Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu com crianças

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu, um roteiro completo para aproveitar sua viagem ao máximo! Neste post dividirei todas as dicas do nosso roteiro com crianças, assim como dicas para quem quer fazer uma viagem mais acelerada e com uma programação mais intensa. Pronto para se apaixonar por Foz do Iguaçu?

Resumo da viagem: Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu

  • Dia 1: Chegada em Foz do Iguaçu + Passeio de Helicóptero + Parque das Aves
  • Dia 2: Cataratas Argentinas
  • Dia 3: Cataratas Brasileiras + Macuco Safari
  • Dia 4: Manhã livre + Volta para casa

Planejando sua viagem para Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é um destino bacana para viajar com crianças?

Sem dúvida! Atrações turísticas bem preparadas e acessíveis, hotéis excelentes e um atrativo natural – as Cataratas – que vão te deixar se perguntando: “Como é que não visitei Foz do Iguaçu antes?”. Taí um destino espetacular para visitar com crianças!

Foz do Iguaçu

Onde ficar em Foz do Iguaçu?

Foz do Iguaçu tem uma oferta hoteleira excelente, há desde resorts equipados e com muita estrutura para famílias, hotéis charmosos para quem busca algo mais intimista, pousadinhas descoladas com precinho camarada e bons hostels para quem busca um esquema mais jovem/econômico. Aí vai a minha seleção de hotéis em Foz do Iguaçu considerando hotéis testados e aprovados por mim, hotéis indicados por amigos e leitores e hotéis ultra bem avaliados no booking.

Hotéis Caprichados

Belmond Hotel das Cataratas
O Belmond foi a minha primeira escolha para curtir as Cataratas. Fiquei encantada com o estilo colonial do hotel (sim tenho uma séria queda por edifícios históricos) e pela possibilidade -única – de viver uma experiência intimista com as Cataratas. Hóspedes do Belmond tem o privilégio de curtir o parque depois do horário de fechamento e antes do horário de abertura. Você vai dormir pelo parque, ter o privilégio de ver um pôr do sol inesquecível e um nascer do sol bem colorido.

Belmond Hotel das Cataratas
Fachada do Belmond: muitos dos elementos arquitetônicos são tombados pelo patrimônio histórico nacional. A cor do edifício é um deles!
Belmond Hotel das Cataratas
Decoração colonial dos quartos do Belmond
Belmond Hotel das Cataratas
Caio e eu curtindo a piscina das crianças
Belmond Hotel das Cataratas
Nascer do sol nas Cataratas – Essa é a vista do topo do mirante do hotel

E claro, com todo o padrão de conforto e o nível de serviços espetacular do grupo Belmond. Ficamos encantados com o carinho com os nossos pequenos. E falando em crianças, o hotel tem uma Kids Club pequenino porém acolhedor, jardins maravilhosos e um complexo de piscinas lindão. Amamos a experiência, e se couber no seu budget recomendamos que você durma pelo menos uma noite no parque nacional. Reserve aqui!

Veja aqui todos os detalhes da nossa experiência no Belmond.

Wish Foz do Iguaçu
O Wish foi a nossa escolha para curtir os dois primeiros dias em Foz do Iguaçu e que sensacional! Os quartos são ótimos, a área de lazer infantil é impecável, e o complexo de piscinas é delicioso. Nossos pequenos foram hiper bem cuidados por toda a equipe que se desdobrou para nos atender bem, e até providenciou comidinhas que não estavam no buffet para as crianças.

E sabe o que e mais gostei? Ter um hotel super estruturado e bem preparado para receber crianças, sem aquela cara de hotel infantil ou de resortão. O hotel é lindo e super agradável para pessoas de todas as idades!

Onde ficar em Foz do Iguaçu
Uma das piscinas do Wish
Onde ficar em Foz do Iguaçu
Parquinho para crianças bem pequenas (a outro para as maiores também!)

O Wish foge do esquema tradicional de “hotelão”, os quartos estão divididos em pequenas casas e algumas dessas casas tem uma pequena piscina ou jacuzzi. Nosso quarto estava equipado com uma cama de casal, duas de solteiro e ainda couber um berço para o Baby Caio e uma barraca para as crianças brincarem. O hotel é gigante e disponibiliza carrinhos de golf para trazer e levar os hóspedes de um cantos para o outro. Piscina maravilhosa e um café da manhã delicioso completam a experiência com chave de outro.

Veja aqui ofertas para o Wish Foz do Iguaçu

Onde ficar em Foz do Iguaçu
Quarto do Wish: pedimos uma cama de casal, 2 twins e um berço. E não é que ainda coube uma barraca para os pequenos brincarem?

Onde ficar em Foz do Iguaçu

Bourbon Foz do Iguaçu
O Bourbon Foz do Iguaçu é uma mistura interessante de hotel corporativo (a área de eventos é excelente e recebe várias grandes convenções e resort familia). Quartos grandes com decoração clean, uma área de lazer completíssima e café da manhã bem elogiado pelos hóspedes são alguns dos pontos forte do resort

O Bourbon é uma opção espetacular para famílias e conta com um club kids temático da turma da Mônica, mini parque aquático, sala de boliche arvorismo para os jovens e uma programação bem animada para famílias.

Dica do leitor: Algumas amigas queridas já se hospedaram no Bourbon e amaram a experiência! Na minha viagem infelizmente já estava esgotado. Reserve aqui!

Mabu Thermas Grand Resort
O complexo de piscinas caprichado e o acesso gratuito ao parque aquático Blue Park são alguns dos destaques do Mabu um hotel que tem uma área verde linda, clubinho temático de sitio do picapau amarelo para as crianças e muitas atividades bacanas.

Os quartos remodelados ficaram bem bacanas com uma decoração de bom gosto e que combina com o verde do hotel. O Mabu é um dos hotéis mais vendidos de Foz do Iguaçu e tem ótimas avaliações

Dica do leitor: Várias amigas e alguns leitores já se hospedaram no Mabu a maioria das pessoas gostou bastante. Alguns mencionaram que há uma ala do hotel que os quartos ainda não foram renovados e estão mais antigos, e algumas amigas reclamaram da insistência dos vendedores do programa de timeshare. Em geral, para quem tem crianças, a experiência e o parque aquático valem a pena.

Veja aqui ofertas para o Maru Thermas Grand Resort

Recanto Cataratas
Parque aquático com piscinas termais, parquinho caprichado (para crianças a partir de 3 anos) são alguns dos destaques do Recanto Cataratas, um hotel suuuuper bem avaliado e que costuma ter ótimas promoções.
Os quartos são bem grandes, silenciosos e confortáveis.

Dica do leitor: A Ana, uma amiga querida, ficou hospedada no Recanto com a família e adorou. Ela achou o custo x benefício incrível, aproveitou muito as piscinas e acho a distância super tranquila para quem vai de carro. Reserve aqui!

Hotéis com bom custo x benefício

Vivaz Cataratas
Para quem procura um hotel novinho, e bonito o Vivaz é uma ótima pedida. Os quartos são grandes, bem iluminados (com um janelão que vai do teto ao chão) e vistas deliciosas para o jardim.
Falando em jardim o Vivaz tem um complexo de piscinas caprichado com uma piscina adulta redonda rodeadas de espreguiçadeiras e uma área infantil bem legal com toboáguas, brinquedos molhados e rio de correnteza.

Veja aqui ofertas para o Vivaz Cataratas

Bogari Hotel
O Bogari é uma opção mais adulta e bem central, uma opção interessante para quem quer curtir as opções de entretenimento e os restaurantes do centro de Foz do Iguaçu.
Com quartos compactos, bem limpos e funcionais, uma área de lazer com uma pequena piscina e três jacuzzis, café da manhã delicioso e serviço excelente, o Bogari é um dos hotéis mais bem avaliados de Foz (nota 9,1 no booking e mais de 1600 avaliações) e tem um custo x benefício espetacular. Reserve aqui

San Juan Eco Hotel
Com jeitão de hotel fazenda o San san tem quartos bem clean e uma externa gostosa com piscinas, quadras de tênis e salão de jogos. O San Eco Hotel é um hotel bem localizado com um custo x benefício espetacular e uma das melhores avaliações de Foz (nota 9,1 e mais de 3 mil avaliações).

Veja aqui ofertas para o San Juan Eco Hotel

Pousada Nanai
Para quem curte um esquema mais descontraído e um jeitão família, a pousada Nanai é uma ótima pedida. Quartos confortáveis com decoração fofa, novinhos e bem limpos, e uma área externa gostosa com uma pequena piscina. A pousada é bem localizada e super bem avaliada! Reserve aqui!

Outros hotéis com excelente custo x benefício

Alternativas econômicas (Menos de R$100 por noite)

Hostels bem avaliados

Para quem curte a vibe jovem e divertida dos hostels/ albergues Foz tem várias ótimas opções. Duas das mais bem avaliadas são:

Prepare-se para cruzar a fronteira

Visitar o lado Argentino das Cataratas do Iguaçu foi para mim um dos destaques da viagem, mas para isso você precisa levar um passaporte válido (não esqueça da autorização de viagem dos pequenos) ou um RG com até dez anos de emissão (eles não aceitam documentos antigos). A carteira de motorista Brasileira (CNH) é válida até 50Km da fronteira e para permanências de até 72 horas.

Além do parque Argentino das Cataratas (que é espetacular), há restaurantes deliciosos em Puerto Iguazu e um Duty Free caprichado. (E lembre-se que o valor máximo para compras terrestres no exterior é de USD 300).

Vale a pena alugar carro em Foz do Iguaçu?

Muito. Foz do Iguaçu é um destino fácil de dirigir e as estradas são bem sinalizadas. O carro alugado pode cruzar a fronteira para a Argentina, mas você precisa adquirir a carta verde (seguro obrigatório de terceiros). Você não poderá cruzar a fronteira do Paraguai com o carro alugado.

Financeiramente, alugar carro sai mais barato do que fazer tudo de táxi, e mais caro do que fazer tudo de Uber, mas te dá a tranqüilidade de ter um carro a sua disposição a qualquer momento. Nós optamos por não alugar carro e fizemos os passeios combinando Uber e táxi.

Aeroporto de Foz do Iguaçu com crianças – Dicas práticas

Vai levar carrinho de bebê?

Avise a comissária de bordo que você quer receber seu carrinho na saída do avião. Nós não avisamos e nosso carrinho foi direto para a esteira. Isso significou uma bela caminhada com duas crianças pequenas no colo. #Ficaadica

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Com meu carrinho gigante passeando no Parque das Aves em Foz do Iguaçu – As atrações são acessíveis e bem preparadas para receber carrinhos gigantes

Vá preparado – Especialmente na volta
O aeroporto de Foz do Iguaçu está passando por uma boa reforma, e por enquanto (abril de 2019) não há sala VIP, e nem boas opções de lanchonetes dentro da área de embarque. Há apenas uma lanchonete, bem fraca. Eu se fosse você, levaria lanchinhos (para as crianças e para você) gostosos para não passar apuros.

Cataratas Argentinas ou Brasileiras?

Faça as duas! O parque argentino é maior e mais cheio de possibilidades, mas o brasileiro é tão lindo e fácil de visitar que eu não perderia a chance.
Em baixa temporada o parque argentino – apesar das distâncias maiores – é mais fácil de visitar e divertido para as crianças. O parque é super acessível e as passarelas de madeira comportam até mesmo um carrinho gigante como o meu.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Parque das Cataratas Argentino: uma vista mais sensacional que a outra

Nós começamos a visita pelo parque Argentino pois passaríamos o último dia hospedadas dentro do parque brasileiro no Belmond Hotel das Cataratas . Para quem vai ficar na cidade, vale começar pelo lado brasileiro, e deixar o lado Argentino – que na minha opinião é mais bonito – para o final.

Foz do Iguaçu: Ingressos que precisam ser comprados com antecedência

Se você viaja na alta temporada, ou durante o final de semana, vale comprar o Macuco Safari com antecedência (os ingressos se esgotam) e planejar sua ida para Argentina (que pode ser de carro alugado, táxi, transporte público, ou transfer) antes de viajar.

A) Macuco Safari
O famoso passeio de barco pelas Cataratas Brasileiras merece ser visitado, e como o número de pessoas por dia é limitado, vale comprar com antecedência. O ponto de saída do Macuco Safari fica na entrada do parque, e eu se fosse você, iria logo o primeiro horário da manhã.

B) Transfer para as Cataratas Argentinas
Uma forma econômica e descomplicada de visitar as Cataratas Argentinas é fechar o pacote transfer coletivo + ingresso para as cataratas argentinas. Isso de poupa da chatice de trocar dinheiro no caminho (sim, você precisará dinheiro para comer dentro do parque – eu usei meu cartão internacional e foi tranqüilo). Não se esqueça de levar um RG (com até dez anos e em bom estado) ou passaporte para cruzar a fronteira. Crianças que viajam sem um dos dois pais precisam de autorização de viagem.

C) Combo de ingressos
Há vários combos de ingressos interessantes em Foz, o Passaporte 3 Maravilhas (vendido na bilheteria de qualquer uma das atrações) que inclui o passeio as Cataratas Brasileiras, o Marco das 3 fronteiras e a Visita Panorâmica a Usina de Itaipu é uma super pedida para quem fará os 3 passeios.

Quem viaja com crianças também pode comprar o passe de atrações da Dreamland (Museu de Cera, Vale dos Dinossauros + Bar de gelo) e economizar um dinheirinho.

E não viaje sem seguro de viagens

Antes de viajar, confira se seu seguro de viagens é válido no Brasil todo. Na dúvida, faça um seguro viagem!

Nós usamos e recomendamos a Seguros Promo, um comparador esperto que faz uma cotação nos melhores seguros disponíveis no mercado e te oferece o melhor custo x benefício para a sua viagem.

Faça já sua cotação (e use o código Ideiasnamala5) para ganhar 5% de desconto.

Roteiro detalhado: Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu

Dia 1: Chegada em Foz do Iguaçu + Passeio de Helicóptero + Parque das Aves

Quem chega em Foz do Iguaçu até o comecinho da tarde pode aproveitar o dia da chegada para já encaixar um ou dois passeios pela cidade. Nós chegamos ao meio dia, passamos no hotel Wish Foz do Iguaçu para deixar as malas e almoçar e fomos fazer o passeio de helicóptero e visitar o parque das aves.

Falando em hotel, dividimos nossa estadia em Foz do Iguaçu em 2 hotéis diferentes: O Wish (que tem uma estrutura sensacional para crianças e adultos) e o Belmond Hotel das Cataratas, que é maravilhoso, e é o único hotel dentro do Parque Nacional das cataratas Brasileiro. Amamos e recomendamos os dois hotéis.

Passeio de Helicóptero em Foz do Iguaçu

O sobrevoo de helicóptero pelas cataratas é um dos passeios mais espetaculares da região, se couber no seu budget, faça!

As saídas acontecem do Heliponto da Helisul (bem em frente ao parque das aves) a cada 15 minutos. Não é possível reservar o passeio com antecedência, e em alta temporada pode haver uma fila. No nosso caso, compramos os bilhetes e já embarcamos em seguida.

O passeio é super rápido e dura cerca de 10 minutos, há uma equipe em solo que nos ajudou com o embarque e emprestou tampões de ouvidos parrudos para as crianças. O helicóptero faz bastante barulho mas aparentemente as crianças não se assustaram. Minha mãe sentou com os meninos na parte traseira do helicóptero e eu fui na frente, com os olhos grudados numa janela tentando curtir cada segundo do passeio.

Foz do Iguaçu
Sobrevoo das cataratas do Iguaçu: maravilhoso

O passeio é muito rápido, são 10 minutinhos com direito a várias idas e vindas para curtir as cataratas de diferentes ângulos, o helicóptero faz curvas fechadas e rápidas – se você costuma enjoar, vale tomar um remedinho – e sinceramente não dá tempo de curtir o passeio e filmar ao mesmo tempo. Pensando nisso, aproveitei a oportunidade para viver mais e gravar menos e foi muito especial.

E valeu a pena fazer o sobrevoo das cataratas em Foz do Iguaçu?
Cada segundo. Para mim que sempre sonhei em ver as cataratas de pertinho foi a realização de um sonho e um contato inicial espetacular com as cataratas.

E antes que você me pergunte, os pequenos adoraram! Tom ficou vidrado no helicóptero e queria muito ir de novo (explicamos com carinho que há passeios que não se repetem na mesma viagem. Rs) Já o Caio que estava na hora da soneca passou os primeiros minutos com olho grudado na janela e logo foi pegando no sono, ele não chegou a dormir completamente, mas acho que se o voo tivesse mais 5 minutinhos, ele capotaria.

Os passeios da Helisul custam R$430 por pessoa e podem ser comprados direto no balcão. A duração estimada é de 10 minutos

Parque das Aves

O heliponto da Helisul fica exatamente em frente ao Parque das Aves o que é perfeitinho para que quer casar os dois passeios como nós fizemos. A bilheteria do parque fecha às 17:00 horas, nós entramos umas 15:30 e tivemos um tempo legal para percorrer tudo com calma antes do fechamento do parque.

O parque das Aves é o maior projeto de aves do Brasil, e um projeto ambiental interessante que combina visitação turística com projetos de conservação das espécies e reprodução em cativeiro. São dezenas de viveiros imensos e aves pra lá de coloridas que vão te encantar.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Guara no Parque das Aves

E vale a pena visitar o parque das aves?

Eu tinha muita dúvida entre visitar o ou não o parque das Aves, mas minha mãe, que já conhecia, fez absoluta questão. “Os meninos vão amar as araras” – ela falava animada enquanto comprávamos nossos ingressos, já eu, queria ter certeza que o parque era parte de um projeto ambiental sério antes de apoiar e visitar.

Há cerca de 1500 aves de mais de 150 espécies diferentes, e boa parte destas aves chegou ao parque após ser apreendida pela polícia federal e não tem condições de ser reintegradas a natureza. Algumas aves chegaram muito machucadas e foram tratadas pelo parque, outras foram domesticadas e perderam seus extintos de defesa naturais. Outro braço importante da missão ambiental do Parque das Aves é a reprodução em cativeiro de aves ameaçadas de extinção para posterior soltura na natureza – e foi este pedaço que me fez considerar a nossa visita válida e importante, projetos que re-inserem animais na natureza de forma séria e responsável merecem meu suporte.

De volta a visita, o parque é realmente bacana. Os viveiros são grandes, bem cuidados e muitos deles permitem entrarmos e caminharmos onde os animais voam. Nossos pedaços preferidos do passeio foram o viveiro dos flamingos (ô ave bonita), o viveiro dos guarás (quem for ao Delta do Parnaíba no Piauí terá a chance de ver a revoada dos guarás e se encantar por esta ave) eo famoso viveiro das araras, onde dezenas de araras coloridas voam para lá e para cá encantando os visitantes.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Araras: uma das atrações mais especiais do Parque das Aves

E claro, não posso esquecer dos papagaios (adoro papagaio) tagarelas que me arrancaram risadas genuínas ao exclamar: Lorooo, dá o pézinho! Lembrei muito do meu avô e de seu papagaio Enéias (Meu vô arrasou no nome).


Parque das Aves

Endereço: Av. das Cataratas, 12450 – Vila Yolanda, Foz do Iguaçu

Horários de funcionamento: Todos os dias das 8h30 às 17h

Ingressos:

  • Adultos: R$45
  • Estudantes e melhor idade: R$22
  • Crianças até 8 anos: grátis

Jantar em Foz do Iguaçu

Como viajamos com duas crianças pequenas preferimos voltar direto para o hotel e descansar. Quem tiver pique pode emendar a visita com algum jantar caprichados (tem churrascaria, festival Italiano, e algumas opções legais no centro de Foz. Nós não testamos nenhuma).

Nossa escolha: Jantar e brincadeira no hotel

Chegando no hotel ainda sobrou pique para visitar a brinquedoteca que é espetacular. Linda, limpa, bem equipada e ainda conta com uma copinha 24 horas para os pequenos. Pontos positivos para o Wish.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Parquinho do Hotel Wish em Foz do Iguaçu

Nesta noite jantamos na churrascaria a La Carte do Wish que é bem gostosa. Dividimos uma costela bovina com acompanhamentos gostosos e só passamos a sobremesa porque os meninos estavam cansados.

Mil pontos para a atenção aos detalhes do Wish

Quando reservei a churrascaria perguntei sobre o cardápio para garantir que haveria arroz e feijão para os meninos, e recebi a resposta mais legal do mundo: Peça a comida que quiser para os meninos, e se não tiver no cardápio nós buscaremos no buffet ou faremos. Pedi o trio preferido do Tom: Arroz, Feijão e Brócolis, e assim que chegamos para jantar o nosso pratinho infantil já estava nos esperando.

A segunda surpresa bacana do dia: O Wish não cobra a comida dos pequenos! Seja no buffet ou a la carte, e até mesmo fora de hora! Há também uma copinha 24 horas com leite frutinhas e outras comidinhas. Fiquei encantada com o serviço.

Dia 2: Cataratas Argentinas

Paradas do dia 2:

  • Cataratas Argentinas
  • Marco das 3 fronteiras

Hoje é dia de visitar as Cataratas Argentinas, a experiência mais intensa e mais linda que você irá vivenciar nas Cataratas do Iguaçu. Quem não se hospedar no Belmond Hotel das Cataratas, pode inverter este roteiro e deixar as cataratas Argentinas para o final da viagem. Porque? É mais bonito, mais molhado e mais especial.

Prepare-se para caminhar:
O passeio às Cataratas Argentinas é maravilhoso, sem exagero uma das experiências mais lindas que já vivi. Porém, para chegar às Cataratas você tem que estar disposto a caminhar. São três trilhas principais 2,2Km para a Garganta do Diabo, 1,7Km para o Circuito superior e 1,4 Km para o Circuito inferior, e todos valem mega a pena. Vá de sapatos confortáveis!

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Trilha dentro do parque das Cataratas Argentinas. A maior parte das trilhas é acessível e o visual é maravilhoso com muitas borboletas, pássaros, e claro, os Quatis!

Como chegar às Cataratas Argentinas?
Para chegar às Cataratas Argentinas você pode contratar um transfer – quem quiser sossego pode contratar um combo esperto com transfer compartilhado + ingressos que sai cedinho dos hotéis e do centro de Foz do Iguaçu. O legal de contratar o transfer é evitar o “saca dinheiro”, “troca dinheiro” que nos levou quase uma hora, e a fila para comprar ingresso nas Cataratas Argentinas.

Nossa experiência nas Cataratas Argentinas
Nosso dia começou bem cedinho! Pegamos um táxi (vou deixar o contato dele porque o cara foi super atencioso. O nome dele é Weber (045) 9148-3310) que eu havia negociado no dia anterior até as cataratas argentinas fazendo uma parada no caminho para trocar dinheiro (trocamos 200 reais) para pesos argentinos.

Na teoria da para pagar a entrada com cartão internacional – eles não aceitam reais – na prática, minha mãe teve uma experiência bem chata com cartão que não passou na última visita dela e insistiu para que trocássemos dinheiro no caminho.

Repetindo: Não se esqueça da documentação para cruzar a fronteira argentina

Para cruzar ao lado argentino é preciso levar RG (com menos de dez anos), carteira de motorista válida ou passaporte. Eu levei nossos passaportes pra não ter chateação. Como viajamos fora de temporada, não havia fila e foi super rápido. Na alta temporada (férias e finais de semana prolongado), minha dica é sair bem cedo! Como viajei com as crianças tive que levar as autorizações de viagem (no caso deles está impressa no passaporte) que foi bem conferida pela polícia federal no processo de imigração.

Chegando nas cataratas argentinas
Pouco tempo depois chegamos nas Cataratas Argentinas, compramos nosso ingressos e fizemos uma caminha curtinha rumo ao trenzinho que conecta a entrada do parque as cataratas. O trenzinho funciona com um sistema de senhas com saídas a cada 15 minutos. Pegue sua senha logo na chegada para diminuir o tempo de espera.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Trenzinho: o primeiro passo para visitar as cataratas argentinas

Quem viaja com crianças terá que deixar o carrinho no primeiro vagão do trem (mesmo o meu que é duplo gigante foi montadinho) e embarcar em um dos outros vagões. Nós pegamos o trem até a última estação – Garganta do Diabo – e fizemos a trilha de 1,1 Km (2,2Km ida e volta rumo às cataratas. A trilha é uma plataforma de madeira que vai cruzando a selva e o rio, o caminho é todo lindo e tem som de passarinhos e cigarras cantando, borboletas voando e se você tiver olhos atentos ainda dá para avistar tartarugas e peixes no rio. Com tanto animal, não preciso nem dizer que os pequenos amaram a aventura, preciso?

A Garganta do Diabo
Chegando na Garganta do Diabo sentimos o nosso primeiro contato – molhado – com as Cataratas. As plataformas de observação argentinas ficam bem coladas na água e a sensação é especial. Num primeiro instante as crianças curtiram o “banho” de cachoeira, mas quando um vento maroto mudou o spray para a nossa direção, os pequenos ficaram bem bravos e eu decidi que era a hora de fechar a tapa do carrinho e continuar curtindo as cataratas sem irritá-los.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Garganta do Diabo – Cataratas Argentinas
Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Garganta do Diabo é a experiência preferida da minha mãe nas Cataratas, e sem dúvida um dos highlights do passeio. Fiquei encantada com a força das águas e saí de alma lavada (literalmente porque molha bem, viu?!)

Começar pela Garganta do Diabo nos deu a chance de curtir o principal circuito do parque argentino com muita tranquilidade já que a maior parte das pessoas fez a ordem inversa. Foi especial!

Terminado o primeiro circuito, pegamos o trem até a estação Cataratas e fomos explorar os circuitos Superior (100% acessível para carrinhos de bebê) e o Inferior, parcialmente acessível. Aproveitamos a espera do trem para comer empanadas (que estavam ótimas) e uma pizza bem sem vergonha.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
E olha só como nosso carinho coube bem na trilha! Achei o passeio delicioso e super tranquilo de fazer com crianças

Circuito Superior (1750 metros de caminhada)
Se a Garganta do Diabo proporciona a experiência mágica de chegar na boca das cataratas, os circuitos inferior e superior te dão a chance de contemplar as cataratas argentinas e entender a dimensão do complexo que é GIGANTE.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Esse foi um dos primeiros “UAU’s” do dia, as cataratas vão se revelando aos poucos e quando você menos percebe, chegou nesta lindeza!

Começamos com o circuito superior uma chance linda de ver a parte alta das cataratas e tirar fotografias espetaculares. Os meninos curtiram bastante este pedaço do passeio pois molha relativamente pouco e haviam muitas borboletas na trilha. Mais ou menos na metade do passeio eles capotaram no carrinho e eu e minha mãe aproveitamos o sossego para curtir a vibe sensacional das cataratas argentinas e tirar muitas fotos. O passeio é delicioso, há muitas paradas lindas e muita sombra.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Os Arco-íris formados pelas águas são uma lindeza. Passei o dia fotografando

Circuito Inferior (1400 metros de caminhada- Prepare-se para se molhar muito)
E como o circuito inferior não é 100% acessível, deixei os pequenos dormindo com a minha mãe no carrinho e fiz a última trilha do parque sozinha. E que especial!

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Essa é a escadaria inicial para quem visita o circuito inferior. Até dá para dar uma volta e fazer o caminho por uma rampa e chegar no ponto principal de forma acessível, mas boa parte da trilha não é acessível
Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Circuito Inferior: Olha só que vista linda

O circuito inferior passa pela parte baixa das cachoeiras e de tá a chance de ver de pertinho – e sentir – a força das águas. A caminhada é linda e molhada.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Última parada do circuito inferior, você chegará pertinho – bem pertinho mesmo – das águas (e sim, o banho é garantido e nos dias quentes, é delicioso).

Circuito Inferior ou Superior?
Com crianças o superior sem dúvida! Sem crianças não sei escolher, ambos são tão lindos e tão diferentes que eu se fosse você, faria os dois!

Tarde gostosa na piscina do hotel

Saímos das Cataratas às 4 da tarde, famintos e prontos para curtir a piscina do hotel e relaxar. Neste dia jantamos no buffet do Wish que é gostoso e super completo. Como todo buffet a dica é chegar cedo para comer a comidinha bem fresca.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Tom curtindo uma das piscinas Kids do Wish

Depois do jantar, ainda demos uma passadinha no Kids Club que é ótimo, e deixamos os pequenos correrem e gastarem as energias! Que dia sensacional!

Marco das 3 fronteiras

Quem tiver mais pique , pode curtir a programação do Marco das 3 Fronteiras que fica bem bonito no final da tarde e tem muita coisa legal para os pequenos.

Cada uma das cidades da triplice fronteira tem um marco que pode ser visto (com binóculos) dos outros países. O Brasileiro é administrado pelo mesmo grupo que cuida do parque nacional, e é uma reprodução bem feita de uma antiga missão jesuíta.

O Marco das 3 fronteiras tem uma programação animada com sessões de filme com documentário sobre a região, um show de fontes luminosas e um espetáculo de dança folclórica com dançarinos Brasileiros, Paraguaios e Argentinos. Há também um parquinho caprichado e um restaurante.


Marco das 3 Fronteiras

Endereço: Av. Gen. Meira, s/n – Jardim Eldorado

Horários de funcionamento: Todos os dias das 14:00 as 23:00 bilheteria fecha às 22:

Ingressos:

  • Adultos: R$24
  • Crianças até 6 anos: Grátis
  • Estudantes e Melhor idade: R$13

Dia 3: Cataratas Brasileiras + Macuco Safari

Hoje é dia de visitar as Cataratas Brasileiras, um circuito bem mais enxuto que o Argentino porém para lá de especial.

Paradas do dia 3:

  • Parque Nacional das Cataratas
  • Macuco Safari
  • Usina de Itaipú (Opcional)

Parque Nacional das Cataratas

Para visitar o Parque Nacional das Cataratas, pegue um dos ônibus que saem do Centro de visitantes (as saídas são super frequentes, e os ônibus são acessíveis e equipados com ar condicionado e vão até o parque. Os ônibus fazem quatro paradas: Trilha do Poço Preto, Macuco Safari, Trilha das Cataratas (em frente ao Hotel Belmond) e Restaurante Porto Canoas.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Uma das vistas do Parque Nacional das Cataratas, se você aguenta caminhar, não perca a oportunidade! As vistas são maravilhosas

Quem está com carrinho de bebê ou tem dificuldade de locomoção deve desembarcar na última parada e caminhar cerca de 100 metros até o elevador. Tudo é super bem sinalizado!

Topa caminhar?

Desça na parada Trilha das Cataratas e percorra uma trilha linda de 1,2 Km com direito a muitos mirantes para quedas menores. A trilha termina na espetacular Garganta do Diabo, e uma passarela – prepare-se para se molhar – te leva até a boca da cachoeira. É sensacional!

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Cataratas Brasileiras
Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Passarela rumo a Garganta do Diabo, uma lindeza (e de novo, prepare-se para o banh)

Vale falar que o Parque Brasileiro das Cataratas proporciona as melhores vistas e oportunidades fotográficas especiais. Arrisco dizer que suas melhores fotos da viagem serão tiradas aqui!

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Mirante das Cataratas: um dos destaques do parque Brasileiro

O parque Brasileiro é pequenino e o passeio completo, com todas as paradas que você quiser, leva pouco menos de 2 horas. Assim, aproveite este dia para fazer o Macuco Safari (eu se fosse você compraria o ingresso para bem cedinho e começaria por ele) e para os mais apressados, dá até para colocar Itaipu na jogada


Parque Nacional das Cataratas

Horários de funcionamento: Aberto todos os dias das 9:00 às 17:00

Ingresso:

  • Brasileiros: R$ 41 (Ingresso 28 + Transporte 11 + fundo de conservação 2)
  • Crianças de 2-11 anos e maiores de 60: R$11 (Ingresso 0 + Transporte 11 )

Nossa experiência nas Cataratas Brasileiras
Escolhi aproveitar as Cataratas sem pressa. Passei anos sonhando com esta viagem e não queria ter a pressão de fazer vários passeios num dia, por isso reservei um dia todo para as Cataratas Brasileiras – o que é um exagero – e aproveitei nossa estadia no Belmond Hotel das Cataratas para viver o parque nos momentos em que ele está fechado para todos os outros visitantes. Antes das 9:00 da matina e depois das 18:00 com direito a um pôr do sol mágico e um nascer do sol especial.

Belmond Hotel das Cataratas
Tom Brincando com a Kombi na frente do hotel: “Não é Kombi mamãe, é ônibus rosa”. Tom

Assim, nosso terceiro dia da viagem começou sem pressa. Tomamos o café da manhã delicioso do Wish, levamos os meninos para curtir umas horinhas na brinquedoteca, e saímos do hotel na hora do Check Out. De lá pegamos um uber até a entrada do parque onde pegamos a van do hotel.

Check in rápido com direito a brigadeiros maravilhosos, almoço espetacular no restaurante do Belmond e o nosso tão esperado passeio pelas Cataratas com os dois pequenos dormindo no carrinho na hora da soneca. Pegamos o ônibus na frente do hotel, e como é tudo acessível eles nem notaram a diferença e continuaram sonhando.

Belmond Hotel das Cataratas
Costela bovina com purê de mandioquinha – Nosso almoço caprichado no Belmond
Belmond Hotel das Cataratas
Prato com doces típicos brasileiros

Descemos na última parada, pegamos elevador e caminhamos até a Garganta do Diabo (aqui tivemos que fazer um revezamento para não ensopar duas crianças dorminhocas – afinal de contas, ninguém merece acordar com água na cara né?! O pedaço acessível do Parque Nacional das Cataratas é bem pequenos e em cerca de 20 minutinhos dá para ver tudo.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Garganta do Diabo – Cataratas Brasileiras

Com viajamos na época das cheias e após uma semana de muita chuva as cachoeiras estavam lotadas de água e o spray estava surreal, assim não foi tão legal para os meninos passear pelas passarelas. Eles preferiram muito mais ver as cachoeiras e os bichinhos do parque Argentino. Para não ensopar as crianças, fizemos um revezamento. Minha mãe volta com eles de ônibus e eu voltei caminhando sozinha pela trilha – e como o parque já estava fechado, havia pouquíssima gente. Achei a trilha linda, e o passeio bem agradável, mas sabe o que eu gostei mesmo? De curtir o pôr do sol.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Ensopada e feliz- era TANTA água que nem tive coragem de tirar a câmera da capa de Neoprene!

Vimos o pôr do sol em frente ao mirante das trilhas das Cataratas, pra mim uma das vistas mais lindas da viagem, e que fica a poucos passos do hotel. Curtimos o momento com calma, e curtindo a mudança das cores do céu. Que lindeza de experiência.

Cataratas do Iguaçu
Pôr do sol nas Cataratas do Iguaçu

 

Macuco Safari
O Macuco Safari era minha grande dúvida da viagem. Li bastante, conversei com amigas que têm crianças da idade dos meninos e cheguei a conclusão que o Macuco Safari não seria um passeio legal para eles. Só que muita gente querida – meu pai inclusive – dizia que o Macuco era um dos pontos altos de Foz do Iguaçu e que eu precisava viver essa experiência. Assim deixei para decidir no último momento, e entender se minha mãe daria conta de ficar sozinha como os meninos (afinal, ela já havia feito o passeio antes) enquanto eu vivia a aventura. Ela topou (obrigada mami!)

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Barco do Macuco Safari com as cataratas no fundo

O Macuco Safari é um dos passeios que precisa ser comprado com antecedência, o número de pessoas por dia é limitado e na alta temporada esgota mesmo. Eu dei sorte e consegui comprar na última hora no concierge do Belmond (que por sinal me deu várias dicas boas!)

Vá preparado:
Roupas leves, bikini por baixo, protetor solar e repelentes são boas pedidas. No pé, calce chinelos. Quem quiser manter a mochila seca pode alugar um locker por R$ 10 no ponto de saída dos barcos. [Eu ganhei uma sacolinha impermeável do pessoal do Belmond – com direto a toalha sequinha! – e ela aguentou o aguaceiro todo numa boa!]

O barco faz duas paradas antes de entrar na queda, e logo após a segunda parada, ele entra debaixo da cachoeira sem avisar. Assim, proteja sua câmera ou celular assim que o barco parar pela segunda vez. É muita água e um celular que não é a prova d’agua vai quebrar!

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Parada para foto feita durante o Macuco Safari, depois disso começa o aguaceiro!

O passeio é dividido em três etapas: Uma espécie de trenzinho que te leva até a entrada da trilha ecológica, uma trilha ecológica de 600 metros que eu achei “bem coisa para gringo ver” (se tiver com pressa, pule), e o passeio de barco que é espetacular.

Há duas opções de passeio, o molhado (que molha mesmo. Sabe aquela capa de chuva de plástico? Não vai servir pra droga nenhuma. Nem gaste seu dinheiro! E o meio ambiente agradece!) e um seco que para mais longe das cachoeiras. O barco vai numa velocidade alta, pulando que nem pipoca nas pedras e fazendo uma parada linda para foto em frente às cataratas argentinas – já falei que elas são espetaculares?

Depois da parada o barco vai até as cataratas e dá um belo banho em todo mundo, brincando de sair em entrar várias vezes até todo mundo ficar ensopado. É tanta água que eu não conseguia parar de rir, e nem abrir os olhos. Lavou a minha alma de verdade. Ao todo, a aventura leva cerca de 2 horas.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
Barco da frente saindo da cachoeira, molha bastante, viu?!

Não há idade mínima – mas deveria viu?
Depois de ter feito o passeio respirei aliviada por não ter levado as crianças. É água pra caramba, muita água mesmo. E para uma criança que não sabe nadar (o Caio tinha 1 ano na data da viagem e o Tom 2) levar tanta água na cara pode ser traumatizante. Isso sem falar na velocidade do barco, que não tem cinto de segurança e que vai a toda do rio. Pode me chamar de careta se quiser, mas não faria este passeio com crianças pequenas não.

Roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu
O visual do passeio é todo especial, gostei muito e amo mesmo tempo agradeci por não ter levado meus pequenos.

Dicas para quem quer incluir Itaipu na jogada
Se você tem apenas três dias em Foz do Iguaçu e faz questão de conhecer Itaipu – que é realmente super interessante – encaixar o passeio junto com o parque Brasileiro pode ser a solução. Tenho amigos que fizeram o passeio dessa forma e não se arrependem.

Como fazer:
Comece o dia com o Macuco Safari (reserve para às 9:15 da manhã), em seguida faça a trilha pelo circuito das Cataratas e depois do almoço siga para Itaipu.

Itaipú é gigante, estamos falando da segunda maior hidrelétrica do mundo (Itaipu perde apenas para Hidroelétrica de Três Gargantas na China, mas ganha no quesito produção energética) e num leque de opções de passeios bem interessantes. Vale falar que os ingressos de Itaipu são com hora marcada e para não amargar uma espera do cão, vale se planejar bem e comprar com antecedência.

É mais longe do que parece!
Outro ponto que vale considerar é a distância, Itaipu fica longe das Cataratas e o trajeto entre o parque Nacional e Itaipú leva cerca de 45 minutos

Para quem tem pouco tempo (e se você só tem três dias em Foz do Iguaçu, este será o seu caso) os passeios mais interessantes são:

  • Itaipu Panorâmica: O passeio mais popular de Itaipu, um passeio de 2h que te leva até a área de barragem. O passeio é guiado e conta com algumas explicações sobre o processo de geração de energia.
  • Circuito Especial (para maiores de 14 anos): Um passeio que te leva ao interior da usina, você terá a chance de ver as turbinas (imensas) de perto e a sala de controle. A duração do passeio é de 2h45
  • Itaipu Iluminada: Quem visita Foz do Iguaçu durante o final de semana (apenas sextas e sábados) pode optar pelo passeio noturno (bem parecido com a visita panorâmica) que tem duração de 1h30 e tem como ponto alto ver a barragem de Itaipú todinha iluminada.

Dia 4: Manhã livre + Voo de volta

Deixei o último dia de viagem livre para curtir as amenidades do hotel e descansar de verdade antes do voo de volta. Quem preferir (e tiver tempo, claro) pode usar este último dia para conhecer as atrações da Dreamland

O que é a Dreamland?

Dreamland é um complexo de entretenimento com várias atrações focadas em experiências divertidas e instagramáveis. Algumas das principais atrações da Dreamland são:

  • Vale dos Dinossauros: Um parque com réplicas realistas dos dinossauros. Há plaquinhas que detalham o nome do réptil, época de existência e tipo de alimentação. Uma pedida interessante para crianças curiosas interessadas em dinossauros.
  • Museu de Cera: a versão brazuca do Madame Tussauds tem personalidades brasileiras, gringas e bonecos de cera de filmes e desenhos infantis. A criançada ama tirar fotos com os personagens preferidos (o filho de uma amiga ficou tão encantado com o Homem Aranha que convenceu a família em visitar o museu uma segunda vez na mesma viagem) e os adultos se divertem com a chance de tirar um selfie com Ayrton Senna e a rainha da Inglaterra.
  • Maravilhas do Mundo: Um mini mundo com maquetes de pontos turísticos famosos do mundo todo. O Maravilhas do mundo te envolve por uma viagem de volta ao mundo com parada nas pirâmides do Egito, Estátua da Liberdade, Torre Eiffel, Coliseu, Big Ben e muito mais.
  • Ice Bar: Pronto para tomar um drink (e tirar umas belas fotos) com a temperatura abaixo de zero? Vista um casacão (fornecido pela atração) e embarque nesta experiência bem diferente.

Dica: Se você pretende visitar todas as atrações da Dreamland, compre o combo de ingressos com desconto!

Nossa última manhã em Foz do Iguaçu

Enquanto eu saí para fazer o Macuco Safari (lembram quem contei que deixei para última hora? Deixei mesmo!) Minhã mãe passou a manhã brincando com os meninos na brinquedoteca e nos jardins do Belmond. Assim que cheguei do passeio -por volta das 11 da manhã – fomos todos para a piscina nadar e almoçar! E que delícia de piscina!

Belmond Hotel das Cataratas
Caio e eu curtindo a piscina das crianças

[Se você optou por um hotel bacana, vale mega a pena ficar de olho nas atividades porque tem muuuuita coisa legal e você pode aproveitar este último dia para fazer algo diferente como arvorismos, por exemplo, ou simplesmente passar uma manhã mais relax na piscina. O legal é que piscina caprichada é o que não falta em Foz!

E o tour de compras pelo Paraguai?
Não recomendo este passeio, especialmente para quem só tem 3 dias em Foz do Iguaçu, mas caso você queira muito, contrate um tour confiável e seja cuidadoso.

A fronteira com o Paraguai é uma bagunça e atravessar a ponte da Amizade é um caos (o Gu fez este passeio na época da faculdade e se arrepende até hoje da experiência). Vale falar que TUDO o que é vendido nas ruas de Ciudad del Este é falsificado ou rosado, assim compre apenas nas lojas e lembre-se que o limite máximo para compras terrestres no exterior é de USD 300.

E aí, curtiu nosso roteiro de 3 dias em Foz do Iguaçu?
Alguém aí já fez essa viagem e quer contar para nós o que achou?

Veja também:

Nossa viagem a Foz do Iguaçu contou com o Apoio das Cataratas Brasileiras que nos ofereceram entradas cortesia ao parque, da Helisul que nos ofereceu um desconto de 30% no passeio de helicóptero e do Belmond Hotel das Cataratas que nos ofereceu um descontinho na tarifa. Todas as opiniões deste post refletem a nossa real experiência na viagem.

[Muito Obrigada]
E para fechar o post, não posso deixar de agradecer minha mãe que topou realizar meu sonho – Foz do Iguaçu tá na minha lista de sonhos desde sempre, das amigas blogueiras que deram dicas afiadíssimas para fazer a viagem acontecer obrigada Lu Campos (Turistando com a Lu) , Fran Agnoleto (Viagens que sonhamos), a querida Mi Mariano @Japinhaporai que mora em Foz e me encheu de dicas afinadas e os leitores gente boa que me mandaram directs recheados de dicas boas! Obrigada de verdade pessoal!

Planeje sua viagem

Matérias Relacionadas

Comentários (4)

Que incrível sua viagem para Foz Mari, acompanhei pelo IG e adorei. O relato aqui ficou sensacional, praticamente um guia de viagem. E me deu uma super vontade de voltar pra me hospedar no Belmond 🙂

Oi Lu,
Obrigada pela visita.
Que destino! Ainda não acredito que demorei TANTO para conhecer.
Obrigada pelas dicas que clarearam várias coisas durante a viagem!

Beijos,
Mari

Maravilhosa reportagem. Ótimas dicas. Obrigada

Que bom que gostou!
Obrigada pelo carinho e pela visita!
BEijos

Deixe o seu comentário