Roadtrip: Degustação de vinhos em Los Olivos

4
Degustação na Artiste - Los Olivos

Los Olivos é uma cidade pequenina há cerca de 40 minutos de Santa Bárbara e encostadinha em Solvang na Califórnia. Uma cidade charmosa repleta de salões de degustação de vinho, bons restaurantes e pertinho das vinícolas da região. Um lugar bem gostoso para passar o final da tarde depois de dirigir pelas praias da Highway 1.

Roadtrip: Degustação de vinhos em Los Olivos

Hoje é o penúltimo dia da nossa Roadtrip pelo Sul da Califórnia e último dia do ano (31.12.2014 para ser mais exata), e como tudo fecha cedo hoje (e nada abre amanhã) saímos bem cedo de Pasadena para chegar em Los Olivos um pouquinho antes das 11:00 da manhã, hora que abrem os salões de degustação.

Por que Los Olivos?

Depois de uma pequena passada por Los Olivos em novembro, me apaixonei pela cidade e decidi que voltaria rápido. Assim, enquanto montávamos nosso roteiro pelo sul, não tive dúvida e coloquei Los Olivos no roteiro. Adoro um sinhozinho e não ia perder essa chance, ia?

Los Olivos - California

Uma coincidência incrível

Dois dias antes da minha chegada em Los Olivos, mandei uma mensagem para minha prima Renata pedindo dicas de restaurantes em Pasadena e Hollywood(ela mora em Los Angeles e supostamente estaria em Tahoe passando o ano novo com meus tios, só que o tempo esfriou e ele mudaram de planos) . E para a minha surpresa, a Rê não só estava na área como havia alugado uma casa em Los Olivos. Mega coincidência. E chegando em Los Olivos, quem é que encontramos? A família em peso saindo para dar um passeio com a dog Tarsilla.

Metade da cidade fechada

Havia olhado na Internet e supostamente a cidade estaria aberta. Mas não estava, quer dizer. Somente metade da cidade estava aberta e vários dos lugares que eu queria visitar (e que no site diziam que estariam abertos, aparentemente mudaram de ideia e resolveram fechar). Mas ainda sim deu pra aproveitar bastante.

Degustação na Artiste

Artiste - Los Olivos

Nossa primeira degustação do dia foi na Artiste (já fiz uma declaração de amor pelos vinhos e experiência nesse post) e como o Gu não conhecia, aproveitei para levar ele, meu tio, prima e marido que por sorte já havíamos encontrado na rua. A degustação foi bem gostosa, e sem grandes novidades.

Degustação na Artiste - Los Olivos

A degustação da Artiste custa $10,00 por pessoa, e para mim a grande graça é o ambiente super colorido e super despojado. Bem gostoso.

Degustação em família na Artiste

Terminada a degustação, minha família voltou pra casa para cuidar dos preparativos do almoço enquanto o Gu e eu fomos visitar mais uma vinícola.

Degustação de vinhos na Tercero Wines

Tercero Wines - Los Olivos

Nossa segunda degustação do dia foi ainda mais incrível e especial. A Tercero Wines é um salão de degustação pequenino e bem escondido. Eles trabalham com misturas de vinhos bem interessantes e pregam um conceito de que não existe nem certo e nem errado quando se trata de vinho. A graça e experimentar e decidir.

Fomos atendidos pelo Winemaker (esqueci o nome dele, começava com J). Um cara super simpático e falante que adora combinar seus vinhos com pães que ele mesmo faz. Provamos vários vinhos diferentes e dois pães, um de cheddar e bacon e outro de cerveja preta. Ambos deliciosos. O vinho também estava ótimo e saímos de lá com duas garrafas.

Winemaker da Tercero Wines - Los Olivos

 Winemaker da Tercero Wines – Los Olivos

E finalmente experimentei o primeiro um vinho Shiraz Californiano bom. Fazem dois anos que moro aqui e nunca havia tomado nenhum médio (detalhe que quando se trata de vinhos Australianos, e Sul Africanos, os Shiraz são de longe meus preferidos – então não me venha com esse papo de eu que não gosto da uva. A uva é ótima. Longe da Califórnia. Quer dizer, o vinho da Tercero tava bem bom e era Shiraz.)

Tercero Wines - Los Olivos

Veja mais dicas do que ver e fazer em Los Olivos neste Post.

Almoço em família

Família Vidigal em Los Olivos

Terminada a sessão degustação fomos para casa que meus tios alugaram. Uma casa super bonitinha na rua principal de Los Olivos. Minha prima (e cozinheira prendada) fez um suflê de queijo com cordeiro de almoço que estava uma delícia. Foi muito gostoso bater papo com a família, pegar no colo o pequeno Rubens e tirar o atraso do papo.

As vinícolas da Fox Canyon Road

Terminado o almoço, saímos correndo (correndo mesmo) pra tentar pegar as vinícolas ainda abertas. A Fox Canyon Road é uma rua pertinho de Los Olivos repleta de vinícolas, mas como nosso tempo era curto, entramos na primeira que vimos, a Andrew Murray – e que por sorte havia sido bem recomendada pelo nosso amigo Wine Maker da Tercero.

Vinícola Andrew Murray

Degustação de vinhos na Andrew Murray

A vinícola é super bonita com um jardim aberto e mesas de Picnic. Do lado de dentro, um salão de degustações caprichado, todo de madeira e vidro. Através do vidro dá para ver um pouco da produção e das caves de vinho. Curti o lugar.

Vinícola Andrew Murray

 Balcão de degustação da vinícola Andrew Murray

Vinícola Andrew Murray

A degustação também foi bem agradável – mas um pouco corrida porque eles estavam fechando para o ano novo – e saímos de lá com uma garrafa de Viognier.

Degustação na Andrew Murray

Degustação na Andrew Murray

Uma passadinha em Solvang

No final da tarde demos uma passadinha por Solvang – que está longe de ser uma das minhas cidades preferidas, mas que é indiscutivelmente linda. Especialmente a noite, toda iluminada com as luzinha de natal. A cidade estava cheia, bem cheia e toda fechada. Achamos um único café – pra lá de sem graça aberto e um restaurante (este sim estava fazendo a festa) e todos os turistas assim como nós caminhando pela rua sem ter o que fazer e com um frio do cão (a temperatura caiu drasticamente na noite de ano novo e chegou a fazer 0 graus, sendo que ninguém estava preparado para isso).

Solvang - Califórnia

Saiba o que ver e fazer em Solvang, aqui.

Jantar Caprichado no Los Olivos Wine Merchant

E para fechar nossa estada em Los Olivos com chave de outro, fomos no Los Olivos Cafe & Wine Merchant, um dos meus restaurantes preferidos da Califórnia. Pedimos o menu degustação de ano novo (o que foi um exagero de tanta comida).

Los Olivos Café

Primeiro veio uma salinha verde com molho de Grapefruit e abacate.

Saladinha Los Olivos Café

[Como detesto grapefruit, achei a salada cítrica demais para meu gosto. Nota 6 porque eu estava com MUITA fome e a fome costuma melhorar o gosto das coisas]

De segundo prato eu pedi um Crab Cake (bolo de carangueijo) e o Gu pediu o Pato (que também veio em forma de bolo frito). Ambos vieram crocantes, quentinhos e desmanchando na boca. Nota dez.

Bolo de Pato - Los Olivos Café

Crab Cake - Los Olivos Café

E o menu podia ter parado por aí, que eu já estaria pra lá de satisfeita, mas não, ainda haviam dois pratos.

De prato principal, eu pedi uma pescada branca acompanhada de Ravioli e o Gu pediu um contra filé com pure de batatas e couve de bruxelas. Meu peixe estava ok, mas a massa estava uma delicia. E a carne do Gu estava dentro das expectativas: macia e suculenta, mas nada de outro mundo. Nota 8.

Massa & Peixe  - Los Olivos Café

Massa e peixe – Los Olivos Café

Contra Filé com purê de batatas -  Los Olivos Café

Contra filé com pure de batatas e couve de bruxelas

E de sobremesa, um petit gateau (que passou do ponto e virou bolo) com uma bola de sorvete de creme. Bem ok. Nota 6. Esperava mais.

Petit Gateau

Veja sugestões de onde comer bem na Highway 1 nesse post.

Gostamos do jantar e foi uma ótima forma de encerrar a comilança do ano!

Festa de Ano novo:

Nossos planos de ano novo eram bem modestos. Pensamos em jantar em Los Olivos e seguir para nosso hotel em Santa Maria, e abrir uma garrafa de champagne e pronto, mas meu tio – de surpresa e no último instante – comprou uma festa de ano novo para nós. Então, demos uma passadinha.

A festa foi mega engraçada, estilo americano total com direito a coreografia dos anos 60 ensaiada por uma família figura que estava toda fantasiada. Foi bem divertido passar algumas horas com eles, mas não aguentamos esperar até meia noite, estávamos viajando non stop desde às 8:00 da matina e o cansaço veio de uma só vez e forte como uma bomba. Nos despedimos e nos mandamos.

Festa de Ano novo

Fantasiados para a Festa de Ano novo

O nosso hotel: Holliday Inn de San Maria

Chegamos no nosso hotel 40 minutos antes da virada, deu tempo certinho de tomar banho e ficar nos trinques antes das 12:00.

O hotel era ajeitadinho com piscina e sala de ginástica (que obviamente não usamos). O quarto era acima da média dos Holliday Inn’s com uma cozinha bem espaçosa!

Holliday Inn Santa Maria

Holliday Inn Santa Maria

 

Holliday Inn Santa Maria

Foi perfeito para abrir o champanhe e brindar a chegada de 2015. Que venha muita saúde, alegria e muitas viagens!!!

Champagne de 2015

Nosso champanhe tinha um rótulo mega engraçado. Até fizemos piadinha no Insta @marividigalb

De volta pra casa

E como a volta para casa foi sem grandes surpresas e com direito a reta infinita que descrevi na ida, aqui termina a nossa série de posts sobre a #Roadtrip no sul da Califórnia.

Espero que tenha gostado e fique ligado que logo logo chega a próxima viagem #Ideiasnaasia

Mais sobre a #Roadtrip pelo Sul da Califórnia

#Road Trip pelo Sul da Califórnia é uma viagem de 9 dias saindo de São Francisco e passando por Palm Springs, Long Beach, Los Angeles, Pasadena e Los Olivos. Esse foi o último post da série.

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

4 comments

Post a new comment

Veja também