Um Guia gastronômico – O que comer no Japão (Parte 1)

22

Tendo desvendado o mistério do “O que é que eu fui fazer no Japão?” (http://ideiasnamala.wordpress.com/2012/01/17/em-casa-do-outro-lado-do-mundo/), começo este segundo post respondendo a segunda pergunta que eu mais escuto: o que é que os japoneses comem no dia a dia?/ O que se come no Japão? E finalmente, O que comer no Japão.

Infelizmente não tenho fotos de todas as comidas e nem de todos os momentos, mas vou tentar ilustrar com os arquivos que tenho da melhor maneira possível. Vamos nessa?

Uma coisa que vale a pena ressaltar, reparem na apresentação dos pratos. No Japão o gosto é tão importante quanto a aparência, e de aparência eles entendem.

O CAFÉ DA MANHÃ

Os japoneses dividem o café da manhã em dois tipos: oriental e ocidental. As famílias japonesas mais tradicionais tomam café da manhã oriental, que geralmente é composto  de chá verde, arroz branco, rolinhos de ovo (as vezes temperado com furikake que é uma misturinha de peixes, vegetais e etc…), salada, ou legume e as vezes um pedacinho de peixe.

Sushi de Salmão com alga especial adocicada, enroladinho de ovos e o potão do lado esquerdo é o Furikake de Salmão que será colocado no arroz. Reparem que cada comida é servida em um pratinho especial.

Arroz já temperado com Furikake de Salmão

Nos bons hotéis ocidentais você geralmente tem a opção de escolher entre um buffet café da manhã oriental ou ocidental. Por mais estranha que a ideia de comer peixe de manhã possa parecer, sugiro que pelo menos um dia você escolha um café da manhã oriental.

Para quem vai se hospedar em um Ryokan ou Inn japonês, os café da manhã costumam ser lindamente servidos no quarto. Veja só que lindo este:

Peixes, Tofu frito, tsukemono (picles) e arroz servidos na bandeja

Já o café da manhã ocidental, é bem parecido com o nosso: pães (os japoneses aprenderam a arte com os franceses, prepare-se para comer pães lindos e incríveis. ), leite, iogurte. Mas claro que as esquisitices existem… portanto, não estranhe se receber uma saladinha para acompanhar.

Massa folheada recheada com creme amarelo e geleia de morango – lindo e gostoso.

Na hora de escolher os pães, tenha um pouco de cuidado com o recheio. Lembro que nos meus tempos de intercambista até aprendermos a falar a língua decentemente nossa diversão era passar na padaria escolher dois ou três pães e rezar para dar certo. Se desse errado, teríamos um almoço engraçado se desse certo, um almoço delicioso. Nossa proporção de acertos era de 2 a cada 3, com o tempo, melhorarmos as estatisticas…rs.

Outra história engraçada aconteceu na minha última viagem ao Japão. Meu pai comprou um pãozinho pensando que fosse bisnaga salgada e ficou irritadíssimo ao abrir o pacote e encontrar o pão recheado com creme branco e doce. Olhe bem e tente adivinhar.

Pão de sementes recheado com creme doce – quem comprar um desses esperando comer com queijo vai ficar frustrado.

Tá aqui uma deliciosa escolha: acima bisnaga salgada com levissimas pitadinhas doces. Na fila de baixo, um dos meus preferidos, Kare pan.

Dicas de pães gostosos:

-“Melon pan (peça – meron pan)” – o pão tem formato de melão e é adocicado.

-“Kare pan” – Pão recheado de Cury, uma delicia e levemente picante. Não estranhe se encontrar mini pedaços de carne dentro.

-Pão de forma fatia extra grossa: se tiver a chance de comer um desses tostado, aproveite, uma maravilha.

-“An pan”: Pão recheado com creme de feijão. No começo você vai estranhar o feijão doce, eu sinceramente gostei bastante.

ALMOÇO E JANTAR

Aqui a coisa fica bem mais divertida e variada. Tem muitissimas opções deliciosas. Vou falar de algumas – as que eu tenho foto.

-OKONOMIYAKE

Os japoneses insistem em chamar de pizza japonesa, mas na verdade tá mais para uma panqueca do que uma pizza. Tem okonomiyake de tudo quanto é sabor, de frango, lula, carne de porco camarão, vegetariano, com milho e ovos, com macarrão japonês. Quem for para Hiroshima e arredores, vai perceber que  essa é a comida típica de lá e encontrar muitos restaurantes bacanas de Okonomiyake. Não deixe de provar.

Os restaurantes que servem este tipo de comida geralmente tem mesas e balcões com chapa – muito cuidado para não colocar a mão em cima  e começar queimando os dedinhos.

Tem dois tipos de restaurante de Okonomiyake, nos mais tradicionais a panqueca é feita numa mega bancada pelos chapeiros e depois trazida até a mesa do cliente.

 Okonomiyake sendo preparado

Mas há restaurantes onde os ingredientes são servidos em cumbuca e você mesmo prepara seu próprio Okonomiyake, o risco é você queimar o bichinho, ou jogar as coisas na ordem errada e a panqueca sair ruinzinha. Vejam só Okonomiyakes feitos passo a passo.

1) Os ingredientes chegam numa tijela, pedimos quatro sabores diferentes:

Antes de jogar os ingredientes na chapa, é bom dar uma leve misturada

2) Alguns ingredientes que devem ser adicionados por cima, vem em potes diferentes.

3) Hora de Jogar os ingredientes na chapa

4) E quando a parte do fundo estiver no ponto, um momento delicado, hora de virar.

5) Okonomiyake pronto, hora de pincelar o molho doce e o pózinho de bonito

-SUKIYAKE

Uma das minhas comidas preferidas e uma ótima pedida para o inverno!

Sukiyake é uma mistura de carne, vegetais, tofu e cogumelos cozidos num molho doce.

A graça é colocar a comida para cozinhar aos poucos, e quando estiver no ponto, regar no ovo crú. (Acreditem, é bom!)

No final, um pouquinho Udon (macarão Japonês gordão) feito com o que sobrar do molho, vai sempre muito bem.

– (UNAGUI, KATSU,TORI) DON BURI

Um filé de enguia ou carne de porco frito a milanesa ou frango frito a milanesa , temperado com molhinho doce. Tem vários tipos e sabores, citei apenas os que eu consegui me lembrar.

Unagui Don Buri – Um dos meus pratos preferidos.

Para acompanhar, uma saladinha de Maionese

Vegetais – outro acompanhamento do Unagui Don Buri

SOBA | UDON | LAMEN

Os japoneses tem vários tipos de massa super gostosos, os mais comuns são o soba e o Udon, que dependendo do lugar e da estação do ano ou comemoração são servidos em forma sopa (bem quente, cuidado para não se apressar e queimar o bico), com cubos de gelo, ou sequinhos. Os restaurantes de soba e Udon geralmente tem “esculturas” das comidas na vitrine e ai fica bem fácil escolher o que você quer comer.

Sukiyaki Udon – Reparem que o Udon é uma massa bem grossa.  

Soba (mais fininho) servido com carne de porco de vegetais

Alguns restaurantes fazem um SET que inclui entradinha, massa e sobremesa:

Saladinha do SET – em NARA

Esse é um tipo de soba típico da cidade de Nara, vem com ovas de peixe, vegetais e um molho mais grossinho.

Sobremesa: tipo um Iogurte com molho de frutas vermelhas

TEMAKI

O Temaki no Japão é um pouquinho diferente do que estamos acostumados no Brasil, é uma comida bem descontraída feita em casa. Os ingredientes principais (Peixes diversos: atum, Salmão, Ovas, Enguia, Pepino, Kani e Camarão) são colocados em um prato redondo. O Arroz , Alga em folhas e a raiz forte (Wasabi)  e  são deixados na mesa, e na hora cada um monta seu Temaki (que em Japa significa rolinho de mão).

Ingredientes principais: mesmo em casa olha que lindo o prato ficou

Mesa montada: reparem no rosbife que eles colocaram especialmente para nós brazucas 

Temakis esperando os convidados

SUSHI:

Como a maioria das pessoas já imagina, sushi não é comida de todo dia. No Japão o sushi geralmente é caro – especialmente se você quiser experimentar os peixes mais diferentes num restaurante bem tradicional.

Para quem quer comer sushi barato, a dica é procurar os restaurantes de Sushi na esteira. Mas recomendo muito que você vá um bom restaurante de sushi e prove algumas coisas bem diferentes. Uma das diferenças do Sushi do Japão e do Brasil é que no Japão a raíz forte já vem dentro do sushi, outra coisa para reparar, quanto melhor o restaurante menor a quantidade de arroz que é servida com o sushi.

Peixe branco – Super caprichado

Sushi de Enguia (Unagui)

Outro de peixe branco – dessa vez levemente grelhado

Sushi de Caranguejo (Kani)

Maki de uni (ouriço) 

Combinado de Sashimi

Ostra gigante: depois de comer a carne, ele joga arroz no molho e gratina, fica sensacional.

Em festas em casa, é comum fazer pedido de pratos enormes de Sushi, um combinado com N sabores que vem super caprichado.

E como este post tá ficando comprido de mais, vou deixar a segunda parte (tão gostosa quanto a primeira) para um segundo post.

Espero que tenham gostado 🙂

Veja também:

Um dia em Nara: http://ideiasnamala.wordpress.com/2012/03/07/um-dia-em-nara/

Descobrindo Nagoya: http://ideiasnamala.wordpress.com/2012/02/21/descobrindo-nagoya/

Shirakawa-Go: Um conto de fadas a céu aberto: http://ideiasnamala.wordpress.com/2012/01/26/shirakawa-go-um-conto-de-fadas-a-ceu-aberto/

Miyajima: um dos lugares mais lindos do Japão http://ideiasnamala.wordpress.com/2011/10/21/miyajima-desvendando-um-dos-lugares-mais-fotografados-de-japao/

Awaji Shima: O templo d’água e outros passeios: http://ideiasnamala.wordpress.com/2012/05/21/japao-o-templo-da-agua-e-outros-passeios-em-awaji-shima/

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

22 comments

  1. Arthur 20 setembro, 2016 at 16:43 Responder

    Olá !!

    Ótimo post, muito informativo !! Obrigado!
    Não sei se são suas as fotos, mas vc lembra qual o nome do restaurante dos sushis ?!?!?
    Ou recomenda algum em Tokyo, Kyoto ou Osaka…?

    Obrigado.

    • mari vidigal 10 outubro, 2016 at 22:04 Responder

      Oi Arthur,
      As fotos sao todas minhas mas foram tiradas ao longo de várias viagens e infelizmente não anotei o nome dos lugares 🙁
      Beijos

  2. Clovis 4 dezembro, 2015 at 17:22 Responder

    Passarei 13 dias em Toquio na casa de uma prima. Gostaria de experimentar um dos famosos carangueijos gigantes. Você pode indicar algum lugar em Toquio para eu encontrá-lo e quanto custaria?

    • mari vidigal 4 dezembro, 2015 at 20:41 Responder

      Oi Clovis,
      Nunca comi caranguejo gigante em Tóquio, então zero de ideias para te ajudar. Será que sua prima não conhece um lugar legal?
      BEijos

  3. Natalya 27 novembro, 2012 at 14:08 Responder

    Olá, boa tarde, meu pai vai para o Japão agora em Dezembro e estou buscando informações para dar dicas a ele, como onde comer e onde comprar as coisas, ele ficara em Shinjuku , você poderia me ajudar?

    meu e-mail

    natynha.cm@hotmail.com

    obrigada

    natálya

    • mari vidigal 28 novembro, 2012 at 01:11 Responder

      Oi Natalya,
      Tudo bem?
      Shinjuko é um dos bairros mais legais de Tóquio, repleto de lojas bacanas..rs
      (Mas o que exatamente ele quer comprar)
      Comer é fácil, a maoria dos restaurantes tem pratos de mentira na porta, é só olhar, gostar da cara e provar.
      Não tenho nenhuma dica e lugar especifico em Tóquio, mas pode ficar despreocupado pq a chances de comer bem no Jp são maiores do que as chances de se comer mal 🙂
      Abraços,

  4. Marcela Pontes 12 junho, 2012 at 13:24 Responder

    Oi, Marina!
    Mto legal vc ter visitado meu cantinho tb!
    Obrigada!
    Mto legal seu post sobre o Japão, mas confesso que me deu uma embrulhada no estômago ler que eles comem peixe e arroz no café hahahaha
    Bjkssss

  5. Inessa 11 junho, 2012 at 12:49 Responder

    Ola Mari!
    Lindo e delicioso post! Voltei do Japão a 2 semanas e quando li seu post fiquei com saudades da comida deliciosa de lá. Notei uma coisinha que nao sei se estou errada, mas nas ultimas fotos o “maki de salmao” nao seria de uni (ouriço) ?
    bjos
    Inessa

Post a new comment

Veja também