Quanto custa ir para Tokyo nas Olimpíadas 2020?

4
quanto custa olimpiadas toquio 2020

Planejando ir para as Olimpíadas de 2020 em Tokyo? Este post é pra você! Um resumão completo e atualizado de quanto custa ir para Tokyo nas Olimpíadas. Reunimos neste post todas as informações sobre as Olimpíadas Tokyo 2020 que acontecerá entre os dias 24 de julho e 9 de agosto. Quanto custa a viagem? Qual roteiro incluir com o evento? Quais os documentos necessários? Enfim, tudo o que você precisa fazer para curtir ao máximo essa experiência? Vamos lá?

Quanto custa ir para Tokyo nas Olimpíadas 2020?

Tokyo, uma das metrópoles mais divertidas do planeta, se prepara para sediar o maior evento esportivo do mundo, as olimpíadas de 2020, e você não quer ficar de fora dessa, né?! E como toda viagem para o Japão exige um planejamento especial, preparamos um guia completo de quanto custa viajar para Tokyo nas Olimpíadas, um resumo com tudo o que você precisa saber para planejar uma viagem inesquecível pela terra do sol nascente. E antes que eu me esqueça, antecedência é um fator fundamental para se programar para um evento de grande porte como esse, afinal os preços de passagem e hospedagem vão lá para o alto. Quanto mais antecedência, melhores as suas chances de descolar um bom negócio.

Aí vai um resumão de todos os itens deste post, clique no item abaixo para ir direto ao ponto ou, se preferir, leia o post todo!

Índice do post: Quanto custa viajar para Tokyo nas Olimpíadas?

Shinjuku - Tóquio

Shinjuku

Olimpíadas Tokyo 2020: informações sobre o evento

As Olimpíadas Tokyo 2020 é a 32ª edição dos Jogos Olímpicos Modernos e terá 33 modalidades esportivas com a expectativa de participação de mais de 11 mil atletas, representando 204 países. O Comitê Organizador Internacional (COI) espera que mais de 4,5 milhões de pessoas estejam presentes no evento que acontecerá na capital (Baía de Tokyo) e região metropolitana. Essa é a segunda vez que Tokyo recebe os Jogos Olímpicos (a primeira vez foi em 1964) e o país está todo mobilizando para sediar jogos incríveis.

Os jogos vão acontecer entre os dias 24 de julho e 9 de agosto de 2020. Essa será a primeira edição que terá surf, escalada, skate e beisebol/softbol. Também houve o acréscimo das categorias de basquete 3×3 e BMX Freestyle (bicicleta).

Quanto custam os Ingressos para as olimpíadas do Japão?

Cada país possui uma empresa oficial responsável pela venda dos ingressos para as Olimpíadas de 2020 (não caia em cilada, compre apenas no site oficial). No Brasil, as vendas já começaram e os ingressos estão disponíveis neste link. Os valores para a cerimônia de abertura e encerramento variam de Y 12.000 ienes (R$ 420) a Y 300.000 ienes (R$ 10.500). Já para os jogos de determinadas modalidades, os valores vão de Y 2.500 ienes (R$ 87) a Y 130.000 (R$ 4.550), sendo mais da metade dos ingressos de Y 8.000 ienes (R$ 280).

Festa de abertura: se couber no seu budget – vá!

Se você tiver grana para cacifar a cerimônia no abertura, não perca o espetáculo. Os japoneses são especialistas em mega produções e o evento promete. A irmã da Mari, a Aninha Vidigal, participou da abertura das olimpíadas do Rio e amou cada segundo do espetáculo. Ela recomenda (e muito)!

Modalidades mais disputadas

Os preços dos jogos variam conforme a popularidade do esporte: vôlei, basquete (quanto mais perto das finais, mais deputado), vôlei de praia, natação, atletismo e as danças (ginástica olímpica e rítmica) costumam ser bem disputadas.

Jogos que você pode ver de graça

Maratona e ciclismo são dois esportes que acontecem na rua e permite que boa parte da cidade veja o eventos. Tokyo também está planejando áreas super divertidas pela cidade para que as pessoas possam assistir aos jogos – por meio de telões espalhados pela cidade – de graça. Legal, né?!

Documentos

Para uma viagem ao Japão é necessário um visto especial. Ao dar início a esse processo, existe uma taxa de serviço a ser paga no valor de R$161 e outra de emissão, de R$97. Ah, na hora de solicitar o visto você terá de apresentar um cronograma da viagem com passagens e reservas de hotéis

Geralmente, o visto para o Japão é liberado em 7 dias e é válido por apenas três meses. Você pode encontrar mais informações no site do Consulado do Japão.

Passagem

Muito pela distância, uma passagem para o Japão, em dias considerados “normais”, não é muito barato. Pensando em saídas de São Paulo e Rio de Janeiro, a média dos valores gira entre R$3.500 a R$6.000. Considerando que o país sediará um evento mundialmente conhecido e esperado, os preços nesse período vão ainda mais altos.

Vale lembrar também que um voo para o Japão tem duração média de 28h e sempre fará escalas (não existe voo direto do Brasil para Tokyo), ou seja, só para chegar e voltar você perderá mais de um dia de viagem. Coloque isso no seu cronograma.

Os voos mais comuns para o Japão são via Los Angeles ou via Europa com escala na Frankfurt, Paris, Londres ou Amsterdã. Se você está com o tempo folgado, considere fazer um stop pelo menos na ida – eu geralmente faço na ida e na volta – e descer 2 ou 3 dias para ir se aclimatando e quebrar o fuso na metade. Faz toda a diferença para você aproveitar bem a viagem

Templo Asakusa - Tóquio

Templo Asakusa – Tokyo

Hospedagem

Quando for escolher a sua hospedagem em Tokyo, atente-se à proximidade do metrô. Estando pertinho de alguma estação você certamente estará bem localizado, independente do bairro escolhido. As melhores opções são Shibuya, Shinjuku, Ginza, Harajuko, Omotesando, Roppongi, Akasaka e Asakusa.

O primeiro deles, Shibuya, eu arriscaria a dizer que é o ideal para quem vai para o Japão pela primeira vez. O bairro é super agitado, jovem, com bastante vida noturna e, talvez o mais importante, super servido de transporte público. Por lá, você não conseguirá fugir do burburinho em nenhum momento, mas terá diversas atrações turísticas, restaurantes, lojas e shoppings bem próximos. É um bairro bem seguro e com comércios abertos a qualquer hora do dia (e da noite). Fizemos uma seleção de hotéis bacanas para você:

Dicas de hotéis em Shibuya

As diárias em Shibuya, de um hotel simples, variam de R$ 190 a R$ 500. Quer algo mais econômico? Aposte no bairro de Asakusa: a região da velha Tokyo. Lá, você terá fácil acesso ao metrô, mas por ser mais “antigo” tem preços bem atrativos nos hotéis. Em Asakusa é possível encontrar diárias entre R$ 80 a R$ 150.

Para você visualizar um pouco das diferenças entre um hotel caprichado, hotel com bom custo x benefício e alternativas econômicas mostramos abaixo alguns exemplos na prática. Quem preferir pode avançar direto ao próximo item do post: alimentação

Hotéis caprichados

TRUNK

onde ficar em toquio

Trunk | Foto: Divulgação

Localizado a 11 minutos a pé da estação JR Shibuya, este hotel boutique para não fumantes possui bar e dois restaurantes. Há um jardim compartilhado e um terraço bem gostoso para descansar e tomar um drink no final do dia.

onde ficar em toquio

Trunk | Foto: Divulgação

Decoração moderninha e um tamanho de espaço legal para os padrões lata de sardinha de Tokyo, o Trunk tem com carpete, ar-condicionado, frigobar e comodidades para banho. Algumas unidades possuem varanda e um espaço para refeições. Um bacana deste hotel é que ele possui quartos para até 8 pessoas (sem cara de hostel, sabe?), ótimo para quem viaja em família ou grupo de amigos. Reserve aqui.

Cerulean Tower Tokyu Hotel

onde ficar em toquio

Cerulean Tower Tokyu Hotel | Foto: Divulgação

A apenas 5 minutos a pé da Estação Shibuya, este hotel dispõe de academia e 8 restaurantes, além de banheira de hidromassagem e salão de beleza.

Os quartos são bem espaçosos e estão localizados a partir do 19º andar de um prédio, ou seja, você terá uma vista incrível da janela do seu quarto. As unidades possuem ar-condicionado, mesa para trabalho e frigobar. Reserve aqui.

Shibuya Excel Hotel Tokyu

onde ficar em toquio

Shibuya Excel Hotel Tokyu | Foto: Divulgação

Com conexão direta para a estação de trem (sim, essa localização é excelente), o hotel conta com vista para o cruzamento de Shibuya (que é o máximo!) e fica apenas coladinho nas principais atrações turísticas da região.

onde ficar em toquio

Shibuya Excel Hotel Tokyu | Foto: Divulgação

Os quartos possuem decoração sofisticada, carpete, mesa de trabalho e poltronas. São espaçosos e confortáveis – as unidades acima do 13° andar possuem vistas bem bonitas . Reserve aqui.

Hotéis com bom custo benefício

Act Hotel Shibuya

onde ficar em toquio

Act Hotel Shibuya | Foto: Divulgação

Este hotel três estrelas possui um lounge compartilhado e funcionários que falam inglês fluente (o que é ótimo em Tokyo!). Os quartos são modernos e compactos – equipados com cofre, frigobar, chaleira e ar-condicionado. Reserve aqui.

Shibuya Hotel En

onde ficar em toquio

Shibuya Hotel En | Foto: Divulgação

Bem pertinho do metrô (7 minutos de caminhada), esse hotel dispões de restaurantes e serviços de massagem. Os quartos são compactos e minimalistas. O banheiro possui vidro na parte do chuveiro (se preferir privacidade, talvez outra opção seja melhor para você). Reserve aqui.

Hotel Emit Shibuya

onde ficar em toquio

Hotel Emit Shibuya | Foto: Divulgação

Com uma localização bacana, todos os quartos do hotel estão equipados com televisão, ar-condicionado e geladeira. Alguns quartos possuem varanda (mas até mesmo esses são bem pequenos). Há guias turísticos a disposição dos hóspedes na recepção para facilitar passeios de última hora. Reserve aqui.

Hotéis econômicos

Mustard Hotel Shibuya

onde ficar em toquio

Mustard Hotel Shibuya | Foto: Divulgação

Com bar, restaurante e recepção 24 horas, este hotel é uma ótima pedida para quem quer economizar um pouco na hospedagem. Com café da manhã incluso no valor, há opções de quartos individuais ou compartilhados. Todos modernos e com decoração clean. Reserve aqui.

Almond Hostel & Cafe Shibuya

onde ficar em toquio

Almond Hostel & Cafe Shibuya | Foto: Divulgação

Inaugurado a pouco menos de dois anos, este hostel fica a 3 minutos a pé da Estação Yoyogikoen. As camas são fechadas – o que talvez seja um problema para o claustrofóbicos de plantão, mas te dão segurança e privacidade – as avaliações garantem que são confortáveis! Reserve aqui.

Ah, se quiser conferir mais opções, fizemos um guia completo de hotéis em Tokyo. Entenda mais os outros bairros e conheça outras possibilidades de hospedagem neste texto aqui.

Alimentação

Nada como perguntar para um local quanto custa comer em Tokyo né?! Segundo a Andy Grams, um restaurante simples (porém gostoso) – desses que a gente vai no dia a dia, sabe?! – custa entre 700 a 1000 mil Yens por dia (por volta de R$ 40) e é suficiente para se alimentar bem. Dá para comer mais barato, em muitos lugares você encontra ramens que vão de 750 a 950 Yens (ou seja, cerca de R$36) e, claro, para quem tá com o budget mais folgado restaurante premiado e delicioso é o que não falta por lá!

Uma dica bacana da Andy foi o restaurante de rede Jonathans, encontrado em diversos lugares de Tokyo e bem gostoso.

Transporte

Se você pensa em aproveitar a viagem para conhecer outros destinos no Japão, você precisa conhecer o JR Pass. Ele é passe de transporte que precisa ser comprado antes da sua chegada no Japão e que te dá direito a usar todo os sistema de transporte da linha JR (trens-bala, trens convencionais, ônibus, balsas e até teleféricos). Há passes de 1 ou 2 semanas e, apesar do preço (valores a partir de $272 por pessoa) parecer caro, ele faz todo o sentido para quem vai viajar pelo Japão.

Dentro de Tokyo

Dependendo de onde você tiver hospedado, o passe de metrô ilimitado Tokyo Free Kippu (você não precisa ativar o seu JR pass em Tokyo, deixe para ativar somente na data da sua viagem longa) pode fazer sentido para se deslocar pela cidade entre um jogo e outro. O passe ilimitado de metrô custa R$44 por dia, faça as contas e veja se vale a pena para você. Pela experiência da Mari em Tokyo, geralmente vale!

Passeios em Tokyo

É claro que durante a sua passagem por Tokyo para as Olimpíadas você pode (e deve) conhecer mais sobre a cidade.

Aqui você pode tanto optar pelos passeios individuais, quanto contratar um tour local (nós amamos a Get Your Guide) para conhecer vários lugares em um único passeio. Na primeira ida à Tokyo da Mari, ela teve apenas um dia na cidade (muito pouco né?!) e optou pelo city tour básico o que foi bem legal para conhecer um dos observatórios da cidade, visitar os jardins imperiais, o templo Senso-ji (mais conhecido pelo nome do bairro: Asakusa) e terminar com um passeio de barco. O valor deste passeio gira em torno de U$ 60 por pessoa.

City Tour em Tóquio

Cidade de Tokyo vista do alto do WTC

Se for possível, explore a cidade com calma e conheça os bairros a fundo: Shibuya, Harajuko, os Museus de Ueno, Ginza e Akihabara. Tokyo está cheio de lugares incríveis e que merecem o passeio!

Bate e voltas pela região:

Yokohama (onde serão as finais do futebol – foi lá que o Brasil conquistou a Copa do mundo), Nikko (recheada de templos maravilhosos), Kanagawa (onde há uma estátua linda de um Buda de pedra), Tokyo Disneyland e Mt. Fuji são alguns dos principais bate e volta saindo de Tokyo. Você pode fazer estes passeios por conta própria ou contratar um tour.

O passeio até o Monte Fuji, por exemplo, dura 9 horas e é imperdível – ele custa U$ 125 por pessoa.

Yokohama - Japão

Yokohama – Japão

Seguro viagem

O seguro viagem não é obrigatório para quem viaja ao Japão, mas ninguém quer ter que contar com a própria sorte em uma baita viagem dessas, né? Especialmente porque o sistema de saúde japonês é ultra complicado e um simples atendimento vai custar uma fortuna. O seguro te dará tranquilidade e segurança para curtir a viagem e, se for preciso, salva a pele em ocasiões com mala extraviada, voos atrasados ou até mesmo uma eventualidade médica.

Para você economizar tempo de pesquisa de apólices, sugiro e recomendo que você faça sua cotação no site da Seguros Promo – uma empresa brasileira que te apresenta um comparativo entre os melhores seguros disponíveis no mercado, juntamente com os valores e tipos de cobertura. Faça uma cotação aqui e escolha a apólice com melhor cobertura e que cubra qualquer tipo de ocorrência no ato, o que sem sombra de dúvidas é um diferencial! Ah, não esqueça de inserir o nosso cupom IDEIASNAMALA5 para ganhar 5% de desconto na compra do seu seguro viagem!

Valor final: Quanto custa ir para as Olimpíadas no Japão?

Sendo assim, para chegarmos em uma conta final vamos considerar uma viagem de 10 dias em Tokyo (certamente você pode expandir seu roteiro para outras cidades – o que eu super aconselho – mas apenas para termos um valor mais certeiro). Vamos considerar também a hospedagem em um hotel entre valores de bom custo benefício e econômico (aqui considerei o Mustard Hotel Shibuya) onde as diárias giram em torno de R$700. Para o transporte, considerem o JR Pass de uma semana. Alimentação, cerca de 3 refeições por dia no valor de 950 Yens (R$ 100 por dia). Para os jogos, coloquei na conta uma entrada para a abertura no lugar mais barato (R$ 420) e três jogos avulsos (cada um custando cerca de R$ 280). E ah, vale fazer ao menos um city tour (R$ 250), né?

Sendo assim, um valor estimado para ir ao Japão participar das Olimpíadas de Tokyo seria:

  • Visto para o Japão: R$ 258
  • Passagens: R$ 4.700
  • Hospedagem: R$ 7.000
  • Ingressos para os jogos: R$ 1.260
  • Alimentação: R$ 700
  • Transporte: R$ 1.140
  • Passeios: R$ 250
  • Seguro viagem: R$ 150

Total R$ 15.458,00.

É claro que você pode economizar no transporte, na hospedagem e na alimentação. Tudo depende muito do estilo de viagem que você pretende ter!

E aí, curtiu nosso guia de Olimpíadas de Tokyo 2020? Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui seu comentário!


Viaje sem stress

✅ Faça seu seguro de viagens

Veja também:

E para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!



SOBRE O AUTOR

Malu Pinheiro

Apaixonada pelo diálogo e por viagens, levo um pouquinho do lado jornalístico a cada destino que chego. Natureza e praias estão presentes em quase todos meus roteiros - não vivo sem!

4 comments

  1. Benjamim 23 setembro, 2019 at 18:19 Responder

    Simplesmente ameeei esse seu post!! Quero ir para o Japão ano que vem e to na fase de pesquisa. Ler esse texto caiu como uma luva! Hahaha…

Post a new comment

Veja também