Onde ver Flamingos em Curaçao

4
Flamingos em Curacao

Saiba onde ver Flamingos em Curaçao, um passeio lindo, rápido e super fácil de combinar com a visita a algumas das melhores praias da ilha. Neste post divido com vocês detalhes da nossa passeio à Salina de Jan Kok em Sint Willibrodus e muitas dicas pra você aproveitar ao máximo. Vamos nessa?

Onde ver Flamingos em Curaçao

As minas produtoras de sal de Curaçao passaram muitos anos abandonadas. A natureza tomou conta e as salineiras ganharam um novo colorido: Flamingos que vem a Curaçao para se alimentar da grande quantidade de camarões vermelhos existentes nas lagoas salgadas e fugir um pouquinho da aglomeração de Flamingos dos campos de reprodução da Venezuela e de Bonaire. E falando em colorido, o Flamingo só esse tom rosado todo especial porque se alimenta desses camarões avermelhados.

Curaçao tem 3 salineiras bastante frequentadas pelos flamingos, e que dede 1999 se tornaram áreas de conservação ambiental:

A) Salina de Jan Kok Baai (a que visitamos) em Sint Willibrodus: Essa é a salina mais acessível e fica bem no caminho de Port Marie que é uma das praias mais gostosas de Curaçao. (Veja detalhes da visita nos próximos parágrafos).

B) Salina de St. Michiel: No caminho de Vaarsenbaai ou da Kokomo beach.

C) Salinas of Jan Thiel: Ao leste de Willemstad, via Caracasbaaiweg.

Flamingos em Curacao

Salina de Jan Kok em Curaçao

Flamingos em Curaçao: Mapa das salineiras

Veja no mapa a localização exata das salineiras.

A experiência: Flamingos em Curaçao

Assim que li sobre os flamingos em Curaçao, tratei de incluir o passeio no nosso roteiro. Eu, que amo animais e aves exóticas, não podia perder a chance de ve-los de pertinho e sem seu habitat natural. Pesquisando um pouquinho sobre as salinas, aprendi que a região de Sint Willibrodus era um excelente lugar para ve-los e que ficava bem no caminho de algumas das praias que queríamos visitar: a Port Mari e a Kanepa Grandi.

Pra ter certeza que o programa era realmente bacana, perguntei a opinião do meu amigo Alex (nativo de Curaçao) que  recomendou um passeio completo e redondinho pela região: Flamingos + Burger de cabrito + Antiga plantação histórica (por falta de tempo tivemos que passar) + praias. Testamos e adoramos o combo!

Flamingos em Curacao

Flamingos em Curacao

Por que é legal?

A experiência de ver qualquer animal selvagem na natureza é sempre especial. E se você tem um carinho por Flamingos – o que é meu caso – melhor ainda. Estas aves rosadas esbeltas conquistaram meu coração, gostei tanto da experiência que teria fácil passado algumas horinhas sentada observando o comportamento dessas lindezas. (Claro que o Gu e o Baby Tom ficariam irritadíssimos com a mãe fotógrafa, e assim tive que me contentar com uma visita de dez minutinhos.)

Pra ver de longe, e respeitar!

Como toda experiência com animais SELVAGENS, bate sempre aquela vontade de chegar mais perto para tirar a foto perfeita. Eu sempre fico um pouco chocada com a falta da sensibilidade da galera que passa por cima de cercas, ou simplesmente ignora avisos em busca da foto perfeita e se esquece que animais selvagens não estão (e nem deveria ficar) acostumados com a presença humana.

Flamingos em Curacao

Flamingos na natureza: uma lindeza só

Contenha-se.

A recomendação do pessoal de Curaçao é não chegar a menos de 30 metros dos Flamingos, isso é porque eles não estão acostumados e ficam nervosos com a aproximação humana. E você não quer estressar os bichinhos, quer?

Assim a minha sugestão é levar uma lente BEM caprichada e observa-los de longe e com muito respeito. Afinal, nós é que estamos invadindo a casa deles.

Flamingos em Curacao

Placa na entrada do parque: mantenha distância e não alimente os Flamingos

E alimentar os Flamingos, pode?

Nem pensar. O Flamingo é um animal selvagem e migratório que precisa se alimentar de forma natural para sobreviver, acostuma-lo com comida humana (que ele muito provavelmente não está pronto para digerir) pode mudar os hábitos da espécie e impactar toda a cadeia.

Qual o melhor horário para ver os Flamingos?

Os Flamingos são aves migratórias e transitam com uma certa frequência entre Curaçao, Bonaire e Venezuela. Segundo meu amigo de Curaçao, sua maior chance de ver Flamingos em grande quantidade é de manhã cedinho, no final do dia, a chance deles estarem voando por algum outro canto é mais alta.

(Nas praias fique de olho no céu, é muito comum ver os Flamingos voando em bandos, pena que com as penas pretas das asas é difícil diferenciar-los de outras aves. Mas com um olho atento você poderá ter uma surpresa linda).

Um passeio por Williwood e os burgers de “Kabritu”

Nosso roteiro pelas salinas de Sint Willibrodus, Williwood para os íntimos, incluiu uma parada caprichada nas Salinas de Jan Kok, onde há uma plataforma de madeira construída para a observação das aves – a dica é parar na plataforma, e depois disso seguir pela estrada que margeia o lago sempre de olho. Com sorte você encontrará algum lugar no acostamento com uma vista bacana para ainda mais flamingos

Williwood e o burger de Cabrito

Ainda na salineira está a placa de Williwood, que rende um par de fotos divertidas…

Flamingos em Curacao

Planta de Williwood

Flamingos em Curacao

Flamingos em Curacao

E do outro lado da estrada o Williwood Snackbar, um dos cantinhos preferidos dos locais para comer o burger de cabrito (peça com queijo de cabra) que vem acompanhado de batatas doces fritas. Não gostei tanto das batatas que vieram empanadas com alguma farinha de gosto forte, mas ADOREI o burger e a saladinha e repolho que veio de acompanhamento.

Flamingos em Curacao

Cheese Burger de “Kabritu”

Vá sem pressa, assim como a maior parte dos restaurantes da ilha o serviço é HIPER demorado. De qualquer forma, o bar é uma graça e a experiência é bem autentica. Gostei e recomendo.

A igreja e a fazenda de sal

Depois do almoço ainda dá para visitar a igreja de Sint Willibrodus (uma das mais bonitas de Curaçao), e o antiga  Fazenda (Plantation) de sal, a Landhuis Jan Kok que é uma das construções mais antigas da ilha e está aberta para visitas. Nos seus tempos de glória, essa mina de sal chegou a abrigar cerca de 100 escravos vindos da África. Nós passamos esse pedaço do passeio e seguimos direto para a Praia de Port Mari.

Flamingos em Curacao

igreja de Sint Willibrodus vista da salina

Port Mari

Termine o passeio numa das praias mais deliciosas de Curaçao, a Port Mari (praia privada – entrada $3 por pessoa | grátis para crianças de até 12 anos), uma praia de águas bem azuis, uma barreira de corais lindona pra quem curte snorkel ou scuba dive, e um serviço de bordo completo com direito a bar descolado, muitas espreguiçadeiras e guarda-sóis disponíveis para aluguel. A praia de Port Mari é uma das nossas preferidas em Curaçao e vale mega a pena visitar.

Flamingos em Curacao

Praia de Port Mari

Flamingos em Curacao

Dica: Quem quiser seguir direto para Port Marie pode provar o burger de Cabrito no próprio bar da praia!

E aí, curtiu as dicas?

Veja também:


Viaje sem stress

✅ Reserve seu hotel em Curaçao


Saiba onde ver Flamingos em Curaçao e veja detalhes da nossa experiência nas salinas de Sint Willibrodus

Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

This error message is only visible to WordPress admins

Error: No connected account.

Please go to the Instagram Feed settings page to connect an account.

Flamingo


SOBRE O AUTOR

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

Post a new comment

Veja também