O que fazer em Memphis, a cidade do Blues no Tennessee

Saiba o que fazer em Memphis, uma cidade divertida e famosa pela influência do blues, soul e rock’n roll. É em Memphis que fica a famosa casa de Elvis Presley, um complexo conhecido como Graceland (te daremos boas dicas e informações para visitar o local mas já adianto, vale mega a pena), o National Civil Rights Museum, um dos melhores Museu de Direitos Civis dos Estados Unidos (uma visita que deveria entrar no seu roteiro) além de cantinhos conectados a história da música como o Sun Studio, o STAX e a famosa Beale Street.

Pronto para descobrir o melhor de Memphis? E sim, também daremos boas dicas de onde ficar em Memphis e onde comer bem por lá!

Neste post você vai encontrar:

Se quiser ir direto ao ponto, basta clicar nos itens acima. Ou, se preferir, leia o texto completo para se apaixonar por Memphis!

O que fazer em Memphis

Para começar a falar dos principais pontos turísticos de Memphis quero te trazer um pouquinho da vibe da cidade, imagine que…

São duas da tarde de um domingo cinzento com cara de poucos amigos mas o ritmo não nos deixa enganar, estamos na entrada da Beale Street, um dos destinos músicas mais badalados dos Estados Unidos e o som reina alto, divertido. A placa na entrada do bloco – atualmente fechado para carros – se gaba do título concedido pelo congresso “Home of Blues” (Casa do Blues), mas há opções de bares que tocam música ao vivo (há ritmos diversos) e muitos deles permitem a entrada de crianças até o comecinho da noite. Quando o assunto é o que fazer em Memphis, uma coisa é fato: música boa não vai faltar!

Beale St. a rua mais animada de Memphis
Beale St. a rua mais animada de Memphis

Falando em música, dois blocos para cima encostadinho do lado esquerdo está Elvis Presley, outro ícone da cidade imortalizado em forma de estátua. Se em algum lugar do mundo Elvis ainda vive, o lugar é Memphis. Além de visitar sua mansão INCRÍVEL, a Graceland você poderá seguir os passos de Elvis no Sun Studio para entender como sua carreira começou (e decolou, do dia para a noite), e tomar um café da manhã no Arcade – a mesa que Elvis sentava fica pertinho da porta, e se chegar cedo você também poderá sentar nela. Se para um turista convencional o passeio já é legal para caramba, para os fãs de Elvis de plantão, é inesquecível.

Estátua de Elvis Presley em Memphis
Estátua de Elvis Presley na região da Beale St. em Memphis

Talvez você tenha se interessado a visitar Memphis pelas conexões musicais, mas não se limite a elas. Alguns quarteirões para cima da Beale St. está a Main Street e seus bondinhos charmosos que cantarolam pelo corredor, e são sem dúvida a forma mais charmosa de trafegar pela cidade, vale explorar o miolinho e extender a caminhada até o National Civil Rights Museum, foi neste local que Martin Luther King foi assasinado, um evento que mudou a história dos direitos humanos nos Estados Unidos para sempre, e um pedacinho de história que você deveria viver.

Depois de visitar os principais pontos turísticos de Memphis vale sair um tiquinho do centro e explorar as áreas verdes da cidade, o parque mais conhecido é o Shelby Farms Park, um gigante com cerca de 5 vezes o tamanho do Central Park e cheio de cantinhos incríveis para visitar. Outra pedida linda é o Meeman-Shelby Forest State Park, uma reserva florestal cheia de cores e com opções lindas de trilhas.

Meeman-Shelby Forest State Park pertinho de Memphis
Meeman-Shelby Forest State Park, uma floresta maravilhosa pertinho de Memphis

Agora que já dei um resumão, que tal falarmos detalhadamente de cada um dos principais pontos turísticos de Memphis?

Principais atrações turísticas de Memphis (Dicas para sair do comum!)

  1. Graceland, a mansão de Elvis Presley
  2. National Civil Rights Museum (Museu Nacional dos Direitos Civis)
  3. Sun Studio
  4. Beale Street
  5. Bondinho da Main Street
  6. Apreciar a vista da Big River Crossing
  7. Ver a cidade do alto na Pyramid
  8. Visitar o Shelby Farms Park
  9. STAX – o Museu da música Soul
  10. Conhecer o Blues Hall of Fame
  11. Overton’s Square
  12. Jogo de basquete na NBA – Memphis Grizzlies
  13. Visitar The Children’s Museum of Memphis
  14. Conhecer o Zoo de Memphis
  15. Meeman-Shelby Forest State Park

1- Graceland, A mansão de Elvis Presley

Bom gosto, um quê de excentricidade e uma energia que vai deixar os fãs para lá de impressionados define a Graceland, a casa de Elvis Presley e “seu parque de diversões” particular com dezenas de carros, como o famoso Cadillac rosa, e dois aviões personalizados para o mito.

A visita começa com um filme introdutório que detalha brevemente a vida de Elvis, em seguida os visitantes são conduzidos a Graceland a bordo de pequenos ônibus e munidos de um audio guia que vai contando detalhes interessantes de cada cômodo.

Entrada da Graceland, a casa de Elvis em Memphis
Entrada da Graceland, a mansão de Elvis Presley em Memphis

O que mais me impressionou? O bom gosto do cara, impressionante como boa parte dos cômodos da casa são super atuais. O cantinho mais famoso da casa é o Jungle Room, um quarto com grama no teto e no chão, meus preferidos são a sala de bilhar drapeada com tecido colorido, e uma sala de TV + Bar amarelíssima que eu teria fácil em casa – tá, não preciso das três televisões, uma do lado da outra, mas gostei muito de todo o resto.

Sala de bilhar do ELVIS PRESLEY na Graceland, Memphis

Sala de bilhar drapeada com tecido colorido, meu cômodo preferido da casa do ElvisA visita continua para a área externa da casa com um escritório, sala de squash, sala de bilhar e um hall de meditação que preserva os túmulos de Elvis e sua família, tanto eu quanto o Gu sentimos um baque de energia e muitos amigos fãs desataram a chorar por lá. Seja como for, a fonte rodeada de flores é um final lindo para o tour.

Meditational Hall o pedaço mais emocionante da visita a Graceland
Meditational Hall o pedaço mais emocionante da visita a Graceland

De volta ao centro de visitantes, chegou a hora de visitar os museus do Elvis, seus carros, motos, e outras exibições que detalham a vida do cantor. Adorei ver uma exposição com roupas extravagantes e discos de ouro, fotografar o Cadillac Rosa (como Elvista tinha estilo!) e percorrer seus dois aviões.

Planeje sua visita

Vale dedicar boa pate de um dia inteiro para visitar a Graceland e descobrir cada cantinho sem pressa. Fiquei encantada com a visita.

Graceland (site oficial)

  • Endereço: 3717 Elvis Presley Blvd, Memphis
  • Horário de funcionamento: diariamente das 09h às 16h
  • Consulte os preços no site oficial.

2- Museu Nacional dos Direitos Civis

Coloquei o National Civil Rights Museum (o Museu Nacional de direitos civis) logo na sequencia da casa do Elvis porque acho, de verdade, que se você tiver que escolher apenas duas paradas na cidade, Graceland e o Museu de direitos civis empatam como os passeios mais espetaculares de Memphis e que você não deveria deixar de fazer nenhum deles.

Museu Nacional de direitos humanos em o que fazer em Memphis
Museu Nacional de direitos humanos, uma visita emocionante e cheia de conteúdo

Vamos começar pela localização: foi aqui no edifício do museu, o antigo Lorraine Motel, que Martin Luther King foi assassinado em 1968, o pastor e ativista negro estava na cidade para marchar a marcha dos lixeiros da cidade, que estava em greve por melhores condições de trabalho. A fachada do Motel, assim como o quarto que Martin Luther King ficou hospedado estão preservados, e são importante e emocionante pontos da visita. Mais recentemente o museu adquiriu o edifício do outro lado da rua de onde o atirador que matou King fez os disparos, por lá você poderá conhecer um um pouco mais da história e do crime que ainda é cheio de pontos sem explicação.

De volta ao começo, a visita começa na fachada com monitores que contam um pouco a história de MLK, este pedacinho é grátis e todo mundo que estiver passando por lá pode visitar, aprender e quem sabe até se emocionar.

Entrando no museu (sua bolsa passará por uma vistoria rigorosa e você passará por um detector de metais) há um filme introdutório espetacular sobre a luta negra por direitos iguais nos EUA seguida de salas super interativas que descrevem momentos marcantes na história como boicote de mais de um ano de uso dos transportes públicos, os protestos pacíficos em restaurantes, o dilema que o primeiro aluno negro sofreu para se matricular em um curso de direito no Sul do EUA (chorei litros neste pedaço), grupos mais atuais como o Black Panthers.

O museu faz um recorte duro e super verdadeiro da história dos EUA, e para mim que sou branca que cresci sem viver nada disso, foi um verdadeiro pontapé de realidade. Saí de lá emocionada.

A visita do edifício principal termina com os quartos de MLK, a partir dali quem quiser pode seguir até o outro lado da rua, para visitar o local de onde os disparos foram feitos.

Planeje sua visita

National Civil Rights Museum (site oficial)

  • Endereço: 450 Mulberry St, Memphis
  • Horário de funcionamento: terça a sábado das 09h às 17h e segunda das 09h às 17h (fechado as terças e domingos)
  • Entrada: $17 (menores de 4 anos não pagam)
  • Para entender a visita, é importante ter um inglês pelo menos intermediário

3- Sun Studio

O Sun é um estúdio pequenino porém cheio de história e de personalidade. O local é conhecido por ser o berço do Rock’n’roll e revelar músicos incríveis como B.B. King, Elvis Presley, Johnny Cash e Jerry Lee Lewis.

Sun Studio, o estúdio de música que revelou Elvis Presley
Sun Studio, o estúdio de música que revelou Elvis Presley

O tour guiado de aproximadamente 45 minutos conta capítulos  importantes da história da música no mundo e é repleto de fatos curiosos, memorabilia famosa e oportunidades fotográficas bem interessantes.

São apenas 4 cômodos: O lobby/ lojinha do museu que é legal para caramba e já rende fotos lindas, uma espécie de linha do tempo musical no andar de cima e pra fechar a recepção histórica e o estúdio musical onde Elvis gravou seus primeiros hits. É bem legal.

No final do tour todo mundo pode pisar no local exato onde Elvis tocava, fotografar com o microfone lindão e ainda ouvir alguns hits tocados por Elvis e pelo quarteto de um milhão de dólares (nome dado a uma gravação não autorizada de Elvis Presley, Carl Perkins, Johnny Cash e Jerry Lee Lewis tocando juntos no estúdio).

Sun Studio em o que fazer em Memphis
“Cantando” no local exato onde Elvis Presley costumava gravar seus hits

Outro pedaço que adorei foi a reconstrução do estúdio que gravava o programa de radio que revelou Elvis Presley, nele radialistas escutavam os novos sons enviados por artistas e quebravam, sem a menor cerimônia, tudo o que era meia boca. A primeira gravação de Elvis não foi quebrada como foi tocada – a pedido do público – algumas vezes neste mesmo dia, depois disso Elvis Presley ganhou seu primeiro contrato da Sun Studio.

Planeje sua visita

Sun Studio (site oficial)

  • Endereço: 706 Union Ave. Memphis
  • Horário de funcionamento: domingo a quinta-feira das 10h às 17h15; sextas e sábados das 10h às 18h15
  • Entrada: $15, crianças entre 5 e 11 anos não pagam (menores de 5 anos não são permitidos nos tours guiados)
  • Para entender a visita, é importante ter um inglês pelo menos intermediário

4- Beale Street

A Beale Street é a rua mais agitada de Memphis e um cantinho histórico importante (e divertido) para fãs de boa música ao vivo.  Nela, músicos renomados como Albert King, Louis Armstrong, Memphis Minnie, Muddy Waters e B.B. King fizeram história, e hoje você pode curtir o legado com música ao vivo praticamente o tempo todo. E sabe a melhor parte? Boa parte dos bares a entrada é grátis (vale ter uns trocados para deixar para a banda!) e o som vai até as 2 da manhã, algo bem raro para os Estados Unidos.

Beale St. em o que fazer em Memphis
Beale St., a rua do Blues

A Beale St.  é uma rua grande (2.9 Km de extensão), mas o miolinho que precisa entrar no seu roteiro – 2 ou 3 quarteirões – é fechado para carros, sinalizado por duas grandes placas, uma em cada extremidade da rua, que indicam que Memphis é o berço do Blues, um título decretado pelo congresso norte-americano em 1977 e está na lista de patrimônios históricos americanos desde a década de 60.

A música reina dia e  noite com opções de ritmos como Blue e Rock & Roll. Minha dica para escolher um bar para chamar de seu é andar a rua inteira, ouvir os ritmos e optar onde você quer entrar- e claro que o entra e sai de bares é super bem vindo 🙂 –  vale falar que durante a temporada alguns bares cobram couvert artístico.

Algumas das paradas mais tradicionais da Beale St. são:

PARA OUVIR MÚSICA:

  • BB King Blues Club: Uma boa pedida para ouvir música – são 6 andares com um ritmo diferente tocando em cada um deles – e para comer. A graça é comer uma costelinha, ou a famosa sopa de carangueijo da casa – a Nath do Porta de Embarque testou e aprovou.
  • Alfred’s on Beale: Outro bar grandalhão com um SUPER palco de música, várias opções de comida e um terraço externo que fica no segundo andar da casa e te dá uma visão privilegiada do agito da rua.
  • Silky O’Sullivan’s: Uma fachada histórica e uma mistura interessante de barzinho dos sul dos EUA com pub irlandês. A vibe é animada e o bar costuma ser uma boa pedida para quem quer iniciar ter trabalhos cedo (entenda por começar a bebedeira cedo). Vá só para beber, a comida não é grande coisa por lá

E claro, deixe seu ouvido te guiar. Tem música boa tocando e vibe bacana no ar, entre sem medo de ser feliz!

Vai viajar com crianças?

Pequenos são bem vindos em boa parte dos bares da Beale St. até as 21h, depois disso a bagunça começa e crianças não aceitas.

PARA COMER BEM:

Muitos bares da Beale St. servem comida, mas nem sempre a comida é boa, aqui vão duas dicas bacanas testadas pelo meu amigo Allan:

  • Itta Bena (145 Beale St, Memphis): Uma pedida excelente para quem quer comer super bem no burburinho da Beale. St. Vale reservar com antecedência.
  • Blues City Cafe (138 Beale St.): Comida típica do sul dos EUA, a fachada e o interior tem uma pegada mais rústica, mas a comida é boa, viu?

OUTRAS PARADAS:

  • A Schwab: A loja mais antiga da rua data de 1876 e é uma dessas lojinhas que mistura variedades, souvenirs de Memphis com uma lanchonete típica antigona dessas que serve sorvetes e refrigerantes. A loja é uma graça, rende fotos bem legais e tem um bom sortimento de lembrancinhas.
  • Estatua do Elvis: O ícone musical de Memphis está imortalizado em uma pracinha que fica um quarteirão acima do burburinho da Beale St.

Beale Street. Lading: Escadarias coloridas e as famosas pontes de Memphis

Topa continuar o passeio?

A dica é alugar um patinete por aplicativo (há algumas variedades diferentes disponíveis pela cidade) e seguir até a Beale St. Landing – o ponto onde a rua se encontra com o Rio Mississipi. O passeio de patinete é lindo e rende fotos muito legais das pontes Hernando Soto e da Memphis – Arkansas Bridge. Quem preferir também pode caminhar, a vantagem do patinete é que ele é muito mais rápido!

Pedalando as margens do Rio Mississipi em Memphis
Pedalando as margens do Rio Mississipi em Memphis

Durante o rolê vale ficar de olho nas escadarias que conectam a cidade a beira do rio, elas são adesivadas e rendem fotos bem legais.

Para quem viaja com crianças, há um parquinho pequeno porém bem fofo de frente para o rio. Um bom lugar para parar e descansar enquanto seu pequeno gasta as energias.

5- Bondinho da Main Street

Um passeio muito gostoso por Memphis é a caminhada – ou quem preferir, rolê de bondinho – pela Main St até a região da Beale St, no caminho e vai passar por vários restaurantes gostosos, pelo museu de direitos humanos e terminar na Beale St.

Bondinho da Main St. em Memphis
Bondinho da Main St. em Memphis

Comece pelo The Arcade (540 S Main St, Memphis), o famoso restaurante onde Elvis costumava tomar café da manhã. A fachada é linda e se você chegar cedinho consegue sentar na mesa onde o cantor costumava se sentar – e bem pertinho da porta, para conseguir escapar das fãs alvoroçadas – a comida não é a melhor da cidade, mas a experiência é super tradicional.

Para comer gostoso na região minha dica é o Bedrock Eats and Sweets (327 S Main St, Memphis), este restaurante PALEO é especializado em waffles diferentões (tão bons que mal dá para acreditar que não tem glúten). Pedi um waffle salgado de brisket divino (peça sem preconceito, é ótimo!) e as crianças dividiram um docinho de S’mores (marshmallow com chocolate).

Restaurante Bedrock Eats and Sweets em o que fazer em Memphis
Waffle do Bedrock Eats and Sweets

Já que estamos falando de comida, outra pedida mega bem recomendada na região é o Gus Fried Chicken (310S Front St, Memphis) – sim, frango frito é uma das especialidades do sul dos EUA, e se você curte, vale provar um diferente em cada cidade. Eu não amo então deixei passar.

6- Apreciar a vista da Big River Crossing

Memphis fica bem na fronteira entre Tennesse e o Arkansas, algumas pontes conectam os dois estados como a icônica ponte Hernando Soto, uma ponte em formato de “M” que ganha iluminação especial a noite e é um dos símbolos da cidade, e a Memphis – Arkansas Bridge, onde há uma ciclovia/ pista de corrida chamada de Big Crossing, são 4Km de extensão com vistas bem lindas do rio e uma linha divisória imaginária entre os estados para quem quiser tirar uma foto.

Fronteira entre o Arkansas e Tennesse - Big River Crossing
Fronteira entre o Arkansas e Tennesse – Big River Crossing

Tai um passeio bem gostoso, e que fica lindo no final da tarde quando as luzes da cidade se acendem e a Hernando Soto Bridge fica iluminada.

7- Ver a cidade do alto da Pyramid

Pyramid é uma loja de artigos de pesca, como o nome sugere, lembra o formato de uma pirâmide egípcia. O mais interessante é subir até o seu último andar, onde se tem um restaurante e uma vista para a cidade em 360 graus (entretanto, para chegar ao topo é preciso desembolsar $20).

Depois de ter abrigado um ginásio esportivo, local para shows e eventos, hoje a arena é uma loja de pescaria da“Bass Pro Shops at the Pyramid” e reúne um lago com crocodilos e peixes, um museu, uma pista de boliche, dois restaurantes, um hotel de luxo e um elevador panorâmico de 28 andares que leva até o rooftoop do local. As vistas da cidade lá do alto são lindas, e a parte dos peixes faz o maior sucesso com a criançada.

8- Visitar o Shelby Farms Park

O Shelby farms (site oficial) é um dos maiores parques urbanos dos Estados Unidos, são 4500 hectares e mais de 64 KM de trilhas para andar, correr ou pedalar (há 16 Km de trilhas pavimentadas para quem curte road, e muitas oportunidades de Mountain Bike), mais de 20 lagos, uma manada de bisões que mora por lá, um parquinho fabuloso para os pequenos, além de atividades pagas divertidas como aluguel de caiaque, paintball, passeios a cavalo,arvorismo e mais.

Um dos lagos do Shelby Farms em Memphis
Um dos lagos do Shelby Farms, o parque é lindo

Fiquei tão animada com as possibilidades do parque que dediquei um dia todinho do nosso roteiro em Memphis para explorar o local com calma, e que boa escolha!

Levei nossas bicicletas ao centro do visitantes do parque dei um giro pelo Patriotic Lake (vale explorar a região com calma, fotografar a ponte fotogênica, sentar nos balanços na beira do lago e contornar o lago a pé) e no final peguei a Chicasaw trail passando pelo viveiro dos bisões, alguns lagos pequeninos, pelo Woodland Land Playground (atualmente fechado pela COVID – uma pena porque o parquinho é FABULOSO) e pelo estábulo do parque.

No estábulo é possível fazer passeios de cavalo ou pônei (para crianças a partir de 4 anos – agende com antecedência) e alimentar os cavalinhos com biscoitos de ração comprados no local por $2.

Planeje sua visita
Shelby Farms Park (site oficial)

  • Endereço: 500 N. Pine Lake Dr. Memphis
  • Horário de funcionamento: diariamente das 06h30 às 17h

Poblar States Park

Na saída do Shelby Farms passamos em um parque adjacente super reservado e muito lindo, todo rodeado por árvores de trocos altos e folhagem colorida pelo outono. O parque se chama Poblar States e fica no meio de uma área residencial bem reservada. Por lá há brinquedões para crianças pequenas, e outro para os maiorzinhos (a partir de 6 anos). Meus pequenos se divertiram muito e eu amei a vibe do parque.

9- STAX: o Museu da música Soul

O Stax ocupa o local da antiga gravadora STAX e é um desses cantinhos incríveis – e interativos – que vibra a energia da Soul Music, um movimento musical essencialmente negro e que mistura vários diferentes ritmos, o Soul tem um que de adoração, um que de protesto e uma energia para lá de vibrante.

STAX em o que fazer em Memphis
Fachada do Stax, o Museu do Soul em Memphis

A visita ao museu começa com um filme curtindo que fala sobre a criação do ritmo soul e de todas as lendas musicais que já gravaram no Stax e em seguida faz um passeio pelo ritmo, começando dentro de uma igreja e se expandindo pelo mundo.

Alguns dos cantinhos mais legais da exibição são uma pista de dança – meus pequenos adoraram dançar com as luzes – que toma hits de soul, um corredor com discos de ouro e capas coloridíssimas de vinil, o Cadillac com placa de ouro que pertenceu a Isaac Hayes e o estúdio de música que volta e meia recebe artistas tocando de verdade [aqui abre um parêntesis para conta que um grupo de leitores visitou o museu em um dia de música ao vivo e passou horas curtindo a música e o som]

Coleção de discos dos STAX, o museu do Soul
Coleção de discos dos STAX, um dos destaques da visitar

Para quem viaja com crianças pequenas: Não foi uma visita fácil de fazer com crianças, meus pequenos não se interessaram tanto pelo museu e então não consegui aproveitar tanto quanto queria, ainda assim gostei muito do que vi.

10- Conhecer o Blues Hall of Fame

Quer saber mais sobre a história do Blues?  O Blue Hall of Fame é um museu super novo, moderno e interativo que conta a história do Blues, há exibições temporárias que mudam de tempos em tempos e 10 galerias fixas que navegam a história do Blues com muita coisa para ler, álbuns icônicos, fotografias, prêmios, roupas usadas por artistas durante turnês e claro, música! Você vai ouvir muita coisa boa, e se quiser ler e aprender bastante sobre o Blues.

O museu também serve como um local para homenagear artistas de Blues (e toda a equipe de produção) contemporâneos e realiza um prêmio anual.

Planeje sua visita

Blues Hall of Fame (site oficial)

  • Endereço: 421 S. Main Street, Memphis
  • Horário de funcionamento: diariamente das 10h às 17h
  • Entrada: $10

11- Overton’s Square

Sabe aquela história da vizinhança revitalizada que se tornou um distrito comercial descolado? Essa é a história da Overton Square, uma área comercial animada com restaurantes,  lojas, m galerias de arte e espaços para shows. Vale ficar de olho na programação porque sempre tem coisa boa rolando por lá.

12- Jogo de basquete na NBA – Memphis Grizzlies

Quem acompanha o Ideias na mala faz tempo já sabe que adoramos basquete e que acompanhamos a temporada de NBA desde que nos mudamos para os EUA. O esporte é divertido, dinâmico e super legal de assistir ao vivo!

Quem mais uma boa notícia? A temporada de basquete é longa e os ingressos de início de temporada são relativamente baratos, já comprei ingresso de revenda – alguém que desistiu de ver o jogo – por $20 cada – e é tão legal! Se sua ida a cidade casar com a temporada de basquete – que geralmente começa em dezembro – vale se programar para assistir um jogo!

13- Visitar The Children’s Museum of Memphis

Um museu especialmente dedicado à criançada. O objetivo do local é estimular o aprendizado através de brincadeiras interativas. No Children’s Museum of Memphis, os pequenos vão ter muitas atividades, como um avião em tamanho real para se esbaldar, um supermercado de brincadeirinha, e duas áreas molhadas bem legais, uma interna com riozinhos de correnteza e o tradicional parquinho de águas do lado externo (leve roupa extra).

Planeje sua visita

Children’s Museum of Memphis (site oficial)

  • Endereço: 2525 Central Ave, Memphis
  • Horário de funcionamento: de terça a domingo das 09h às 17h (fechado as segundas)
  • Entrada: $15 (apenas menores de um ano não pagam)

14- Conhecer o Zoo de Memphis

O Zoo de Memphis é tido como um dos melhores dos Estados Unidos e é uma pedida interessante para quem viaja com crianças. O destaque são os ursos pandas e a área da savana africana com girafas e zebras lindas. Meus filhos também adoraram o jacarés gigantes e o parquinho que fica no centro do Zoo.

Panda no Zoo de Memphis
Urso Panda no Zoo de Memphis

Confesso que minha régua para Zoos é o de San Diego que tem uma proposta ambiental incrível e viveiros gigantes e super bem cuidados, então me incomodei um pouco com o tamanho de alguns viveiros e não saí de lá super empolgada não.

15- Meeman-Shelby Forest State Park

Se você, assim como eu, também ama natureza e quer ter uma experiência linda na floresta, a dica é o Meeman-Shelby, um parque fabuloso com trilhas lindas, parquinhos ótimos para a criançada e uma vibe de natureza bem especial. O parque fica a 13 Milhas de Memphis e a dica é levar um piquenique e ir sem pressa.

Meeman-Shelby Forest State Park em o que fazer em Memphis
Parquinho do Meeman-Shelby Forest State Park, o parque é lindo!

A chegada no parque é linda, pegamos um finalzinho de outono e fomos recebidos por uma floresta fechadinho e toda colorida, o visual é tão especial que parei algumas vezes no meio da estrada para fotografar. Em frente ao Piersol Lake há um ótimo parquinho para criançada e um local que aluga paddles e caiaques, também fizemos um pedacinho de trilha lindo.

Onde ficar em Memphis

Apesar de Memphis ser a maior cidade do Tennessee, ela não é tão grande assim. Por isso, reserve o seu hotel com bastante antecedência para conseguir um bom negócio!

Entre as opções mais caprichadas, estão o Peabody Memphis com acomodações super luxuosas, restaurantes incríveis e os famosos patinhos que diariamente vem se alimentar na fonte do hotel, a Big Cypress Lodge com uma pegada mais rústica, The Guest House at Graceland coladinho na casa do Elvis (essa é uma opção legal para quem tem pouco tempo na cidade e quer focar a visita no complexo do Elvis Presley) e o River Inn of Harbor Town com vista para o Rio Mississippi. Todos esses possuem diárias em torno de $200.

Já para quem prefere um bom custo benefício, o Hampton Inn & Suites Memphis Germantown, Hampton Inn & Suites Memphis-Wolfchase Galleria e o La Quinta by Wyndham Memphis Downtown são ótimas opções e bem avaliadas.

Já o Holiday Inn Express & Suites Memphis Arpt Elvis Presley Blv e o Hyatt Place Memphis Germantown são pedidas ainda mais econômicas.

Onde comer em Memphis

Come-se mega bem em Memphis ( e no sul dos Estados Unidos em geral), aí vão algumas dicas de cantinhos testados e aprovados por nós ou por amigos queridos para comer em Memphis.

Railgarten

O Railgarten (2166 Central Avenue, Memphis) é uma dica sensacional para quem viaja com crianças, ou com um grupo de amigos e quer um lugar descontraído e aos finais de semana com música boa tocando ao vivo para curtir um final de tarde. A comida é ok, nachos, sanduíches, pretzels e um menu sensacional de cervejas. Nossos pequenos curtiram muito o parquinho enquanto nós comemos um aperitivo e foi ótimo.

Bedrock Eats and Sweets

O Bedrock Eats and Sweets (327 S Main St, Memphis) foi uma das minhas pedidas preferidas em Memphis, a casa é totalmente PALEO e especializada em Waffles. O de brisket servido com ovo no topo é de comer sorrindo, meus filhos dividiram o de S’mores e estava tão bom que eles não quiseram me dar nenhuma mordida para experimentar.

Central Barbecue

Central Barbecue (147 E Butler Ave., Memphis) é a churrascaria mais famosinha de Memphis e vários amigos adoram. Minha régua para churrasco é bem alta e eu havia acabado de sair do Texas, então não deu nem para comparar. Achamos a comida boa e relativamente barata, mas está longe da minha lista de churrascos preferidos. A boa notícia é que o Central BBQ fica do lado do Museu de Direitos Civis, então é bem fácil incluir no roteiro

The Arcade

The Arcade (540 S Main St, Memphis) é um local histórico, lindo de visitar e de fotografar. O café da manhã é gostosinho, e a visita vale a pena pela conexão com ELVIS PRESLEY que era frequentador assíduo da casa. Chegue cedo e sente na mesa que Elvis costuma sentar, pertinho da porta para poder sair correndo das fãs.

Gus Fried Chicken

Se você curte frango frito, Memphis e todo o sul dos EUA vão te encantar com molhinhos diversos e pedaços generosos de frango. O Gus Fried Chicken (310S Front St, Memphis)é um dos cantinhos mais tradicionais de Memphis e ficou tão famoso que se tornou franquia e já tem até na Califórnia. Gosta de frango frito? Vale provar!

ALDO’S PIZZA

Para quem tá com saudades de uma boa redonda o Aldo’s Pizza (752 Cooper St., Memphis) é uma das melhores pedidas de Memphis. As redondas são gigantescas (uma grande deu para nossa família e sobrou) e bem gostosas. Aqui abro um parêntesis para contar que não dá para comparar com o padrão brasileiro, mas que está bem acima da média das pizzas americanas.

Lafayette’s

O Lafayette’s (2119 Madison Ave) é uma ótima pedida para quem quer comer (o menu aqui é o tradicional fast-food americano) e ouvir música ao vivo.

Itta Bena

O Itta Bena (145 Beale St, Memphis) fica em pleno burburinho da Beale St. e é uma pedida incrível para quem quer comer bem e na sequencia se esbaldar nos bares da Beale St. O cordeiro da casa é uma delícia!

Blues City Café

Sabe aquele cafézinho despretensioso que você não dá nada pela fachada e que te surpreende pela comida? O Blues City Cafe (138 Beale St.) é um ícone da Beale St. e uma pedida bem legal para provar a comida do sul.

O que fazer em Memphis no Mapa

Veja nossas melhores dicas do que fazer em Memphis neste mapa dinâmico.

Seguro Viagem para os EUA

O seguro viagem nos Estados Unidos não é obrigatório, mas ele é o único que pode te salvar de muitas ciladas, como malas extraviadas, voos atrasados e, claro, emergência hospitalar.

Por aqui, indico o site da Seguros Promo, uma empresa brasileira que funciona como um comparador de seguros, buscando os melhores custos benefícios do mercado sem abrir mão de uma cobertura excelente!

Quer um desconto?
Insira o código IDEIASNAMALA5 e ganhe até 10% de desconto na compra do seu seguro viagem!

E aí, curtiu o nosso post com dicas do que fazer em Memphis? Se tiver alguma dúvida ou sugestão, é só deixar um comentário!


Veja também:


Para ficar por dentro de todas as novidades do Ideias na Mala, siga nosso instagram!

Planeje sua viagem

Deixe o seu comentário