Islândia: Em busca da Aurora Boreal

4

Conheci a Ester há alguns anos numa mesa de amigos, e me identifiquei rapidinho. A Ester ama viajar, e é super boa de papo. Ela já morou na Holanda, já visitou “n” países que estão na lista dos lugares que pretendo visitar e vive fazem viagens sensacionais.

A Ester acabou de voltar da Islândia, e que viagem incrível! Curti cada segundo da viagem por meio de posts no Facebook e estou super feliz de dividir um pouco das “emoções” dessa incrível jornada em busca da Aurora Boreal.

[Ester querida, é um prazer contar sua viagem aqui no Ideias na mala. Espero que essa seja a primeira de muitas!!!]

Islandia: Em busca da Aurora Boreal

Perguntas & Respostas com Ester Muller

DSC_0376

  • Nome: Ester Muller
  • Profissão: administradora
  • Destino: Islândia
  • Motivo da viagem: ver a Aurora Boreal
  • Hobbies: patinar no gelo, fazer teatro, viajar, passar tempo com a família

 

 

O ROTEIRO

-Duração da viagem: Foram 7 noites e 5 dias de viagem.

-Hospedagem: “Dormimos todas as noites em Reykjavik (Capital da Islândia) ; e, de dia, a excursão (local) nos buscava no hotel para os passeios e a noite saíamos para buscar a Aurora Boreal se o tempo estivesse Bom”.

-Agência de viagens:  “Montamos com uma agência chamada Gateway to Iceland, que encontramos no Trip Advisor. Recomendamos muito. Além de serem pontuais e oferecerem tours privados ou com poucas pessoas, fizeram um roteiro customizado e nos deixaram em um ótimo hotel, de acordo com nossas preferências de conforto e preços”.

Islandia Islandia

 

-Alguns dos passeios da Ester

  • Caça a Aurora Boreal: “Fomos caçar a aurora boreal todas as noites, com exceção daquelas em que havia muitas nuvens no céu e, por isso, a possibilidade de ver era muito baixa”.
  • Glacier Lagoon | A Lagoa Glacial: um passeio maravilhoso que passa por cachoeiras congeladas, desertos vulcânicos e algumas cidades pitorescas

Glacier Lagoon

  • Caverna Vulcanica com pedaços de Gelo: Fechamos este passeio por fora do pacote

554741_10154021056765294_1570108300_n Caverna Islandia

  • A lagoa azul (Kleifarvatn) cenario de diversos filmes: parando nos campos de fields of Krisuvik /Seltun, na cidade de Grindavik, na impressionante junção de Duas placas tectonicas. O Tour terminou em uma Lagoa azul onde podíamos aproveitar um banho termal.

Blue Lagoon, Islandia

 Blue Lagoon, Islandia

  • Whale Bay | West Iceland Tour: Parando no Whale Bay Fiorde, Skorradalur valley, Childrens Falls, Igreja em museu em Reykholt. E pra fechar o dia, para em uma das piscinas termais mais famosas da Islandia: Dieldartunghuver.

1795524_10154021050755294_1183142267_n

  • The Golden Circle Tour :Thingvellir National Park que tem alguns dos lugares mais fotografados da Irlandia: como o Mid-Atlantic Ridge (separação dos continentes), o Law Rock, Golden Falls (cachoeiras douradas) e pra fecha o  e Geyser STROKKUR que entra em erupção constantemente.

Islândia

  • City Tour em Reykjavik.

Porque visitar a Islândia no Inverno?

“Eu queria muito ver a aurora boreal; e sabia que essa possibilidade era intensificada no inverno, principalmente entre os meses de setembro e março, sendo que o início de março é a época principal. Deu certo! De 7 noites, vimos 3!”

1186903_10154021037020294_1501467608_n

Temperatura média:

Pra quem pensa em encarar esta aventura… prepare-se para um friozinho: “Nos primeiros dias, demos muita sorte, pois estava ensolarado; e com uma temperatura de mais ou menos, 4º graus. Já nos dois últimos dias, a temperatura caiu bastante, nevou e acho que fez, em torno de, -4º”.

Caçando a Aurora Boreal

Aurora Boreal - Islandia

Decidi ir para a Islândia, justamente, porque, caso não tivesse a sorte de ver a aurora pela noite, poderia aproveitar passeios diferentes durante o dia.

A cada dia, lá pelas 17h, recebíamos a confirmação de que sairíamos ou não para a busca da aurora naquela noite. As excursões possuem ferramentas, que calculam a possibilidade de encontra-las ou não.

É preciso sair da cidade para vê-las – ir a um lugar onde não haja luz (esteja bastante escuro) e que se possa ver as estrelas (que, por si só, já era um espetáculo a parte).

Na primeira noite, tivemos muita sorte, pois, ao irmos do aeroporto ao hotel, já pudemos parar para vê-las.

Na segunda noite, a mais incrível, também vimos, voltando da Glacier Lagoon.

Na terceira noite, não tivemos sucesso, pois saíram somente às 3hrs da manhã, quando já estávamos dormindo.

Já na quarta noite, pudemos vê-la novamente por entre as árvores.

As outras noites estavam nubladas e, por isso, não saímos para busca-las.

O Plano B era ficar pelo centro da cidade, pequeno, porém com bons (e caros) restaurantes e barzinhos.

 

Experiências Inesquecíveis:

A Ester amou cada segundo da viagem e destacou alguns dos momentos mais especiais:

A Lagoa Glacial (Glacier Lagoon)

Glacier Lagoon

“Amamos o tour para a Glacier Lagoon. Foi um dia longo (nos buscaram no hotel por volta das 7hrs e voltamos umas 23h, porque paramos tr6es vezes para ver a aurora boreal).

Neste dia, vimos praias com areia negra, que, na verdade, são cinzas vulcânicas, com pedras gigantes de gelo azul no mar e fora dele; a lagoa glacial (uma paz incrível, parece que você está no pólo norte), com focas nadando e pedras de gelo flutuando conforme a correnteza, cachoeiras incríveis no meio das falésias iluminadas por arco-íris de dia e luzes a noite; e pudemos sentir o contraste entre gelo e fogo deste país”.

Islandia

Ver a Aurora Boreal: Incrível e inesquecível

IPHONE 2220

“Sem dúvida, ver a Aurora Boreal, verde e vermelha, dançando pelo céu. Cada dia, as luzes são diferentes – às vezes, estão à nossa frente, às vezes bem em cima de nós. Começa mais fraca e fica mais forte, inicia de um lado do céu e, de repente, também de outros, formando arcos.

Durante a volta do passeio da Glacie Lagoon, a aurora estava tão forte, que formavam, desenhos nas janelas da van, na qual estávamos. Então, parávamos no meio da estrada, por entre árvores; e elas estavam formando como um cone acima das nossas cabeças… movendo-se rapidamente! A experiência mais incrível que já tive!”

IPHONE 1591

Dicas pra quem pensa em fazer esta viagem

Comida:  Na Islândia, come-se muitos peixes, frutos do mar… tubarão e baleia! O Green Peace fez uma atividade intensa no local, para redução da pesca de baleias. Para quem, como eu, gosta de uma pasta italiana e batata-frita, há o Rossopomodoro e outros restaurantes confortáveis e gotosos.

Passeios: Recomendo todos os que fiz. Cada lugar é diferente do outro. Por mais que a Glacier Lagoon seja um passeio do dia todo, não deixem de ir!

As pessoas: O mais interessante é que o povo islandês, hiper gentil e receptivo, descendente de vikings, possui várias lendas de elfos, anões e fantasmas (elves, dwarfs and hidden people). Cada guia irá te contar o que já viu e presenciou!! No meio de estradas, há pedras que nunca foram retiradas de lá, pois acredita-se que há uma “hidden person” atrás. Acredite: você também sairá de lá acreditando.

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

4 comments

  1. lisi 8 outubro, 2015 at 22:09 Responder

    É lindo demais a aurora boreal. Lindas fotos. Estamos indo no início de março/2016 em busca dela.
    A minha pergunta a Ester e minha busca constante nos blogs qual é a calça ou roupas usadas para aquecer as pernas?
    Uns dizem q deve ser impermeável, outros dizem q devem ser com 03 camadas.
    E vc, Ester, qual a calça q vc usou para se manter aquecida na caça à aurora boreal?
    grata,

    • mari vidigal 10 outubro, 2015 at 10:31 Responder

      Oi Lisi,
      Aqui é a MAri falando, vou escrever para a Ester, e se ela me contar qq coisa diferente do que estou te dizendo te aviso.

      A) Não vejo o porque da roupa ser impermeável. Já peguei temperaturas de menos 30 (bem protegida e sem nada impermeável e sobrevivi bem)
      B) O que eu usaria: Uma camada quentinha por dentro (calça de lã, ou de algodão) + Calça de Ski (Usaria ela porque ela é bem quente e já tenho uma). Caso a calça de ski não seja uma opção eu iria para os 3 layers: Meia + Calça de Algodão + calça de moletom.
      C) Proteja as orelhas, cabeça e as mãos
      D) Meias de lã são suas melhores amigas

      Beijos

Post a new comment

Veja também

Castro - San Francisco

Pride Parade em San Francisco

Dica bacana para quem vai estar em San Francisco nos 27 e 28 de junho: nesse final de semana a cidade celebra a 45ª edição do ...