Kioto: Kinkaku-ji o templo de ouro

Kinkaku-ji é o nome do pavilhão dourado, uma das construções dentro um templo maior que se chama Rokuon-ji, o pavilhão ficou tão famoso, tão famoso que o templo inteiro passou a ser popularmente conhecido com Kinkaku-ji.

Pavilhão dourado no Rokuon-ji

Barco de pedra na entrada do templo

Monstrinhos protetores no telhado

Detalhe do teto: careta no topo

Construído em 1220 para abrigar o shogun Kintsune Saioji durante sua aposentadoria, a antiga vila foi passando de geração para geração até que em 1408, após a morte de um dos sucessores se tornou um templo budista.

Durante a história o pavilhão dourado foi destruído algumas vezes, duas vezs durante a guerra civil (Onin War) que destruiu muita coisa em Kioto, e mais recentemente em 1950 quando um monge enlouquecido incendiou o pavilhão. O templo atual é de 1955.

Hoje o Kinkaku-ji é patrimônio mundial, e é um dos lugares mais visitados em Kioto. O templo tem três andares, sendo que os dois últimos são todos cobertos com folhas de ouro. Repara que no topo do templo há uma ave Fenix.

O dourado do templo refletido nas águas do lago que contorna o templo é um cenário bem bonito, mas que fica ainda mais lindo durante o inverno quando começa a nevar.

O jardim, também é bacana, tudo o mais simples possível, apenas o verde das plantas e o cinza das pedras.

Visto a primeira parte do templo, é hora de continuar o percurso pelo jardim que passa por mais um lago, uma pequena queda d’água e estátuas de pedra onde as pessoas atiram moedas com o intuito de acertar o potinho. (Dizem que dá muita sorte)

Teste de pontaria: Acertar o potinho

Na última parte esta a antiga casa de cerimonia do chá a Sekkatei, olha só que bacana o telhado.

Esse é um dos templos mais famosos e turisticos da cidade, e de verdade, esta longe de ser um dos meus preferidos, é bonito sim, muito. Mas também é longe. Bem longe dos outros pontos que merecem sua visita. Mas como ir até Kioto e não ver o Kinkaku-ji é como ir para Paris e não subir na torre, deixo que você mesmos tirem suas conclusões…

Saída do templo: um muro sem fim

Das pessoas que levei lá: Minha tia amou, achou um dos templos mais lindos da cidade.

Minha irmã mais velha achou ok, meio disneylandia preferia ter pulado. Meu pai e minha irmã mais nova gostaram…

Localize-se:

Kinkaku-ji

http://www.sacred-destinations.com/japan/kyoto-kinkakuji

Entrada: 400 Yens – Aberto das 09:00 as 17:00

Para chegar pegue o ônibus 101 ou 205 – preço 220 Yens – distancia: 40 minutos

Jeito rápido de chegar – mas fazendo baldeação:

Metro: estação kitaoji (linha Karasuma ) + onibus 101, 102, 204 ou 205

Planeje sua viagem

Comentários (10)

[…] parte da tarde visite o famoso templo de ouro Kinkaku-ji (para chegar lá pegue o ônibus 101 ou 205 que sai da frente da estação). Se der tempo, visite o […]

Mari, estou planejando uma viagem para o Japão. Comecei agora a estudar os lugares para onde ir… estou bem perdida, já que não é um país que ouvimos muito aqui no Brasil, pela distância e por ser mais caro.

Tenho uma dúvida, sempre que você foi para o Japão, fez tudo por conta, certo? Mas e para saber da história, lugares etc? Como no templo do ouro que você cita que a última coisa a se ver é a casa de chá. Há plaquinhas em inglês, guias? E para ir para os lugares, para se locomover, é fácil? Pois o japonês aqui não sai, rs.

Oi Reny,
Nada que um pouco de mímica e muita pesquisa não ajudem. Há dez anos atrás quando fui para o Japão pela primeira vez as coisas eram mais complicadas, mas hoje tem muita informação disponível! E pode ir tranquila porque os japoneses são super receptivos e o país é um máximo!

Oi Mari!!!
Tudo bem?
Adorei as suas do templo Kinkaku-ji! O lugar é lindo e vale muito a pena conhecer!
Mesmo não podendo entrar no seu interior, eu adorei! O reflexo dourado no lago é um espetáculo!!
Escrevi um post sobre a minha visita lá no blog e citei o seu texto! Depois dê uma olhadinha lá: http://www.nosnomundo.com.br/2013/02/kinkaku-ji-o-templo-de-ouro-de-kyoto/
Bjs, Anna Bárbara

[…] um dia passeando por Fushimi e nos outros dias você pode escolher entre Uji, Norte de Kyoto Kinkaku-ji (Templo de Ouro) + Nina-ji, Arashiyama ou conhecer o Monte […]

Oi, Mari. Tudo bem?
Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

Até mais,
Bóia Paulista

Oi bóia,
Obrigada!
Beijos
Mari Vidigal

Fantástico! Estive em Kyoto em 2005, e, lendo este relato fiquei com uma vontade enorme de voltar!

Philipp,
Que bom que vc gostou!
Tbm sempre morro de vontade de voltar 🙂

Eu AMEI esse templo, foi o que eu achei mais lindo! VALE SUPER A PENA!

Deixe o seu comentário