San Francisco: Como é correr a Bay to Breakers?

A Bay to Breakers é um desses eventos que é a cara de San Francisco, uma mistura de corrida com festa que mobiliza toda a cidade. A corrida, que começou em 1912 se tornou uma grande tradição e não para de crescer. A graça é ir fantasiado (fantasias coletivas ou engraçadas, são mais do que bem vindas e até incentivadas) e percorrer os 12 quilómetros da prova como der: correndo, andando, saltitando (e por que não?) ou até dançando! Neste post, a Angela Buffo que participou da corrida conta para nós todos os detalhes! Bora?

Texto: Angela Buffo | Imagens: Mila Frohlich, Thaisa Fernandes, Luciane Hosseini e Angela Buffo

Correr na Bay to Breakers foi com certeza uma experiência única e extremamente “san franciscana” (quem conhece bem a cidade, mora ou já morou por aqui, me entenderá). A corrida é um mix de gêneros, cores e sabores. Um mix de corredores de finais de semana, atletas profissionais, crianças, famílias, jovens embriagados, jovens fantasiados e terceira idade.

Organização e Largada

Chegando no ponto de início da prova já fica bem claro porque a Bay Breakers é tão famosa e tradicional: são mais de cinco grupos de largada, divididos de acordo com o ritmo dos corredores e criados com o objetivo de organizar a largada dos mais de 2 mil participantes.

Bay to Breakers - San Francisco
Muvuca no Bay to Breakers | Foto: Luciane Hosseini

Eu estava no grupo C (meu ritmo é intermediário) e larguei quase 20 minutos depois do horário de início da prova. Os grupos A, B (atletas mais velozes) largaram as 8h. E depois dos profissas largam os grupos mais lentos, os brincalhões e etc…


Já reservou seu HOTEL em San Francisco?

Confira ofertas nos melhores hotéis da cidade! 


É tanta, mas tanta gente, que no começo não dava correr, nem se eu quisesse. Não teve jeito, fui obrigada a andar, e aos poucos a multidão foi se dispersando e o ritmo foi subindo. Comecei caminhando, depois andei mais rápido meio que correndinho e aos poucos fui entrando no clima dessa prova tão maluca e tão legal.

Bay to Breakers - San Francisco
Agora já dá para correr de verdade! | Foto: Luciane Hosseini

Divisões não muito precisas

Já na largada percebi que as divisões de grupo baseadas no ritmo dos corredores não é das mais precisas. Vi muitas pessoas que estavam lá pela festa e não pela corrida perdidas e misturadas nos grupos A e B. Também vi corredores velozes e experientes perdidos nos grupos D,E,F, que são grupos mais lentos, de gente que vai para caminhar, causar, dançar e gargalhar.

Ainda que um pouco de mistura seja inevitável, o ideal, numa próxima edição do Bay to Breakers seria separar melhor os grupos que querem correr, dos grupos que querer festejar para dessa forma garantir que quem quer correr saía bem na frente e corra de fato; e quem quer fazer festa saia bem depois apenas caminhe na tranquilidade.

Diversão do começo ao fim

Mas claaaaro, mesmo com uma saída meio tumultuada, não deixei de me divertir um só minuto. Logo na saída me deparei com um grupo de peladões correndo juntos, coisa que nunca imaginaria ver numa corrida. E sim, eles correram ate o fim, com tudo livre, leve e solto – coisas de louco gente!!!

Bay to Breakers - San Francisco
Peladão na Bay to Breakers |Foto: Thaisa Fernandes

Durante o caminho, principalmente na região do Alamo Square, várias casas se preparam para ‘recepcionar’ os corredores durante o percurso: as casas colocam música, tem gente fantasiada dançando nas varandas e pessoas fazendo bolinhas de sabão pela janela. Além de ser divertidíssimo ver essas interações acontecendo, isso te da um gás nos momentos de cansaço. Demais mesmo!!!

Bay to Breakers - San Francisco
Foto: Thaisa Fernandes

Além disso, em mais ou menos 3 pontos do Golden Gate Park há bandas tocando cantando durante a corrida, com o objetivo de entreter os participantes e quem mais estiver por lá. Muita gente que não participa da prova vai até o Golden Gate Park para curtir as bandas e prestigiar a bagunça. Muito legal!!!

Bay to Breakers - San Francisco
Agito no Golden Gate Park

Visual da corrida

A Bay to Breakers passa por alguns dos principais cartões postais de San Francisco como a Alamo Square, o Golden Gate Park e termina na Ocean Beach, que alias é um belo lugar pra se terminar uma prova de corrida.

A chegada

Ao cruzar a linha de chegada percebi que a prova conta com uma ótima estrutura de organização e muitos patrocinadores. A chegada é praticamente uma feira de amostras grátis de comidas e bebidas ‘saudáveis’. Agua de côco, barrinha de cereais, tudo que quiser, quanto quiser. Os patrocinadores capricham mesmo e não economizam nos mimos para os corredores! E depois de 12 Km com direito a cadeirinhas básicas de San Francisco, a gente merece, não merece?

Bay to Breakers
Angela na linha de chegada

E afinal, é uma corrida, é uma festa ou as duas coisas?

Acredito que a maior diferença está na proposta: a Bay to Breakers é mais uma ‘Parade’ do que uma corrida, é mais para vivenciar algo único e diferente do que pra bater metas de tempo e velocidade, coisas comuns numa corrida normal. Eu diria que é mais uma festa do que uma corrida – e que vale mais a pena ir pra dar risada e vivenciar algo diferente e bem San Franciscano!

Bay to Breakers - San Francisco
Leão na área! | Foto: Thaisa Fernandes
Bay to Breakers - San Francisco
Thaisa e sua family curtindo a corrida|Foto: Thaisa Fernandes

A cara de San Francisco

Segundo a Luciane Housseini a Bay to Breakers é uma corrida que é a cara de San Francisco:  Divertida, apaixonante, descontraída e colorida. Não importa se você quer correr, caminhar, ou simplesmente aproveitar a oportunidade para usar uma fantasia divertida, a diversão é SEMPRE garantida. A Luciane participa da corrida há anos com um grupo de amigas, e garante: “é sempre muito divertido!”.

Bay to Breakers - San Francisco
Luciane e seu grupo de amigas | Foto: Luciane Hosseini

Dicas para quem pretende participar

Quando e quanto?

A Bay to Breakers acontece todos os anos, geralmente em maio. Em 2016, a prova custou cerca de $60 dólares.

Vá fantasiado!

Para entrar no clima da prova, e da cidade, recomenda-se ir fantasiado. Todo mundo, mesmo os corredores professas estavam assim!

Bay to Breakers - San Francisco
Fantasias no Bay to Breakers | Foto: Thaisa Fernandes
Bay to Breakers - San Francisco
Foto: Thaisa Fernandes

Para quem quer correr
Pra quem planeja correr os 12km recomendo um treinamento adequado, com treinos intercalado com fortalecimento muscular. Durante a prova recomendo levar pelo menos 2 carbo gel para dar aquela energia extra. Use um bom tênis de corrida e fortaleça os joelhos para aguentar as subidas e descidas da prova!

Bay to Breakers - San Francisco
Clima da corrida | Foto: Thaisa Fernandes

Sobre a autora
Meu nome é Angela Buffo, tenho 25 anos, moro em San Francisco há 8 meses e estou fazendo mestrado em Marketing Internacional por aqui . Sou nadadora e apaixonada por travessias em mar, mas desde que me mudei pra cá, virei corredora nas horas vagas.


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em San Francisco


Veja também:


E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

Planeje sua viagem

Comentários (3)

[…] não pode ser oficial para ser esquisito? O Holy, celebração das cores (março) e  corrida Bay to Breakers (maio) são bons exemplos de eventos autorizados e […]

Pretendo fazer a meia maratona de São Frsncisco . Vc sabe o percurso ou como descubro?
Beijos e amo seus posts

Obrigada!
Humm, boa pergunta! Já viu no site da meia maratona? E no Google Imagens, não tem?

Deixe o seu comentário