Viagem pelo norte da Califórnia: San Francisco, Yosemite, Tahoe, Napa Valley e Carmel

14
Viagem pelo norte da Califórnia

Roteiro de 16 dias pela Califórnia, uma incrível viagem pelo Norte da Califórnia passando por San Francisco, Yosemite, Tahoe, Napa Valley e Carmel!

Viagem pelo norte da Califórnia: San Francisco, Yosemite, Tahoe, Napa Valley e Carmel

A Tita e o Santiago acabaram de voltar de uma incrível Viagem pelo norte da Califórnia. Eles começaram em San Francisco, beberam MUITO vinho bom em Napa Valley, esquiaram em Lake Tahoe, se apaixonaram pelo Yosemite e encerraram em Carmel. Nesse post repleto de boas dicas, eles dividem cada detalhe do roteiro e muitas dicas pra quem quer fazer algo parecido. Vamos viajar com eles?

Texto e imagens: Tita e Santiago Edo

Roteiro Resumido

  • Dia 1: Saída do Brasil
  • Dias 2 a 4: San Francisco
  • Dia 5: Golden Gate, Muir Woods, Sausalito e outlet de Vacaville
  • Dias 6 e 7: Napa Valley
  • Dias 8 a 13: Lake Tahoe
  • Dias 14 a 15: Yosemite (dormindo em Mariposa)
  • Dia 16: Carmel e 17 Mile Drive
  • Dia 17: San Francisco pela manhã e retorno para o Brasil

Highlights da Viagem pelo norte da Califórnia

  • Alcatraz: No ano passado tínhamos ido a SF e não fomos a Alcatraz. Desta vez não podíamos deixar de ir!
  • Mission e Dolores Park: Adoramos passear pelo bairro, visitar os Alleys e os Murais e o picnic no Dolores Park foi demais!
  • Lucas Films: Ver a Yoda Fountain, para quem é fã de Star Wars, é obrigatório!
  • Muir Woods: Lindo parque, super tranquilo e com uma caminhada rápida para ver as Redwoods.
  • Frog’s Leap Winery: A melhor experiência que tivemos em Napa. O tour e tasting são super bacanas, fazem você se sentir em casa. Uma delícia!
  • Emerald Bay State Park: Sensacional, sensacional, sensacional! O picnic no meio das árvores com a montanha atrás e a caminhada pela trilha até a Eagle Falls é de tirar o fôlego.
  • Yosemite National Park: Sem palavras, um lugar que quero voltar muitas vezes ainda. A grande experiência da viagem.

Roteiro detalhado

Dia 1: Vôo

Mal necessário para chegar a Califórnia! O vôo é longo e as melhores opção são:

  • São Paulo – Los Angeles – San Francisco: voando American ou Corean Airlines
  • São Paulo – Cidade do Panamá – San Francisco: Voando Copa Airlines

Mas também dá para fazer a viagem pelo Texas, Chicago e até Miami.

E começa a viagem pelo Viagem pelo norte da Califórnia!

DIA 2: Chegada em San Francisco, Reuniãozinha no YELP e Yerba Buena Gardens

Chegada em SFO

Assim que chegamos fomos buscar o carro na locadora SIXT. Essa locadora não fica no Rental Car Center do aeroporto – para chegar ao Rental Car Center tem que pegar o monoraill que sai do aeroporto. De lá, para chegar na SIXT, tem que pegar uma van da locadora. Meio complicadinho. Mas OK, fomos super bem atendidos, rápido e, como não tinham a SUV que reservamos (Chevrolet Trax) nos deram outra SUV bem melhor, uma Chevrolet Traverse novinha, maravilhosa e 4×4 integral (o que depois fez muita diferença).

Almoço no Whole Foods & Reunião no YELP

Do aeroporto, como eu tinha uma reunião no Yelp às 16h e como ainda tínhamos um tempinho, paramos primeiro no Whole Foods (rede de supermercado de produtos orgânicos e naturais que é espetacular e tem um buffet maravilhoso) para almoçar e depois passamos pelo Yerba Buena Gardens para conhecer e tomar um café na Market Street.

Viagem pelo norte da Califórnia

Yerba Buena Gardens

Parada estratégica na Bed, Bath e Beyond

Depois da reunião, fomos na loja Bed, Bath & Beyond, pois queríamos comprar um kit para picnic. Fomos na loja da 9th street com Bryan. Essa rede é super conhecida nos EUA e, para quem gosta de coisas de casa, cuidado!!! A loja é uma perdição!!! Encontramos tudo que queríamos e claro, mais um pouco, quer dizer, mais um muito…

Da loja fomos para o hotel (estávamos acabados!)

Dica de Hotel – Cow Hollow Inn 

Ficamos no Cow Hollow Inn, no Marina District. Super bem localizado, muito confortável e com um ótimo atendimento na recepção. Optamos por este hotel em função da localização e estacionamento grátis (algo BEM raro no centro de San Francisco). Foi uma excelente escolha! Recomendo. Depois de deixar as coisas no hotel e tomar um banho, fomos jantar do lado do hotel no excelente Bistro Aix.

Vale dizer que era nossa segunda vez em San Francisco. Gostamos tanto que resolvemos voltar. E claro, conhecer o que não tínhamos conseguido conhecer na primeira vez.

[Pitaco da Mari: Quem fica hospedado no Marina District precisa alugar um carro. Apesar de lindo, o Marina tem transporte público um pouco limitado o que dificulta um pouco a vida de quem visita San Francisco pela primeira vez. Para segunda visita o Marina District é perfeito! Mandaram bem Santiago e Tita!]

Dia 3: San Francisco – Alcatraz, Ferry Building, Nob Hill e Pacific Heights

Passeio por Alcatraz

Começamos o dia bem cedinho! Depois do café no Mel’s Drive Inn bem em frente do hotel (tomamos café todos os dias aqui, excelente), pegamos o bus e fomos até o píer de saída dos barcos da Alcatraz Cruises. Compramos com bastante antecedência as entradas para o primeiro horário, 8h45. Esse horário é ótimo, pois você vai com o primeiro grupo até a ilha e pode caminhar pelo presídio praticamente vazio. As fotos ficam bem mais bacanas! O dia estava lindo e ficamos em Alcatraz até umas 11h. Fizemos o áudio tour que está incluído no preço da entrada e tem até em português do Brasil. Mas se você entende bem o inglês, faça em inglês, a dublagem é meio ridícula.

Viagem pelo norte da Califórnia

Alcatraz

[Pitaco da Mari: a desvantagem do primeiro horário é a neblina matadora que invade San Francisco tanto no inverno quanto no verão. Nesses meses, sua chance de ir para lá e não enxergar nem ilha e nem ponte, são bravas.]

Ferry Building

Chegando no píer do barco da Alcatraz Cruises fomos caminhando sem pressa até o Ferry Building (um dos melhores mercados gastronômicos de SF), passando pelo charmoso Pier 7. Como era terça-feira, até 14h tem uma feirinha de orgânicos no Ferry Building e compramos umas frutinhas para comer durante o dia. No Ferry Building almoçamos no disputado Il Cane Rosso, que serve uns combos de salada com sanduiche ou sopa super em conta e maravilhosos! Pedimos meia garrafa de vinho pra acompanhar, afinal estávamos de férias! O Ferry Building é tipo um mercado público, com diversas opções de comidinhas, restaurantes, lojinhas etc. Vale muito a visita!

Grace Cathedral e Huntington Park

Satisfeitos, continuamos o nosso dia. Próxima parada, Grace Cathedral e Huntington Park, em Nob Hill. Para chegar até lá pegamos o Cable Car na California Street, na frente do Embarcadero Center. Bem na frente do início da linha, conhecemos o Famous Wayne’s Shoe Shine. Figurássa conhecidíssima da cidade! Tem até reviews no Yelp dele!

Viagem pelo norte da Califórnia

Grace Cathedral – San Francisco

Adoramos a Grace Cathedral, linda, tem uma atmosfera super espiritual, é uma bela experiência. O Huntington Park, bem em frente, é uma delícia. Aproveitamos pra comer uma das frutinhas que tínhamos comprado. Depois fomos conhecer o Fairmont Hotel, na rua logo atrás do parque e, antes de continuar o dia, demos uma paradinha no Nob Hill Café para um café.

Lafayette Park & Alta Plaza Park

De lá pegamos mais um bus e fomos até o Lafayette Park para conhecer as dezenas de casas em estilo vitoriano por volta do parque e a mais famosa delas, a Haas-Lilienthal House.

Continuamos o trajeto caminhando. A próxima parada era o Alta Plaza Park. Maravilhoso!!! Parecia o mundo perfeito. Crianças lindas brincando com seus cachorros no gramado, casais namorando, pessoas correndo e andando de bike, pessoas lendo… Nossa! E a vista então… sem palavras! Ficamos por lá uns 30 minutos, sentados na grama, contemplando.

Todo o caminho pelo Pacific Heights vale muito a pena. Ruas lindas com casas lindas, tudo muito calmo, muito San Francisco way of life. É demais. Outro mundo.

Lyon Street Steps

Próxima parada: Lyon Street Steps. Muito legal!!! E lindo de morrer, que lugar, que vista. Cheio de gente se exercitando, subindo e descendo as escadarias naquele visual! Descemos as escadarias, tiramos milhares de fotos. Estávamos exaustos quando, por “milagre” apareceu um bus que nos levou praticamente até a porta do hotel.

Viagem pelo norte da Califórnia

Lyon Street Steps – San Francisco

Depois de um banho pegamos o carro e fomos até o Safeway perto do hotel para comprar um vinho, pão, brie, salmão defumado, azeite, chocolate Guirardelli 72% cacau e comer no hotel mesmo.

Dica: faça o cartão do supermercado grátis e ganhe até 20% de desconto nas compras! Usamos durante toda a viagem. Fiz o da CVS também e pronto. Supermercado e farmácia garantidos.

Dia 4: San Francisco – Corrida pela Marina, Mission District e Painted Ladies

Corrida pelo Marina District

Começamos o dia bem cedinho com uma corridinha por toda a área do Marina District. A ideia era ir até a Lucas Film  para ver a Yoda Fountain. O circuito foi perfeito! Fort Mason, Marina Green, Palace of Fine Arts, Lucas Film e retorno pela Chesnut Street.

Corrida em San Francisco

Viagem pelo norte da Califórnia

Palace of Fine Arts

A Fonte do Yoda

A Lucas Film fica no complexo do Presídio (que é um parque gigante) e o local é simplesmente espetacular, mais uma vez um mundo perfeito. Pode-se entrar na recepção da Lucas Film e lá ver a roupa original do Darth Vader, vários sabres de luz dos personagens dos filmes, livros, peças de arte, enfim, para quem é fã da saga como eu, é um deleite!

Viagem pelo norte da Califórnia

Parque Presídio: a fonte do Yoda

Viagem pelo norte da Califórnia

Lucas Film: roupa original do Darth Vader

Passeio por Mission

De volta para o hotel, tomamos um banho e seguimos de carro até o Mission District, o bairro latino de San Francisco. Chegando lá estacionamos o carro e fomos dar uma volta pelo bairro e seu famoso Balmy Alley Murals, lojinhas de artesanatos e cafés, como o Philz Coffee, que é frequentado por muita gente descoladíssima. Percebendo esse detalhe, perguntei pro rapaz do caixa onde poderíamos comprar um bom sanduiche pra fazer um picnic no Dolores Park. Ele nos indicou uma Liquor Store na esquina da Folsom com a 25, na mesma quadra do café. Chama-se R Image Market (2898 Folsom St) e serve, simplesmente, um dos melhores sanduiches que já comi. Baita sugestão. Compramos uma garrafa de vinho e lá fomos nós, todos faceiros, fazer nosso picnic no Dolores Park!

Viagem pelo norte da Califórnia

Murais de Mission

Dolores Park

O Dolores Park é o parque ícone de San Francisco, frequentado pelas mais diversas tribos que você pode imaginar! Num canto do parque fica a tribo GLS, do outro as famílias com crianças, do outro jovens e mais jovens, é demais! Escolhemos um lugar bem no meio, com uma bela vista da cidade, estendemos a nossa toalha novinha comprada na Bed, Bath & Beyond e passamos a tarde toda no parque, curtindo!

Viagem pelo norte da Califórnia

Dolores Park

Viagem pelo norte da Califórnia

Picnic no Dolores Park

Saindo do parque passeamos mais um pouco pelo bairro. Fomos tomar um sorvete na Bi-Rite Creamery mas estava tão cheio que desistimos. Fica pra próxima. Tomamos mais um café bem em frente, pois a garrafa de vinho tinha feito seu efeito e estávamos precisando centralizar novamente, rs. Fomos visitar o The Women’s Building, Clarion Alley e caminhamos pela Valencia Street, onde entramos do nada numa livraria e compramos um livro super bacana do Lonely Planet com os “500 most ranked spots in the world”.

Viagem pelo norte da Califórnia

The Women’s Building

Passeio pela Alamo Square

Saindo de Mission fomos até as Painted Ladies (na Alamo Square) que não tínhamos conhecido no ano passado.

Viagem pelo norte da Califórnia

Alamo Square – San Francisco

E, para finalizar o dia espetacular nesta cidade ainda mais espetacular, fomos assistir o por do sol no Pier 39, afinal não custa nada dar uma passadinha no ponto mais turístico da cidade né? Pensei que iria encontrar os Leões Marinhos brigando por espaço, mas para nossa surpresa, estava bem vazio desta vez. Pelo menos uma gaivota ficou fazendo pose pra foto!

Viagem pelo norte da Califórnia

San Francisco – Pier 39

Viagem pelo norte da Califórnia

Alcatraz vista do Pier 39

DIA 5:  San Francisco – Golden Gate, Muir Woods, Sausalito e compras em Vacaville

6h30 da manhã tomamos nosso último café da manhã no Mel’s Drive e partimos. Primeira parada: Marin Headlands (o mirante mais lindo da ponte), já do outro lado da Golden Gate. Paramos o carro no estacionamento e fomos a pé até o meio da ponte. Um visual alucinante!

Viagem pelo norte da Califórnia

Golden Gate Bridge

Muir Woods

De lá fomos para Muir Woods, um parque lindo de sequoias (redwoods) que fica super pertinho de San Francisco. O caminho até lá é lindo e a trilha que dá a volta no parque não leva mais que 1h de caminhada e vale muito a pena, é lindo. Depois do parque, passamos pelo Muir Beach Overlook, para curtir uma vista animal do litoral da região.

Viagem pelo norte da Califórnia

Muir Woods

Viagem pelo norte da Califórnia

Mirante do Muir Woods

Almoço em Sausalito

Já estava dando fome e tocamos rumo a Sausalito, para almoçar no Scoma’s, onde almoçamos no ano passado e adoramos. O restaurante fica sobre o mar e tem uma vista linda da baia de San Francisco e da cidade. Nós dois pedimos spaguetti ao vôngole, que estava sensacional! Acompanhado de vinho, claro! Sausalito é daqueles lugares que dá pra voltar um milhão de vezes de tão lindo e charmoso.

Compras em Vacaville

De Sausalito tocamos direto para o Vacaville Premium Outlet, a 1h30 de distância. Chegamos lá por volta das 16h e ficamos até às 21h!

Dica: Sempre que for num outlet não deixe de comprar o livrinho com os coupons cards de descontos. Custa 5 doláres e com ele você terá descontos e deals em praticamente todas as lojas do outlet. Por exemplo, na Columbia, além do desconto da loja de 40% tínhamos mais 10% do cupom se comprássemos acima de 100 dólares. Só isso já paga os 5 dólares com sobra! Depois de 5 horas de compras estávamos exaustos e voltamos para o hotel.

Nosso hotel

Ficamos no excelente Comfort Inn de Cordelia, a apenas 20 minutos do outlet e a 25 minutos de Napa, nosso próximo destino. Escolhemos esse hotel pela excelente pontuação no Hoteis.com, pelo café da manhã incluído e porque custava metade do hotel mais barato em Napa, que era bem menos pontuado. Valeu muito a pena! O hotel é muito confortável e o café da manhã super completo para padrões americanos. Além disso fica numa localização que tem tudo do lado: posto de gasolina, mercados, restaurantes, farmácias, enfim, mão na roda.

[Pitaco da Mari: esse hotel fica em Fairfield, uma região vinícola BEM interessante e pouco conhecida. Tem muita vinícola bacana e restaurante legal por lá.]

Dias 6 e 7: Napa Valley

Napa tem mais de 300 vinícolas e escolher em qual ir na sua primeira viagem para lá é uma tarefa em tanto. Graças a Deus que encontrei o Ideias na Mala da Mari Vidigal. Através do roteiro dela em Napa que tomei minhas decisões e posso afirmar: foi nota 11!!! Valeu Mari!!!

Fizemos todo o roteiro por Napa de carro mesmo e foi bem tranquilo. Na real, foi a melhor decisão, pois assim você faz tudo no seu tempo. Basta se controlar na bebida, comer entre um tasting (degustação) e outro e dosar com água e café. Em algumas vinícolas dividimos o tasting como sugerido pela Mari. Além de economizar, dá uma boa segurada na dose de álcool.

Frog’s Leap: A experiência mais incrível de Napa

No primeiro dia em Napa reservamos tasting & tour na Frog’s Leap, às 10h30. Foi sensacional!!! Na real, a primeira experiência em Napa foi de longe a melhor das seis vinícolas que visitamos. O tour é super intimista, o guia vai te levando pela vinícola explicando a produção dos vinhos e vai carregando uma cestinha de vime para ir te servindo durante a caminhada pela propriedade. A manhã estava linda e, em companhia de apenas mais um jovem casal americano, tivemos uma experiência inesquecível.

Viagem pelo norte da Califórnia

Frog’s Leap – Napa Valley

Viagem pelo norte da Califórnia

Degustação de vinhos na Frog’s Leap

Depois do nosso debute sensacional em Napa fomos para Santa Helena, comprar comidinhas no Sunshine Foods (1115 Main St, St Helena, CA) e procurar um local para fazer nosso picnic. Logo de cara encontramos a praça da cidade com banquinhos para picnic e foi lá mesmo, maravilhoso, super tranquilo e as comidinhas estavam excelentes!

Os vinhos da Etude

A próxima vinícola era a Joseph Phelps mas fomos surpreendidos pelo valor bem mais alto do tasting – 75 doláres por pessoa contra apenas 20 da Frog’s Leap – e desistimos. Resolvemos tocar para a Etude. A vinícola é linda e tem ótimos Pinot Noirs porém não chega nem perto da maravilhosa experiência da Frog’s Leap. Vale pelos vinhos.

Por último, fomos para a Artesa que fica bem perto da Etude e é um das mais famosas de Napa. O prédio é super modernoso, mas chegamos tarde e não estavam mais oferecendo o tasting, mesmo assim nos ofereceram uma taça de cortesia e pudemos curtir o visual do vale de Napa.

Viagem pelo norte da Califórnia

Artesa – Napa Valley

Almoço no Oxbow Market

Das vinícolas fomos pra cidade de Napa, passear pelo River Front Promenade, que estava bem vazio… A ideia era jantar no Oxbow Public Market.

Fomos para jantar no Gott’s Roadside, mas quando entramos no restaurante achamos com muita cara de fastfood e não era isso que imaginávamos. Demos uma volta pelo mercado e escolhemos o Five Dot Ranch por ser um restaurante de um criador de gado e tinha umas carnes lindas expostas. Sentamos no balcão e pedimos o hambúrguer da casa. Foi o melhor hambúrguer que comemos em toda a viagem! Claro, acompanhado de mais uma taça de Pinot Noir!

Viagem pelo norte da Califórnia

Almoço no Five Dot Ranch

Parte da tarde: Hess, V. Sattui e Rombauer

O dia seguinte começou na Hess Collection. Logo que chegamos sentimos que seria mais uma experiência especial. A vinícola é linda, tem vinhos muito bons e a galeria de arte é muito legal! Além do mais nesse dia era nosso aniversário de 17 anos de casamento e quando contamos para a atendente eles nos ofereceram uma degustação de graça, ou seja, 2 por 1. A gentileza e o gesto da vinícola ficou marcado!

Viagem pelo norte da Califórnia

Hess Collection

Viagem pelo norte da Califórnia

Acervo de arte da Hess

Para almoçar escolhemos a V. Sattui, que tem sua própria loja de comidinhas e um gramadão para picnics! Como era sábado e nesse dia a vinícola ainda oferece um famoso churrasco, estava super lotado, cheio de turistas do mundo todo. Super divertido! Compramos queijo, sanduiches, uma salada deliciosa e claro, uma garrafa de vinho e lá fomos nós para o gramadão, para mais um picnic. Estávamos ficando profissas em picnics já!

Viagem pelo norte da Califórnia

Queijos e outras delícias na V. Sattui

Viagem pelo norte da Califórnia

Picnic na V. Sattui

Depois do almoço fomos para a Rombauer, onde tínhamos agendado o tasting para as 14h. Fomos super bem recebidos por uma atendente apaixonada pelo Brasil, super engraçada, uma figura. A vinícola tem ótimos vinhos, uma vista linda do vale e um jardim super charmoso e florido.

Lá pedimos dois tastings, um regular e um reserva. Total: 50 dolares. Ficamos por umas duas horas, na maior curtição, dando risada com a atendente figurassa.

Viagem pelo norte da Califórnia

Degustação de vinhos na Rombauer

Depois da Rombauer fomos passeando até Calistoga, onde paramos para conhecer a cidade e tomar um café, para centralizar rsrsrsrs. A cidade é um charme, toda arrumada, entramos em várias lojas e compramos um monte de coisinhas pra casa.

Dica: Procure sempre andar pela Silverado Trail em vez da estrada principal de Napa. Essa estradinha, além de ser muito mais charmosa, está sempre mais vazia e agradável de dirigir.

Bale Grist

Próxima parada: Bale Grist Waterwheel. Mas infelizmente fechavam às 17h e chegamos tarde. Deu pra entrar rapidinho e tirar umas fotos, mas não deu pra visitar como se deveria. Ok, vamos voltar numa próxima oportunidade.

Nosso destino era a cidade de Youtville, onde tínhamos uma reserva no Bistro Jeanty para comemorar os 17 anos de casados. No caminho passamos pela Beringer e fomos obrigados a parar e tirar fotos na propriedade espetacular desta vinícola. Marcamos no caderninho para uma próxima viagem! Faltou a Hall também Mari, fica pra uma próxima!

Viagem pelo norte da Califórnia

Beringer

Jantar no Bistro Jeanty

E lá fomos para Youtville, jantar no super recomendado Bistro Jeanty. Olha, não vou entrar em muitos detalhes, mas foi A decepção da viagem. Fomos literalmente enganados pelo garçom e ainda estou discutindo com o dono que quero meu dinheiro de volta. Tome cuidado neste restaurante, se mesmo assim resolver ir. Peça pra verificar o preço de tudo e, se o garçom lhe oferecer champagne, não pense, como eu pensei, que era uma cortesia – depois vem na conta absurdos 25 dólares por taça!!!

No dia seguinte partimos para Lake Tahoe, onde ficamos por 6 dias. Alugamos uma casa com um casal de amigos do Brasil e curtimos muito!!!

Dias 8- 13: Lake Tahoe

Partimos cedinho e a ideia era passar por Sacramento. Porém na noite anterior descobri que a Old Sacramento, que é a parte antiga e mais turística da cidade, estaria fechada nesse domingo! No fim foi melhor, pois Sacramento é uma cidade grande e acabaríamos gastando muito tempo para entrar e sair da cidade.

Compras no Folson Premium Outlet

Fomos indo com calma para Lake Tahoe e no caminho descobrimos mais um outlet, O Folson Premium Outlet e lá fomos nós, para mais umas comprinhas. Como podem perceber, gostamos de umas comprinhas rsrsrsrs. O Folson foi ótimo, a loja da Adidas estava com uma baita promoção e compramos dois pares de tênis irados por 40 dólares cada.

O caminho para Tahoe

A estrada para Lake Tahoe é linda, paramos muitas vezes pra tirar fotos. Como era domingo, fomos no contra fluxo. Do outro lado da estrada estava cheiasso, mas do nosso, vazio. Depois de muitas paradas, chegamos em Lake Tahoe por volta das 16h e fomos direto pra casa que alugamos. A casa tinha um gramadão e uma mesa de picnic!

Pronto, pegamos nossas comidinhas, abrimos uma garrafa de vinho e ficamos aguardando nossos amigos chegarem. Nesse dia fomos no Safeway e compramos café da manhã para toda a semana. O jantar compraríamos a cada dia, para não ter compromisso. E claro, compramos umas 15 garrafas de vinho que agora, em quatro, o consumo iria aumentar com certeza!

Viagem pelo norte da Califórnia

Reunidos em Lake Tahoe – Fazendo Picnic!!

Fomos para Lake Tahoe para esquiar e fizemos a seguinte programação:

  • 2ª feira: Heavenly (USD 106 por pessoa)
  • 3ª feira: Mt Rose (nas terças, dois tickets pelo preço de um – USD 52 por pessoa)
  • 4ª feira: Kirkwood (valeu pela dica Mari, a melhor de todas!!! – USD 75 por pessoa)
  • 5ª feira: demos uma parada no ski e fomos conhecer o Emerald Bay State Park
  • 6ª feira: Kirkwood again, repetimos a melhor por último!

Dica: compre os tickets pras montanhas sempre pela internet e com até 3 dias de antecedência, assim você economiza uma boa grana. Se deixar pra comprar na hora, vai pagar bem mais caro. Apenas Mt Rose dá pra comprar na hora, por causa do desconto de terça-feira. O Epic Pass vale tanto pra Heanvenly quanto pra Kirkwood, Northern Star e Heavenly – na verdade vale pra todas as estações de esqui do Grupo Vail Resort.

Heanvenly (2ª feira)

Viagem pelo norte da Califórnia

Ski no Heavenly – Lake Tahoe

Mt. Rose (3ª feira)

A estrada para Mt Rose, pelo lado de Nevada do lago, é espetacular. Na volta paramos em diversos vista points e praias na beira do lago, curtindo o pôr do sol espetacular. É um passeio pra ficar pra sempre na memória!

Viagem pelo norte da Califórnia

No caminho de Mt. Rose

Viagem pelo norte da Califórnia

Kirkwood (4ª feira)

Viagem pelo norte da Califórnia

Ski em Kirkwood

Emerald Bay State Park

Na 5ª feira estava previsto uma queda de neve à noite e o dia estava lindo, então resolvemos aproveitar o dia para passear e descansar, para esquiar com tudo na 6ª feira, com neve nova. Fomos sem saber muito o que nos esperava. Acho que os melhores momentos são assim, quando você não sabe o que vai encontrar. Não tem como descrever a beleza deste lugar. Não descemos até a Vikinsholm, em vez disso optamos por fazer a trilha até a Eagle Falls e claro, paramos pra almoçar na picnic area na entrada do parque, embaixo das redwoods e com a montanha de pedra ao fundo. Um cenário de tirar o fôlego!

Viagem pelo norte da Califórnia

Emerald Bay State Park

Viagem pelo norte da Califórnia

Último dia de Ski em Kirkwood

Na sexta acordamos cedinho, já com tudo no carro arrumado, para ir esquiar em Kirkwood e de lá iríamos tocar direto pra Mariposa. À partir dai continuaríamos a viagem somente eu e a Tita, como no início, apenas nós dois.

Viagem pelo norte da Califórnia

Ski em Tahoe: Kirkwood

Esquiar em Kirkwood na sexta foi uma decisão acertada, tinham caído uns bons centímetros de neve e as pistas estavam ótimas, principalmente as fantásticas The Wall e Sentinel! Chegamos bem cedo, 9h, e pudemos aproveitar bem o dia!

De Tahoe ao Yosemite (cidade de Mariposa)

Saímos da montanha por volta das 15h30 e tocamos pra Mariposa debaixo de neve! O caminho foi bem complicado, principalmente quando anoiteceu. Estava chovendo muito nessa parte da viagem e a estrada é muito sinuosa e diria que até bem perigosa naquelas condições. Mas devagarinho e com muita atenção fomos indo até chegar em Mariposa por volta das 19h, onde ficamos hospedados na ótima pousada 5th Street Inn.

Mariposa tem 1.762 habitantes. É minúscula. Mas muito charmosa, bem arrumada, com um povo muito hospitaleiro e profissional no que se refere a turismo. Estão cheios de boas opções de restaurantes com preços muito honestos. Adoramos ficar em Mariposa e voltaríamos com certeza.

Jantar no 1850

Depois de um banho saímos pra jantar e escolhemos o 1850, que tínhamos visto no caminho pra pousada. Acertamos! O restaurante é super bacana, cheio de personalidade, atendem muito bem e tem uma comida excelente. Eu pedi um hambúrguer 1850 e minha esposa um creme de milho. Tudo regado a vinho, claro! Duas taças de um ótimo Tempranillo por apenas 6 dólares a taça (geralmente as taças nos restaurantes custam de 9 a 11 dólares, então 6 dólares é um preço muito bom). Não temos fotos desse jantar pois deixamos os celulares carregando na pousada…

Dias 14 e 15: Yosemite Park

Chegada no Yosemite Park

Dica: Assim que chegar ao Yosemite Park, pare o carro na frente do mercado (Village Store). Você pode estacionar alí por até 30 minutos. Vá até o Yosemite Valley Visitor Center e converse com os guias sobre o que visitar. Eles vão te explicar tudo em detalhes (distância, dificuldade, tempo etc) e, inclusive, orientar se você pode ir de carro até a entrada das trilhas ou deve optar pelo ônibus interno. Fizemos isso no segundo dia e facilitou muito a nossa vida!

Veja aqui um guia completo para explorar o Yosemite Park

Jantar no Savoury Bistro

Depois do parque voltamos pra Mariposa, tomamos um banho e fomos jantar no ótimo Savoury’s Bistro. Lindo ambiente, super descolado, até meio chiquezinho e tal, atendimento super atencioso, boa comida e preços justos. Mas gostamos mais do 1850.

Primeiro dia em Yosemite

Depois do excelente café da manhã no Sugar Pine Café, tocamos para o parque pela highway 140, que tem um visual alucinante com o Mercer River bombando ao longo da estrada pelo vale.

Viagem pelo norte da Califórnia

Mist Trail – Yosemite

O primeiro dia no parque foi um dia de céu fechado, com uma garoa insistente e alguns momentos com uma chuva leve, mas que molhava. Tudo bem, faz parte, não tinha chovido nenhum dia até agora durante toda a viagem.

A chegada no parque foi bem tranquila, mas confesso que no início me atrapalhei um pouco até me situar com a questão do ônibus que leva para os pontos ao redor do parque. Paramos o carro no estacionamento principal e fomos ao mercado comprar comidinhas para o dia. Compramos uma salada que estava ótima e uma maionese de atum com penne também muito boa, além de barra de cereal e frutas.

Trilhas do dia: Vernal Falls e Mirror Lake

No primeiro dia optamos por fazer duas trilhas: Verna Fall e Mirror Lake. Adoramos, foi ótimo como primeira experiência, mas em função do tempo fechado, claro, perdemos muito do visual. Mas ok, tá na chuva é pra se molhar!!!

Viagem pelo norte da Califórnia

Yosemite Park – Rumo a Verbal Falls

Viagem pelo norte da Califórnia

Vernal Falls – Yosemite

Infelizmente de tantas fotos que tiramos a bateria do celular acabou e acabamos não tirando fotos no Mirror Lake, que estava lindo apesar do tempo… É pra voltar, com certeza!!!

Segundo dia em Yosemite

A previsão do tempo estava ainda dando chuva para domingo, então quando abri a janela do quarto e vi aquele céu azul, achei que tinha dormido até segunda! Inacreditável, o dia estava lindo!!!

Depois do café da manhã no Sugar Pine e lá fomos nós, felizes da vida para Yosemite. De tão felizes tiramos fotos até com a guarda florestal da entrada do parque!

Viagem pelo norte da Califórnia

Entrada do Yosemite Park com a guarda florestal

Parada no mirante Tunnel View & Bridal Veil

Assim que entramos fomos direto para o Tunnel View, que no dia anterior estava completamente fechado. Mas nesse dia estava como deveria estar! Depois fomos parando. Bridalveil Fall e mais uns cantinhos pelo caminho que obrigavam parar para uma foto.

Viagem pelo norte da Califórnia

Tunnel View – Yosemite

Viagem pelo norte da Califórnia

Dia de sol no Yosemite Park

Seguindo a dica que dei anteriormente, ao chegar no parque paramos primeiro no estacionamento do mercado e fomos até o Visitor Center pegar as dicas com os guias do parque.

Nos sugeriram fazer duas trilhas: Yosemite Falls até a Columbia Rock e a 4 mile trail, até onde aguentássemos ir. Podíamos ir em ambas as trilhas de carro até a entrada. Perfeito! Antes de começar paramos na Degnan’s Deli para um café e mantimentos e lá fomos nós, dia lindo, com as dicas que precisávamos para conhecer a magia do Yosemite Park. E que dia nos aguardava!!!

Upper Yosemite Falls

A primeira trilha até a Columbia Rock levou aproximadamente 1 hora de uma caminhada sempre pra cima, simplesmente alucinante. E ao chegar lá, Meo Deos!!!! Que vista!!!!!

Viagem pelo norte da Califórnia

Vista da Columbia Rock - Upper Yosemite Falls

Vista da Columbia Rock – Upper Yosemite Falls

Depois de curtir por um bom tempo esse visual irado, encontrando um monte de gente de todo o mundo, pensando em como somos abençoados por poder viajar, fomos almoçar na picnic area do El Capitan, um paredão de pedra a 90° que domina a entrada do vale.

4 Mile Trail

A próxima trilha, a 4 mile trail, estava nos aguardando. Subimos durante 1 hora, até alcançar um ponto que achamos que era suficiente. Chegamos num ponto que já havia neve e um pedaço por onde tínhamos que passar estava desbarrancado. Pra nós ali era o ponto final. Curtimos o visual e depois retornamos.

Viagem pelo norte da Califórnia

4 mile trail – Yosemite

Viagem pelo norte da Califórnia

Antes de ir embora paramos na Village Store para comprar uma lembrancinha do Yosemite, na igrejinha (Yosemite Valley Chapel) e em mais uns lugares para apreciar este parque fantástico.

Viagem pelo norte da Califórnia

Capela do Yosemite Park

Voltamos pra Mariposa encantados pelo Yosemite Valley. Imaginem que o que conhecemos não foi nada ainda. O parque é gigante, tem trilhas e mais trilhas. Da próxima vez queremos ir mais perto do verão, na primavera talvez e fazer uma caminhada onde iremos acampar entre um dia e outro. Também queremos conhecer a Tioga Road, uma estrada que passa por Tuolumne Meadows, outra área que pelas fotos que vi, deve ser de tirar o fôlego. Enfim, Yosemite é pra voltar e voltar e voltar.

Jantamos novamente no 1850, vinho e fomos dormir cedo e bem cansados!

Dia 16: Carmel, 17 Mile Drive e volta para San Francisco

No dia seguinte acordamos cedinho e partimos rumo a Carmel, onde pretendíamos almoçar. A ideia era passear pela cidade, almoçar, continuar pela 17 mile drive, passar por Monterey e tocar até San Francisco. No caminho ainda iriamos parar em Capitola, para comprar uma roupa de borracha para meu filho, no outlet da O’Neill.

Chegada em Carmel

Chegamos em Carmel por volta das 11h da manhã. O tempo intercalava entre sol, nublado e garoa. Adoramos a viagem de carro de Mariposa a Carmel, passamos por uma área rural super bacana, por estatuários de vida selvagem, muito show! #drivingusa

Ao chegar em Carmel fomos dar uma volta de carro pela Scenic Road, que vai costeando o mar. Ficamos impressionados com a diferença de paisagem quando fomos em Abril-Maio/2015. O mar estava muito revolto e uma ressaca tinha avançado praticamente em toda a faixa de areia.

A missão de Carmel

Chegamos na Carmel Mission que, no ano passado não tínhamos entrado pois estava acontecendo um casamento, então resolvemos conhecer desta vez. A Carmel Mission nos impressionou pela sua beleza e estrutura bem conservada. Um padre super simpático, que fica na igreja respondendo as dúvidas dos turistas, nos contou várias curiosidades do local.

Viagem pelo norte da Califórnia

Missão de Carmel

Almoço no Dametra Café

Retornando para o centrinho da cidade, fomos procurar um restaurante para almoçar. No ano passado tínhamos tentado ir no Dametra Café, mas estava cheio e acabamos indo no excelente Yafa, da mesma família. Tentamos novamente o Dametra e fomos recebidos pela hostess carioca Ana Maria.

O almoço foi uma delícia. O Dametra tem um clima super descontraído, ótima música e atendimento muito, muito atencioso. Os pratos estavam excelentes e foi o único restaurante em toda a viagem onde pedimos uma garrafa de vinho em vez de uma ou duas taças. Motivo: uma taça custava USD 11 e uma garrafa custava honestíssimos USD 27 – para padrões americanos, é um ótimo preço para uma garrafa de merlot californiano num restaurante na avenida principal de Carmel-By-The-Sea.

Ficamos tão felizes com a experiência, que deixamos uma gorda gorjeta para o simpático garçom mexicano Josué, que nos atendeu com uma educação digna de Oxford. E tiramos foto com o dono, o ainda mais simpático Faisal!

Viagem pelo norte da Califórnia

Faisal o dono do Dametra

Passeio pelo Centrinho de Carmel

Depois do almoço abriu o sol e demos uma linda volta pela cidade, parando pra tomar um café e apreciando a vida passando em nossa frente numa cidadezinha linda na beira do Pacífico que é referência de gente chique e descolada.

17 Mile Drive

Continuamos a viagem pela 17 mil drive, agora na direção contrária ao ano passado, de sul para o norte. Parada obrigatória no Lone Cypress para fotos, lotado de japoneses, mas bem mais vazio que em Abril-Maio. Essa parte do litoral, de Carmel a Monterey é algo que transforma qualquer um em poeta. É lindo demais, tudo muito perfeito, os campos de golf, as casas, as praias, as pedras, o mar, o sol, as nuvens, as flores, os cypress, parece que foi tudo pintado e você está lá, dentro desse quadro.

Viagem pelo norte da Califórnia

O cipreste solitário na 17 Mile Drive

Viagem pelo norte da Califórnia

Capitola

Tocamos pra Capitola (cidade linda, visitamos por um dia todo no ano passado, vale muito a pena), fomos na O’Neill, compramos a roupa e tocamos pra San Francisco. Mais 1h30 de viagem.

Chegada em San Francisco

Chegamos por volta das 19h30. Fizemos o check-in no hotel Buena Vista Motor Inn, também no Marina District (suficiente para apenas uma noite) tomamos um banho e saímos pra comprar o jantar no Safeway: baguette italiana, brie e presunto parma.

Sobrou um pouquinho de comida, e então deixamos mais dois sanduiches prontos para antes do vôo, além de meia garrafa de vinho tinto. Antes de voltar pro hotel, ainda passamos na Ross (uma loja baratíssima que tem como lema “Dress for Less”) para comprar mais uma mala, pois percebemos que não tínhamos como colocar tudo nas mala que trouxemos. #Ooops.

Dia 17: San Francisco e volta para o Brasil

No último dia acordamos bem cedinho e a ideia era ir dar uma grande caminhada pelo Marina District, tomar um café no Starbucks do local onde fica a Lucas Filmes, dar um tchau pro Yoda e se preparar para ir pro aeroporto.

Passamos pela Lombard Street, Ghirardelli Square, Maritime Museum – o museu fica na frente do Aquatic Park, onde uns San Franciscanos loucos nadam mesmo com a água gélida do pacífico e sem roupa especia!

Viagem pelo norte da Califórnia

Lombard Street

Viagem pelo norte da Califórnia

Ghirardelli Square

Fort Mason, Marina Green e Palace of Fine Arts. Tomamos o café na Starbucks, demos um tchau pro Yoda e voltamos para o hotel.

Antes de embarcar comemos os sanduiches e tomamos a meia garrafa de vinho num cantinho do aeroporto. De barriga cheia e prontos pra uma soneca no avião, era voltar pro Brasil. Voltar para o trabalho, para o dia a dia, correr atrás e juntar grana para a próxima viagem!!!

No dia 18 da viagem, estávamos de volta na nossa casa, e o melhor de tudo é que nós moramos em Floripa! S2!

Viagem pelo norte da Califórnia

Palace of Fine Arts

Sobre os autores:

Santiago (42) e Tita (45) sao casados a 17 anos e moram em Floripa. Ele é argentino mas mora no Brasil desde pequeno. É publicitario e é gerente de marketing no Grupo RIC, afiliada da Rede Record em Santa Catarina. A Tita é natural de Joinville e tem um posto de gasolina. Viajar é a grande paixão do casal! Ja visitaram mais de 20 países e estao sempre programando a próxima!

Veja também:

About author

mari vidigal

Viajante incansável, daquele tipo que no meio de uma viagem já está pensando na próxima, na próxima e na próxima. Apaixonada por fotografia, natureza e vinhos

14 comments

  1. Raquel 6 fevereiro, 2017 at 15:37 Responder

    Oi! Adorei as dicas, muito esclarecedor para eu decidir onde quero ir… Uma pergunta: em que época do ano (que mês) vocês foram?
    Obrigada!

  2. marina 12 janeiro, 2017 at 12:27 Responder

    oi!! adorei as dicas! queria saber qdo eles foram? estou me organizando para fazer um roteiro parecido no final de fevereiro, mas estou um pouco preocupada com a neve nas estradas! obrigada!

  3. santiago edo 22 março, 2016 at 01:52 Responder

    Mari valeu pelo espaço, que bom poder compartilhar a nossa viagem com os seus leitores, dos quais faço parte! A viagem foi maravilhosa e suas dicas foram muito valiosas! Até a próxima!

Post a new comment

Veja também