Como economizar em San Francisco: 6 Dicas infalíveis

Dicas para curtir o melhor de San Francisco gastando pouco.

Que San Francisco é uma cidade cara todo mundo já sabe. O que pouca gente sabe são as melhores formas de economizar na viagem sem deixar de lado o que a cidade tem de melhor. Neste post reuni 6 dicas infalíveis e super econômicas para te ajudar a explorar o melhor da cidade.

Como economizar em San Francisco

Falaremos de tudo um pouco: hospedagens econômicas (incluindo as aforas de San Francisco), e pode deixar que vou te ajudar a escolher as regiões que mais fazem sentido, melhores passeios grátis (tem tanta coisa legal por aqui), como economizar no transporte e muito mais. Pronto para descobrir o melhor da cidade gastando pouco?

    1. Reserve seu hotel com antecedência | Dicas econômicas
    2. Dispense o aluguel do carro
    3. Abuse das atividades grátis
    4. Dias de museu grátis
    5. Coma bem sem gastar muito: dicas de restaurantes, piquenique e food trucks
    6. Faça um seguro viagem com desconto
Como economizar em San Francisco
Civic Center de San Francisco | Foto: Clarice DeOH

Reserve seu hotel com antecedência (e fique de olho nas promoções)

Quem viaja bastante sabe que reservar hotel com antecedência faz toda a diferença na hora de conseguir um preço legal, faço questão de repetir e completo: San Francisco é uma cidade turística a e ocupação média dos hotéis gira em torno de 82%. Durante grandes convenções, férias escolares e feriados americanos a cidade fica bem cheia, a ocupação dos hotéis explode e mesmo lugares meia boca custam uma pequena fortuna. Assim, a minha primeira dica para economizar na cidade é reservar o hotel o mais cedo possível.

Eu geralmente faço uma reserva cancelável pelo booking.com assim que começo a pensar na viagem. Se algo der errado ou os planos mudarem, eu cancelo o hotel. Com 3 ou 4 meses de antecedência você tem mais chances de conseguir uma boa promoção do que em cima da hora. Vale ficar de olho!

Como economizar em San Francisco
Uma das minhas vistas preferidas de San Francisco no topo da Lombard Street

Escolha bem

Aqui abro um parêntesis para falar que hotel em San Francisco custa caro, mais caro do que Manhattan ou Chicago. Antecedência é fundamental para aproveitar promoções – e elas existem – mas seja criterioso e desconfie de qualquer “oferta maluca”. Ficar mal hospedado na cidade significa ter gente drogada e/ou baderneiros na porta do seu hotel 24 horas por dia. Não, San Francisco não é uma cidade perigosa, muito pelo contrário, mas o contraste entre os sem teto e o resto da cidade é gritante, é brutal e é triste para caramba.

Para te ajudar e escolher sua hospedagem na cidade criei o post onde ficar em San Francisco, um guia detalhado dos melhores hotéis da cidade separados por faixa de preço. Também criei um post com 8 hotéis baratos em San Francisco,  + melhores hostels de SF. Um resumo dos melhores hospedagens com custo x benefício legal.

Aposte nas redondezas (mas escolha bem!)

Você leu nossos 2 posts e continua achando as alternativas caras? Chegou a hora de apelar para a vizinhança e aqui a dica esperta de quem mora na região há 8 anos é: aposte nas cidades conectadas pelo BART: Emeryville,  Berkeley e Oakland (escolha com cuidado e dê preferência a Downtown ou Jack London Square) são minhas pedidas preferidas.

Emeryville

Emeryville é minha primeira escolha, a cidade fica na boca da Bay Bridge, tem uma rede hoteleira bem ampla, vários hotéis que oferecem café da manhã grátis (uma raridade na região) e um sistema de shuttles gratuitos que conecta os hotéis ao Bart. Emeryville ainda tem uma rua super descolada (a Bay Street) e vários cantinhos legais para comer. Você vai amar se hospedar lá!

Como economizar em San Francisco
Emeryville: Coladinha em San Francisco

Onde ficar em Emeryville:

  • Hyatt House: este hotel excelente geralmente custa o mesmo preço de um hotel meia boca em SF, já fiquei lá e adoro! O café da manhã é ótimo e eu amo a localização;
  • Hilton Garden Inn: custo x benefício top e vistas lindas da baía;
  • Four Points by Sharaton: outro hotel ótimo e com um custo x benefício legal;
  • Courtyard by Marriott: quartos com um tamanho legal e vistas lindas da baía.

Berkeley

Berkeley é minha paixão, morei na cidade dois anos e adoro a vibe universitária, o jeitão progressista da cidade e as opções gastronômicas maravilhosas. Os hotéis de Berkeley – com poucas exceções – são o típico hotel de beira de estrada americano (só que no meio na cidade); acomodações simples porém bem limpas e em muitos casos um café da manhã básico incluído na jogada.

Berkeley, California
Campanário da Universidade de Berkeley

Onde ficar em Berkeley:

Oakland

Oakland tem despontado como uma das cidades mais cool do momento, uma cidade viva dinâmica e repleta de cultura. Oakland, assim como San Francisco também tem regiões feias e que devem ser evitadas, mas a região de Downtown e Jack London Square (acesso via ferry para San Francisco ou Bart) são duas ótimas pedidas e tem opções de hospedagem bem econômicas. Desta lista toda Oakland é quem tem as opções mais baratas!

Onde ficar em Oakland:

Dispense o aluguel do carro

Se algum blog te recomendar aluguel de carro em San Francisco desconfie: ou o cara não manja nada da cidade, ou ele está querendo ganhar dinheiro a qualquer custa sem pensar no que é melhor pra você. Sim todos nós recebemos comissões quando você reserva algo pelo nosso site – e isso está devidamente explicado na política do blog; a diferença é que um bom site de viagens jamais te recomendaria alugar carro em San Francisco – salvo em raríssimas ocasiões – porque realmente não vale a pena.

Alugar carro em San Francisco não vale a pena porque o preço dos estacionamentos do hotel é caríssimo (e não está incluso na diária), o trânsito é bem chato e cheio de regrinhas (basta estacionar no lugar errado para levar uma bela multa ou ser guinchado) e porque a rede de transporte público + um ocasional Uber/Lyft (as corridas dentro da cidade em geral custam $15-20) dão conta do recado com maestria. Para fechar este tópico deixo minhas melhores dicas de como se virar em San Francisco sem carro.

Alugue o carro na saída

Alugue o carro somente para fazer bate e volta as cidades da região ou seguir viagem pela Califórnia. Em todas as outras cidades o carro é bem vindo – para não dizer necessário!

Transporte público: Faça as contas

Agora vamos as dicas de economia no transporte público. Uma corrida de ônibus (que em SF é chamado do Muni) custa $2,50 se pagos com o cartão Clipper ($3 a venda na Wallgreens) ou com o Muni Mobile – se você pagar em dinheiro custa $3. O bondinho (Cable Car) custa $8 e o passe de um dia inteiro de transporte (não inclui o Bart, mas inclui o muni metrô) custa $13 por 1 dia ou $31 por três.

Cable Car
Bondinho subindo a California St.

Minha dica: veja nosso roteiro de San Francisco e faça um calculo básico do que você vai usar de transporte para saber se vale a pena investir em um passe de dia todo. Em geral vale a pena para quem se hospeda na região do Fisherman’s Wharf ou Nob Hill e depende do Cable Car (que é caro) para ir e voltar do hotel, com duas corridas o ticket de dia inteiro já se paga. Para todas as outras pessoas, vale a pena comprar o bilhete avulso (e online).

Vai pegar o ferry de Sausalito?

Então compre o cartão Clipper  – a venda nas lojas Wallgreens, já faça a carga no momento da compra (você vai precisar de um por pessoa para este trajeto) para pagar $8,00 no trajeto de Ferry entre San Francisco e Sausalito. O ticket sem o Clipper custa $12.50 por pessoa. A economia aqui é mínima, mas com o Clipper em mãos você economiza 0,50 por viagem de ônibus. Tá valendo, não?!

Como economizar em San Francisco
San Francisco vista de Sausalito

Arrase no Bike Share

Pedalar (ou andar de patinete) é uma forma divertida e relativamente barata de circular pela cidade. Eu uso o app da JUMP que dá acesso tanto a patinete quanto a bicicleta, mas há outras marcas disponíveis pela cidade.

Quanto custa?

  • Bicicleta elétrica: $3 para destravar (o que inclui 20 minutos de pedalada), depois disso $0.15 por minuto;
  • Patinete elétrico: grátis para destravar e $0.33 por minuto.

Abuse das atividades grátis

Já falamos de hospedagem e transporte, dois itens caros no planejamento da viagem. Vamos falar de passeios? Quando o assunto é o que fazer em San Francisco a cidade é ultra democrática, alguns dos seus principais pontos turísticos (Golden Gate, Lombard Street, Alamo Square, Palace of Fine Arts) são grátis e fazendo boas escolhas, você precisará gastar bem pouco para curtir o melhor da cidade.

Como economizar em San Francisco
Golden Gate Bridge um dos principais cartões postais de San Francisco

Para te ajudar criei uma lista com 12 passeios grátis em San Francisco que vão além do comum e que deixarão seu roteiro ultra especial, estou falando de dicas boas como um passeio pelo Parque Presidio, conhecer o Fort Point, ver murais de Diego Rivera e muito mais.

San Francisco Art Institute
Alegoria de construção da cidade de Diego Rivera no San Francisco Art Institute

Outra dica que eu adoro é o Fun and Cheap SF, um site com as melhores dicas gratuitas ou bem baratas na região. Para quem está vindo morar na cidade ou passar uma temporada mais longa, também recomendo o Weekend Sherpa – um site de atividades, caminhadas e achados pela região da baía de San Francisco. AMO!

O fato é: tem muita coisa legal para fazer em San Francisco sem gastar um tostão!

Dias de museu grátis

Quem viaja com um budget mais apertado tem que fazer escolhas sábias e isso significa ficar de olho nos dias de museus/ atrações grátis. Quase todos os museus da cidade oferecem pelo menos um dia grátis por ano, o community day (uma data diferente para cada museu) e se este dia casar com sua viagem – e você estiver disposto a visitar um museu bem cheio – por que não aproveitar?

Além do community day, há museus/jardins que oferecem entrada grátis toda semana ou todo mês. Veja a lista completa de museus grátis em San Francisco (e Bay Area).

Como economizar em San Francisco
Jardim Japonês do Golden Gate Park: grátis duas vezes por semana de manhã cedinho

Grátis toda semana

Grátis uma vez por mês

Além disso vale acessar o site do museu que você quer visitar para checar o “Community Free Day”, cada museu tem uma data diferente, alguns uma vez por mês, outros uma vez por ano. Vai que casa com a sua visita?

Coma bem sem gastar muito: dicas de restaurantes, piquenique e food trucks

San Francisco – desde seu início – é uma cidade de imigrantes: chineses, latinos, japoneses, indianos… tem gente de todos os cantos do mundo por aqui, e sabe o que isso significa? Comida boa e autêntica de todos os cantos do mundo. Um bom motivo para você dispensar a tradicional lista de fast-foods americanos e mergulhar na culinária da cidade.

Como economizar em San Francisco
Trio de bolinhas de arroz do Onigilly: salmão, unagui e carne

Comer comida boa não significa pagar caro, muito pelo contrário. Algumas boas dicas de restaurantes com custo x benefício legal em SF são:

  • Onigilly: as tradicionais bolinhas de arroz japonesas – Onigiri – ganharam versões californianas deliciosas. Há 2 unidades do onigilly em SF e você vai gostar!;
  • Sushirito: uma mistura sensacional de sushi e burrito. Eu adoro!;
  • El Porteño:empanadas Argentinas perfeitinhas. Peça duas e saia sorrindo!;
  • San Francisco Soup Company: uma rede local que serve sopas e saladas, bem rápido, prático e gostoso;
  • Cod Mother Food Truck| Fish & Chips: dica deliciosa e barata para comer pertinho do Píer 39;
  • Curry Up Now: tudo começou com um foodtruck, hoje vários restaurantes espalhados por toda a Bay Area. O Curry Up now é gostoso e democrático;
  • Boudin Bakery: a famosa padaria de San Francisco tem várias filiais na cidade e serve sopas e sanduíches ótimos;
  • Crossroads Café: um café descolado com um projeto social fora de série. A comida é gostosa e o custo x benefício especial.

Veja aqui todas as nossas dicas para comer barato em San Francisco.

Piquenique & FOOD truck

Já que o assunto é comida, vou dar mais duas dicas que adoro: piqueniques e foodtruck. San Francisco tem parques deliciosos como o Dolores Park, Alamo Square, Golden Gate Park, Presidio SF…  E o legal é que todos estes parques tem mercadinhos deliciosos que vendem comidinhas ótimas.

Piquenique:

Você pode pegar um sanduba, caprichar na seleção de queijos e mandar ver em um queijos e vinhos (só lembre que o copo tem que ser colorido e a garrafa não pode ficar exposta). Você vai comer mega bem e gastar 1/3 do preço de um restaurante. Aí vão algumas dicas certeiras para arrasar no piquenique em San Francisco.

Como economizar em San Francisco
Todos os finais de semana de sol o Dolores Park fica lotado de famílias e grupos de amigos fazendo piquenique. A vibe é uma delícia

Food Truck: aproveite o Off the Grid

O movimento de food trucks é super presente em San Francisco e há vários “parques de food truck móveis” e piqueniques organizados pela cidade. Alguns locais certeiros são a UN Plaza e o Sales Force Park onde todos os dias da semana das 11:00 às 14:00 acontece festival de food trucks. Veja mais opções de foodtruck em San Francisco no site do Off the Grid.

Quer algo mais divertido e super local? Não perca o piquenique no Presidio que acontece todos os domingos de maio a outubro. É muito gostoso!

Faça um seguro viagem com desconto

Toda viagem econômica para San Francisco que se preze começa com um bom seguro viagem. Você sabia que um seguro viagem ótimo custa menos de R$10 por dia de viagem?

O seguro viagem te protege contra voos cancelados, conexões perdidas, bagagem extraviada e, claro, qualquer chatice médica ou odontológica que possa pintar durante a viagem. Você sabia que uma simples consulta médica na Califórnia custa cerca de $300? Multiplique por 4 e pense no prejuízo!

Viajar para os Estados Unidos sem seguro viagem é uma loucura. Não há sistema de saúde pública por aqui e uma simples consulta pode custar $300, uma internação então?! Não gosto nem de pensar.

Veja também: Como escolher o melhor seguro viagem para a Califórnia?

Escolha um seguro ótimo e econômico!

Minha dica na hora de escolher o Seguro Viagem é a Seguros Promo, um comparador que te ajuda a selecionar as melhores opções do mercado e encontrar o melhor custo x benefício para a sua viagem.

Quer um desconto?!
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Afinal, como economizar no Turismo em San Francisco?

Agora você já conhece nossas 6 melhores estratégias para fazer uma viagem econômica: reservar hotel com antecedência (e sempre com muito cuidado para não se meter em furadas), não alugar carro de jeito nenhum,  aproveitar as atividades grátis e dias de museu na faixa, aproveitar os cantinhos econômicos da cidade – e os festivais de food truck – para comer bem e barato e fazer um seguro viagem (dos bons) com desconto.

Curtiu nossas dicas de como economizar em San Francisco?

Ficou alguma dúvida? Deixe aqui seu comentário!

Veja também:

Destinos que combinam com San Francisco

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário