Rota das Termais: Blue Lagoon + 3 piscinas incríveis na Islândia

Tudo sobre a Blue Lagoon, Mývatn Nature Baths + 2 outras piscinas termais incríveis!

Famosa por sua grande atividade vulcânica, a Islândia é destino certo para os aventureiros. A terra do gelo é também conhecida como terra das cachoeiras, dos musgos, das ovelhas, dos cavalos, dos vulcões e das piscinas termais – assunto deste texto. Neste post você vai encontrar tudo o que precisa saber sobre a famosa Blue Lagoon + uma lista com piscinas termais incríveis (e menos conhecidas) que deixarão sua experiência na Islândia ainda mais incrível. Vamos comigo?

A ilha, localizada no Oceano Atlântico Norte, possui a maior parcela geográfica de origem vulcânica do mundo. Assim, a atividade geotermal no país é muito alta. Tendo isso em mente, um dos objetivos da nossa viagem de motorhome pela Islândia era : explorar as piscinas termais mais lindas da Islândia. Para isso, fizemos uma seleção de algumas das melhores termais da Islândia de todos os tipos: termais chiques estilo spa (Blue Lagoon) e termais raiz (natureza, água quente e você)!

Se preferir ir direto para uma termal específica, basta clicar no item acima. Se não, leia o post completo para entender tudo sobre as piscinas termais da Islândia.

Blue Lagoon

Essa é a termal mais famosa do país, aquela que você vê todo mundo colocando fotos quando vai para a Islândia. É, portanto, a mais cara das águas termais. Vale a visita? Claro! Mas não é um must da tua viagem. Eu diria que caso você não ligue por ir em lugares mais turísticos, a Islândia oferece muitas termais ainda mais legais e com um valor muito mais acessível.

Blue Lagoon a piscina termail mais famosa da Islândia
Amanhecer na Blue Lagoon: uma experiência que é a cara da Islândia

Como a Blue Lagoon fica bem próxima à Reykjavik, deixamos para visitá-la no primeiro dia da viagem.  A dica principal aqui é: reserve com antecedência. A entrada na Blue Lagoon (site oficial) é feita com horário marcado (e só dá para entrar na hora certa) e os horários se esgotam. Então esse o tipo de passeio que você deve programar bem e comprar antes (pelo menos uma semana, mas quanto antes melhor para garantir).

Dica chave: a Blue Lagoon oferece um shuttle do aeroporto e de Reykjavik para o Spa. Caso você queira ir direto para a Blue Lagoon, mesmo antes de ir até o hotel, vale a pena dar uma olhada! Você também pode fazer a reserva da Blue lagoon junto com o shuttle. Quem preferir visitar a lagoa azul em um outro dia, pode ainda comprar o transporte de ida e volta (com saídas de hora em hora) do centro de Reykjavik.

Nós reservamos a visita da Blue Lagoon para o primeiro horário, às 08h. Teoricamente poderíamos ficar o dia inteiro lá, mas ficamos até por volta de meio dia e foi um tempo bem legal.

Que horas ir?

Quanto ao horário da visita, a minha dica é: vá de manhã cedo no primeiro horário, para para ver o nascer do sol, ou vá mais para o fim do dia e veja o pôr do sol. Se você for em meses de inverno (e for muito sortudo, claro), você pode até conseguir ver a Aurora Boreal de dentro da Lagoa azul. No nosso caso, optamos por ir de manhã cedo pois queríamos visitar Reykjavik em seguida. Assistimos o nascer do sol de dentro da piscina e foi lindo!

Blue Lagoon na Islândia
Piscinas do Blue Lagoon de manhã cedinho

Entramos em todas as piscinas e saunas, tomamos o drink que estava incluso e fizemos a máscara de sílica que veio no nosso pacote. Depois de 4, 5 horas em uma termal você fica bem relaxado e talvez seja por isso que eu, Ana, prefira realizar esse tipo de passeio no final do dia.

Quanto custa?

Há três pacotes disponíveis:

  • Comfort que custa 85 Euros e inclui aluguel de toalha, máscara de sílica e um drink;
  • Premium que custa 106 Euros e inclui chinelos, roupão, uma máscara adicional de argila, reserva no restaurante e uma taça de espumante;
  • Retreat Spa que custa a partir de 560 Euros;

Nós escolhemos o pacote mais básico e alugamos um roupão na hora que foi por volta de 10 euros a mais por pessoa.

Blue Lagoon na Islândia
A entrada inclui uma mascara de sílica que nós fizemos questão de provar

Dicas essenciais:

Leve o seu chinelo e, se for em muitas termais na viagem, compre um roupão e leve! Vale super a pena ter um roupão quentinho para lidar com a diferença de temperatura. Leve também creme para hidratar o cabelo e escova de cabelo, assim depois que você sair da Blue Lagoon, você toma banho lá e seca seus fios (eles têm secador).

Para as mulheres principalmente: o cabelo fica bem seco por conta do enxofre. Eu, que não sabia, senti muita falta de um creminho! Também não fui preparada, acabei esquecendo de levar escova, então imaginem como eu fiquei descabelada depois de secar meu cabelo sem um pente.

Blue Lagoon na Islândia
O roupão é um bom acessório para te ajudar a entrar e sair das piscinas sem morrer de frio. Alugamos a parte e fez toda a diferença

Dicas práticas sobre o espaço da Blue Lagoon

Tem uma boa infra estrutura, banheiros super limpos com xampu, condicionador, sabonete e secador. Você entra e recebe uma pulseira que servirá como a chave do seu locker. Você deixa todas as tuas coisas dentro do locker e pode abrir e fechar quantas vezes quiser. Eu entrei com a GoPro para tirar fotos e filmar a experiência, depois deixei lá guardada para poder curtir mais. Muita gente faz isso com o telefone. É sim permitido fotografar.

Mývatn Nature Baths

Entre as piscinas naturais mais estruturada o Mvath Nature Baths foi a nossa preferida. Localizada no Nordeste da Islândia, a 87km de Akuyeri, a região tem atividade geotermal bem alta. A vista das piscinas é a área do Lago Mývatn. Para visitar a termal, basta reservar online ou arriscar a sorte na hora. Eu recomendo reservar com antecedência mas acredito que não se esgote com a mesma facilidade da Blue Lagoon.

Myvatn Nature Baths
Cerveja e piscina termal: adoramos a combinação (e na real, toda a experiência despojada do Myvatn Nature Baths

Que horas ir?

Fomos no final da tarde, o que nos proporcionou um pôr do sol lindo seguido de um céu estrelado naquela água deliciosa. Tinha um pouco de cheiro de enxofre, mas nada que atrapalhou nossa experiência. A piscina também tinha duas saunas. É uma delícia ir na sauna e depois cair na piscina de novo, sensação de relaxamento profundo!

Depois de ficar 4 horas aproveitando e relaxando, tivemos que infelizmente seguir para nosso camping. Tomamos banho por ali e fomos embora! Saímos de lá por volta das 21h30 (eles funcionam das 12h às 22h).

Quanto custa?

Até abril de 2020 o valor é de 5000 ISK (aproximadamente 37 Euros) por pessoa, apenas pela entrada (sem toalha e roupão). A partir de maio de 2020, o valor da entrada é de 5500 ISK (aproximadamente 41 Euros). Você pode alugar toalha (850ISK) e roupão (1800ISK) à parte.

Nossa experiência

Foi a nossa termal paga favorita! Gostamos muito mais do que da Blue Lagoon. A termal tem um valor muito mais acessível que a Blue Lagoon e tem uma vista incrível. É bem menor, com duas piscinas apenas, mas para nós, a experiência foi muito mais natureza e aconchego, já que tinha muito menos gente.

Myvatn Nature Baths
Piscinas do Myvatn Nature Baths

Na nossa opinião, se você vai para a Islândia e está com um budget menor, ir nessa termal cumpre muito bem o papel de uma termal. No nosso caso, gostamos muito mais dessa experiência. Muito mais de que o spa de luxo (que é um pouco da pegada da Blue lagoon), a Mývatn te proporciona um ambiente de contato com a natureza, completamente relaxado.

Dicas práticas sobre o espaço da Mývatn Nature Baths

Diferente da Blue Lagoon, aqui você precisa pagar extra pela toalha. Condicionador, shampoo e sabonete líquido estão disponíveis no banheiro (são ótimos, inclusive). O sistema de lockers é semelhante: você recebe uma chave e pode guardar as suas coisas e mexer nelas quando quiser.

Para comprar drinks, por enquanto, você precisa comprar uma pulseira “vale cerveja” na recepção antes de entrar na piscina e pedir para algum dos guardinhas e eles trazem até você (pelo que eu li no site, eles estão construindo um bar. Yupi!) Foi uma delícia tomar uma cerveja islandesa (provamos e amamos)! Haviam 3 opções: clara, escura e uma edição de Natal (já que fomos em novembro).

Reykir – Grettislaug pool & camping

Localizada no Norte da Islândia, na região maravilhosa no Fiorde de Skagafjörður, essa termal é o local de banho do forte Grettir da Saga Iore. Já que o objetivo da viagem era encontrar termais raízes, essa representa bem a Islândia: um lugar no meio do nada, rústico e maravilhoso que traz a simplicidade do poder da natureza! Esta termal foi para mim o ápice da viagem de motorhome pela Islândia.

Piscinas termais na Islândia
Amanhecer na piscina termal Grettislaug

Sobre a história dessas piscinas? A lenda diz que Grettir, que morava na ilha de Drangey, depois de nadar em alto mar, se banhou nesta termal para se aquecer naturalmente.

No início do século 20, havia duas piscinas lá. Uma chamado Reykjalaug, que era usada para lavar as roupas, e a outro Grettislaug. Infelizmente, as duas piscinas foram destruídas por uma grande tempestade no início do século XX. Em 1992 os locais decidiram reconstruí-las. Assim, a piscina que antes chamava Reykjalaug foi renomeada de Jarlslaug em homenagem à Jon Eiriksson, quem liderou a reconstrução do local das piscinas ( e atual dono do local).

Quando ir?

Teoricamente eles abrem apenas durante o verão, ou seja, entre maio e setembro. Caso você vá fora de temporada, como nós, vale a pena ligar e descobrir se estará aberta.

Quanto custa?

Caso você vá acampar no local, o valor é de 1500 ISK para dormir por pessoa. Se você optar por apenas nadar nas piscinas, a contribuição sugerida é de 1000 ISK.

nossa experiência

Optamos por dormir no local, aproveitamos para nadar na piscina dois dias: um dia no fim do dia (que já estava escuro) e no dia seguinte de manhã cedo. Na primeira noite tomamos um banho de água termal por cerca de uma hora e meia – e foi sensacional. Já estava escuro e neste caso, como a piscina é completamente natural, não consegui fotografar!

Piscina termal Grettislaug
Piscina termal Grettislaug

Como é natural, não tinha nada marcando a temperatura, mas acreditamos que as águas estavam em torno de 43 a 45 graus Celsius. Acredite, é delicioso entrar em uma água assim quando a temperatura de fora está negativa.

No dia seguinte,  acordamos e logo antes de amanhecer, por volta das 08h, fomos nas piscinas naturais. Foi lindo ver o sol surgir lá. Como as águas estão em uma temperatura bem alta, ficávamos alguns minutos dentro da água e logo sentávamos para fora!

O local é absolutamente maravilhoso e as águas foram as mais quentes que entramos na viagem. O curioso é que você nem sente frio ao sair de roupa de banho depois.

A estrutura

Há banheiros perto da piscina. Nós estávamos sozinhos lá, então nos trocamos lá fora mesmo, já que a ideia era termal raiz , não é mesmo? Já digo que esta experiência é o oposto de luxo, mas para mim foi inesquecível. Sabe um sonho?

Hrunalaug

Hrunalaug é uma pequena fonte termal perto da cidade de Flúðir (cerca de 80 minutos de Reykjavik), no sudoeste da Islândia. Esta fonte natural é uma antiga piscina com paredes de pedra, muito pequena mas aconchegante para relaxar e apreciar a natureza.

Piscinas naturais na Islândia
Piscina Hrunalaug – águas termais no meio do nada

Quanto custa?

10 euros por pessoa ou 1000 ISK. Não aceitam cartão! Pagamos para uma moça que estava dentro de um carro tricotando e controlando a entrada.

Nossa experiência

Foi nossa segunda termal e gostamos bastante. A piscina é formada pela água da chuva que, passando por umas pedras quentes, ganhava temperatura. A água não estava tão quente, entre 35 – 38 graus Celsius. Como não estava muito frio lá fora (uns 6 ° C) e tinha sol, foi uma delícia!

Éramos poucos na piscina, assim, logo no começo da viagem já começamos a nos conectar com a natureza. Para nós, foi maravilhoso passar uma tarde de sol!

Piscinas naturais na Islândia
Visual cinematográfico da Hrunalaug

A estrutura

Para se trocar existe uma casinha pequena que te protege do vento, mas, novamente, a experiência é raiz, sem banheiro com chuveiro, isso você deixa para fazer quando chegar no hotel ou no camping!

Seguro viagem para a Islândia

Sim, o seguro viagem é obrigatório para entrar na Islândia – e altamente recomendável, claro! Escolha um seguro confiável e com excelente cobertura. Além de voos cancelados e bagagem extraviada, você estará protegido de qualquer eventualidades médicas (de consultas à internação).

Por aqui, usamos a Seguros Promo, um comparador de seguros que te ajuda a selecionar o melhor custo benefício para a sua viagem. Com menos de R$10 por dia de viagem você consegue uma opção excelente.

Faça sua cotação agora e ganhe até 10% de desconto com o cupom IDEIASNAMALA5.

E aí? Curtiu? A Islândia tem várias águas termais espalhadas pelo país. E aí, curtiu algumas opções delas?


Veja também:


E, para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário