Tudo sobre Ilha Grande, RJ – O que visitar, quando ir e onde ficar

Um paraíso localizado na Costa Verde do Rio de Janeiro, Ilha Grande é o destino perfeito para feriados e viagens de períodos curtos, principalmente para os cariocas e paulistas. Para os mais aventureiros, que encaram qualquer trilha, Ilha Grande é uma pedida excelente com trilhas para todos os níveis. Para quem quer relaxar, a Ilha também é incrível – areias brancas e águas cristalinas repletas de vida marinha!

Neste post, vamos te contar todos os detalhes e dicas para você planejar sua viagem para Ilha Grande: o que você vai encontrar na Vila do Abraão, região com melhor infra estrutura da ilha, onde se hospedar, principais passeios em Ilha Grande e muito mais. Pronto para se apaixonar?

Para facilitar a sua navegação neste texto, criamos um menu clicável. Se quiser ir direto ao ponto, basta clicar nos itens abaixo:

Praias Ilha Grande
Praia do Dentista | Foto: Malu Pinheiro

Onde fica a Ilha Grande

Ilha Grande faz parte do município de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro – é a maior ilha do estado e a sexta maior ilha marítima do Brasil, ela possui 193 km² de extensão. Ilha Grande possui mais de 100 praias e pequenas ilhotas que podem ser visitadas a partir de passeios com agências ou aluguel de barcos e/ou lanchas. É um destino certo para os amantes da natureza como um todo, já que ela une águas marinhas e vida marinha abundante com uma vasta mata atlântica repleta de trilhas e cachoeiras.

A principal região de Ilha Grande é a Vila do Abraão, onde está a maior infraestrutura da ilha, incluindo mercados, posto de saúde, pousadas e o porto de onde chegam e saem os barcos, fazendo a ligação da ilha com o continente (Angra dos Reis e Mangaratiba).

Como chegar na Ilha Grande

Só é possível chegar na Ilha Grande de barco e não há circulação de carros de passeio por lá. Para chegar na Vila do Abraão, você pode embarcar em três pontos: Conceição de Jacareí, Mangaratiba e Angra dos Reis. Desses três pontos saem barcos diariamente que param em Palmas (um pequeno vilarejo de Ilha Grande onde moram alguns nativos) e na Vila do Abraão (principal parada dos turistas já que é lá que se concentram hotéis e pousadas).

Para quem vem do Rio de Janeiro, a melhor opção é Conceição de Jacareí (129 Km), para os paulistas é melhor em Angra dos Reis (397 Km).

Nos três pontos de embarque – Conceição de Jacareí, Mangaratiba e Angra – tem estacionamento. As empresas de barco, geralmente tem convênio te direcionam para algum. A diária é entre 20 e 30 reais em baixa temporada e em área descoberta. É recomendado, por questões de segurança, que você não deixe o seu carro estacionado na rua.

Pitaco da Malu: eu sempre que vou para Ilha Grande vou por Angra dos Reis e deixo o carro estacionado no Dois Irmãos – eles fazem uma avaliação do carro na chegada, tem manobristas, opções de vagas cobertas e descobertas e seguranças. Nunca tive problemas, então posso recomendar esse!

Ilha Grande
Chegada em Ilha Grande | Foto: Paula Perseke

Não precisa reservar ou comprar o barco com antecedência. Eu já fui no Carnaval, que é a época mais movimentada, e comprei na hora mesmo.

Quanto tempo demora o trajeto entre Angra dos Reis e Ilha grande?

O trajeto entre Angra dos Reis e Vila do Abraão tem 21km e o tempo de viagem depende da embarcação, mas no geral varia de 30 minutos a 1h. Os barcos ou lanchas saem de hora em hora e suportam de 30 a 120 passageiros (o custo é R$45). Mangaratiba tem apenas um horário de saída, às 8h. O mesmo para o retorno: o trajeto Ilha Grande – Mangaratiba só é feito uma vez por dia e às 17h30. Esse curso é feito com barca pública, da CCR, e demora bem mais, cerca de 1h30, e custa R$17,30.

A dica aqui é planejar a sua chegada ao porto próximo do horário de saída de um barco para não ficar amargando na espera do próximo.

como chegar a aventureiro (e outros destinos em Ilha Grande)

Se você vai para Ilha Grande e não vai ficar hospedado na Vila do Abraão, precisa organizar um pouco melhor esse percurso. Algumas pessoas querem ficar, por exemplo, no Aventureiro (um dos cartões postais da Ilha). Como o próprio nome já diz, chegar na Praia do Aventureiro pode ser uma verdadeira aventura, pois é preciso navegar em mar aberto. Para ficar lá é preciso se cadastrar na TurisAngra, localizada na entrada da cidade de Angra dos Reis (Praia do Anil, Av. Ayrton Senna, 580).

Somente os barcos e lanchas saindo de Angra dos Reis estão autorizados a fazer esse trecho até Aventureiro. O percurso de barco dura 2h30, já a lancha pode fazer a viagem em menos de uma hora.

Quando ir à Ilha Grande

De abril a junho é uma época perfeita para visitar Ilha Grande. As chances de chuvas são menores, temperaturas amenas e menos viajantes. Além de preços mais conta, por ser baixa temporada. É o período perfeito: praias vazias e céu ensolarado!

Ilha Grande
Praia da Crena | Foto: Joanna Saldanha

Ilha Grande no verão

O verão no estado do Rio de Janeiro é bem imprevisível e costuma chover bastante na Costa Verde, região onde fica localizada Ilha Grande. Ironicamente, é melhor evitar o verão, de dezembro a março. Mas se não tiver jeito, ou você quiser ir no Carnaval ou Ano Novo, saiba que pode encarar uns dias de chuva pela frente. E, infelizmente, Ilha Grande é o tipo de lugar que com chuva não tem nada para fazer.

Na primavera

Já na primavera, de setembro ao início de dezembro, o clima ainda é bem gostoso, mas você corre risco de enfrentar pancadas de chuva.

Quantos dias ficar

O que fazer na Ilha Grande
Praia Dois Rios | Foto: Paula Perseke

Ilha Grande tem muitas praias, trilhas e passeios. O mínimo para curtir o melhor de Ilha Grande são 3 dias inteiros. Se você tiver mais tempo, certamente não vai ficar sem nada para fazer! Dá para passar um fim de semana? Até dá, mas fica um pouco corrido.

Um combo imbatível da Costa Verde do Rio é a dobradinha Ilha Grande e Paraty! Cerca de 1h30 separa o porto de Conceição de Jacareí de Paraty. Separe pelo menos 2 dias inteiros em Paraty, para aproveitar a cidade, e pelo menos 3 se vocês quiser colocar Trindade (recomendo muito!) na jogada.

Qual o tempo ideal na Ilha Grande?

Eu considero um roteiro completo 4 dias inteiros na Ilha Grande, assim você pode fazer dois passeios com agências que duram o dia todo, um dia de trilhas curtas nas praias urbanas e ainda sobra um dia para você decidir o que mais quer visitar, como fazer mergulho ou visitar uma ilhota mais distante. Eu ficaria facilmente (e muito feliz) uma semana em Ilha Grande com atividades todos os dias! [Pitaco da Malu]

Onde se hospedar em Ilha Grande

A Vila do Abraão é o centro turístico na iIha Grande, uma região que concentra hotéis, pousadas, hostels e campings. E tem uma estrutura  com bares, restaurantes e feirinhas de artesanato. Até pouco tempo atrás, Ilha Grande era bem rústica e mal havia energia elética. Hoje em dia, já existem opções mais caprichadas e até com internet. Fizemos uma seleção completa com boas hospedagens em Ilha Grande.

Vila do Abraão

A Pousada Casablanca é super bem localizada na Vila do Abraão e tem um bom custo benefício. Ela fica dentro de um centrinho comercial que tem lojas, restaurantes e agências.

Já a Pousada Manacá fica de frente para praia e é um pouco mais afastada do agito do centro, então é mais calma e tranquila. Ambas são boas opções.

Onde ficar em Ilha Grande
Espaço Nativo Pousada | Foto: Divulgação

A Malu já se hospedou e recomenda a Espaço Nativo, uma pousada bem localizada e com quarto ultra espaçoso, e na Ancoradouro Flats, que está um pouco mais afastado do centro da Vila do Abraão mas que vale a pena pelo conforto (lá fiquei em um flat com quarto, cozinha e sala – muito bom). Ambos tem um ótimo custo benefício!

Outras dicas de hospedagem na Vila do Abrão

abraãozinho

Vizinha da Praia do Abraão, Abraãozinho é bem pequena, como o próprio nome já diz, mas a praia é muito melhor para mergulhar e é uma ótima opção para quem quer sossego. Há somente um hotel lá, o Bonito Paraíso Ilha Grande. Por ser mais isolado, tem uma estrutura mais completa, com restaurante, bar e aluguel de snorkel.

Praia de Crena

Outro cantinho especial de ilha Grande é a Praia da Crena. Assim como Abraãozinho, ela também é pequena e pouco explorada pelos turistas. A Pousada Praia da Crena é uma boa pedida para quem quer uns dias de descanso de frente para o mar.

Campings em Ilha Grande

Ilha Grande também tem muitas opções de campings. Você até pode acampar na Praia do Abraão, mas não vejo muito sentido acampar em uma praia super movimentada, com barco chegando e saindo o tempo todo. Por isso, Aventureiro e Palmas são os destinos preferidos para quem curte acampar. Aventureiro tem um limite de 560 pessoas por dia, então em feriados chegue cedo para garantir o seu lugar. Confira aqui os campings oficiais de Ilha Grande.

O que fazer na Ilha Grande: 10 principais passeios

Ilha Grande agrada todos os tipos de amantes da natureza. Isso porque lá é possível apenas sentar e relaxar na praia, fazer uma trilha super extensa, tomar um banho de cachoeira, mergulhar e contemplar a vida marinha e muito mais. Vale lembrar, porém, que não é permitido entrada de carro na Ilha, portanto tudo deve ser feito a pé ou de barco – por isso muito provavelmente vai ser inevitável que você feche passeios com agências.

Algumas praias tem acesso a partir de trilhar curtas, outras de trilhas longas e outras somente pelo mar mesmo! Abaixo, vamos elencar os principais pontos de destaques da Ilha Grande.

  1. Vila do Abraão
  2. Lagoa Azul e Lagoa Verde
  3. Praia de Lopes Mendes
  4. Praia do Aventureiro
  5. Praia de Dois Rios
  6. Trilhas na Ilha Grande
  7. Pico do Papagaio
  8. Cachoeira e Praia da Feiticeira
  9. Mergulho de batismo
  10. Passeios de barco

1- Vila do Abraão

Abraão é basicamente onde tudo acontece em Ilha Grande. A praia, de fato, não é para tomar sol e nem relaxar no sol, afinal são várias embarcações que ficam ali por conta do porto. Porém, é do Abraão que saem os barcos e lanchas das agências que fazem passeios e também dos chamados “taxi boats” que te levam para um ponto específico da Ilha.

Indo para o canto direito da Praia do Abraão você pode fazer uma trilha de cerca de 1 km para a Praia da Crena e, avançando mais um pouco, chega na Praia do Abraãozinho. Dependendo da maré, fica um pouco mais complicado chegar nessas praias por terra, aí é melhor ir de barco – trajetos curtos assim custam cerca de R$10 por pessoa.

Ilha Grande
Praia do Abraão | Foto: Joanna Saldanha

Além disso, a Vila do Abraão concentra os bares e restaurantes da Ilha. Os com pé na areia são mais caros, mas contam com música ao vivo a noite além de decoração com velas – o clima é muito charmoso. Vale a pena! À noite também acontece um feirinha de artesanato que garante boas comprinhas.

Onde comer na Vila do Abraão?

Eu gosto bastante de dois restaurantes que ficam na areia da Vila do Abraão. O “Restaurante Pé na Areia” fica bem pertinho do porto e tem uma vibe deliciosa para jantar. As mesas são decoradas com velas e sempre tem um alguém fazendo música ao vivo. O preço é mais salgado, mas vale muito a pena porque a comida é extremamente gostosa e bem servida. Andando um pouco para o lado direito da ilha, tem o “Lua e Mar” que também é pé na areia mas foge um pouco do burburinho e movimento do centrinho – é bem gostoso também. Uma pedida diferente é o “Las Sorrentinas” um restaurante de massas artesanais feitas por um argentino que mora há anos na Ilha (daqueles que foi para conhecer e nunca mais foi embora). Ele fica mais no interior da Vila do Abraão e pode ser um pouquinho difícil de encontrar, mas é só perguntar para alguém que todo mundo conhece! [Pitaco da Malu]

2-lagoa Azul e Lagoa Verde

Dois pontos super conhecidos da Ilha Grande. A Lagoa Azul não é uma lagoa, mas sim uma piscina natural cercada por pequenas ilhas. É quase um passeio obrigatório para quem vai para Ilha Grande. O lugar é lindo, com águas transparentes e calmíssimas, além de muitos peixinhos, tartarugas e animais marinhos!

O único defeito da Lagoa Azul é que nunca é vazio. O acesso só é possível de barco e é um passeio super popular, inclusive, até para quem está fora de Ilha Grande. Então ache o seu espacinho para mergulhar e seja feliz!

Ilha Grande Lagoa Verde
Lagoa Verde | Foto: Malu Pinheiro

Geralmente, quem faz o passeio que inclui a Lagoa Azul, conhece também a Lagoa Verde. Ela não tem a fama da Azul, mas é tão bonita quanto e também é ótima para mergulhar! A região é repleta de corais esverdeados, por isso seu nome – inclusive aqui é um dos poucos lugares do mundo onde é possível encontrar corais neste tom.

3-praia de Lopes Mendes

Lopes Mendes é considerada a praia mais bonita de Ilha Grande e já foi eleita uma das praias mais bonitas do mundo (ficando atrás apenas da Praia do Sancho, em Fernando de Noronha). É bem popular entre os visitantes, mas como ela é grande – são 3 km de extensão – dá para achar um cantinho para chamar de seu.

Ilha Grande
Praia Lopes Mendes | Foto: Paula Perseke

Não tem estrutura, então leve seu lanche e água. Dependendo da época, como feriados e verão, até é possível achar um vendedor, mas é melhor não correr risco. Lopes Mendes também é o local dos surfistas que estão em busca de boas ondas, mas não se preocupe, o canto esquerdo da praia é mais calmo e bem convidativo para um mergulho.

Como chegar a Praia de Lopes Mendes

Os barcos das agências de passeio não param em Lopes Mendes, geralmente eles vão até a Praia do Pouso e de lá são uns 20 minutos de caminhada. Para quem está com disposição, dá para fazer uma trilha desde Abraão: são 2h30 de caminhada, mas é relativamente plana, o que cansa mesmo é o calor. Se preferir, os táxis boats levam você do Abraão até Lopes Mendes por R$30 ida e volta.

4- praia do Aventureiro

Paradisíaca, esse é um dos cartões postais de Ilha Grande. Ela fica em uma área de proteção ambiental, então não tem muita estrutura. É uma pequena vila de pescadores, com pouco mais de 100 habitantes – e parte da beleza da praia é justamente por ser bem preservada.

Aventureiro Ilha Grande
Praia do Aventureiro | Foto: Malu Pinheiro

É lá que fica o famoso coqueiro deitado, um dos cartões postais da Ilha.

Como chegar

Por ser em mar aberto, não é qualquer barco que chega em Aventureiro (e quem enjoa precisa tomar um remédio!)  e dependendo da maré, o barco para afastado da areia e você chega até a praia nadando. Além disso, dependendo das condições climáticas o barco nem sai da Vila do Abraão.

Geralmente, Aventureiro é uma das paradas dos tradicionais passeios de barcos (os principais são três e falaremos deles logo abaixo).

5-praia de Dois Rios

A praia em si não é tão bonita, mas o conjunto da obra é um dos mais legais de Ilha Grande. Como o próprio nome já diz, a praia tem um rio em cada ponta que desaguam no mar. Vá nos dois e escolha o seu preferido. Já adianto,  é difícil.

Ilha Grande
A água do mar encontrando com a do rio | Foto: Joanna Saldanha

Para chegar na praia há uma trilha de 9 km desde a Vila do Abraão. É uma trilha sem grandes dificuldades, pois na verdade é uma estrada. Não deixe para voltar muito tarde, pois não há iluminação na estrada.

O passeio de barco “Super Sul” também passa por Dois Rios (pitaco da Malu: aqui as agências vendem como se realmente fosse uma parada, mas na verdade costuma ser apenas uma vista panorâmica da praia bem de longe. Cheque bem a informação).

passeios em ilha grande
Panorâmica que os passeios de barco fazem para ver a Dois Rios | Foto: Malu Pinheiro

Outro ponto legal é que é que lá fica o extinto presídio Cândido Mendes, um presídio de segurança que funcionou entre 1903 a 1994. Foi lá que surgiu a facção Comando Vermelho e abrigou os escritores Orígenes Lessa e Graciliano Ramos, inspirando o livro “Memórias do Cárcere”. Hoje é possível visitar as ruínas e o Museu do Cárcere que fica no local.

Presídio Ilha Grande
Museu do Cárcere | Foto: Malu Pinheiro

6- trilhas na Ilha Grande

O que não falta em Ilha Grande são opções de trilhas e trekkings – das mais simples até as mais avançadas. Há aventureiros que vão para a Ilha Grande e fazem todo o entorno da Ilha com trilha. No total, são 100 quilômetros de trilhas contornando partes da área protegida da ilha.

Falando nisso, vale dizer que Ilha Grande é subdividida em três regiões de preservação: Parque Estadual da Ilha Grande (PEIG), Parque Estadual Marinho do Aventureiro (PEMA) e Reserva Biológica da Praia do Sul (RBPS). Alguns desses trechos são proibidos à visitação.

São 16 trilhas oficiais, numeradas e super sinalizadas. Por lá, você encontrará placas e informativos sobre elas, mas também é possível já planejar as que você quer fazer checando todos os detalhes no site da Ilha Grande com as trilhas oficiais.

trilhas em Ilha grande
Praia da Bica com o Pico do Papagaio de fundo | Malu Pinheiro

A T01, por exemplo, é bem pequeninha e você consegue fazer em uma manhã para conhecer a Praia da Júlia, Praia da Bica, Praia Comprida, Praia da Crena e Abrãaozinho.

7- pico do Papagaio

Essa trilha vale um item separado. A T13 (Abraão – Pico do Papagaio) é para quem tem espírito aventureiro e muita disposição. Com 982 metros, é possível ter uma vista 360º da ilha no Pico do Papagaio, ou seja, um visual incrível.

Trilhas em Ilha Grande
Vista da Trilha | Foto: Paula Perseke

Nem pense em ir sem guia, a trilha é considerada a mais difícil de Ilha Grande, com mata fechada, inclinação e por vezes sem trajeto demarcado. O percurso dura quase 6 horas (subida e descida) e algumas agências da Vila do Abraão oferecem o passeio, inclusive com uma saída noturna para ver o nascer do sol lá de cima.

8- cachoeira e Praia da Feiticeira

Ilha Grande não é só praia e a Cachoeira da Feiticeira é a mais famosa da ilha. Saindo do Abraão uma trilha de 1h30 te leva para a cachoeira. O caminho é bem sinalizado, mas tem alguns trechos mais íngremes, é uma trilha nível moderado. Não é uma queda d´água enorme, são 15 metros, mas dá uma refrescada gostosa depois de uma caminhada.

Seguindo o caminho, cerca de meia hora depois, chega-se na Praia da Feiticeira. Uma boa opção é ir por terra e voltar de barco. O trajeto até a Praia do Abraão custa R$ 20,00, podendo ser negociado com o barqueiro.

9-mergulho de batismo

Mergulho em Ilha Grande
Mergulho em um costão perto da Lagoa Verde | Foto: Malu Pinheiro

Ilha Grande tem pontos de mergulho incríveis. Então, que tal aproveitar para fazer um mergulho de batismo? Ter essa nova perspectiva de Ilha Grande, com um instrutor que vai ter guiar pelos melhores pontos, é uma experiência incrível. Para quem já é mergulhador certificado, é possível mergulhar no Naufrágio de Pinguino, um dos mais visitados do Brasil, na Gruta do Acaiá e na Ilha Jorge Grego.

10-passeios de barco

Os passeios de barco são a maneira mais prática e rápida de explorar a ilha. Com pouco tempo da Ilha, é inevitável não fazer pelo menos um deles. Na Vila do Abraão existem diversas agências que vendem esses passeios, mas todas cobram basicamente o mesmo preço pois os barcos são compartilhados. Talvez você consiga um desconto caso feche mais de um passeio ou serviço com a mesma agência.

Os passeios duram o dia todo, saindo bem cedinho e voltando após o pôr do sol. Os valores giram entre R$100 e R$200, dependendo da temporada. Ah, se o seu budget for maior (ou estiver em um grupo grande) é possível também alugar uma lancha particular e fazer o seu próprio percurso. Os passeios mais populares são:

Volta Ilha

passeios ilha grande
Pedra do Caxadaço | Foto: Malu Pinheiro

É o passeio mais completão de Ilha Grande e passa pelo mar aberto, em praias oceânicas. Quem vai pela primeira vez para Ilha Grande dificilmente consegue escapar desse passeio. As paradas dele incluem a Aventureiro, Parnaioca (uma praia lindíssima com corais em suas extremidades que quase sempre contam com a presença de tartarugas), Caxadaço (onde existe uma pedra que, para os mais radicais, serve de trampolim para um belo puro no mar), Meros (também um ótimo lugar para fazer snorkel), Lagoa Verde e Praia de Fora.

Super Sul

Esse passeio é mais interessante por passar por lugares de difícil acesso, como Dois Rio de Lopes Mendes. Além disso, ainda tem uma parada em Jorge Grego, um dos melhores pontos de mergulho da ilha. As parados do Super Sul são Ilha de Jorge Grego, Dois Rios, Caxadaço e Lopes Mendes.

Ilhas Paradisíacas

Ilha Grande
Ilhas Botina | Foto: Malu Pinheiro

O nome do passeio já fala por si só, né? Realmente as pequenas ilhas não decepcionam e esse passeio percorre os pontos mais bonitos da região: Ilhas Botina, Cataguases, Praia do Dentista, Piedade, Saco do Céu e Lagoa Azul

Meia volta à Ilha

Esse passeio pode ser uma opção para quem já conhece Ilha Grande e quer algo menos tradicional. Aqui as paradas geralmente são Lagoa Azul, Lagoa Verde, Maguariquessaba, Panorâmica no Saco do Céu, Praia do Amor e Feiticeira.

Dicas para se dar bem na ilha grande

Vamos para as dicas finais de Ilha Grande?

  • Leve dinheiro: Não existe caixa eletrônico por lá. A maior parte dos estabelecimentos aceitam cartão, mas leve dinheiro com você.
  • Capriche nos lanchinhos: Alguns passeios duram o dia inteiro, é sempre bom ter um lanchinho. Recomendo comprar até antes da viagem, pois as opções na Vila do Abrão são bem limitadas e mais caras – por lá só tem um mercado.
  • Não espere muito da internet local: Em momentos de pico, quando a ilha está muito cheia, a internet é bem fraca – não espere um 4G incrível!
  • Leve seu snorkel: Se você tiver snorkel, leve o seu! Não faltarão oportunidades para usá-lo. Ah, também não esqueça de levar o repelente, ele é o seu melhor amigo.
  • Evite malas de rodinha: o percurso do porto na Vila do Abraão até as pousadas é de terra batida, portanto pense bem nisso quando for preparar a sua mala.

E aí, curtiu nossas dicas sobre Ilha Grande? Tem alguma sugestão ou ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!


Veja também: 


E, para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso Instagram!

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário