O que fazer em San Diego: 15 atrações imperdíveis

Saiba o que fazer em San Diego na Califórnia e conheça as principais atrações turísticas da cidade! Saiba o que visitar (com direito a mapa) onde comer e muitas outras dicas importantes para planejar sua viagem. Pronto para se apaixonar por San Diego?

San Diego, uma das cidades mais bonitas e divertidas da Califórnia fica bem ao sul do estado na fronteira com o México. A cidade tem praias incríveis, uma culinária deliciosa com uma influência mexicana bem forte, um zoológico incrível, dezenas de museus, parques de diversão e atividades para todas as idades. Nesse post divido com vocês dicas incríveis do que fazer em San Diego. Vem comigo?

Quantos dias em San Diego?

Para curtir a cidade com a calma que ela merece, recomendo pelo menos 3 dias inteiros. Se você tem dois dias, já dá para começar, se tiver 4 ou mais dias pode ficar sossegado porque tem muita coisa bacana para ver e fazer por lá.

O que fazer em San Diego
Baía de San Diego

Transporte: como se virar em San Diego?

A rede de transportes públicos de San Diego é limitada e as atrações turísticas ficam bem distantes uma das outras. Assim, para aproveitar a cidade ao máximo, recomendo que você alugue um carro. Caso alugar um carro não esteja nos seus planos a dica é se hospedar numa localização central (veja neste post minhas melhores dicas de onde se hospedar em San Diego), e combinar as linhas de transporte locais com corridas de Uber/ Lyft (que funcionam bem a beça por lá).

Onde ficar em San Diego?

San Diego é uma cidade espalhada e assim como as atrações turísticas estão distantes uma das outras, há várias regiões interessantes para se hospedar, tudo depende do seu budget e do objetivo da viagem. Se você quer conhecer as principais atrações da cidade, considere uma região mais central (Downtown San Diego, Hotel Circle e Mission Bay são boas opções), se você quer curtir as praias, Coronado, Mission Bay e La Jolla são boas pedidas.

No post onde se ficar em San Diego detalhei os principais bairros de San Diego com direito a boas dicas de onde ficar em cada um deles, o post está cheio de fotos pra te ajudar a escolher bem. Neste post deixo um resumão direto ao ponto.Combinado?

Melhores bairros de San Diego para se hospedar:

A) Centro de San Diego: Tanto a Little Italy quanto o Gaslamp District em Downtown San Diego são opções ótimas e estão repletos de bons hotéis. O legal de Downtown é a proximidade de alguns pontos turísticos bacanas, ter muitos restaurantes bons e ter fácil acesso as outras áreas da cidade.

Dicas de hotéis no centro de San Diego

Onde ficar em San Diego
San Diego Marriott Marquis & Marina | Foto: Divulgação
Onde ficar em San Diego
San Diego Marriott Marquis & Marina | Foto: Divulgação

B) Hotel Circle: Hotel Circle fica no meio de tudo e é uma região bem conveniente para se deslocar de carro . A parte chata é que não dá para fazer absolutamente nada a pé, mas o bom custo x beneficio dos hotéis compensa.

Onde ficar em San Diego
KIngs Inn | Foto: Divulgação
Onde ficar em San Diego
KIngs Inn: um dos hotéis econômicos mais bem avaliados de San Diego | Foto: Divulgação

C) Old Town: Old Town é a região próxima a parte antiga da cidade onde há um parque estadual bem bacana. A região é bem central e está conectada com a linha de bonde que liga a cidade ao centro, e tem fácil acesso as rodovias. Old Town costuma ser a melhor pedida para quem busca algo com excelente custo x benefício.

Dicas de hotel em Old Town: Cosmopolitan Hotel, Old Town Inn, Hilton Garden Inn Old Town e Best Western Plus Hacienda Hotel Old Town

D) Mission Bay e Pacific Beach: Praias deliciosas e muitos hotéis bacanas Pacific Beach e sua vizinha Mission Bay são boas pedidas para quem quer um hotel de frente para o mar, ou bem pertinho da praia. Mission Bay também é bem localizada para quem quer explorar as principais atrações de San Diego de carro.

Minhas dicas de hotel em Mission Bay e Pacific Beach são:

Onde ficar em San Diego
Vistas lindas do Pacific Terrace Hotel | Foto: Divulgação

E) Coronado: Coronado é a minha praia preferida de San Diego e uma região que faço questão em incluir no roteiro sempre que vou a San Diego. Praias deliciosas, restaurantes gostosos, parquinhos bacanas para os pequenos e uma área bem legal para praticar esportes naúticos. Coronado fica a uma balsa de distância do centro de San Diego, ou cerca de 15 min de carro.

Dicas de hotéis em Coronado:

Onde ficar em San Diego
Hotel del Coronado | Foto: Divulgação
Onde ficar em San Diego
Hotel del Coronado | Foto: Divulgação

F) La Jolla: La Jolla é um das praias mais famosas de San Diego e é uma região de alto poder aquisitivo. Apesar de ser mais afastado do centro a área é deliciosa e east replete de boas alternativas de hospedagem. Adoro a região e apesar da distância, me hospedaria lá fácil.

Dicas de hotéis em La Jolla:

Onde ficar em San Diego
La Jolla Riviera Inn | Foto: Divulgação
Onde ficar em San Diego
La Jolla Riviera Inn | Foto: Divulgação

San Diego no Mapa – Veja aqui as principais atrações turísticas da cidade

ou se preferir, acesse o mapa aqui.

O que fazer em San Diego:

1) Curtir o agito do Gaslamp Quarter

Revitalizado na década de 80 o Gaslamp Quarter passou de um bairro perigoso a uma das áreas mais vivas e interessantes de San Diego. O bairro está repleto de prédios históricos que durante o dia rendem fotos lindas, restaurantes bacanas e barzinhos hiper descolados. Vale o passeio de dia, mas não deixe de voltar também a noite.

O que fazer em San Diego
Gaslamp Quarter: um dos cantinhos mais animados de San Diego

Para comer:

  • La Puerta (560 Fourth Ave): Um dos mexicanos mais deliciosos da cidade. Os Fish Tacos são a cara de San Diego e são maravilhosos. As Encilhadas também estavam muito boas.
  • Searsucker (611 5th Ave): Gostoso e hiper descolado. Bacana para um brunch ou jantar
  • De Medici’s (815 Fifth Ave): Comida Italiana americanizada. Gostoso!

2) Passear pela Old Town de San Diego

O que fazer em San Diego
Old Town

Pra quem curte cidades históricas e aquele jeitão de Velho Oeste, a dica é a San Diego Old Town, local onde o primeiro grupo de colonizadores europeus se instalou, uma vila com cara de velho oeste repleta de restaurantes, lojinhas e alguns museus. São 20 edifícios históricos reformados ou recriados que compõem o Parque Estadual San Diego State Historic Park.

Endereço: 4002 Wallace St, San Diego, CA

Horários de Funcionamento:

  • Segunda a Quinta: 10:00 -16:00
  • Sexta a domingo: 10:00 -17:00
O que fazer em San Diego
Old Town

O que visitar:

The Robinson Road House & Centro de informações

Numa das extremidades do parque está a casa de James W. Robinson (4098 Mason St) que serve tanto como museu quanto centro de informações. James foi um personagem importante para a época e se envolveu em quase todos os aspectos – políticos, sociais e administrativos – da antiga cidade. Sua casa servia tanto de residência como escritório de direito. Dentro da casa você encontrará uma maquete da Old Town de San Diego no ano de 1872 – uma graça! A casa original foi demolida por volta de 1900, e a casa atual é uma réplica construída em 1989.

Colorado House (Museu de história do Wells Fargo)

A Colorado House é um antigo hotel e que hoje serve de sede para o museu de história do Wells Fargo. O Museu recria o escritório de um agente do Wells Fargo na cidade antiga. O museu conta com uma linda carruagem antiga, uma pintura panorâmica de San Diego e um relógio de pulso antigo e dois telégrafos antigos. Veja mais detalhes sobre a história do edifício aqui.

O que fazer em San Diego
Colorado House – o Museu do Wells Fargo

Horários de Funcionamento:

  • Endereço: 2733 San Diego Ave
  • Aberto todos os dias das 10:00 às 17:00
  • Entrada grátis

Fiesta de Reyes

O Fiesta de Reyes (2754 Calhoun St) é complexo de lojas de artigos típicos Mexicanos e um restaurante bem gostoso com um pátio ao ar livre. O ambiente, com direito a festa e música ao vivo aos finais de semana, é hiper divertido e a comida é bem gostosa.

O que fazer em San Diego
Uma das lojinhas do Fiesta de Reyes

Lojinhas com estilo antigo

E não deixe de passear pela Old Town e vasculhar as lojinhas antigos como a fofíssima Rust General Store (entre e veja os produtos fofos e atendentes vestidos a caráter), o Cosmopolitan Hotel (que tem uma carroça antiga hiper estilosa na frente), o coloridíssimo Old Town Market (que vende várias bugigangas fofas e lembrancinhas coloridas), o Ye Olde Soap Shoppe (uma loja de sabões artesanais que de antiga não tem nada, mas é uma graça) e o The San Diego Coffee and Tea (uma loja de chás das antigas). E o Seeley Stable Museum (2648 Calhoun St) que tem uma coleção bacana de charretes e carros antigos e a entrada é grátis

O que fazer em San Diego
Old Town – San Diego

Vale explorar o parque e descobrir outros cantinhos. Tem tanta coisa fofa!

Whaley House Museum (Fora do parque)

A Whaley House foi a primeira casa de tijolos da Califórnia e teve uma importância econômica importante para a cidade antiga, aqui funcionava a corte do distrito, a loja do Whaley, uma sala de bilhar e até uma escola. A casa de Whaley é conhecida por ser uma das casas mais mal assombradas da Califórnia e até hoje recebe tours noturnos assustadores.

Endereço: 476 San Diego Ave

Horários de funcionamento:

Verão (Junho-Agosto)

  • Todos is dias das 10:00 – 21:30

Outras estações do ano:

  • Domingo-Terça: 10:00 – 17:00
  • Fecha quarta
  • Quinta-Sábado: 10:00 – 21:30

Entrada:

  • Até às 16:30: adultos 10 dólares | Meia entrada: 8 dólares
  • Após às 17:00: adultos 13 dólares | Meia entrada: 8 dólares

3) Curtir as praias de San Diego

As praias de San Diego são uma delícia, praias largas com muita areia branca e águas claras. Para mim que moro na California, San Diego é sinônimo de praia. Me explico: as águas do pacífico são tão geladas que o clima quente e a água menos fria (não espere nada como o Atlântico, por favor!) são um convite irresistível. Mas ainda que passar o dia na praia ou nadar nas águas geladas de San Diego não estejam nos seus planos, visitar as praias e sentir o clima descolado e surfistinha da cidade faz parte de qualquer bom roteiro por San Diego. Aí vão as principais praias e dicas de como curtir cada uma delas.

Coronado Beach

Coronado é uma cidadezinha em frente a San Diego, uma cidade de alto poder aquisitivo e que tem a principal base marinha da costa oeste americana, a praia é bem menos agitada e tem um climão bem mais família do que as praias de San Diego. Essa foi a praia que Gustavo e eu mais curtimos!

Dica: Na saída da praia não deixe de visitar as instalações do Tradicional Hotel Del Coronado

San Diego com crianças
Brincando na Praia de Coronado

Pacific Beach

Pacific Beach uma das vizinhanças mais gostosas de San Diego, e uma praia gostosacom um calçadão de mais de 3 milhas (com direito a uma ótima ciclovia). O cantinho mais famoso de Pacific Beach é o Crystal Pier, um hotel repleto de cotages charmosos que rende fotos lindas, o Pier serve de divisão para você se orientar e entender a praia.

  • North Pacific Beach – para as famílias (ao norte do Crystal Pier): Esse é o pedaço da praia preferido das famílias, mar mais calmo, salva-vidas de plantão e uma estrutura bacana com banheiros e restaurantes.
  • Pacific Beach – para curtir o agito (ao sul do Crystal Pier): a parte mais animada da praia repleta de barzinhos animados, restaurantes com bom preço. Esse é o pedaço preferido dos estudantes Universitários que moram em San Diego e dos jovens que vem passar uma temporada na cidade. Nessa região é possível alugar uma bicicleta para percorrer a ciclovia. A praia é frequentada tanto por banhistas quanto surfistas, mas as ondas são BEM meia-boca.
  • Tourmaline Surfing Park – para surfar: Ondas lentas e longas tornam o Turmaline um dos pontos preferidos dos surfistas. Um lugar bacanas para praticar Long Board ou para aprender a surfar. Em dias com vento a praia também se torna bem popular entre windsurfers e kiteboarders.
San Diego com crianças
Pier fotogênico na Pacific Beach

Mission Beach

A Mission Beach é uma continuação da Pacific Beach, uma praia jovem, divertida e animada. O calçadão repleto de barzinhos e a pista de bicicleta são muito agradáveis. Outro atrativo da praia é o Belmont Park, um parque de diversões antigo com direito a montanha russa de madeira, simulador de ondas para os surfistas de plantão e várias outras atrações.

O que fazer em San Diego
Mission Beach – San Diego

Ocean Beach

Dicas San Diego
Ocean Beach – San Diego | Foto: Mila Frohlich

Pra quem curte uma vibe mais local – e um pôr do sol bem especial, a Ocean Beach é uma ótima escolha. A praia está repleta de stands de taco, lojas de surf e de antiguidade e tem uma atmosfera bem retrô. O píer de madeira é adorado por pescadores (esse é um dos poucos lugares de San Diego onde se pode pescar sem permissão especial) e fica especialmente fotogênico durante o pôr do sol. A praia é bacana para nadar, tomar sol e até surfar.

La Jolla

A praia mais famosa de San Diego – e por muitos tida como a mais bonita, fica na parte mais chique da cidade (a região está repleta de lojas chiques e restaurantes descolados e vale um bom passeio). A praia tem um calçadão bem gostoso e é frequentada por uma colônia de leões marinhos animada.

San Diego com crianças
La Jolla, uma das regiões mais lindas de San Diego

La Jolla é um lugar popular para fazer caiaque e mergulho de cilindro (a praia tem várias cavernas submarinas lindas e os leões marinhos costumam ser simpáticos com os mergulhadores).

Esportes aquáticos & Pôr do sol

San Diego é um ponto disputado para a prática de esportes aquáticos, tem Stand-up paddle (SUP) jet skis, windsurf, vela e muito mais. Cada um desses esportes tem um ponto específico, em geral a região de Mission Bay, assim como a ilha de Coronado são bons lugares para fazer a pratica desses esportes.

E vale falar que o pôr do sol da cidade está entre os mais lindos da Califórnia! Aproveite o pôr do sol das praias, e do Sunset Cliffs.

Dicas San Diego
Sunset Cliffs – San Diego | Foto: Mila Frohlich

4) Visitar o porta aviões USS Midway

San Diego é sede da maior base naval americana, a marinha faz parte da cultura contemporânea da cidade e pode ser sentida em vários aspectos do cotidiano de San Diego. Para nós turistas, uma das formas mais intensas e interessantes de vivenciar um pouquinho dessas influências é visitando o Porta Aviões USS Midway.

Dicas San Diego
USS Midway Museum – San Diego | Foto: Mila Frohlich

A experiência é o máximo e merece ser vivida! A visita áudio guiada explica tim-tim por tim-tim sobre o porta aviões e os aviões coloridos alí expostos, a organização dos espaços e por fim terá direito a fazer uma visita guiada à torre de controle. Amei o programa e considero uma das experiências mais tops de San Diego. Eu se fosse você, não perderia de jeito nenhum!

  • Endereço: 910 N Harbor Dr, San Diego
  • Horário de Funcionamento: Todos os dias das 10:00 -17:00
  • Entrada: Adultos $23,00 (ingresso online $18,00) | Seniores (62+): $18,00| Estudantes (13-17 anos): $15,00| Crianças (6-12 anos: $8,00) | Menores de 5 anos: grátis

DICA: Compre seu ingresso online! Além de economizar $5 dólares você fura a fila (e no verão a fila da bilheteria é das bravas!)

5) Se encantar com a Unconditional Surrender – A estátua do beijo

O que fazer em San Diego
Embracing Peace – San Diego | Foto: Mila Frohlich

Uma visitinha bem rápida – e que é a cara de San Diego – é a escultura Unconditional Surrender de Seward Johnson. A estátua é uma releitura da fotografia histórica de Victor Jorgensen que retrata um marinheiro comemorando o final da segunda guerra com um beijo na boca de uma das enfermeira. A escultura atual é uma cópia da original, outras cópias estão instaladas em outras cidades ao redor do mundo.

Eu acho a escultura uma graça, mas há quem deteste, já que tanto a foto quanto a escultura são polêmicas. Algumas mulheres se dizem “a modelo” da foto e alegam que o soldado em questão estava roubando beijos de todas as mulheres que surgiam pelo caminho para comemorar. Vai saber, né?!

6) Conhecer o Zoológico de San Diego

O que fazer emSan Diego

Não sou muito fã de zoológicos mas o Zoo de San Diego é tão incrível que PRECISO recomendar. O Zoo é enorme, hiper focado em preservação e pesquisa das espécies e tem projetos bacanas em todos os cantos do mundos. Os animais em exibição também são fantásticos: Tem urso panda, urso polar, koalas e Cangurus, tigres e gatinhos variados, gorilas e macacos de todos os tipos e uma infinidade de pássaros coloridos. O Gu e eu passamos quase o dia todo no Zoo e não nos arrependemos. Foi incrível!

  • Endereço: 2920 Zoo Dr, San Diego
  • Entradas: Adultos $56,00 | Crianças de 3-11 anos: $44,00 – Veja online opções de ingressos combinado e combos com outras atrações de San Diego

Dica: Os ingressos online custam o mesmo preço da bilheteria e te ajudam a furar uma fila boa!

Almoço na “Selva”

Um dos lugares mais legais para comer no Zoo de San Diego é o Albert’s Restaurant , a entrada tem uma pegada se selva que é quase um parque da Disney e o menu conta com um por shop maravilhoso.

Veja aqui detalhes da nossa experiência no Zoo de San Diego

7)Desvendar o Balboa Park (e seus jardins & museus)

Balboa Park é um parque gigantesco e lindo com uma programação incrível, um lugar gostoso para correr, caminhar e ver gente. No parque há uma série de museus,jardins e o zoo de San Diego (já descrito no item anterior), há muitas atrações gratuitas, e outras cobradas a parte.

O que fazer em San Diego
Torre do Museu do Homen – Balboa Park

Fique de olho na programação do Balboa Park:

Durante o verão rola uma série de concertos e shows gratuitos durante a noite, para quem estiver na cidade é sem dúvida um programa bem local e divertido! Veja a programação completa do parque aqui.

Para planejar sua visita:

Estacionamento & transporte dentro do parque

O Balboa park tem estacionamentos grátis e uma linha de bondinho circular (gratuita) que percorre os principais pontos do parque. O truque é parar num desses estacionamentos (o do Inspiration Point, por exemplo é HIPER central) e se deslocar usando o bondinho. O bondinho funciona todos os dias das 9:00 -18:00 (no verão até às 20:00).

Veja o mapa do bondinho e informações sobre estacionamento aqui.

Centro de informações

Caso você esteja em dúvida de como distribuir seu tempo e que atrações visitar, a dica é começar pelo Centro de informações aos visitantes (1549 El Prado, Balboa Park) que vai te ajudar a organizar seu tempo e escolher as atrações que tenham mais a ver com você. Quer mais um motivo para parar lá? O edifício é lindo e rende fotos caprichadas do parque.

Combo de ingressos: Para quem planeja visitar vários museus

Passe de 1 dia (One-Day Explorer): Entrada em até 5 museus do parque Balboa. Válido por apenas 1 dia.

  • Adultos ( 13+): $46
  • Crianças (3-12 anos): $27

Passe de dias múltiplos (Multi-Day Explorer – 7 dias):Válido para uma entrada de cada um dos 17 museus do Balboa Park. Válido por 7 dias consecutivos começando no primeiro dia de validade.

  • Adultos ( 13+): $57
  • Crianças (3-12 anos):$30

Museus do Balboa Park:

O Balboa Park tem 17 museus diferentes e tem tanta coisa legal que vale a pena olhar a descrição deles com calma para escolher os que mais tem a ver com você! Para facilitar sua escolha dividi os museus em categorias (minha divisão não ficou HIPER precisa, mas já ajuda a começar ;))

ARTE, DESIGN & FOTOGRAFIA

San Diego Art Institute: Este é um museu de arte californiana contemporânea (focado em artistas do sul da Califórnia e mais especificamente do condado de San Diego) com exibições rotativas. O museu tem 75 anos e já realizou várias exposições bacanas.

  • Endereço: 1439 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Terça à domingo das 10:00 às 17:00
  • Entrada: adultos $5,00 | Estudantes, Seniores $3,00| Menores de 12 anos: grátis

Minguei International Museum: O Minguei é um museu coloridíssimo e que está sempre mudando. Ele conta exposições temporárias de arte folclórica, design & artesanato vindas de todos os cantos do mundo. O ambiente é bem familiar e hiper descontraído.

Dica: Ainda que você não tenha tempo de visitar o museu, vale a pena explorar os jardins e fotografar as esculturas coloridas. Uma das mais divertidas é um jacaré brincalhão estilo mosaico que rende fotos lindas ;).

  • Endereço: 1439 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Terça à domingo das 10:00 às 17:00
  • Entrada: adultos $10,00 | Estudantes, Seniores & Crianças 6-17 anos: $7,00
O que fazer em San Diego
Minguei International Museum

Museum of Photographic Arts: Um museu dedicado a fotografia, filmes e vídeos com um acervo de mais de 7000 imagens. O museu conta a história da fotografia, seus movimentos estéticos e avanços tecnológicos. Um dos pontos altos do museu é a ala de fotografias contemporâneas com direito a documentários sociais e fotojornalismo.

  • Endereço: 1649 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Terça à domingo das 10:00 às 17:00 (Durante o verão aberto até às 20:00 na quinta-feira)
  • Entrada: A entrada é grátis, mas o museu pede uma contribuição

Timken Museum: Uma das joias de San Diego, o Timken é considerado um dos pequenos grandes museus do mundo e tem uma coleção impecável de mestres da pintura europeia com obras de Rembrandt, Rubens, Fragonard, Bierstadt, Pieter Bruegel o velho e muitos outros. O edifício do museu, projetado por Frank Hope é todo de mármore branco e também merece destaque.

  • Endereço: 1500 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Terça- Sábado: 10:00 – 16:30 | Domingos: 12:00 – 16:30
  • Entrada: Gratis

San Diego Museum of Art: Esse é o maior e mais antigo museu de arte da região e tem um acervo interessante com direito a pintores europeus dos séculos XIX e XX, uma coleção de arte asiática e um acervo em crescimento de obras contemporâneas e arte latino americana. Além do acervo próprio, vale ficar de olho nas exibições temporárias em cartaz, volta e meia tem coisa bacana rolando.

  • Endereço: 1450 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Segundas e Terças, Quintas, Sextas e Sábados: 10:00-17:00 – Domingo 12:00-17:00
  • Entrada: Adultos $15,00 | Seniores (65+): $10,00 |Estudantes: $8,00 | Jovens 7-17: grátis graças a uma parceria (2018)

CIÊNCIAS, TRANSPORTE & TECNOLOGIA

San Diego Natural History Museum: Um museu de história natural bem completo que apresenta de forma hiper visual a biodiversidade do sul da Califórnia. Uma das novidades do museu é a nova tela 3D com filmes focados no mundo animal.

  • Endereço: 1788 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Todos os dias das 10:00-17:00
  • Entrada: Adultos $19,00 | Seniores (62+): $17,00 | Jovens (3-17 anos): $12,00
San Diego com crianças
Museu de História Natural (theNat)

Reuben H Fleet Science Center: Tecnológico, dinâmico e hiper interativo, o Reuben Fleet Science Center é um desses museus que ensina enquanto diverte e que agrada tanto crianças quanto adultos. O museu está repleto de atividades interativas, um planetarium gigante e várias exibições temporárias e fixas.

  • Endereço: 1875 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Todos os dias das 10:00-17:00 (Sex, Sab e Domingo até as 18:00)
  • Entrada: Adultos $19,95 | Seniores (65+): $17,95 | Crianças(3-12 anos): $16,95

San Diego Automotive Museum: Esse é um museu bacana para quem curte automóveis. O acervo tem mais de 80 carros e motocicletas históricos incluindo carros que pertenceram a celebridades como o Austin Petrol Hire Car de 1967 que pertenceu a Frank Sinatra’s. A cada dois ou três meses o museu recebe uma exibindo temporária diferente e que traz mais carros famosos.

  • Endereço: 2080 Pan American Plaza
  • Horários de Funcionamento: Todos os dias das 10:00-17:00
  • Entrada: Adultos $9,00 | Seniores (65+) & Estudantes: $4,00 | Crianças(6-15 anos): $4,00

San Diego Air and Space Museum:

Se você curte ciências, espaço e aviação, taí uma parada hiper interessante! O San Diego Air and Space Museum tem uma coleção de aviões históricos vindos de todos os cantos do mundo. Alguns dos itens mais famosos do acervo são: Uma réplica (que funciona e voa de verdade) do Lindbergh’s Spirit of St. Louis, o verdadeiro módulo de comando do Apollo 9 além de artefatos dos irmãos Wright , Charles Lindbergh, Amelia Earhart, Neil Armstrong, Buzz Aldrin e outros pioneiros do mundo da aviação. O museu também tem simuladores de vôo, cinema 3D e um monte de experiência interativas para a criançada.

Dicas San Diego
Air & Space Museum no Balboa Park – Foto: Mila Frohlich

O museu é pequeno, mas pra quem gosta de aviação e exploração espacial eu acho que é uma boa pedida. Eles têm trajes de astronautas, pedras trazidas diretamente da lua e até uma cápsula da Apollo 9 (que é a parte da nave que traz os astronautas de volta a Terra). O museu também tem um corredor da fama, com participação de Santos Dummond e alguns simuladores de vôo bem legais (você tem que pagar a mais por essa parte).

  • Endereço: 2001 Pan American Plaza, Balboa Park
  • Horários de Funcionamento: todos os dias das 10:00-17:00
  • Entrada: Adultos $19,95 | Seniores: $16,95 | Crianças 3-11 anos: $10,95

San Diego Model Railroad Museum: Esse é um museu dedicado a miniaturas de trens e locomotivas com direito a vários modelos impressionantes que vão encantar amantes de trem de todas as idades. Para os pequenos, há uma ala dedicada a brincadeira com vários trenzinhos de brinquedo.

  • Endereço: 1649 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Terça à Sexta das 11:00 -16:00 – Sábados e domingos: 11:00-17:00
  • Entrada: Adultos $11,50 | Seniores (65+): $9,00 | Estudantes: $6,00| Crianças 6-14 anos: $6,00

ARQUITETURA, CULTURA & ESPORTES

Centro Cultural de La Raza: Um centro cultural que se dedica a criar, promover e preservar as culturas e expressões artíticas Mexicanas, indigênas e latinas. O museu tem exibições temporárias, cinema, teatro e música. Aproveite que é grátis, dê uma passadinha e veja se as exibições em cartaz te interessam!

  • Endereço: 2004 Park Blvd, Balboa Park
  • Horários de Funcionamento: Terça a domingo das 12:00 -16:00
  • Entrada: Grátis

Marston House Museum & Gardens: Para quem curte arquitetura, a Marston House construída por George W. Marston e sua família é uma pedida interessante. A casa é um dos principais exemplos do movimento Arts & Crafts na Califórnia e foi projetada pelos arquitetos William Sterling Hebbard e Irving Gill. Além da casa-museu, a visita conta com um jardim caprichado com direito a canteiros floridos e árvores cumpridas.

  • Endereço: 525 Seventh Avenue, Balboa Park
  • Horários de Funcionamentoo: Aberto de sexta a segunda feira das 10:00 – 17:00 – Tours a cada meia hora
  • Entrada: Adultos $15 | Seniores: $12| Crianças 6-12 anos: $7

San Diego Hall of Champignons: Se você curte esportes vai gostar desse museu, o maior museu multi-esportes dos EUA. Um museu repleto de fatos e objetos que cercam todos os times esportivos de San Diego. Além dos esportes convencionais, o museu tem uma área dedicada a America’s cup com direito a modelos e troféus de uma das competições mais tradicionais do mundo náutico.

  • Endereço: 2131 Pan American Plaza
  • Horários de Funcionamento: Todos os dias das 10:00 16:30
  • Entrada: Adultos $8,00 | Crianças 3-17 anos: $5,00 | Grátis toda segunda terça-feira do mês

World Beat Center: A caixa d’água colorida do Balboa Park foi transformada no World Beat center (um exemplo bem bacana de transformação de espaços públicos) um espaço que há quase duas décadas se dedica em promover as culturas africanas e afro-americanas por meio de música, dança, educação e tecnologia. O Espaço oferece shows, aulas de dança e percussão e palestras culturais.

  • Endereço: 2100 Park Boulevard
  • Horários de Funcionamento: Veja horários e programação no site.

HISTÓRIA & ANTROPOLOGIA

Museum of Man: O museu do Homem fica no edifício mais lindo do balboa parque uma torre elegante com arquitetura de missão espanhol que foi construído para a exposição de 1915-1916. Trata-se de um museu de antropologia hiper dinâmico que celebra povos de todos os cantos do mundo.

Dica: A torre do museu está aberta para visitas e os bilhetes podem ser comprados em conjunto com o ingresso do museu. Pessoalmente achei a vista sem graça e não acho que vale o investimento, mas para quem quiser saber mais detalhes, vale conferir aqui.

  • Endereço: 1350 El Prado
  • Horários de Funcionamento: Todos os dias das 10:00 17:00
  • Entrada: Adultos $13 | Seniores (62+) & crianças 6-17: $10
O que fazer em San Diego
Museum of Man – San Diego

San Diego History Center: Este museu conta o passado, presente e futuro de San Diego com exibições temporárias e dinâmicas. O museu tem uma coleção de artefatos, peças de arte, tecidos, arte e fotografias que detalham a vida e o desenvolvimento em San Diego.

  • Endereço: 1649 El Prado, Suite 3
  • Horários de Funcionamento: Aberto todos os dias das 10:00 -17:00

Veterans Museum at Balboa Park: Localizado numa antiga capela da marinha o museu se dedica a preservar a honra e a memória de homens e mulheres que serviram às forças armadas norte americanas. O acervo contém artefatos, documentos, fotografias e memorabilia que vão da guerra civil americana até os dias atuais.

  • Endereço: 2115 Park Boulevard
  • Horários de Funcionamento: Terça a domingo das 12:00 -16:00
  • Entrada: Adultos: $5,00 | Seniors: $4,00 | Estudantes: $2,00 | menores de 12 anos: grátis

Jardins temáticos:

O Balboa Park tem uma série de jardins incríveis e especialmente floridos durante a primavera. Alguns dos principais jardins são:

Botanical Building: O Botanical Building foi uma das estruturas construídas para a exposição de 1915-1916 e é um dos ícones do parque. A estufa tem uma coleção de mais de 2000 espécies de plantas além do charmoso lago de lírios (quase sempre florido) que fica na frente do prédio.

  • Endereço: 1549 El Prado, Balboa Park
  • Aberto: De sexta feira à quarta feira das 10:00 – 16:00 (fecha as quintas)
  • Entrada: Grátis
O que fazer em San Diego
Botanical Building

Alcazar Garden: Esse é um jardim inspirado nos jardins do Alcazar de Sevilla. Ele fica ao lado do Mingei Museum e do Art Institute. Além de canteiros caprichados, o jardim tem fontes ornamentadas hiper fotogênicas e azulejos coloridos no estilo marisco. Sem dúvida um cantinho bacana para visitar e fotografar.

  • Endereço: 1363 El Prado
  • Entrada & Funcionamento: Este é um jardim aberto, aberto 365 dias por ano e grátis
O que fazer em San Diego
Alcazar Garden

Desert Garden: Especialmente florido entre janeiro e março, o jardim do deserto mais mais de 1000 tipos diferentes de plantas incluindo uma coleção hiper bacanas de cactos

  • Endereço: 2525 Park Boulevard
  • Entrada: Grátis
O que fazer em San Diego
Desert Garden

Inez Park Memorial Rose Garden: Esse colorido jardim de rosas é um dos pontos de casamento mais disputados da cidade. Para quem gosta de flores, vale dar uma voltinha e observar os 1600 pés de rosa de 130 espécies diferentes (eu que curto fotografar flores fiquei MUITO menos tempo do que gostaria). O jardim fica florido entre março e dezembro e o pico da floração é entre abril e maio.

  • Endereço: 2525 Park Boulevard
  • Entrada: Grátis
  • Caso haja um evento, parte do jardim pode estar fechada.
O que fazer em San Diego
Inez Park Memorial Rose Garden

Japanese Friendship Garden (Jardim japonês): O jardim japonês de San Diego foi construído como uma casa de chá para a exposição mundial, e hoje serve como jardim zen, exposição de bonsais, lago de carpas e muito mais. Embora não tão famoso quanto os jardins de Portland ou San Francisco, pelo que pesquisei é um jardim bem bonito!

  • Endereço: 2215 Pan American Place
  • Horários de funcionamento: Seg-Sex 10:00 – 17:00 | Sábados e domingos: 10:00 – 16:30
  • Entrada: Adultos $12,00 – Seniors & estudantes: $11,00 – Menores de 6 anos: grátis
San Diego com crianças
Lago de carpas, o cantinho preferido dos pequenos no Japanese Friendship Garden

Zoro Garden: O Zoro Garden tem uma história interessante, ele foi construído para funcionar como colônia nudista durante a exposição de 1935 e posteriormente foi transformado em um jardim de borboletas. O Jardim tem tudo o que as larvas e borboletas de diferentes espécies precisam para viver e se reproduzir. Para quem curte borboletas taí uma experiência colorida e interessante!

  • Endereço: 649 El Prado
  • Entrada & Funcionamento: Este é um jardim aberto, aberto 365 dias por ano e grátis

Outras atrações:

Além dos museus e jardins o Balboa Park tem uma série de outras atrações como o Carrossel do Balboa Park e o Mini Trem que fazem sucesso com a criançada, o Photographic Arts Building que promove o trabalho de fotografos amadores e conta com várias exibições, o Spanish Villa Art Center um centro cultural coloridíssimo com trabalhos de 37 artistas, quadras para esportes diversos, campo de golfe e até opções de trilha para quem quiser caminhar.

San Diego com crianças
Ladrilhos coloridos no Spanish Villa Art Center

Para comer no Balboa Park a dica é o Prado, localizado no prédio House of Hospitalitty. Sentei no pátio pra aproveitar o dia lindo e pedi uma sangria e um fish taco, que estavam deliciosos! Pra completar, pedi um bolo tres leches de sobremesa que estava dos deuses!

8) Se impressionar com o Museu marítimo de San Diego

Se você gosta de barcos ou tem curiosidade de visitar submarinos da segunda guerra mundial, o Museu Marítimo de San Diego vai te encantar. São vários navios históricos, um mais lindo que o outro, e a graça é entrar em cada um deles. Destaque para o Star of India, um navio bonitão de mais de 150 anos que uma vez por ano sai do porto e leva os turistas para passear (a data é marcada com um animado festival). A balsa à vapor Berkeley, eo Navio a Vela San Salvador também valem a visita.

O que fazer em San Diego
Star of India – no Museu Marítimo de San Diego

Agora quer saber o que eu mais gostei? Os submarinos! O B-39, um submarino russo e o USS Dolphin, um submarino americano usados na segunda guerra mundial são um show! Impressionante a quantidade de controles e os espaços internos! Em resumo, amei a visita e recomendo!

O que fazer em San Diego
Submarino da segunda guerra mundial em San Diego
  • Endereço: 1492 North Harbor Drive
  • Horários de funcionamento: Todos 0s dias das 9:00 às 20:00
  • Entrada: Adultos: $16,00 | Seniores e estudantes (13-17 anos): $13,00 | Crianças (3-12 anos): $8,00

9) Visitar o Hotel Del em Coronado

O que fazer em San Diego
Hotel Del – Coronado

O Hotel Del (ou the Del) em Coronado, uma cidade simpática do outro lado da baía de San Diego, é um desses hotéis históricos e hiper bonitos, o hotel ficou mundialmente conhecido em 1959 após estrelar o filme Some Like it Hot com Marilyn Monroe e outros 11 filmes de Hollywood.

O hotel tem uma arquitetura linda estilo vitoriana, jardins caprichados e um bar hiper gostoso para curtir o happy hour depois de uma dia de praia (já falei que a praia de Coronado é a minha preferida, né?!)

Endereço: 1500 Orange Ave, Coronado, CA

Brunch no Hotel Del

Todo domingo rola um brunch HIPER caprichado no Crown Room (o pomposo salão da coroa) com comidas deliciosas e champagne a vontade. O brunch custa $93 para adultos e $29 para crianças de 6-12 anos (menores de 5 anos, grátis). Amei a experiência e descrevi os detalhes neste post. Reserve com antecedência pelo site ou telefone (+1) (619) 522-8490.

Ferry para Coronado

Uma experiência bem recomendada pelos meus amigos de San Diego e que ainda não tive chance de experimentar é pegar o Ferry que liga San Diego a Coronado no finalzinho da tarde (de preferência durante o pôr do sol). As vistas da baía de San Diego são incríveis.

  • Preço & duração: O trajeto dura 15 minutos e custa 4,75 (apenas ida).
  • Endereço: 900 N. Harbor Drive
  • Horários de saída: De San Diego 9:00-21:00 | De Coronado: 9:30-21:30
  • Veja mais detalhes no site oficial do ferry

10) Farmer’s Market em Little Italy

O que fazer em San Diego
Girassol alaranjado no Farmer’s Market de Little Italy

Pra quem curte feirinhas e mercadinhos uma pedida bem local e hiper agradável é o Farmer’s Market que rola todos os domingos em Little Italy e volta e meia tem música ao vivo. O mercado tem mais de 40 barraquinhas de frutas, verduras, pães, geleias, flores e várias outras coisas gostosas. É um lugar bacana para abastecer a cesta de picnic e ver gente.

  • Endereço: Cedar St. entre a Kettner Blvd. e a Front Street.
  • Horários: todos os domingos das 8:00 às 14:00

Depois de dar um passeio pelo mercado você pode tomar um brunch ou almoçar em Little Italy ou no Gaslamp Quarter (que fica alí do lado).

Dicas de restaurante na Little Italy:

Para o café da manhã: Pappalecco (1602 State St, San Diego): um café familiar de uma família Italiana que os locais adoram. Serve expressos, paninis e folheados.

Para o almoço ou jantar: Buon Appetito (1609 India St, San Diego): comida italiana deliciosa. Não aceita reservas e vive lotado, então a graça é esperar no Wine Bar ao lado. O lugar é bem bonitinho e é um dos spots românticos de San Diego.

11) Fazer um passeio de barco na baía de San Diego

Existem dezenas de opções de passeios de barco na baía de San Diego. Tem Speedboat para os aventureiros, tour para ver a migração das baleias (entre dezembro e abril é temporada das baleias cinza e entre junho e setembro é temporada das baleias azuis) e cruzeiros românticos com saídas no final da tarde.

Cruzeiros românticos:

Não fiz o passeio mas ouvi falar hiper bem do cruzeiro romântico da Hornblower.

Para ver baleias:

O pessoal do Visit Califórnia recomenda o San Diego Whale Watch (tour de 3 horas – a partir de $48) | caso você não veja uma baleia ou golfinho durante o tour, você poderá fazer um tour gratuito no dia seguinte) ou o H&M Landing (tour de 5 horas a partir de $95 dólares – eles tem um barco menor o que te garante chegar mais perto das baleias), e tem também o tour da Hornblower (tour de 4 horas – $65 dólares | O barco é maior e um pouco mais lento, e possívelmente você terá que disputar espaço com outros tripulantes na hora de tirar fotos) a Guta do Blog Vambora fez esse passeio e contou a experiência dela aqui.

12) Parques de diversão em San Diego (e arredores)

Pra quem quer aproveitar a viagem para conhecer parques de diversão, San Diego tem três opções interessantes:

Sea World

O Sea World é mundialmente conhecido por suas baleias e golfinhos adestrados mas também tem uma série de montanhas russas divertidas e outras atrações.

Embora seja apaixonada por baleias e golfinhos e tenha memórias lindas da visita que fiz ao parque da Flórida aos dez anos de idade, desde que comecei a aprender mais sobre o trato dado aos animais em cativeiro não tive mais vontade de visitar o Sea World.

Devido a pressões populares, o parque anunciou que descontinuará seu programa de reprodução de orcas em cativeiro e que não pegará mais animais do mar. Veja detalhes aqui. Por outro lado, vale falar que o Seaworld esta ativamente envolvido na preservação e reprodução de baleias no mar e tem alguns projetos interessantes. Enfim, deixo pedacinhos de informação para vocês pesquisarem e refletirem se querem ou não visitar o parque.

  • Endereço: 500 Seaworld Dr, San Diego
  • Horários de funcionamento: Horários variam de acordo com a temporada – geralmente das 10:00-17:00 de segunda a sexta. Aberto até mais tarde durante os finais de semana
  • Entrada: Ingressos online custam a partir de $69,00 | veja opções de combo com outras atrações de San Diego.

Legoland

Legoland Califórnia
Legoland Califórnia

O Legoland California Resort é um complexo com 3 parques de diversões diferentes e bem divertido para famílias: a Lego Land Tradicional, um parque aquático aberto somente no verão e um aquário. A Legoland tem atrações bem variadas relacionadas ao mundo do lego: tem montanha russa e carrinhos variados, aviõezinhos, simuladores e tem até réplicas das principais cidades americanas feitas de lego.

[A Legoland fica em Carlsbad, cerca de 35 minutos de San Diego de carro.]

  • Endereço: 1 Legoland Dr, Carlsbad, CA
  • Horários de funcionamento: Horários variam de acordo com a temporada – geralmente das 10:00-17:00 de segunda a sexta. Aberto até mais tarde durante os finais de semana, feriados e férias escolares.
  • Entrada: Ingressos online custam a partir de $82,00 e dão direito apenas a Legoland. Ingressos combinados custam a partir de $90.

San Diego Zoo Safari

Do mesmo grupo do San Diego Zoo, o San Diego Zoo Safari é uma mistura de parque e zoológico que oferece experiências diversas e a chance de interagir com animais. Você poderá optar por experiências (a maior parte delas é cobrada a parte) como fazer um safari de carrinho, alimentar girafas, ver a corrida dos guepardos (cheetah) e até participar de uma experiência nos bastidores do parque.

O que fazer em San Diego
Print Screen do site: http://www.sdzsafaripark.org
  • Endereço: 15500 San Pasqual Valley Road, Escondido, Califórnia
  • Horários de funcionamento: os horários variam conforme a estação do ano, geralmente das 9:00 às 17:00
  • Entrada: $50 Dólares (inclui Africa Tram, Cheetaa Safari e todos os shows diários). Outras experiências cobradas a parte.

13) Visitar as missões de San Diego

As Missões Espanholas (igrejas antigas construídas por franciscanos durante a época de colonização espanhola) são parte importante da história e cultura na Califórnia. San Diego foi o ponto de chegada dos Espanhóis, e portanto o primeiro cantinho a ser colonizado. San Diego tem duas Missões que valem a visita:

Missão de San Diego de Alcalá: A mais antiga

A Missão de San Diego de Alcalá foi a primeira missão espanhola na Califórnia e fundada em 1796. A igreja atual é a quinta edificação do local e foi construída em 1931 com base em estudos arquitetônicos para que ela ficasse o mais parecida possível com a igreja de 1813

  • Endereço: 10818 San Diego Mission Road
  • Aberta todos os dias das 8:00-16:30 (Fechada para visitas durante missas e celebrações).
  • Veja os horários das missas no site

Missão de San Luis Rey: A maior da Califórnia

A Missão de São Luis Rey, é conhecida como rainha das missões, e é a maior das 21 missões espanholas construídas na Costa da Califórnia. A visita inclui a igreja, um museu e o antigo cemitério.

  • Endereço: 4050 Mission Ave, Ocean Side
  • Aberta todos os dias das 9:30 às 17:30

14) Cabrillo National Monument

Para quem curte passeios ao ar livre, uma das melhores pedidas de San Diego é o o Cabrillo National Monument, parque que marca o local onde pela primeira vez os navios espanhóis ancoraram na Califórnia, feito comemorado com uma estátua do navegante Juan Rodriguez Cabrillo.

O parque tem algumas das vistas mais lindas da baía de San Diego, um farol antigo HIPER fotogênico, e durante a temporada dá até para avistar baleias passando no mar do alto dos mirantes do parque. Outra opção bacana é a trilha costeira que passa por várias falésias fotogênicas e piscinas de água natural.

  • Endereço: 1800 Cabrillo Memorial Dr, San Diego
  • Aberto todos os dias das 9:00 às 17:00

15) Cruzar a fronteira para Tijuana

Existem dois motivos para cruzar a fronteira com Tijuana (no México): a bebida é liberada para menores de 21 anos (o que faz com que muitos universitários de 18-20 inundem as festas e bares da cidade, e portanto a noite da cidade é bem animada) e fazer compras baratas. De resto, Tijuana é uma cidade ok, sem grandes atrativos.

Entre 2008-2009 houve uma onda de violência crescente no Norte do México que atingiu Tijuana em cheio e fez com que diminuísse bastante o tráfego na fronteira, hoje em dia a situação está melhor e bem mais controlada, mas vale a pena se informar bem antes de cruzar. Todos os meus amigos que foram para Tijuana fazer compras não curtiram e não recomendam a experiência.

Vale falar que um dos melhores e mais baratos outlets da região é o Las Americas Premium Outlets que fica BEM na fronteira com Tijuana (só ainda do lado americano). Ou seja, você provavelmente não precisa cruzar a fronteira para fazer compras ótimas!

E lembre-se de levar o passaporte, sem ele você não entra México e nem volta para os Estados Unidos.

Onde fazer compras em Tijuana?

Há bazares que vendem cerâmicas pintadas, bijus, tequila e lembrancinhas típicas do México na Avenida revolución. Pechinche!

Atrações turísticas em Tijuana?

Pra quem quer dar uma voltinha pela cidade, as duas principais paradas são o Centro Cultural Tijuana (Paseo de los Heroes 9350, Zona Urbana) e a Sociedad de História de Tijuana (Calz. Ermìta Nȯrte 3801)

Veja aqui as dicas e impressões que o Guilherme do blog Quero Viajar mais teve de Tijuana.

Como chegar em Tijuana?

De carro

É só seguir as placas (ou o google maps) e cruzar a fronteira. Antes disso, contrate um seguro de viagens válido no México (atenção muitas companhia de locação não permitem que seus carros cruzem a fronteira com o México) ou de bonde – cruzando a fronteira a pé.

De Trolley (bonde)

A viagem entre San Diego e Tijuana de Trolley (bonde / trem de superfície) leva cerca de 20 minutos. Tome um bonde na direção de San Isidro, e siga depois disso siga o fluxo rumo as pontes de pedestres. Após cruzar a fronteira, você conseguirá pegar um ônibus até o centro da cidade.

Dica extra: E para quem curte esportes…

Se você curte esportes e tem vontade de assistir uma partida de Baseball ou uma partida de Futebol Americano da NFL San Diego tem duas opções bacanas:

Petco Park: Jogos de Baseball (entre abril e outubro)

A temporada de Baseball nos Estados Unidos geralmente começa em abril e termina em outubro. Aproveite para assistir um jogo dos San Diego Padres no Petco Park. Ingressos para um jogo não muito disputado custam a partir de $20,00. Fora dos dias de jogo, o estádio também está aberto para tours ($15,00).

Vale lembrar que os jogos são longos e que o estádio é aberto, leve um casaco!

  • Endereço: 100 Park Blvd, San Diego

Qualcomm stadium: Jogos de futebol Americano

A temporada de futebol americano da NFL vai de setembro ao comecinho de janeiro. O time local é o San Diego Chargers. O preços dos ingressos varia conforme o jogo e o momento da temporada. Veja mais detalhes no site do Qualcomm stadium.

  • Endereço: 9449 Friars Road

Onde comer em San Diego

Café 21 , e fica no Gaslamp Quarter.

Dicas San Diego
Café 21 – San Diego

Pedimos um Cast Iron Omelete – o nosso foi o de steak (estava delicioso!) que vinha acompanhado de frutas (nós não estavamos com uma fome de leão, então um foi suficiente pra nós dois).

Dicas San Diego
Omelete do Café 21

Para quem gosta de mimosas (suco de laranja misturado com champagne. Os gringos AMAM essa mistura), o restaurante oferece uma torre de mimosas que me pareceu muito legal.

Karl Strauss Brewery

SanDiego é uma cidade maravilhosa para os apreciadores de cerveja, tem uma brewery a cada esquina. Aqui a dica é o hamburger com cerveja e o brownie com sorvete para sobremesa, delícia!

A cerveja varia do gosto de cada pessoa, e o que eu costumo fazer, é pedir uma prova das cervejas que eu acho que vou gostar, para dai decidir qual vou pedir. Assim você não corre o risco de acabar pedindo algo que não goste e desperdiçando dinheiro e cerveja- por favor não desperdice cerveja.

PB Shore Pub

Comida bem gostosa e baratinha. Pedimos os nachos deles e o milho e estava tudo muito bom

Outra cervejaria bem recomendada pela mina amiga cervejeira Mila Frohlich é o pub Wonderland

Contrate um seguro viagem

Ninguém gosta de contar com imprevistos e quando o assunto é saúde não vale a pena brincar. Os custos de qualquer atendimento médico nos Estados Unidos, por mais simples que sejam, são bem caros e qualquer bobeirinha pode fácil passar dos $1000.

Depois de 6 anos morando nos EUA não recomendo que ninguém venha para cá sem um ótimo seguro viagem. Apesar não ser obrigatória para quem viaja aos EUA, o seguro viagem é seu melhor amigo no caso de eventualidades (e quando digo eventualidades, o seguro também te ajuda com bagagens extraviadas, vôos cancelados e até um voo emergencial). Outra dica essencial é contratar um seguro que ofereça uma boa cobertura e que cubra tudo no ato, acredite, você não quer ter que desembolsar uma baita grana durante a viagem para depois passar meses correndo atrás de reembolso #ninguémmerece.

Nós usamos e recomendamos os seguros da Seguros Promo, uma empresa brasileira séria que faz uma comparação esperta dos melhores seguros do mercado e te ajuda escolher o que faz mais sentido para a sua viagem.

Faça sua cotação aqui (insira o cupom de desconto IDEIASNAMALA5 para ganhar 5% de desconto!)

E aí, curtiu as dicas?

Animado para visitar San Diego?

Para planejar sua viagem:

Principais atrações de San Diego:


E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Guarde este post no Pinterest!

San Diego

Planeje sua viagem

Matérias Relacionadas

Comentários (13)

[…] a planejar sua viagem,  sugiro os posts específicos das cidade, temos um completão com dicas do que fazer em San Diego, e o tradicional roteiro completo. Tem pequenos na jogada? Veja nossas melhores dicas de San Diego […]

Vale a pena ficar na região das praias no.inverno? Em fevereiro?

Oi Paula,
Qua o seu objetivo? Curtir uma praia? Vale pela vive gostosa e despojada, não para pegar uma praia – o que não vai rolar!
Beijos

[…] O que você precisa saber sobre a fronteira entre San Diego e Tijuana, confira neste post aqui. […]

[…] Praias lindas, zoológicos espetaculares, um porta aviões aberto para visitas, passeios de barco pela orla. San Diego tem uma infinidade de passeios maravilhosos e muita coisa linda para ver! Para te ajudar a montar um roteiro com a sua cara preparei este post com os 15 principais pontos turísticos de San Diego. Veja aqui o que fazer em San Diego. […]

[…] O que fazer em San Diego: 15 atrações imperdíveis […]

Parabéns pelo post!! Completíssimo… gratidão por compartilhar suas experiências… beijo

Obrigada pelo carinho e pela visita!
Aproveite San Diego!
Beijos

O post está muito bom.
Obrigado pelas dicas
Um reparo João Rodrigues Cabrillo era Português ao serviço da coroa espanhola

Obrigada pela correção João.
Abraços!

[…] Veja aqui as principais atrações turísticas de San Diego. […]

Nossa, que post mais completo! obrigada por compartilhar.

Obrigada Marcia 🙂

Deixe o seu comentário