Bate e volta de Las Vegas ao Grand Canyon: porque eu não faria

Ir de Las Vegas ao Grand Cânion no mesmo dia e voltar? Claro que dá, ele contou orgulhoso. E quer saber mais, completou? “Também fizemos o Antelope Canyon e vimos o Horseshoe Bend, tudo no mesmo dia”. Comecei a fazer contas mentais e depois fui conferir. Estamos falando de 1100 Km, segundo o Google maps são 11 horas e 25 minutos de volante sem as paradas. Sabendo que o Antelope Canyon leva 1 hora para visitar (as visitas são guiadas e não tem como fazer em menos tempo) e o Horseshoe bend fica a 1km de caminhada da estrada, quanto tempo será que sobrou para ver o Grand Canyon? Não muito, verdade? Isso me fez parar um pouco, pensar e refletir. Que dá, dá. Mas será que precisa?

Fotos maravilhosas, centenas de coraçõezinhos no Instagram, vários comentários impressionados dos amigos e mais um certinho da lista de lugares a visitar. Se esse era o objetivo da viagem, cumprido! Parabéns amigo, você visitou o Grand Canyon e o Antelope Canyon, e ainda pode contar pra todo mundo que fez isso num só dia saindo de Vegas.

Antelope Canyon - Arizona
Lower Antelope Canyon em Page

Thanks, but no thanks

O que eu acho? Uma furada LOUCA, não faria nem que fosse minha última oportunidade. Não faria porque passar porque pra passar por lugares deslumbrantes sem a chance de parar, respirar, curtir e explorar eu prefiro nem ir. Mesmo. Dirigir 11:30 e meia no mesmo dia para mim é tortura. Minha bunda doi só de imaginar a sofrência de ficar esse tempo todo sentada, meu estômago guloso reclama da possibilidade de engolir sanduíche frio acompanhado de um suco de caixinha quente com carro em movimento (porque é obviamente nem tempo pra almoçar direito sobrou) e ficar segurando o xixi com as perninhas cruzadas porque cada parada a mais na estrada é 15 minutos a menos no parque. Defitivamente é o contrário do meu conceito de viagem, prazer e diversão. Repito: não faria nem a pau.

Grand Canyon
Pima Point na Borda Sul do Grand Canyon

Me dá preguiça só de pensar

Quando penso em O-N-Z-E horas sentado no interior de um carro, logo comparo com as 11 horas sentadas dentro de um avião. Um saco, né?! Só que o avião é um mal necessário para quem curte viajar para cantos distantes. Agora vem cá, o sujeito em plena sã consciência optar por um bate-e-volta de 11 horas… sorry meu amigo, isso tem nome, e eu chamo de sadomasoquismo. E tortura por tortura, não dá para escolher uma mais rapidinha?

E as fotos no Instagram?

Esse é o tipo da invejinha barata, o vulgo prêmio de consolação. Aposto que só de olhar pra foto daquele fim de tarde no Grand Canyon, os glúteos do sujeito, exauridos pela dura empreitada e quadrados pelo contato excessivo com a superfície acolchoada do automóvel se contraem em forma de protesto. E já que não dá pra voltar atrás, porque não recomendar essa experiência fantástica para uma legião de seguidores na esperança que uma meia dúzia deles não faça contas e repita o “feito”? Propaga-se a loucura, cria-se uma pseudo competição em busca de mais lugares checados em menos horas… eu, hein? Tô fora!

Tô fora! Viajo para descobrir o mundo, e não para colecionar lugares. Viajo para explorar o desconhecido, e não para passar por tudo e não ver nada. E sim, gosto muito de fotografar e sou apaixonada pelo Instagram, mas de que adianta postar uma foto linda sem ter realmente aproveitado a experiência?

Um exemplo de muitos

E esse foi apenas um dos muitos exemplos que vivo escutando e lendo nesse mundo de blogs de viagem. Há quem queira fazer a viagem de San Francisco a Los Angeles pela Highway 1 em um só dia (e again, dá mas é um desperdício LOUCO), há quem queira fazer um bate volta de San Francisco a Yosemite, há quem queira sair de Vegas e conhecer o Death Valley e o Yosemite no mesmo dia. Há quem queira de tudo, e na teoria, dá sim pra fazer. Mas será que precisa?

E pra quem ficou se perguntando como é que eu recomendo essa viagem, num mundo ideal seriam pelo menos 3 dias:

  • Dia 1: Vegas -> Grand Canyon
  • Dia 2: Grand Canyon
  • Dia 3: Antelope Canyon -> Vegas

E claro, pra quem tem mais tempo vale super dar uma esticadinha e explorar melhor as atrações de Page.

Alguns posts que vão te ajudar a planejar sua viagem:

Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Comentários (7)

[…] para quem não tem tempo de explorar a borda sul, e antes que você me pergunte, não recomendo o bate volta a a borda sul do Grand Canyon de jeito nenhum! É MUITA estrada para pouco tempo de parque. Sabe quando a conta realmente não […]

[…] fiz e não recomendo. São 4 horas de viagem para ir, 4 horas para voltar e mais pelo menos 4-5 horas para aproveitar o […]

[…] Rim (borda sul) do Grand Canyon não caiba nos seus planos – e antes que você me pergunte, não recomendo o bate e volta nem para marmanjos. Com crianças então, nem pensar!  – você precisa conhecer o Grand […]

[…] (a mais selvagem e a mais alta) ambas estão a cerca de 4 horas e 20 minutos de Las Vegas, e eu não recomendo o bate e volta de jeito nenhum. O Grand Canyon é uma viagem que merece ser feita e degustada com muita […]

[…] ou o Death Valley. O Grand Canyon fica bem mais longe é um passeio delicioso de 2 ou 3 dias (o Bate e volta eu não recomendo, especialmente com […]

Super concordo! Parabéns pelo texto!

Obrigada Dani

Deixe o seu comentário