas com temas diferentes, como uma casa aterrorizante, andar por um arranha céu ou voar como um super-herói, todos na média de 20 dólares.

The Mirage

Por muitos anos o Mirage foi o melhor hotel de Las Vegas. Hoje apesar da “escuridão” na decoração, o Mirage continua sendo uma boa pedida para quem quer ficar num hotel legal por um preço interessante. A principal atração do Mirage é um viveiro de tigres e golfinhos que me dá saracutico só de pensar, então vou deixá-lo de lado e falar das partes legais do hotel: o show Love (inspirado nos Beatles, um dos meus shows preferidos de Las Vegas), o vulcão do Mirage e o enorme aquário na recepção.

O que fazer em Las Vegas
Entrada do espetáculo Love – Cirque d’ Soleil

O que fazer no The Mirage

  • Conhecer o aquário gigante no lobby do hotel
  • Ver a explosão do vulcão
  • Assistir ao Show Love (Beatles) – Cirque du S’oleil

Conhecer o aquário gigante no lobby do hotel

Se você – assim como eu – ama peixinhos coloridos, ou está viajando com crianças vale dar uma passadinha no lobby do Mirage para ver o aquário imenso. São mais de 75 mil litros de água e mais de 450 peixes de 85 espécies diferentes. É lindo.

Ver a explosão do vulcão

Todos os dias a partir das 17:00, de hora em hora, o vulcão do The Mirage entra em erupção, o show dura alguns minutos e tem vários efeitos especiais legais como explosões com fogo, e “lava” escorrendo. Pra mim uma das atrações gratuitas mais legais de Las Vegas.

O que fazer em Las Vegas
Vulcão do The Mirage em errupção

Treasure Island

Quando escrevi a primeira versão deste post em 2013 o Treasure Island tinha uma das MELHORES atrações gratuitas de Las Vegas, um show de piratas e sereias com direito a tiros de canhão, explosões e até navio afundando. Me deu um pouco de tristeza saber que o espaço que abrigava os navios será transformado em uma farmácia e em algumas lojas. Hoje, a sensação do Treasure Island é a exposição Marvel Avenger’s Station (em cartaz desde 2016) e o espetáculo do Cirque Du S’oleil Mystere, o show mais circense do Cirque na cidade, e o único liberado pra crianças de todas as idades.

O que fazer no Treasure Island

  • Espetáculo Mystere – Cirque Du S’oleil
  • Ver a exposição Marvel Avenger’s Station

Ver a exposição Marvel Avenger’s Station

É fã dos Vingadores? Aqui, a exposição é interativa e educacional. Os visitantes tem acesso aos adereços e fantasias originais dos filmes Avengers, como o uniforme e o escudo do Capitão América. Um ótimo passeio para todas as idades.

Horário de funcionamento:

  • Diariamente: De 10 às 19h

Ingressos:

  • Adultos e crianças maiores de 12 anos: $34
  • Crianças de 4 a 11 anos: $24
  • Crianças menores de 3 anos: gratuito

Venetian & Palazzo: Passeio de gôndola e um shopping lindo

Nossa próxima parada é uma dupla de hotéis que eu adoro tanto para passear como para me hospedar. O Venetian e o seu irmão Palazzo tem alguns dos quartos mais amplos da strip (uma belezura para quem viaja em família) e estão conectados por um dos melhores shoppings de Las Vegas, o Grand Channel Shopps. 

O que fazer em Las Vegas
Grande Canal no The Venetian

Caminhe pelos canais de Veneza, pela praça de São Marco e pelos corredores do Museu do Vaticano, e se você se animar, faça um passeio de gondola com direito a “gondoleiros cantores”. Os hotéis são lindos e as áreas comuns estão repletas de cantinhos legais para fotografar.

O que fazer no The Venetian e Palazzo

  • Observar a fachada do The Venetian
  • Fazer um passeio de gôndola
  • Assistir a marcha dos gondoleiros
  • Provar o Crazy Shake
  • Passear pelo Grand Channel Shopps
  • Visitar o museu de cera Madame Tussauds
  • Entrar numa fria no Bar de gelo Minus 5

Observar a fachada do The Venetian

O passeio começa no lado externo do hotel onde há uma réplica da ponte Rialto (a escada rolante que sobre esta ponte é super legal), do campanil de San Marco e do Grande Canal de Veneza. Procure a pequena ponte dos suspiros que fica escondida numa cantinho entre o canal e o hotel, e não deixe de observar a movimentação de pessoas e de gôndolas.

Fazer um passeio de gôndola

Falando em gôndolas, taí um passeio que eu ADORO! O passeio de gôndola pode ser feito no rende Canal – parte externa do hotel – ou num segundo canal que fica dentro do shopping e é bem mais intimista. Outro ponto positivo do canal interno é que as filas -quase sempre- são bem menores. O passeio dura cerca de 15 minutos, e inclui serenata personalizada. Se você pegar um gondoleiro gente boa, ele vai cantar umas 2 ou três músicas e como eles cantam bem!

O que fazer em Las Vegas
Passeio de Gôndola no The Venetian

Marcha dos gondoleiros:

Outro passeio bacana envolvendo as gondolas é a marcha dos gondoleiros. todos os dias às 9:50 da manhã e às 16:20 rola o início do turno dos gondoleiros e eles começam o dia com uma linda serenata coletiva remando pelo canal. A serenata começa no ponto de giro da gôndola (próximo a loja Sketchers) e termina pertinho da Barneys New York. É bem especial, e grátis!

Passeio do gôndola

Horários de funcionamento:

Dentro do shopping

  • De domingo à quinta: 10h às 23h
  • Sextas e sábados: 10h às 24h

Gôndola externa

Todos os dias das 9h às 21h45

Ingressos:

  • Gôndola compartilhada: $29 por pessoa (maiores de 2 anos pagam)
  • Gôndola exclusiva (para até duas pessoas): $116

[Durante a alta temporada os preços sobem para $39 por pessoa]

Provar o Crazy Shake do Black Tap Craft Burger

Quando vi o copão de Milk Shake colorido – eu adoro milk shake – no instagram de uma amiga coloquei o Black Tap na minha lista, aquilo era uma “aberração à la Las Vegas” – gigante e triunfante – que eu precisava provar. Fui pesquisar e vi que além dos Milk Shakes malucos, a casa tem burgers ótimos, mais um bom motivo para incluir na minha lista, certo?! Na última viagem a Las Vegas coloquei o Black Tap na minha lista e amei a pedida! Os sanduíches são deliciosos, e o milk shake é tão imenso que nem eu e o Tom juntos (e olha que ele é um belo tomador de coisas gostosas) conseguimos terminar. 

O que fazer em Las Vegas
Crazy Shake do Black Tap Burger

Pedi o Pizza Burger (não seria minha primeira escolha no cardápio, mas como era para dividir com as crianças achei uma opção mais segura) e foi um sucesso. Os pedacinhos de muçarela frita combinam maravilhosamente bem com o molho de tomate grosso. Amei a combinação.

Visitar o museu de cera Madame Tussauds

Fãs de museus de Cera de plantão vão curtir a visita no Madame Tussauds de Vegas, que assim como as outras unidades espalhadas pelo mundo tem uma seleção bem perfeitinha de figuras de cera de celebridades, super heróis da Marvel, e personalidades que são a cara de Las Vegas como Celine Dion, Elvis e o Blue Man Group. E como estamos falando de Vegas, há também um bar exclusivo, cuja entrada está inclusa no ingresso. 

Ingressos:

  • Adultos (13+):  $21.99 (ingressos online a partir das 18:00) – Na bilheteria custa $10 mais caro.
  • Crianças (4-12 anos): $16.99 (ingressos online a partir das 18:00) – Na bilheteria custa $10 mais caro.

Dica: Compre seu ingresso online para depois das 18 horas e pague $18.99 para adultos e $13.99 para crianças.

Horários de funcionamento:

  • De Terças à quinta: 10h às 20h
  • Sextas e sábados: 10h às 22h
  • Domingos e segundas 10h às 21h

[Horários variam um pouco de acordo com a época do ano, confira no site oficial]

Entrar numa fria no Bar de gelo Minus 5

Coloquei este item na lista porque acho a ideia dos bares de gelo, mas preciso dizer que minha experiência no Minus 5 de Las Vegas (entrada mais barata: $17 – inclui casaco) foi uma mega roubada, como diria meu marido: “Paguei para entrar numa fria”.

O que fazer em Las Vegas
Bar de gelo Minus 5 em Las Vegas

Cheguei no bar toda animada para tomar drinks, e nenhum dos hosts me avisou que a casa estava vazia, não havia uma alma viva sequer. Claro que desanimei do drink né?! Beber sozinha, num bar vazio ninguém merece! O que sim é bem legal é a ambientação, e as esculturas de gelo que ficam lá dentro, tirei umas fotos bacanas, mas em linhas gerais, achei a experiência fraca, e ao mesmo que você esteja numa grande turma, não recomendo.

 Wynn & Encore: um dos hotéis mais lindos de Las Vegas

Saindo do The Venetian, atravesse a passarela rumo a dupla Wynn & Encore, dois dos hotéis mais lindos da Strip e parada obrigatória em todo bom roteiro por Las Vegas. O Wynn & Encore tem um cassino ótimo e bem ventilado (aqui, dificilmente o cheiro de cigarro irá de incomodar), uma decoração com motivos de flores e borboletas lindos e jardins de inverno lindos, e uma pequena fonte dançante. Outros pontos altos do Wynn são o Lake of Dreams que durante a noite virá palco de projeções lindas e um dos melhores shows de Las Vegas, o Le Rêve.

O que fazer em Las Vegas
Bolas floridas no Wynn em Las Vegas

O que fazer no Wynn e no Encore

  • Ver o show das fontes dançantes
  • Curtir os jardins internos bem decorados
  • Ver as apresentações musicais no Lake of Dreams
  • Assistir ao espetáculo Le Rêve

Ver o show das fontes dançantes

A visita ao Wynn começa com as fontes dançantes na parte externa do hotel, uma versão miniatura das fontes do Bellagio com uma vantagem: os shows são bem mais frequentes (tá, nem sem compara as fontes do Bellagio em termos de show ou de tamanho, mas é um bom aquecimento), ainda na área externa há um lago com cachoeira que rendem fotos bonitas.

Curtir os jardins internos bem decorados

Chegou a hora de entrar no hotel, repare nos mosaicos no chão além de bonitos eles delimitam em que hotel você está, o chão do Wynn é todo decorado com flores, e o do Encore com borboletas. Quem chega no hotel vindo do The Venetian percorre um corredor de lojas bacanudo com grifes ultra famosas, logo de cara já dá para notar que estamos em um dos hotéis mais top e Las Vegas. Já falei de hospedagem no comecinho deste post, mas acho que vale repetir que tanto o Wynn quanto Encore são opções incríveis para quem quer curtir Las Vegas com estilo. 

O que fazer em Las Vegas
Decoração dos jardins internos do Winn

Continuando pelo corredor chegaremos no cassino que é ótimo, e nos jardins inverno decorados com bolas de flores. São dois jardins, um do lado do Wynn e outro do Bellagio, e ambos contam com esculturas bem interessantes: um carrossel de flores, com cavalos que se mexem de verdade, e um balão todinho florido, as esculturas são do designer Preston Bailei. Falando em escultura, Steve Wynn proprietário do hotel tem duas esculturas de Jeff Koons que que volta e meia “aparecem” em frente ao teatro do Le Rêve: Um Popeye gigante e colorido, e o meu preferido, um conjunto de tulipas psicodélicas (jurei que eram balões de festinha infantil).

Ver as apresentações musicais no Lake of Dreams

Uma parada que eu amo fazer – e repetir – nas minhas viagens a Las Vegas é tomar um drink no bar Paraso. As decorações no teto e o visual do bar, tornam o local um dos meus cantinhos preferidos de Las Vegas. Quer mais um motivo para visitar o Parasol? Todas as noite das 8:30 às 12:30 – de meia em meia hora – rola um show de projeções no algo que é lindíssimo. O shows mudam a cada meia hora – o que te dá vontade de ficar a noite toda por lá, e são super coloridos.

Já que o assunto é bares, o Bar do Lobby do Encore – decorado com uma árvore dourada nada discreta – tem um cucumber fizz (drinks espumante de pepino) que é por poesia. Vale provar! O bar é despojado, e dá até para ir com as crianças depois de visitar os jardins.


Aqui você terá que tomar uma decisão importante: seguir caminhando. Já logo te aviso que o caminho não é dos mais divertidos, ou pegar um Uber/Lyft até o Stratosphere. Quem optar pela caminhada pode parar no Circus Circus e aproveitar para tirar uma foto na frente de uma das capelas de casamento mais famosas de Vegas. Vou ser bem sincera e dizer que o melhor pedaço da cidade você já conheceu, ou seja, se quiser pular o Stratosphere não vai perder muita coisa.


Circus Circus

Uma parada legal para quem viaja com crianças, o Circus Circus gosta de se posicionar como o maior circo do mundo, e suas atrações combinam um parque de diversões indoor com atrações circenses gratuitas. Aos finais de semana e feriados, prepare-se para encontrar muita gente e um pouco de bagunça. Eu tive uma experiência tão caótica na minha primeira visita que nunca mais voltei, mas quero voltar com crianças – e tenho certeza que eles vão aproveitar bastante. 

O que fazer em Las Vegas

O que fazer no Circus Circus

  • Assistir aos Circus Acts
  • Curtir as atrações do Adventure Dome (para crianças)

Assistir aos Circus Acts

Esse é o maior circo permanente do mundo. São diversas performances típicas de circo como número de força e equilíbrio, malabarismo artistíco, palhaços malucos e muito mais. Os shows acontecem diariamente a partir das 11h30 e o espetáculo é gratuito. Para casar um espetáculo com a sua visita, fique de olho no calendário. Os números acontecem principalmente aofinais de semana.

Curtir as atrações do Adventure Dome (para crianças)

O Adventure Dome é o parque de divesões dentro do hotel Circus Circus e é uma ótima pedida se você estiver com crianças. No verão, o parque ganha algumas atrações aquáticas para refrescar o calor de Vegas.

Ingressos:

  • Adultos (maiores de 1,20m): $33.95
  • Menores de 1,20m: $19.95

[Vá em quantos brinquedos quiser durante os horários de operação.]

Horários de funcionamento variam conforme o mês – cheque o calendário aqui

Stratosphere

E por fim chegamos ao Stratosphere cujo principal atrativo é a torre alta com um mini parque de diversões no topo. Subimos na torre, confesso que esperávamos uma vista um pouco melhor, só que como a torre está num pedaço não tão bacana na Strip, a parte mais colorida e iluminada acaba ficando longe. Lá do alto dá para ver bem que fora umas três os quatro ruas super iluminadas Las Vegas é uma cidade bem plana.

O que fazer em Las Vegas

O que fazer no Stratosphere:

  • Deck de observação: Ver Las Vegas do alto da torre
  • Curtir a adrenalina nas atracões radicais Big Shot , Insanity e X-scream
  • Saltar do alto do Sky Jump

Deck de observação: Ver Las Vegas do alto da torre

A torre do Stratosphere tem 350 metros de altura e é o prédio mais alto da cidade. Essa atração foi eleita pelos leitores do Las Vegas Review-Journal como o melhor lugar para avistar Las Vegas de cima. Lá, é possível admirar Vegas pelas janelas e, para os mais corajosos, pelo deck de observação ao ar livre. Você também pode fazer uma refeição no restaurante Top of the World, que fica lá no topo. Para encarar a subida, você deverá desenbolsar cerca de 20 dólares.

O que fazer em Las Vegas

Vista do alto do Stratosphere – Las Vegas

Curtir a adrenalina nas atracões radicais Big Shot, Insanity e X-scream

E que tal atrações radicais no topo da torre? O Stratosphere também oferece isso. Por lá, há três brinquedos para quem curte adrenalida: o Big Shot, uma espécie de elevador que despenca a uma velocidade de 72km/h, a montanha russa X-Scream que o deixa suspenso a 8m para fora da torre e, para os de estomago forme, a Insanity, um brinquedo com um “braço mecânico” que gira e passeia por fora da cobertura do prédio, atingindo um angulo de 70 graus.

Os valores são diversos, há ingressos que incluem um ou mais brinquedos e descontos para hóspedes. O pacote que inclui a subida na torre e um passe ilimitado para os três brinquedos custa 40 dólares.

Horário de funcionamento:

  • Domingo à quinta-feira: Das 10h às 01am
  • Sextas e sábados: Das 10h às 02am

Saltar do alto do Sky Jump

Gosta de adrenalida? Mas muito? Então, vá no Sky Jump. É um salto, do topo da torre, cerca de 360 metros de altura, no estilo bungee jump. É a maior queda livre controlada do mundo. Você chegará ao solo em uma velocidade de 40km/h. Dá para fazer o salto de dia, de tarde ou a noite, você só precisa estar disposto a pagar 120 dólares (hóspedes do hotel ganham um desconto nesse valor).

Horário de funcionamento:

  • Domingo à quinta-feira: Das 10h às 01am
  • Sextas e sábados: Das 10h às 02am

Curtir a vibe gostosa do The Park

The Park é o mais novo parque urbano de Las Vegas, uma área ao ar livre super agradável que conecta os hotéis New York New York ao The Park. O The Park mistura elementos como água (escassa no deserto, porém essencial para a vida) presente nas fontes que formam uma espécie de corredor de entrada do parque (e que são um verdadeiro convite para as crianças), as plantas desérticas cuidadosamente escolhidas para compor o paisagismo do parque e as estruturas de metal (que lembram plantas) que dão uma cara de modernidade e ficam lindas com a iluminação noturna?

O que fazer em Las Vegas
Vibe do The Park com a dançarina Bliss Dance

Mas o que o The Park tem de legal afinal?

Bares e restaurantes com mesinhas ao ar livre, cadeiras coloridas espalhadas pelo parque e uma vibe super descontraída e bem diferente dos espaços internos e hotéis de Las Vegas. Durante a tarde, grupos de amigos bebem cerveja e jogam jogos (há vários jogos espalhados pelo parque), crianças brincam de correr (e de se molhar) com as águas da fonte, e muita gente passa para lá e para cá. É bem legal!

Atrações do The Park

Bliss Dance: a dançarina da Strip

Um dos destaques do parque é a escultura Bliss Dance, uma escultura de ferro armado de uma dançarina gigante, segura e presente. São 12 metros de altura com direito a muita sensualidade e presença. A Bliss Dance foi criada após a primeira experiência do artista Marco Cochrane’s no Burning Man, um festival de musica que acontece no deserto de Nevada, e passou anos na Treasure Island (em San Francisco) antes de ser trazida para Las Vegas. Hoje a escultura é uma das peças mais interessantes do The Park, e recebe shows, concertos e festivais que volta e meia são organizados por lá. Confesso que a Bliss Dance tá fazendo muita falta na Bay Area e que ela deixava a orla de Treasure Island muito especial, mas não dá para negar que a escultura tem tudo a ver com Las Vegas e com a vide sempre dançante da cidade. Vale dar uma passadinha no parque a noite para vê-la todinha iluminada –  ela fica linda!

T-Mobile Arena

A T-Mobile Arena é um estádio versátil que recebe partidas de Hockey do time Golden Knights, jogos de basquete especiais (há games da liga universitária e alguns amistosos com times da NBA) e shows. Vale ficar de olho no calendário porque sempre tem bandas boas e artistas famosos tocando por lá. Na minha última ida a Las Vegas tava rolando um show da Ariana Grande.

Comer, beber e repetir

Uma das graças do The Park é a chance de comer ao ar livre em meio a vibe gostosa do lugar. Há quatro opções por lá:  O Beerhaus (cervejaria super descolada com pegada alemã que serve hot dogs caprichados e cerveja geladinha. Adorei a decoração moderinha e os jogos na área externa. Um lugar que dá fácil), o sempre infalível California Pizza Chicken (uma rede de pizzarias da Califórnia que serve pizzas gostosas – por favor, nada de comparar com a redonda brasileira para não se frustrar – e ótimas saladas) e duas opções que não provamos Bruxie (sanduíches de Waffle) e o japonês Sake Rok. Também tem o Shake Shack que fica coladinho no parque e é sempre uma boa pedida para quem quer comer um sanduíche gostoso e com um bom custo x benefício.

Assistir aos shows do Cirque du S’oleil (e outros)

Uma das minhas partes preferidas de Las Vegas é a variedade de shows (só do Cirque du S’oleil, são 6 peças em cartaz, e uma melhor do que a outra)! Além disso também tem o Le Rêve (espetáculo aquático no Wynn), Blue Man Group e muito mais! Apesar de ter espetáculos quase todos os dias, eles estão sempre cheios (especialmente durante a alta temporada e aos finais de semana), por isso, vale a pena se programar e comprar o ingresso online com antecedência.

O que fazer em Las Vegas
Palco incrível do La Rêve, um show que eu recomendo MUITO.

Shows que valem a pena em Las Vegas:

  • Le Reve: Meu show aquático preferido
  • O – O show aquático do Cirque du S’oleil
  • Love – o show dos Beatles do Cirque du S’oleil
  • Kà – Um show com fogos e muitas acrobacias -Cirque du S’oleil
  • Michael Jackson One – Cirque du S’oleil
  • Zumanity – o show sensual do Cirque du S’oleil
  • Mystere – Um show circense para todas as idades – Cirque du S’oleil

Le Rêve:

Comecei pelo Le Rêve, por que apesar de não ser Cirque du S’oleil, é meu espetáculo preferido de Las Vegas, e uma experiência absolutamente sensacional. O Le Rêve é um show aquático, o palco – ou piscina – é circular, e o teatro é relativamente pequeno fazendo com que todo mundo fique pertinho. Acrobacias mirabolantes, nado sincronizado de primeira – várias das artistas são ex. atletas olímpicas incluindo Brasileiras – e um show visual de outro planeta vão te deixar hipnotizado. 

O – o show aquático do Cirque:

E já que estamos falando de shows aquáticos, vamos falar do O? Um espetáculo aquático que acontece quase todo na piscina É o famoso Cirque du Soleil que acontece na água. Praticamente todo o show é feito dentro de uma piscina e conta com saltadores profissas – espere acrobacias de primeira – nada sincronizado, e até números com palhaços para alternar uma cena e outra. O é uma espetáculo imponente, eletrizante, e que vai te emocionar.

Dica: Não sente nas primeiras fileiras ou você não conseguirá ver o show todo!

O ou Le Rêve, que show escolher?

Pergunta difícil, hein? Assim na lata, eu diria Le Rêve. Gostei do palco intimista e de toda a dinâmica criada em torno do espetáculo, mas não dá para desdenhar o O que também é sensacional. Alguém aí viu os dois e quer opinar na caixa de comentários?

Love – Beatles:

Esse é um show dedicado aos Beatles, e eu que sou fã da banda, arrisco dizer que é uma das experiências mais legais com músicas dos Beatles no mundo. O palco é colorido, e o show é todo cantado com músicas da banda animado por dançarinas e acrobatas, espere menos um show circense e mais uma experiência musical!  O palco é quadrado, então, você consegue ter uma boa visão de tudo independente de onde estiver sentado. O Love acontece no teatro do The Mirage.

:

Para quem busca um show com cara de Cirque du S’oleil e números que parecem desafiar as leis da gravidade, o Kà é uma excelente pedida. Há muitos números com fogo e uma parede quase vertical formada pelo palco que forma um visual bem diferente e eletrizante. Gosto muito do espetáculo e acho uma pedida certeira para grupos de amigos. O Kà acontece no teatro do MGM.

Michael Jackson ONE:

Os fãs do Rei do Pop vão ficar encantados com os efeitos visuais desse show que é menos um espetáculo do Cirque de Soleil e mais um show musical. Prepare-se para cantar junto e se esbaldar com muita música boa. Ouvi dizer que há até uma aparição do rei no final! O Michael Jackson One acontece no teatro do Mandalay Bay.

Zumanity:

Este show do Cirque du Soleil é exclusivo para maiores de 18 anos e é todo sensual. O show fica no teatro do New York New York, e minha dica é ir no horário mais cedo para combinar o show com os barzinhos animados do hotel. 

Apostar nos melhores Cassinos de Las Vegas

Na meca da jogatina quem é que não quer apostar uns dinheirinhos no caça Nikel, girar a sorte na roleta ou enfrentar um montão de craques do Poker? Um joguinho as vezes é bom, ne? Melhor ainda se for em Las vegas. Os hoteis mais famosos para cassino de Vegas sao o Bellagio e o Wynn (alias, não só os mais famosos, mas também tb, são os mais bonitos). Para mesas mais baratas, nossas escolhas são o The Park e o The LINQ (que por sinal tem um cassino bem moderno e uma pegada jovem interessante).

Para quem curte jogar, vale a pena fazer um players card, e dependendo da quantidade de pontos adquiridos no cartão, o jogador ganha diversos descontos, inclusive diárias de hotel e restaurantes na faixa…

Compras em Las Vegas: lojas que merecem a visita

Las Vegas também combina com boas compras, e sabe o que eu adoro? A facilidade de visitar as lojas entre um passeio e outro – os melhores shopping de Las Vegas ficam perto dos hotéis, e se você ficar bem hospedado – já viu nossas dicas de onde ficar em Las Vegas? – consegue incluir passeios no shopping sem desviar o caminho. Outro ponto que eu adoro é a facilidade comprar nas melhores lojas (e aqui estou falando desde grifes caríssimas as mais baratinhas quero mundo gosta) sem a lotação de Miami ou Nova York. E claro que Las Vegas também tem ótimos outlets e relativamente próximos da cidade. Aí vão minhas melhores dicas para fazer boas compras em Las Vegas.

Onde fazer compras em Las Vegas

  • Lojas conceito: M&M World, Coca-Cola Store & Hershey’s World
  • Melhores shoppings de Las Vegas
    • Grand Channel Shops
    • Forum Shops at Caesars
    • The Shops at Crystals
    • Fashion Show
  • Outlets
    • Las Vegas North Premium Outlets
    • Las Vega South Premium Outlets

Lojas conceito

Inclui pelo menos uma  das lojas conceito no seu passeio pela strip. Minha preferida é a M&M World (3785 S Las Vegas Blvd) , uma loja temática com tudo o que você pode imaginar do mundo M&M, o ápice da experiência, para mim, é a chance de customizar um saquinho de M&M’s (óbvio que na minha primeira visita saí com um saco cor de rosa) com confeitos coloridos da cor que você quiser. Isso sem falar nos sabores inusitados que só estão a venda por lá. Para quem quer elevar o nível da customização dá para comprar M&M’s impressos com a mensagem que você escolher – a customização é paga a parte. Além de se esbaldar de chocolates coloridos, uma visita a M&M world inclui cineminha com filme 3D (a entrada é grátis, e o filme tem uma pegada infantil) e um mundo de produtos da marca. Adoro e recomendo a experiência.

O que fazer em Las Vegas
M&M World – Las Vegas
O que fazer em Las Vegas
Customizar um saquinho de M&M’s é uma das minhas experiências preferidas em Las Vegas

Também vale a pena dar um pulinho na Coca-Cola Store (3785 S Las Vegas Blvd) onde há produtos variados com aa logo da Coca-Cola, uma coleção fofíssima de ursos polares da marca, e um bar que serve refrigerante da marca vindos de todos os cantos do mundo. 

O que fazer em Las Vegas
Loja da Coca-cola em Las Vegas

E pra fechar o passeio pelas lojas temáticas, vale dar um pulinho da Hershey’s World (3790 S Las Vegas Blvd) que tem cantinhos dedicados as principais marcas da empresa (Kisses e Reeses tem as áreas mais caprichadas), um balcão no centro com várias guloseimas feitas com o chocolate Hershey’s – peça para provar porque sempre tem uma amostrinha – e produtos com logos das marcas.

Melhores shoppings de Las Vegas

Forum Shops at Caesars (Caesars Palace)

Um shopping fechado que simula um lugar aberto (com direito a céu que se move, clareia e escurece) com direito a fontes e estátuas que imitam o estilo romano e uma escadaria super imponente na entrada. Ainda que você não queira fazer compras, não deixe de conhecer o shopping, porque é incrível.  Para fazer compras, a seleção de lojas é ótimo, há desde lojas chiques e famosas, como marcas descoladas como  Antopologie (a única de Las Vegas) e marcas mais acessíveis como a H&M (gigantesca), Gap, Abercrombie e Victoria Secret. Há uma Apple Store excelente lá dentro.

Ver o show The Fall of Atlantis – Forum Shopp

De hora em hora acontece o shop The Fall of Atlantis na fonte central do shopping, um espetáculo gratuito que conta a briga de dois irmãos da mitologia grega com direito a efeitos especiais. Vale assistir.

Horário de funcionamento:

  • Domingo à quinta-feira:
    • De 10 às 22h – apresentações a cada 60 minutos;
  • Sextas e sábados:
    • De 11 às 23h – apresentações a cada 60 minutos;

Grand Channel Shopps (The Venetian & Palazzo)

Meu shopping preferido de Las Vegas – e um dos mais vazios para quem quer fazer compras, é o Grand Channel Shopps. Adoro o sortimento de lojas, e o ambiente gostoso com direito a canal de Veneza no centro, e uma praça animada que imita a Praça de San Marco em Veneza. De tempos em tempos a praça recebe shows dançantes com dançarinos mascarados, equilibristas em perna de pau e cantores. Vale a visita.

O que fazer em Las Vegas
Grand Channel Shopps (The Venetian & Palazzo)

Fashion Show Mall

Visto de fora, o Fashion Show impressiona por seus telões gigantes e arquitetura moderna, mas o interior deste shopping – GIGANTE – deixa um pouco a desejar, falta charme e falta aquele “q” de Las Vegas que todos os outros shopping que destaquei neste post tem. Mas dependendo aloja que você procura, o Fashion Show pode ser uma boa pedida, tem uma Forever 21 gigantesca, várias lojas de departamento, Apple Store e Disney Store.

O que fazer em Las Vegas
Fachada moderna do Fashion Show

Miracle Mile Shopps (Planet Hollywood)

O Miracle Mile é um shopping pequenino e bem localizado, nele há uma Urban Outfitters, e algumas opções legais de restaurantes com um bom custo x benefício. Nós já comemos por lá algumas vezes.

Crystals (Aria)

O shopping mais chique de Las Vegas tem uma arquitetura impressionante por dentro e por fora. Não deixe de passear pelo shopping que tem algumas das grifes mais conhecidas do mundo, e é um bom lugar para se antenar nas tendências da moda. 

O que fazer em Las Vegas
Crystals: o shopping mais top de Las Vegas

Visitar as atrações de Downtown Las Vegas

  • Freemont: Música ao vivo, Slotzilla e shows de iluminação
  • Container Park: E os food trucks deliciosos
  • Museum do Neon
  • Mob Museum: O museu da máfia

Freemont St. : Música ao vivo, Slotzilla e shows de iluminação

A Freemont St. é parte importante da história de Las Vegas, foi aqui que o primeiro cassino foi fundado, e que a cidade do entretenimento que existe hoje começou. Nesta região, há alguns hotéis-cassinos (e para os jogadores de maquininha de plantão, vale falar que as máquinas daqui pagam um pouco melhor que as máquinas da Strip) e uma rua super viva, e iluminada.

O que fazer em Las Vegas
Fremont St.

Um dos pontos altos da Fremont é a diversidade de pessoas, em pouco tempo você verá que roupa é um conceito opcional para os personagens da rua, que abraços grátis e pessoas alegrinhas pelo consumo alcólico realmente combinam, e que os shows grátis que acontece durante o verão são realmente bons. A Freemont St. tem uma vibe bem diferente da strip, vale conhecer!

Shows de iluminação

A Freemont Street é uma rua coberta, e o mais legal, seu teto forma um enorme telão – o maior do mundo. Todas as noites, de hora em hora, rola um show com projeções mirabolantes, o Viva Vision, e músicas de The Killers, Linkin Park, Green Day, Imagine Dragons, The Who e Tiesto.

O que fazer em Las Vegas
Iluminações noturnas na Fremont Street

Slotzilla: 

E pra fechar as atrações da Freemont St.,não posso deixar de falar da Slotzilla, uma tirolesa radical que atravessa todo o corredor da Freemont, são duas alturas diferentes, e você pode ir sentado ou deitado. Vale comprar a entrada antecipada porque as filas são grandes.

Container Park: E os food trucks deliciosos

É possível sim fugir do agito em Las Vegas! Na Fremont, você encontrará um parque repleto de restaurantes, cafés, bares intimistas, galerias de arte e muito mais – tudo na temática de contêineres. Dá para ir passear no fim da tarde, assistir um show de música ao vivo no gramado e depois seguir para a agitação. O horário de funcionamento geral é das 11h às 21h, mas os bares e restaurantes ficam abertos até mais tarde.

Aqui há um parque de food trucks bem gostoso para almoçar, e um parquinho completíssimo para os pequenos. 

Neon Museum

É quase impossível pensar em Vegas e não se lembrar dos letreiros gigantescos e coloridos. No Museu do Neon você encontrará algumas dessas peças que ficavam na fachada de motéis e cassinos. Vale ir no final da tarde para ter duas perspectivas diferentes e ver os neons sendo ligados.

Horário de funcionamento:

  • Segunda à quinta-feira: Das 09h30 às 23h
  • Sexta, sábado e domingo: Das 09h30 às 24h

Ingressos:

  • Entrada geral: $22
  • Tour guiado: $28

The Mob Museum: O museu da máfia

O museu, dividido em várias salas, é dedicado a contar toda a trajetória da máfia e dos gangsters dos Estados Unidos. Inaugurado em 2012, ele está localizado em um antigo prédio da corte de justiça americana – e alguns mafiosos citados no museu foram julgados lá.

Entre as salas, você encontrará nomes como Al Capone, Benjamin Siegel, Frank Rosenthal e Tony Spilotro, assim como peças orignais dos perigosos combinadas com fotos e vídeos.

Horário de funcionamento:

  • Domingo à segunda-feira: Das 09h às 21h

Ingressos:

  • Adultos: $24
  • Idosos, militares e professores: $21
  • Adolescentes e estudantes: $17
  • Crianças menores de 10 anos: gratuito

Dicas de Restaurantes em Las Vegas

Restaurantes estrelados e chefes bam-bam-bans é o que não falta em Las Vegas, o que sim falta são opções saudáveis com bom preço. Comida em Las Vegas é algo caro, especialmente dentro dos hotéis, e ao menos que você esteja disposto a comer fast food todos os dias (nesse caso as praças de alimentação quebram bem o galho) espere gastar pelo menos $25-$30 por pessoa sem bebidas alcólicas.

Para economizar a dica é se abastecer com água e lanchinhos nos supermercados da cidade ou nas lojas de conveniência ABC (mais caras que os supermercados, mas infinitamente mais baratas que o hotel). Não preciso nem dizer que o Frigobar dos hotéis é caríssimo, preciso?

Nós compramos garrafas de água gigantescas, frutas, biscoitos e castanhas no supermercado e foi uma ótima pedida. Aliás, uma visitinha ao supermercado é algo que eu adoro fazer em qualquer lugar do mundo, sempre dá para fazer descobertas e comprar muita coisa legal. E se além de comida você pretende comprar outras coisinhas para levar para o Brasil, uma boa dica é visitar o Target (O target mais perto da Strip é esse: Maryland Crossing, 4001 S Maryland Pkwy, Las Vegas, NV 89119)

Burgers | Fish & Chips

Algumas opções bacanas com excelente custo benefício são os Restaurantes do Gordon Ramsay testamos a hamburgueria BurGr que fica no Planet Hollywood e o restaurante de Fish & Chips que fica no The Linq e adoramos os dois. Também adoramos o jeitão descolado do Tom’s Urban que fica no New York New York e tem mesas bem gostosas na calçada, e o sempre lotado Shake Shack (o melhor custo benefício dessa lista).

Dicas pra se dar em em Las Vegas
Fish & Chips delicioso do Gordon Ramsay

Café da manhã

Para café da manhã indicamos o Grand Avenue no MGM, o prato de frutas com Iogurte é divino e os ovos beneditinos estavam bem caprichados.

Dicas pra se dar em em Las Vegas
Prato de frutas com Iogurte do Grand Avenue no MGM

Destaque gastronômico da viagem

O destaque Gastronômico da viagem foi o novo Lago do chefe Julian Serrano que tem uma menu italiano delicioso e uma vista especial do Lago do Bellagio. Também gostamos da vibe e do menu do Harvest (também no Bellagio). O Micheal Mina, também no Bellagio, estava gostoso mas não surpreendeu.

Tentamos mas não conseguimos ir no Lemon Grass (Asiático delícia no Aria) e nem no Japonês Morimoto (MGM) que estavam lotadíssimos.

Buffets de Las Vegas

Uma opção com um custo benefício incrível são os Buffets da cidade, fora de temporada dá para comer HIPER bem com cerca de $20 dólares. Vale falar que o preço e a qualidade da comida é equivalente ao hotel: O buffet do Bellagio ou do Wynn é muito mais completo e delicioso que o do Monte Carlo, mas é consideravelmente mais caro. Meu buffet preferido em Las Vegas é o buffet do Cosmopolitan, mas o Buffet do Wynn e o do Bellagio também são ótimas opções. Prepare-se para uma fila brava.

Onde ficar em Las Vegas?

A parte famosa de Las Vegas é toda desenvolvida com base na Las Vegas Boulevard, mais conhecida como Strip. É nessa rua que acontece tudo e que ficam os melhores hotéis da cidade. Eu se fosse você, ficaria hospedado por lá, mas especificamente no trechinho entre o Bellagio e o Wynn. As ruas adjacentes a Las Vegas Boulevard costumam ter opções de hotéis mais em conta, mas se você puder e topar investir um pouco mais, este miolinho da Strip é a melhor opção.

Nos últimos anos Fremont Street (no centro de Vegas) foi renovada, o investimento atraiu vários hotéis com preços bem em conta. Vale falar porém, que a Fremont fica bem longe do burburinho de Vegas e que quem se hospedar tem que estar pronto para se deslocar bastante. Nós próximos parágrafos descreverei minhas pedidas preferidas de hospedagem em Las Vegas divididos por faixa de preço.

Veja aqui nosso guia de hospedagem em Las Vegas com fotos e descrições dos melhores hotéis da cidade, e dicas para economizar na hospedagem!


Minhas pedidas preferidas de hospedagem em Las Vegas


Conheça os melhores hotéis de Las Vegas

Hotéis caprichados:

The Bellagio:

O Bellagio é um hotel com ótimos quartos, decoração caprichada e muitas opções de entretenimento. O Hotel tem alguns dos melhores restaurantes da cidade e um jardim de inverno sempre decorado de acordo com a data comemorativa do momento. Reserve aqui!

Veja aqui todos os detalhes da nossa experiência no Bellagio 

Onde ficar em Las Vegas
Bellagio | Foto: Divulgação

Wynn e Encore:

Wynn e Encore são hotéis super bons, clássicos, com uma decoração bem clean (prova de que nem tudo em Las Vegas é cafona) e uma queda d’água do lado de fora do hotel. O teatro que passa o show Le Reve (que também é na água) fica no Wynn.

Onde ficar em Las Vegas
Wynn Las Vegas | Foto: Divulgação

Aria

Conforto, sofisticação e modernidade definem o Aria, uma pedida certeira para quem quer fugir do esquema hotelão temático de Las Vegas sem abrir mão de uma localização impecável. Quartos modernos com vidro de ponta a ponta (e vistas caprichadas da Strip nos andares mais altos), amenidades de primeira linha e um complexo delicioso de piscinas fazem do Aria uma pedida excelente para viagens de casal e viagens de lua de mel. Veja aqui ofertas para o Aria.

Onde ficar em Las Vegas
ARIA Resort & Casino | Foto: Divulgação

The Venetian:

O Venetian é famoso por ter os melhores quartos de Las Vegas, o que é uma excelente pedida para famílias. O hotel conta com um complexo de lazer impecável com piscinas deliciosas e uma academia de fazer inveja (tem até parede de escalada!) O hotel tem um complexo bacana com vários restaurantes, um shopping temático com lojas excelentes, uma praça com shows gratuitos e uma canal com gôndolas onde que é possível passear com gondoleiros uniformizados.  Veja aqui ofertas para o Venetian

Onde ficar em Las Vegas
The Venetian Resort Las Vegas

Palazzo:

Palazzo , vizinho de complexo do Venetian, divide com o Aria o título de hotel mais clean dos hotéis da Strip, e assim como seu irmão Venetian tem quartos de tamanho excelente e um super complexo de piscinas. (E o legal é que se hospedando no Palazzo você pode usar as piscinas do Venetian e vice-versa). O Palazzo tem um ambiente super gostoso e divide com o Venetian o shopping completo com muitas lojas. Veja aqui ofertas para o Palazzo.

Onde ficar em Las Vegas
The Palazzo at The Venetian | Foto: Divulgação

Hotéis com bom custo x benefício

Vdara

Quanto o assunto é bom custo x benefício penso logo no Vdara, um hotel exclusivo para não fumantes (o que para mim é um SUPER diferencial) e coladinho no Aria e no Bellagio. Isso significa curtir as amenidades (shows, atrações, cassinos e restaurantes) de dois dos melhores hotéis de Las Vegas sem muvuca e a poucos passos de distância. O Vdara segue a linha de decoração moderna e clean do Aria, os quartos são bem espaçosos, e o complexo de piscinas é excelente. Quer mais uma ponto positivo? O  Vdara tem um Spa caprichadíssimo! Reserve aqui!

Onde ficar em Las Vegas
Vdara Hotel & Spa at ARIA Las Vegas | Foto: Divulgação

Paris 

O Paris  é uma mistura de duas coisas que eu adoro, o charme parisiense – com vários detalhes fofos que imitam uma das cidades mais incríveis do mundo – com a localização perfeita! E quando digo perfeita tô falando da vista incrível das fontes do Bellagio e da facilidade de caminhar por alguns dos hotéis mais legais de Vegas sem gastar muito as pernas. Os quartos tem um tamanho legal, e uma decoração com elementos azuis. Reserve aqui!

Onde ficar em Las Vegas
Paris Las Vegas Hotel & Casino | Foto: Divulgação

MGM Grand

O MGM Grand é maior hotel de Las Vegas oferece um combo certeiro para quem quer ficar muito bem hospedados sem gastar os tubos. O MGM Grand é grandioso em todos os quesitos, quartos amplos, banheiros de excelente tamanho e um complexo de piscinas incrível e gigante. Ficamos hospedados no MGM Grand (veja aqui nossa experiência no MGM Grand) com o Tom pequenino e achamos uma ótima opção para famílias com crianças, mas para jovens e casais, o hotel também é uma ótima pedida já que uma das melhores baladas de Las Vegas fica lá dentro. Em resumo: Adorei a experiência, o custo x benefício e recomendo feliz! Reserve aqui!

Onde ficar em Las Vegas
MGM Grand | Foto: Divulgação

Hotéis econômicos:

New York New York O New York New York é um dos hotéis mais jovens e divertidos de Las Vegas e uma pedida certeira para quem procura algo econômico porém legal para caramba. O hotel te dois dos meus bares preferidos de Vegas, e fica coladinho no The Park (área deliciosa para caminhar). Já viram que recomendo, né?! Veja aqui promoções para o NY NY

Onde ficar em Las Vegas
New York New York | Foto: Divulgação

Flamingo

O Flamingo é um dos hotéis mais subestimados de Las Vegas, e quer saber? É um ótimo hotel, por um excelente preço, especialmente agora que os quartos estão reformadinhos (e ficaram lindos!) e que o Promenade do The Linq – que tem entrada direta para o hotel – está em pleno funcionamento. O Flamingo também é uma das pedidas que eu recomendo para crianças. Veja aqui promoções para o Flamingo.

Onde ficar em Las Vegas
Flamingo Las Vegas Hotel & Casino | Foto: Divulgação

The LINQ

Descolado e divertido o The Linq, um dos hotéis mais novos de Las Vegas, é uma ótima pedida para quem curte hotéis estilosos e com um custo x benefício legal. Não conte isso para ninguém, mas o motivo do The LINQ ser um hotel econômico é porque poucas pessoas o conhecem. Enquanto isso não muda, a dica é aproveitar e se hospedar nele. Reserve aqui!

Onde ficar em Las Vegas
The LINQ Hotel and Casino | Foto: Divulgação

Veja mais dicas de hotéis no post “Onde ficar em Las Vegas

Seguro de viagem para Las Vegas

Quando o assunto é Las Vegas e antecedência, não posso deixar de falar seguro de viagens. O seguro viagem não é obrigatório para quem viaja nos EUA, mas eu não viajaria sem seguro. Mesmo! Especialmente para Las Vegas que é uma cidade com temperaturas extremas, atividades radicais e (possivelmente) altas quantidades de álcool envolvidas. O que um bom seguro de viagens cobre:

  • Atrasos de voo;
  • Extravio de mala;
  • Despesas médicas e hospitalares (que vale desde uma dor de garganta, um pé quebrado – ou bate na madeira – algo mais graves);
  • Voo de emergência (pra quando der tudo errado);
  • E muito mais

Veja também: como escolher um seguro viagem para os Estados Unidos

Contrate um seguro que pague as despesas na hora

Ao contratar seu seguro é importante garantir que o seguro que você contratou cobre as despesas na hora. Despesas hospitalares nos Estados Unidos custam uma pequena fortuna e você não quer ter que pagar uma fortuna para depois passar meses correndo atrás de um reembolso que pode nunca chegar!

Nós usamos e recomendamos a Seguros Promo, uma empresa brasileira que funciona como um comparador de seguros, buscando os melhores custos benefícios do mercado sem abrir mão de uma cobertura excelente!

Quer um desconto?!
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Bate e volta pela região de Las Vegas

Adoro Las Vegas e suas opções quase infinitas de entretenimento, mas quer saber o que me faz querer voltar sempre? Os arredores da cidade, e as opções incríveis de passeios pela região. Use Las Vegas de base para explorar parques incríveis e menos conhecidos como o Valley of Fire, Red Rock Canyon e o Lake Mead, ou os populares Grand Canyon West, Zion National Park e o Death Valley National Park. Aí vai uma lista caprichada com os principais bate e voltas saindo de Las Vegas.

  • Grand Canyon de helicóptero
  • Passeio pelo Grand Canyon West
  • Hoover Dam: uma obra colossal
  • Lake Mead
  • Valley of Fire
  • Red Rock Canyon
  • Cidade Fantasma de Chloride
  • Route 66 – Kingman
  • Zion National Park
  • Death Valley National Park

Grand Canyon de helicóptero

Sobrevoar o Grand Canyon de helicóptero é pura poesia, e um passeio que deveria entrar na sua lista dos sonhos, mesmo. O voo saindo de Las Vegas dura cerca de 40 minutos (cada perna) e passa por lugares mega fotogênicos como a represa Hoover Dam, e o Lake Mead. Chegando no Grand Canyon você verá os paredões em tons vermelhos recortados pelo Rio Colorado num cenário típico de filme. É maravilhoso.

Há diversas empresas que oferecem voos para o Grand Canyon, minha dica é escolher um passeio que desembarque no Canyon (os voos mais furebas vão e voltam sem pousar, e acredite, você quer descer!) e que seja ultra bem avaliado. A melhor companhia que já testei em Vegas foi a Sundance, também já teste a Maverick e adorei! 

O que fazer em Las Vegas
Grand Canyon visto do alto do helicóptero

Passeio pelo Grand Canyon West

Se você tem apenas um dia para visitar o Grand Canyon, minha sugestão é optar pelo Grand Canyon West, que é bem mais perto de Las Vegas, e que embora não tenha a imensidão do parque nacional, te dá a chance de experiências um cantinho bem especial do Grand Canyon com vistas maravilhosas. Você pode chegar no Grand Canyon West de helicóptero – se essa for sua escolha, opte por um passeio que te tempo para explorar o parque além da Sky Walk – e dedique o máximo de tempo que conseguir ao Guano Point.

O que fazer em Las Vegas
Vistas do Guano Point Grand Canyon West

E a borda sul do Grand Canyon?

O South Rim do Grand Canyon fica a 3,5 horas de Las Vegas e é uma bate e volta que eu não recomendo pelo simples motivo de que você passará mais tempo no carro do que explorando o Canyon de verdade. Para explorar a borda sul do parque – que é sim maravilhosa – sugiro que você durma pelo menos uma noite em Tuyasan que fica na entrada do parque.

Hoover Dam: uma obra colossal

Hoover Dam é uma represa colossal localizada bem na divisa dos Estados de Nevada e Arizona, e uma das atrações mais visitadas nas aforas de Las Vegas. Durante a visita você ficará impressionado com o tamanho da barragem, aprenderá detalhes e desafios de sua construção, e entenderá a importância da represa na história de Las Vegas. Taí um passeio bacana para incluir no caminho do Grand Canyon.

O que fazer em Las Vegas
Hoover Dam visto do alto do helicóptero

Lake Mead

O maior reservatório de água dos Estados Unidos, e um passeio delicioso para driblar o calorão de Las Vegas, o Lake Mead oferece algumas praias, e até passeios de barco. A represa está na minha lista para a próxima viagem a Las Vegas (e prometo que passo aqui para atualizar o post com dicas e descobertas!)

O que fazer em Las Vegas
Lake Mead visto do alto do helicóptero

Valley of Fire

Com uma diversidade de paisagens surreais, e trilhas perfeitinhas, o Valley of Fire é meu parque preferido nas aforas de Las Vegas e um destes lugares que merece entrar no seu roteiro. Veja neste post nossas melhores dicas do que fazer no Valley of Fire.

O que fazer em Las Vegas
The Wave of Fire no Valley of Fire

Red Rock Canyon

A menos de 30km da Strip, você tem a primeira área de conservação do estado de Nevada, com muitas formoções rochosas e paisagens fotogênicas. Dá para contratar um tour ou entrar com o seu próprio carro no parque. E, a partir daí, as possibilidades de passeios são infinitas: você pode tanto percorrer a estrada e parar para tirar fotos onde mais te chamar a atenção, quanto fazer alguma trilha específica.

Horário de funcionamento:

  • Novembro a fevereiro: 06h às 17h
  • Março: 06h às 19h
  • Abril a setembro: 06h às 20h
  • Outubro: 06h às 19h

Ingressos:

  • $15 por veículo
  • $5 por pedestre

Route 66 – Kingman

Se você vai ao Grand Canyon West não deixe de incluir algumas das cidades da Route 66 no seu roteiro. Kingman é a primeira grande parada para quem sai de Las Vegas (e é bem legal), mas continuando a rota, há um montão de cidades charmosas. Veja aqui uma sugestão de roteiro para a Route 66.

Zion National Park

Zion é um dos meus três parques nacionais preferidos ( pau a pau com Yosemite e Yellowstone) e um desses lugares que vai te impressionar desde os primeiros instantes. Diferente do Grand Canyon, aqui você estará no meio dos dois paredões – e poderá, se a resistência deixar, faz umas das trilhas para ver o Canyon do alto). O que eu amo? A estrada maravilhosa (não deixe de passar pelo túnel e vá de olhos atentos porque sempre há cabras da montanha por lá), a imensidão vermelha (até o asfalto do Zion é vermelho) e o rio de águas claras e cheio de surpresas. O Zion fica há 2:30 de Las Vegas, o limite do que eu recomendo para um bate e volta e é um desses lugares que merece entrar na sua lista. Veja aqui nossas dicas para organizar sua visita ao Zion National Park.

O que fazer em Las Vegas

Canyon Overlook no Zion National Park

Death Valley National Park

Outra pedida fabulosa há duas horas de Las Vegas é o Death Valley National Park, um mundo de contrastes e de possibilidades para amantes do deserto. Veja o parque do alto da Dante’s View, caminhe pelo campo de sal no Bad Water Basin, e se encante pelas montanhas coloridas no Artist Pallet. Deixo o pôr do sol para o Zambryskie Point (que por sinal é um lugar lindo para o nascer do sol)

O que fazer em Las Vegas
Death Valley National Park

Como incluir Las Vegas em seu roteiro

E pra fechar este super guia de Las Vegas, vamos falar de possibilidades? Las Vegas é uma excelente pedida para começar (ou terminar) alguns trips incríveis, aí vão algumas dicas para te inspirar:

Las Vegas + California:

Eu começaria em San Francisco, seguiria pela Highway 1 até Los Angeles (ou San Diego se o tempo permitir) e partir dai faria a viagem para Las Vegas (de carro ou avião). Algumas sugestões de roteiro para quem quer fazer essa viagem:

E pra te ajudar a fazer o trajeto Los Angeles – Las Vegas com a calma que ele merece, vale olhar este post que escrevi para o blog da Tripierge: Las Vegas combina com Califórnia.

O que fazer em Las Vegas
Calçadão que conecta Santa Monica a Venice Beach na Califórnia

Las Vegas + Parques Nacionais do Arizona e Utah

A viagem pelos parques nacionais de Utah (e você pode fazer de carro ou motorhome) é tão incrível que já fizemos duas vezes e já queremos voltar. Aí vão nossos dois roteiros:

A) Roadtrip no deserto: Parques Nacionais de Utah + Grand Canyon + Sedona + Petrified Forest National Park

B) Viagens pelos parques nacionais de Arizona e Utah: Nós saímos de Salt Lake City, mas daria fácil para ter começado de Las Vega, e percorremos os Parques da região de Moab, Monumento Valley, Page (Antelope Canyon e Horse Shoe Bend), North Rim do Grand Canyon e Zion National Park.

O que fazer em Las Vegas
Nascer do sol no Monument Valley

E aí, curtiu nosso post com dicas do que fazer em Las Vegas?

Sentiu falta de alguma informação? Deixe um comentário

 

Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

Planeje sua viagem

Comentários (31)

[…] Bellagio (2x), Encore, MGM Grand, The Venetian e Flamingo – aliás, já viu minhas dicas do que fazer em Las Vegas? – também visitei os quartos do Aria (ô vista linda!) – nossos primos ficaram hospedados por […]

[…] San Bernardino e Barstow e não deixe de ler nossas dicas certeiras de onde ficar em Las Vegas e o que fazer por […]

[…] Faça como nos filmes: deixe LA para curtir uma roadtrip até Las Vegas. Confira o que fazer em Las Vegas. […]

[…] mais atividades veja também O que fazer em Las Vegas, do blog Ideias na […]

[…] Lembrando que esse post é apenas com a minha experiência, e ainda tem muito mais o que visitar na cidade do pecado. Caso você queira um texto com mais dicas, recomendo ler o blog Ideias na Mala que tem um guia completo sobre o que fazer em Las Vegas. […]

[…] diferentes: Bellagio (2x), Encore, MGM Grand e The Venetian – aliás, já minhas dicas do que fazer em Las Vegas? – também visitei os quartos do Aria (ô vista linda!) – nossos primos ficaram […]

[…] exclusiva para lá, com tempo e possibilidade de conhecer o Grand Canyon. E tem mesmo um monte de atração por lá, que precisaríamos de mais […]

Parabéns pelo roteiro, ele é incrível! Pretendo ir em novembro e com certeza irá me ajudar bastante. Porém, surgiu uma dúvida: as entradas em todos esses hotéis são gratuitas? É só chegar e entrar, curtir, tirar fotos, etc? (Desculpa se a pergunta é tola mas sua resposta irá me ajudar muito).

Sim! A entrada é gratuita (e vale mega a pena!)
abraços

Olá, Boa Noite!
Achei espetacular esse roteiro. Estou querendo muito imprimir ele. Porém imprimir direto aqui do site aparecem coisas além do roteiro.
Há a possibilidade de me enviar esse roteiro, ambas as partes 1 e 2, para que eu possa imprimir. Agradeço

Oi Icaro,
Só tenho este formato do site. Que coisa que aparecem?

Mari maravilhoso seu post, porém gostaria de só reforçar : eu posso entrar nos cassinos por exemplo do bellagio ou MGM mesmo não estando hospedados neles certo ? Estou cogitando ficar 3 dias em um com casino e 3 sem.. e fico preocupado em relação as esses 3 dias sem casinos , se poderei entrar livremente pels outros da Strip

Pode sim! E conhecer outros hotéis e Cassinos é exatamente uma das graças de Las Vegas!

Ei mari, muuuuuito bom suas dicas, gostei muito. Uma dúvida, estou pensando em ficar 6 noites em Vegas e queria te perguntar o que acha de ficar em um resort mais em conta como do Hard Rock ou LINQ e perambular por todos os outros famosos como bellagio, MGM.. não tem probema para entrar neles não? Tipo a entrada é liberada mesmo ? Muito obrigado e PARABÉNS

Acho uma ótima pedida! O The LINQ é melhor localizado!
E a entrad nos hotéis é sempre grátis!

Oi Mari, boa tarde!

Quantos dias em Las Vegas voce recomendaria para fazer esses passeios pela Sunset Strip (parte I e II)?

Obrigada!! 🙂

2! Um para cada parte!
Beijos

Bom Dia Mari,

Parabéns pelas informações, foi o sitio mais completo e didático que encontrei até então. Que horas você começou e terminou esse passeio pelos hotéis? Estou pensando em fazer igual em minha viagem em setembro.

Fábio

Oi Fábio,
O passeio leva um dia todinho, e vale SUPER a pena! Eu fiz em dois dias começando umas 10:00 da manhã, com pausas generosas para almoço e terminando no final do dia.
ABracos,
Mari

Legal… Obrigado pelo Post. Esta me ajudando bastante a planejar meus passeios por lá … 🙂

Obrigada Carolini 🙂
Aproveite a viagem e na volta passa aqui pra contar o que achou!
BEijos

Oi Mari, tudo bem?

Gostaria de uma opinião. Se hospedar no Stratosphere fica muito fora de mão?
Qual hotel você recomendaria, tendo um bom custo-benefício?

Obrigada.

Beijos!!!

Oi Giovanna,
Eu acho fora de mão sim.

Alguns hoteis melhores localizados e que costuma ter bons preços são:
MGM
Flamingo
Mandalay Bay

E até o novo The Linq parece ser uma boa pedida
Abraços

[…] Passeio na parte sul da Strip, visitando os hotéis Monte Carlo, New York-New York (almoço no America) e MGM. […]

[…] 9 & 10: Las Vegas Highlights: Passeio pelos hotéis de Las Vegas, shows do Cirque du Soleil e passeio de helicóptero pelo Grand Canyon. Para quem quer curtir uma […]

[…] Um dos melhores programas de Las Vegas é passear por cada um dos hoteis e desvendar suas atrações e shows especiais (muitos deles são grátis). Veja aqui um roteiro completo. […]

[…] passear por cada um dos hotéis e descobrindo suas maluquices e peculiaridades. No post anterior (VEJA AQUI) dizemos o trajeto do Mandalay Bay até o Bellagio e hoje caminharemos do Paris Paris (que fica […]

Deixe o seu comentário