Califórnia: Dá pra se virar sem carro em San Francisco?

19
Painted Ladies - San Francisco

Uma das perguntas que eu mais recebo dos leitores é “Dá para se virar em San Francisco sem carro?” ou a variação mais indecisa “Vale a pena alugar carro em San Francisco?” Nesse post respondo essas duas perguntas e dou algumas dicas para quem planeja alugar carro em San Francisco ou quem pretende se virar em San Francisco sem carro. Bora?

Califórnia: Dá pra se virar sem carro em San Francisco?

Sem dúvida, eu diria inclusive, que em 90% dos casos você – e seu bolso – serão mais felizes em San Francisco sem carro. Quer ver por que?

Desvantagens de alugar carro em San Francisco

  • Estacionamentos caros (e hiper limitados): Um estacionamento barato no centro financeiro de San Francisco custa cerca de 30 dólares por dia, agora experimente vir para a cidade em dia de evento especial como a “Fleet Week”, um feriado prolongado ou a convenção da Oracle (que vira SF de pernas pro ar). Os preço dobram, isto é… quando tem vaga.
  • Vagas limitadas nas ruas: Você deve estar se perguntando:”E não dá para parar na rua?” Se você achar uma vaga no centro financeiro da cidade em horário comercial, pode jogar na loteria. E sim, mesmo na rua você terá que pagar estacionamento com moedinhas, cartão de crédito ou app e provavelmente terá um limite de horas menor do que você gostaria. Nas regiões mais afastadas, como Alamo Square e Golden Gate Park, até dá para parar na rua, mas existem limites de 2 a 4 horas e se você ultrapassar este limite, vai levar multa.
San Francisco sem carro

Leia bem as placas antes de estacionar: nessa foto a placa verde indica que nesse lugar é permitido estacionar por até duas horas das 8:00 às 18:00 de segunda a sexta (durante os finais de semana e fora desses horários, o estacionamento é liberado). A placa vermelha indica que as primeiras e terceiras quartas feiras do mês das 12:00 às 14:00 o estacionamento é proibido – E é aí que muita gente é guinchada, esquece de olhar a placa de limpeza com calma!

  • Hotéis cobram o estacionamento – E COBRAM CARO: Está hospedado num hotel legal no centro de SF? Prepare-se para desembolsar entre 35-50 dólares por noite de taxa de estacionamento + o que você vai gastar durante o dia para estacionar seu carro em lugares chave. São raros os hotéis centrais de SF que não cobram estacionamento mesmo porque tem menos vagas do que carro na cidade. 🙁
  • Regrinhas de trânsito: Dia da limpeza, construção na rua ou simplesmente parar na ladeira sem virar as rodas podem te render uma senhora multa, ou um carro guinchado. Tenho vários amigos que tiveram o carro guinchado por aqui e já te adianto, além do preço estratosférico, dá uma dor de cabeça BRAVA. Antes de parar naquela vaga mágica na rua, leia a placa e certifique-se se você pode parar alí.
  • Trânsito: O trânsito dentro e nas aforas de San Francisco é bastante caótico. Nas férias (Julho, Agosto), feriados e horários de pico prepare-se para amargar um bom tempo no trânsito.

E as vantagens de alugar carro em San Francisco?

  • Flexibilidade de ir e vir: Poder sair e voltar a hora que quiser, sem subir nenhuma ladeira
  • Poder visitar os lugares mais afastados sem fazer baldeações: a linha de trens e metrôs de SF infelizmente é limitada. Assim muitos lugares exigem 1 ou mais ônibus ou recorrer aos ônibus de turismo vermelhos.
  • Poder fazer bate e voltas pelas aforas de San Francisco: Berkeley, Napa Valley, Vale do Silício… as aforas de SF são lindas e merecem ser descobertas
  • É barato: Comparado com outros cantos do mundo, alugar carro em San Francisco é barato.

Vale a pena alugar carro em San Francisco?

Pela minha resposta anterior, já dá para ver que eu acho que não…certo? Mas deixa eu estender a resposta e explicar direitinho quando eu acho que vale a pena e quando eu acho que não vale a pena alugar em San Francisco.

Cruzando a Golden Gate Bridge

Cruzando a Golden Gate Bridge | Foto: Marta Leal

Quando o carro é dispensável

Se você estiver hospedado em uma região central – ou de fácil acesso – eu pensaria 50 vezes antes de alugar um carro. Especialmente se você tem uma boa forma física e está disposto a fazer a maior parte dos passeios a pé ou de transporte público.

Dá para se virar em SF sem carro numa boa, e é bem divertido! Alugue o carro na saída para Napa Valey (no caminho dá para visitar os mirantes da Golden Gate Bridge em Marin Headlands) ou para a Highway 1 (No caminho dá para visitar o Golden Gate Park e a Ocean Beach).

Golden Gate - San Francisco

Ponte Golden Gate – San Francisco

Quando o carro é um mal necessário

Para quem fica na Marina, bairros afastados do centro ou lugares sem uma boa cobertura de Muni ou Bart, talvez o carro seja um mal necessário, isso porque as distâncias são grandes a cobertura de transporte público é sofrível e a maioria dos hotéis afastados oferece estacionamento grátis. De qualquer forma, antes de reservar o hotel, veja se a decisão de ficar hospedado mais longe vale a pena financeiramente. A maioria das vezes, não vale, ou a economia é tão mínima que não compensa. Já te adianto: ao se hospedar mais longe, você estará abrindo mão de várias atividades gostosas que a cidade oferece a noite e a chance de explorar tudo a pé. Sem dúvida nenhuma é pior… mas, as vezes é o jeito.

O meio termo: um bem bolado que pode funcionar para você

Uma sugestão que eu gosto de dar para amigos e leitores que viajam com um budget mais flexível (e roteiro folgado) é passar 3 ou 4 dias em San Francisco sem carro e um dia com carro para explorar as áreas mais afastadas, passeios como o Marin Headlands, Muir Woods, Escadaria Mosaico e Lands End. Dessa forma você terá o melhor dos dois mundos!

San Francisco sem carro

Dirigindo pelas aforas da cidade


Um pouquinho de contexto:

Moro na região de San Francisco há 4 anos. Nos primeiros dois anos fiz mestrado no centro da cidade e ia e vinha de BART(linha de trem/metrô de SF) feliz da vida. Nem cogitava ir de carro para não precisar caçar vagas inexistentes ou pagar fortunas de estacionamento. Quando ia para lugares mais afastados usava o ônibus ou Uber e Lyft, dois serviços parecidos com táxi que funcionam a mil maravilhas e que na maioria das vezes são mais baratos que o preço do estacionamento.

Há dois anos me mudei para o Vale do Silício, estou a pouco menos de 1 hora da cidade de carro, e a única linha de trem que conecta os dois trechos é lenta, limitada e longe da minha casa, assim me vi obrigada, cada vez mais, a ir para San Francisco de carro. Vou bastante, de 2 a 3 vezes por semana e acreditem é um inferno! A entrada na cidade é um saco, a saída pior ainda – aqui o problema é trânsito – e estacionar um Deus nos acuda.

Sempre que vou gasto entre 15-30 USD de estacionamento (isso porque já aprendi onde é mais barato parar em cada região e também porque estaciono em 1 lugar e faço tudo de metrô). Ficar mudando o carro de lugar em SF dá mais trabalho do que pegar táxi ou metrô. A dor de cabeça é tamanha que de uns tempos para cá tenho deixado o carro na região do aeroporto -estação Millbrae- e pegado o BART para a cidade, em termos de custo não é muito diferente, mas em termos de dor de cabeça, faz uma diferença tremenda.

San Francisco sem carro

Trânsito de turistas na Lombard Street – Imagine a alegria de quem mora por ali

Agora imagine só para quem está de férias, tem pouco tempo e quer conhecer 20 lugares num dia? Ou você se dispõe a pagar 20 estacionamentos e fecha os olhos para o custo ou terá que fazer como eu, estacionar num lugar central e fazer o resto a pé. E cá entre nós, se é para fazer assim… por que raios você precisa do carro? Convenci?


 

San Francisco sem carro: Dicas para se virar

Pronto, agora você já está decidido a vir para San Francisco sem carro (ou devolver o carro logo na chegada). Aí vão algumas dicas bacanas para você se virar na cidade e aproveitar sua estada ao máximo!

  • Como chegar do Aeroporto ao centro de San Francisco sem carro? Veja todas as dicas nesse post.
  • Conheça as 20 principais atrações turísticas de San Francisco e saiba como chegar em cada uma delas sem carro. Veja nesse post.
  • Use e abuse no Google maps: Ele funciona bem pra caramba e é hiper preciso em SF. Use mesmo!
  • Lyft e Uber: Estes dois serviços de “táxi” online são seus melhores amigos para chegar em lugares sem cobertura de transporte público. O Lyft em geral é mais barato que o Uber e é o que eu mais uso. Para quem nunca usou o app o código MARINA780037, te dá 20 dólares de desconto na primeira corrida (e o legal é que se você usar esse código, eu também ganho 20 pilas para usar por aqui ;)). Aqui em SF o Uber tem serviço chamado Uber Pool que é de “taxi compartilhado” e oferece corridas a partir de 7 dólares – again para quem nunca usou, o código marinav102 te dá 20 dólares de desconto na primeira corrida.
  • Faça as contas e veja se o cartão do MUNI faz sentido para você: Cartão do MUNI te dá direito a transporte ilimitado de ônibus, Muni metrô ou bondinho por toda a cidade de San Francisco. O cartão de 1 dias custa 20 dólares e o de 3 dias custa 31,00. Considerando que uma única viagem de bondinho custa 7,00 o cartão de 3 dias geralmente vale a pena!
  • Use sapato confortável e prepare-se para subir umas ladeiras: San Francisco é San Francisco e as ladeiras fazem parte da jogada 😉

E pra quem ainda não definiu um roteiro pela cidade, dê uma olhada nesse roteiro de 3,4 ou 5 dias em San Francisco.

San Francisco de carro: Dicas para se dar bem

  • Baixe o App Park me: Ele indica onde estacionar mais barato em cada região, e onde há vagas disponíveis em San Francisco. Uma mão na roda!
  • Na rua: Leia bem as placas antes de parar. Construção, portão alheio ou dia da limpeza podem te render uma guinchada. Baixar o app PayByPhone te ajuda a pagar o parquímetro com um clique e ainda por cima te avisa a hora certa de tirar o carro.
  • Na ladeira: Não esqueça de deixar as rodas viradas para o lado da calçada – parece ridículo, mas esse esquecimento vai te custar 80 pratas.
San Francisco sem carro

Estacionando na ladeira: Roda do carro virada para o lado da calçada

  • Não deixe objetos expostos no carro: São Francisco não é uma cidade perigosa, muito pelo contrário. Mas dar bobeira com objetos no banco de trás do carro (mochilas, câmeras e até casacos) em estacionamentos gigantes ou lugares turísticos é pedir para ser roubado. Assim, não faça nada que você não faria no Brasil: não mexa no porta-malas depois de estacionar, não deixe portas abertas e muito menos objetos expostos. Roubos acontecem e são muito mais rápidos do que você espera.
  • Para estacionar: Confira bem os preços, muitos estacionamentos no centro da cidade colocam $3,00 (e em letras menores, a cada 15 minutos). Pegadinha que pode sair caro!

E aí, curtiu as dicas?

Se tiver dúvidas, deixe seu comentário que eu respondo rapidinho.

Veja também:

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

 

Guarde este post no Pinterest!

san francisco sem carro

 

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

19 comments

  1. Monica 17 junho, 2018 at 13:11 Responder

    OI Mari!
    Vou chegar á S.Francisco com carro alugado em L A, e por todos esses inconvenientes de estar com carro na cidade descrito por você, devolverei o carro assim que chegar, alugando na saída para a sequência da minha viagem.
    Gostaria , por gentileza, que você esclarecesse como faço para pagar os pedágios nas pontes que terei que cruzar, entrando e saindo na cidade.
    Seu blog tem sido meu guia imbatível na organização da minha viagem
    Beijos
    Mônica

  2. Julienne Araujo 10 junho, 2018 at 20:33 Responder

    Oi Mari
    Estou pensando em usar Uber ou Lift em San Francisco. O Lyft tem opção family? Vou com minhas meninas que precisam de cadeirinha de carro (7 e 4 anos). Obrigada!

  3. Califórnia: a famosa Highway 1 3 maio, 2018 at 17:29 Responder

    […] Para percorrer este monte de milhas você precisará alugar um carro. Sua carteira de motorista brasileira é válida por até três meses nos Estados Unidos e com ela você alugará um carro sem nenhuma dificuldade. Minha dica é alugar o carro no seu último dia em San Francisco, afinal você não precisa de carro em SF. […]

  4. Carol 25 agosto, 2017 at 16:27 Responder

    Olá Mari,

    Eu vou com três pessoas pra SFO e gostaria de saber se o Clipper Card de 1 dia pode ser utilizado apenas por uma pessoa por vez, o mesmo vale para o Clipper Card normal, ou se preciso adquirir 1 diferente para cada pessoa.

    Obrigada,

    Carol

    • mari vidigal 25 agosto, 2017 at 21:35 Responder

      Oi Carol,
      Não confunda o Clipper (cartão de transportes – que só vale para uma pessoa por vez) com o Muni Pass (que tbm só vale para uma pessoa)
      Beijos

  5. Daniel 25 junho, 2017 at 14:00 Responder

    Mari, bom dia. Vou usar a sua dica do Lyft, contudo, quando eu baixar o aplicativo aqui no Brasil e colocar o seu código, não vou receber em reais? Devo comprar um SIM Card americano quando estiver por aí e somente então fazer o procedimento? A propósito, estou pensando em ficar em San Mateo e usar o Bart ou o Caltrain para passar o dia em SFO. O que você acha? Muito obrigado pela ajuda! Até!

    • mari vidigal 26 junho, 2017 at 06:09 Responder

      Oi Daniel,
      Nunca tentei colocar num número Brasileiro, mas imagino que venha em dólar. Porque não testa no cel de um amigo que ão vai viajar ;P.
      Quanto a se hospedar em San Mateo, acho furada. Fique em Berkeley ou Oakland (veja minhas dicas aqui).
      Abraços,
      Mari

  6. Danilo Ichihara 25 janeiro, 2017 at 11:19 Responder

    Oi Mari, tudo bem?

    Não entendi essa de deixar as rodas do carro virado para o lado da calçada. A foto mostra o contrário do que você escreveu, não?

    Obg

    Danilo

    • Altair 10 julho, 2017 at 02:43 Responder

      É que o carro deve estar na subida da ladeira e não na descida. Desta forma as rodas devem ficar ao contrário. Se o carro descer, de ré, a roda para na “guia”

  7. Andre 15 abril, 2016 at 11:04 Responder

    Ola Mari.

    Estava pensando em me hospedar em Corte Madera. Ficarei de 3 a 4 dias. Com carro (depois pretendo ir para LA)
    Para passear por SF, melhor deixar o carro no estacionamento do hotel ou alguma dica de onde deixar o carro perto da Golden Gate?
    O transito é chato para chegar e sair em SF para essa região?

    Parabéns pelo Blog. Fantastico.
    Obrigado!!!!!!

    • mari vidigal 17 abril, 2016 at 22:49 Responder

      Oi André,
      Faça as contas e veja se vale a pena ficar com o carro e deixar ele parado ou devolver e voltar a alugar um carro.
      Atenção ao preço dos Estacionamentos em SF.
      Beijos

  8. Priscila Santos 23 março, 2016 at 12:15 Responder

    Mari, olá!!
    Vou dia 22/04 para SF e quero muitoo conhecer o Yosemite Park. Vou sozinha e tenho a possibilidade de ir de carro, no caso de algum colega de turma do inglês querer dividir comigo, e de ônibus, se for sozinha. Minhas dúvidas são:
    – É tranquilo( trânisto) e acessível(custo) alugar um carro de SF para o parque?
    -Quais as melhores cidades e mais próximas do parque em que devo ver hotel no caminho de SF para Yosemite?

    Adoroo ler seu blog!

    obrigada,

    Priscila =)

    • mari vidigal 23 março, 2016 at 21:20 Responder

      Oi Priscila,
      Alugar carro na Califórnia é tranquilo, aqui é BEM fácil de dirigir e procurando bem dá para encontrar ótimos preços.
      Quanto a sugestão de cidades, dá só uma olhadinha nesse post.
      Beijos

Post a new comment

Veja também