O que fazer em Aruba: 15 passeios + Roteiro de 4,5 ou 7 dias

Descubra o que fazer em Aruba, um destino caprichado com praias lindas, mar transparente, hotéis caprichados e uma programação para toda a família.

Neste guia completo dividirei com você as MELHORES dicas para curtir Aruba de verdade e desvendar uma ilha que vai muito além do miolinho turístico. Aqui você também encontrará dicas de onde comer bem em Aruba, onde ficar e muito mais.

Pronto para descobrir o melhor de Aruba?

O que fazer em Aruba no caribe

Aruba é uma ilha caribenha de 193 km² – ou seja, nem tão grande e nem tão pequena – que foi colonizada pelos holandeses, e ainda hoje, faz parte da República Holandesa.

A língua natal é o Papiamento (lembra da língua que é falada no parque de diversões Hopi Hari? :)) que é uma mistura de português, espanhol, inglês, holandês. E a parte boa é que os arubenhos, em geral, falam inglês e espanhol, então dá para se virar bem (seja inglês, espanhol ou porque não arriscar um portunhol?!)

O que fazer em Aruba - Boca Catalina Beach

Visual da Boca Catalina Beach

Aruba é um destino perfeito para viajar com a família (Eu viajei com o Tom com menos de 2 meses e grávida do Caio), para fazer uma trip gostosa de casal, ou para viajar com os amigos.

A Ilha é eclética, tem uma rede hoteleira super bem preparada, restaurantes deliciosos e aquele mar de águas calmas e bem azuis, desses que nos fazem sorrir sempre que olhamos para o mar. O slogan de Aruba é “One Happy Island” (uma ilha feliz) e com uma vibe dessas, não poderia ser mais perfeito.

Para quem curte combinar praias com um pouco de aventura (e recomendo, viu?!) Aruba tem uma parte mais selvagem com paisagens áridas e um parque Parque Nacional bem especial. Ao montar seu roteiro de Aruba vale fazer uma mistura de Praias (claro!) com cantinhos menos conhecidos como as Ruínas de Bushiribana, e as Cavernas de Aruba (são lindas e ficam dentro do parque nacional) e as piscinas naturais.

Aí vão 16 dicas incríveis do que fazer em Aruba:

  1. Praias de Aruba
  2. Ilha do Renaissance
  3. Snorkel ou Mergulhar de cilindro
  4. Arikok National Park
  5. Piscinas Naturais de Aruba
  6. Ruínas de Bushiribana
  7. Fountaine Cave & Quadrikiri Cave
  8. Capela Alto vista
  9. California Lighthouse – o farol de Aruba
  10. Passear pelo centrinho de Oranjestad
  11. Comer hiper bem
  12. Compras em Aruba
  13. Cassinos de Aruba
  14. Visitar a Fábrica da Aruba Aloe
  15. De Palm Island

E para te ajudar a planejar sua viagem, falaremos dos seguintes pontos:

Vamos falar do que fazer em Aruba?

1. Curtir as praias incríveis de Aruba

Aruba combina com praia e para começar nossas dicas do que fazer em Aruba, nada melhor do falar das principais praias de Aruba. (Sim, curti tanto as praias da ilha que fiz um post a parte completinho)

A areia é branquinha, mar mega transparente, muito calmo e há várias oportunidades lindas para fazer snorkel e se encantar com a vida marinha de Aruba.

Praias de Aruba

Mar azul e areia branquinha em Eagle Beach

Quem fica em hotel pé na areia, seja em Palm Beach, Eagle Beach ou no Renaissance Aruba em Oranjestad terá toda estrutura de praia do próprio hotel mas mesmo com essa comodidade toda recomendo que você alugue um carro e dedique alguns dias do seu roteiro em Aruba para explorar as praias mais lindas da ilha [e falando em roteiro, já viu nosso roteiro de 10 dias em Aruba e Curaçao?]

As praias de Aruba podem ser divididas em dois grupos, ao norte de Oranjestad estão as praias mais turísticas e melhor conectadas com as linhas de transporte locais. Praias que, em geral, tem uma estrutura ótima com pelo menos um quiosque de apoio e aluguel de espreguiçadeiras. No sul da ilha há praias menos conhecidas – a Baby Beach é uma exceção – e muito lindas.

As praias ao norte de Oranjestad são:

  • Arashi Beach: Nossa preferida, uma delícia para ir com crianças. É uma praia de tombo, então é um pouco mais funda, mas nos gostamos tanto que fomos duas vezes.
  • Boca Catalina: ótima para fazer snorkel, mas também gostosa para curtir com a família. A praia é estreita, e a vibe é uma delícia
  • Tres Trapi: Não é bem uma praia, mas sim um ponto de mergulho. Há uma escada nor corais para descer e fazer snorkel por lá. Vá!
  • Malmok: Point de Snorkel que ficou ainda melhor com a inauguração do Malmok Boardwalk, uma delícia para caminhar. A partir dessa praia você consegue acessar o naufrágio Baboo (ele fica parcialmente fora da água e rende fotos bem legais), ele fica há 50 metros da Orla.
  • Hadicurari Beach: Só vale a pena para quem quer fazer kite surf, venta muito.
  • Palm Beach: a praia dos Resorts um point de aluguel de equipamentos náuticos.
  • Eagle Beach: A mais fotogênica de Aruba, é aqui que fica a famosa árvore de Divi Divi que é o símbolo da ilha
  • Manchebo Beach: Praticamente a mesma praia de Eagle Beach, só muda de nome. Aqui há opções de hotéis pé na areia e restaurantes de frente para o mar.
  • Divi Beach: Bem parecida com a Manchebo, essa é uma praia mais exclusiva pois acesso é mais limitado.
  • Druif Beach: Nessa praia ficam alguns dos resorts mais econômicos da ilha, mas deixando a parte hoteleira de lado, a praia é mais calma e bem mais vazia que suas vizinhas badaladas. O point é o bunker bar, um bar construído sob as ruínas de um antigo bunker e praticamente dentro da água. Uma delícia para curtir o fim da tarde.
Boca Catalina em o que fazer em Aruba

Sombra natural das árvores e Palapas na praia Boca Catalina

Na região sul da ilha (depois do aeroporto) temos:

  • Surfside Beach: Uma pegada bem local com vistas dos aviões chegando
  • Mangel Halto: Praia escondida e linda, excelente para mergulhar
  • Pos Chiquito Beach: Estreita, escondida e cheia de charme. Um dos segredos mais especiais de Aruba.
  • Rodger’s Beach: Coladinha na Baby Beach tem um cenário pitoresco com direito a cactos na praia e um ar mais industrial devido a antiga planta da refinaria de petróleo que fica bem visível no horizonte
  • Baby Beach: Perfeita para os pequenos, a praia é linda, calminha e o visual é um dos mais especiais da ilha.

E já que as praias precisam com certeza entrarão na sua lista do que visitar em Aruba, vamos falar um pouquinho mais sobre as possibilidades náuticas da ilha?

Baby Beach em o que fazer em Aruba

Baby Beach: Mar azul e praia calminha – perfeita para pequenos

Esportes náuticos em aruba

Nas praias de Aruba você poderá praticar esportes aquáticos como stand up paddle, kite surf, wind surf, e também alugar colchão inflável para deitar no mar e relaxar, cadeira inflável, etc…

Até o Flyboard – uma febre pelo mundo – está presente por lá. Meu irmão alugou na última viagem e se divertiu a beça.

Há companhias de locação de equipamentos na Eagle Beach quanto e na Palm Beach.

Aruba

Esportes aquáticos em Aruba

Dicas para curtir as praias de Aruba

Para conhecer as praias de Aruba a melhor pedida é um Alugar de carro as distâncias são grandes e o transporte público, apesar de funcionar bem na porção norte da ilha é mais limitado na região sul. Sem carro você terá que fazer baldeações.

Use as Palapas públicas ou compre o seu guarda-sol

Quem não está em hotel pé na areia, pode usar as palapas (barracas de praia que são feitas de madeira e folhas de bananeira) públicas. Chegue cedo, elas são disputadas.

Outra opção são os bares nas praias que alugam cadeiras e guarda-sóis por cerca de $20 por dia. Se você ficar em Aruba por mais de três dias, considere comprar seu próprio guarda-sol (e acredite, é mais barato comprar um guarda sol que alugar todos os dias!)

2. A ilha do renaissance

A Renaissance Island, ilha particular do hotel Renaissance (também conhecida como ilha dos Flamingos) ficou famosa graças a Flamingo Beach, uma praia linda onde flamingos andam soltos.

Onde ficar em Aruba

Praia dos Flamingos em Aruba

A Ilha é de uso exclusivo dos hóspedes do Renaissance mas na baixa temporada é possível comprar ingressos [caros] para visita-la.

Minha dica para quem faz questão de visitar a ilha é se hospedar pelo menos uma noite no Renaissance (o acesso é incluso na diária para os hóspedes) e o valor da diária muitas vezes equivale ao ingresso cobrado para não hóspedes. Para uma família de 4, saí mais barato dormir uma noite do hotel do que comprar 4 ingressos para visitar a ilha.

Atenção: A praia dos Flamingos é exclusiva para adultos, crianças podem visitá-la somente no período da manhã.

Iguana Beach: Um pedacinho de paraíso

O que eu mais gostei da Renaissance Island foi a Iguana Beach a praia família da ilha, um bolsão de mar protegido e com águas bem calminhas, areia branquinha, mini parquinho para os pequenos e um super serviço de bordo. Eu adorei a praia.

Para nós que viajamos com criança pequena, ficar hospedados no Renaissance foi uma pedida perfeita. Veja aqui a nossa review completa do Renaissance Cassino & Resort em Aruba.

Drink de Flamingo na Iguana Beach em Aruba

Meu drink lindo de Flamingo na Iguana Beach

Vale a pena visitar a Ilha do Renaissance?

Amei a ilha e não foi pelos Flamingos.

Sim, é lindo vê-los de perto, mas depois de uma meia hora na ilha observando a mesma movimentação: turistas descem da lancha, compram ração de Flamingo, e vão até a praia em busca da foto perfeita. Enquanto isso, Flamingos empanturrados tentam se esquivar da movimentação e de alguma forma escapar dos cliques.

Fiquei com pena dos Flamingos, e até escrevi para o Renaissance fazendo perguntas sobre o tratamento das aves mas nunca obtive resposta.

3. Fazer Snorkel ou Mergulhar de cilindro

Aruba é um destino espetacular para fazer mergulhos de  snorkel, ou cilindro. Além de uma baía com águas calmas e vida marinha abundante, há muitos naufrágios pela região.

Os melhores lugares para mergulhar por conta própria são Malmok, Boca Catalina, Arashi, Mangel Halto e Baby Beach. A água é transporte, a visibilidade é excelente e a vida marinha é bem impressionante. Nós levamos as nossas máscaras de mergulho e aproveitamos MUITO.

Snorkel em Aruba

FotoL rabih shashapara o Unsplash

Tour de Snorkel para ver muitos peixes coloridos

Quem curte mergulhar pode investir em um tour com snorkel, uma oportunidade linda de chegar bem perto do naufrágio mais famoso de Aruba (o USS Antiga) e ver uma vida marinha sensacional – os peixes são gigantes e multi-coloridos, fiquei encantada. O tour é kids friendly e Open Bar, uma boa pedida para famílias. Dos tours pagos de Aruba esse é o meu preferido.

Passeio de submarino, a cara de Aruba

Há dois passeios bem legais para quem quer ver peixes sem se molhar, o submarino Atlantis, uma oportunidade de andar de submarino e ver a vida marinha de Aruba, e o passeio de semi submarino Seaworld Explorer, que custa metade do preço do Atlantis e oferece um meio termo entre passeio de barco e de submarino. Quem tiver um inglês legal ainda aprenderá muitas curiosidades legais sobre a ilha.

4. Visitar o ARIKOK NATIONAL PARK

O Arikok National Park é um dos destinos mais exóticos da ilha e um passeio que merece entrar no seu roteiro. O parque é gigante (ele ocupa 20% do tamanho total da ilha) e tem alguns dos principais pontos turísticos de Aruba como a famosa piscina natural, cavernas lindas, praias desertas e dunas de areia branquinha.

Você pode fazer o passeio por conta própria alugando um 4×4 (acredite, você não quer arriscar um carro alugado normal nesta estrada horrível) e pode ser combinado com a Capela Alto vista que fica no caminho do parque e as Ruínas de Bushiribana.

Boca Ketu Beach, uma das praias desertas do Arikok National Park em Aruba

Boca Ketu Beach no Arikok National Park

Outra forma (mega divertida) de incluir o parque no roteiro é fazer um passeio de Jipe, ou UTV (sabe aquele bug invocado?) Os passeios custam cerca de $115 por pessoa e a vantagem do UTV é que você terá um jipe para você e seu companheir@ de viagem. Leve a carteira de motorista!

O roteiro de dia todo inclui paradas na Capela Alto vista, lugares mais bonitos do parque (incluindo a piscina natural e as cavernas) e um Grand Finale nas águas calminhas da Baby Beach. Nós fizemos o passeio de carro e ficamos morrendo de ciúmes da galera com bug 4×4. Pareceu ser bem mais legal. Para quem quer algo mais rápido (e mais econômico) há passeios de meio dia em jipe.

Arco natural caído

O antigo arco natural já foi um dos cartões postais de Aruba, hoje restam um arco menorzinho, bonito porém nada de outro mundo, ruínas do arco antigo e uma lojinha bem caída (coitada) que cobra caro pela entrada no banheiro (afinal, com o arco caído, quem é que vai querer lembrancinhas?)

Roteiro Aruba e Curaçao

Arco pequenino. O visual da região continua bonito

Apesar do cenário decadente do local amei o contraste das paisagens e a força como as ondas batem nos rochedos.

Roteiro Aruba e Curaçao

Mar bravo junto a ponte natural de Aruba. Achei as cores do lugar bem bonitas.

(E sim, com a força que as ondas batem deste lado da ilha, ficou claro o porquê da queda do arco. É impressionante, e ao mesmo tempo lindo, a força da água). Uma parada rápida, porém interessante.

Passeios de cavalo no Arikok National Park

Quem curte andar à cavalo vai adorar explorar as praias de desertas do Arikok à cavalo. O passeio dura 1h30 e maiores de 6 anos são bem vindos.

5. Piscinas naturais de aruba

O grande destaque do Arikok National Park é a piscina natural de Aruba (Conchi), uma formação vulcânica arredondada em formato de tigela que forma uma piscina natural linda e muito bem protegida das ondas. O visual é maravilhoso, e chegar lá é uma aventura (a piscina fica em uma das porções mais acidentadas do Arikok National Park).

A piscina natural de Aruba é um dos motivos pelo quais os passeios de de Jipe, e de Bug UTV são tão disputados. E vale a pena, viu?!

Além da famosa piscina natural do Arikok National Park, há uma segunda piscina natural – mais local e menos conhecida – próxima às ruínas da Bushiribana. Chegamos lá por acaso e gostamos da vibe.

6. Ruínas de Bushiribana

As são o que restou de uma mina de ouro descoberta em 1824. O local fica na costa norte da Ilha e era utilizado para processar o minério descoberto por holandeses. Bushiribana ficou em uso por apenas 10 anos e, por conta disso, as ruínas impressionam por estarem tão intactas. É permitido entrar e tirar fotos do local e o passeio é rápido e bem bonito.

Ruínas de Bushiribana em Aruba

Ruínas de Bushiribana em Aruba

Eu como adoro ruínas, fui de curiosa e gostei pra caramba do que vi. Se fosse você, não deixaria de visitar.

7. Fountain Cave e Quadrikiri Cave

Dentro do Aruba National Park há duas cavernas que merecem a sua visita. A Fontein Cave é a caverna mais conhecida da região. Formada por calcário, ela tem um aspecto avermelhado e é a única que tem desenhos feitos pelos índios Arawak no teto.

Já a Quadirikiri Cave possui duas grandes camadas com aberturas no teto que permitem a entrada da luz solar – criando um visual belíssimo.

Roteiro Aruba e Curaçao

Quadrikiri Cave

As cavernas são abertas ao público durante o horário de funcionamento do Parque, das 08h às 16h. Para entrar no parque é cobrado uma taxa de U$ 11 por pessoa.

Por algum motivo a Fontein estava fechada (trancada com chave e tudo) durante nossa visita e não pudemos ver seu interior, em compensação a Quadrikiri estava aberta e nós adoramos a visita! Para ver detalhes nas partes escuras, vale levar uma lanterna.

8. Capela Alto vista

Construída em 1952 no local onde antigamente índios eram catequizados ao catolicismo, a pequena capela é uma parada interessante para visitar um local bastante frequentado pelos nativos.

Há missas celebradas na capelinha e as pessoas sentam nos banquinhos que circulam a igreja – algo que me impressionou bastante já que quando visitei a igreja fazia um sol de rachar

Capela Alto da Vista em Aruba

Capela Alto da Vista em Aruba

Quer mais um motivo para visitá-la? Toda a região da capela é linda e está cercada de uma vegetação árida bem especial.

Em frente a capelinha há vendedores de lembrancinhas típicas bem bacanas, e frutas em pedaço. Vale dar uma xeretada.

Aruba vista do alto da caixa d’água

No trajeto nós subimos até o topo da caixa d’água da região – dica de um local – e apreciamos vistas bem legais da área.

Roteiro Aruba e Curaçao

Aruba vista do alto da Caixa d’água: consegue ver as plantações de Aloe?

9. California Lighthouse – o Farol de Aruba

O farol foi construído por um francês por volta de 1914 e possui 27 metros de altura. Ele chama a atenção em meio a uma paisagem árida e praticamente vazia. Sua localização permite uma vista 360 incrível com direito a um panorama lindão da Arashi Beach.

Para visitar o farol é cobrado uma taxa de U$8 por pessoa – mas a vista vale a pena, viu?

California Lighthouse em Aruba

California Lighthouse em Aruba

Coladinho no farol está um dos restaurantes mais tradicionais da ilha, o El Faro Blanco. Nós gostamos da experiência e da comida, mas ouvimos reviews bem misturadas: meu irmão e minha cunhada que vão para Aruba quase todo ano disseram que ele é muito inconstante. Às vezes se come bem, e outras, mais ou menos.

Nós não achamos a melhor comida e nem a experiência mais única da ilha, mas gostamos. Eu reservei uma mesa perto do horário do pôr do sol e foi uma escolha certeira. Vale muito a pena! É necessário reservar com antecedência.

10-Passear pelo centrinho de Oranjestad

Oranjestad é a capital de Aruba, e uma região portuária super charmosa. Lá, você encontrará inúmeros restaurantes e lojas de luxo – além de casinhas histórias e coloridas que são cenário perfeito para fotos. A noite por lá é bastante agitada com bares, cassinos e casas noturnas.

A arquitetura mistura prédios históricos com estilo holandes e casinhas locais. Caminhar pelas ruas de Oranjestad é um passeio super gostoso e que permite registros lindos!

Roteiro Aruba e Curaçao

Casas coloridas no centro de Oranjestad

Downtown trolley

O bondinho de Oranjestad conecta o terminal de passageiros do Porto de Aruba ao centro da cidade fazendo 6 paradas em pontos turísticos locais. Achei o bondinho super estiloso e fiquei com vontade de dar uma volta.

Bondinho de Aruba

Bondinho de Aruba, uma forma de explorar Oranjestad

Bonbini Festival no Fort Zoutman

Toda terça feira das 18:30 às 20:30 Aruba, o Fort Zoutman, um dos edifícios históricos de Aruba, celebra o Bonbini Festival, um festival de música e dança com direito a apresentações de grupos locais e uma feirinha de artesanatos e de comes e bebes.

Sabe aquele passeio super turístico porém divertido? Vale dar uma passadinha!

Dicas para comer no centro de Aruba

O centro de Aruba tem dois restaurantes que eu adoro: o Quinta del Carmen ( Bubali 119, Oranjestad) e o Que Pasa? (Wilhelminastraat 18, Oranjestad).

11- Comer hiper bem

Aruba tem vários restaurantes ótimos, principalmente para um programa a noite (já que o almoço acaba ficando mais perto da praia). Para chegar na maioria dos restaurantes que ficam em casas espalhadas pela ilha e transformadas em restaurantes, você precisará de um carro alugado ou de um táxi.

Reserve: os restaurantes de Aruba são bem disputados, vale reservar!

Flying fishbone, um dos melhores restaurantes de Aruba

Mesas na areia e com os pés na água no Flying fishbone

Melhores restaurantes de Aruba

  • Flying Fish Bone (Savaneta 344, Savaneta): Esse restaurante é um dos mais especiais de aruba e precisa ser reservado com antecedência. Peça uma mesa com pé na água (literalmente) e veja um pôr do sol lindo numa das experiências mais autênticas de Aruba. Amamos.
  • Madame Janette (Cunucu Abao 37, Noord): O ambiente é lindo e a comida é super gostosa. Peça o grouper, especialidade da casa, gigante e delicioso.
  • Papiamento (Washington 61, Noord):Todas as mesas ficam em volta da piscina da casa, e o cardápio é uma delicia. Minha cunhada encontrou o Richard Gere! jantando por lá.
  • Quinta del Carmen ( Bubali 119, Oranjestad): Outro restaurante mega charmoso e que também fica em uma casa. É maravilhoso e vale muito a pena!
  • Que Pasa? (Wilhelminastraat 18, Oranjestad): Descolado e animado, este restaurante / bar / galeria super descolado e que fica bem no centrinho da cidade e combina um ambiente super legal com comida gostosa.
  • Cuba’s Cookin: Restaurante Cubano que no shopping do Renaissance e é delicioso. Adoramos as empanadas, e o picadinho de carne servido com arroz e feijão. Uma super pedida para quem viaja com crianças (e nós adoramos tanto que fomos duas vezes).
  • Casa Tua (Italiano): Há duas unidades uma no shopping do Renaissance e outro na região das praias, pizzas e massas aprovadas por nós
  • Elements (Bucuti & Tara Beach Resort – Eagle Beach): Um restaurante maravilhoso na beira do mar, super romântico e com um cardápio especial para vegetarianos. A comida é uma delícia.
  • Gianni’s (J.E. Irausquin Blvd 348, Noord): Restaurante italiano delicioso. Peça a massa servida dentro da “roda” de queijo parmesão.

Para quem quiser tomar um suco delicioso, vale a pena ir ao bar de sucos da piscina do Hyatt. Eles têm sucos e vitaminas incríveis!

Comidinhas gostosas nos supermercados de Aruba

Mesmo para quem fica em hotel em Aruba, vale muito a pena ir nos supermercados locais para conhecer. Eu sou suspeita para falar porque amo supermercado, mas, os supermercados de Aruba são realmente demais!

Super Food

Um dos supermercados mais bacanas (e mais visitados pelos turistas) é o Super Food (Bubali 141-A, Noord). Esse é um supermercado bem legal, cheio de produtos internacionais e muitos produtos holandeses (além de frutas e verduras lindas – e para quem ficar em casa alugada em Aruba, tem itens incríveis para um churrasco – considerando também quem é vegetariano (o cogumelo portobelo deles é incrível, tem também aquele milho americano doce).

Ling & Sons

Saindo da cidade, sentido Palm Beach, quando você cruzar com um prédio verde a sua direita (que também é um supermercado menor), vire a direita. Um quarteirão para frente você encontrará na sua direita o Ling & Sons (Schotlandstraat 41, Oranjestad), um outro mega supermercado de Aruba, que é mais vazio que o Super Food e também é incrível.

12-Compras em Aruba

Vale a pena fazer compras em Aruba? Depende. Se você vai fazer um stop em Miami ou no Panamá, não. Tanto Miami quanto o Panamá tem preços mais baratos que Aruba. Para quem vai somente para Aruba, pode valer a pena sim, mas a dica agora em tempos de dólar alto é fazer as contas.

Aruba tem lojas de diversas marcas internacionais e os preços costumam ser muito bons (não tão quanto os outlets americanos), vale a pena comprar algumas coisinhas principalmente porque não tem taxa! Para quem gosta de Ferragamo, Aruba tem sempre ótimos preços!

Paseo Herencia em Aruba

Paseo Herencia em Aruba

Há dois lugares legais para fazer compras em Aruba, o centro da cidade, cheio e lojinhas coloridas. Para marcas de luxo recomendo o shopping do Renaissance, o mais bonito de Aruba.

Em Palm Beach (há uma área de lojas trás dos hotéis de Palm Beach) o shopping mais legal se chama Paseo Herencia (J.E. Irausquin Blvd 382A, Noord) e tem diversos atrativos para crianças como boliche, Fliperama e na alta temporada rola até apresentações de dança com shows locais (Tom amou assistir e dançou junto com a criançada).

Vale visitar e se encantar com os produtos da Aruba Aloe. Adorei os cremes.

13- Cair na jogatina nos Cassinos de Aruba

Para quem gosta de cassino, Aruba também tem cassinos. Para quem curte jogar na maquininha caça níquel o cassino fica aberto 24h. Já para quem curte jogos de mesa, durante o dia só dá para jogar no cassino do centro da cidade. Já os jogos de mesa dos demais cassinos abrem no final da tarde.

Dicas de Cassinos em Aruba

  • Cassino do Ritz: é o mais novo, com maquininhas modernas, porém, tem poucas mesas e não é grande.
  • Stellaris do Marriott: maior cassino dentro de hotel, ele é ótimo.
  • Hyatt: Outro cassino ótimo e bem localizado.
  • Crystals: O maior cassino de Aruba fica no centro em Oranjestad pertinho do Renaissance. Aberto 24 horas.
  • Alhambra: também é grande e tem mesas mais baratas, porém, fica em Eagle Beach enquanto os outros cassinos de hotel ficam em Palm beach.

14- Visitar à Fábrica da Aruba Aloe

Você sabia que Aloe Vera é o principal produto de exportação de Aruba?

Taí um passeio muito legal para quem visita a ilha e quer aprender um pouquinho sobre a história local e ver as plantações de perto. Adoramos o passeio.

15- De Palm Island

De Palm é uma ilha com parque aquático, praias bonitas, flamingos soltos e muitas outras atrações. Para chegar lá, você precisará contratar uma excursão.

É um programa caro e que só recomendo para quem tem mais de 5 dias em Aruba ou está viajando com crianças e vai adorar passar o dia em um parque aquático.

Planeje sua viagem para Aruba

Chegou a hora de planejar cada detalhe da sua viagem, aí vai um checklist prático e outras dicas que precisam entrar nos seus planos.

Checklist de viagem para aruba

  • Passaporte: obrigatório para viajar para fora do Brasil
  • Visto: aruba não precisa de visto.
  • Que moeda levar? Dólar. A moeda local é o Florin, mas logo você vai perceber que até o troco é dado em dólar
  • Certificado de vacina de febre amarela: obrigatório
  • Exigências COVID: Veja abaixo.

requisitos para a entrar em Aruba em épocas de COVID

A partir de junho de 2021 Aruba abriu as fronteiras para turistas brasileiros com algumas exigências.

  • Teste PCR para COVID negativo feito com até 72 horas antes do embarque
  • Compra de um seguro do governo de Aruba contra covid. O seguro que custa a partir de 15 dólares por dia e cobre gastos hospitalares e de isolamento de até 75 mil dólares
  • Preencher o formulário ED Card, 72 horas ou menos antes de embarcar: Aqui você terá que fazer o upload do teste de COVID.
  • Para voltar ao Brasil, o teste de COVID também é obrigatório.
Roteiro Aruba - Eagle Beach

Gu e Tom curtindo o mar da Eagle Beach em Aruba

Quando ir para Aruba?

Aruba é uma ótima opção para qualquer época do ano. Isso porque a área está na parte sul do Caribe, ou seja, livre de furacões. Além desse ponto positivo, Aruba tem outro: as chuvas são poucas na ilha e se concentram entre outubro e dezembro.

Ou seja, Aruba é um ótimo destino independente do mês da sua viagem! A temperatura média anual é de 28ºC, com variações bem pequenas. Você sempre terá sol e água fresca por lá!

Quantos dias em Aruba?

Para quem ama mar, mar azul transparente bem piscina e sol quente o ano todo, dá para ficar 1 ano! Mas, com 5 dias já dá para aproveitar bem o que a ilha tem para te oferecer. Se você tem mais tempo, eu diria que 7 dias é um tempo ideal pra conhecer bem o que a ilha tem de melhor!

Com mais de 7 dias, eu aproveitaria para incluir Coração no roteiro. O voo entre Aruba e Curaçao leva cerca de 30 minutos e a ilha é espetacular (e bem diferente de Aruba!)

O Gu e eu fizemos um roteiro 10 dias por Aruba e Curaçao, foram 7 dias em Aruba divididos entre Oranjestad e Noord.

Roteiro de 4, 5 ou 7 dias em Aruba

Há duas formas de curtir Aruba: Ficar hospedado em um hotel em frente ao mar sem alugar carro – há muitas opções all inclusive para quem quer ainda mais praticidade – e fazer passeios para os principais pontos turísticos, ou alugar um carro para curtir o melhor de Aruba no seu ritmo.

Aí vai uma sugestão de roteiro para quem quer explorar a ilha.

Dia 1: Curtir a região de Palm Beach (ou o Renaissance para quem se hospeda por lá. Já falei que adorei?!)

Deixei esse dia mais livre para você chegar na ilha sem pressa, curtir a piscina do hotel e se encantar com as cores do mar lindo de Aruba.

Quem se hospeda no Renaissance de Aruba pode aproveitar para conhecer a ilha particular do hotel. A iguana beach é maravilhosa. Para o jantar o Que Pasa?(Wilhelminastraat 18, Oranjestad) é uma ótima pedida. Você vai adorar a vibe de galeria- restaurante da casa e de quebra dar um giro inicial pelo centrinho de Oranjestad.

Para jantar recomendo o Gianni ‘s (J.E. Irausquin Blvd 348, Noord) para quem está na região de Palm Beach (peça a massa servida dentro do fundo de queijo parmesão. Uma delícia)

Palm Beach em Aruba

Palm Beach em Aruba

5 dias a aposta de muitos turistas Brasileiros para viajar por Aruba, e é um tempo bem legal. Com 5 dias dá para curtir a região das praia de Palm Beach, aproveitar um dos dias para visitar o Arikok National Park (lembre-se que o que carro 4×4 é indispensável) e outro para explorar as praias ao sul da capital (com direito a algumas horas na Baby Beach).

Quem topa mudar de hotel pode ficar uma ou duas noites no Renaissance para curtir as lindezas e as amenidades da praia particular. É muito especial.

Dia 2: Praias do norte de Aruba

Adoro praia e vou privilegiá-las no roteiro. Combinado?

Hoje começaremos com um snorkel em Boca Catalina – a natureza de Aruba é surreal e com sorte você verá peixes bem grandes – e na sequência visitaremos a Arashi, minha praia preferida em Aruba. Um lugar delicioso para curtir algumas horinhas de praia boa.

O que fazer em Aruba - Arashi Beach

Arashi Beach em Aruba

Se você é do tipo que AMA snorkel vale investir em um tour com snorkel, para chegar aos melhores points da ilha incluindo o Naufrágio Antilla. O tour é open bar e kids friendly. Para mim, o melhor passeio pago da ilha.

Quem tem pique pode passar o dia todo na praia, eu sou do time que volto para o hotel para tirar a soneca da tarde, e curtir umas horinhas de piscina. O bom é que Aruba não é muito grande e em meia horinha dá para fazer idas e vindas sem tanto perrengue. Para quem viaja com crianças, esse descanso faz toda a diferença.

Termine o dia com um pôr do sol na California Lighthouse (vale subir, as vistas maravilhosas e ela fica aberta até as 19:00).

California Lighthouse vista da Arashi Beach

California Lighthouse vista da Arashi Beach

Dia 3: Praias do sul de aruba

Hoje faremos um dia com viagens mais longas, porém recheado de paisagens incríveis. A primeira parada é a Baby Beach, onde curtiremos algumas horas de praia perfeita. Aproveite para dar um pulinho na vizinha Rodgers Beach. Fique de olho nos burros selvagens que devem cruzar seu carro no caminho, eles são a cara de Aruba!

Burro selvagem em Aruba

Burro selvagem em Aruba

Nosso almoço será em Savaneta, uma área bem local e recheada de segredinhos, para um almoço bem descontraído o restaurante de pescadores Zeroover (Savaneta 270) é sempre uma boa pedida. De lá esticaremos para a praia Mangel Hato, uma delícia de parada e que rende fotos lindas.

Bem pertinho dela está a menor praia de Aruba Pos Chiquita, vale xeretar!

Para o jantar recomendo o Flying Fish Bone (Savaneta 344, Savaneta) – reserve com antecedência e peça uma mesa com os pés na água. Vá para o pôr do sol, essa é uma das minhas experiências preferidas de Aruba

Dica: Quem prefere não alugar carro pode fazer esse tour, e conhecer as melhores praias do sul de Aruba com direito a parada para snorkel.

Dia 4: Eagle Beach & Aruba Aloe

Hoje é dia de conhecer a árvore que é o símbolo de Aruba, a Divi-divi que fica nas areias da Eagle Beach, uma praia bem gostosa para famílias

À tarde faça o tour pela Aloe Aruba, e termine o dia com um jantar em Palm Beach.

Final de tarde na Eagle Beach em Aruba

Final de tarde na Eagle Beach

Dia 5: Piscinas naturais e Arikok National Park

Para o passeio de hoje você precisa alugar um veículo 4×4 ou contratar um passeio. Caso você opte pelo passeio, recomendo um passeio de dia todo porque a diferença de preço x um passeio de meio dia é mínima e o roteiro é mais completo, mais bonito e bem menos corrido.

As paradas de hoje incluem a Capela Alto vista, as Ruínas de Bushiribana, Fountaine Cave & Quadrikiri Cave, um giro pelo Arikok National Park e as Piscinas Naturais de Aruba que são o destaque do roteiro.

Dia 6: Ilha do Renaissance ou De Palm Island

Começaremos o dia explorando a Ilha do Renaissance ou a De Palm Island. A ilha do Renaissance é aberta para hóspedes mas vende alguns poucos ingressos para não hóspedes, tente fazer a reserva por telefone assim que chegar em Aruba. O valor do ingresso é salgado e vale ficar pelo menos uma noite no Renaissance e acessar a ilha sem pagar um valor adicional.

Renaissance Aruba

Palapa na Iguana Beach, a praia mas bonita da ilha do Renaissance

Outra alternativa é a De Palm Island, uma ilha com praias bonitas e um parque aquático que faz sucesso para quem viaja com crianças.

Almoce no cubano Cuba’s Cookin e termine o dia com um giro pelo centro colorido de Oranjestad

Não se animou para esses passeios? O Snorkel em Mammok seguido de um passeio pelo centro de Palm Beach é sempre uma boa pedida.

Dia 7: Dia de curtir seu hotel (ou repetir sua praia preferida)

Deixei esse dia mais aberto para você curtir o hotel, jogar nos cassinos de Aruba, fazer compras ou simplesmente repetir sua praia em Aruba.

Baby Beach em Aruba

Tom curtindo as águas da Baby Beach em Aruba

Onde se hospedar em Aruba?

Quando o assunto é hospedagem em Aruba há 4 ou 5 diferentes opções de bairros:

Palm Beach: A região dos resorts

O mais popular deles é Palm Beach, o bairro do agito, alí estão alguns dos principais complexos hoteleiros do mundo como Ritz Carlton (o mais luxuoso), Marriott, Hyatt, Hilton (categoria luxo acessível), e até mesmo um Holiday Inn (embora pela mesma faixa de preço minha pedida preferida seja o Brickell Bay que tem quartos bem reformadinhos e um custo x benefício sensacional. A graça de se hospedar em Palm Beach é não precisar alugar carro todos os dias – embora valha a pena alugar pelo menos uns 2-3 para conhecer as regiões mais distantes – e curtir as mordomias de uma Aruba pé na areia com direito a restaurantes deliciosos e bares animados. Tudo muito pertinho. Se você tem planos de bater pouca perna e descansar muito, Palm Beach é a sua região!

Palm Beach All Inclusive

Para quem quer um esquema All Inclusive, as duas opções em Palm Beach são: Riu Palace Aruba (o hotel mais extravagante da praia – o estilo arquitetônico do hotel não me atraia em nada, mas em geral, o Riu oferece um esquema All Inclusive legal em vários cantos do mundo) e o mais discreto Barceló Aruba. Eu pessoalmente não recomendo um esquema All Inclusive em Aruba, a ilha é fantástica e faz todo o sentida sair do hotel!

Aruba

Eagle Beach: Pegada resort, só que com mais sossego

Há duas diferenças fundamentais entre Palm Beach ( a agitada) e Eagle Beach (a bonito), o tamanho dos hotéis diminui muito [o único grandalhão do pedaço é o Divi que possui um shopping bacana, um ótimo cassino e alguns restaurantes que atendem tanto os hóspedes do All Inclusive quanto quem vem de fora] e o agito praticamente some. Aqui não há a facilidade de caminhar para os restaurantes e você precisará de carro. Por outro lado, você estará numa das praias mais lindas de Aruba!

Algumas das pedidas caprichadas de Eagle Beach são Manchebo Beach Resort & SPA, e o Bucuti & Tara Boutique Beach Resort (apenas para adultos) , ambos pé na areia e com uma pitada de excluisividade.

Para quem busca um custo x benefício atraente vale dar uma olhada no MVC Beach Resort e no Amsterdam Manor.

Oranjestad: O centro de Aruba

O centro de Aruba fica um pouco distante do burburinho e das principais praias do país, mas vou te dar um excelente motivo para ficar lá: O Renaissance Casino & Resort (testados e aprovadíssimos por nós) conta com 2 hotéis diferentes, um apenas para adultos e outro para toda a família, e uma ilha particular incrível onde fica a famosa praia dos Flamingos de Aruba. O acesso a praia é reservado para hóspedes nos meses mais cheios do ano, e custa cerca de U$100 por pessoa para não hóspedes: ou seja, se você quer visitar a praia dos Flamingos de Aruba, reserve pelo menos 1 noite por lá.

Renaissance Aruba

Nós ficamos 4 noites no Renaissance de Aruba e achamos a pedida espetacular para famílias. A Iguana Beach, uma das praias da ilha, é linda, bem calminha para os pequenos; e tem um serviço de bordo impecável. Nós amamos e recomendamos muito a experiência.

Também gostamos do tamanho dos quartos e do complexo de piscinas, uma delícia! Achamos o custo x benefício sensacional!

Renaissance Aruba

Área de lazer do Renaissance Ocean Suites

Renaissance Aruba

Quarto do Renaissance Ocean Suites

Renaissance Aruba

Segundo ambiente do nosso quarto

Noord – Pedida para quem quer alugar um apê

Uma forma deliciosa de curtir Aruba em família (especialmente em famílias grandes), ou economizar bastante durante a alta temporada é alugar uma casa ou apartamento, e opção bacana é o que não falta em Aruba! Durante nossa última viagem a ilha, dividimos o roteiro entre 4 noites em Oranjestad (ficamos no Renaissance) e 3 noites na região Noord (cerca de 5 minutos de carro de Palm Beach e próxima de alguns dos melhores restaurantes de Aruba.

Esse sanduíche hotel + apartamento alugado foi uma boa forma de curtir uns dias relax sem a obrigação de sair muito do resort, e passar três dias explorando a ilha (e claro, com as duas experiências consigo dividir os prós e os contras de cada uma das hospedagens com vocês!)

Noord é uma região excelente e com um custo benefício incrível pra quem quer alugar casa: Veja aqui opções de apartamentos e casas para alugar em Noord

Outras boas regiões para alugar casa são: Malmok (praia ultra bem localizada) e claro, Palm Beach.

Aluguel de carro em Aruba: O que você precisa saber antes de viajar

A menos que seus planos de viagem seja passar a semana toda no hotel (tanto os resorts de Palm Beach quanto o Renaissance são opções deliciosas pra quem tem essa pretensão) você precisar alugar um carro em Aruba. Há quem defenda que vale a pena alugar o carro somente por alguns dias, eu (Mari) aluguei o carro durante todos os dias da minha estadia em Aruba e não me arrependo, foi ótimo ter o carro a nossa disposição, mesmo porque, Aruba tem vários programas bacanas afastados do centro, além de todos os restaurantes.

Aluguei o carro pela Rent Cars e foi super tranquilo. O comparador me ajudou a achar a locadora com a melhor tarifa – escolhi uma marca grande para não ter problemas com o carro – e curti minha estadia em Aruba com a liberdade de fazer meu próprio roteiro.

Documentos necessários para aluguel de carro em Aruba:

  • Habilitação Brasileira
  • Passaporte

Flamingo Beach na Ilha do Renaissance

Flamingo Beach na Ilha do Renaissance

Reserve com antecedência:

Vai viajar em alta temporada? Reserve seu carro com antecedência. Nos meses de férias Aruba costuma ficar lotada e é BEM comum que todas as locadoras fiquem com os carros esgotados. Durante nossa viagem a Aruba (semana entre o Natal e ano novo) vimos muita gente sem carro e um caos enorme na porta das locadoras do aeroporto. Eu se fosse você não arriscaria!

Dica: carro alugado no centro de Aruba

Se você pretende passear pelo centro de carro alugado, preste atenção onde você vai estacionar!

Atenção aos parquímetros (maquininhas para comprar tickets de estacionamento) em algumas vagas da cidade. É bem difícil perceber que você parou em uma vaga paga, e se você bobear, encontrará as rodas do carro lacradas pela polícia de trânsito local e terá que pagar uma multa para liberar o veículo.

Seguro viagem

O seguro viagem não é obrigatório para Aruba, mas ele é uma mão na roda para imprevistos. Um bom seguro te ajuda na hora de resolver pepinos como cancelamentos de voos e extravio de bagagens. Além disso, ele te protege também em caso de emergência hospitalar – nem que seja para uma consulta simples.

Por aqui, indicamos a Seguros Promo, uma empresa brasileira que compara os seguros disponíveis no mercado e te apresenta os melhores custo benefícios, mostrando valores e tipos de cobertura. É só escolher a que se encaixa melhor para você!

Quer um desconto?!
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

[vc_row][vc_column]

[gem_button position=”center” corner=”3″ icon_pack=”elegant” text=”Faça já sua cotação” link=”url:https%3A%2F%2Fwww.segurospromo.com.br%2Fp%2Fideiasnamala%2Fparceiro%3Ftt%3Dcat-sanfrancisco|title:Seguros%20Promo|target:%20_blank|rel:nofollow” hover_text_color=”#737172″][/vc_column][/vc_row]

E aí, curtiu nossas dicas do que fazer em Aruba?

Alguém aí já foi para Aruba e quer contar para nós o que achou?

Deixe seu comentário aqui!


Veja também:

Dicas para a escala no Panamá


E, para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Guarde este post no Pinterest!

O que fazer em Aruba

mari vidigal
Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

Viaje Melhor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentários:
luciana fialho disse:

boa tarde,

quero ir para aruba em abril de 2022, preciso fazer o PCR nas crianças tambem? esse Ed é preciso fazer para as crianças tambem?

mari vidigal disse:

Oi Luciana,
Até abril de 2022 as regras vão mudar muito, minha dica é você checar no mês da viagem, e na semana.
Quer um exemplo? Vou para Havaí essa semana. Há duas semanas atrás saiu uma regra nova que crianças com 5 ou mais anos precisam de PCR. Até mês passado era 12 anos. Ou seja, muda toda hora!

Beijos

Isabelle Domingues Duarte Martins disse:

Oi, você vai atualizar as dicas de Aruba com a sua última viagem com o baby tom? Estou pensando em ir para Aruba e iria adorar suas dicas!!! Obrigada!!!

mari vidigal disse:

Oi Isabelle,
SIM! Tenho atualizado este posts aos poucos – note que as dicas de “onde ficar em Aruba” já estão atualizadas, e aos poucos devo incluir as novidades! Hoje publiquei um post sobre a nossa experiência no Renaissance e logo deve sair um guia de praias, um guia de restaurantes e dicas de passeios menos conhecidos em Aruba! Faltou algo?
Beijos