Lua de Mel: St Barths & St. Martin

2

Nossa Lua de mel foi um combinado de alguns dias em St. Martin e Cidade do Panamá com St. Barthélemy, uma ilha maravilhosa no Caribe e um lugar  ideal para curtir uma lua de mel romântica. Nesse post, conto todos os detalhes do nosso roteiro com muitas dicas para quem planeja fazer parecido.

Lua de Mel: St Barths & St. Martin

Praia Governeur - St. Barths

Na nossa praia preferida: A praia Governeur – St. Barths

Roteiro Resumido:

  • Dias 1-2: Cidade do Panamá
  • Dias 3-6: St. Martin:
    • Hotel: Sonesta Great Bay – Estilo do hotel: Resort família
  • Dias 7-11: St Barths

Roteiro Detalhado:

Dias 1-2: Cidade do Panamá

Aquecimento pré lua de mel, nossa ideia era conhecer a cidade, comer em bons restaurantes e curtir o comecinho da viagem sem grandes planos. Valeu a parada!

Cidade de Panamá

O que fizemos:

Canal do Panamá

Cidade do Panamá

  • Ver a cidade do alto do Cerro Alcón
  • Shopping Centers Albrok & Multicentro
  • Passeio de bicicleta pelo Amador Causeway

Amador Causeway - Panamá

  • Drink no Trump Hotel

Dias 3-6: St. Martin

Agora sim a lua de mel começou de verdade. Aproveitamos nossos dias em St. Martin  para desbravar a ilha, conhecer as praias mais lindas e curtir o mar com muita calma. Uma delícia.

Mulet Bay - St Martin

O que fizemos:

  • Mergulho de cilindro: a água estava muito mexida, então não vimos muita coisa, mas ainda sim foi bacana.
  • Passeio em Great Bay: demos uma voltinha pela praia, lojinhas e prédios históricos. Veja detalhes aqui.

L'escargot - Great Bay

Maho Beach

  • Volta na ilha de carro parando e visitando as principais praias: bem gostoso.
  • Um dia na praia Orient Bay + aluguel de Jet Ski: veja detalhes desse passeio aqui.

Jet Ski

  • Grand Case: nosso lugar preferido para comer na ilha. Gostamos tanto que fomos várias vezes e contamos tudo nesse post.
  • A fazenda de Borboletas: pra quem estácom crianças ou pra quem gosta muito de borboletas. Detalhes do passeio aqui.

Fazenda de borboletas - St. Martin

  • Manhãna praia Baie Rouge: uma delícia de praia.

Baie Rouge - St Martin

Dias 7-11 St. Barths

O ponto alto da viagem. Aproveitamos o hotel, comemos maravilhosamente bem e fizemos alguns picnics (regados a champagne e queijos) na praia.

O que fizemos:

  • Volta na ilha de carro parando e visitando as principais praias: bem gostoso.
  • Aproveitar a piscina do hotel

Piscina do Hotel Cristofer

 

Hotel Christofer St. Barths

 

Hotel Christofer - St Barths

  • Praias Governeur e Salines: ambas selvagens e MARAVILHOSAS

Praia Salines - St. Barths

Praia Salines – St. Barths

Praia Salines - St. Barths

  • Passeio pelo centro de Gustavia (+ subida nos fortes & Mirantes)

Forte em St. Barths

  • Mergulho de cilindro: foi o máximo. A vida marinha de St. Barths é linda e vimos um pouco de tudo.
  • Trilha para a praia Colombier: SUPER bonita!

Praia Colombier em St. Barths

  • Day Use no Hotel Ille de France: compramos o combo com massagem + almoço + Day use no hotel. Foi bacana.
  • Ver o pouso do avião em St. Barths

Avião pousando em St. Barths

Avião chegando na pista minúscula de St. Barths

  • Drinks no Nikki Beach & Eden Rocks Hotel na praia de St. Jean

Drinks em St Barths

 

Detalhes da viagem & Dicas

A montagem do roteiro: sozinhos ou com agência?

O processo de decisão da nossa lua de mel foi o mais caótico e o menos divertido de todo o casório. Iríamos viajar em julho, alta temporada em grande parte do mundo, época de monções na Ásia, enfim, foi difícil pra caramba encontrar um lugar que os dois gostassem e que estivesse dentro do nosso budget.

Decidido que iríamos para St. Barths, chegou a vez de encontrar um vôo com preço razoável e decidir nosso hotel. Depois de 1001 pesquisas online percebemos que as agências tinham vôo com preços bem melhores que os nossos. Depois de bater papo com uns 20 agentes de viagem diferentes, encontramos uma oferta excelente e uma ótima agente na Agaxtur. Fechamos na hora, quer dizer, o Gu fechou. Eu me estressei no processo, sai da jogada e deixei tudo para o Gu escolher e ele não só escolheu muito bem, como foi fofo para seguir as minhas regras do jogo: o avião parou, a gente desce. E foi assim que a viagem ganhou duas perninhas a mais: Panamá e St. Martin.

Caverna na Baie Rouge em St. Martin

Por que escolhemos St. Barths?

Depois de ler muito, falar com muita gente e pesquisar um bocado, chegamos a conclusão que o Caribe era uma das melhores alternativas para Julho, mas eu não queria ir para nenhum lugar cheio de prédios (tchau Cancun) ou empanturrado de gente (adeus Punta Cana e pacotes de férias tradicionais). Queria uma praia bonita, com pouca gente e comida maravilhosa. St. Barths foi um o lugar que melhor se encaixou nesses requisitos. E quer saber? Adoramos.

Praia de St. Jean - St Barths

Julho é baixa temporada em St. Barths, os hotéis estão vazios, o nível de serviço é espetacular e as praias parecem de mentira de tão bonitas, e prá fechar com chave de ouro, nunca comemos tão bem quanto em St. Barths.

Nosso lugar preferido

Dos três lugares que visitamos, St. Barths foi o nosso preferido, gostamos das praias, da natureza, do hotel da gastronomia… gostamos de tudo. Difícil é escolher o que gostamos mais. A experiência como um todo, foi o máximo! De todas as praias, escolhemos a Governeur de todos os restaurantes escolhemos o Bonito e de todas as sobremesas, o “crepe” de banana do Nikki Beach.

Crepe de banana - Niki Beach

O Lugar mais especial

Nossa praia preferida foi a Governeur, uma praia selvagem incrível em St. Barths de areia branquinha e água azul claro. Um lugar incrível e ideal para quem gosta de praia com pouca gente e sem nenhuma estrutura.

Praia Governeur - St. Martin

Experiências que adoramos

Pôr do Sol em St. Martin

Ver o por do sol do alto do Fort St. Lous foi o máximo. Adoramos ver a cidade do alto e o céu mudando de cor. Muito especial.

Fort St. Louis St. Martin

Mergulho em St. Barths

Esse foi o segundo mergulho do Gustavo e primeira vez que ele viu peixes pra valer. O mergulho começou com algumas águas vivas grandonas que o dive master pegou sem a menor cerimonia e começou a passar para nós mostrando onde podíamos e onde não podíamos encostar. E dai a coisa só melhorou, vimos peixes de todas as cores e tamanhos, arraias, tartarugas e tubarões. Um oceano pra nenhum mergulhador botar defeito. Fizemos o passeio com a Ploonge Caraibes (que como tudo em St. Barths, custou caro pra caramba – pagamos 100 euros por pessoa por um único mergulho) e foi incrível!

St. Barths

Saindo pro Mergulho, mesmo em alto mar a água é bonita pra caramba

Picnics na Praia

Essa foi uma ideia do Ric Freire do VNV que tivemos o maior prazer de testar e aprovar (e gostamos tanto que repetimos várias vezes). Picnic chic na praia regado a champagne – ou vinho rose – acompanhado de queijos maravilhosos. Levamos uma mochila térmica que abastecíamos com os quitutes no mercadinho da cidade. E pronto, picnic caprichado garantido!

Picnics caprichados

Jantar no Bonito de St. Barths

Comemos super bem em St. Barths, um restaurante mais gostoso que o outro. Mas acho que o nosso preferido foi um jantar no Bonito que fica numa ruazinha de pedra no centro de Gustavia. Com uma decoração super clean e acolhedora – nada de objetos cafonas extravagantes – uma vista super bonita do centro de Gustavia, drinks maravilhosos e pratos caprichadissimos. Adoramos tudo!

Restaurante Bonito - St. Barths

Pôr do sol da piscina do Christopher

A piscina é um dos pontos fortes do Cristofer, lindona e de frente para o mar. Todos os dias na volta da praia, tomávamos um drink na piscina e assistíamos o sol se pôr de camarote.

Pôr do sol no Christofer

Massagem o Hotel Ille de France

Fechamos um pacote super gostoso de massagem + almoço + Day Use no hotel Ille de France. A massagem estava incrível, e os sorbets servidos depois da massagem, tão especiais quanto! Amei.

Hotel Ille de France - St. Barths

O que eu faria diferente

Adorei o roteiro, e achei que a ordem foi perfeita. Gostei de ter deixado a praia mais linda e o melhor hotel por último. Mas teria mudado algumas coisas:

  • Teria aproveitado para conhecer Anguilla: Acho que se pudesse fazer algo diferente teria esticado uns 3 dias para Anguilla antes de St. Barths, estávamos tão pertinho que valia ter feito a parada.
  • Hotel mais caprichado em St. Martin: Sem dúvida alguma teria escolhido um hotel melhor e mais exclusivo em St. Martin. O Sonesta Great Bay foi ok, mas não faz meu estilo de jeito nenhum.
  • Um dia Low Cost: Sorry mas não teria testado:  E como blogueira de viagens, decidi dedicar um dia do nosso roteiro para fazer um experimento Low Cost para indicar e recomendar para os leitores. Comi o famoso e baratíssimo burguer do Le Select, um bar bem feioso em pleno centro de Gustavia. O sanduba tava gostoso, a cerveja geladinha, mas sabe quando não ornou…rs. A experiência foi interessante, mas o post nunca saiu do projeto e não teve nada a ver com lua de mel. Me arrependo de não ter deixado o teste de lado e aproveitado para experimentar mais um restaurante gostosão…rs

Le Select - St Martin

Dicas para quem pensa em fazer uma viagem parecida

De St. Martin a St. Barths: vá de avião

O vôo entre St. Martin e St. Barths é curtíssimo e super bonito. Fora que pousar em uma das pistas de aeroporto mais curtas do mundo, é sensacional. Nem pense em ir de barco (fora o perrengue de navegar em mar aberto com grandes chances de enjoar.)

St Barths vista do alto do avião

Leve bikini/sunga na mala de mão

Mesmo com três pessoas no vôo, a companhia aérea teve o dom de deixar nossas malas para trás. As malas chegaram em St. Barths alguns horas depois do nosso vôo. Eu que não sou boba, levei bikini na mala de mão, mas o Gu vacilou e deixou o shorts pra trás. Resultado? O calor era tão grande que a bermuda de sarja virou shorts de nadar e foi pra piscina com a gente.

Aluguel de carro

Nem pense em ficar sem carro. Tanto em St. Martin quanto em St. Barths o carro é seu melhor amigo pra te levar pra lugares bonitos. E essa história que St. Barths precisa de carro 4×4, é lenda, pode alugar um menorzinho e ser feliz.

Dica de Hotel em St. Barths

Amamos e recomendamos o hotel Christofer em St. Barths. Quarto maravilhoso, serviço incrível, piscina linda e restaurantes gostosos. O único porém é não estar em nenhuma praia. Nada que um carro não resolva 😉

Hotel Christofer

Dicas de Restaurante:

Todos os restaurantes que testamos e aprovamos durante a viagem.

A) Cidade do Panamá:

B) St. Martin:

C) St. Barths

Lugares bacanas para tomar um Drink

  • Trump Hotel – Cidade do Panamá: o hotel é lindo e a área da Piscina é espetacular

Trump Hotel - Panamá

  • Calmos Café – St Martin: iluminado com luzinhas e de frente pro mar. Bem relax.
  • Nikki Beach: St. Barths: um drink prá lá de caprichado
  • Hotel Eden Rock: Tome o drink enquanto você aproveita a praia de St. Jean

Hotel Eden Rock - St Barths

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

2 comments

  1. Viviane Donega 24 janeiro, 2015 at 14:46 Responder

    Oi pessoal,
    Como falei com vcs no facebook, estou planejando minha viagem para Califórnia em 2016, se Deus quiser!
    Tenho um roteiro mais ou menos pronto, algumas dívidas esclarecidas e outras que vão surgindo!
    Pretendo fazer SF, LA e arredores e Disney CA. (Orlando já fui 3 X)
    Em SF não pretendo alugar carro, pois a intenção é explorar a pé a cidade ao máximo.
    Mas pensei em comprar o Tour de hop on hop off e aí que entra minha dúvida: Eu posso comprar o ticket p/ 48 hs e fazer um tour
    diferente em cada dia? Por ex: Golden Gate – Sausalito num dia e Golden Gate Park em outro?
    E gostaria de saber se as lojas da Union Square ficam abertas aos sábados até final da tarde.
    Bem, já agradeço a atenção e conforme as dúvidas apareçam, eu peço help!
    Abraços,
    Viviane

    • mari vidigal 1 abril, 2015 at 17:54 Responder

      Oi Viviane,
      Desculpe a demora na resposta, estou no meio de uma viagem pra Asia e com uma conexão péssima.
      Eu se fosse você compraria somente o bilhete de um dia, e no dia seguinte faria tudo de transporte local – que é bom, facil de usar e barato. Se você preferir o Hop On- Hop off, pode sim escolher um diferente por dia.

      E se tiver mais dúvidas é só gritar!
      Abraços

Post a new comment

Veja também

Roteiro de 15 dias na Grécia

Esse é um roteiro que combina os passeios históricos de Atenas com algumas das praias mais lindas da Grécia em Santorini, Mykonos e Rodes. Uma viagem ideal ...