Big Sur: um tour pelo farol de Point Sur

1
Farol de Point Sur - Big Sur

Point Sur é uma das formações rochosas mais chamativas de Big Sur na Costa da Califórnia e um parque estadual aberto para visitas guiadas três vezes por semana. Vista de longe, Point Sur parece uma ilha bem próxima a costa, mas na verdade é uma rocha gigante pegada ao continente por um pequeno pedaço de terra. Uma paisagem bem diferente do resto da Califórnia, e um dos pedaços mais lindos e mais fotografados da Highway 1. Nesse post divido com vocês todos os detalhes da nossa visita a Point Sur, e dicas para quem planeja fazer esse passeio.

Big Sur: um tour pelo farol de Point Sur

Point Sur foi uma das paisagens que mais marcaram minha primeira viagem entre San Francisco e Los Angeles pela Highway 1. Fiquei muito intrigada, para saber o que era aquela “ilha de pedra” em Big Sur. De longe, parecia uma fazenda ou uma mineradora com sua pequena usina no topo da pedra, e como o celular não costuma ter sinal nesse pedaço da estrada, tive que aguentar minha curiosidade até chegar em San Francisco. Acabei esquecendo e deixando passar.

Point Sur - Big Sur

Point Sur vista da estrada

Pouco tempo depois, em nossa segunda viagem pela Highway 1, me lembrei da tal da pedra, e resolvi encostar o carro no portão para saber um pouco mais sobre o lugar. Nem fazenda e nem mineradora… Point Sur é um parque estadual que conserva um farol (ainda em funcionamento, porém automatizado) e uma pequena cidade fantasma dos tempos em que o farol ainda era manual. E quer saber o melhor? O parque está aberto para visitas guiadas três vezes por semana. Fiz uma nota mental de incluir Point Sur no itinerário de uma próxima viagem, e segui meu caminho.

Veja nesse post dicas do que ver e onde parar em Bug Sur

Entrada do Point Sur - Big Sur

Entrada do parque: um portãozinho no meio da Highway 1

Veja também: Highway 1 viagem entre San Francisco e Los Angeles

Dia de visitar Point Sur

E foi assim, que quase três anos depois da primeira passagem por Big Sur, me programei para voltar e visitar o farol. Nosso tour começava as 14:00, e para garantir nosso lugar ( o tour não aceita reservas) chegamos 45 minutos antes, logo depois de nós chegaram 4 outros carros. Aparentemente havia menos gente que o esperado, eram duas guias (uma para cada grupinho de pessoas) mas como não havia gente suficiente, só uma delas fez o tour.

Point Sur (Big Sur) visto da estrada

Point Sur visto da estrada. | Foto: Mila Frohlich

Aberto o portão nos dirigimos por uma estrada de terra até o pequeno estacionamento de carros. A estrada de terra deserta com a pedra de Point Sur nos fundos parecia cena de cinema, muito surreal para ser verdade. O estacionamento tem três cabines de banheiro químico, que estavam bem limpos, os último banheiros até a chegada no topo da pedra, cerca de 1:30-2h depois.

Praia na base de Point Sur

Ponto de início do tour: Praia na base de Point Sur

E começa o tour

Nosso tour começou com um bocadinho de história do farol, e curiosidades sobre as famílias que habitaram a região. Nossa guia ia contando a história em pedacinhos conforme íamos subindo a montanha. E ilustrando as histórias com fotos em branco e preto.

Guia em Point Sur - Big Sur

Uma das guias do tour em Point Sur

Um tiquinho de história

O farol de Point Sur inaugurado em 1889 para evitar desastres marítimos bastante comuns na região. Com a inauguração do farol, vieram três famílias de guardiões do farol, que eram responsáveis por guardar e manter o farol funcionando 24 horas por dia. Vale lembrar que antes da inauguração da Bixby Bridge, em 1937, as únicas formas de chegar a Point Sur eram pelo mar, ou por uma estrada de terra horrível que conectava Point Sur a Monterey, e por isso, a região tinha poucas famílias de moradores além dos habitantes do farol. A principal fonte de economia eram a agricultura e a pecuária de sub-existencia. De três em três meses, Point Sur recebia uma navio recheado de encomendas e de suprimentos não perecíveis, a chegada no navio, ou algum eventual naufrágio na região, quebravam a monotonia dos dias em Point Sur. O Farol foi automatizado, e em 1974 a última família de guardiões deixou o farol . O parque foi transformado em centro de conservação marinha, e de preservação da história do farol.

A caminhada rumo ao farol

O primeiro pedaço do tour foi de subida pura. Gostei da forma como a guia quebrou a subida em trechos bem curtinhos, intercalando pedacinhos de subida com um pouco da história do farol e dos naufrágios da região. Durante a subida, fomos premiados com a presença de uma Lontra Marinha super brincalhona, que animou a tour por uns 5 minutos antes de sumir nas águas do pacífico. Presentão!

Lontra em Big Sur

Com um pouco de sorte, olha quem você encontra!

Point Sur - Big Sur

Vista do primeiro trecho da subida

Montanhas de Big Sur vistas de Point Sur

Montanhas de Big Sur vistas de Point Sur

Após a passagem da nossa amiga lontra, chegamos a um pedacinho da subida de onde é possível enxergar uma pontinha do farol, e grande parte dos prédios da pequena cidade fantasma. Bem bonito. Naquele momento já achei que a viagem havia valido a pena, e não tinha vista metade da ilha. Sim, a vista de Big Sur lá do alto também é um espetáculo.

Subida ao farol de Point Sur

Subida ao farol, olha só a pontinha dele no cantinho esquerdo da foto

Farol de Point Sur

E falando em farol, olha só que bonitão!

Point Sur - Big Sur

A vista desse segundo trecho para o mar, também é bem bacana.

O Farol de Point Sur

Algumas histórias – e um bocado de subida depois, chegamos ao farol de Point Sur. Um edifício simpático de pedra com varandinha de metal e janelas arredondadas.

Farol de Point Sur

Oi farol! 🙂 🙂 🙂

E falando em arredondar, para comportar a escada em caracol, a parte de dentro da torre recebeu uma camada arredonda de tijolinhos aparentes, que ficou uma graça com a escadinha branca.

Escada de caracol no farol em Big Sur

E olha só a escadinha que graça!

A subida na torre e a parte de dento do farol, toda decorada com prismas de Cristal patrocinados pela comunidade local, são o máximo.

Primas em Poin Sur

Olham só os prismas na parte alta do farol

Point Sur - Big Sur

E esse é o farol atual, todo automatizado

E olha só que linda a vista do alto do farol.

Vista de Point Sur

Vista de Point Sur

Lâmpada do farol de Point Sur

Lâmpada do farol de Point Sur | Foto: Mila Frohlich

Farol de Point Sur

Minha foto preferida do dia, tirada pela Mila Frohlich: detalhe do farol em Point Sur

A pequena cidade fantasma de Point Sur

Continuando a subida, fomos até a pequena cidade -hoje fantasma- onde residiam as três famílias de guardiões do farol. A cidade tem uma oficina/ serralheria bem completa onde as famílias construiam e reformavam o que era preciso. Todo ano eles recebiam uma quantidade de suprimentos bem apertada e que tinha que durar o ano todo.

Point Sur - Big Sur

Pequena cidade no alto de Point Sur

Oficina em Point Sur

Oficina em Point Sur

Em seguida visitamos uma das casas – a outra está em estado bem deteriorado, e por isso não está aberta para visitas. A casa é uma gracinha, bem confortável, e toda decorada com objetos de época. Adorei visitá-las.

Casa em Point Sur

Cozinha da casa que visitamos

Dentro da casa, nossa guia contou mais detalhes sobre a vida em Point Sur, escola para crianças (uma dificuldade tremenda)

A visita termina em um pequeno museu com documentos históricos sobre os naufrágios e mais detalhes sobre a vida em Point Sur. O museu tem uma pequena lojinha, e um filtro com água e café. Como fazia calor, a água foi uma salvação. Me arrependi de não ter levado uma garrafinha. Enquanto as pessoas pagavam pelo tour, tivemos um pouco de tempo para passear e curtir a vista lá do alto.

Reflexo do farol de Point Sur

Fim de tarde em Point Sur

Fim de tarde em Point Sur | Foto: Mila Frohlich

Terminado o passeio pela cidade fantasma, voltamos ao estacionamento de carros e saímos em fila indiana – a guia destrancou o portão – e cada um seguiu seu caminho.

Informações práticas

O ponto de encontro dos tours é no portão do parque (que vive trancado) no acostamento da Highway 1. O guia chegará pouco antes do inicio do tour para liberar os carros. O tour tem um número máximo de participantes por sessão, e não aceita reservas. Como não dá para prever o número de participantes, sugiro que você chegue cedo.

Duração & nível de dificuldade

Três horas de tour. A subida no farol envolve 2 escadas e uma ladeira gorda. Nada de outro mundo, mas vale ressaltar.

Horários dos tours (confira nesse site)

De março a novembro:

  • Sábados e domingos: 10 AM
  • Quarta-Feiras: 1 PM

De abril a outubro:

  • Quartas e sábados: 10 AM & 2 PM
  • Domingo: 10 AM

Confira os horários especiais dos tours de noite de lua cheia

Ingressos:

  • Adultos: $12,00
  • Crianças de 6-17 anos: $5,00

Como chegar?

Point Sur fica há 9 Minutos (5.4 Milhas) da ponte Bixby em Big Sur.  Veja detalhes no Google Maps

Coordenadas geográficas para o GPS: 36.309606, -121.886099

Veja também:

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

1 comment

Post a new comment

Veja também

#198livros: Emirados Árabes Unidos

Depois da nossa rápida porém incrível passagem pela Ruanda o nosso projeto Volta ao mundo em #198 livros continua, chegou a vez dos Emirados Árabes Unidos. ...