O incrível Lassen Volcanic National Park na Califórnia

Lassen Volcanic, um dos parques nacionais menos conhecidos e explorados da Califórnia, combina piscinas termais quentes e coloridas com montanhas pontudas prá lá de fotogênicas, um lugar impressionante e interessante.

Nesse post divido com vocês todos os detalhes importantes para planejar sua viagem. Bora?

O que fazer no Lassen Park?

Se você tem apenas um dia para visitar o Lassen Volcanic National Park a dica é começar por uma entrada e terminar o passeio por outra parando nos mirantes para fotografar e encaixando algumas trilhas ao longo do dia.

Aí vai nossa lista do que fazer no Lassen:

  1. Atravessar o parque de carro: Veja a lista completa de onde parar
  2. Ver a atividades vulcânica de perto: Sulphur Works, Bumpass Hell e Devil’s Kitchen
  3. Fazer a trilha para a Mill Creek Falls
  4. Conhecer os lagos Emerald e Hellen
  5. Se encantar com a mudança de paisagens
  6. Fazer uma trilha
  7. Subir o Lassen Peak
  8. Acampar
  9. Passear de Kayak
  10. Bônus: Conhecer a cachoeira mais linda da Califórnia

Atravessar o parque de carro

Lassen Park - California

Atravessar o Lassen de ponta a ponta parando nos principais mirantes (a viagem direto, sem as paradas leva pouco menos de uma hora) é um programa incrível e fantástico para viajantes de todas a idades. Faça o passeio com calma, desfrute a vista dos picos e dos lagos (muitos deles estarão congelados durante o inverno) e se se animar, faça uma ou mais trilhas.

Principais paradas (seguindo rumo ao norte):

Centro de visitantes Kohm Yah Mah-nee

Lassen Park - Visitor Center

Parada importante para pegar dicas de passeios (os rangers sabem tudo sobre o parque e sempre tem uma perspectiva legal do que ver e fazer para o tempo que você dispõem), aprender sobre o parque no pequeno museu e comer ou se abastecer com água e comida.

Quem for fazer a trilha para a Mill Creek Falls pode deixar o carro estacionado no centro de visitantes e já seguir caminho. Essa é uma das trilhas mais movimentadas do parque então vale começar cedo.

Sulphur Works

De todas as zonas termais do parque, Sulphur Works é a mais acessível e a mais fácil de visitar. A borbulhante “piscina” de águas cor de argila fica na beira da estrada e há cerca de 100 metros do estacionamento. O cheiro de enxofre é forte e a fumaça esbranquiçada constante lembra que o tal do vulcão Lassen continua acordado, e com a corda toda.

Sulphur works me lembrou o parque termal repleto de piscinas coloridas em Rotorua, Nova Zelândia e me deixou morrendo de vontade de conhecer a cereja do parque: O Bumpass Hell.

Sulfur Work's - Lassen

Vale falar que o Sulphur Works é o único elemento termal que fica aberto o ano todo. A fumaça e o cheiro de enxofre revelam de longe a mágica borbulhante dessa pequena piscina fervente cor de argila. (Um ótimo aperitivo prá quem vai visitar Bumpass Hell e Devils Kitchen).

E antes que você pergunte, sim o Lassen é um parque interessante mesmo para quem já conhece o Yellowstone National Park.

Mirantes do Diamond Peak

Mirante do Diamond Peak - Lassen National Park
Mirante do Diamond Peak – Lassen National Park

Aqui não há nenhuma parada formal, mas sim espaços para parar no acostamento e admirar a paisagem que é incrível e muda com uma velocidade impresssionante.

Emerald & Hellen Lake

Hellen Lake congelado
Hellen Lake congelado

Dois lagos super bonitos (e que ficam completamente congelados no inverno & primavera). Essa é um região bacana prá quem quer brincar com a neve (só cuidado pra não afundar no lago, vi uma moça afundando até o joelho [o que os turistas não fazem por uma foto #fail] e tive que me segurar pra não gargalhar).

Durante os meses mais quente os lagos ganham vida e se tornam um dos cantinhos mais fotografados do Lassen, Lake Hellen é indiscutivelmente o lago mais famoso (e o mais impressionante) do parque

Bumpass Trailhead

Vista do mirante Bumpass
Vista do mirando Bumpass Hell

Ponto de início para uma das trilhas mais espetaculares do parque, e incrível para quem quer ver a atividade vulcânica de perto. No inverno é um mirante bonito, mas que vale a parada. [Durante o inverno] Deixando o Bumpass para trás a paisagem começa a ganhar lindos paredões de neve, e o Lassen Peak fica cada vez maior, mais lindo e mais impressionante.

Lassen Peak Trailhead

Turistas brincando com a neve no estacionamento do Lassen Peak
Turistas brincando com a neve no estacionamento do Lassen Peak

O ponto mais alto do parque que se chega de carro e ponto de início para a subida ao pico. A trilha é relativamente curta, são 8 Km ida e volta, só que o que pega é o rápido ganho 650 metros de elevação somado a uma grossa e escorregadia capa de neve. Ficamos morrendo de vontade de subir, mas sem grampo nas botas, não dava nem pra pensar.

Devasted Area

Chegamos a outro highlight do parque, a área devastada pelo Monte Lassen durante sua erupção há exatos 100 anos atrás. Há uma pequena trilha no local mostrando fatos e explicando a devastação causada, começamos a trilha, achamos meia boca e voltamos. A parte mais legal da parada foi ver o Lassen – com sua faixa devastada, e árvores nitidamente menores – bem de pertinho. Dá até para imaginar o corredor de lava escorrendo.

Crags Lake

Entre Devasted Area e Manzanita Lake,  vale fazer uma parada no Crag lake. O lago é bem fotogênico e tem uma área de camping bem gostosa pra fazer picnic

O reflexo e as arvores nesse lago me lembram ondas de som.
O reflexo e as árvores nesse lago me lembram ondas de som.

Discovery Center

Outro centro de informações com mais informações sobre o parque.

Manzanita Lake & Camp Store

Manzanita Lake - Lassen O lago manzanita é um dos mais fotogênicos do parque (especialmente quando o Mt. Lassen está completamente aberto e sem neblina. O lago é repleto de patos selvangens e outros passáros e peixes. Durante o verão, é possível alugar um caiaque e passear pelo lake. Alí do lado está a Camper store, que vende além de equipamentos para campings, comidinhas e bebidinhas.

Ver a atividade vulcânica por meio de caldeiras coloridas e fumaça

Piscina borbulhante em Sulfur Works
Piscina borbulhante em Sulfur Works

Ver os lagos vulcânicos coloridos e borbulhantes é um dos principais atrativos do parque. O Lassen tem várias áreas termais diferentes, a mais fácil de acessar fica em Sulphur Works e bem pertinho da estrada.

Mill Creek Falls

O centro de visitantes é o ponto de início da trilha para as Mill Creek Falls, uma trilha leve de 3 Km (total 6 Km ida e volta) com poucas subidas e uma cachoeira linda no final.

Cachoeira - Lassen Park
Cachoeira Mill Creek Falls

A trilha entre o centro de visitantes e a cachoeira é de nível fácil para moderado, a trilha esta bem demarcada, mas tem bastante sobe e desce. A paisagem é super bonita com direito a centenas de árvores compridas e flores silvestres perfumadas. A cachoeira é maior do que eu esperava, alta e imponente. Vale a caminhada

Conhecer os lagos helen e emerald (ou brincar com a neve e ver um lagos congelados)

Com águas azuis e vistas lindas do Mt. Lassen o Lake Helen é um dos principais cartões postais do Lassen. Seu irmão Lake Emerald, é mais esverdeado porém não menos especial.

Lago Helen Congeladíssimo
Lago Helen Congeladíssimo

Durante o inverno e a primavera, o Lassen fica coberto de neve. Assim famílias e crianças se divertem fazendo bonecos, guerras de neve e pequenas descidas com trenó. Os lagos congelados são bastante exóticos para nós Brasileiros e rendem fotos super lindas.

Ver lagos lindos e a mudança de paisagens

Lassen Park Deixando toda a atividade vulcânica de lado, o Lassen tem uma diversidade de paisagens incríveis e que merecem ser vistas com calma. Dos lagos congelados as montanhas com o topo coberto de neve, tudo é muito lindo.

Fazer uma trilha

Lassen - Trilha da cachoeira E com tanto natureza ao seu redor, por que não fazer uma caminhada? O parque tem mais de 200 Km de trilhas bem sinalizadas, é só escolher uma que tenha a ver com você. Nós fizemos a Mill Creek Fall e amamos de paixão, a trilha tem 6 Km ida e volta, centenas de flores silvestres e uma linda cachoeira.

Subir o Lassen Peak

Lassen Peak Ver o parque do alto do pico do Lassen é um dos programas preferidos dos amantes de aventura (e não é pra qualquer um não). O pico do Lassen tem neve quase o ano todo e que para fazer a subida você precisará de botas de neve (e de grampos) e de um bom preparo físico.

A trilha tem 8 Km e 650 metros de elevação (a altura do pico é 3187m). Pra quem não aguenta a subida… Vá até o estacionamento e ponto de início da trilha, e curta as vistas do ponto mais alto do parque que se chega de automóvel. Mesmo de baixo o monte é bonito pra caramba e as fotos ficarão lindas.

Acampar

E pra quem gosta de uma aventura, acampar no Lassen pode ser uma ótima opção! O parque tem vários camp grounds diferentes (uns com mais estrutura outros com menos. Olhe bem antes de reservar) e raramente lota. Quem acampa no parque tem a chance de ver estrelas num céu praticamente limpo de poluição visual. Algo bem mágico. Reserve seu camping com antecedência, no site do parque.

Passear de Kayak

O lago Manzanitas, um dos principais cartões postais do parque (é de lá que dá pra tirar aquela foto linda com o Mt. Lassen no fundo), é um lugar delicioso para ver patinhos e outros pequenos animais e para passear de Caiaque. Durante o verão, a loja do parque oferece locações de Caiaque por hora. Quem ai se anima pra remar no paraíso?

Conhecer a cachoeira mais linda da Califórnia

Na saída do parque aproveite para visitar as cachoeiras Burney Falls, e a McCloud Falls, ambas ficam no caminho de Mt. Shasta e são espetaculares.

Burney Falls, a cachoeira mais linda da Califórnia
Burney Falls, a cachoeira mais linda da Califórnia

Onde ficar no Lassen Volcanic National Park

Ao menos que você curta acampar – ou esteja viajando de motorhome – a quantidade de hotéis na região e Lassen é super limitada. Nós ficamos hospedados no Best Western Rose Quartz Inn da cidade de Chester e achamos uma boa pedida. Outras boas pedidas são o The Antlers, The Bidwell House B&B e o Plumas Pines Resort que fica em frente ao Lake Almanor.

Um pouquinho mais adiante, Susanville pode ser uma opção interessante para quem quer ficar em um hotel. Por lá as melhores pedidas são o Red Lion Inn & Suites Susanville, o Roseberry House Bed & Breakfast e o Super 8 by Wyndham Susanville.

Prefere ficar numa cidade maior e mais estruturada?

Redding, cerca de 50 minutos da entrada do parque é uma boa pedida. A distância é mais ou menos a mesma de Susanville só que a cidade é bem mais estruturada.

A cidade mais o opções de hospedagens como o caprichado Sheraton Redding Hotel at the Sundial Bridge. Além de opções com melhor custo x benefício como o Red Lion Hotel Redding, Thunderbird Lodge e o Travelodge by Wyndham Redding CA . Redding fica bem no meio do caminho entre o Lassen e o Mt. Shasta e tem atrações interessantes como a Sundial Bridge do arquiteto Santiago Calatrava.

Onde comer no Lassen Park ?

O Lassen tem apenas duas opções de cafés, o visitor center na entrada sudeste e na Camper Store na área do Manzanita Lake. Sendo assim, recomendo que você compre água e comidinhas logo na chegada porque o lugar costuma lotar na hora do almoço. Nós comemos dois sandubas do tipo Wrap deliciosos por 7,50 dólares cada. Outra opção bacana é trazer comida de fora do parque e almoçar em uma das muitas mesas de picnic do parque.

Quando visitar o Lassen Park

O Lassen fica numa das regiões mais frias da Califórnia e recebe em média 10 metros de neve por ano. Sendo assim, grande parte do parque e dos seus atrativos ficam fechados durante o inverno (final de outubro à fevereiro) e parcialmente abertos na primavera (de março a junho). Bumpass Hell que é a área de caldeiras termais do parque costuma abrir entre o início de julho e fechar em meados de outubro.

Visitamos o parque em Maio e apesar de encontrarmos tanto o Bumpass Hell quanto o Devils Kitchen fechados – como o esperado – o parque superou nossas expectativas e nos deixou com muita vontade de voltar.

Quanto tempo demora para visitar o Lassen Park?

Pra quem quer fazer uma visita rápida, com poucas caminhadas, e simplesmente passear de carro e ver os principais destaques do parque, em 3 ou 4 horas dá para ter uma boa ideia do parque. Pra quem curte fazer caminhadas e quer explorar o parque mais a fundo, eu recomendo pelo menos um dia inteiro. Se tiver dois, melhor.

Como chegar?

O Lassen National Park fica no norte da Califórnia, bem pra cima de San Francisco e relativamente perto da fronteira com Oregon. Para potencializar a viagem (e ver MUITA) coisa bonita, combine sua viagem pelo Lassen com o Mt. Shasta ou com uma Roadtrip São Francisco – Portland.

 

Principais distâncias:

  • San Francisco: 236 milhas
  • Sacramento: 181 milhas
  • Mt. Shasta: 94 milhas
  • Portland (OR): 454 milhas

E vale a pena visitar o Lassen Park?

Lassen National Park

Sem dúvida. O parque é lindo, bem mais vazio e menos concorrido que outros parques nacionais como o Yosemite ou o Sequoias e tem uma diversidade de paisagens espetacular. Adorei o passeio, e digo mais. Bumpass Hell & Devils Kitchen que me aguardem, porque eu volto, e logo!

E ai, se animou com o passeio?

Alguém aí já visitou o parque e quer dividir com a gente o que achou?

Planeje sua viagem

Comentários (9)

[…] o que o norte da Califórnia tem de remoto, ele tem de especial. Por lá, você tem o Lassen National Park, um parque onde é possível avistar quatro tipos de vulcões no mesmo local. Ou seja, é um […]

[…] pra gente desse parque pouco divulgado: “Conhecido como “Yellow Stone” do Califórnia, o Lassen fica no norte do Estado e é pouco visitado. O parque combina um conjunto de montanhas e vulcões […]

[…] No post anterior contei um pouquinho sobre o parque com muitos detalhes que vão te ajudar a planejar sua viagem, nesse post descreverei a nossa visita ao Lassen e porque já pretendemos voltar. Vem comigo? […]

Olá Mari,
Muito bacana seu post, deu vontade de visitar o parque. Está na minha lista.

Abraços,
Helder

Oi Helder,
Obrigada pela visita! Adoro seu blog!
O Lassen é D+ e eu já tô morrendo de vontade de voltar!
Beijos

Parque menor mas muito legal pela diversidade das paisagens!

Mary, excelente post!

Eu visitei e amei! Só acho que dois dias é pouco 🙂

Bjao,
Wal.

Wal querida, obrigada pela visita e pelo comentário.
Dois dias é pouco pra nós que moramos na região, mas quem vem para Califórnia a passeio e quer ver de tudo um pouco, 2 dias me parece razoável, não?!
De qualquer forma, estou curiosa para ouvir as suas dicas do Lassen, pelo jeito você fez alguns passeios incríveis por lá!
Beijão,
Mari

Deixe o seu comentário