Como usar o transporte público em San Francisco

Guia completo para se dar bem com o transporte em SF. Aprenda a usar o BART, Muni, Ferries e muito mais.

São Francisco é uma das melhores cidades dos EUA para se locomover sem carro, mas a parte chata é que, em um primeiro momento, decifrar as diferentes redes de transporte da cidade é um tanto quanto confuso. Para te ajudar criamos um guia completo de transporte público em San Francisco explicando as terminologias pouco óbvias (Muni, BART, Clipper) e detalhando os principais meios de transporte da região.

O sistema de transporte público em São Francisco inclui:

Além disso falaremos também:

E, por fim:

Você pode comprar bilhetes individuais (para pagar direto ao condutor, leve trocado – os transportes de SF não dão troco), comprar passes ilimitados (o desconto é progressivo) ou usar o Clipper Cards e MuniMobile, dois métodos de pré-pagamento convenientes (e que te dão um descontinho).

Transporte público em San Francisco
Ponto inicial do bondinho Market x California street

Por que usar transporte público em San Francisco?

Acredite, você não quer alugar um carro em San Francisco. Ainda que alugar carro seja (relativamente) barato e tentador, o trânsito na cidade é caótico, estacionar é chato, caro e se você der bobeira ainda terá o carro guinchado (ou os vidros quebrados).

Os hotéis em SF cobram entre $30-$70 dólares por noite de estacionamento, um bom motivo para usar o transporte público, né? Falando em hotel, já escolheu onde ficar em San Francisco? Nosso guia de hospedagem vai te ajudar a tomar a melhor decisão.

Para continuar a viagem pela Califórnia 

Alugue carro somente no último dia e de preferência já na saída da cidade. Ao alugar o carro vale conferir o local de retirada – sim, dá para retirar no centro da cidade e dependendo da época do ano nem é tão mais caro que no aeroporto, isso vai te poupar um par de horas do seu dia.

Para economize na locação, compare os preços no RentCars, um comparador de locadoras que te ajuda a escolher a melhor opção para a sua viagem e de quebra ainda aceita o pagamento parcelado em reais e sem Iof. Uso muito a RentCars aqui nos EUA e minha dica é sempre optar por uma empresa conhecida para evitar carro meia boca.

Abuse do Google Maps

De volta ao transporte público em San Francisco, graças as mordomias de viajar conectado, o Google Maps será seu melhor amigo para decifrar as melhores linhas de transporte para chegar ao seu destino. Se você ainda não tem o app no seu telefone, baixe. Sempre me impressiono com a precisão com que o app marca os horários de chegada dos ônibus e te ajuda a caminhar até o ponto certo. É muito prático.

5 Dicas para andar de transporte público em Francisco

Andar de transporte público em San Francisco é bem mais fácil (e 1000 vezes) menos assustador do que parece. Com a ajuda deste post e do seu smartphone dá para navegar as linhas de transporte da cidade mesmo sem dominar bem o inglês. Para começar deixo 5 boas dicas:

Transporte público em San Francisco
Muni Metro: A rede atravessa o centro de San Francisco

1) Pague as viagens individualmente usando o app do MuniMobile ou o Clipper

Minha primeira dica para marinheiros de primeira viagem é: faça as contas. Se você está hospedado na região da Union Square e vai seguir nosso roteiro de San Francisco, arrisco dizer que o passe de transportes só vale a pena no dia do passeio de Cable Car. Para economizar nos passes, use o MuniMobile ou o Clipper Card.

2) Passes de transporte nem sempre valem a pena

Se você está hospedado no Fisherman’s Wharf ou em Nob Hill e pretende usar o Cable Car duas vezes por dia (lembre-se que tem uma fila brava na alta temporada), os passes de transporte de 1, 3 ou 7 dias fazem total sentido para você. Se você está hospedado na Union Square e tem pique para caminhar bastante, a conta provavelmente não fecha.

3) San francisco citypass é uma boa pedida para quem tem mais de 3 dias na cidade

O San Francisco CityPASS é uma boa pedida para quem tem mais de 3 dias na cidade e pretende inclui o Academy of Science e o MOMA SF no roteiro.

4) abuse da Bike ou patine share

Baixe o aplicativo da Jump (há outras empresas na cidade) e combine trechos do seu roteiro na cidade com o patinete. Você vai economizar altos passos e se divertir um bocado.

Bicicleta da Jump para o Bike Share em San Francisco
Usei a Bike da Jump para passear pelo Presidio, um dos parques mais lindos de SF. Foi perfeito

Vale falar que as bikes são elétricas e não são a melhor escolha para o passeio de bicicleta pela Golden Gate, mas o motor vai dar aquela ajudada na subida.

5) ônibus de Hop-on Hop-off só em alguns (poucos) casos

Há algumas linhas de Hop-on hop-off em San Francisco, mas confesso que só acho uma boa pedida para famílias com crianças que não aguentam caminhar tanto ou para quem tem 1 ou 2 dias na cidade e detesta caminhar. Pessoalmente acho San Francisco muito linda para passar o dia todo sentada em um ônibus, mas claro que tudo depende do seu estilo de viagens.

Principais linhas de transporte de San Francisco

Chegou a hora de decifrar os acrônimos, entender o que são e para onde as principais linhas de transporte público em San Francisco te levam. Preparado?

BART (trem/ metrô da Bay Area)

O BART, acrônimo para Bay Area Rapid Transit, é um sistema de trens que interliga San Francisco a outras cidades de East Bay e da península.

O BART e sua máquina de comprar ingressos pouco amigável é o primeiro ponto de contato de quem pousa no aeroporto de San Francisco com as linhas de transporte da cidade. A boa notícia é que embora a compra de bilhetes pareça um pouco complicada, o Bart é super fácil de usar.

Quanto custa o BART?

O preço do BART varia conforme a distância percorrida e você pode calcular o preço aqui na calculadora do BART ou nas máquinas de comprar ticket da própria estação. O pagamento pode ser feito em dinheiro (há troco para notas de 20) ou cartão.

Para você ter uma ideia de preços, a viagem entre o aeroporto de San Francisco e o centro da cidade (usei a estação Powell como referência) custa $10.15 direto na máquina ou $9.65 comprados com o Cliper. Uma viagem dentro da cidade, do Embarcadero a Mission, por exemplo, custa $2,10. O Clipper pode ser comprado nas estações de Muni (na própria máquina de bilhetes), lojas do Wallgreens e outros pontos de venda espalhados pela Bay Area. A carga pode ser feita no momento da compra.

Se você vai ficar em San Francisco por um mês todo e está hospedado entre as estações Embarcadero e Balboa Park, vale considerar o BART / Muni Adult “A” Fast Pass, um passe mensal para viagens ilimitadas no BART dentro de São Francisco e em todos os ônibus, bondes e bondes da SF Muni. Disponível somente em cartões Clipper. $ 94.

Para onde ir de BART?

Do aeroporto ao seu hotel

Se você chega em San Francisco de avião, sua primeira oportunidade de usar o BART será no aeroporto – tanto o aeroporto de Oakland quanto o de San Francisco estão conectados com a linha de Bart.

O BART está conectado com algumas das principais regiões hoteleiras de San Francisco como a Union Square (desça na estação Powell), Soma (desça na estação Powell ou Embarcadero), assim como os descolados Hayes Valley (desça no Civic Center) e Mission (desça na 16th ou 24th Street Mission).

BART Tickets
Ticket de BART comprado na maquininha | Foto: http://actsofminortreason.blogspot.com

Quem fica hospedado na região do Fisherman’s Wharf terá que fazer baldeação e pegar a linha F (desça no Embarcadero) e compre um bilhete de Muni. Também dá para pegar um Uber/ Lyft – e este trechinho final vai custar por volta de $10.

Veja aqui mais dicas de como chegar do aeroporto ao centro de San Francisco.

Dentro da cidade
Para ir do Embarcadero ao Civic Center, por exemplo, o BART é mais barato que o Muni metro, a diferença é que o ticket do metrô pode ser usado por 120 minutos enquanto o BART vale por uma única viagem.

Arredores de San Francisco
O BART conecta San Francisco a Oakland, duas cidades divertidas e dois bate e voltas bem legais de San Francisco no lado leste da baía quanto Milbrae no sul.

Muni: O sistema de ônibus, bondes de trilho (trolleys) e trens VLT

Muni, de Muni-cipal, é o sistema de ônibus, trens do tipo VLT e bondes de trilhos – não confunda com o Cable Car, o bondinho de San Francisco que circula graças a uma rede de cabos subterrâneos, ele também faz parte da família Muni mas tem preços e um modelo de operação diferente.

Fale como um local
Os San Franciscanos, em geral, chamam tudo quanto é ônibus de Muni, e os trens VLT e os bondes de superfície de Muni metro. A exceção desta regra são os bondinhos da linha F que todo mundo chama de “F”.

Linha F: Os bondes de San Francisco
Bondes da Linha F, lindos e super coloridos

Para onde o Muni te leva

A rede de Muni te leva a passear por toda a cidade, do Golden Gate Park a bairros divertidos como Castro e Mission. Do estádio de Baseball ao Pier 39.

Linha F do Muni: os bondinhos históricos de SF

Essa é a minha linha preferida do MUNI e uma das que faz mais sentido para que vem turistar em San Francisco. A Linha F conecta o Castro (o divertido bairro gay de SF) ao Fisherman’s Wharf passando pelo Pier 39.

Transporte público em San Francisco
Um dos bondinhos da Linha F coloridos na estação final: Castro

E o que a linha F tem de especial?

Bondes antigos vindos de vários cantos dos Estados Unidos e do mundo!

San Francisco comprou bondes aposentados de outras cidades, reformou e formou uma frota linda. O legal é que você nunca sabe qual a cor/ tipo do trem que vem te buscar, pode ser que seja um trem alaranjado de Milão, o prateado cibernético de Chicago ou o verde escuro que antigamente circulava o Balboa Park em San Diego.

Cada bonde vem com uma plaquinha indicando o seu ano e local de procedência – e alguns tem o lado de dentro com assentos retrô que são o máximo.

Para onde a linha F te leva?
Andar da linha F é embarcar em um museu ambulante e de quebra visitar alguns dos principais pontos turísticos da cidade como o Bairro Castro, o Fisheman’s Wharf e o Ferry Building. Ficou curioso com a história e quer saber mais? Vale visitar o Museu da linha F que é gratuito e fica coladinho no Embarcadero.

Tarifas de MUNI em São Francisco

Seu bilhete tem validade de 120 minutos e você pode baldear quantas linhas quiser neste intervalo.

  • Adultos: $3,00 (cartão Clipper / MuniMobile: $ 2,50)
  • Melhor idade 65+: $ 1,50 (cartão Clipper / MuniMobile: $ 1,25)
  • Crianças (5-18): $ 1,50 (cartão Clipper / MuniMobile: $ 1,25)
  • Crianças de 0-4 anos: grátis
Como funciona o pagamento do MUNI

O pagamento em dinheiro deve ser feito no valor exato. Nos bonde da linha F você pagará direto para o cobrador, nos trens de superfície você deverá colocar o valor exato dentro da máquina e retirar o comprovante. No MUNI metrô o pagamento é feito em máquinas pouco antes das catracas e o Muni não dá troco. O Muni também aceita o Clipper,  Muni Mobile (você terá 0,50 de desconto com eles), Muni Day Pass e o passes de transporte ou San Francisco CityPASS.

Seja qual for o seu método de pagamento, guarde o comprovante, sem ele você pode levar uma multa dos guardinhas que passam checando.

Muni metrô e BART: Quem é o metrô de SF afinal?

Os dois e ao mesmo tempo nenhum. Tanto o Muni metro quanto o BART passam por baixo da Market Street e compartilham suas estações (que tem dois níveis) entre o Embarcadero e o Civic Center. A partir dai eles tomam direções diferentes e eventualmente emergem (em pontos diferentes) e correm como bondes e trens acima do solo pelo resto de suas rotas.

Pensando em metrôs como o que temos em São Paulo, com trens robustos, o BART está mais para metrô que o Muni, que em algumas linhas usa bondes pequeninos.

Metro de San Francisco
Estação Castro do MuniMetro

O que você precisa saber:
Nas estações compartilhadas fique atento as placas (tanto as máquinas de comprar bilhete quanto as catracas são bem diferentes e depois de um par de dias você pegará o jeito) para não entrar no trem errado, especialmente se você tiver com o Clipper em mãos.

Cable Car (o famoso bondinho de SF)

O Cable Car é a forma mais autêntica de turistar San Francisco. Estes antigos bondinhos funcionam por meio de cabos subterrâneos e tem um método de condução bem especial com direito a freio manual (o motorista tem que fazer uma força danada para parar o bichinho na ladeira) e plataformas giratórias no fim das linhas.

Transporte publico San Francisco
Bondinho de San Francisco e o enorme contraste da cidade. Adoooro

Há três linhas de Cable Car em San Francisco: Powell-Hyde (a que você deve pegar para descer no topo da Lombard Street) e Powell-Mason que saem da Union Square e tem seus pontos finais na região do Fisherman’s Wharf.

A linha California St, é a mais local das linhas de Cable Car e faz um trajeto lindo rumo ao topo de Nob Hill.

Tarifas do Cable Car:

  • Adultos: $8.00

Você pode pagar em dinheiro direto com o condutor (ele dá troco para notas de 20), usar os cartões de transporte de SF, Clipper e MuniMobile.

Dica: ao comprar o ingresso no guichê você recebe este bilhete de papel lindo. Para quem gosta de guardar recordação ele é bem bacana!

Cable Car
Ingresso de Cable Car

Dica: no Cable Car Museum (1201 Mason Street; entrada grátis) você pode ver de perto como funcionam os cabos dos bondinhos e detalhes da operação. É bem legal.

Para onde o Cable Car te leva?

Da Union Square para o Fisherman’s Wharf (ou vice-versa) com uma parada linda no topo da Lombard Street pegando a linha Powell-Hyde; e para o topo de Nob Hill pegando a linha da California Ave.

PresidiGo Shuttles: Do centro de San Francisco à Golden Gate de graça

O Parque Presidio SF opera três linhas de transporte gratuitos que conectam o centro da cidade ao parque urbano mais sensacional de San Francisco, são 40 paradas diferentes com alguns dos pontos turísticos mais lindos da cidade na jogada.

Rotas do PresidiGo Shuttle

  • Downtown: do centro de San Francisco até o Main Post do Presidio (o centro da vida no parque); aqui você pode fazer baldeação para as outras duas linhas. O ponto de partida do PresidiGo fica na Drumm com a California St. bem pertinho da estação de BART e Muni metrô Embarcadero;
  • Crissy Field: use essa rota para chegar até o Golden Gate Welcome Center, o Crissy Fields (um dos locais de piquenique mais frequentados pelos San Franciscanos), e ao ponto de início da Battery to Bluffs, uma das minhas trilhas preferidas na cidade;
  • Presidio Hills: a Presidio Hills conecta o parque a Baker Beach, uma das praias mais lindas de SF e um dos melhores lugares para fotografar, a ponte.
Transporte público para a Golden Gate
O PresidiGo é a forma mais barata de chegar a Golden Gate e de quebra conhecer um dos parques mais lindos da cidade.

Horários e Frequência do PresidiGo Shuttle

A frequência dos ônibus varia conforme o dia da semana e o horário, mas em geral há ônibus das 6:00 às 20:00 durante a semana e das 9:00 às 19:00 durante o final de semana – a cada meia hora nos horários de pico e de hora em hora durante o resto do dia. Veja horário e rotas ao vivo aqui.

Linhas de Ferry de San Francisco

Passear de ferry é a forma mais linda (e barata) de aproveitar as vistas da baía de San Francisco e é um passeio que merece entrar no seu roteiro em conjunto com o passeio de bicicleta pela Golden Gate, ou para quem não curte/ aguenta pedalar, como um passeio solo.

Transporte público em San Francisco
Golden Gaste Bridge vista no Ferry para Sausalito

Há 4 diferentes serviços de ferry que conectam San Francisco às cidades vizinhas, duas dessas linhas são consideradas transporte público (e operam com o cartão clipper) e dois são serviços privados que não aceitam Clipper como forma de pagamento.

  • Golden Gate Ferry: de San Francisco para Marin – Balsas para Sausalito, Tiburon, Angel Island e Larkspur.
    Saídas do Ferry Building – Opera com o Clipper
  • SF Bay Ferry: de San Francisco para East Bay (Oakland, Richmond e Vallejo).
    Saídas do Ferry Building e do Pier 41 – Opera com o Clipper
  • Blue & Gold Fleet: uma empresa privada que oferecem rotas para Sausalito, Tiburon (aqui o Clipper Card não é válido mas o barco opera como se fosse balsa) além de passeios de barco pela baía de San Francisco (esses fazem parte do San Francisco CityPASS).
  • Alcatraz Cruises é a única empresa autorizada a ancorar em Alcatraz – um passeio que adoro, recomendo e que precisa ser comprado com antecedência (na alta temporada os ingressos se esgotam algumas semanas antes). As balsas para Alcatraz partem do Pier 33.

Desconto ao pagar a balsa com o Clipper

Dica: a sacada de optar por uma das operadoras de ferry pública é contar com um bom desconto no valor da balsa ao pagar com o Clipper. A viagem entre San Francisco e Sausalito, por exemplo, custa $13 por pessoa ou $7 pagos com o Clipper. Você precisará de um cartão por pessoa.

Passes de transporte e outras alternativas em San Francisco

Chegou a hora de falarmos sobre os diferentes passes de transporte de San Francisco e formas de pagamento inteligentes como o cartão Clipper e o MuniMobile. Vamos falar de cada um deles?

Clipper Card:

O Clipper Card, ou cartão Clipper, é um cartão de transporte que funciona em todas as redes públicos de San Francisco e dá um pequeno desconto nas viagens de Muni, BART e Ferry.

Quanto custa e onde comprar o Clipper?

O Clipper custa $3 e pode ser comprado nas máquinas de venda das estações Muni, lojas do Walgreens e outros endereços espalhados pela baía (veja a lista completa aqui).

O crédito do Clipper nunca expira e se você registrar seu cartão online pode bloqueá-lo em casa de perda ou roubo. O Clipper pode ser carregado online (a carga leva algumas horas para aparecer), ou nas estações de Muni, BART e etc…

Você precisará de 1 cartão diferente para cada membro da família e crianças de 5-13 podem comprar um cartão especial com tarifa reduzida.

O que Clipper tem de legal:

  • Praticidade: eu geralmente carrego meu cartão com 20 dinheiros e vou usando até acabar;
  • Aceito em todas as redes de transporte da cidade;
  • Desconto nas viagens de Muni, ferries e passes de transporte;
  • Cartões com tarifas reduzidas para crianças de 5-13 anos e seniors;

Como carregar o Clipper:

Eu geralmente carrego meu Cliper na maquininha do BART. Basta tocar o cartão, inserir o valor (seja em dinheiro ou cartão de crédito) e em seguida tocar o cartão novamente para confirmar a carga. Guarde o recibo até ter certeza que funcionou (nunca tive problema!). O Clipper também pode ser carregado online, pelo telefone +1 (877) 878-8883 ou por meio de máquinas de bilhetes ou em vários locais da Bay Area (consulte a lista e o mapa dos locais do Clipper Card).

MuniMobile

MuniMobile é o aplicativo de transporte de San Francisco. A dica é baixá-lo com antecedência (há versões Ios e Android), incluir seu cartão de crédito e usá-lo para pagar trens e metrôs.

Com o Muni Mobile você poderá comprar bilhetes para viagens individuais ou passes de transporte de 1, 3 ou 5 dias.

Muni Day Pass: Passe barato que não inclui o Cable Car

Com o MuniMobile você consegue comprar o Day Pass, um cartão que te dá acesso ao Muni Metrô, bondes elétricos e trens VLT por $5. O Cable Car não está incluso na jogada, mas duas viagens já pagam o dia todo!

O que o MuniMobile tem de legal:

  • Você economiza $ 0,50 em cada viagem de ônibus ou bonde;
  • Você não precisa ficar contando moedinhas e nem carregando dinheiro trocado porque o raio do bonde não dá troco;
  • Não precisa adicionar dinheiro com antecedência (ele usa seu cartão de crédito);
  • Permite comprar bilhetes para a família inteira em um telefone.

Atenção: o MuniMobile não é aceito no BART e nem nas linhas de ferry.

Muni Passaport

O Muni Passaport é um passe de transporte que funciona por 1, 3 ou 7 dias e dá direito a viagens ilimitadas em toda a linha muni, ou seja, Muni metro, ônibus, bondinhos e cable cars. O BART não está incluso no pacote, mas se você tiver hospedado dentro de San Francisco só vai precisar dele no trajeto de ida e volta do aeroporto. Seu Muni Passaport vence às 23:59 da data de validação.

Preços do Muni Passaport

  • 1 dia: $ 13
  • 3 dias: $ 31
  • 7 dias: $ 41

Os preços acima são para o Clipper ou MuniMobile, o passe de papel custa $ 24 por 1 dia, $ 36 por 3 dias e $ 47 por 7 dias.

Onde comprar o Muni Passaport?

Online usando uma conta Clipper Card (leva cerca de 8 horas para carregar) ou no aplicativo MuniMobile (carregamento instantâneo). Pessoalmente nos centros de visitantes da San Francisco Travel (900 Market St – na estação Powell ou no Pier 39), guichê de informações do aeroporto, guichê de vendas do Cable Car (Powell St com Market St; Hyde St com Beach St e Bay St com Taylor St) e nas lojas de Wallgreens. Veja todos os pontos de venda neste mapa.

Dica: se você já possui um Clipper Card, você pode fazer a carga online ou em uma bilheteria.

Transporte + Atrações com desconto no San Francisco CityPASS

San Francisco CityPASS é um bilhete esperto que combina um passe de transporte de 3 dias + algumas das melhores atrações pagas de San Francisco.

O SF City Pass inclui três dias de transporte público ilimitado na cidade
Caderninho do San Francisco CityPASS: o inclui três dias de transporte público ilimitado na cidade

O San Francisco CityPASS inclui:

  • Passe de 3 dias de transportes (válido em toda a rede Muni + Cable Cars);
  • Entrada para Academy of Science;
  • Passeio de barco pela baía de SF;
  • Exploratorium ou MOMA (já aviso, será difícil escolher!);
  • Aquário de San Francisco (única atração mais ou menos desta lista, mas meus filhos amam).

Quanto custa?

  • Adultos: $94
  • Crianças (5-11): $74

Para quem o San Francisco CityPASS vale a pena?

Para quem tem pelo menos 3 dias em San Francisco e vai incluir o Academy of Science e o MOMA na jogada. Comprando estes dois passeios + o passe de Transporte público em San Francisco, a conta já fecha e você ainda leva o cruzeiro pela baía de San Francisco e o aquário no pacote.

Onde comprar o San Francisco CityPASS?

Online no site oficial, ou nos guichês das atrações inclusas (MOMA SF, Exploratorium, Aquarium of the Bay e Academy of Science).

Ônibus Hop-on Hop-off

O ônibus de Hop-on Hop-off em San Francisco não é transporte público, mas muita gente opta por ele para desbravar a cidade. Eu acho o ônibus uma opção interessantes para famílias com crianças que não aguentam caminhar tanto ou para quem gosta de dar um giro no primeiro dia para conhecer a cidade a fundo.

Hop-on Hop Off na Golden Gate Bridge
Hop-on Hop Off na travessia da Golden Gate Bridge | Foto: Marta Leal

Há três rotas de ônibus Hop-on Hop-off em San Francisco:

  • Centro da cidade: percorre o centro passando pelas principais atrações turísticas,;
  • Goden Gate: rota para quem quer atravessar a ponte;
  • Praias e parques: uma rota que explora o Golden Gate Park e a Ocean Beach, a minha rota preferida.

Vale a pena andar de transporte público em San Francisco?

Sem dúvida! San Francisco tem várias linhas de transporte que conectam a cidade ao aeroporto e que te levam para os principais pontos turísticos. Transporte público é definitivamente a melhor forma de desbravar a cidade.

Seguro saúde para San Francisco

Apesar de não ser obrigatório, o seguro saúde é super importante em qualquer viagem. Até porque, um bom seguro viagem custa menos de R$10 por dia, enquanto uma consulta médica nos Estados Unidos, por mais bobinha que seja, sai por cerca de U$300. Fez as contas? Além disso, o seguro te protege também de voos cancelados, conexões perdidas, bagagem extraviada e outros imprevistos.

Por aqui, indicamos sempre a Seguros Promo, um comparador que te ajuda a selecionar as melhores opções do mercado e encontrar o melhor custo x benefício para a sua viagem. Quer um desconto?! Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Veja também: Como escolher o melhor seguro viagem para a Califórnia?

E aí, curtiu nossas dicas de como usar transporte público em San Francisco?

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário

Veja também:

Planeje sua viagem

Comentários (6)

[…] não precisa alugar carro em San Francisco, a cidade tem uma das melhores redes de transporte público dos Estados Unidos, e é bem tranquila de usar. Neste roteiro indiquei o tipo de transporte que […]

Oi! Estou em San Francisco mas na real estou hospedado em Mill Valley, na casa de amiga. Tenho o clipper card pra poder sair daqui e ir pra cidade, mas estava pensando em comprar o day pass do MuniMobile pra não ficar gastando o $ do clipper, e poder passar o dia baldeando em ônibus. Guardaria o $ do clipper card pro busão da volta e eventualmente um ferry pra passear. Acha válida essa estratégia ou é mais simples só ir jogando $ no clipper card e usando uma.coisa só?! Obrigada pelo seu trabalho, seu site me ajudou imensamente! Beijos

Vc precisa fazer as contas e ver se vale a pena. Se pegar mais que dois ônibus a conta do Day Pass se paga.
Abraços

[…] transporte público em San Francisco é um dos melhores de todos os Estados Unidos e será seu melhor amigo durante sua estadia na […]

[…] transporte público em San Francisco está entre os melhores dos EUA, é  fácil de usar e você ainda pode optar por passes de […]

Deixe o seu comentário