Visitando o canal do Panamá

11

Minha primeira parada na Cidade do Panamá não podia ser outra…  Estava bem curiosa para conhecer o famoso Canal do Panamá que não só movimenta a economia do país como divide com os shoppings centers o posto de atração turística mais cobiçada pelos visitantes.

Visitando o canal do Panamá

Sem o menor interesse pelos shoppings, tratei de arranjar meu passeio para o canal tão logo cheguei no hotel e deixei minhas coisas no quarto. Nesse post vou dividir com vocês algumas dicas de como visitar o Canal do Panamá e como tornar seu passeio mais barato e mais agradável que o meu.

Como chegar?

O canal fica em Miraflores, que é relativamente longe do centro. Para chegar lá, você precisa conseguir um tour ou conseguir um taxi – para que você tenha flexibilidade de horário, sugiro um taxi, mas antes, combine com o taxista o preço de ida e volta, e nem pense em pegar um taxi do hotel (estes custam o dobro do preço) pegue um taxi da rua e pode ficar tranquilo e que não é perigoso.


O canal  opera tanto no sentido Pacífico- Atlântico, quanto Atlântico- Pacífico. A travessia por todo o canal, que é composto de três eclusas como essa que visitaremos em Miraflores, leva cerca de 24 horas e a parte que os visitantes conseguem enxergar dura cerca de uma hora.

Visitando o canal de Miraflores

Chegamos no Centro de Visitantes de Miraflores no final da manhã, totalmente desinformados e desavisados, esperando que a travessia Atlântico- Pacifico fosse aberta, isso só ocorreu lá pelas 15:00 depois de muita espera. O ensinamento aqui é, se você quiser ver navios sem uma espera absurda, chegue no começo da tarde e não no final da manhã.
Chegando lá tem duas possibilidades de entrada: a completa que dá direito a centro de visitantes + miradouro + museu do canal + filme explicativo do canal: 8 dólares  ou a comum para quem tá com pressa e só quer ver a travessia de navios: só vale a pena comprar esta se estiver na hora dos navios ou será uma total perda de tempo.

Pouco antes da chegada do primeiro navio, o canal se enche de turistas. Quem quer tirar fotos boas, deve chegar um pouquinho mais cedo para garantir um bom lugar.

A travessia dos Navios pelo Canal do panamá


Flores decoram o Centro de Visitantes de Miraflores

Com barcos no circuito, a visita (devagar e com carinho) leva cerca de uma hora e é toda narrada. Os panamenhos idealizam o canal como uma das maravilhas arquitetônicas do mundo e realmente é bem interessante, mas tá longe de ser um negocio faraônico.

Quer dizer, o pequeno pedaço que de avista do centro de visitantes não nos impressionou tanto, mas imagino que todo o corte feito no oceano, quando visto do alto, aí sim seja impressionante.
A travessia dos barcos é mais rápida do que a preparação para a travessia, e é bacana de assistir.  A água vai baixando e subindo enquanto o navio é sendo puxado por locomotivas. O movimento no canal é intenso, e um atrás do outro vão surgindo e passando os navios.

Pequenas locomotivas puxam o navio pelo Canal.

Por dia, cerca de 30 navios atravessam o canal, por ano são cerca de 14.000 navios. Caso um navio decida não cruzar o canal, ele leva 2 semanas para fazer a travessia por mar.
Um navio com este primeiro que agente viu passar pagou 399,488 dólares para cruzar o canal.  Navios cargueiros, seguidos por petroleiros, são os que mais frequentam o Canal do Panamá.

O navio apita e os turistas acenam e fazem festa

Água sobe e o Navio Atravessa o Canal

Filme sobre o Canal do Panama

O filme (em inglês ou espanhol) dura cerca de 15 minutos e conta um pouquinho da história do canal. A ideia de ligar Atlântico e Pacifico é antiga e vem desde a colonização espanhola, mas foram os Franceses os primeiros a se aventurar em solo Panamenho e iniciar a escavação em 1880.

O solo repleto de rochas duras somado a pragas, doenças e alguns animais nada amigáveis  como  cobras, aranhas e escorpiões acrescidos de um escandalo que envolveu a empresa que realizava a escavação, foram alguns dos empecilhos que fizeram com que os franceses desistissem da ideia e abandonassem o projeto. Anos depois vieram os Norte Americanos que entre 1903 (ano da independencia do Panamá) e 1914 escavaram e construíram o Canal do Panamá.
O canal, e alguns pontos estratégicos da cidade ficaram sob posse norte americana por 84 anos.
Em 1999 o canal retornou aos Panamenhos, e é nitido que de lá para cá o país melhorou muito economicamente. Durante seu passeio pela cidade repare na quantidade de obras publicas em construção simultaneamente: construção de uma linha de metrô, reforma de todo o centro antigo, construções e mais construções.

Depois de ver o filme e entender um pouquinho desta história você fará passará a olhar a cidade do Panamá com outros olhos.

O museu do canal do Panamá

O museu conta os detalhes da escavação, das peças usadas para cavar e dos fatos que marcaram a contrução do canal.

 Miniatura de um dos navios usado na construção

No segundo andar há uma pequena e bonita exibição da fauna e da flora da região… Olha só o tamanhos dos bichos….

Localize-se

Centro de visitantes de Miraflores

  • Aberto de Segunda à domingo das 09:00 às 17:00
  • Exibição Completa: (canal +filme + museu) USD 8,00 | Estudantes: USD 5,00
  • Somente o Canal: USD 5,00

Outros posts do Panamá:

Dicas para planejar sua viagem para o Panamá

Cidade do Panamá: O canal do Panamá e o Casco Antiguo – nosso primeiro dia na cidade

Um jantar experiência no Manolo Caracol

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

11 comments

  1. Cida 30 agosto, 2017 at 22:36 Responder

    Valeu as informacoes, vou viajar com meu esposo em 30-11-2017 vou ficar 4 dias, vou pesquisar para ver o que mais posso fazer e com um custo bom.
    obrigada
    Abracos
    Cida

  2. Marsuel 29 março, 2017 at 01:24 Responder

    Boa noite, Mari. Estou indo viajar com a família, e tenho uma conexão prevista no Panamá. Chego às 06:24h e embarco às 12:18h. Li vários posts e percebi que o museu de Miraflores só abre às 09:00. Não gostaria de perder a oportunidade de visitar o Canal, mesmo que o museu estivesse fechado. No entanto, não achei nenhum blog que tivesse a informação que eu preciso. Chegando a Miraflores, mesmo que o museu esteja fechado,eu consigo ver o Canal e tirar umas fotos? Gostaria de esperar abrir, mas terei que estar no aeroporto às 10:00h (duas horas antes o voo), logo, tenho que sair de Miraflores, no máximo, às 09:00h, horário em que estará abrindo o museu.

    • mari vidigal 8 abril, 2017 at 13:22 Responder

      Oi Marsuel,
      Infelizmente o centro de visitantes, ou seja, a estrutura que recebe os turistas só funciona entre as 9:00 e as 5:00. A única forma de ver o canal é visitar o centro.
      Acho que vai ter que ficar para uma próxima viagem!
      Abraços

Post a new comment

Veja também