Tudo sobre a Golden Gate Bridge, em San Francisco

A Golden Gate é uma das atrações mais conhecidas de San Francisco, na Califórnia. A ponte é o maior cartão postal da cidade e um dos passeios mais especiais da viagem. Neste post, vamos te contar tudo sobre a Golden Gate Bridge, te ensinar como visitar a ponte e quais são os melhores lugares para ter um visão privilegiada dela. Tudo com informações completas e muitos detalhes para você aproveitar ao máximo o seu roteiro de San Francisco.

No final do post você ainda vai encontrar dicas de aluguel de carro em San Francisco, onde ficar em SF e como escolher o melhor seguro viagem para a Califórnia.

Para facilitar a sua navegação no texto, criamos um menu clicável abaixo. Se preferir, basta clicar nos itens para ir direto ao ponto.

ponte golden Gate: um pouco de história

A ponte Golden Gate começou a ser construída no início de 1933 e foi finalizada quatro anos depois, em 1937. Ela foi arquitetada pelo engenheiro Joseph Strauss para conectar a baía de São Francisco – antes dela, só era possível atravessar a baía através de ferrys, que já estavam causando congestionamento nas águas.

Diz a lenda que o nome Golden Gate veio porque um topógrafo achou que o estreito vão que a ponte cruza era parecido com um estreito de Istambul, o Chrysoceras (que significa “Chifre Dourado”).

Quanto a cor, ela não é dourada e muito menos vermelha como muita gente pensa. A princípio ela seria pintada de amarelo e preto para facilitar a visualização das embarcações que passavam por ali, mas o tom “laranja internacional”, usado no início da construção para proteger o ferro, conquistou o coração da galera e acabou ficando. O laranja é tão forte, tão forte que chamar a ponte de vermelha ou avermelhada é quase regra.

Cruzando a Golden Gate Bridge
Cruzando a Golden Gate Bridge | Foto: Marta Leal

oNDE FICA A PONTE GOLDEN GATE

A ponte está localizada no estreito Golden Gate e liga a baía de San Francisco ao Oceano Pacífico. Ela conecta a cidade a Sausalito – que acaba sendo parada quase que obrigatória de todo roteiro de San Francisco.

Dimensões e curiosidades da ponte Golden Gate

Até hoje a ponte Golden Gate é uma das mais altas e compridas pontes do mundo. Por dia, cerca de 110 mil veículos passam por uma de suas 6 faixas. Vamos falar das medidas da Golden Gate?

  • Extensão: 2,7 quilômetros
  • Altura: 227 metros
  • Altura do vão livre: 67 metros

Até meados dos anos 60, a Golden Gate foi a ponte suspensa mais longa do mundo (hoje quem ocupa o pódio é a Ponte Akashi-Kaikyo no Japão e a de SF acabou ficando na 12ª posição).

Ainda não imaginou a sua grandiosidade? Então vamos lá: a quantidade de arames que dão resistência à ponte seria suficiente para dar a volta ao mundo três vezes. É grande pra caramba, né?

Golden Gate Bridge vista do alto.
Passeio de bicicleta pela Golden Gate Bridge

Como visitar a ponte Golden Gate

Vamos falar agora de como visitar a Golden Gate? Existem algumas maneiras diferentes e vamos te explicar tudo sobre elas!

  1. De bicicleta
  2. De transporte público + caminhada
  3. De carro alugado (ou Uber)
  4. De ônibus de linha
  5. De ônibus de turismo vermelho

De bicicleta

Atravessar a Golden Gate bridge de bicicleta é um dos passeios mais incríveis de San Francisco (e sem duvida o meu preferido). A bicicleta te dá toda a flexibilidade de horários que você precisa, mas claro, exige um bom preparo físico.

Atravessar a golden Gate de bicicleta, um dos passeios mais incríveis de San Francisco
E olha só a galera cruzando a ponte de bicicleta

A distância entre São Francisco e Sausalito é de 14,5km, o trecho é (quase) todo coberto por ciclovia e é bem seguro

Pedalar te dá toda a liberdade para fazer todas as paradas para foto que você quiser – e juro que parada é o que não vai faltar. Ah, e antes que você me pergunte, o trajeto não é todo plano, tem aí duas ou três boas subidas no caminho.

A dica é alugar uma bike em SF (e você vai encontrar inúmeras opções para isso, já testei e aprovei a Blazing Saddles e a Sports Basement) e, para voltar, pegar o ferry que sai de Sausalito e desembarca em São Francisco. Você vai amar as vistas da baia e da ilha de Alcatraz.

De transporte público + caminhada

Há algumas formas de chegar a Golden Gate de transporte público, a mais barata (e eu acho tbm a mais bonita) é pegar o shuttle gratuito do Parque Presidio SF.

Há três linhas de transporte gratuitos que conectam o centro da cidade ao parque. A rota Crissy Field conecta o centro do parque (sim, você terá que baldear e aproveite a deixa para dar um giro no parque) até o Golden Gate Welcome Center.

Se você curte caminhar, o jeito mais legal de fazer o percurso é caminhar do Main Post à Golden Gate. No nosso post do Presidio SF você encontra a rota certinho.

De carro alugado (ou Uber)

Acredite, você não quer alugar um carro em San Francisco, mas se você acabou optando por alugar um, esse é o principal passeio de carro pela região de San Francisco.

Está sem carro?

A minha dica é ir de Uber ou Lyft (~$35) saindo do Welcome Center. A dica é parar nos dois mirantes, um em cada extremidade da ponte, passear por Sausalito, almoçar em um restaurante legal e na volta ainda arrematar com um grand finale e fechar o dia com um pôr do sol nos mirantes (maravilhosos) de Marin Headlands. Quem está de carro alugado pode ainda aproveitar e incluir um passeio ao Muir Woods, só não se esqueça de reservar o estacionamento com antecedência online.

De ônibus de linha

A vantagem aqui é não precisar se preocupar com estacionamento, mas em compensação, você terá que ficar de olho nos horários do busão. Saindo da Union Square, pegue o ônibus 10, 70 ou 101 (o ponto fica na frente do Old Mint, na intercessão da 5th com a Mission St.). Todo eles param no mirante da Toll Plaza.

Sempre bom lembrar que todos os ônibus em SF não dão troco, leve dinheiro exato (preço $2.50). Se ficar com dúvida, não deixe de conferir nosso post sobre como usar o transporte público em San Francisco.

[E vale lembrar, mais um vez, que os Shuttles da PresidiGo fazem um trajeto bem parecido e são gratuitos, mas você terá que baldear no centro do parque Presidio.]

De ônibus de turismo vermelho

Eu confesso que não sou muito fã desses ônibus de turismo, mas tem viajante que adora, então é uma opção válida principalmente para famílias com crianças ou quem quer dar uma geralzão logo no primeiro dia (mas não esqueça de comprar o seu ingresso antecipado).

Todos os ônibus de Hop-on Hop-off em San Francisco param na ponte e há três rotas oficiais:

  • Centro da cidade: percorre o centro passando pelas principais atrações turísticas,;
  • Goden Gate: rota para quem quer atravessar a ponte;
  • Praias e parques: uma rota que explora o Golden Gate Park e a Ocean Beach, a minha rota preferida.
Hop-on Hop Off na Golden Gate Bridge
Hop-on Hop Off na travessia da Golden Gate Bridge | Foto: Marta Leal

Melhores vistas para a ponte Golden Gate

Chegou a hora de falar dos principais mirantes da ponte Golden Gate e outros cantinhos que não são mirantes oficiais mais que rendem fotos lindas. Para facilitar dividi essa seção em:

Mirantes da Golden Gate

Não importa a forma que você escolheu para cruzar a ponte: de carro, a pé ou de bicicleta, você precisa incluir uma parada nos mirantes (um de cada lado da ponte) no seu roteiro. Vamos falar deles?

Os principais mirantes de San Francisco são:

Golden Gate Welcome Center: O Centro de Visitantes da Golden Gate

Esse é o mirante do lado de San Francisco e o mais fácil e chegar (há ônibus de linha), estacionamento amplo para quem vem de carro e algumas possibilidades de trilha saindo do parque do Presidio rumo ao mirante.

Chegando no Welcome Center há um mirante principal (vá até a pontinha para ver a imensidão da ponte e soltar o primeiro “uau” do dia) e outros pontos de vista bonitos.

Golden Gate Bridge vista da região do Welcome Center
Golden Gate Bridge vista da região do Welcome Center

Quer uma vista ainda melhor?

Caminhe para a direita sentido a faixa de bicicleta rumo ao Battery East (na dúvida coloque battery East no Google Maps).

Tem mais pique? Agora siga para o lado esquerdo

Se quiser mais um ângulo diferente e bem especial, há um túnel de pedestres que passa por baixo da ponte (nem pense em cruzar a rodovia) e te leva ao Battery Cranston. Nessa região há um monte de pequenas fortificações militares e um mirante (veja a localização exata aqui) que eu adoro parar.

Ponte Golden Gate Vista do Battery Cranston
Ponde Golden Gate Vista do Battery Cranston
Fortificações militares e a ponte Golden Gate
Fortificações militares do Battery Cranston e a ponte Golden Gate

Sausalito Vista Point

Cruzando a ponte temos um ponto de vista diferente e, na minha opinião, mais bonito da Golden Gate Bridge.

Aqui também há um estacionamento amplo para carros, bicicletas ou motorhomes e não tem segredo, é só chegar, parar e fotografar.

Fotografando a Golden Gate do Sausalito Vista Point
Fotografando a Golden Gate do Sausalito Vista Point | Foto: Marta Leal

Marin Headlands

Para fotografar a Golden Gate do alto e tirar as fotos mais espetaculares da ponte a dica são os mirantes de Hank Hill em Marin Hedlands. São três mirantes na beira da estrada e um quarto mirante no alto do morro que exige uma pequena caminhada. Para chegar lá você vai precisar de um carro alugado ou um Uber.

Vale falar que para dificultar o acesso e consequentemente diminuir o trafego o acesso aos mirantes é feito por um antigo túnel na estradinha rumo a Sausalito. A volta é grande e você vai levar uns 15 minutinhos para chegar, mas vale a pena o rolê. O lugar é lindo!

Aluguel de carro na Califórnia - uma pedida excelente para visitar os mirantes da Golden Gate Bridge
Golden Gate, um dos ícones de San Francisco vista do mirante de Marin Headlands

Chegando no terceiro mirante desça pela estradinha de mão única que liga os mirantes a região da Bonita Light House para ter mais oportunidades fotográficas espetaculares.

Golden Gate Bridge vista de Marin Headlands
Golden Gate Bridge vista de Marin Headlands: uma vista mais linda do que a outra
Bonita Light House

Vai fazer o passeio durante o final de semana? Vale conciliar com a Bonita Lighthouse, um farol fotogênico e um passeio que rende uma perspectiva bem diferente da ponte.

Coit Tower

San Francisco é famosa por suas ladeiras inclinadas e pelos recortes da baía e um dos melhores lugares para ver a cidade do alto e ter uma visão bem legal da dimensão da coisa é a Coit Tower. Você pode chegar na Coit Tower pegando o ônibus que sai do Píer 39 e fazer o trajeto de volta a pé caminhando por algumas das escadarias mais lindas da cidade. Termine o dia com um drink delicioso em North Beach (o bairro Italiano de San Francisco).

Twin Peaks

Twin Peaks é o mirante mais famoso de San Francisco e em um dia sem névoa proporciona vistas lindas da Golden Gate e da Bay Bridge. Minha dica é ir no pôr do sol (mas já aviso que a chance de ver a cidade coberta por névoa é alta) e emendar a visita com drinks no Castro ou em Mission.

Golden Gate vista do Twin Peaks
Golden Gate vista do Twin Peaks

Parques e fontes com vista da Golden Gate

Vários parques de San Francisco oferecem vistas caprichadas da Golden Gate, algumas bem próximas e impressionantes, como o Fort Baker, e outras mais distantes porém bem especiais, como o Bernal Heights ou o Hippie Tree Park em Sausalito. Aí vai uma lista caprichada de parques que eu adoro e que tem vistas bacanas da ponte:

Aquatic Park (Fisherman’s Wharf) e Fort Mason

Essa é uma vista bem óbvia e que vai acabar entrando no seu roteiro. O Aquatic Park fica exatamente em frente da Ghirardelli Square no Fisherman’s Wharf e é o local onde (acredite ou não) os locais usam para treinar natação para as travessias na baía. A água é gelada pacas mas volta e meia tem gente treinando.

Do lado esquerdo há um antigo píer de pescadores, vale caminhar até a pontinha para fotografar o skyline da cidade e em seguida continuar morro acima rumo ao topo do Fort Mason.

Dica: nas sextas-feiras de verão rola um piquenique noturno com foodtrucks super badalado dentro do antigo forte. Ali também há uma cervejaria alemã que eu adoro a Radhaus.

Crissy Field

O Crissy Field faz parte do parque Presidio, mas nós que moramos na cidade tratamos como duas coisas bem diferentes. Por aqui há uma área linda beira-mar com direito a uma praia urbana que os locais adoram, um gramadão caprichado rodeado por construções históricas e galpões ocupados por espaços de lazer divertidos e, o mais importante, oportunidades bem legais para fotografar a Golden Gate. Um dos cantinhos mais lindos para fotografar é o Crissy Field Marsh, o pântano, que conta com uma ponte linda de metal e vistas legais para todos os cantos.

Presidio Marsh, parada certeira para tirar fotos da Golden Gate Bridge
Crissy Field Marsh, parada certeira para tirar fotos da Golden Gate Bridge

Fort Point

Quem vai até o Crissy Field pode seguir caminhando (ou pedalando) pela orla para visitar o Fort Point. Atualmente ele só abre aos finais de semana (confira horários no site), mas a visita é linda, cheia de detalhes históricos, muitas oportunidades fotográfica e é grátis.

Repare que a Golden Gate Bridge tem um arco especialmente projetado para que o edifício do forte fosse preservado durante a construção da ponte. E ele é lindo!

Golden Gate Bridge e o Fort Point: Que lugar lindo para tirar fotos
Golden Gate Bridge e o Fort Point: Que lugar lindo para tirar fotos

Presidio Park

A vista da Golden Gate não é o highlight da visita ao Parque Presidio SF, mas para quem topa caminhar, é mais uma forma incrível de chegar a ponte. Você pode fazer o trajeto caminhando e conhecer o Main Post, passar por várias instalações de arte legais, pelo Inspiration Point, pelo cemitério nacional e seguir rumo ao Batery East.

Quem preferir pode usar o parque de ponte de início para o passeio de bicicleta e fazer uma dobradinha de bicicleta + Presidio.

E antes que eu me esqueço o The Lodge at Presidio fica dentro do parque, é uma delícia de hotel e tem vistas lindas da ponte!

The Lodge at the Presidio e a vista para a Golden Gate
Fogueira com vista para a ponte no The Lodge at the Presidio

Fort Baker, Battery yates e Cavallo Point

O Fort Baker não costuma entrar nos roteiros básicos de San Francisco e é uma pena porque ele é bem fácil de chegar (seja de carro ou de bicicleta) e tem vistas bem legais da ponte. Por lá há uma pequena baía chamada Horse Shoe Bay, um píer de pescadores o Moore Rd. Píer (de onde a foto abaixo foi tirada), o Point Cavallo e o Battery Yates de onde parte uma trilha mamão com açúcar e com vistas bem legais da baía de Sausalito.

Duas dicas bem locais: para quem viaja com crianças o Bay Area Discovery Museum é o máximo (planeje-se para passar pelo menos duas horas por lá), para o adultos o bar do Yacth Club é uma super pedida para curtir uma cerveja com pôr do sol.

Golden Gate vista do Fort Baker: um dos pontos turísticos de Sausalito
Golden Gate vista do Fort Baker, uma vista bem especial
Cavallo point, um hotel sensacional com vistas da ponte

Do outro lado da rua do Battery Yates fica o Cavallo Point um hotel de luxo construído nas instalações de um antigo forte militar. É um dos meus lugares preferidos da Bay Area para um final de semana romântico.

Mt. Tamalpais

Conhecido pelos locais como uma das vistas mais brutais da baía de San Francisco, o Mt. Tamalpais (Mt. Tam para os íntimos) é um lugar incrível para fazer trilhas, pedaladas e para ver toda a baía do alto. As vistas são maravilhosas, mas só recomendo a subida em um dia sem neblina.

Se você costuma enjoar no carro leve um remédio. A estrada para a montanha tem muitas curvas.

Hippie Tree Park

Tiburon, a irmã menos conhecida de Sausalito, tem várias vistas legais para a Golden Gate, a mais famosinha fica no alto de um morro e tem um balanço com vistas para a ponte. O hippie tree park é uma delícia de passeio!

Tank Hill e seus vizinhos

Há vários parques urbanos dentro de San Francisco com vistas lindas da Golden Gate Bridge e da baía. Alguns dos meus preferidos são o Tank Hill (um parque pouco conhecido e com um visual sensacional), o Corona Heights (um morro de pedra bem pertinho do Castro que tem vistas bem legais) e o Buena Vista Park (pertinho da famosa intersecção de HaightAshbury), que como o nome já indica tem belas vistas.

Bernal Heights

Deixei o Bernal Heights por último porque ele poderia fácil encabeçar um post com as melhores vistas de San Francisco. Aqui a graça é ver a baía todinha com um panorama legal das duas pontes. No topo do parque há um balanço que rende fotos bem legais da cidade.

Vistas da praia

Depois de fotografar a Golden Gate do alto e conhecer parques incríveis com vistas da ponte, a pedida é fotografar a ponte da praia. Já adianto que a San Francisco é uma cidade fria o ano todo (veja aqui como é o clima em San Francisco) e que nos poucos dias quentes do ano a galera fica enlouquecida para ir para a praia. Mas para fotografar vale a visita o ano todo, mesmo com um pouco de fog na jogada.

As melhores praias para ver a Golden Gate são:

Baker Beach

Poucas vistas são tão especiais e tão marcantes quanto a da Baker Beach, uma praia linda de areias claras e com a Golden Gate no fundo.

A Baker Beach é a praia mais cobiçada dos San Franciscanos nos (poucos) dias quentes do ano e lota de verdade. No dias habituais da para curtir as areias (a água é super fria) e se encantar pelas vistas da ponte.

Golden Gate vista da Baker Beach em San Francisco
Golden Gate vista da Baker Beach em San Francisco

Curte caminhar? Há duas trilhas legais que podem começar (ou terminar aqui): Land’s End e Battery to Bluffs.

Kirby Cove

Lembra dos mirantes de Marin Headlands? Eles são o ponto de partida para a trilha da praia Kirby Cove. São 1,6 Km para ir (e mais 1,6 Km para voltar) de trilha bem demarcada porém bem inclinada. A parte boa é que as vistas lindas te acompanham por todo o percurso.

Kirby Cove
Golden Gate Bridge vista da trilha para a Kirby Cove

E a praia, que fica bem pertinho da ponte, é linda!

Kirby Cove e a vista para a Golden Gate
Kirby Cove

Crissi Field

A mais fácil de chegar porém a menos impactante das praias com vistas para a Golden Gate. A vibe é super local e bem gostosa, mas em termos de visual nem se compara com a Baker Beach ou Kirby Cove.

Marshall’s Beach

Essa é uma praia escondida e deserta que fica na trilha Battery to Bluffs. A graça é chegar nela e ter milhões de ângulos perfeitos para fotografar a ponte, mas esteja preparado para encarar muitos e muitos degraus.

Durante a maré alta a Marshall’s Beach se transforma em uma praia de pedras gordas, mas na maré baixa uma faixa de areia surge por lá. Eu pessoalmente gosto mais da trilha do que da praia, mas recomendo o passeio.

Vistas do mar

Outra forma linda se ver a ponte mais famosa da Califórnia é do mar, e a forma mais barata de fazer este rolê é pegar as linhas de ferry que conectam San Francisco a Sausalito, à Tiburon ou à Angel Island. O ferry entre Tiburon e a Angel Island também é super lindo.

Quer algo mais caprichado?

Aposte em um passeio de barco pela baía de San Francisco. A graça do passeio de barco é passar por baixo da ponte!

Passeio de barco pela Golden Gate Bridge
Passeio de barco pela Golden Gate Bridge

Trilhas com vista da Golden Gate

As trilhas urbanas de San Francisco são pedidas incríveis para quem gosta de andar e fotografar. Há muitas opções lindas e minhas três trilhas preferidas para ver a Golden Gate são:

Lands End

Uma trilha que conecta a The Cliff House ao museu Legião de Honra. Um passeio que começa pelas antigas ruínas do Sultro Baths e vai recortando a costa com várias entradinhas escondidas que conectam pequenos tesouros como um labirinto feito de pedra. Chegando no Legião de honra, vale visitar o Museu que é um espetáculo e fotografar os degraus coloridos do Jefferson Steps. Quem tiver pique pode estender a caminhada até a Baker Beach.

Land's End - San Francisco
Labirinto do Land’s End

Battery to Bluffs

Essa é uma trilha espetacular que pode começar tanto no Battery Crossby quanto em Baker Beach e vai até a Golden Gate Bridge, passando por antigas instalações militares, uma praia deserta (a Marshall’s Beach) e muitos lugares incríveis para subir a ponte. Prepare-se para subir muitos degraus.

Golden Gate Bridge vista do Battery Cros
Golden Gate Bridge vista do Battery Crossby – ponto de inicio da Battery to Bluffs

Do Presidio a Golden Gate

E, para fechar a série de trilhas espetaculares, minha dica é a trilha que sai do Presidio e vai até a Golden Gate passando por vários mirantes bonitos, florestas de eucaliptos perfumadas e edifícios históricos até chegar no Golden Gate Welcome Center. Amo a experiência!

Melhores lugares para ver e fotografar a ponte Golden Gate no mapa

Veja neste mapa os melhores lugares para fotografar a ponte Golden Gate

Aluguel de carro em San Francisco

Já adiantei acima que o aluguel de carro é cilada em San Francisco, então o transporte público em San Francisco será o seu melhor amigo durante a viagem. No início, os termos podem te assustar um pouco, mas você pega fácil (e você ainda tem a opção de passes de transporte ou cartões de desconto como SF CityPASS).

O trânsito em SF é infernal, os estacionamentos são caros e as regras são bem chatas, o que significa que você pode ser multado sem nem perceber. Se você vai ficar mais de 3 dias na cidade, indico alugar o carro somente no último dia quando for seguir viagem pela Highway 1, Napa Valley, Yosemite ou o destino que você escolher.

Onde ficar em San Francisco

Quando você começar a buscar onde ficar em San Francisco (ou se não quiser perder muito tempo com isso), duas regiões ganham destaque. Union Square e Fisherman’s Wharf são bairros bem diferentes, mas que concentram a maior parte da rede hoteleira de San Francisco. Vou fazer um resumão delas:

Região da union square:

Bem conectada com o transporte público e bem localizada, a Union Square é o burburinho comercial da cidade e, por isso, ao redor dela estão os melhores restaurantes e rooftops bars de San Francisco.

Região do Fisherman’s Wharf:

Essa é a região mais turística de San Francisco. O Fisherman’s Wharf fica bem próximo ao Pier 39 e está conectado ao centro pela linha F do Muni e pelo Cable Car (o bondinho de San Francisco). Possui boas opções de hospedagens e pedidas mais caprichadas também.

Ainda não se convenceu? Conheça os melhores bairros de San Francisco e uma lista com mais de 50 boas opções de hotéis no post onde ficar em San Francisco.

Seguro viagem para a Califórnia

Não viaje sem um bom seguro viagem! Apesar de não ser obrigatório nos Estados Unidos, ele pode te salvar de muitas roubadas, como um extravio de bagagem, alguma emergência hospitalar, cancelamento de voo, entre outros.

Por aqui, indico o site da Seguros Promo, uma empresa brasileira que funciona como um comparador de seguros, buscando os melhores custos benefícios do mercado sem abrir mão de uma cobertura excelente!

Quer um desconto?
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Dicas para a sua viagem em San Francisco

De fato, a Golden Gate é um dos maiores pontos turísticos da cidade, mas tem muita coisa para conhecer por lá. Quanto mais tempo, melhor, mas dá para encaixar as atrações em roteiros de 2, 3, 4 ou 5 dias.

O mais legal é que tem muitos passeios grátis em San Francisco que vão além do comum e que deixarão seu roteiro ultra especial, estou falando de dicas boas como um passeio pelo Parque Presidio, conhecer o Fort Point, ver murais de Diego Rivera e muito mais.

Se você tem ainda mais dias em SF, vale considerar algum bate e volta. Algumas das minhas sugestões mais especiais são: Napa Valley, a região vinícola mais famosa da Califórnia, Muir Woods, árvores gigantes pertinho de San Francisco e Berkeley, um dia na cidade universitária mais alto astral da Califórnia. E, para quem quer fazer a viagem de carro entre São Francisco pela costa da Califórnia, veja o post Highway 1: todos os detalhes para organizar sua viagem.

Curtiu as nossas dicas para conhecer a Golden Gate? Se ficou com alguma dúvida, deixe nos comentários!


Veja também:

San Francisco

Los Angeles

San Diego


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário