Aruba: Flying Fishbone, um dos melhores restaurantes da ilha

Conheça o Flying Fishbone, um restaurante delicioso e uma das experiências gastronômicas mais incríveis de Aruba. Clima descontraído, drinks lindos, comida maravilhosa e pés na água (ou na areia, se você preferir) fazem parte desse jantar especial. Pronto pra se encantar?

Jantar com os pés na areia é um privilégio, agora imagine jantar com os pés na água curtindo o vai e vem das ondas e com o sol se pondo ao fundo. Taí o grande diferencial do Flying Fishone, um dos restaurantes mais deliciosos de Aruba, e uma daquelas experiências inesquecíveis de viagem. Neste post dividirei com vocês todos os detalhes de um jantar pra lá de especial no Flying fishbone. Vem comigo?

Chegue cedo!

Uma das graças do Flying Fishbone é o jantar ao ar livre com as ondas batendo no pé assistindo o pôr do sol, assim reservamos a nossa mesa para as 6:00 da tarde e foi incrível! Ficamos encantados com o ambiente despojado e ao mesmo tempo arrumadinho sem nunca perder o jeitão praiano e o espirito alegre de Aruba!

Flying fishbone
Mesas na areia e com os pés na água no Flying fishbone

E olha só que bacana que fica com as luzes acesas:

Flying fishbone
Mesa no Flying Fishbone

Nossa experiência no Flying Fishbone em aruba

Reservamos o Flying Fishbone para a nossa última noite em Aruba, e confesso que o restaurante fica tão longe do centrinho que se não tivéssemos ouvido falar TÃO bem, teríamos desistido. Mas as recomendações eram tão boas que resolvemos encaixar o jantar com nosso passeio pelo Arikok National Park e foi uma ótima ideia!

Flying fishbone
Gu, Tom e eu no Flying fishbone

Sabe paixão a primeira vista? Adorei a vibe e essa coisa deliciosa de um jantar caprichado com a água do mar – uma das paixões da minha vida – batendo no pé. E conforme as cores da noite foram roubando o cenário da luz do dia, a casa foi ganhando uma iluminação azul bem especial.

Flying fishbone
Água batendo no pé #Amomuito

O que pedimos

Nosso jantar começou com drinks caprichados, o Gu pediu uma marguerita que infelizmente foi tomada antes de eu conseguir fotografar, e eu pedi um Virgin Strawberry Daiquiri que logo de cara ganhou o prêmio de melhor drink da viagem: cremoso, levemente adocicado. Simplesmente delicioso.

Flying fishbone
Virgin Strawberry Daiquiri

De entrada pedimos uma porção de Lulas Fritas (um dos aperitivos preferidos do Gu de todos os tempos. Rs) e um creme de milho para o Baby Tom. Adorei as Lulas, e achei o creme bom porém nada incrível acho que gosto um pouco mais adocicado (será que estou muito acostumada com o milho daqui dos EUA?)

Flying fishbone
Lulas Fritas
Flying fishbone
Creme de milho

Nossos pratos principais estavam ainda melhores que as entradas, o Gu pediu um camarão gratinado com queijo gorgonzola e servido com vegetais no vapor e purê de batatas. Não provei o camarão porque não sou lá muito chegada, mas o Gu comeu sorrindo e elogiou cada mordida. O purê e os vegetais foram aprovados.

Flying fishbone
camarão gratinado com queijo gorgonzola
Flying fishbone
Purê de batas e legumes ao vapor

Eu pedi um fillet de Halibut servido com risoto de tomate seco e espinafre ao molho de champagne. E que delícia! O prato veio super bem servido e mesmo assim eu consegui devorar tudo :P. Peixe branquinho, macio e hiper suave. Hummmm

Flying fishbone
fillet de Halibut servido com risoto de tomate seco e espinafre ao molho de champagne

E pra fechar eu não podia passar a sobremesa: Uma dobradinha de brownie & Mousse de chocolate servidos com sorvete de pistache. Achei o sorvete sem graça, mas curti as sobremesas de chocolate.

Flying fishbone
brownie & Mousse de chocolate

Pôr do sol: um presente especial

Mais ou menos no meio do jantar o sol começou a se por. Que presente! O restaurante parou, conversas ficam mais baixas e todo mundo ficou prestando atenção naqueles últimos minutinhos em que o sol vai sumindo no ar. Olhei para os meus meninos, sorri e agradeci. Estes últimos 10 dias de férias em Aruba e Curaçao haviam sido incríveis, e último pôr do sol lindo foi uma maneira fantástica de fechar com chave de ouro. Amei!

Flying fishbone
Pôr do sol no Flying fishbone
Flying fishbone
Ganhei até foto com o barrigão

Assim que o dia virou noite, as águas do mar ganharam uma iluminação azulada bem bonita – e imprescindível para ninguém despencar do píer e tomar um banho indesejado durante o jantar! E antes que eu me esqueça, claro, há pendurados de sapatos elevados para os sapatos e chuveiro de água doce para você lavar o pé depois do jantar. Mas quer saber? Eu se fosse você iria de chinelos ou sandália!

Flying fishbone
Iluminação noturna

Repelente de insetos: algo que todos os restaurantes de Aruba deveriam ter

Passamos 7 dias em Aruba e visitamos alguns dos restaurantes mais gostosos da ilha, e todas as noite o Gu tinha que repetir o pedido: Você pode me trazer o repelente de insetos por favor? O coitado tem sangue doce e era a ceia preferida dos borrachudos locais, até eu que sou ruim a beça acabei levando uma picada ou outra, e digo. Elas coçam! Além do incomodo de ter que pedir algo que deveria estar amplamente disponível, vez ou outra recebemos um pedido de desculpas: “não temos, desculpem”. E como ser o jantar de borrachudo não está no programa de férias de ninguém, preciso dizer que muitas vezes saíamos dos restaurantes antes do que gostaríamos por não ter um maldito off disponível.

Bom, contei isso tudo pra dizer que de todos os restaurantes em Aruba que visitamos o Flying Fishbone era o único que tinha vidros e mais vidros de Off na porta, e espalhados em outros cantos do restaurante. Jantamos maravilhosamente BEM e sem o incomodo de levar picadas. Pontos pros caras!

Informações importantes

Como chegar?

O Flying Fishbone fica na região de Savaneta, a praia de pescadores de Aruba. Um lugar pouco turístico e relativamente afastado das atrações turísticas de Aruba, e no caminho da Baby Beach. Para quem tem pique a dica é reservar o restaurante na volta da Baby Beach (leve uma roupa arrumadinha, já que o restaurante é caprichado) ou depois de um passeio pelo Arikok National Park.

  • Endereço: Savaneta 344, Savaneta
  • Telefone: (+297) 584 2506

Veja a localização exata no Google Maps.

Reserve com antecedência

A graça o Flying Fishbone é sentar com os pés na água – ou pelo menos na areia – e não preciso nem dizer que estas mesas são pra lá de disputadas, preciso? Assim, vale reservar seu lugar com antecedência e de preferência bem cedo pra você curtir o pôr do sol na praia.

E aí, curtiu as dicas?

Você que já foi pra Aruba, conta pra gente: qual a praia que você mais gostou?


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Aruba

Faça seu seguro de viagens 


Guarde esta dica no Pinterest!

Flying Fishbone

Veja também:

Aruba:

Curaçao:

Planeje sua viagem

Comentários (4)

[…] Flying Fish Bone (Savaneta 344, Savaneta): Esse restaurante é um dos mais especiais de aruba. Perfeito para ir ver o por do sol. Mas, é bem longe, sentido baby beach. […]

OI Mari
que época vc viajou para Auba ? julho e um bom mês ?
Esse restaurante e melhor reservar com quanto tempo de antecedência ?
obrigada
Sandra

Oi Sandra,
Fomos em dezembro. Já viu o nosso post com dicas de Aruba? Tem várias coisas legais para te ajudar na viagem. Duas semanas deve ser o suficiente para garantir reserve, julho como é alta temporada, talvez três.
Beijos

Deixe o seu comentário