Outono no Canadá: Algonquin Park

2
Algonquin Park - Canadá

O Algonquin Park, no Canadá, é o maior parque da província de Ontario e um dos melhores lugares da região de Toronto para ver as cores do Outono. Nesse post dividiremos com vocês dicas práticas, e um relato da nossa experiência no parque. Prepare-se para ver cores lindas e se encantar com o outono canadense!

Outono no Canadá: Algonquin Park

Texto: Vera & Inez Olivera, Marcos Vidigal e Rafael Ayres | Imagens: Rafael Ayres

Quando resolvemos que iríamos passar nossas férias no Canadá em outubro, pensamos que não poderíamos deixar de ver as famosas cores do outono! Por isso, resolvemos visitar o Algonquin Provincial Park, o maior parque da província de Ontário (onde fica Toronto, a maior cidade do país e a capital do Canadá, Ottawa) e o local mais famoso da província para ver as cores do outono canadense. O parque é bem grande, São 7.725km2 de área, cheio de floresta, lagos e rios.

A época certa para ver as cores do Outono

A troca de folhas acontece entre os meses de setembro e começo de outubro e o pico dessa mudança é medido dia a dia! A troca é gradual, mas o período mais bonito para ver e fotografar as folhas avermelhadas, dura pouco mais de uma semana.

Outono no Algonquin - Canadá

Outono no Algonquin – Canadá

Previsão de mudança das folhas no Algonquin

Para ajudar turistas e locais a visitarem o parque na época mais bonita, o site do Algonquin faz uma previsão -atualizada constantemente- do pico das cores do outono. Por sorte, ao chegar próximo da data da viagem, percebemos que visitaríamos a região bem no pico da transformação das cores das folhas. 🙂

Confira a previsão da mudança das folhas nesse site.

Outono no Algonquin

Site do Algonquin mostra o estágio da mudança das folhas | Printscreen do site

Hospedagem: onde dormir no Algonquin Park

Hotéis

Para visitar essa região, muitos visitantes dormem em cidades próximas ao parque, na região de Muskoka. Existem apenas três opções de hotel dentro do parque: Aronhon pines (o maior hotel do park), Barlett Lodge (o hotel histórico do parque e o menor deles) e Killarney Lodge  abertos de maio a outubro. Fora do parque, os hotéis mais próximos ficam entre 30k-40km da entrada do parque.

A cidade com mais estrutura mais próxima ao parque é Huntsville (45Km do West Gate). Lá tem hoteis mais bacanas e até estação de esqui (mais barata e vazia !)

Porém, preferimos seguir um costume bem canadense e resolvemos acampar!

Acampando no Algonquin

O parque tem diversos locais para camping e para trailers, e você pode escolher o local e reservar seu espaço no site do parque.

Existem acampamentos dos mais diversos tipos: tem os que você só chega através de canoas (sim, tem gente que rema mais de 5 horas para chegar a um acampamento), tem acampamento sem eletricidade e tem o tipo que escolhemos, com eletricidade, banheiro limpo e chuveiro bem quentinho para tomarmos banho (e que você chega de carro)!

Algonquin Park - Ontario

Canoa no Algonquin

E dá para acampar sem experiência?

Não estamos acostumados a acampar e estávamos realmente “nervosos” com essa experiência! Não tínhamos muita ideia do que esperar e como seriam nossas noites por lá. O medo maior era se iríamos passar frio, já que nessa época, a temperatura chega perto de 0 grau e varias áreas de camping fecham no meio de outubro por este motivo.

Mas, a ideia de ver a mudança de cores de perto, era com certeza maior que a insegurança. Além disso, fomos (vera, marcos e Inez) para o acampamento Paiol Grande, quase todas as férias durante nossa infância e adolescência e relembrar os dias de excursão com pernoite em uma barraca seria uma nostalgia gostosa. Usamos também da experiência do Marcos, que em agosto acampou no Yosemite com a Mari e aprendeu algumas lições básicas. Rs.

Logística da viagem & Aluguel de equipamentos de camping

Alugamos um carro em Toronto, pegamos a barraca, e o aquecedor emprestado com uma amiga, passamos no supermercado para comprar suprimentos para dois dias e partimos para o Algonquin. O nosso erro foi arrumar tudo no dia da partida, levou muito tempo e terminamos saindo de Toronto quase ao meio dia.

Dica: Quem não tem equipamentos pode alugar tudo em Toronto ou nas lojas no caminho do parque. Existem várias lojas que oferecem este serviço. A Sports Rental , por exemplo, tem pacotes com aluguel de equipamento completo para duas pessoas por $60,00 (canadenses) por noite. Pesquise outras opções no amigo Google ;).

Entrada no Algonquin Park

Já tínhamos reservado o camping online, e por isso, não precisamos pagar para entrar no parque (pagamos apenas para usar o acampamento – cerca de CAD 110 por dois dias). Os preços dos campings variam de acordo com a estrutura que você escolher, veja todas as opções nesse site.

Atenção: os lugares de camping dentro do parque são super concorridos (especialmente durante o outono) e costumam se esgotar com 2 meses de antecedência

Quem dormir fora do parque paga uma taxa de $11,25 canadenses por veículo logo na entrada do parque.

Como chegar?

O Algonquin esta localizado a 300 km de Toronto. A estrada de Toronto é muito bonita e aproveitamos a viagem. Veja detalhes do trajeto no Google Maps.

Nossa experiência: percalços do caminho!

Quando estávamos há 15 km da entrada do parque (depois de mais ou menos 270 km de viagem), encontramos a estrada bloqueada. Um guarda nos informou que a estrada estava fechada devido a um acidente e só voltaria a abrir depois de pelo menos 6 horas. Bateu um desespero já que todos os hotéis próximos estavam lotados e estávamos ansiosos para chegar!

Após avaliarmos as possibilidades, decidimos dar a volta no parque e entrar por outro portão. O que nos custou Mais 2h30 de viagem. Por isso, chegamos ao parque quando já havia anoitecido.

[Como chegamos no parque tarde, tanto o centro de informações quanto o guichê de pagamento do parque na entrada estavam fechados. Os camps sites são sinalizados porém não há luz elétrica na estrada. O que nos salvou de um perrengue ainda maior foi ter colocado no waze as coordenadas pra chegar no local antes de chegar no parque (já que a internet por lá é BEM limitada.]

Chegando no Algonquin

Ao entrar no nosso camp site, vimos uma placa de “bear in the area” e uma funcionária nos disse para ficarmos atentos e guardarmos toda comida no carro, pois na noite anterior dois ursos haviam passado por lá.

Algonquin Park - Ontario

[Pitaco da Mari: Os ursos canadenses, pelo visto, são mais bonzinhos que os da Califórnia. Aqui, deixar comida no carro te rende uma porta de carro detonada, e uma multa de mais de $1000. Por isso, todos os parques da Califórnia tem armários especiais para guardar comida!]

Localizamos nosso lote, montamos a barraca, enchemos os colchões infláveis, preparamos o nosso jantar e fomos dormir. O medo do frio era maior que o medo do urso. Felizmente não passamos frio (levamos edredom e aquecedor) e o urso não foi nos visitar, só não temos certeza se isso foi bom ou ruim, pois realmente queríamos ver ursos por aqui!

No final das contas, o que achávamos que seria um perrengue, foi muito tranquilo e gostoso.

O que fazer no Algonquin Park?

No dia seguinte, acordamos cedinho e fomos passear pelo parque. O Algonquin é cheio de trilhas e muito bem sinalizado. Passamos primeiro para pegar um mapa no visitor center (centro de visitantes) e selecionamos as trilhas que queríamos fazer para vermos as cores do outono. Bem no dia que chegamos ao acampamento, as árvores atingiram o pico e a todo instante podíamos ver as árvores passando do verde para o amarelo, vermelho, e todo esse ballet de mudanças de cor.

Algonquin Park - Ontario

Trilhas para ver a mudança das cores:

Lookout Trail

Entre as trilhas que fizemos a mais legal de todas foi a Lookout Trail, cerca de 30 minutos (2.1 km) de caminhada e com vistas do alto, para uma floresta de mapple trees. Maravilhoso! Também fizemos o Hardwood lookout trail (0,8 km).

Algonquin Park - Ontario

Árvores coloridas pelo outono

Algonquin Park - Ontario

Outras trilhas (escolha a sua):

Uma das trilhas mais famosas do Algonquin é booths rock (5,1 km) com direito a vista panorâmica caprichada.

Veja nesse site as principais trilhas do Algonquin com uma pequena explicação. E veja nesse mapa, as principais trilhas do parque:

 Passeios que não testamos:

Canoagem no Algonquin

O Algonquin é verdadeiro paraíso para quem curte canoagem, e oferece várias opções de passeio que variam entre poucas horas e dias inteiros. O mapa oficial de canoagem do parque esta à venda online por $4,95. Além de canoas, o parque também oferece aluguel de caiaques.

Canoagem no Algonquin

Canoagem no Algonquin

Nadar nos lagos e rios

Durante o verão, a graça é aproveitar uma das praias do parque e dar um tchibun nas águas geladas dos lagos e dos rios. O parque tem mais de 100 lagos e áreas disponíveis para nadar, e todos os campings e áreas de picnic possuem pelo menos uma praia.

Cores do Outono no Algonquin

Cores do Outono no Algonquin

Passeio de bicicleta mountain bike

O Algonquin oferece diversas opções de trilhas para bicicletas que variam desde de trilhas fáceis e planas – ideal para crianças, e famílias, e outras mais desafiadoras para quem curte Mountain Bike. Veja as trilhas aqui.

Tour de Snowmobile, Cross Country Ski e Trenó

Durante o inverno o Algonquin abre as portas para atividades na neve como tours de Snowmobile Cross Country Ski (o parque tem 95 Km de trilhas de ski) e até mesmo passeio de trenó com cachorros.

Veja outras opções de atividades no parque aqui.

Outras formas de aproveitar o parque:

Aproveitamos esse momento no parque e no acampamento para curtir atividades como simplesmente parar e observar a natureza, comer coisas que sejam simples de fazer, ficar batendo papo, sem acesso à internet, ver as estrelas no céu à noite (o que não foi nosso caso, infelizmente o céu estava encoberto) e acender uma fogueira (todos os camp sites tem um lugar para fazer fogueira – o firepit – e normalmente vendem a lenha dentro do parque. Só não se esqueça de levar um acendedor. Nos não levamos e demoramos mais de uma hora e meia para conseguir acender a nossa!).

Algonquin Park -Canadá

Fotografando animais silvestres

Algonquin Park -Canadá

Vale a pena visitar o Algonquin Park?

Algonquin Park - Canadá

Algonquin Park – Canadá

Fomos para lá com a “ideia” de ver as folhas, mas saímos de lá com muito mais coisas na mala! Foi um fim de semana para lembrarmos como é gostoso fazer coisas simples, viver a natureza e aproveitar a vida sem gastar tanto!

Foi uma experiência incrível e que mesmo tendo a possibilidade de ver diversas outras mapple trees e muitas ainda mais vermelhas e laranjas do que vimos no Algonquin durante o restante da nossa viagem ao Canadá, foi um momento muito especial e que recomendamos muito para todos que querem ter uma experiência diferente.

Folhas no Algonquin - Canadá

Sobre os autores
A Vera, Inez, Roy e Marcos são um grupo de amigos que amam viajar, juntos eles fizeram uma jornada incrível pelo Canadá. Esse post é apenas um pedacinho dessa viagem. O Roy tem um perfil de Ig incrível, veja as fotos dele aqui:  _roilson

Parque

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

2 comments

  1. Algonquin Outfitters (Randy Mitson) 26 novembro, 2015 at 16:16 Responder

    Reading your article about Algonquin Park it is obvious that you had a good time visiting Algonquin in the Fall. There’s so much you can do in every season in Algonquin Park that it can fill many visits. We hope you return to experience, Spring, Summer and even winter. Winter is Algonquin Park’s most beautiful season, even more beautiful than the bright colours of fall.

Post a new comment

Veja também