O zoológico de San Diego

13
Zoológico de San Diego

4 de cada 5 amigos que haviam visitado San Diego me recomendavam um passeio pelo Zoológico e confesso que fiquei morrendo de dúvidas. Primeiro porque eu tinha só 4 dias na cidade e estava louca para passar o maior tempo do mundo zanzando entre águas e areias – entenda-se por praia. Segundo porque depois de fazer um Safari na África do Sul achei que dificilmente iria gostar de algum zoológico. Mas por outro lado, seria uma chance incrível de ver pandas, ursos polares, koalas, elefantes e rinocerontes de perto e como esse não é o tipo de coisa que se vê todo dia, acabei topando o programa… E quer saber? Valeu e MUITO a pena.

Nesse post contarei como foi a nossa visita e tudo o que você precisa saber para organizar o seu passeio pelo zoo de San Diego com direito a muitas fotos e explicações.

Urso Panda - zoologico de San DiegoUrso Panda no Zoológico de San Diego, Califórnia

 

Visitando o Zoológico de San Diego

 Visitamos o Zoo numa sexta feira véspera de feriado e para evitar filas e dor de cabeça compramos o ingresso pela internet (http://www.sandiegozoo.org/tickets/zootickets.html). O ingresso de adulto com direito a ônibus e teleférico ilimitado custou 44 dólares ( Criança de 3 a 11 anos paga 34). Chegamos no parque cedo, pouco depois da hora de abertura e entramos sem nenhuma fila.

O tour de ônibus pelo zoo 

Começamos o passeio com um tour de ônibus, o tour leva cerca de 30 minutos e cobre uns 70% do zoológico (que é gigante). O tour é bacana tanto para quem não gosta muito de andar, ou para quem quer ter uma visão geral do parque antes de começar a zanzar, o que foi o nosso caso. Para evitar fila, fomos na parte de cima do ônibus que é totalmente aberta (e como tava um sol de lascar pouquíssimos doidos toparam a aventura). O passeio é bacana, e o legal de sentar na parte de cima é ter vistas privilegiadas de alguns bichos que ficam dentro de tanques altos como o Urso Polar e o Hipopótamo. (Dica: para ter as melhores vistas, sente do lado direito do ônibus).
Urso Polar dorminhoco no Zoo de San Diego Urso Polar dorminhoco no Zoo de San Diego
Urso Polar no Zoo de San Diego Elefante no Zoo de San Diego

Explorando o Zoo a pé

Outback Australiano | Zoológico de San Diego

Terminado nosso tourzinho começamos a passear pelo Zôo a pé, como tínhamos tempo de sobra nossa ideia era percorrer com calma cada uma das áreas ou caminhar até cansar. Começamos o passeio pelo Outback Australiano onde vimos Diabos da Tasmania, os fofíssimos Wallabies (que explicando de maneira zero cientifica, são pequenos e fofíssimo cangurus que assim como seus primos cangurus andam pulando com a ajuda do enorme rabo).
Wallabies - Zoológico de San Diego
E para fechar essa área com chave de ouro, passamos um tempo considerável namorando e fotografando Koalas, que são sem dúvida alguma um dos queridinhos do zoológico e merecem o título… olha só que fofura.
Koala - Zoológico de San Diego
Koala - Zoológico de San Diego

Urban Jungle | Zoológico de San Diego

Dali fomos para o Urban Jungle  onde o Rinoceronte caminhava cheio de charme, as girafas curiosas nos olhavam enquanto devoram sua refeição matinal em belos bocados, a zebra com suas lindas listas tomava café da manhã fazendo pose para os visitantes, os flamingos- sabe lá o porque raios – exibiam suas plumagens cor de rosa equilibrados em uma só pata (esse pássaro é tão lindo que tive que tirar umas 50 fotos) e para fechar a ala, ursos ENORMES que não conseguiam se decidir entre entrar ou sair, se esconder ou brincar nos deixaram como crianças de tanta alegria.
Rinoceronte - Zoológico de San Diego Leopardo - Zoológico de San Diego
Flamingos - Zoológico de San Diego
Flamingos - Zoológico de San Diego Zebra - Zoológico de San Diego Girafa - Zoológico de San Diego Urso - Zoológico de San Diego

 Panda Canyon | Zoo de San Diego

E falando de criança e de alegria, nossa próxima descoberta foi o Panda Canyon onde além do MARAVILHOSO urso panda –  que deu um verdadeiro show de come come bambu e depois capotou que nem um bebe numa rede que tinha a metade do tamanho dele – o urso panda marrom, que eu nunca tinha visto e achei super bonito (pena que ele tava com mais sono que o Koala e tava confortavelmente capotado no tronco de uma arvore) e os Takins dourados, um bicho grande que eu nunca tinha visto antes mas que achei super elegante.
Urso Panda - zoológico de San Diego Panda comilão mandando ver no bambu
Urso Panda dorminhoco - zoológico de San Diego
Panda tentando se equilibrar na redinha supostamente feita para o panda bebê
Urso Panda dormindo - zoológico de San Diego
Panda dormindo de língua para fora
Almoçamos no restaurante asiatico que fica ao lado dos pandas (essa é uma das coisas legais do zoológico, os restaurantes de cada área correspondem a culinária do país dos bichos). O Gu comeu um frango Xadrez ($ 9,99) e eu comi uma salada ($9,29), para beber pedimos uma cerveja e uma água e conta final saiu $32,14 o que é caro para os padrões americanos, mas como estamos dentro do parque, achamos ok.
2013-08-30 13.13.17 2013-08-30 13.13.28

Lost Forest | Zoológico de San Diego

De estômago cheio partimos para a Lost Forest onde babamos pelos gigantes e inquietos gorilas que com seus nada deliciados truques atraiam a confiança e os suspiros de multidões. Vimos macacos de diferentes cores e tamanhos, uns sapecas, outros preguiçosos e todos morrendo de calor (o sol estava fortíssimo e se para nós humanos já estava complicado imagina com um montão de pelos…).
  Gorila - zoo de San Diego
Gorila - zoo de San Diego Chimpanzé - zoo de San Diego
Também merecem destaque o charmoso tigre, os fofíssimos hipopótamos,um jacaré bicudo e o curioso Okapi (um bicho que eu nunca tinha visto mas que me pareceu uma vaca magra com listas de Zebra).
Peixes - zoo de San Diego
Hipopótamo - zoo de San Diego Okapi - zoo de San Diego Tigre - zoo de San Diego Jacaré - zoo de San Diego

Passeando de Teleférico 

Saindo da Lost Forest pegamos o teleférico que tem uma vista super bacana para a cidade e para algumas das gaiolas (e que sem dúvida nenhuma vale a pena andar pelo menos uma vez durante a visita ao zoológico) e subimos até os ursos polares passando por dezenas de antílopes posudos. Infelizmente a jaula do urso polar é protegida com um vidro grosso que estava dez vezes mais encebado do que deveria e acabou que a vista que tivemos do urso foi umas 50 vezes pior do que do alto do ônibus, mas a “viagem” valeu a pena pelos antílopes.
antílopes - Zoológico de San Diego antílopes - Zoológico de San Diego antílopes - Zoológico de San Diego

Elephant Odyssei e Africa Rocks

E fechamos nosso passeio pelo zoo passeando pela Elephant Odyssei e pela Africa Rocks. Com o sol escaldante (detalhe que já eram quase 4 da tarde) a maior parte dos bichos estava deitada na sombra e ficou um pouco difícil de ver, mas ainda sim nos encantamos com os elefantes sapecas, com a capivara gorducha, com os camelos feiosos e com os suricatos espertinhos (sabe o Timão do filme O Rei Leão?).
Elefante - Zoológico de San Diego    Capivara - Zoológico de San Diego Camelo - Zoológico de San Diego Suricato - Zoológico de San Diego
Saímos do zoo, super felizes com a experiência. Foi um máximo ver tanto animais lindos e juntos… enfim, recomendo o passeio tanto para quem viaja com crianças quanto para casais. Super divertido!
Saiba mais no:
Veja também:
Zoológico

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

13 comments

  1. Manuela Oliveira 11 junho, 2017 at 00:19 Responder

    Simplesmente sonhando com a viagem! Seus posts e dicas são sensacionais!!
    Pretendo fazer o roteiro em janeiro de 2018… Meu agente sugeriu o norte da Califórnia pq meu filhote quer conhecer neve… Mas ele é VERDADEIRAMENTE ALUCINADO por animais. Razão pela qual não consigo desistir de incluir San Diego no roteiro.
    Você acha muito ruim visitar o Zoo no inverno?
    Meu filhote tem 7 anos.
    Obrigada por compartilhar tantas dicas maravilhosas!!

    • mari vidigal 15 junho, 2017 at 03:48 Responder

      Oi Manuela,
      Como San Diego não esfria tanto, acho que no inverno não deve ser tão diferente não.
      Aproveite a Califórnia e qualquer dúvida estou por aqui!
      Beijos

    • mari vidigal 22 maio, 2016 at 17:14 Responder

      Oi Ana,
      Pode entrar com alimentos em quantidades pequenas (nada de cooler ou engradados de bebida.) Como a galera aqui na Cali é louca por um piquenique, eles deixam a regra bem clara! Leve água!
      Beijos

Post a new comment

Veja também