Dicas de Turismo em San Francisco na California

Bem vindo a San Francisco na Califórnia, uma das cidades mais lindas dos Estados Unidos e o ponto de partida perfeito para começar sua viagem pelo estado. Descubra neste post tudo o que você precisa saber para planejar uma viagem incrível por San Francisco. Vamos nessa?

Ladeiras inclinadas, o bondinho que sobe e desce e a ponte avermelhada mais famosa de todos os tempos são bons motivos para incluir o destino na sua lista dos sonhos, mas o que torna San Francisco uma cidade tão incrível e tão diferente das outras cidades americanas são as influências da indústria tecnológica, que traz gente de todos os cantos do mundo e um pensamento vanguardista que faz com que a cidade gire em um ritmo próprio. Não é a toa que movimentos culturais importantes como o Beatnik e o movimento hippie floresceram por aqui.

Turismo San Francisco
Golden Gate Bridge | Foto: Divulgação

A junção de cidade pulsante e natureza vibrante, outro ponto alto de San Francisco, estão sempre presentes, seja em forma de vista estonteante da baía ou escancarada nos parques urbanos e suas pequenas florestas.

E, pode apostar, a ponte Golden Gate e sua vermelhidão toda vão te presentear com algumas das memórias mais lindas da viagem. Pronto para descobrir o que San Francisco tem de melhor? Vem comigo que vou te mostrar!

Como chegar em San Francisco?

Melhores voos para San Francisco

Não há voos diretos para San Francisco e a melhor forma de voar para a cidade é o voo direto que conecta Guarulhos a Los Angeles (American Airlines). A Copa Airlines (via Panamá) e os voos via Texas (American ou United) também são boas pedidas. Voos via Miami, Nova York ou Toronto podem até ser mais baratos, mas são bem mais longos e eu só faria em último caso.

O destino ideal para começar a viagem

Se você ainda não comprou sua passagem para a Califórnia, anote essa dica: a melhor forma de otimizar a viagem é comprar um bilhete multi destinos com chegada em San Francisco e saída de Los Angeles ou Las Vegas. A passagem multi destinos pode custar um tiquinho mais, mas te poupa de um dia inteiro no carro – ou seja, um dia de viagem perdida, faça a as contas – para chegar ao ponto de origem.

E por que raios começar em San Francisco? A cidade é um curinga para explorar Napa Valley,  o Yosemite Park e é o melhor lugar para começar a viagem pela costa da Califórnia.

Documentação necessária para sua viagem em San Francisco

Para entrar nos Estados Unidos você vai precisar de um passaporte válido e visto americano. Documentos adicionais como reservas de hotel e itinerário detalhado podem ser úteis no caso de uma alfandegárias enrolada. Os oficiais da Califórnia em geral são muito educados e bem pacientes mesmo com quem não fala inglês.

Seguro viagem

O seguro viagem não é obrigatório para entrar nos Estados Unidos, mas ele é essencial para viajar tranquilo. Não existe saúde pública nos Estados Unidos e uma consulta médica na Califórnia custa por volta de $300. Por outro lado um excelente seguro viagem custa menos de R$10,00 por dia. Não tem nem o que pensar, né?!

Além de te proteger contra qualquer eventualidade médica, um bom seguro saúde cobre voos cancelados, bagagens extraviadas e até emergências odontológicas. Use o comparador da Seguros Promo para buscar o melhor custo x beneficio para sua viagem

Quer um desconto?!
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Veja também: Melhor seguro viagem para a Califórnia

Dicas de hospedagem em San Francisco

Quando o assunto é onde ficar em San Francisco, dois bairros bem distintos concentram grande boa parte da rede hoteleira da cidade.

Onde se hospedar na Union Square

A região da Union Square é o burburinho comercial da cidade, uma região bem localizada e muito bem conectada com as principais linhas de transporte público. Ficar hospedado na Union Square é ficar bem centrado com os principais pontos turísticos da cidade e ter ao seu alcance alguns dos melhores restaurantes e rooftops bars de San Francisco.

Union Square - San Francisco
Coração na Union Square em San Francisco

Por lá você encontra desde hotéis de rede caprichados como o Grand Hyatt, Westin San Francis e o Hilton San Francisco (fique de olho nos preços, volta e meia surgem promoções incríveis), assim como hotéis menores e com mais personalidade como o Hotel Zeppelin (moderníssimo!), Hotel Triton (adoro!) e Hotel Spero (ótima opção), todos muito bem localizados.

A Union Square também tem opções com custo x benefício bacana como o Herbert Hotel (testado e aprovado por amigos queridos), Hotel Stratford (o melhor curinga da região, localização top e com um preço bem legal. Vários amigos e leitores já ficaram lá e gostaram bastante), o coloridíssimo Hotel Des Arts (ele vive lotado e não é a toa) e o The Urban, um custo x benefício incrível para quem topa banheiros compartilhados.

E, claro que também há alternativas econômicas para quem curte se hospedar em hostel, o HI San Francisco DowntownUSA Hostels San Francisco e Adelaide Hostel estão entre os melhores hostels da cidade.

Onde se hospedar no Fisherman’s Wharf

Coladinha no Pier 39, a região do Fisherman’s Wharf é o bairro mais turístico da cidade, uma região conectada ao centro pela linha F do Muni e pelo Cable Car (o bondinho de San Francisco).

O Fisherman’s Wharf  tem muitas opções de hotéis de rede como MariottSheratonHoliday Inn express (entenda por preços bem mais convidativos que a Union Square), e algumas opções mais caprichadas como o Argonaut Hotel, Pier 2620 e o Hotel Zephyr.

Turismo em San Francisco
Pier 39 e região dos Fisherman’s Wharf, a área mais turística de San Francisco.

Para quem topa compartilhar banheiro, o San Remo é uma pedida que eu adoro e que fica bem na divida entre Fisherman’s e North Beach, adoro a localização! E, para quem busca um hostel nesta região, a melhor pedida é o Hi San Francisco Fisherman’s Wharf.

Para chegar no aeroporto e em (quase) todos os pontos turísticos de San Francisco, você precisará de paciência (especialmente durante julho e agosto, quando as linhas do Muni e do bonde ficam lotadas) e de algumas baldeações, mas o bairro é uma opção legal para quem viaja com um budget mais apertado.

Outros bairros interessantes

Conheça os melhores bairros de San Francisco e veja mais de 50 boas opções de hotéis no post onde ficar em San Francisco.

Transporte: Como andar por San Francisco

Alugar carro em San Francisco não vale a pena. Sério. Além do trânsito carregado e regrinhas chatas que podem fácil te render uma multa (ou um carro guinchado), dirigir em San Francisco é caro. Os hotéis cobram entre $30 – $70 dólares por dia de estacionamento.

Quer outro bom motivo para não alugar carro?

O transporte público em San Francisco está entre os melhores dos EUA, é fácil de usar e você ainda pode optar por passes de transporte ou cartões de desconto como SF CityPASS.

Turismo em San Francisco
Um dos bondinhos da Linha F coloridos na estação final: Castro

Alugue carro somente no último dia

Lembra que eu te falei para começar a viagem na Califórnia por San Francisco? Seguindo essa ordem você pode alugar o carro somente no último dia quando for seguir viagem pela Highway 1 (estrada linda que conecta SF a Los Angeles), Napa Valley, Yosemite ou o destino que você escolher.

Para alugar o carro, consulte a RentalCars, um comparador de locadoras que te ajuda a escolher o melhor custo x benefício para a sua viagem e ainda garante o pagamento em reais (com direito a parcelamento sem juros e sem Iof). Opte pelas grandes empresas (isso diminui e muito a chance de você pegar um carro meia boca) e fique de olho no ponto de retirada do veículo (alugar no centro da cidade é possível e mais conveniente do que no aeroporto, mas muitas vezes a diferença de preço é gritante e compensa o rolê).

E o ônibus Hop-on Hop Off?

Não sou fã do programa e acho San Francisco bonita demais para passar o dia no topo do ônibus Hop-on Hop-off, só recomendo o passeio para quem viaja com crianças e já sabe que não vai dar para andar a cidade toda, para quem detesta andar ou para quem é super fã deste tipo de passeio.

Quem quiser se antecipar, pode comprar ingresso antecipado com desconto (incluindo um combo com Alcatraz – uma opção salvadora quando o ingresso de Alcatraz esgota).

Hop-on Hop Off na Golden Gate Bridge
Hop-on Hop Off na travessia da Golden Gate Bridge | Foto: Marta Leal

Dicas para fazer turismo em san francisco

Ao criar seu roteiro de San Francisco a dica é combinar as principais atrações turísticas de San Francisco com passeios detalhados pelos bairros – cada bairro tem uma personalidade própria e uma particularidade especial.

Alguns dos meus bairros preferidos são Mission (o bairro latino), Castro (o bairro gay), Ashbury x Haight (o bairro hipster), North Beach (a vizinhança Italiana), Chinatown, Japantown e ruas descoladas como Hayes Street, Fillmore St. e Chestnut Street.

Vale dedicar pelo menos um par de horas para explorar cada bairro e fazer descobertas incríveis.

Palace of Fine Arts em San Francisco
Palace of Fine Arts: um dos cartões postais de SF

TURISTANDO Em San Francisco: O que ver

E, já que estamos falando do que fazer em San Francisco, que tal detalhar alguns dos pontos mais especiais da cidade? Aí vão algumas das experiências que não podem faltar no seu roteiro:

  1. Se apaixonar pela Golden Gate Bridge – uma das pontes mais famosas do mundo e o principal cartão postal da cidade. Se tiver pique, invista no passeio de bicicleta pela Golden Gate, é inesquecível;
  2. Conhecer Alcatraz, a prisão mais temida de todos os tempos (ingressos antecipados são indispensáveis e a dica é comprá-los no site oficial);
  3. Subir e descer as ladeiras da cidade a bordo do Cable Car;
  4. Comer comidinhas deliciosas no Ferry Building (um passeio que não canso de repetir!); quem quiser provar um pouco de tudo pode fazer um tour gastronômico pelo Ferry Building (não é barato, mas é espetacular!);
  5. Descer as curvas da Lombard Street (e fotografá-la de baixo para cima). Uma forma muito legal de conhecê-la é fazer um tour de Segway;
  6. Se encantar com as casinhas da Alamo Square;
  7. Visitar o Píer 39 (e dar risada dos leões marinhos belicosos);
  8. Tomar um sorvete gigante na Ghirardelli Square;
  9. Fazer boas compras e encerrar o dia em um dos bares com vista caprichada da Union Square;
  10. Dar um giro pelo Palace of Fine Arts (arquitetura linda e cenário de alguns filmes e emendar o passeio com a Chestnut St.);
  11. Ver a cidade do alto do Twin Peaks: uma das montanhas mais altas de San Francisco e uma vista espetacular da baía;
  12. Admirar a arquitetura do Civic Center (a prefeitura de San Francisco), um edifício com inspirado na arquitetura europeia. A entrada é grátis;

Melhores parques de San Francisco

Toda visita a San Francisco deveria incluir pelo menos um dos parques da cidade e por parque entenda tanto nosso modelo de parques brasileiro, aquele gramadão bem cuidado com parquinho para os pequenos e perfeito para piqueniques, quanto áreas mais selvagens com uma pegada de floresta e um visual exótico.

Fileira de casas vitorianas na Alamo Square em San Francisco
Fileira de casas vitorianas na Alamo Square

E quer saber a melhor parte? Grande parte dos parques de San Francisco tem uma estrutura sólida com banheiros, caminhos acessíveis para carrinhos de bebê de cadeira de rodas e uma programação especial com atividades. Parques maiores como o Golden Gate Park e o Presidio ainda abrigam museus. Vamos falar dos principais parques de San Francisco?

  • Golden Gate Park: o parque mais conhecido da cidade abriga pontos famosos como o Jardim Japonês de San Francisco, o Jardim Botânico, o conservatório de flores, museus caprichados, lagos e tudo o que um bom parque deveria ter. Reserve pelo menos meio dia para desvendar o parque.
  • Presidio SF: para curtir um lado diferente de San Francisco a dica é o parque Presídio. Por lá, rolam piqueniques com food truck (quartas à noite e domingo de manhã; de maio a outubro; confira datas e horários); instalações de arte fantásticas de Andy Goldsworthy e dezenas de trilhas lindas com vistas para o mar (sugira a Battery to Bluffs). Para curtir uma praia a dica é a Baker Beach (água gelada com vistas imbatíveis da Golden Gate). Também dá para fazer um bem bolado e combinar o Presidio com passeio de bicicleta pela ponte.
  • Dolores Park: um dos parques preferidos dos San Franciscanos para fazer piquenique, o Dolores fica numa das áreas mais quentes da cidade e tem um parquinho bem legal para as crianças. A parte alta do parque tem vistas lindas para o centro financeiro da cidade.
  • Alamo Square: famoso pelas casinhas vitorianas que cercam o parque, a Alamo Square tem vistas lindas do centro financeiro e uma vibe deliciosa. Não me canso de visitar.
  • Crissy Fields: um gramadão caprichado e uma praia urbana bem gostosa. Quando o tempo esquenta as mesas de piquenique do Crissy Fields ficam lotadas. Vá agasalhado porque venta bastante por lá.
  • Alta Park: parquinho caprichado (meus filhos adoram) e vistas lindas da cidade.
  • Levi’s Square: um dos meus segredos preferidos da cidade, essa pracinha escondida fica entre o Ferry Building e o Pier 39 e está rodeada de lugares legais para comprar um bom piquenique. A praça abriga uma loja conceito super legal da Levi’s e fica ainda mais bonita durante a floração das cerejeiras.

Museus em San Francisco

Vamos falar de museus bacanas? Há quem diga que no quesito arte a Bay Area não chega aos pés de Chicago ou Nova York, eu acho a comparação dura mas piso firme: os melhores museus de San Francisco tem um nível espetacular e merecem a visita. Outra peculiaridade de San Francisco é que alguns museus abrem a noite e se transformam num museu/balada, os preços costumam ser mais em conta e você pode visitar algo muito legal com um copo de bebida na mão. Legal, né?!

Museus de arte

Vamos começar falando de museus de arte, o SF MOMA é o maior museu de arte moderna do mundo e combina uma arquitetura linda com um acervo bem especial. Para quem curte arte eu europeia a pedida é o Legião de Honra, um museu enxuto que escancara um pensador de Rodin e vistas lindas da baía logo na entrada. Lá dentro a coisa só melhora: tem Picasso, Rodin e um acervo de mais de 4.000 obras de arte.

E para fechar a lista tem o De Young no Golden Gate Park, uma coleção de arte reunida para exposição de 84 com obras de arte modernas, fotografias e muita arte indígena. Não deixe de subir na torre do De Young – a subida é grátis – e ver o parque do alto.

MOMA de San Francisco
Sequence de Richard Sierra no MOMA San Francisco

Museus de ciência 

No quesito ciências San Francisco entrega dois museus bacanas tanto para adultos quanto crianças, o California Academy of Science: um edifício lindo projetado por Renzo Piano que combina um aquário dos bons, planetário, simulador de terremoto e muitas exibições temporárias que mudam de tempos em tempos; quanto o Exploratorium, um espaço divertido com experiências hiper interativas que envolvem conceitos de química e física. A graça por lá é aprender brincando.

Para crianças

Quem viaja com crianças vai curtir o Children’s Creativity na região de Yerba Buena (a área também conta com pista de patinação, boliche e um parquinho espetacular) e o Randall Museum, um museu de ciências pequenino com uma miniatura de ferrovia e muitas exibições interativas. O Randall é perfeito para bebês e crianças bem pequenas.

Diversão e cultura

O Museu do Sorvete (MOIC), uma experiência visual e gastronômica e o Madame Tussauds não bem museus, mas rendem experiências bem divertidas para toda a família. E o Walt Disney Museum (que conta a história do criador, não é um museu infantil), California Historical Society e Museum of Africa Diaspora são sempre boas pedidas.

Veja aqui nossa experiência no Museu do sorvete:

San Francisco com crianças

San Francisco (e toda a Califórnia, na real) é uma pedida excelente para viajar com crianças, a cidade tem uma estrutura incrível com parquinhos bem equipados (muitos deles bem pertinho das atrações famosas), muitas atrações ao ar livre bacanas para adultos e crianças, museus divertidos, patinação no gelo e muito mais.

Veja aqui nossas melhores dicas para aproveitar San Francisco com crianças.

Lugares para ver a San Francisco do alto

Se você curte vistas panorâmicas tanto quanto eu, você precisa conhecer a Coit Tower, uma torre em formato de mangueira de bombeiro com vistas bem legais da cidade. A vista da base já é linda, mas quem subir ao topo vai curtir ainda mais. Ali pertinho, no San Francisco Art Institute, há mais vistas bonitas com um detalhe interessante: um mural pintado por Diego Rivera e aberto ao público para visitação.

Do outro lado da cidade, ficam os morros gêmeos, os Twin Peaks, outro cantinho especial e com vistas 360 graus da baía.

Turismo em San Francisco
San Francisco vista do alto do Twin Peaks

Vistas da golden gate

Sim, continuamos falando de vistas lindas de San Francisco, mas fora da cidade. Duas pedidas espetaculares do outro lado da ponte são os mirantes de Marin Headlands (aos finais de semana, aproveite a visita para conhecer a Bonita Light House) e o Mt. Tamalpais, (um parque estadual repleto de trilhas lindas e uma das minhas vistas preferidas da baía de San Francisco).

Turismo em San Francisco
Golden Gate Bridge vista de Marin Headlands

Bares de cobertura com vistas impactantes

Bebida boa e vistas caprichadas não tem como dar errado, certo? Alguns dos meus rooftop bars preferidos de San Francisco são o City Scape (Bar do Hilton San Francisco) e o The View (o bar do Marriott Marquise). Para quem busca algo mais animado o Charmaine (o bar disputado do Proper Hotel) e o El Techo (aqui menos pela vista e mais pela vibe, a comida é muito gostoso).

Vista do Cityscape no Hilton San Francisco
Vista da Union Square já com as luzes acesas

turismo em San Francisco Tours pagos que testamos e aprovamos

Se você tem um bom inglês e quer conhecer uma das mil facetas diferentes da cidade, nada como um tour guiado por locais. Já faz vários tours legais pela cidade, vou falar de cada um deles seguindo minha ordem de preferência:

  • Passeio de Segway pelas ladeiras de San Francisco: uma das experiências mais divertidas de San Francisco é descer a Lombard Street de Segway. Se você tem vontade de andar no bichinho (eu tinha muita), essa é uma oportunidade especial;
  • Vôo de hidroavião com pouso + baía + sobrevoo da Golden Gate Bridge: sabe aquele passeio caro que vale cada centavo? Esta experiência linda combina um voo de 30 minutos na baía passando bem pertinho da ponte e pousando no mar. Inesquecível!
  • Vôo de helicóptero pela Golden Gate: quem me acompanha sabe que sou louca por voos de helicóptero, amo a experiência e acho o voo em San Francisco pura perfeição. Ver a baía de San Francisco do alto é uma dessas oportunidades lindas, especialmente nos dias sem neblina. Recomendo muito!
  • Urban HIkes: para viver a mistura de cidade e natureza com quem melhor entende do assunto este tour é sensacional. Eu fiz um tour a pé do Castro ao topo do Twin Peaks e amei;
  • Tour ativista pelo Castro: um tour descolado e barato para mergulhar na história do bairro;
  • Ônibus Hippie: a cara de San Francisco! Um tour que mistura mistura e a história do Summer of Love;

Veja também: Melhores passeios grátis em San Francisco

Quantos dias em San Francisco?

Para conhecer o melhor da cidade 3 dias inteiros é o mínimo que eu recomendo. Com 2 dias já dá para dar um giro bacana, mas vai ficar BEM corrida.

Se você tem 4 dias ou mais já dá para conhecer os principais bairros da cidade e quem sabe até incluir um bate e volta nas cidades vizinhas.

Algumas das principais opções de bate e volta saindo de San Francisco são:

  • Sausalito: coladinha em San Francisco, um passeio delicioso de ferry ou de bicicleta e que pode ser combinado com o Muir Woods (o parque das Redwoods gigantes pertinho de San Francisco);
  • Oakland: a vizinha descolada de San Francisco e uma cidade que cada vez mais tem se destacado no turismo e que está cheia de atrativos interessantes;
  • Berkeley: cidade estudantil cheia de personalidade e muitos lugares gostosos para comer;
  • Napa Valley: região vinícola mais famosa da Califórnia;
  • Sonoma: região vinícola menos conhecida porém bem legal, minha opção preferida;
  • Vale do Silício: sua chance de ver as fachadas de algumas das empresas de tecnologia mais famosas do mundo, passear por Stanford, visitar o museu da computação de Mountain View (é muito legal) e conhecer o centro de visitantes da Apple.

Gastronomia em San Francisco na califórnia

Lembram que eu falei que San Francisco é um caldeirão de cultura bem recheado com gente de todos os cantos do mundo? Essa mistura linda torna a cidade mais aberta que a média americana e, consequentemente, um dos melhores lugares do país para comer bem. Aqui você encontrará restaurantes japoneses, franceses, africanos…. Todos autênticos e deliciosos. É uma boa razão para trocar o tradicional Fast Food Americano por comida de verdade, não acha? No post onde comer bem em San Francisco você encontra minhas melhores dicas de restaurante da cidade.

Quer dicas boas para comer bem e barato? Leia este post!

Onde comer em San Francisco
Croissant de chocolate na Craftsman and Wolves

tour gastronômico

Cada bairro de San Francisco oferece uma faceta gastronômica diferente e há experiências muito legais para desbravar cada um deles. Eu fiz um tour gastronômico em North Beach – o bairro Italiano – e fiquei apaixonada pela experiência!

Um grupo de amigas queridas fez o tour gastronômico por Mission – o bairro latino – e também amou (a seleção de comilanças dos caras foi sensacional).

datas comemorativas e eventos especiais

Como toda cidade turística que se preza San Francisco tem um calendário de eventos recheado de atrações bacanas e algumas esquisitices que tornam a cidade única.

Maluquices que são a cara da cidade

Há eventos não oficiais como a tradicional guerra de travesseiros que acontece todos os anos no Valentines Day (é sério!) em frente ao Ferry Building ou a corrida de rolimã de marmanjos “Bring your All Big Wheels” que acontece há mais de 20 anos numa das ruas tortuosas da cidade a Vermont Street.

E quem disse que precisa não ser oficial para ser esquisito? O Holy, celebração das cores (março) e corrida Bay to Breakers (maio) são bons exemplos de eventos autorizados e divertidos.

Pedidas que eu considero imperdíveis

Os fogos de  quatro de julho (vistos da baía ou do Fisherman’s Wharf),  Fleet Week (em outubro) quando as forças armadas demonstram seus jatos hiper rápidos e fazem acrobacias no céu de San Francisco, e o Eat Drink (agosto), um evento gastronômico delicioso são dois eventos que faço questão de participar sempre que estou na cidade.

Natal e Ano Novo em San Francisco

E não dá para falar de eventos especiais sem falar do natal e do ano novo em San Francisco. A época tem decorações de natal lindas (Union Square, Pier 39, Civic Center costumam ter decorações de natal especiais), pista de patinação no gelo e, no dia 31, uma queima de fogos bem tímida para os padrões brasileiros (abaixe as expectativas) porém simpática.

Natal em San Francisco
Tom curtindo a decoração de natal do Pier 39

vale a pena visitar San Francisco?

Sem dúvida! A cidade é linda, receptiva e está cheio de pontos turísticos bacanas para visitar, assim como cantinhos menos conhecidos que vão deixar seu roteiro ainda mais especial!

Aproveite sua visita a cidade para comer comidas autênticas de vários cantos do mundo, fotografar a Golden Gate de ângulos variados e quem sabe até fazer um bate e volta nas cidades vizinhas.

Animado para fazer turismo em San Francisco?

Deixe seu comentário (ou sua pergunta) aqui neste post!

Mais dicas para planejar sua viagem para San Francisco:

 

Planeje sua viagem

Comentários (1)

Deixe o seu comentário