Black Tap: Burgers deliciosos e Crazy Shakes em Las Vegas

Famosa pelos cheese burgers caprichados e pelos milk shakes malucos – os Crazy Shakes – o Black Tap é uma lanchonete super descolada com filiais em Las Vegas, Anaheim (no Disney Springs) e em Nova Iorque. Uma pedida deliciosa para quem quer comer algo diferente, gostoso e que ainda por cima rende fotos ultra divertidas (é instagramável que fala?). Neste post, descreverei os detalhe da nossa experiência no Black Tap de Las Vegas

Tudo começou com uma lanchonete de 15 lugares no SoHo (Nova Iorque). A ideia era servir burgers gourmet, porém sem grandes frescuras, acompanhados de bons milkshakes e uma bela seleção de cervejas artesanais. Não demorou muitos para os sanduíches chamarem a atenção dos críticos locais e conquistarem milhares de fãs no Yelp, mas foram os Crazy Shakes os grandes responsáveis pelo zum-zum-zum que espalhou pelo Instagram e despertou a curiosidade geral aqui nos Estados Unidos. Imensos, coloridos e deliciosos: o tipo da maluquice que te dá uma vontade instantânea de provar (e fotografar, claro).

Black Tap
Crazy Shake | Foto: Divulgação

E foi o tal do Crazy Shake (culpa da foto da Catarina @ProfessionalTraveler) que me fez incluir o Black Tap (Site oficial) na minha lista de restaurantes da última viagem a Las Vegas. E quer saber? Valeu super a pena!

Black Tap
Crazy Shake: o responsável pela minha visita

Nossa experiência no Black Tap

Para minha sorte o Black Tap fica no The Venetian (onde fiquei hospedada), a grande dificuldade seria domar duas crianças pequenas (se eu que já sou adulta fiquei enlouquecida com o shake, imagina os pequenos?) que não estão acostumadas a comer grandes quantidade de açúcar, mas como trato alimentação em viagem como exceção – cuido bem da alimentação dos meninos em casa para poder comer uns absurdos nas férias – achei que minha vontade de provar o shake maluco valia o perrengue. Falando em perrengue, como nos dividimos a noite, fui ao Black Tap sozinha com as crianças. Na primeira noite eu saí sozinha para passear enquanto o Gu ficou com as crianças e na segunda noite ele foi assistir o show Love do Cirque du S’oleil (se você gosta de Beatles vá, é sensacional) e eu fui comer hambúrguer e tomar shake maluco com os meninos.

Uns 30 minutos de espera

Noite de sábado, não dá nem para reclamar de espera de meia hora, dá? Resolvi enfrentar – tudo pelo milk shake – e driblei meus dois mini dragões (que obviamente não queriam ficar na fila) deixando o Caio presinho no carrinho e o Tom brincando com um carrinho de fricção (que volta e meia ia parar no meio do Cassino – ops!). Não há uma área gostosa para esperar e sim uma cordinha – estilo fila de brinquedo de parque de diversões – onde as pessoas ficam esperando.

Meia horinha depois, fomos convidados a entrar e senta. O restaurante é super colorido, com direito a chão listado de preto e branco e paredes decoradas com neons fosforescentes em uma pegada meio Disco com elementos modernos e grafites por todos os lados. É bem legal.

Black Tap
Ambiente do Black Tap

A casa tem dois bares, um tradicional dedicado às cervejas – afinal de contas um lugar chamado Black Tap tinha que ter um bar caprichado – e outro, milkshake bar, dedicado ao preparo dos shakes coloridos, todinho decorado com confeitos coloridos, marshmallows gorduchos e docinhos variados cuidadosamente dispostos em vidros altos. A casa também conta com um terraço externo com vistas para o Canal do The Venetian que é uma delícia – e certamente onde eu teria sentado se estivesse sem as crianças. Achei o clima bem gostoso e até um pouco romântico, um ambiente bem legal para curtir com os amigos, ou em casal. Eu obviamente era a única com crianças no recinto, mas todo mundo foi super fofo e no tratou super bem.

Black Tap
Bar do Black Tap
Black Tap
Bar de Milk shakes

O que pedir no Black Tap?

Fui pelos milk shakes e me apaixonei pelos sanduíches. Pedi 1 sanduba para nós três (e foi ótimo porque é gigante) e resolvi encarar até as batatas fritas que geralmente troco por salada. E estavam deliciosas!

Pedi um pizza burger (que é servido aberto) com molho de tomate denso e perfumado) a parte, pedacinhos de muçarela frita crocante, alface, tomate e picles. O Tom que é louco por pão tratou de roubar uma das metades para ele e comeu pão com molho de tomate (só faltou ele beber do vidrinho). Já o Caio focou na carne do hambúrguer e comeu um belo de um pedacinho antes de arrematar com pão. E eu fui provando um pouquinho de cada coisa, curtindo cada mordida e me agradecendo por ter esperado. Valeu mega a pena!

Black Tap
Pizza burger

[E porque raios escolhi um pizza Burger? O menu é maravilhoso e há muitas opções gostosas e mais incrementadas, mas achei que a combinação com molho de tomate seria uma boa para as crianças, e foi!]

Provando o Crazy Shake

Com duas crianças na jogada a única maneira de fazê-los comer era deixar o Milk Shake para o final. E que acerto! Fiquei mega na dúvida do que pedir e acabei optando pelo Cookies’n Cream (adooooooro) que vem servido com um Sorvete de Oreo Gigante no topo, muito chantily, pedacinhos de Oreo e cobertura de chocolate. É bom viu?

Black Tap
Cara do Tom ao receber o Milk Shake

O Tom quando viu o Milkshake chegando ficou enlouquecido, tive um mini trabalho de explicar que era para dividir entre os três (óbvio que ele queria só para ele e mais óbvio ainda que ele não aguentaria nem metade), e o Caio – que nessa época comia bem pouco doce – começou a gritar antes mesmo de provar a maluquice. Saldo da noite: um milkshake não treinado (nós três juntos não conseguimos matar o bichão), duas crianças super animadas (sugar high total) e uma mãe cansada, porém feliz da vida.

Black Tap
Provando o Crazy Shake

Minha ressalva: Não é a melhor opção para crianças (e eu sabia disso antes de entrar)

O serviço é meio lento e claramente não tem muita noção de crianças. Não há um menu infantil e nem bom senso para adaptar os pratos existentes: pedi uma porção de brócolis de entrada sem o molho apimentado descrito no menu e o brócolis veio temperado com limão e gengibre. Ou seja, pergunta se alguma criança comeu brócolis? Numa próxima vou deixar bem claro que quero brócolis cozido, com nada além de sal. E vai ter próxima, porque AMEI o sanduíche e quero muito levar o Gustavo.

Black Tap
Nosso brócolis super temperado

Com a abertura do Black Tap em Anaheim (tem Crazy Shake com orelha de Mickey que é uma lindeza) que tem um público muito mais família, imagino que a casa tenha se reinventado – pelo menos na Califórnia – e ofereça opções mais neutras para as crianças. Vamos torcer porque o restaurante é muito legal.

E valeu a pena visitar o Black Tap?

Muito. Amei o sanduíche, adorei tomar um shake maluco e achei que a experiência valeu super a pena. Recomendo muito.

Onde encontrar o Black Tap?

  • Nova York: 529 Broome Street e mais 2 endereços
  • Anaheim: Downton Disney | 1540 S. Disneyland Drive
  • Las Vegas: The Venetian | 3355 S Las Vegas Boulevard

E não esqueça o Seguro viagem!

Já contratou seu Seguro viagem para os Estados Unidos?  O seguro te protege contra voos cancelados, bagagens extraviadas e qualquer eventualidade médicas. Uma segurança adicional para a sua viagem pelos Estados Unidos.

Você sabia que consulta médica – especialmente em lugares caros como Califórnia ou Las Vegas – custa cerca de $300? Por outro lado, um ótimo seguro de viagens custa menos de R$10 por dia de viagem. Não tem nem o que pensar!

Para selecionar o melhor seguro viagem para os Estados Unidos, nós usamos e recomendamos a Seguros Promo, um comparador de seguros que busca os melhores custos x benefícios do mercado e te ajuda a escolher o seguro certo para a sua viagem. É fácil de usar, 100% em português e muito confiável.

Quer um desconto?!

Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem! Faça sua cotação já!

E aí, curtiu a dica?

Alguém aí já conhece o Black Tap e quer contar para nós o que achou?

Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Las Vegas

Faça seu seguro de viagens 

Alugue seu carro 


Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

 

Planeje sua viagem

Comentários (2)

Antonio Cesar Amora Aliandro

Oi Mari
Muito prazer mesmo!!!. Outro dia, navegando pela Internet e procurando algumas referências sobre San Francisco, encontrei seu maravilhoso, completo e incomparável blog “Ideias na Mala”. Aliás, de “na mala” não tem nada porque está tudo visível e disponível para nós. Tenho 80 anos e minha maior alegre e rica aventura foi viajar e viajei muito pelo mudo afora. Infelizmente um certo dia tive de me conformar e parar de perambular pelo mundo porque a tal da “melhor idade” passou a me impedir de peregrinar por este mundo maravilhoso que os deuses plantaram no nosso sistema solar. Mas agora eu passei a viajar novamente e tenho me maravilhado com as suas aventuras pelo mundo.
Já viajei bastante pelo seu blog e cheguei à conclusão de que você, como eu, ama San Francisco, porque andou e nos brinda por tudo quanto foi canto por lá e descobriu lugares até então inexplorados pelos turistas. Se tivesse de sair do Brasil seria para viver em San Francisco e nenhum outro lugar do mundo seria melhor para se morar…
Parabéns pelo seu precioso trabalho, pelas minúcias e filigranas de cada um dos assuntos abordados, inclusive quanto às mil e uma luas de mel de casais que entram no blog para relatar também suas aventuras.
Posso fazer uma crítica construtiva? As aventuras estão embaralhadas quanto às datas, numa sequência nada regular o que nos deixa meio confusos em relação ao tempo e ao espaço. A gente percorre o blog e encontra datas desencontradas e sem qualquer sequência lógica, sem saber quando e em que momento as coisas aconteceram.
Sigo um outro blog, o “Da Cachaça pro Vinho”, mais voltado para a Itália, que também não tem muita sequência cronológica nas postagens, mas pelo menos há uma data precisa de quando ocorreu o momento da viagem e data da postagem. Parece que isso não é importante, mas para nós, leitores é bastante esclarecedor. Fica bem mais preciso saber como e quando as coisas aconteceram.
De resto tudo é muito bem elaborado, as fotos são impressionantes e só dão a nós um desejo: de estar lá, vivenciando as aventuras com vocês…
Não deixe nunca de nos brindar com seu trabalho magnífico e aceite meu abraço carinhoso, afetuoso e feliz por poder reviver muitas das minhas aventuras.
Antônio César

Oi Antonio,
Suuuuuper obrigada pelo comentário carinhoso.
Vou mudar o template do site em breve e a questão da data ficará mais clara.
Super Obrigada pela sugestão,
Abraços e quando crescer quero ser como vc: continuar viajando!

Deixe o seu comentário