Chihuly Garden and Glass: o museu de vidro em Seattle

Conheça o Chihuly Garden and Glass, o museu de vidro de Seattle, uma verdadeira viagem por um mundo de cores e formas, da floresta ao oceano com direito a muitas luzes e reflexos. Nesse post divido com vocês uma visita detalhada a um dos cantinhos mais especiais de Seattle. Vem comigo?

O Museu Chihuly Garden and Glass é uma exposição permanente da obra de Dale Chihuly, um artista norte americano de Tacoma (cerca de 40 minutinhos de Seattle) com mais de 70 anos de idade e conhecido no mundo todo por suas instalações mirabolantes de vidro soprado. Quem ainda não conhece o trabalho dele ficará encantado com a genialidade e a capacidade de Chihuly de transformas espaços e criar verdadeiras florestas de vidro.

O museu recria algumas das principais obras da carreira de Chihuly, e nos convida a explorar, imaginar, fotografar e compor. Um passeio maravilhoso que vai mexer com a sua criatividade e te deixar inspirado.

A experiência: como é a visita no Chihuly Garden and Glass

Glass Forest

Com uma pegada groove e um jeitão de anos 70, a primeira sala do museu, Glass Forest (Floresta de vidro) é uma pequena amostra do show de cores e iluminação de Chihuly e um belo aperitivo para começar a visita.

Chihuly Garden
Glass Forest: a primeira sala do Museu Chihuly

Bolhas de vidro coloridíssimas servem de base para um conjunto de finíssimas hastes de vidro. A obra está posicionada sobre um espelho dando uma ilusão de floresta sem fim. Essa obra foi criada. durante a época em que Chihuly era professor em Nova York, e foi uma revolução para o universo do vidro.

Northwest Room

A próxima parada é o Northwest Room (o quarto noroeste), uma alusão as influências de Chihuly – os cestos indígenas Navajo, o paredão de tecidos hiper coloridos e as imagens de diferentes peças Navajo. As obras indígenas estão contrapostas com “cestos de vidro” criados por Chihuly, peças super bonitas com formatos variados e de uma delicadeza impressionante.

Chihuly Garden
Parade de tecidos coloridos no Northwest Room
Chihuly Garden
Cestos Navajo ao lado das obras de Chihuly

Sealife Room

Dali seguiremos para o Sea Life Room, que para min foi o primeiro UAU do dia. Uma instalação gigante em tons de azul com pequenos caranguejos e estrelas do mar em tom amarelado. A escultura forma uma espécie de rodamoinho de cores e formatos que fica muito linda com a iluminação.

Chihuly Garden
Peça central do Sealife Room
Chihuly Garden
E oljha só que bonito o reflexo da peça. O efeito visual é muito impressionante

Persian Ceiling

O telhado persa foi um dos meus cantinhos preferidos do museu, um telhado de vidro transparente composto por centenas de conchas multi-coloridas que reflete as cores do arco-íris.

Chihuly Garden
Persian Ceiling e seas formas coloridas
Chihuly Garden
E olha só que bonito os reflexos do telhado na parede branca

Passei um tempo considerável caminhando para cá e para lá observando os diferentes tons de luz, e descobrindo pequenos objetos cuidadosamente colados entre as conchas. Um espetáculo!


?Já reservou seu HOTEL em Seattle?

Confira ofertas nos melhores hotéis da cidade! 


Mille Fiori

Aqui chegamos em mais uma sala espetacular, a Mille Fiori (Mil flores) é uma espécie de floresta tropical de vidros multi-coloridos. Uma combinação muito linda de pequenos arbustos de cores únicas e gritantes com bolas coloridas e árvores de vidro espalhafatosas.

 Chihuly Garden
Entrada impactante da Mille Fiori
 Chihuly Garden
Cada ângulo uma nova perspectiva

O jogo de cores era tão gritante que eu não sabia pra onde olhar e tratei de me concentrar e fotografar pequenos detalhes. Outro grande UAU para o museu.

Chihuly Garden
Mille Fiori vista do outro lado
 Chihuly Garden
Detalhes

Ikebana and Float Boats

E quando pensei que já havia visto o melhor do museu, cheguei a essa sala escura com dois barcos muito iluminados repletos de bolas coloridas. A inspiração claramente japonesa – e olha que eu ainda nem havia lido o nome da sala – me encheu de memórias gostosas do meu intercâmbio no Japão. Amei as bolas, os reflexos e guardei esse pedacinho muito especial do museu Chihuly no coração.

Chihuly Garden

Chihuly Garden
Ikebana and Float Boats

Chandeliers

A próxima sala é uma coleção de 7 grandes lustres de vidro, e uma série de desenhos dos lustres desenvolvidos na década de 90 para a exposição de Veneza. Fiquei imaginando que lindo que foi caminhar pela cidade e se deparar com essas formas tão lindas.

Chihuly Garden
Chandelier laranja, um dos meus preferidos
Chihuly Garden
Grande Chandelier azul
Chihuly Garden
Chandeliers do Chihuly Garden

E claro que fotografei um monte de detalhes.

Chihuly Garden Chihuly Garden Chihuly Garden

 

Macchia Forest

E pra fechar a parte interna do museu uma sala repleta de vasos grandes em forma de concha. A brincadeira de Chihuly aqui foi misturar todas as possíveis cores de vidro soprados combina-los em um ambiente. É bonito, mas depois de tantas formas inesperadas, acabei passando meio rápido.

Chihuly Garden
Macchia Forest

Glasshouse

Dali chegamos a um conservatório de vidro enorme e muito iluminado repleto de flores de vidro avermelhadas. Esse conservatório é a principal peça do museu, tem vistas super bacanas para a Space Needle (capriche nas fotos!) e para o jardim do museu. O espaço, inspirado na paixão de Chihuly por estufas de planta, está disponível para locação para eventos.

Chihuly Garden
Glass House do Chihuly Garden
Chihuly Garden
Detalhes das flores
Chihuly Garden
Space Needle vista do Chihuly Garden

Depois de caminhar por todo o museu com o Tom no carrinho resolvemos tirar o baby e deixar ele engatinhar um pouco. E não é que ele adorou o conservatório? Aproveitei pra fotografar!

Chihuly Garden
Baby Tom se esbaldando no Chihuly Garden

O Jardim de Chihuly

A área externa do museu tem um jardim de plantas recheado de formas de Chihuly – que achei bacana, mas bem inferior a parte interna e um corredor repleto de pequenos lustres de vidro coloridas que conecta o museu ao auditório.

Chihuly Garden

Auditório: Pra ver Dale Chihuly em ação

Pra quem quer ver Chihuly em ação montando instalações alucinantes pelo mundo afora a graça é assistir um – ou mais, nós assistimos três – dos vídeos dele trabalhando. Muito legal ver como os desenhos viram vidro soprado, que viram grandes instalações e esculturas de vidro.

E falando em vidro, foi durante um dos vídeos que vi que Dale Chihuly é cego de um olho, o olho dele foi ferido por vidro durante um acidente de automóvel.

Aproveite as fotos grátis

Para quem curte tirar fotos – e ser fotografado. A dica é aproveitar os fotógrafos do museu, que tiram fotos lindas – e já inclusas no preço da entrada. Ao ser fotografado você recebe um cartãozinho com um número e pode baixar a foto por internet ou usar um dos quiosques do museu para enviar a foto para o seu email.

Olha só as duas fotinhos que tiramos:

Chihuly Garden
Nós no Museu Chihuly

O restaurante do Chihuly

O restaurante do Museu Chihuly, o Collections Café, é lindo e está muito bem avaliado no Yelp e no Trip Advisor. Como visitamos o museu bem cedo, não pude experimentar, mas fiquei com vontade, viu?! 😛

Chihuly Garden & Glass
Collections Café no Chihuly Garden & Glass

Vale a pena visitar o Chihuly Garden and Glass?

Muito. Arrisco dizer que se tivesse que escolher apenas uma atração paga em Seattle, escolheria o museu Chihuly sem pensar duas vezes. Fiquei encantada com as cores, com a iluminação e com os reflexos das obras para quem curte arte é um verdadeiro show, e para quem curte fotografia, as possibilidades são simplesmente infinitas. Recomendo muito.

Chihuly Garden
Lustres coloridos no corredor externo do Chihuly Garden

Planeje sua visita Chihuly Garden and Glass

Como chegar?

O Chihuly Garden and Glass fica no centro de Seattle e coladinho ao Space Needle.

Endereço: 305 Harrison St, Seattle, WA 98109

Localização no Google Maps

Horários de Funcionamento

  • De segunda à quinta das 8:30 às 20:30
  • Sábados e domingos das 8:30 às 21:30

Preço dos ingressos [Julho 2017]

  • Adultos 13 – 64 anos: $29
  • Crianças e jovens de 5-12 anos: $18
  • Menores de 4 anos: grátis

O Chihuly Garden and Glass é uma das atrações do City Pass de Seattle.

Dicas para economizar:

  • A entrada ANTES das 10:00 AM tem até $10 de desconto.
  • Compre o ingresso conjunto Space Needle + Chihuly Garden and Glass ou o City Pass de Seattle

Confira os valores atualizados aqui.

E aí, curtiu a dica?

Alguém aí já conhece o museu Chihuly e quer contar para nós o que achou? 

Guarde essa dica no Pinterest!

Museu Chihuly


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Seattle?


Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

Planeje sua viagem

Comentários (3)

[…] [E se você algum dia for para Seattle, não deixe de visitar o Museu Chihuly!] […]

[…] Anne concentra algumas das atrações clássicas de Seattle como o Space Needle, e o imperdível Museu Chihuly (coloque no seu roteiro), assim como barzinhos, restaurantes, cervejarias, e o lindo Kerry Park que […]

[…] Chihuly Garden and Museum – o museu de vidro de Seattle é uma coletânea incrível da obra de Dale Chihuly, um […]

Deixe o seu comentário