O que fazer no Rio de Janeiro – 30 principais pontos turísticos

Descubra o que fazer no Rio de Janeiro e planeje suas viagem com esta lista redondinha. São 30 dicas do Rio de Janeiro, que vão de passeios essenciais, praias tradicionais a atrações menos turísticas. Não importa se essa é a sua primeira vez ou a décima na Cidade Maravilhosa, aqui você vai encontrar o que fazer no Rio de Janeiro.

E, de antemão, já aviso que a lista não está na ordem de importância ou preferência, fiz um mix para deixá-la bem diversificada. Descubra tudo sobre o Rio de Janeiro aqui, o que fazer no Rio de Janeiro com a família e, no final, você ainda vai encontrar dicas de onde ficar no Rio de Janeiro. Vamos nessa?

Cristo Redentor - o que fazer no Rio de Janeiro
Cristo Redentor: um dos principais cartões postais do Rio de Janeiro

 

O que fazer no Rio de Janeiro: lista rápida

Para facilitar a sua navegação, criamos um menu clicável com todas as atrações deste post. Se preferir, basta clicar nos itens abaixo para ir direto ao ponto.

O que fazer no Rio de Janeiro no mapa

Todas as dicas de passeios no Rio de Janeiro no mapa:

1. Passeio pelo Corcovado

Em primeiro lugar,  sabemos que Cristo Redentor, com seus 38 metros de altura, é um dos símbolos do Rio de Janeiro e tem uma vista simplesmente maravilhosa!

Em um dia azul, dá fácil fácil para dizer que este é um dos passeios mais incríveis da cidade, mas mesmo em um dia nublado o Cristo tem suas belezas.

Como chegar ao Cristo Redentor

  • Trem: com saída da estação da Rua Cosme Velho, que rende um bonito passeio. É bem íngreme e, para a melhor vista, sente-se ao lado direito;
  • De carro: chegando no estacionamento das Paineiras você pegará uma van até o pé do Cristo;
  • De trilha: saindo do parque da Lage, o percurso de ida e volta leva cerca de 3 horas;

O que fazer no Rio de Janeiro - Corcovado

Dica para ver o Cristo Redentor vazio

Caso você vá visitar o Cristo no meio de um grande feriado, prepare-se para muita fila. Em outras palavras, eu se fosse você, chegaria no estacionamento das Paineiras às 07:40, pois o Cristo abre as 8:00.

Assim dá tempo de comprar seu bilhete e subir na primeira van, o que significa alguns minutos com o Cristo absolutamente vazio, todinho seu.

Vista do corcovado

Às 08:30 sobe o primeiro trem e com ele milhões de turistas disputam cada centímetro da escada do Corcovado tentando tirar a famosa foto de braços abertos. Por outro lado, se não conseguir ir tão cedo, saiba que, mesmo com tanta gente,  a visita ao Cristo vale cada segundo!

Por último, não preciso nem dizer que as lojas lá no alto são de longe as mais caras da cidade, né?!

O que fazer no Rio de Janeiro

2. Pôr do sol no Pão de Açúcar

Inaugurado em 1912, o bondinho do Pão de Açúcar (site oficial) é um dos principais cartões postais cariocas. O bacana é que lá do alto a visão é um pouco diferente da do Cristo, pois dá para ver a cidade bem de pertinho, as praias e de quebra o Cristo no fundo.

O que fazer no Rio de Janeiro - BondinhoPara chegar ao alto da Pão de açúcar você precisará de dois bondinho, o primeiro te levará ao ao alto do Morro da Urca, de onde você verá toda a Baía de Guanabara e a Praia vermelha.

O que fazer no Rio de Janeiro - Bondinho - cenárioDepois, um segundo Bondinho te levará ao alto do Pão de Açúcar de onde você poderá avistar toda a praia de Copacabana e, claro, curtir a linda vista do Cristo.

O que fazer no Rio de Janeiro - Bondinho e visão panorâmica

Passeio de Helicóptero no Rio O grande espetáculo desse passeio é o pôr do sol. Minha dica é: chegue no finalzinho da tarde para ver um lindo entardecer no Pão de Açúcar, seguido por um incrível espetáculo de luzes.

É que, conforme vai anoitecendo, o tapete de casas lá embaixo da montanha começa a acender suas luzes, a impressão é que a cidade foi tomada por centenas de vagalumes, é bem bonito!

3. Manhã de sol na praia de Ipanema e entardecer no Arpoador

Praia Rio de Janeiro - Arpoador
Vista do Arpoador no Rio de Janeiro

Quem é que vai para o Rio e não que ir para a praia? Como em São Paulo não tem mar, ir para o Rio para mim é quase sinônimo de ir à praia o máximo de vezes que conseguir.

E pensando em praia, quase sempre acabo escolhendo Ipanema ou Leblon, praias bonitas e de fácil acesso, mas bem cheias. Ah, e cuidado, pois o mar carioca costuma ser bem bravo e passar boas rasteiras em turistas desavisados.

onde ir no rio de Janeiro - Praia
Vistas do Arpoador

Depois de passar o dia entre banhos de sol e mar, caminhe até o arpoador, uma pedra enorme que divide as praias de Copacabana e Ipanema.

Lá do alto dela, aprecie e vista da orla e espere o pôr do sol, você verá que as montanhas de Rio ficam ainda mais lindas cobertas pelo entardecer dourado.

Pessoas se divertindo na praia em 2016Dica: apesar da fama, estas praias não são as mais bonitas do Rio, se tiver tempo e vontade, não deixe de visitar a Praia do Pepino em São Conrado, Recreio do Bandeirantes e um pouquinho mais longe a praia de Grumari.

4. Andar de bicicleta pela Lagoa Rodrigo de Freitas

Lagoa Rodrigo de Feitas no Rio de Janeiro
Lagoa Rodrigo, um passeio delicioso no Rio de Janeiro

Com 7.2km de extensão, a Lagoa Rodrigo de Freitas é um verdadeiro playground para os esportistas de plantão. Isso sem falar da linda vista da lagoa com a Pedra da Gávea e o Cristo Redentor. Uma daquelas vistas que fazem jus ao apelido Cidade Maravilhosa.

Se você gosta de correr, esse é um belo lugar, mas, se você preferir, também dá para alugar uma bicicleta e sair pedalando. Outra alternativa é fazer um divertido passeio de pedalinho. Ou seja, tem opção para toda a família.

5. Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Criado em 1808 por Don João VI, o Jardim Botânico do Rio (site oficial) é simplesmente lindo e conta com cerca de 6.500 espécies em uma área de 54 hectares. Ao longo de um passeio rápido por ali, você vai ver orquídeas, palmeiras imperiais e vitórias-régias.

Flor no Jardim Botânico do Rio O jardim está dividido em seis coleções de plantas e é um programa gostoso para fazer sem pressa com toda a família, uma boa dica para aquele dia chato e nublado.

Além disso, o jardim guarda algumas obras e monumentos como o Portal da Academia de Belas Artes e um Jardim Japonês, criado no começo do século 20.

Jardim Botânico - Natureza
Coqueiros, uma dos principais postais do Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Planeje sua visita

  • Endereço: R. Jardim Botânico, 1008
  • Horário de funcionamento: diariamente das 08h às 18h
  • Entrada: R$15

6. Para o almoço: conheça as casas de suco cariocas

Quando bater a fome, afastasse um pouco da praia e verá que, pouco a pouco, surgirão centenas de casas de sucos, uma ótima opção para almoçar no Rio. Praticamente todas tem um cardápio parecido e nomes bem criativos, como Big Bi, Big Beach, Big Poli, bb, Super Sucos, Polis Sucos e por aí vai.

Casa de Sucos no Rio de JaneiroAproveite para experimentar frutas diferentes e combinações diversas, como o suco de Graviola, que é meu preferido.

Já para comer, escolha um sanduba de sua preferência. Eles são bem caprichados, então valem tranquilamente como um almoço. Por exemplo, no Big Bi, o Bauru é o sanduíche mais caro, mas é servido no prato com uma generosa porção de fritas. Dá fácil para duas pessoas.

Aliás, se tiver sorte, conseguirá sentar-se em um dos poucos banquinhos de madeira disponíveis perto do balcão, mas na maioria das vezes você comerá em pé mesmo, mas feliz da vida.

7. Happy Hour no Leblon

Depois de curtir a praia e o sol, encerre o dia em um disputados barzinhos de Leblon, mas para ter alguma chance de conseguir mesa, chegue cedo!

8. Curta o passeio de Bonde por Santa Teresa

Bonde Santa TeresaHá mais de cem o anos o tradicional bondinho faz seu passeio por de Santa Teresa no Rio, um bairro bonito e repleto de enormes subidas – aliás, se tiver disposição, depois vale encarar o sobe e desce a pé pela vista incrível da região.

De volta ao bondinho, é um passeio bem tradicional quando pensamos nesta lista sobre o que fazer no Rio. E é relativamente barato, pois você paga R$20, na ida e a volta é inclusa. A estação inicial fica na Rua Lélio Gama com saídas a cada 20 minutos, mais ou menos.

A única parte ruim do passeio, é que geralmente há uma fila bem grande para pegar o bonde, mas juro que vale a pena.

Na saída aproveite para tomar um chopinho em um dos animados barzinhos da lapa ou então visitar o Museu Chácara do Céu que reúne obras de Portinari, Di Cavalcanti, Picasso e Salvador Dali.

Ele ainda tem bons pontos de observação da cidade, pela localização privilegiada  diante das vistas do Centro do Rio e da Baía de Guanabara.

O museu também é conectado com o Parque das Ruínas, outro passeio bem especial tanto pela construção, que é uma bonita mistura de ferro, vidro e tijolos e também pelas maravilhosas vistas da cidade.

9. Onde ver um ensaio de escola de Samba

Entre o ano novo e o Carnaval, fervem os ensaios de escola no Samba no Rio, um programa mega divertido e democrático.

Você encontrará todo tipo de pessoa sambando: novo, velho, rico ou pobre, loiro, moreno, careca…. E por aí vai. Já fui em duas escolas de Samba, Salgueiro e a Mangueira, e vou contar a seguir como foi a experiência.

A Mangueira foi um pouco mais roots, por que a quadra ficava bem na entrada na favela e deixei o carro em um lugar não muito confiável. A quadra é super animada, mas tem um grande problema, não tem ar condicionado. Fomos embora de lá por que não aguentávamos de calor.

Já a Salgueiro tem uma quadra enorme, o teto é todo de quadradinhos vermelhos e brancos e o ar condicionado funciona hiper bem. A caipirinha de limão é uma delícia e custava R$ 5 na época. Além disso, nos dias que não tem ensaio, rola uma balada funk, bem animada. Eu pessoalmente não sou muito chegada a funk, mas me diverti muito!

Qual delas é melhor? Ah, não sei dizer… As duas foram experiências super divertidas!

10. Noite na Lapa: conheça o Rio Scenarium

Depois de passear de dia pela Lapa, não deixe de voltar à noite para curtir um pouco do melhor da noite carioca. A Lapa está para os cariocas assim como a Vila Madalena esta para os paulistanos.

Como estacionar ali é um verdadeiro inferno, sugiro que você vá de Taxi ou Uber; e a segunda dica é chegar cedo. A noite carioca começa bem mais cedo que a paulista, por isso às 20h muitos bares e baladas já estão lotadíssimos.

Uma das baladas mais legais é o Rio Scenarium, uma balada/restaurante com três andares, que toca um Samba Rock maravilhoso a noite toda. E quem quiser investir, pode fazer até fechar uma experiência vip por lá.

11. Show no Circo Voador

Pertinho dos Arcos da Lapa e em formato de “nave”, o Circo Voador é uma dos espaços de shows mais famosos do Rio. Ele é reconhecido pela acústica e pela relevância na história do rock nacional – seu palco já recebeu de Legião Urbana e Paralamas. Ao longo dos anos, ficou mais eclético e recebeu até os alternativos Kings of Convenience. Quando estiver na cidade, vale checar a programação para curtir algum show aqui. 

12. Museu de Arte Moderna do Rio

O Museu de Arte Moderna (site oficial) funciona em uma construção belíssima com traços do arquiteto Affonso Eduardo Reidy e projeto paisagístico de Roberto Burle Marx. É daqueles lugares para visitar tanto pelo acervo de 15 mil obras quanto pela bela arquitetura do prédio em si. 

Planeje sua visita:

  • Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo das 10h às 17h
  • Entrada: R$14 (gratuito às quartas-feiras)

13. Museu do Amanhã

Daquelas construções futuristas que a gente demora um pouco para entender, o Museu do Amanhã (site oficial) é uma das atrações recentes mais legais do Rio. Todo interativo, fala sobre natureza, cidadania, ciência e os impactos da humanidade no mundo. Faz pensar! O Museu do Amanhã fica na Zona Portuária que também é super gostosa e tem outras atrações.

Fachada do Museu do AmanhãPlaneje sua visita:

  • Endereço: Praça Mauá, 1 – Centro
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo das 10h às 18h
  • Entrada: R$20

14. Parque Lage

Hoje é um parque, mas o local já foi um antigo engenho de açúcar e sua estrutura é patrimônio histórico e cultural da cidade do Rio de Janeiro, com destaque especial para o casarão principal.  

Parque Lage no Rio de Janeiro

O Parque Lage (site oficial) foi projetado em 1840 pelo inglês John Tyndale e fica aos pés do Morro do Corcovado. Seu cenário combina jardins de estilo europeu, a floresta nativa de Mata Atlântica e até palmeiras imperiais.

O Parque também merece destaque se o foco for descobrir o que fazer no Rio de Janeiro com sol e as crianças pois tem balanços e outros brinquedos espalhados pelos seus 52 hectares. 

Planeje sua visita:

  • Endereço: R. Jardim Botânico, 414
  • Horário de funcionamento: diariamente, das 8h às 17h
  • Entrada: gratuita

15. Feira de São Cristóvão

Popular e divertida, a Feira de São Cristóvão celebra a cultura nordestina com música, dança, lojinhas e, claro, vários bares e restaurantes. Alguns dos lugares mais famosos para provar a comida típica desta região brasileira são a Barraca da Chiquita e o Restaurante Baião de Dois. Há desde porções de bolinhos de carne seca a pratos mais encorpados como carne de sol e macaxeira.

Fachada Feira de são Cristovão

16. Mureta da Urca

Ponto de encontro dos jovens turistas e locais para curtir o entardecer, a Mureta da Urca é um pouco menos concorrida que o Arpoador. Mas ela está longe de ser tranquila, pois diariamente a galera leva sua cervejinha e fica admirando a Baía de Guanabara ao entardecer. 

17. CCBB RIO

O endereço carioca do Centro Cultural do Banco do Brasil (site oficial) – que também existe em SP e em BH – é um dos mais icônicos do país.

Ele funciona em um casarão histórico que começou a ser construído em 1880 e, por anos, foi ponto de encontro entre os endinheirados da cidade. 

CCBB rio de Janeiro

Cerca de um século depois, foi ressignificado e tornou-se um dos dos espaços de exposições e manifestações artísticas mais movimentados do Rio, vale a pena conhecer e ver o que está em cartaz na data da sua viagem, tem sempre coisa boa passando por lá.

Planeje sua visita:

  • Endereço: R. Primeiro de Março, 66
  • Horário de funcionamento: quarta a segunda-feira, das 9h às 21h
  • Entrada: gratuita

18. Dar uma voltinha na Rio Star

Assim como outras grandes cidades turísticas (alô, Las Vegas), o Rio de Janeiro também ganhou sua própria roda-gigante. A Rio Star (site oficial) tem 88 metros de altura e é a maior da América Latina. Localizada no Porto Maravilha, oferece ótimas vistas da paisagem carioca e cartões-postais como Pão de Açúcar e o Cristo Redentor. O valor não é dos mais bacanas, para subir você precisará desembolsar a partir de R$59.

Roda Gigante do Rio de Janeiro Vista de cima

19. Mural das Etnias: grafite no RJ

Para quem gosta de street art, conhecer este mural de grafites é um passeio imperdível. Ali, estão representados e homenageados povos nativos de diferentes nacionalidades com a estética característica do artista Kobra – a foto traz apenas uma fração da obra. O mural fica na Zona Portuária, tem mais de 3 mil metros e foi idealizada para as Olimpíadas de 2016.
Grafite no Rio de Janeiro feito pelo artista Kobra

20. Tour pelo Engenhão

É possível conhecer as principais instalações do Estádio Nilton Santos (site oficial), mais conhecido como Engenhão, que ficou famoso nos Jogos Rio 2016. Dos camarotes e vestiários até o campo e as pistas de atletismo (foi ali que Usain Bolt fez história). O passeio termina na loja oficial com os produtos do alvinegro carioca, o Botafogo. 

Planeje sua visita

  • Endereço: Rua das Oficinas, Portão – Engenho de Dentro
  • Horário de funcionamento: terça a domingo, às 10h, 11h30, 13h, 14h30 e 16h
  • Entrada: R$30 | R$15 (meia)

21. As estátuas famosas no Rio de Janeiro

Nem todo mundo sabe, mas o Rio é uma das cidades com mais estátuas de personalidades nacionais, além de algumas internacionais também. 

Estátua na orla do Rio de Janeiro
A seguir, tem uma listinha com as mais populares e o endereço. Fica a dica para quem quiser conhecer essas representações de poetas, cantores, escritores,  jogadores de futebol…  

  • Carlos Drummond de Andrade | Av. Atlântica s/n Posto 6, Copacabana
  • Cartola | Rua Visconde de Niterói 1296, Mangueira 
  • Chacrinha | Rua General Garzon s/n, Jadim Botânico 
  • Clarice Lispector | Caminho dos Pescadores Ted Boy Marino, Leme 
  • Dorival Caymmi  | Av. Atlântica, s/n Posto 6, Copacabana 
  • Michael Jackson | Rua São Clemente s/n, Dona Marta,  Botafogo 
  • Tom Jobim | Rua Francisco Bering 2, Arpoador 

22. Escadaria Selarón

Na divisa entre os bairros da Lapa e Santa Teresa, esta escadaria é uma obra do artista plástico chileno Jorge Selarón. Ela foi construída na década de 90 e, de lá para cá, só ficou mais e mais famosa. Logo, ela aparece nas fotos de quase todo mundo que visita o Rio. Enfim, é linda mesmo!

Escadaria Selarón a noite

23. Mosteiro de São Bento

Do século 16, o imponente complexo do Mosteiro Beneditino (site oficial) chama a atenção no coração do Rio. Porém, a visita ao interior é restrita à Igreja Nossa Senhora, anexa ao mosteiro propriamente dito.

De qualquer forma, é um passeio interessante para observar o portão de ferro e os altares cheios de detalhes. A Igreja Abacial está aberta aos fiéis diariamente entre as 6h30 e 18h30. Além disso, quem quiser ainda pode se programar para ir às missas com canto gregoriano que acontecem diariamente. (aos domingos às 10h, de segunda a sexta às 07h30 e aos sábados às 08)

24. Fundação Casa Rui Barbosa

A fundação criada para celebrar a produção intelectual de Rui Barbosa (site oficial) funciona em um belo casarão de fachada cor de rosa, na região de Botafogo. 

Cercada por áreas verdes, entre as ruas Bambina e Barão de Lucena, a construção foi de fato casa do autor de 1895 a 1923. 

Vale lembrar que Rui Barbosa foi coautor da Constituição da Primeira República e membro fundador da Academia Brasileira de Letras. 

O Museu não funciona às segundas-feiras.

  • Endereço: Rua São Clemente, 134
  • Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h (o Museu não funciona às segundas-feiras)
  • Entrada: gratuita

25. Obras de Oscar Niemeyer no Rio

MAC Niteroi Rio de JaneiroNiemeyer é um dos grandes nomes da arquitetura moderna com seus traços e curvas que deram origem a construções icônicas, sendo que boa parte delas está no Rio de janeiro, como o Sambódromo, e a vizinha Niterói que será o foco deste tópico.

Com um espelho d’água ao seu redor, forma arredondada e uma grande rampa, o Museu de Arte Contemporânea (site oficial) é um dos grandes presentes de Niemeyer para Niterói

Fora a bonita estrutura, o endereço conta ainda com vista panorâmica para a Baía de Guanabara, um acervo com mais de mil obras e é vizinho a outras construções como o Teatro Popular.

Planeje sua visita

  • Endereço: Mirante da Boa Viagem, s/nº – Boa Viagem, Niterói
  • Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h
  • Entrada: R$10 | R$5 (meia)

26. Asa delta ou parapente no Rio

Os corajosos de plantão adoram aproveitar o cenário do Rio para passeios de asa delta ou parapente, que geralmente saem lá da Rampa da Pedra Bonita, no Parque Nacional da Tijuca. De fato, o visual lá de cima é incrível!

Você vai acompanhado de um guia/instrutor e não precisa ter experiência prévia, só coragem mesmo. O voo dura em média uns 10 minutos e termina nas areias de São Conrado.

27. Tour no Maracanã

Apesar de ser um programa pensado especialmente para os amantes de futebol, o Tour pelo Maracanã (site oficial) consegue surpreender mesmo que não é assim tão fã do esporte!

Maracanã oferece tours pelas instalaçõesÉ que o estádio tem uma baita história e a visita não inclui apenas passagem pelas instalações, há até uma exposição permanente para contar a história do futebol e momentos marcantes do estádio – o milésimo gol do Pelé aconteceu aqui!

E a última dica é: crianças de até cinco anos não pagam! Os tours não guiados custam R$55 (R$27,50 a meia) e o tour guiado R$65 (R$32,50 a meia).

28. IMS Rio

Um dos endereços oficiais do Instituto Moreira Salles (IMS) (site oficial), que busca disseminar e popularizar cultura, fica no Rio de Janeiro, no bairro da Gávea.

IMS Rio - área externaDos anos 1950, a casa que Walther Moreira Salles viveu com sua família tornou-se centro cultural em 1999.  Por conta disso, conta com diversas exposições e atividades, celebrando especialmente as artes visuais. 

Além disso, o local acaba de completar 20 anos e celebrou a data e reinaugurou o jardim projetado por Burle Marx.

Planeje sua visita

  • Endereço: Rua Marquês de São Vicente, 476
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 11h às 20h
  • Entrada: gratuita

29. Real Gabinete Português

O Real Gabinete Português de Leitura (site oficial) é uma das bibliotecas mais bonitas do mundo, está no Rio de Janeiro e tem entrada gratuita.

Real Gabinete PortuguêsCom paredes e mais paredes forradas de obras, o local tem um quê de magia e muitos comparam o local até com os cenários de Harry Potter. Além disso, seu acervo compreende itens históricos e raros de autores portugueses como uma edição de ” Os Lusíadas”, de 1572.

30. Quinta da Boa Vista

No bairro de São Cristovão, a Quinta da Boa Vista é um Parque Urbano muito gostoso. Ele compreende uma enorme área verde que tem jardins, lago com pedalinho, estátuas de bronze e construções históricas, como o Templo de Apolo. 

Definitivamente é um daqueles programas ideais para curtir o Rio de Janeiro com sol e, quem sabe, até curtir um piquenique.

Planeje sua visita

  • Endereço: Avenida Pedro II, s/n – São Cristóvão
  • Horário de funcionamento: diariamente das 8h às 18h
  • Entrada: gratuita

O QUE FAZER NO RIO DE JANEIRO COM A FAMÍLIA

Eu te ajudo com o máximo de dicas e sugestões, porém no fim é você quem vai decidir. O que eu sempre faço é entender quais são minhas prioridades no período que eu tenho disponível.

Bom, várias destas atrações que listei acima são legais para curtir com os pequenos, mas algumas merecem destaque, especialmente se seus filhos tiverem até uns 10 anos. Por fim, fica aqui meu top five: Museu do Amanhã (e toda a região da Zona Portuária), Parque Lage, praias no geral, Pão de Açúcar e passeio de bike na Lagoa.

Além disso, como quase sempre estou com as crianças, eu tento montar um roteiro que misture passeios mais tranquilos e divertidos pra eles com os lugares que eu quero ir. Dessa forma, todo mundo sai feliz na viagem em família.

Onde ficar no Rio de Janeiro

Escolher onde ficar no Rio de Janeiro depende muito do seu estilo de viagem e o quer fazer. Por exemplo, a região de Copacabana e Ipanema tem ótimos hotéis, mas os preços geralmente são mais salgados que no centro, por exemplo. É o preço que se paga para ficar perto da praia – aliás, quanto mais perto do mar, mais concorrido será.

Das escolhas certas, mas que exigem aquele investimento, tem o Emiliano, o Fasano e o Belmond (Copacabana Palace), por exemplo. Porém, obviamente não é preciso pagar mais de R$1.000 por uma boa hospedagem no Rio, assim indico o Mirador Rio Copacabana Hotel, o Vila Galé Rio de Janeiro e o Prodigy Santos Dumont como opções com bom custo benefício.

A região da Barra da Tijuca costuma ter opções tentadoras, como o Grand Hyatt Rio de Janeiro. Porém, lembre-se que o deslocamento da Barra até outros pontos do Rio é um tanto complicado pelo trânsito característico da cidade.

E aí, curtiu nossas dicas sobre o que fazer no Rio de Janeiro?


Veja também: 


E, para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso Instagram!

Planeje sua viagem

Comentários (8)

[…] Motivos para se apaixonar pelo Rio de Janeiro […]

Andressa Maria Passos Dutra

Parabéns! Muitas ideias tive ao ler seu blog, bem recheado mesmo… Acho que para o Rio de Janeiro para se deslocar até lá fuja de aeroportos nos ônibus rodoviários, mais conforto e valores de passagens de ônibus bem melhores.
Um beijão!

Sucesso!!!

Oi Andressa,
Obrigada pela visita!
Como seu comentário tava com cara de propaganda, tomei a liberdade de remover o Link, mas mantive a dica!
Abraços

Todos chamos que fala-se mais do Rio de Janeiro do que ele realmente é. Pois é, pensando assim, que me enganei e me surpreendi com o local. Fiquei na praia de joatinga no La Suite Hotel, um belissimo hotel que achei em uma agencia de viagens online que se chama Zarpo http://bit.ly/jzbclK (vale a pena conferir, tem preços ótimos). Mesmo sem nunca ter ido ao RJ, foi super tranquilo, pois consegui me virar muito bem. Até mesmo para ir á Lapa à noite O bondinho de Santa Teresa vale super a pena!!! vale o visual e almoçar lá em cima é bem diferente em dois dias consegui turistar bastante quem puder vá e boa viaguem!!

Mari, no meu blog eu dou váris dicas sobre o Rio de Janeiro, a mais recente é sobre um quiosque de comida baiana na Lagoa: http://impressoes-de-viagens.blogspot.com/2011/01/restaurante-no-rio-de-janeiro-com-vista.html
Como você pediu indicações, veja também todas as outras dicas sobre o Rio de Janeiro: http://impressoes-de-viagens.blogspot.com/search/label/Rio%20de%20Janeiro

Oi Michelle,
Tudo bem?

Adorei seu blog, depois vou xeretar seus posts com carinho!!
Obrigada pelas dicas!!
Também visitei o OKE KA Baiana tem, ele tá indicado nesse último post, e é realmente SUPER legal!
Obrigada pela visita!
Abraços,
Mari

Deixe o seu comentário