Museu do Prado: veja todos os detalhes da visita ao Museu em Madrid

O Museu do Prado é o museu de arte mais famoso de Madrid e um dos mais importantes do mundo. Seu acervo reúne obras do século XVI ao XIX e traça a história da Europa (e principalmente da Espanha) pelos olhos de artistas como Tiziano, Velazquez, Goya , El Greco, Botticelli, Ticiano e Rafael. Para quem curte arte, ou tem vontade de aprender um pouco sobre história europeia, vale incluir o Museu do Prado no seu roteiro de Madrid.

Neste post, vamos esclarecer todas as dúvidas que surgem ao planejar uma visita ao Museu do Prado: quanto custa, quais os horários, quanto tempo dura a visita, o que priorizar por lá e muito mais. Vamos nessa?

Se preferir, clique nos itens acima para ir direto ao ponto.

Museu do prado
Museu do Prado | Foto: Divulgação

Quanto tempo dura a visita?

Reserve pelo menos duas horas para visitar os principais quadros do Museu do Prado. Se você curte arte tanto quanto eu, vai passar pelo menos umas três horinhas percorrendo as galerias e desvendando os detalhes.

Quais as obras imperdíveis?

Aí vai uma lista com alguns dos principais quadros do Museu do Prado segundo os curadores da casa – as Master Pieces – e algumas adições incluídas por mim. Após seis meses visitando o Museu toda sexta-feira com a faculdade, além de muitas visitas solo, tenho confiança para apontar os meus quadros preferidos.

Salão dos Velázquez: tem os melhores quadros dele, inclusive o maravilhoso “Las Meninas“. Eu quase cai no chão quando vi, mesmo. É enorme e super rico em detalhes, repare que o pintor se incluiu na obra.

O Jardim das Delícias: El Bosco. Pasmem! Este mural foi pintado na época da descoberta do Brasil. Fico imaginando a polêmica que isso causou naquela época. Reparem nas pessoas e todas as coisas malucas que acontecem na cena, tem gente que é metade homem metade animal, pecados diversos espalhados e o clero metaforicamente representado. Dá para pirar uns belos minutos na frente dele, isto é, quando vocês conseguirem chegar perto. Ele é um dos mais disputados do museu.

Maja Vestida e Maja desnuda: Goya. Repare que o corpo é de uma mulher e a cabeça de outra. Dizem que era um amor proibido, muito possivelmente alguém da mais alta nobreza que ele não podia amar. Reza a lenda que Goya era super mulherengo e, como o quadro foi pintado na época da inquisição, a versão nua ficou anos e anos escondida. Uma heresia pura!

La familia de Carlos IV: Goya. Dá para comparar com Las Meninas, pois assim como Velazquéz, Goya também se pinta no retrato. Reparem também na mudança das roupas em relação ao Las Meninas.

El tres de Mayo: conta a revolta dos espanhóis diante a invasão francesa de Napoleão. Uma tela “dura” e bem diferente da arte de Goya.

Pinturas negras de Goya: foi achado na parede de uma das casas que ele morou e transposto para o Prado (reparem que a superfície da tela é bem diferente). Nesta ala há um quadro chamado “Saturno devorando seu filho”, que é bem perturbador. Falando novamente em inquisição, imaginem só se isso tivesse sido descoberto na época, a polêmica que ia causar!

Quadros coloridos de Goya: não me lembro o nome técnico desta fase na vida de Goya. Estes quadros estão no terceiro piso e são uma crítica bem forte a sociedade daquela época, dos casamentos arranjados, brincadeiras de roda e as mudanças que foram ocorrendo em Madrid. É bacana contrastar estas telas com as da família real e ver a diferença das roupas até das cores. Até parece outro artista.

Sala de El Greco: ele tem estilo bem próprio e bem peculiar – as telas são enormes e bem coloridas. A obra mais famosa da sala, porém, “O cavalheiro com a mão no peito” é um tanto sóbria. Vale a pena dar uma olhada!

Pequenos guias de Arte

Ao lado de cada ala importante dentro do Museu do Prado, tem uma máquina que vende pequenos livrinhos com explicações de algumas das obras mestras – acho esse detalhe muito bacana. Cada livrinho custa 2 ou 3 euros, ou seja, dá para entender um pouco da história da obra no próprio Museu, com pouco esforço e pouco dinheiro.

Museu do Prado
Museu do Prado | Foto: Reprodução/Get Your Guide

Visita guiada pelo Museu

Durante minha temporada em Madrid, fiz dezenas de visitas guiadas ao Museu do Prado como parte de uma matéria da faculdade. Foi em uma visita guiada ao Museu, alguns dias antes do início das aulas, que fez com que eu me apaixonasse pelo El Prado e me inscrevesse nessa cadeira. Se você fala inglês ou entende bem espanhol (e pode pagar um pouquinho a mais no ingresso), não deixe de fazer o tour: você vai adorar!

O tour guiado pelo Museu do Prado custa cerca de 35€ e inclui o ingresso normal sem ter que pegar a fila (o que faz toda a diferente para otimizar seu roteiro).

Vale a pena visitar o Museu do Prado?

Sim, sim e sim! Gostei tanto do Museu que, além de me matricular na faculdade em uma aula chamada “Arte no Museu do Prado” (o que foi uma ótima desculpa para visitar o Prado quase toda sexta-feira de manhã), fui outras tantas vezes sozinha. O Prado é um desses lugares que eu preciso revisitar toda vez que vou à Madri.

Veja aqui um pedacinho da experiência no El Prado:

Quanto custa?

Preço do Ingresso:

  • Ingresso geral: € 15
  • Estudantes, aposentados e quem tem passaporte europeu: € 8
  • Entrada gratuita de segunda a sábado das 18h às 20h e domingos e feriados das 17h às 19h
Quer otimizar o seu passeio? Não deixe de garantir o seu ingresso antecipado pelo mesmo valor da bilheteria (na verdade € 15,50) – ele te dá uma boa economia de tempo pulando a fila normal.

Quais os horários de funcionamento?

Horário de funcionamento:

  • De segunda a sábado, das 10h às 20h
  • Domingos e feriados, das 10h às 19h
  • Fechado nos dias 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro

Como chegar?

  • Endereço: Calle de Ruiz de Alarcón, 23
  • Estações de metrô mais próximas: Banco de Espanha, linha 2, Atocha, linha 1.

E aí, te convenci de visitar o Museu do Prado? Já foi? Conte nos comentários o que achou!


Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Comentários (13)

[…] pelo Paseo del Prado, passando pelo Jardin Botânico, pelo Museo del Prado, pela Fuente de Neptuno. Caminhamos pela Carrera de Sán Jerónimo e paramos um pouquinho da Plaza […]

[…] O museu do Prado: https://ideiasnamala.com/2010/09/07/museu-o-prado/ […]

[…] e fica há poucos passos do passeio do Prado onde estão os 3 museus mais famosos da cidade: o Museu do Prado, o Reina Sofia e o […]

[…] como no post do Museu do Prado, resolvi fazer uma lista dos meus preferidos, não quer dizer que sejam os melhores do museu, e nem […]

[…] no Passeio do Prado, bem pertinho do Reina Sofia e do Museu do Prado, o Thyssen é um dos três grande museus de Madrid, e uma parada espetacular para quem gosta de […]

[…] Museu do Prado: um dos melhores museus de arte antiga do mundo […]

[…] del Prado (onde estão os museus Prado, Thyssen e Reina […]

[…] visitaremos o museu do Prado, passearemos pelas alamedas do parque do Retiro, faremos um passeio arquitetônico pela Gran Via e […]

[…] o dia no Paseo del Prado onde estão quatro dos melhores museus de Madri: O Museu del Prado, O Reina Sofia, o Thyssen-Bornemisza eo Caja Forum, o ideal é que você selecione um ou dois […]

[…] visita a Madrid é completa sem visitar pelo menos um dos três grandes museus: O Prado, O Reina Sofia ou o Thyssen. Selecione pelo menos um deles e descubra um lindo mundo de formas e de […]

[…] Idéias na mala Viagem, cultura e arte Pular para o conteúdo InícioIdéias na mala ← Parque do Retiro Museu o Prado → […]

Nossa o jardim das delicia é realmente incrivel!! e mais impressionante pela data em que foi feito! a parte do inferno é quase um quadro de Dalí!
Gostei muito do Ribera, uma expressividade incrivel! recomendo tbm!
e só para constar, o museu é gratuito TODOS OS DIAS, das 17h as 19h30. (menos de segunda que está completamente fechado).
bom passeio!

Oi Victor!
Obrigada pela visita e pela dica!
Já tá atualizado!!!
Logo logo vou postar o Reina Sofia!!!!

Deixe o seu comentário